MENU

Medusas gigantes

“Múmia de ser misterioso”, “não-terrestre”?

20 de novembro de 2007 Comments (5) Views: 1205 Ceticismo, Ciência, Fortianismo

O Incrível Telefone Paranormal


Por que nunca dá ocupado quando ligamos para um número errado? Alguém sempre atende. Pense bem, pode ser um Grande Mistério do Universo. Talvez seja uma demonstração extrema da Lei de Murphy. Não basta que você erre o número, as forças cósmicas devem conspirar para que você tenha que ser atendido por alguém. Em conjunções especiais esse alguém também teve que sair correndo do banheiro para atender a sua ligação. Que seria um engano. Deuses se divertiriam muito criando leis cósmicas assim.

Mas a sensacional solução ao mistério do telefone paranormal está realmente no fato de que ele não existe. Quando discamos um número por engano e ouvimos o tom de ocupado, assumimos que discamos o número certo e ele é que estava ocupado, cometendo um segundo engano. Um erro impede que percebamos o outro e é o que nos leva à intrigante mas errônea noção de que números errados nunca estão ocupados – três erros no total. É uma boa demonstração de como podemos ser falíveis porque presumimos ser infalíveis.

Com tantos erros sobre erros, vale notar contudo que nem sempre estamos errados em nossas percepções sobre o mundo. Às vezes erramos ao pensar que estávamos errados.
Clique aqui para ler o restante de ‘O Incrível Telefone Paranormal’

Tags: , , , ,

5 Responses to O Incrível Telefone Paranormal

  1. MoonChild disse:

    “É uma boa demonstração de como podemos ser falíveis porque presumimos ser infalíveis.”

    Muito bom Mori,

    É sem dúvida um bom exemplo de que devemos ser humildes, cientistas, religiosos, céticos, crentes… todos podemos nos enganar. E a história mostra como isso acontece tão frequentemente, muitas vezes por detalhes simples :-)

    Abraços,

    MC

  2. joao pedro disse:

    “Mas a sensacional solução ao mistério do telefone paranormal está realmente no fato de que ele não existe. Quando discamos um número por engano e ouvimos o tom de ocupado, assumimos que discamos o número certo e ele é que estava ocupado, cometendo um segundo engano.”

    Ah! para com isso, não há nenhuma correlação entre discarmos um número errado e atenderem com discarmos o número errado e dar ocupado e pensarmos que era o certo. Depois de alguns minutos é lógico que você tentará discar o mesmo número errado.

  3. Caveira Melancólica disse:

    Porque nunca dá ocupado quando discamos o número errado ?

    Porque só ficamos sabendo que o número está errado se alguém atender e confirmar que discamos o número errado. Dãããh !!!
    É provável que já tenhamos ligado pro número errado e deu ocupado mas nunca ficamos sabendo que ligamos o numero errado porque ninguém atendeu. É isso que vocês queriam dizer ?

  4. Rafael disse:

    Mori,
    Em se tratando de poderes “paranormais”, e como agora este assunto do rebaixamento do Corinthians no Campeonato Brasileiro está em alta, seria interessante um artigo sobre essas pessoas que se dizem “com poderes de prever o futuro”, como observado nesta matéria de 31/12/2006, onde uma “taróloga” – como se isso fosse ciência – afirma que o Corínthians iria ser campeão! http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Arquivo/0,,AA1404306-4274,00.html

  5. Rafael disse:

    Mais engraçado foi o qeu aconteceu comigo uma vez, que ligaram pra minha casa, eu atendi, pediram pelo Rafael, eu disse que era eu, e a pessoa foi me dizendo “Oi, Rafael, eu sou a Cristina, lembra de mim? A gente se conheceu…” e foi me contando toda a vez que nos “conhecemos”. Eu disse pra ela que não a conhecia (aliás, eu nem costumava ir naquele lugar que ela alegou que nos conhecemos), etc…
    Algum tempo depois, ela disse: “mas esse não é o telefone “3211-XXXX”? Eu disse: “Não, esse é o telefone “3221-XXXX”. Ou seja, ela ligou para o número errado, mas o dono do telefone era um homônimo. Dá pra acreditar? História verídica.
    Acho que foi a maior coincidência que aconteceu na minha vida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *