MENU

Plantas de “sangue quente”

Ataque da Joaninha Voadora

8 de outubro de 2007 Comments (29) Views: 2128 Ceticismo, Fortianismo

Emmanuel, o guia de Chico Xavier


Este artigo busca fornecer fortes evidências de que Emmanuel, principal controle ou guia do alegado médium Chico Xavier, na verdade nunca existiu”.

Tags: ,

29 Responses to Emmanuel, o guia de Chico Xavier

  1. MoonChild disse:

    Saudações Mori,

    Ví sua referência a este artigo no site do Vitor (Obras Psicografadas) e se me permite, vou reproduzir aqui a resposta que eu coloquei lá:


    MoonChild Diz:
    Outubro 7th, 2007 às 8:10 pm

    Caro Vitor,

    Prazer em ler mais este artigo seu. Porém gostaria de colocar uma questão inquietante, me parece que o próprio Emmanuel disse que sua identidade (bem como a de André Luiz) estava trocada para evitar relações com personagens conhecidos da história.

    Se for este o caso, sua teoria não prova que ele nunca existiu, e sim a sua afirmação de que ele realmente não era quem dizia ser.

    Outra coisa importante: os livros de Chico (salvo algumas excessões como Evolução em 2 mundos) eram Romances, por isso não podem ser levados ao pé-da-letra e sim vistos por um ângulo maior (quero dizer, a moral que suas histórias encerram).

    Se Emmanuel era qualquer coisa que não se propunha ser, era pelo menos uma personalidade dupla ou espírito mistificador educado e respeitava os leitores.

    Veja a nota de Emmanuel em “Nosso Lar”:

    “A surpresa, a perplexidade e a dúvida são de todos os
    aprendizes que ainda não passaram pela lição. É mais que
    natural, é justíssimo. Não comentaríamos, desse modo, qualquer impressão alheia. Todo leitor precisa analisar o que lê.”

    Que mistificador era esse. Incrível, pedia aos próprios leitores que analizassem o que liam. Mas é claro, ele podia estar falando essas coisas bonitas pra mistificar ainda mais, assim as pessoas acreditariam nele dizendo “nossa que espírito honesto”…

    Mas afinal, isso não seria mistificar contra todas as evidências ?

  2. Carlos Magno disse:

    Uma obra prima de pesquisa “non-sense”. Desde quando a história sempre foi precisa em fatos, nomes e datas? Desde quando não houve falsificações de documentos e depoimentos pérfidos por aqueles que negaram verdades? Desde quando a história oficial não foi mentirosa, para gáudio dos expropriadores de méritos alheios, dos tergiversadores e manipuladores. Querem até provar que Jesus não existiu. Sabem por quê? Para inocentar quem o crucificou….

    Impressionante a análise morfológica dos nomes romanos, as substantivações e adjetivações utilizadas pelo eloqüente pesquisador. “Polinomia”, “cognominizada”, “diminutivo afetuoso”, “termos onomásticos”, etc são também obras primas da verborragia em altíssima e sensibilíssima apoteose do nada.

    Há tantos interregnos na história antiga, hiatos, falsificações e mentiras que o mosaico criado ficou bizarro. A história não oficial, pesquisada por homens independentes, é, em vários segmentos, muito mais crível. Este texto aqui apresentado por um faccioso, que se finge de espírita para angariar atenção e público, também é ridículo.

    O cara diz: Há evidência razoável de que Emmanuel não passa de um aspecto da personalidade do próprio médium, e há evidências extremamente fortes de que sua alegada encarnação passada nunca existiu, ao menos como descrita no livro “Há Dois Mil Anos”, que fica sendo, portanto, uma fraude histórica, feita talvez de forma inconsciente, isentando assim o médium de qualquer culpa.

    Que evidências são essas? Ele inventa comparar, diz coisas ridículas; diz que Chico tornou-se culto lendo uma enciclopédia, inventa alter egos do Chico, e diz que são evidências. É tão maquiavélico que afirma e depois diz que talvez não seja. Joga covardemente o médium aos leões, e depois se finge de bonzinho dizendo-o não ter culpa. O cara que escreveu isso, o tal Vitor Moura, precisa de urgentes cuidados médicos. Já debati com ele, costuma apagar comentários que julga ofensivos, mas ofende o Chico e toda a comunidade espírita. Diz-se pesquisador.

    As obras mediúnicas do Chico Xavier, e de outros comunicadores como J. Rochester, por exemplo, são fontes históricas que deveriam ser consideradas e levadas à sério. Elucidam muito do que a história oficial omite.

    Mori, você persegue esotéricos, agora também aos espíritas? Vê se toma jeito cara, isso só o conduz ao descrédito!

  3. Carlos Magno disse:

    PROVADO QUE PÚBLIO LÊNTULO EXISTIU!

    EMMANUEL FOI A REENCARNAÇÃO DE LÊNTULO!

    MAIS UMA VEZ SE COMPROVA O QUE TODOS OS ESPÍRITAS SABIAM. FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER REALMENTE PSICOGRAFAVA MENSAGENS DE EMMANUEL E JAMAIS MENTIU OU ENGANOU O PÚBLICO ESPÍRITA!

    O site arqhib.atspace.com/ fornece amplas e inequívocas provas baseadas em pesquisas científicas. Uma das provas está em “A Epístola de Publius Lentullus (Públio Lêntulo) ao Senado”

    O site que fala do aspecto físico de Jesus também relata que o “ historiador Titus Livius viveu no tempo de Lêntulo e de Pilatos e deixou registros sobre seus atos que estão disponíveis para leitura (em inglês) em http://www.ihaystack.com e http://www.dominiopublico.gov.br.”

  4. Carlos Magno disse:

    NOVA PROVA DE QUE PÚBLIO CORNÉLIO LÊNTULO EXISTIU!

    O professor Jorge Almeida em seu “O ESPAÇO DE HISTÓRIA” nos dá uma nova prova cabal de que Públio Cornélio Lêntulo, de fato existiu. O respeitável historiador deixa claro a participação do personagem Lêntulo durante o período em que trata da Revolta de Catilina. Essa prova histórica reforça ao fato de que Emmanuel, reencarnação de Lêntulo, foi verdadeiramente mentor do médium Francisco Cândido Xavier.

    A seguir reproduzimos alguns trechos da pesquisa do professor Jorge Almeida:
    “A esmagadora maioria dos senadores apoiou Cícero. Catilina tentou justificar-se, mas os clamores dos adversários impediram-no de falar. Na noite do dia seguinte abandonou Roma, para reunir-se a Mânlio na Etrúria.
    Em toda esta “trama” é evidente o objectivo de Cícero. Era em Roma que Catilina constituía uma ameaça real. Provocando-o com as “denúncias”, obrigando-o a abandonar a cidade, o cônsul “decapitava” ali o movimento dos populares. Catilina, ao intimidar-se e ao “fazer a vontade” a Cícero cometeu um grave erro táctico.

    Liberto do adversário, Cícero tratou de defender Murena (Crasso foi outro dos defensores), explicando aos optimates e equites acusadores que a sua condenação só “levaria água ao moinho” dos agora já realmente revoltados partidários de Catilina. E, apesar das provas gritantes, Murena foi absolvido.

    Em Roma, à frente do movimento rebelde – de que faziam parte, entre outros, Caio Cornélio Cetego, Públio Gabínio e Lúcio Estatílio – ficou o pretor de 63, PÚBLIO CORNÉLIO LÊNTULO

    O cônsul aproveita a oportunidade. Servindo-se dos alóbrogos como agentes provocadores, ordena-lhes que finjam anuir às solicitações de Lêntulo. Em vésperas de regresso à sua terra, os alóbrogos pedem aos chefes do movimento uma carta a garantir-lhes o prometido, dizendo que sem ela os seus não acreditariam no que lhes iam dizer. Lêntulo, Gabínio, Cetego e Estatílio entregam-lhes o documento. Mais, como os gauleses houvessem solicitado um encontro com Catilina, Lêntulo fê-los acompanhar por um dos seus, com uma carta para o chefe rebelde.
    Na noite de dois para três de Dezembro, quando se preparavam para deixar Roma, os alóbrogos são detidos. Agora com provas na mão, na manhã de três de Dezembro, Cícero ordena a prisão dos conspiradores. Lêntulo, Cetego, Gabínio e Estatílio são encarcerados (Cepário, de Tarracina, que se havia posto em fuga, é capturado pouco depois).

    O texto completo pode ser encontrado no endereço:www.azpmedia.com/história/component/option.com.contact/item3

  5. MoonChild disse:

    Carlos Magno,

    Parabéns pelo excelente trabalho de investigação.

    MC

  6. andre disse:

    estampa do sagrado coração., ja benta???? deixa de ser idiota cara!!! Vá se ocupar com coisas úteis

    • Jesa Nideck disse:

      Este comentário é um tipo de inspiração tambem, ao contrário das de Chico, essa veio das camadas mais profundas da ignorancia e das trevas. O coitado!

  7. Gepeto disse:

    Parabens Carlos Magno, sou seu fan.

  8. Carlos Magno disse:

    Gepeto:

    Obrigado pela gentileza. Sou somente uma voz que se levanta contra esses rumores.

    As oposições, deboches e teorias deles não abalarão um tijolo sequer das estruturas espirituais edificadas pelos grandes homens do espírito.

    Você já reparou que quando as bobagens céticas que escrevem caem em lugares comuns e passam despercebidas de seu reduzidíssimo e inexperiente público, eles logo apelam para a agressividade contra as religiões, esoterismo e espiritualistas em geral? Então os coleguinhas vêm e os apóiam, e juntos se voltam contra todos os que crêem.

    E reaparecem com aquela conversa fiada de vendedor fajuto: “somos os defensores da verdade contra os mistificadores, os que usam a pseudociência e fazem falcatruas. Defendemos os bons costumes de nossa sociedade e a boa educação de nossa juventude, etc, etc.”

    Às vezes chego a me dobrar de rir. É como estivesse vendo os filmes em preto e branco do Charles Chaplin travestido de cientista.

    Aliás, estão realmente longe das ciências. Alguns são curiosos frustrados que não conseguiram uma carreira mínima de pesquisador. Então compraram um computador e descobriram que podiam esconder suas frustrações no papel de céticos. Mas quando lembro disso, em respeito a esses problemas de fundo psicológico, até genético, eu paro de rir. É tragicômico!

    Mas é assim mesmo, caro Gepeto, os grandes se levantam ao Sol, os derrotados e invejosos conspiram sob os mantos das sombras dos vencedores.

    Abraços.

  9. Bruno Ferreira disse:

    Querido irmão Carlos Magno, que a paz esteja com você meu amigo. Sou de Campinas/SP e peço a sua permissão para falar aqui, me perdoe o pobre português, mas mesmo assim vou dizer:
    Sou Espírita desde criança, sou errante como a maioria dos seres encarnados fiquei tempos sem a presença de Deus e de Jesus em minha vida por ter me desviado da doutrina, mas o “Pai Maior” de infinita bondade há algum tempo através de seus mensageiros, soprou aos meus ouvidos o chamado de volta a doutrina e eu voltei aos estudos e as práticas espíritas. Bom essa semana buscando novos conhecimentos na internet, me deparei com um site que desmentia a mediunidade maravilhosa de Chico Xavier, fiquei triste no primeiro momento, pensando o que pensaria as pessoas que estão conhecendo o espiritismo agora, lendo essas bárbaries escritas por irmão equivocados que talvez até estejam sendo inspirados pelo astral inferior. Então Triste com eu estava, ja era 02:00 da madrugada, resolvi pedir auxilio aos irmãos do mundo maior. Abri o envangelho ao acaso mas antes pedindo que eu fosse esclarecido sobre o fato que me ocorreu e então a surpresa, abri o evangelho no capítulo XII que dizia “AMAI OS VOSSOS INIMIGOS”, no mesmo momento entendi a mensagem, que na verdade estava pedindo para que amassemos os inimigos da doutrina espírita os querem desmentir a qualquer custo o que o espírito de verdade nos trouxe, e então mais aliviado e orei por todos eles pedindo que um dia possam enxergar com os olhos da alma, e se arrependerem de atacar a maravilhosa doutrina. E foi assim meu amigo, ao acaso, fazendo os meus estudos tentando enriquecer a minha espiritualidade que ainda é indigente, que nesta noite encontrei o site e depois de ter lido todos os comentários que decidi deixar o meu, e para pedir também que você continue defendendo a doutrina, com toda humildade, entando mostrar aos equivocados irmãos o quanto estão errados e agradeço a oportunidade. Que Deus esteja conosco irmão.
    Abraço.

  10. flavio disse:

    que monte de asneira

  11. Roberto disse:

    Bruno Ferreira, você é aposentado pelo INSS? Se ainda não for, tá facinho de ser…

  12. jesa nideck disse:

    Tá certo então, Chico é uma farsa, o espiritismo veio trazer a mentira para terra, jesus cristo nunca existiu e seus ensinamentos foram inventados para prejudicar o homem, e o homem compreendeu seus ensinamentos, o universo não é infinito e sabemos tudo sobre ele, e é melhor odiar do que amar e é melhor matar do que salvar a vida já que a vida é só um bolo de carne e não temos espirito é tudo escuridão o que existe é só a matéria e mais nada.
    Bem é preciso ter muita fé para ser cético, é preciso ter muita fé e pouca inteligência.
    Nós estamos na idade das possibilidades quanticas,os materialistas não poderão empedir a ciência de evoluir,e provar de uma vez por todas a espiritualidade. A fisica quantica está ai e a verdade tarda mais não falha.

  13. Jesa Nideck disse:

    nós estamos presos nesta dimensão espaço tempo, que é o resultado, o efeito da ação consciente dos habitantes de outra dimensão, que é a causa disso tudo, que é de fato a real. Este universo que vivemos é como um campo de infinitas elaborações da matéria, aqui o tempo o espaço a matéria bruta são um entrave econfundimos tudo,achamos que tudo é como vemos e sentimos com os nossos fracos sentidos.também somos habitantes desta dimensão real (mundo espiritual)estamos aqui porque somos os engenheiros de deus em constante aprendizado e retornaremos para esse mundo atravéis da morte carnal.
    Esse mundo espiritual é muito diferente desse dependendo do nível de consciência de cada um.
    No mundo espiritual a várias localidades assim como no mundo material também há.O tempo e o espaço de uma certa forma dependendo da localidade desaparece.Tudo vira presente.

  14. Jesa Nideck disse:

    É preciso ter muita Fé para ser cético. É preciso viver num mundo terrível, injusto,mal,onde tudo aconteceu por acaso.É acreditar que somos um bolo de carne tão somente.
    este mundo onde pessoas e criaças inocentes sofrem e morrem nas mãos de verdadeiros monstros, e esses as vezes ficam impunes e as vezes usufruem da riqueza e do poder.
    viver nesse mundo cético onde o amor a caridade a missericordia deixa de ser real porque não é matéria, e até a própria consciência deixa de ser real porque não é matéria.
    E olha que nós vemos e sentimos a matéria em um dos estados mais grotescos que existem, já que ela existe em combinações infinitas,e até a própria matéria nos escapa dos sentidos.
    Esse mundo é um perigo para a humanidade, seria praticamente um suicídio coletivo, onde só o dinheiro seria Deus onde o amor seria espinzinhado.
    GRAÇAS AO NOSSO BOM DEUS EXISTE UM MUNDO REALMENTE REAL QUE É A CAUSA DE TUDO QUE EXISTE NESTA DIMENSÃO TEMPO ESPAÇO TEMPO ONDE ESTAMOS PRESOS TEMPORARIAMENTE, E O AMOR A MISSERICORDIA A CARIDADE SÃO VERDADEIRAS MANIFESTAÇÕES DO MUNDO ESPIRITUAL OU UNIVERSO ESPIRITUAL NA REALIDADE.A CIENCIA TAI A FÍSICA QUANTICA ESTA CHEGANDO BEM PERTO, E PERTO ESTÁ O DIA EM QUE A VITÓRIA E A VERDADE TRIUNFARÁ COMO ANUNCIOU jESUS.
    MAIS TARDE ENVIAREI O ESPÍRITO DE VERDADE PARA ENSINAR O QUE POR ENQUANTO NÃO PODEIS COMPREENDER, E DOIS MIL ANOS SE PASSARAM E É CHEGADA A HORA, O JOIO JÁ ESTA SENDO SEPARADO DO TRIGO NO MUNDO ESPIRITUAL, SÓ OS JUSTOS HERDARÃO A TERRA,MANIFESTAÇÕES DE TODOS OS TIPOS POSSUIRÃO A TERRA. A ERA DA VERDADE CHEGARÁ.

  15. Jesa Nideck disse:

    Este sentimento de ajudar o próximo sem nenhum enterece. sentir no seu coração o verdadeiro amor que se compadece com o sofrimento dos menores, tentar ajudar aquele que precisa e as vezes voce nem conhece, torcer para a prosperidade da humanidade, querer ser justo e bom, ou seja ; amar ao próximo como a si mesmo. Essas são verdadeiras manifestações do espírito e não da matéria. viva Chico Xavier e tantos outros anônimos que se confundem com o próprio Chico, porque são espíritos de verdade.
    Não acumule tesouros na terra.

  16. Jesa Nideck disse:

    Este sentimento de ajudar o próximo sem nenhum enterece. sentir no seu coração o verdadeiro amor que se compadece com o sofrimento dos menores, tentar ajudar aquele que precisa e as vezes voce nem conhece, torcer para a prosperidade da humanidade, querer ser justo e bom, ou seja ; amar ao próximo como a si mesmo. Essas são verdadeiras manifestações do espírito e não da matéria. viva Chico Xavier e tantos outros anônimos que se confundem com o próprio Chico, porque são espíritos de verdade.
    Não acumule tesouros na terra. porque poderão virar dividas no verdadeiro plano espiritual.

  17. Jesa Nideck disse:

    o intercâmbio com os espíritos è um movimento sagrado,em função restauradora do Cristianismo puro e verdadeiro: que ninguem, todavia, se descuide das necessidades próprias, no lugar que ocupa pela vontade do senhor.
    A MAIOR SURPRESA DA ” MORTE CARNAL” É DE NOS COLOCAR FACE A FACE COM A PRÓPRIA CONSCIÊNCIA, onde edificamos o céu, estacionamos no purgatório ou nos precipitamos no abismo infernal; vem lembrar que a terra é oficina sagrada, e que ninguém a menosprezará, sem conhecer o preço do terrível engano a que submeteu o próprio coração. Nossa consciência diz bem alto que não basta à criatura apegar-se à existência humana, mais precisa saber aproveitá-la dignamente;que os passos do Cristão , em qualquer escola religiosa, devem dirigir-se verdadeiramente ao cristo, e que, em nosso campo doutrinário, precisamos, em verdade, do ESPIRITISMO e do ESPIRITUALISMO, mas, muito mais, de ESPIRITUALIDADE.
    EMMANUEL

  18. Jesa Nideck disse:

    O intercâmbio com os espíritos é um movimento sagrado, em função restauradora do Cristianismo puro e verdadeiro; que ninguém, todavia, se descuide das necessidades próprias, no lugar que ocupa pela vontade do senhor. Que a maior surpresa da morte carnal é de nos colocar face a face com a própria consciência, onde edificamos o céu, estacionamos no purgatório ou nos precipitamos no abismo infernal; vem lembrar que a Terra é oficina Sagrada, e que ninguém a menosprezará, sem conhecer o preço do terrível engano a que submeteu o próprio coração. Nossa consciência diz bem alta que não basta à criatura apegar-se à existência humana, mas precisa saber aproveitá-la dignamente; que os passos do Cristão,em qualquer escola religiosa, devem dirigir-se verdadeiramente ao Cristo, e que, em nosso campo doutrinário, precisamos, em verdade, do Espiritismo e do Espiritualismo, mas , muito mais, de ESPIRITUALIDADE.

    EMMANUEL

  19. Jesa Nideck disse:

    Esta planeta não é morada definitiva dos seres humanos, nosso espírito não começou a evolução aqui, não somos donos da Terra, somos espíritos vindos de passados de outras regiões do universo, material e espiritual, já que hora estamos na matéria e hora fora dela no mundo real, onde a verdadeira vida é infinita e não está sujeita ao fim, pois é eterna para todo o sempre.
    Nossos irmãos inferiores de dna, estão fazendo sua evolução neste planeta,eles não perturbam seu equilíbrio nem destroem a casa. Estamos aqui a bem pouco tempo, e foi o suficiente para desordenar a casa toda.Temos que ser consciente porque somos seres que espirituais, e nosso espírito apesar de estar muito, mais muito mais a frente dos nativos deste planeta (os animais “irracionais”).
    Temos o livre arbítrio, podemos decidir, escolher.Podemos fazer o bem ou o mal, dependendo do nível de consciência de cada um. Nosso corpo carnal aida está bem próximo da animalidade selvagem, e ainda conservamos vários instintos que é de origem deste planeta. Somos espíritos imperfeitos ainda, porque temos toda a eternidade para aprender, e as vezes escolhemos caminhos errados e podemos descer mais baixo do que os próprios selvagens. Devemos superar a matéria porque ela é somente temporária e moldavel para nossas necessidades. Devemos pensar mais em ficar bom do que ficar rico. O dinheiro nunca pode falar mais alto do que a justiça, o certo, o bem o espiritual, ele deve ser usado somente para nossas necessidades e não para o nosso descontrole e excesso. temos que pensar conscientemente, e temos inteligência o suficiente para entender o bem, porque pertencemos a eternidade espiritual, e não a terra material.
    Temos que evoluir não somente a parte material, que podemos interferir para melhor ou para pior , mais temos que evoluir por obrigação de espíritos divinos e belos que somos, principalmente a espiritualidade.A nossa consciência espiritual habita temporariamente este corpo carnal descartavel. Acorda para a verdadeira vida e não durma na hora da morte, porque morrer não existe nem mesmo para a matéria, nós inventamos esta palavra para poder expressar nossas próprias inseguranças medo e covardia diante do infinito e eterno. Não podemos ser céticos em relação a espiritualidade porque ela é real, tão real como nossa consciência.

  20. Jesa Nideck disse:

    Esta planeta não é morada
    definitiva dos seres humanos, nosso
    espírito não começou a evolução
    aqui, não somos donos da Terra,
    somos espíritos vindos de passados
    de outras regiões do universo,
    material e espiritual, já que hora
    estamos na matéria e hora fora dela
    no mundo real, onde a verdadeira
    vida é infinita e não está sujeita
    ao fim, pois é eterna para todo o
    sempre. Nossos irmãos inferiores de
    dna, estão fazendo sua evolução
    neste planeta,eles não perturbam seu
    equilíbrio nem destroem a casa.
    Estamos aqui a bem pouco tempo, e
    foi o suficiente para desordenar a
    casa toda.Temos que ser consciente
    porque somos seres que espirituais,
    e nosso espírito apesar de estar
    muito, mais muito mais a frente dos
    nativos deste planeta (os animais
    “irracionais”). Temos o livre
    arbítrio, podemos decidir,
    escolher.Podemos fazer o bem ou o
    mal, dependendo do nível de
    consciência de cada um. Nosso corpo
    carnal aida está bem próximo da
    animalidade selvagem, e ainda
    conservamos vários instintos que é
    de origem deste planeta. Somos
    espíritos imperfeitos ainda, porque
    temos toda a eternidade para
    aprender, e as vezes escolhemos
    caminhos errados e podemos descer
    mais baixo do que os próprios
    selvagens. Devemos superar a matéria
    porque ela é somente temporária e
    moldavel para nossas necessidades.
    Devemos pensar mais em ficar bom do
    que ficar rico. O dinheiro nunca
    pode falar mais alto do que a
    justiça, o certo, o bem o
    espiritual, ele deve ser usado
    somente para nossas necessidades e
    não para o nosso descontrole e
    excesso. temos que pensar
    conscientemente, e temos
    inteligência o suficiente para
    entender o bem, porque pertencemos a
    eternidade espiritual, e não a terra
    material. Temos que evoluir não
    somente a parte material, que
    podemos interferir para melhor ou
    para pior , mais temos que evoluir
    por obrigação de espíritos divinos e
    belos que somos, principalmente a
    espiritualidade.A nossa consciência
    espiritual habita temporariamente
    este corpo carnal descartavel.
    Acorda para a verdadeira vida e não
    durma na hora da morte, porque
    morrer não existe nem mesmo para a
    matéria, nós inventamos esta palavra
    para poder expressar nossas próprias
    inseguranças medo e covardia diante
    do infinito e eterno. Não podemos
    ser céticos em relação a
    espiritualidade porque ela é real,
    tão real como nossa consciência.

  21. Amigo disse:

    Caro amigo

    Acho que vc não é espírita! Eu sou, quero dizer que ser médium não é só escrever uma mensagem é sentir todas as alegrias ou dores do espírito na hora do transe, Chico Xavier não era só psicógrafo ele tinha quase todas as faculdades mediunicas conhecidas e era uma pessoas “Exemplo”, mas infelizmente amigo as pessoas têm medo do que não conhecem e criticam com preconceito, Emmanuel existia, pois Chico falou que sim e a palavra de uma pessoa como ele não deve ser contestada.

    Obrigado, um Amigo.

  22. marcelo disse:

    Olá, gostaria de contribuir chamando a atencao dos estudiosos e pesquisadores destes temas em geral, para um novo livro, revelador, que eu recentemente descobri, “The Siren Call of Hungry Ghosts”, de Joe Fisher. Que, ao que parece, infelizmente, por conta de sua obsessao e desilusão com o assunto da canalizacao (nao que o fenomeno nao fosse real, mas as forças ou inteligencias por traz nao eram o que ele pensava ser), terminou por cometer suicidio em 2001. De um pulo em:

    http://www.amazon.com/Siren-Call-Hungry-Ghosts-Investigation/dp/1931044023

    The Siren Call of Hungry Ghosts: A Riveting Investigation Into Channeling and Spirit Guides (Paperback)
    by Joe Fisher
    Joe Fisher (Author)
    › Visit Amazon’s Joe Fisher Page
    Find all the books, read about the author, and more.
    See search results for this author
    Are you an author? Learn about Author Central
    (Author), Colin Wilson

  23. Ricardo RJ disse:

    EMMANUEL É AMIGO ESPIRITUAL PRESTIMOSO E NOBRE TRABALHADOR DO CRISTO,QUE COM CERTEZA NÃO SE ENTRISTECERÁ COM MAIS ESSA FALÁCIA VERBORRÁGICA DOS CÉTICOS DE PLANTÃO,POIS ELE TEM MUITO O QUE FAZER POR NÓS E PELOS SEUS DETRATORES.ESSA CAMPANHA DE DESCRÉDITO AO NOSSO QUERIDO CHICO XAVIER SÓ SERVIRÁ PARA AUMENTAR A PROCURA POR SUAS OBRAS ILUMINADAS E CONSOLADORAS.É O VELHO ADÁGIO”OS CÃES LADRAM E A CARAVANA PASSA”.PERDOA-OS PAI DE AMOR,POIS NO FUNDO NÃO SABEM O QUE FAZEM!

  24. Danilo PB disse:

    Esqueçam essa falácia, nunca existiu nenhum Emmanuel, isso foi invenção da cabeça dele. Quando a tal entidade incorporava em Chico, nem assim Chico sabia falar latim.

  25. Sonia N. disse:

    Olá pessoal. Só a nível de entendimento… Fraudes e mistificações só ocorrem porque existe o verdadeiro, o original. Ninguém frauda o que não existe. Fraudar é falsificar o verdadeiro. Portanto, quando reconhecemos que determinada(s) pessoa(s) comete(m) fraudes ou mistificações, reconhecemos na mesma intensidade a existência dos fenômenos. E se usamos a palara “médium” para designar essa pessoa, assumimos completamente a total possibiidade do intercâmbio. Caso contrário, é pura incoerência!
    E aos céticos sérios, que se horrorizam com esse Deus infantil, egoísta, cruel, tolo, vingativo, improdutivo e mais uma infinidade de baboseiras (fabricado por homens tolos e ignorantes) que, infelizmente é oferecido pelas religiões, e que aceitam apenas o que é oferecido pela Ciência, um lembrete:
    “Sobreviverá apenas a religião que puder encarar a razão (Ciência) em todas as épocas da humanidade” (Allan Kardec)
    “A Ciência sem religião é aleijada; a religião sem ciência é cega” (Albert Einstein). Um abração a todos.

  26. Eduardo gomes disse:

    Sonia N, disse tudo!!

    No fundo, os nossos irmãos aqui só fazem essas calúnias, pq nunca provaram verdadeiramente nada sublime na vida.
    Eles preferem não acreditar, ao aceitar o fato de nunca ter-lhes ocorrido algo que lhes tocassem o coração.

    Mas Deus é JUSTO, e acima da compreensão que nós fazemos da palavra em si. E dará a todos a oportunidade de ver e sentir o caminho de sua seara.

    Os passos já cabem a nós…

    Muita paz meus irmãos!!

  27. Jesa Nideck disse:

    Em todas as épocas da humanidade tivemos, gênios, artistas incomparáveis, homens de grande inteligência.
    Todos eles foram inspirados, e buscaram inspiração, afinal o que é a inspiração?
    De onde vem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *