MENU

O Mito do Homem Assassino

Vídeos: A Desconstrução de um Mito

27 de julho de 2009 Comments (4) Views: 1147 Ceticismo

O fantasma da despensa revisitado

No mês passado, o Captain Disillusion lutou contra o fantasma da despensa, com a ajuda especial do Amazing Randi.

Algo continuou intrigando o super-herói cético, e no vídeo acima ele mostra como o fantasma pode ter sido criado de forma ainda mais simples, encontrando mesmo o que parece ser evidência de que este método, e não o sugerido por Randi, deve ter sido usado.

Tags: , , , ,

4 Responses to O fantasma da despensa revisitado

  1. Marcelo disse:

    Tem gente que vê coelhos saindo de úteros de mentirosas italianas , quando na verdade não viram coisa nenhuma.

    Para uma tal Brenda.

  2. Claudio disse:

    Louvável tentativa de se demonstrar que a filmagem foi um truque. Porém é preciso ouvir as pessoas que realizaram tal filme e verificar a história que elas tem para contar. Será que isso é pedir demais? Numa investigação séria é preciso saber o que o testemunho humano que gerou tal evidência tem para oferecer. É preciso ser neutro em todos os aspectos dessa investigação e não partir de pressupostos como por exemplo, qual tipo de truque foi realizado como se o filme fosse mesmo um truque. Nem pressupor qual tipo de aparição foi detectada ou materializada, etc. No final deverá ser obtida uma conclusão próxima da realidade. E se esse vídeo for um truque? Não significa com isso que todos os supostos vídeos de fantasmas também o sejam. E se esse vídeo for um fenômeno paranormal? Não significa que todos os vídeos divulgados também o sejam. Isso é algo que deve estar bem claro. Não podemos simplesmente brincar de ceticismo ao pular partes fundamentais de uma investigação e nem brincar com a nossa imaginação imaginando fantasmas vagando pelo mundo sob a penalidade de incorrer em severos erros de julgamento guiados por pressuposições mentais que queremos que se acomodem a realidade. Muito cuidado com isso, portanto.

  3. Anon disse:

    Claudio, a série de vídeos desse cara e na verdade todo o trabalho de céticos como Randi, é mostrar como PODE ter sido feito. Ele não está dizendo que foi assim, mas está te dando material para pensar que pode ter sido feito assim. Não é trabalho nem obrigação dele provar tal coisa, e sim dos realizadores do vídeo dizerem se foi de fato assim que foi feito ou se usaram outro método. E é claro que eles continuarão dizendo que foi um fantasma, mas aí já não é problema dos céticos. Se você quer acreditar que foi fantasma e que o vídeo prova isso, tudo bem, mas você pode considerar a explicação dele mais plausível do que isso.

    Além do mais, como o vídeo mostra, o “cético” que foi lá investigar a cena na verdade era um ator que aparece em outros vídeos da pessoa que postou. Provavelmente foi tudo armado mesmo, e essa explicação do Captain me parece bem satisfatória.

  4. Claudio disse:

    Concordo que tudo é apenas uma tentativa de explicar como pode ter acontecido a filmagem, sem dúvida. Não posso tirar os méritos de tais pesquisadores nesse sentido, afinal é preciso testar todas as hipóteses necessárias antes de chegar ao fantasma. Só preciso que muitas pessoas entendam que o que existe é apenas uma tentativa de explicar como pode ter sido fabricada tal filmagem e não que realmente foi assim que aconteceu! Muitos acham que quando Randi tenta explicar tal fato como truque isso significa que realmente foi assim mesmo! Se o vídeo foi um truque, tudo bem. Não podemos nos furtar ao dever de buscar estabelecer a verdade dos acontecimentos mesmo que essa verdade não seja aquilo que gostaríamos que fosse. Por isso que muitos céticos não devem se furtar ao dever de divulgar que determinados acontecimentos não podem ser explicados de forma nenhuma através de truques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *