MENU

Nunca é tarde para comprar a torre Eiffel com...

Sereia à venda

7 de abril de 2008 Comments (17) Views: 3097 Ceticismo, Fortianismo

O poder de mente

No vídeo acima, vemos os incríveis poderes do mestre Ryukerin, usando o Chi (ou, em japonês, o Ki) para nocautear. Seus alunos, pelo menos, porque quando na segunda parte o mestre desafia um lutador de MMA (espécie de vale-tudo), os resultados são menos cinematográficos. Ou mais próximos de uma comédia.

Em outro choque de realidade, na Índia um feiticeiro falhou em dobrar um dedo matar um cético usando apenas magia. Em rede nacional de TV. Mais aqui também.

O desafio do mestre Ryukerin valia 5.000 dólares, o que significa que além de um nariz quebrado ele deve ter voltado para casa com o bolso vazio. O velhinho provavelmente acreditava ser capaz de nocautear pessoas usando o Ki. O feiticeiro indiano possivelmente também acreditava no poder de suas magias, do contrário faria como todos os outros charlatães pelo mundo, que simplesmente fogem de desafios para provar seus poderes, dando todo tipo de desculpas.

Que alguém acredite poder nocautear gritando ou matar com magia não deve parecer tão absurdo, porque mesmo no Brasil muitos acreditam em poderes paranormais e na famosa “macumba”. Mas os choques de realidade não são sempre tão divertidos como os do mestre Ryukerin.

Por vezes a crença em poderes mágicos envolve feitiços de proteção contra balas. Tribos inteiras de nativos americanos foram dizimadas, correndo confiantes contra salvos de metralhadoras. Tragédias similares ocorreram na África, e continuam ocorrendo.

O mais grave é quem nem choques de realidade como estes, verdadeiras experiências científicas em larga escala sobre a eficácia de tais métodos, são suficientes para convencer as pessoas a abandonar a crença no pensamento mágico. E a vingança de tais culturas quase dizimadas é especialmente irônica: séculos depois, é a própria civilização ocidental que passa a aceitar o mesmo pensamento mágico que acelerou o massacre de suas culturas de origem. Ao invés de vacinas e remédios, orações.

Assim como os discípulos de mestre Ryukerin, a porrada só funciona se você acreditar nela. O pensamento mágico não ressuscita ninguém, mas pode comprovadamente matar.

Tags: , ,

17 Responses to O poder de mente

  1. Fabricio Fleck disse:

    Li recentemente uma reportagem sobre membros evangélicos do BOPE que rezam e lêem a Bíblia antes de cada operação e garatem que sua “crença evangélica” os protege contra os “perigos da sua profissão”. Ou seja, esses soldados realmente acreditam que a crença em Jesus lhes garante um “colete esperitual” à prova de balas. Deve funcionar…pelo menos até o dia que a bala acertar, infelizmente, o alvo…:-(

  2. lordedipo disse:

    Achem muito pessimista sua conclusão, só porque aquele home é um charlatão, não quer dizer que todas as outras demonstrações do ki são falsas, quer fazer um teste, por que vc não tenta desafiar um mestre 10º DAN em Aikido, e verá o que estou dizendo, peça ao menos para que um deles lhe faça uma demonstração.
    Só por que a demonstração do homem ali em cima é falsa, não quer dizer que todas as outras sejam, já teve cientista de renome que disse que seria impossivel algo mais pesado que o ar voar, e homens como Santos Dumont provaram contraram, o ki existe e isso é fato, nossa ciencia ainda é muito primitiva para poder entendê-lo, na verdade é muito limitada.
    É impressionante como hoje em dia a maioria ainda tenha o mesmo pensamento dos humanos da idade média, que através da ingnorancia condenaram Galileu, só por que ele dizia que a terra não era o centro do Universo, já que o pensamento da maioria era totalmente diferente.

  3. Maximus disse:

    Esse “lordedipo” falou uma coisa certa: não é porque o cara acima é charlatão, que todos os outros o são. É porque cada um deles é incapaz de provar os poderes que alegam ter que são charlatães.
    Quanto ao “cientista de renome que disse que seria impossivel algo mais pesado que o ar voar” ele viajou legal. Sempre existiram as aves, porque esse tal “cientista de renome” afirmou isso? Quem foi ele?
    E quanto aos “humanos que condenaram Galileu”, foram justamente os que acreditavam no ki e em coisas similares…

  4. Rafael disse:

    O mais incrível é alguém criticar o artigo, com os argumentos que usou, dizendo que o mesmo tem “pensamento dos humanos da Idade Média, que através da ingnorancia(sic) condenaram Galileu”. Citar a Idade Média para criticar um Artigo desde tipo realmente deve ser brincadeira…E para finalizar, como conheçedor de Aikido há muitos anos, posso dizer com propriedade que numa situação destas acima eu usaria AS TÉCNICAS DE LUTA APRENDIDAS, e não “o poder do Chi”, como o comediante, digo, “Mestre” tentou fazer…

  5. JC disse:

    Comedia nada cara, dá pra perceber q no final do video estavam ate fazendo respiração boca a boca no velhinho, tadinho.

  6. sartori disse:

    onde foi publicado os resultados experimentais sobre este tal de ki? algum mestre em ki em condições experimentais e controladas mediu em alguma escala de medida terrestre conhecida o poder desse tal ki?
    espero os resultados das pesquisas sobre esse tal ki pra ter opinião certa sobre isso…

  7. Thiago Vieira disse:

    Esse mestre Ryukerin não é de nada! Só vou respeitá-lo quando ver um vídeo em que ele executa um hadouken!

    Quero ver ele superar o Ryu!

  8. Lordedipo: “Achem muito pessimista sua conclusão, só porque aquele home é um charlatão, não quer dizer que todas as outras demonstrações do ki são falsas”

    O artigo em questão NÃO AFIRMA que todas as demostrações de Ki são falsas. De fato, o artigo nem sequer acusa o mestre Ryukerin de charlatanismo!! O que é dito no texto, para quem tiver boa vontade de ler, é que ele é uma pessoa que realmnete acredita ter poderes mágicos.

    Lordedipo: “quer fazer um teste, por que vc não tenta desafiar um mestre 10º DAN em Aikido, e verá o que estou dizendo, peça ao menos para que um deles lhe faça uma demonstração.”

    O ônus da prova é de quem afirma e não de quem duvida.
    http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%94nus_da_prova

    Lordedipo: “o ki existe e isso é fato, nossa ciencia ainda é muito primitiva para poder entendê-lo, na verdade é muito limitada.”

    O que você está esperando, Lorde?
    Prove que o Ki existe e ganhe 1 milhão de dólares da Fundação James Randi. Prove que metódo científico está incorreto e que existe um método mais seguro e preciso e ganhe o Prêmio Nobel!!

    Em tempo:

    A Vida Imita o Vídeo Game
    http://obruxodesantos.haaan.com/?p=25

  9. Wagner Luiz disse:

    O KI existe sim! É algo exaustivamente pesquisado e provado cientificamente. Todos podem ver, sentir e ter acesso ao KI! Basta para tanto ir a uma farmácia ou SEX SHOP…

  10. […] informações sobre o fabuloso mestre Ryuken (antes referido como “Ryukerin”). No vídeo acima vemos uma demonstração conclusiva do poder de mente. No vídeo abaixo, vemos […]

  11. ivo disse:

    O céticismo na verdade é uma ferramenta útil e indispensável, quando um cientista faz uma descoberta uma das coisas que ele tenta fazer é achar falhas na própria teoria para garantir sua solidez. não critico o artigo. Mas quero colocar por exemplo o fato de um paciente que sofria de uma doença incurável após passar por um seçao de Hipnose acidetalmente (por que um outro medico o tinha encaminhado por “brincadeira) foi curado. o que tem haver: é que uma capacidae humana desconhecida foi comprovada. outro exemplo um pouco mais polémico é que mais de 40 experincias foram relizadas sob o poder da meditação e nos mesmos moldes foi realizado um periodo de meditação em Washignto com o proposito que os crimes reduzissem em 25% o que aconteceu. Resumindo a resenha se o prezado e estimado autor do artigo realmente fizer a experiencia sugerida de “vc não tenta desafiar um mestre 10º DAN em Aikido, ” dará maio base ao seu artigo que é ótimo.

  12. Akatsu disse:

    Cara…se a pessoa realmente tem o ”dom” vc acha que ele vai fica mostrando pro mundo inteiro ver(só pq ele PODE fazer, nao significa que ele TEM que fazer)?! Como disseram ai, antigamente condenavam as pessoas por ter o pensamento diferente, imagina contrariar que tudo que 80% da populaçao acredita.
    O cara que eh foda, sabe que eh foda. Nao precisa prova pra ninguem o.O

  13. FRANK disse:

    A sabedoria que o veio passou é milenar, tal qual o chi, é que mesmo ganhando uma luta voçe a perde. voçe só ganha se não brigar. Portanto nada importa, perder doi, mais mas tambem cansa menos. No final o veio achou o seu verdadeiro chiiii. O pó do veio foi batido. E dai o veio tá vivo pra outra surra. Será que voçês na idade dele terão tanta disposição assim? Quem sabe o chi do outro era maior que o do mestre. Mas vamu lá tamanho não é documento, e chi tambem não.

  14. Rodrigo disse:

    Kentaro Mori mostra neste site que possui um grande preconceito as culturas antigas e suas tradições. Pois ao citar o texto “Shaman” que o autor citas as religiões africanas, indigenas e orientais sendo a causa da dizimação destas civilização e não o capitalismo e imperialismo europeus que todos os historiadores dão causa principal o declineo desta civilizações, pois o autor de origem americana isto é de nacionalidade do maior pais imperialista do mundo. Os “feiticeiros” eram na verdade pessoa que contia grande conhecimento o na índia eles foram os primeiros a usar o numero zero e um antes mesmo dos europeus, na África muçulmana já havia noções de higiene entre os habitantes enquanto Europa mergulhava num surto de peste negra por causa da falta higiene e na Américas os maias e os incas tinha uma engenharia muito superior a dos europeus. Este site deves iluminar o mundo como seu autor prega mostra na verdade o mesmo preconceito que foi base da destruições desta civilizações acharem que elas eram inferiores por causa de sua crenças e costumes assim os países desenvolvidos tinha carta branca para saqueá-los e destrui-los. Por fim que me deixa envergonhado que voçe de origem oriental igual minha trate as tradições e conhecimentos de nossos ancestrais com tanto desprezo.

    • Mori disse:

      Rodrigo, quem dizimou os povos nativos da América e África foram de fato os invasores europeus. O texto sobre o xamanismo de Petraitis não busca culpar os nativos pelo seu próprio extermínio, mas sim destaca o fato de que suas tradições supersticiosas não só não tiveram efeito positivo, como exerceram de fato um efeito negativo, acelerando e contribuindo para torná-los vulneráveis aos ataques europeus.

      O preconceito é justamente o que não se defende aqui. Acreditar que as tradições ancestrais são a priori positivas, é um preconceito. Livrar-se de preconceitos é avaliar idéias e conhecimentos constantemente sob critérios objetivos.

      Objetivamente, não há evidência de que o “chi” ou “ki” existam. A nota aqui é uma indicação de tal.

  15. adriana disse:

    se ele tem tanto poder porque só usa pra machucar os outros, queria ver ele usar esse poder pra curar alguém não deixar no chão maxucado

  16. GILSON disse:

    Galileu era um Monge, tinha fé. De cético não tinha nada. Quanto aos charlatães, isso tem muito mesmo e tem que ser combatido, o problema é generalizar. Mesmo pra uma pessoa de fé o ceticismo a priori é importante ter mesmo. O problema é fazer do mesmo uma religião. Crer de forma infantil não é fé e sim credulidade imbecil. A verdadeira fé pede sim o concurso da razão, mesmo Deus sendo maior que nossos bilhões de neurônios. Crer que ele não existe é acreditar que um vendaval possa vir num lixo de ferro velho e construir um avião. Aqui pra nós, crer nisto é coisa de cético. ka ka ka .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *