MENU

OVNI de Vórtice sobre parque nos EUA

Weekly World News online!

22 de junho de 2009 Comments (66) Views: 5002 Ceticismo, Fortianismo

2012 pela manhã

2012mori 

Amanhã, terça-feira (23/06), o editor CeticismoAberto Kentaro Mori deve participar do programa "Manhã Maior" na RedeTV, entre as 9~11:30h discutindo sobre o calendário Maia, 2012, fim do mundo e afins.

Atualização: Os vídeos da participação já estão disponíveis no sítio da RedeTV. Clique na imagem para a primeira parte, a segunda, terceira e quarta (apresentamos nosso ponto de vista logo no início da segunda e quarta partes, em negrito).

Tags: , ,

66 Responses to 2012 pela manhã

  1. Legal! Boa sorte lá amanhã!

    E faça o melhor possível para derrubar essa … essa … sandice!

  2. Renato disse:

    Vai gravar?

  3. Marcello disse:

    Pôxa, perdi! Só vi agora! Será que vai ter reprise?

  4. Alves disse:

    Está aqui o programa inteiro http://www.redetv.com.br/portal/manhamaior/, ainda bem, sou de Portugal e não tenho outra maneira de assistir.

  5. sartori disse:

    legal a entrevista, mas tinha uns doidos de pedra ali né?

  6. Mark von Übelgarten disse:

    Cacaroscópio, esses místicos me deixam com enjoo. Como você aguentou ouvi-los?

  7. Os maias viajavam pelo tempo? HAUHAUHAUHAU

  8. eduardo disse:

    Kem é akele cara de óculos questionando seu argumento a respeito do livro “1983”?
    Mas q cara escroto… é o apresentador?… como pode um apresentador ser tão arrogante e mandar o entrevistado procurar mais informações pq tá sendo muito superficial em suas observações?
    Tirando esse “apresentador”, o progama foi muito bom… apesar de ainda não ter visto tudo… parabéns pela entrevista…

  9. Renegades disse:

    Parece que não deu para expor o ponto de vista dos céticos de forma clara, tb com esse babaca de óculos ali “vc não acredita em deus”, e bla bla bal, dai se ve o que é a TV atualmente, ou melhor quem esta em destaque na TV atulamente.

  10. Fabiano disse:

    Quer dizer que para se saber sobre o calendário maia é preciso ir para a América Central??? AHAHAHAHAHAHAHAHA

    QUE RIDÍCULO!!!! Apresentador fraquíssimo esse. O que ele esperava? Que o Kentaro aparecesse com todas as cópias de documentos disponíveis? Talvez ele devesse dar uma navegada pela internet, em sites céticos.

  11. juliana disse:

    que apresentador babaca. sem mais.

  12. Mario (ou Cheetara) disse:

    Marty Mcfly não me parece nome maia (ou maya, sei lá)

    e é incrivel como um cara-claramente-chapado-de-lsd pode falar o que quiser quando o assunto é o tal “fim do mundo maia/maya”

  13. Luis disse:

    Opa, valeu por upar o video. Queria ter visto ontem.

  14. Gilmar Lopes disse:

    Fala, Kentaro!

    Ainda não consegui assistir à entrevista, na verdade eu apenas entrei aqui para te desejar, mais uma vez, muito sucesso, dinheiro e saúde pra essa sua cabeça lotada de boas idéias!

    Valeu, irmão!

  15. J.C disse:

    pô Kentaro, ali cabia pelo menos uma resposta torta pro cara de oculos, vc foi educado demais hahahaha… da proxima vez seja mais incisivo ou grosso mesmo hahahahaa, o cara merecia.

  16. O apresentador é o Arthur Veríssimo. É um daqueles hips moderninhos que adoram ioga, misticismo, espiritismo, e todo tipo de religiosidade…ela é um saladão esotéico nonsense que se acha jornalista. Bem ao estilo Luiz Gasparetto.

    Já o programa Manhã Maior é um porre. Pra se ter uma idéia, na estréia teve duas reportagens bizarras: um homem que gostava de usar calcinhas no seu dia-a-adia e um casal que dizia não aguentar mais “viver com espíritos” em casa…

    Levar o pensamento científico e sério para a TV é sempre uma luta. O Mori tá de parabéns. Levou tudo na maior categoria

  17. gabriel floripa disse:

    Mori não sei se vale a pena ir nesses programas… o apresentador tem q polemizar pra dar audiência, e tudo vira uma bagunça. Esses dias vi o mesmo assunto no programa SUPERPOP da Luciana Gimenez (aquela q transou com o velho caquético Mick sei lá o q dos Stones, e ela ficava toda hora interrompendo e falando bobagens, avacalhando mesmo.

  18. curupira disse:

    pra ser sincera só vi a parte que vc fala. Os outros convidados e os apresentadores me irritaram profundamente. Parabéns por aguentar tamanho blablablá destes “estudiosos”.

  19. Fatima disse:

    Sinceramente, não entendo como vc não teve um acesso de riso quando aquele ‘ispeçialixta’ falou que os maias eram engenheiros que viajavam no tempo. Aquilo foi mais engraçado que gibi da mônica!

  20. Renato disse:

    Olá, pelo que percebi parece-me que os apresentadores e os outros participantes não estão interessados em debater o assunto de forma séria. Mas não importa, o assunto não é sério. Acho que muita gente ficou frustrada por que o mundo não acabou no ano 2000, agora deve ser em 2012! Papo-furado! Sua participação no programa foi boa. Falou pouco e falou tudo. Não há argumentos que mudem o pensamento de quem “quer acreditar”.

  21. Gilmar Lopes disse:

    Putz, Kentaro! Não sei como você conseguiu ter tanta paciência com o apresentador. Que cara chato!
    Eu acho que quando alguem vai mediar algum debate, esse alguem deve tentar ser o mais neutro possível!
    Bom, existem apresentadores e apresentadores né? Parabéns pela participação e pode ir se acostumando com as cameras pois esse é o seu futuro!

  22. Judas Yagami disse:

    Cara, nao é por nada.
    Mas só tenho duas coisas a dizer:
    1) O apresentador deveria ter sido mais “neutro”.
    2) Você realmente deveria ter mais preparo… levar mais contra argumentos. Sei lá, ficou um tanto “informações sem base do google/wikipedia”.

    Enfim…
    gostei do seu site, irei visita-lo sempre q possível.

  23. Elton disse:

    Tá na cara que o apresentador não foi ponderante. Odeio programas desse naipe, apenas visam ibope, não levando em conta a opinião dos presentes, tentando ridicularizar a imagem daqueles que tem uma opinião diferente daquilo que eles pensam ou tem certeza. Mais isso já era de se esperar.

    Vejo os posts do Kentaro, sei que ele tinha vários argumentos para mostrar, porém, é notório a grande falta de educação desse apresentador, deixando apenas que alguns falem e provocando a todo instante outros que estavam lá.

  24. Marcelo disse:

    Desce a porrada nesses loucos. Ah se fosse eu. Mandava esses maçons tomar no cu que é o que essas bichas gostam de fazer.

  25. R. Coelho disse:

    Tentei assistir mas nao deu, os apresentadores sao ridiculos, so querem um pouco de sensacionalismo pra levantar a audiencia, nao teve conversa seria ali. Brasil sil sil

  26. Tai disse:

    Na boa, não dá mesmo pra assistir… aquele apresentador foi muito grosseiro e intolerante. Só fui até a parte dos “maias clássicos intergaláticos”. Esse cara deve ter assistido muito national kid.

  27. aninha disse:

    muito interessante essa matéria, mais eu não acredito que certamente o fim do mundo será em 2012,pois eu acredito que só Deus sabe realmente o dia do fim do mundo, pode ser qualquer dia pois esses mistérios são segredos de Deus.

  28. Regie disse:

    Quero fazer um protesto!! a maldita emissora daqui de macap[a a tv tucuju bloqueia todea a programa;áo da rede tv por isso náo consigo assistir nada que preste so essas porcarias amadoras locais MORTE A JANETE SILVA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  29. henrique disse:

    que apelaçao esse programa só botei fé no gordinho ufologo e pra quem nao acredita em ufo seu dia vai chegar se tiver fé!

  30. cleo disse:

    eu nao acredito no fim do de forma alguna.mas acredito que o mundo acabe para as pessoas que ja morreram.

  31. Tadeu disse:

    Sinceramente, seguidores de Nostradamus existiram por toda eternidade. Debater certos assuntos com pessoas que só tem olhos para polêmica, é perca de tempo. Parabéns Kentaro.

  32. Jaqueline disse:

    “Não cabe a nós homens miseraveis e pequenos no saber e que não merecia nada e ainda temos por graça apenas,conhecer ou tentar conhecer a vontade o tempo e até mesmo a mente de Deus!!!!

  33. T4T1 disse:

    Me senti mal por você.Sinto muito pelos momentos constrangedores que você passou… >___<''

    Não aguentei ver muito.Muita falta de profissionalismo por parte de Arthur Veríssimo…Vergonha alheia…

    Adoro o blog!

  34. John Mianauty disse:

    Cara, o “entrevistador” acabou com a moral do Kentaro. Ele vai no achismo. Por ser cético, como sou, não usar palavra acho, pode ser, talvez. Ou é ou não é fio!… Na próxima, precisa de umas aulas e ir com embasamento de pesquisa, e não tirar conclusões por achar isso ou aquilo.

    • Mori disse:

      Claro. O outro senhor lá, tratado com reverência pelo apresentador, afirmava que os maias eram engenheiros do tempo e que “Klaatu Barada Nikto” é a saudação da federação galáctica.

      Meu desempenho foi péssimo, mas não foi apenas culpa minha.

      Em tempo: apesar de ter sido contrariado pelos outros convidados, que foram confiantes em suas alegações, qualquer acadêmico poderá confirmar que os maias, incluindo os clássicos, realizavam sacrifícios humanos, incluindo de crianças.

  35. Roberto disse:

    Ah sim, agora pude ver-te em ação.
    Sr. Mori, àquele que publica tantas reportagens com o propósito de desmistificar as crenças do ditos crentes.
    Ficou bastante claro porque você faz alegações tão banais, tão desprovidas de critério, de análise, de ciência, de fontes fidedignas,digo até que falhas no quesito seriedade.
    Sim, agora está mais do que claro.
    Você poderia, pelo menos, ter ido à este programa em busca de sua promoção pessoal com um mínimo de preparo rapaz. Um mínimo de pesquisa para saber o que você diria para defender suas teses.
    Perdeste uma ótima oportunidade de dizer à que veio.

    Discordo dos teus admiradores que aqui postaram pois que o comportamento do apresentador foi mais positivo do que eu poderia esperar tendo em vista o público deste programa.
    O fato é o seguinte Sr. Mori: qualquer pessoa que use seus neurônios, que respeite sua capacidade de pensar, qualquer interessado sincero devota tempo para que o outro se manifeste e expresse suas opiniões, suas teorias, sua visão. O próprio pai-de-santo teve sua oportunidade e o que vimos: um blá-blá-blá desconexo que não levava a lugar nenhum, uma falácia, mas você, você meu caro deixou à desejar.
    Você mostrou que não tinha o que dizer, apenas que não acredita. Você não se diferenciou muito dos entrevistados de rua, pegados despreparados para responder ao desenvolto repórter.
    O pai-de-santo se desmoralizou quando reclamou da concorrência, ficou brabinho, disputou os holofotes, se lastimou pela Globo ter consultado outro “oráculo” que era empregada dele, que não tinha carteirinha ou diploma de oráculo, que podia provar e tudo. Que horror.
    Você se entregou quando sacou um livro de um sei-lá-quêm para basear sua tese. Falta de preparo completo e até mesmo de respeito para àqueles que assistiram esperando uma opinião “cética” sobre o caso.

    O fato é este Sr. Mori, o sr. não acredita porque não acredita, porque têm preguiça de pesquisar, porque quer se manifestar sobre todos os assuntos para dar seu caduco veredicto.

    Mas que barbaridade! A grande virtude deste site é aproximar os comentadores que apresentam pontos de vistas que versam sobre as abobrinham que você publica sobre assuntos tão sérios.

    Concluindo, vou citar esta entrevista sempre que você afirmar superficialidades sobre assuntos que porventura me interessem. Acho que todos devem conhecer quem posta estas notícias para saber o que esperar das falsas pesquisas que você desenvolve antes de se manifestar sobre qualquer assunto.

    • Anderson disse:

      Gostei dessa parte:

      “Mas que barbaridade! A grande virtude deste site é aproximar os comentadores que apresentam pontos de vistas que versam sobre as abobrinham que você publica sobre assuntos tão sérios.”

      Isso se aplica p/ qualquer site sobre espiritismo, misticismo ou ufologia, pessoas c/ interesses em comum se reunem p/ falar sobre aquilo q acreditam.
      A diferença é q no q nós acreditamos, gera, gerou e vai seguir gerando enormes avanços p/ todos os humanos. Se chama pensamento cientifico, ou busca pela razão.

      Quanto ao Mori, realmente ele tem mto o q melhorar p/ falar em publico, ele esta no caminho certo, tentando, indo aonde é chamado, mesmo sendo um pessimo programa, mesmo sabendo q ninguem ali vai dar valor p/ opniao dele, pq quer saber a verdade Roberto, é uma guerra já ganha, o mundo ñ vai acabar.
      O q falta p/ o Mori em ‘manha’ p/ falar na tv sobra p/ escrever, através de seus otimos textos sempre relativamente acessiveis e sempre q possivel divertidos.

      • Mori disse:

        Obrigado, Anderson… só com a prática se fica menos ruim. Os textos que escrevo hoje só são menos ruins do que os que escrevia há dez anos… em mais dez anos…

    • Mori disse:

      Bem, se você realmente foi convencido pelo “desenvolto” apresentador e não pôde perceber a relevância do livro sobre 1983, ou o fato histórico de que a civilização maia praticava sacrifícios humanos e seu colapso foi bem humano, então é mesmo uma falha minha em não ter me expressado mais claramente.

      Mas também é uma falha sua, porque qualquer pesquisa deixará claro como “fontes fidedignas” apóiam a posição e os fatos que tentei defender por lá. Pesquise sobre a histeria que houve com relação ao suposto alinhamento em 1983, e como essa histeria era até mais embasada que a histeria com relação a 2012 (e, ainda assim, era injustificada). Pesquise sobre como o livro que apresentei sobre 1983 é idêntico não só na capa como no conteúdo aos livros sobre 2012 — que, por sinal, o apresentador tinha em mãos e afirmou ter adorado, mas não exibiu no programa. Pesquise mais sobre a cultura maia e como sua sofisticação em matemática e astronomia não significa que fossem necessariamente sofisticados em outras áreas — não que a civilização européia contemporânea fosse mais sofisticada, claro.

      A superficialidade pode ter sido da forma como me expressei frente a um apresentador hostil, mas ressalto, também é de todo espectador que se contente com as informações expostas em um programa televisivo matinal que chama um cético, um jornalista de uma revista esotérica, um crente na Federação Galáctica e um pai-de-santo.

      Deveriam ter chamado um arqueólogo ou antropólogo, mas eu fui indicado, aceitei e tentei oferecer algum esclarecimento apesar de ser sim um leigo na área. Não me interessa simular falsas certezas.

  36. Roberto disse:

    Anderson, aí é que está o problema.
    Você diz que o que vocês acreditam gera avanço para a humanidade por conta o pensamento científico ou busca pela razão. Cadê? Onde?
    Quer dizer que firmando opinião assim, superficialmente, sem estudo, sem critério verdadeiramente científico vocês estarão colaborando com a sociedade?
    Olha cada aberração que vocês publicam com pseudo análise, com versões criadas por irresponsáveis que são endossadas por vocês como se fossem avanços, como se fosse justo, certo, honesto?

    Veja àquela história patética, por exemplo, dos tal “maior crop-circles de todos” feito por um turma de aventureiros infantilizados pela mídia que dizem provar que conseguem fazer os círculos tal qual fazem os ETs?
    Poxa, isto é chacota com a inteligência das pessoas, e qualquer um que venha buscar explicações, auxílio de informações junto aos ditos céticos, que se supõe serem criteriosos, serem isentos, sem exigentes e estudiosos, bem, o que encontram nos seus escritos? Baboseira! Falta de respeito com a verdade e com a sociedade.

    Cheguei neste site no início deste ano porque havia um link para ele após pesquisa no google por Nibiru ou X. Leio o que está escrito, analiso, faço comparações, uso a lógica, me equivoco nos julgamentos mas estou aberto para aprender mais, para ter mais argumentos validativos no que procuro entender.
    Eis que a chamada é fotos falsas de Nibiru. Ok, devem realmente ser, mas um mau médico não condena a medicina, um mau juiz não condena a justiça.

    Acho que as pessoas ficam afoitas para mostrar que já estão sabendo e, por má fé, por vontade de aparecer, ser ouvido, ser considerado, passa a inventar, a mentir, só que vocês apresentarem tão pouca base para contestar e já firmarem a posição: NÃO EXISTE! É muita ousadia.

    Ajudem verdadeiramente a desmascarar a mentira mas não usando mentiras para isto. Usem estudo meu amigo, usem ciência, usem fatos comprovados pois o cético creio que só acredita no que pode ser provado, não é?

    Todo espírita, ufólogo, cético, místico, político, todos temos total responsabilidade pelo que falamos e fazemos. Vocês não estão em uma sociedade privada argumentando uns para os outros, vocês entraram na rede pública de internet e são achados em pesquisas sobre tudo o que escrevem. Seja responsáveis pelo que vocês falam e fazem.

    E no último teu parágrafo eu novamente devo discordar pois a seriedade, a tal da manha que você diz não estava presente nos textos escrito, pelo menos nos que eu me interessei por ler. Pelo contrário, não houve a tão propalada e desejada ciência para analisar os acontecimentos.

    Vocês jogam um assunto polêmico no ar, dão opiniões levinhas, superficiais e incrivelmente querendo que sejam definitivas. Ridicularizam o que não entendem, fazem pouco caso. Que beleza de ciência esta. Parece ser a mesma ciência dos que quiseram matar Galileu Galilei, dos que envenenaram Sócrates, dos que negavam Darwin impondo o criacionismo ilógico, e vai longe a lista.

    Se não entendem então é mentira. Que obtuso pensamento este. Que cômodo isto.

    Que o programa não era sério por acaso o Mori tinha alguma dúvida? Ora, ele sabia qual o alcance dos objetivos deles e foi porque se sentiu valorizado, se sentiu importante e infelizmente fez um mau papel.
    Veja que ele foi debater com um estudioso da civilização Maia que a estudava há 15 anos. É claro que estes argumentos rasteiros não convenceriam o apresentador e ele daria preferência para quem tivesse mais a dizer.

    Agora, concluindo, é claro que o mundo não vai acabar em 2012, 2015, só que meu caro, o que o estudiosos afirmou é verdade, quêm usou o calendário maia para atestar que acabaria o mundo em 2012 foi um aproveitador, um farsante, mas lembre-se do que ele disse, o que ocorrerá será uma mudança de estágio evolutivo do planeta. Já escrevi sobre isto no site de vocês várias vezes.
    Tenho a te dizer, para ti e para o Mori, que mesmo não acabando o mundo talvez pessoas desonestas que prejudicam o processo evolutivo da humanidade tenham que abandonar nosso querido planeta Terra e pegar o rumo de um planeta primitvo para ver se aprende a valorizar mais os instrumentos que Deus lhe concedeu para seu próprio progresso.
    Veja a sequência de fenômenos naturais, terremotos, maremotos, uma após o outro, tornados, temperatura elevada demais ou baixa demais, veja os sinais extraterrestres deixados solidariamente pelos irmãos ETs,veja as predições da Bíblia, dos Maias, dos Sumérios, dos agnósticos, dos Espíritas, até de Nostradamus que não tinha religião, veja tudo isto e vomite sobre esta herança dos milênios atestando que nossa presunção nos joga para o caminho da ignorância. Veja os absurdos que presenciamos diariamente, filhos matando pais, pais matando filhos, assassinato banalizado, doenças novas, decadência moral na família, no sexo, na política, no poder, nas escolas,… A sociedade está estertorando, doente, o planeta esta doente junto.
    Vocês acreditam que iríamos para frente assim?
    Bem, aguardem o aumento das tormentas, das tribulações, e continuem achando que não é nada, que nada vai acontecer. Quando vocês acordarem será infelizmente tarde demais para fazer qualquer coisa e, boa viagem rumo ao planetão que vocês negam mas que está chegando.
    Quêm tem olhos de ver, veja, ouvidos de ouvir, ouça, o resto, se divirta como todos os entrevistados do programa da rede tv, todos famosos que só pensaram em se divertir, ter prazer, curtir ao máximo a vida mundana caso este mesmo mundo fosse acabar.
    O mundo como nós o conhecemos irá realmente acabar, mas o planeta continua, renovado.

    • Mori disse:

      “Para geólogos, o número de terremotos que tem atingido o planeta é normal
      Grande quantidade de mortos nos fenômenos se deve ao aumento da população mundial e à pobreza”
      http://www.clicrbs.com.br/canalrural/jsp/default.jspx?uf=1&id=2832498&action=noticias

      • Roberto disse:

        Outra afirmação vazia.

        Você buscou uma reportagem no site da RBS que entrevistou 3 (três) (1,2,3) geólogos e já está satisfeito, fim de questão, a quantidade de terremotos recentes é normal.

        1 dos 3 geólogos considerados por ti como palavras final em geologia, ou seja, um deles demonstra estranheza quanto à frequência mas se consola dizendo “não, não, mas é normal”.

        O problema de se posicionar com dados tão pálidos é este, se corre o risco de ser superficial com ares de profundo e até de se contradizer sem perceber.

        Leia as tua própria palavras citadas numa “entrevista” para UFOVIA:

        Kentaro: “É o ceticismo investigativo. Não a mera negação, muito menos a mera dúvida. É a dúvida inquiridora, que busque ativamente investigar alegações, verificar sua validade. Em outras palavras, verificar se discos voadores, monstros do Lago Ness, astrologia, fantasmas… Todos esses “mistérios”, existem. Ou, pelo menos, verificar se cada caso particular, e especialmente relevante, tem algum fundamento. E então divulgar nossos resultados, comentários, conclusões, no intuito de ajudar no esclarecimento do tema e evitar a disseminação de falsidades.”

        A tua investigação se encerrou em uma entrevista à um jornal eletrônico e já decidiu divulgar os teus resultados? Se você têm outras fontes que sejam científicas porque citou este link se escudando na geologia de 3 geólogos?

        Ligue o desconfiômetro, faça o que você mesmo diz que faz, não tente proteger a tua personalidade pois te beneficias desta bandeira cética sem seguir a tua própria receita na prática do ceticismo. Tu és novo ainda e têm tempo de colaborar com a sociedade sem se converter em “douto” como se referia Jesus aos sábios dá época que não aceitavam suas lições por orgulho, por comodismo, por medo de perderem suas posições vantajosas.

        Você tangencia o assunto ETs mas deixa uma porta aberta para voltar atrás, não nega sistematicamente. Fica numa linha de conforto dizendo que não existe nenhuma prova disto ou daquilo, mas esperará placidamente que um ET bata a tua importante porta e te diga: Eu existo! ou que alguma outra pessoa pesquise e encontre a prova.

        Que tolice. As provas já vieram há tempo e tu te alinhas com os cegos que não querem ver. A tua própria citação à Carl Sagan como o “maior divulgador da ciência” que era defensor da pluralidade (do que, de mundos ou de vidas em outros mundos, não foste claro na tua afirmação) etc. recebeu, 24 anos depois, a confirmação de uma mensagem enviada ao espaço apresentando os terráqueos, suas medidas médias, o elemento Carbono, a formação do sistema solar, a quantidade de habitantes da Terra àquela época, um esboço do observatório de onde foi enviada a mensagem e do corpo humano, o funcionamento da base decimal e um esquema do genoma humano e recebeu como resposta (não sei se ainda estava vivo em 2001, mas a resposta não foi para ele mas para a humanidade toda) o mesmo esquema de comunicação porém com as informações relativas aos ETs que se dignaram a responder à mensagem na forma de um “crop circle” ao lado do observatório de onde originou-se a mensagem terrena.

        Já te disse em outra oportunidade, vá tu pegar umas madeirinha e a sola do sapato e ficar pisando nas plantações para gerar as mensagens. Se não tiver vontade amigo, arrume alguém que ao longo destes mais de 20 anos viram os círculos surgirem e se dignaram a reproduzir o fenômeno de forma científica, documentada, provada e comprovada, à prova de fraudes, com todo o critério que procuram desmascarar as inúmeras fraudes que a raça humana se diverte em criar. Se tu não apresentar algo assim meu caro, é como eu te disse antes: CALE-SE! Pare de se promover através da ignorância, da falsa pesquisa, do falso saber, da desonestidade pois tu estás te alinhando também com os promotores do atraso do planeta e não com a libertação das correntes da fé cega, da preguiça, do atraso, do domínio de uns sobre os outros.

        Mas tenha a santa paciência, não me venha com a galera baladeira e festiva que “registrou” (meu Deus, de onde tu tirou isto?) a formação do “maior” crop circle de todos, um homem borboletinha de perninhas abertas e fechadas rodeado de bolilnhas estúpidas que não passam mensagem nenhuma que não seja diferente de tantos milênios de enganação.

        Já li várias das tuas alegações “científicas” e é de chorar como falseias a verdade, como enganas os incautos ou as macacas de auditório que ficam te aplaudindo, dizendo que tu é o cara e coisa e tal. Tu busca esta bajulação, te sustentar ou ambos? Quer os holofotes? Quer ser idolatrado? Não é assim que começam as religiões fanáticas que cultuam seus deuses, seus superiores que se deleitam com um séquito de ignorantes que dizem amém e rendem graças?

        Mas é o seguinte Mori, tu és novo como disse e têm algum tempo ainda. Aproveite-o bem amigo. Não vou mais ficar te aborrecendo fugindo à regra dos teus bajuladores. Vêm que quer ver, ouve quem quer ouvir. Eu não quero ser ninguém nesta história, sou praticamente anônimo (apesar de usar meu nome, email reais sem me esconder), mas não fiquei à vontade de ver quanta ignorância, quanta mentira, preguiça, e desonestidade se espalhando e bloqueando a capacidade de pensar das pessoas.

        Se tu um dia se tornou “cético” por conta de uma historinha de UFOs nazista é de se lamentar a tua precipitação em enveredar por este caminho com tão pouco subsídio para assim se decidir, mas é bem próprio de quem assisti neste vídeo da rede tv.

        O que eu pretendo escrevendo tudo isto? Olha, foram poucos meses, nem 3 meses ainda, e sei que tu está feliz com a frequência do teu site, com ser chamado para entrevistas e tal, mas quanto mais gente estiver te dando atenção pior será para ti, mais te comprometerá pois qualquer pessoa que interrompeu uma curiosidade que poderia abrir usa mente para outras coisas além de sexo, futebol, rock, funk, dinheiro, poder, etc. será um débito à mais que tu contrairá com a tua consciência e com a coletividade.

    • Anderson disse:

      Infelizmente ñ, ñ vai haver mudança evolutiva alguma no planeta, a vida p/ os humanos continuará sendo cruel, e cada um desses problemas q vc citou, sociologicos, ambientais, serão resolvidos ou ñ, dependendo do envolvimento das pessoas c/ o mundo real, de sua empatia p/ c/ os outros humanos, e ñ através do desejo da auto-salvação. É um trabalho duro, q ñ tem herois ou messias.

      Quando vc diz q vc vai p/ um mundo evoluido e nós vamos p/ um mundo inferior pq ñ compartilhamos das suas crenças, vc demonstra uma tremenda crueldade, vc ñ quer só ‘evoluir magicamente’ quer relegar os outros a mais sofrimento.
      Como eu já disse em algum texto no forum, essa ideia de apocalipse ñ passa de um desejo suicida reprimido. O individuo ñ tem coragem de acabar c/ a propria vida p/ deixar de viver ‘em um mundo de dor’ e ir p/ o ‘paraiso’, então passa a tentar se convencer de q o mundo vai acabar ou se modificar, e o seu sofrimento e angustia pessoal vai passar, q ele vai poder abandonar o mundo real e entrar em um mundo perfeito.
      É mto egoismo desejar a morte de bilhões p/ resolver problemas pessoais.

  37. Roberto disse:

    Anderson,
    É sim um trabalho duro que não poderá ser concluído enquanto as pessoas se arvorarem em semeadores da mentira, da falsidade, da desonestidade, do pseudo saber.
    Quanto a eu ter dito que vocês iriam para um mundo inferior e eu iria para um mundo evoluído acho que você não leu direito o que eu escrevi. Eu não disse que EU iria à qualquer lugar, eu também NÃO DISSE que vocês iriam por não compartilharem nas minhas crenças. Onde tu viu isto colega? Foi uma interpretação tua bastante equivocada. Leia de novo o texto.

    Onde eu disse que ocorreria evolução mágica???? Onde????

    O que eu tenho dito é que não existe nada mágico, milagroso, sobrenatural, que tudo está dentro das leis Naturais criadas por Deus, que tudo, através do esforço individuais, da herança cultural das gerações anteriores e do progresso contínuou chegaremos a entender algo mais do que hoje não entendemos. Digo que tudo é progresso na natureza, que nada ocorre por acaso, que tudo precisa progredir e o planeta Terra está entrando num novo estágio evolutivo, quer queiramos ou não, não depende mais de nós.

    Acabou o tempo de errar e acertar. Foi-se, deu. Agora é tempo de colher o fruto dos nossos esforços, bons ou ruins, e que se vocês continuarem pregando a falácia da negação com falsas pesquisas, com provas infantis, com desonestidade intelectual, se assim o fizerem estarão colaborando para que a escuridão da ignorância permaneça escravizando as pessoas, e consequentemente não poderão participar deste novo patamar evolutivo do planeta.

    Não estou sendo cruel o qualquer coisa porque eu não decido nada, eu não sou ninguém. Quêm está se posicionando como alguém capaz de orientar, de como vocês dizem no “SOBRE” deste site:

    “1.Educar o público sobre os princípios e a necessidade do ceticismo e do pensamento crítico em nossa sociedade.

    2.Investigar alegações pseudocientíficas e do paranormal em geral, com uma ênfase naquelas localizadas em território nacional.

    3.Promover a educação, especialmente nas áreas de ciência e habilidades de avaliação crítica…”

    Veja, quêm é que esta se colocando na condição privilegiada de “EDUCADOR da sociedade”? Não sou eu meu caro, são vocês, e haverão de responder por este título. Lembrem-se do que disse Jesus: “muito será cobrado de quem muito recebeu”.

    Agora, quanto à tua aula de psicologia sobre a ligação entre suicídio e apocalípse não merece consideração. Acho que você não pensou bem quando escreveu àquilo. Está aquém da tua inteligência. Que viajem meu velhinho, que viagem!

    E para finalizar, de onde tu tirou que eu “quero que bilhões morram para resolver meus problemas pessoais..”. Nesta tu não só viajou como foi aos confins do universo em uma viagem intergalática de nonsense.

    • Anderson disse:

      A parte do suicidio foi tão na mosca q tu n quer nem comentar. Era essa a ideia, provocar mesmo, ñ espero q tu admita.

      Agora essa historia de que tudo no universo tem um objetivo, q existe evolução espiritual, ela é mto bonita, mas ainda é preferivel se concentrar no mundo real, trabalhar por um mundo melhor, mais justo se fizermos isso, e realmente existir um mundo espiritual, nós estaremos em um bom lugar, se o mundo espiritual ñ existir teremos feito a coisa certa da mesma forma.
      E no final é o q realmente importa, viver a realidade cruel da vida de forma empatica (no sentido de se ter empatia pelos outros) e de forma cuidadosa (no sentido de expressar cuidado pelos outros).

      • Roberto disse:

        Anderson,

        É isto aí! Que sagacidade! Na mosca velho, parabéns hein! Tu sabe muito, deve ser um novo Jung ou Freud. Nossa, eu nem sabia que eu era um suícida mas, de repente, tu abriu meus olhos, sei lá, tudo mudou na minha vida, tudo passou a ter sentido! É. É isso aí.

        Quanto aos demais parágrafos (porque o primeiro só rindo mesmo) gostei da tua visão. Faça isto que realmente você não terá o que se preocupar. Toda Lei e os Profetas, segundo Jesus, estão presentes no mandamento maior de Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximos como a si mesmo.
        Vai firme que estas no caminho certo.

        Me despeço de ti também que me deu a honra do debate.

  38. Roberto disse:

    Mori, vou me despedir em definitivo de acessar o teu site e te deixar feliz com teus admiradores.
    Agora que vi teus vídeos (ontem e hoje apenas), tua entrevista no fantástico, na rede tv e na revista de UFOs consegui ligar todos os pontos sobre os teus propósitos.
    Definitivamente o teu futuro é se transformar no padre quevedo mais jovem e oriental, não espanhol.
    Tu vai ser chamado sempre para negar. A opinião que teu público esperará de ti será sempre o da negação. Te tornará escravo de tuas escolhas e mesmo que perceba que não era bem àquilo que tu dizia a vida terá te algemado às palavras que tu escreveu e disse durante o fulgor da tua juventude.

    Têns obtido sucesso meu caro. O padre quevedo também era convidado para “desmascarar” fraudes sobre fantasmas, mediunidade, espíritos… Pobre homem e pobre de ti que está assumindo o lugar dele.

    Agora, pense que os propósitos que tu alega no “SOBRE” do teu site haverão de badalar na tua consciência no tempo em que tu despertar para o resultado da tua obra. Quando será? O padre quevedo já acordou do sono que dormiu em toda uma existência?

    Se apresentar como àquele que quer fazer o bem, educar as pessoas, tirá-las da ignorância, bem, bem, bem amigo, estas palavras serão o teu tormento futuro.

    Quantos políticos, religiosos, charlatães, oráculos, enfim, quantos se apresentam como bem intencionados, como arautos da verdade e se convertem nos sicários das almas, falsários do saber, baluartes da fama mundana à que são guindados?

    Mas isto é contigo não é?! Vou-me tarde e as minhas insignificantes manifestações durante estes 3 meses logo não constarão mais em “comentários” e terás apenas a claque dos teus bajuladores te admirando.

  39. Caio disse:

    Fiquei absolutamente horrorizado com a atitude hostil, arrogante e sensacionalista do apresentador. Escrevi uma carta à RedeTV! expressando o meu repúdio, e recomendo que todos aqui façam o mesmo. Copio-a abaixo, caso alguém queira reforçar a minha opinião.

    ————-

    Gostaria de expressar o meu repúdio ao apresentador do programa ‘Manhã Maior’ Arthur Veríssimo, assim como ao tratamento dado por este e alguns outros programas da RedeTV! a pautas de fundo sensacionalista. Creio que minha opinião encontra ressonância com a de imensa parte da comunidade humanista de todo o país.

    Sintonizei ao programa por mera curiosidade, para ver o tratamento que seria dado ao assunto das profecias Maias sobre o ano 2012. Esta teoria, universalmente descreditada pela comunidade científica e acadêmicos especializados nesta cultura, merece ser discutida na TV de forma saudável, decente e principalmente informada, pois é de interesse do grande público.

    Para meu horror, presenciei um apresentador parcial, de uma arrogância estridente e um despreparo quase sem paralelos na TV brasileira, comprometido com o sensacionalismo e à odiosa prática do tablóide. Sua hostilidade evidente em relação a um dos convidados – que possuía uma visão distinta da opinião pessoal do apresentador – não é justificada e merece uma retratação, por ser anti-jornalística, grosseira, pseudo-imparcial e profundamente preconceituosa.

    Não se ganha audiência ofendendo a inteligência dos telespectadores e agredindo à prática do debate saudável. Atitudes como estas minam a credibilidade da RedeTV!, especialmente junto à classe de professores, cientistas, jornalistas e pensadores de maneira geral. Estas pessoas, parcela sempre crescente da população brasileira, são formadores de opinião e apoio importante para uma rede de comunicação que queira ser mais do que motivo de chacota nos meios acadêmicos.

    Sei que o público-alvo do programa é diferente deste, mas nada justifica o sacrifício da qualidade. Donas-de-casa sem ensino superior merecem o mesmo respeito e consideração editorial do que qualquer outro público, pois são dotadas de mais inteligência e educação do que o apresentador deste programa.

    Com ‘artistas’ como este sustentando duas horas e meia de programação, só podemos mudar de canal e não voltar nunca mais.

  40. Caio disse:

    Fiquei horrorizado com a postura do apresentador deste programeco. Mandei uma carta à RedeTV! expressando meu repúdio, e recomendo que todos aqui façam o mesmo. Colo-a abaixo caso queiram engrossar o coro!

    ——————

    Gostaria de expressar o meu repúdio ao apresentador do programa ‘Manhã Maior’ Arthur Veríssimo, assim como ao tratamento dado por este e alguns outros programas da RedeTV! a pautas de fundo sensacionalista. Creio que minha opinião encontra ressonância com a de imensa parte da comunidade humanista de todo o país.

    Sintonizei no programa ‘Manhã Maior’ por mera curiosidade, para ver o tratamento que seria dado ao assunto das profecias Maias sobre o ano 2012. Esta teoria, universalmente descreditada pela comunidade científica e acadêmicos especializados na cultura Maia, merece ser discutida na TV de forma saudável, decente e principalmente informada, pois é de interesse do grande público.

    Para meu horror, presenciei um apresentador parcial, de uma arrogância estridente e um despreparo quase sem paralelos na TV brasileira, comprometido com o sensacionalismo e à odiosa prática do tablóide. Sua hostilidade evidente em relação a um dos convidados – que possuía uma visão distinta da opinião pessoal do apresentador – não é justificada e merece uma retratação, por ser anti-jornalística, grosseira, pseudo-imparcial e profundamente preconceituosa.

    Não se ganha audiência ofendendo a inteligência dos telespectadores e agredindo à prática do debate saudável. Atitudes como estas minam a credibilidade da RedeTV!, especialmente junto à classe de professores, cientistas, jornalistas e pensadores de maneira geral. Estas pessoas, parcela sempre crescente da população brasileira, são formadores de opinião e um apoio importante para qualquer rede de comunicação que queira ser mais do que motivo de chacota nos meios acadêmicos.

    Sei que o público-alvo do programa é bem diferente deste, mas nada justifica o sacrifício da informação de qualidade. Donas-de-casa sem ensino superior merecem o mesmo respeito e consideração editorial do que qualquer outro público, pois são dotadas de mais inteligência e educação do que o apresentador deste programa.

    Com ‘artistas’ como este sustentando duas horas e meia de programação, fica difícil não mudar de canal e não voltar nunca mais.

  41. Hewerton disse:

    Vou comentar sobre o que achei sobre a parte do programa que o Mori foi execrado e sobre o mesmo.

    A entrevista foi tosca, por isso só consegui assisti a parte do Kentaro.

    Ficou nítido mesmo a ignorância, parcialididade e falta de postura do apresentador com relação ao Mori. Esse entrevistador e claremnte espiritualista, e não guardou a chance pra pegar no pé do Kentaro.

    Seria melhor aproveitável o programa se trouxessem especialistas em arqueologia, história ou antropologos para debater sobre o programa. Neste quesito os produtores de TV são uma mer… Criar polemica barata ou sensacionalismo infelizmente ainda é um desfavor que TV Brasileira faz com a cultura e a pobre educação neste país.

    Engraçado é que geralmente quando um cético vai a um programa de TV quase sempre o entrevistador não dá bola pra ele, o que foi o caso [Quevedo é exceção, hors concours].

    Ficou marcante nesta entrevista também a falta de preparo do Mori para expor algo sobre tema e a timidez do mesmo de frente as câmeras, mas temos que levar em consideração também que o imbecil do entrevistador não deixou o mesmo segue falar 10 frases direto.

    [Crítica construtiva]

    Gosto muito do trabalho do Mori dentro da Ufologia (e de uma maneira geral) e todos sabemos que ele é um excelente escritor, mas as entrevistas para TV e a linha de profecias não são o forte dele. Um curso de teatro poderia auxilia-lo muito no primeiro aspecto citado acima.

    Abraços

    • Roberto disse:

      Hewerton,

      Já pedi para que o Mori me tire do recebimento de emails dele, do banco de dados dele, pois não quero mais receber os comentários. Uma das razões é justamente porque quando leio algo que chega na minha caixa de correio me vejo disposto a argumentar.

      O entrevistador tratou o Mori sem considerações por culpa do próprio Mori. Ele foi o primeiro a falar, e quando teve sua chance não convenceu, não mostrou à que veio ao programa. Até o pai-de-santo enrolão ganhou mais tempo do que ele. Se ele tivesse se dado ao respeito dizendo algo objetivo talvez tivesse ganho mais tempo. O velhinho estudioso dos maias fez isto, levantou a voz e expôs sua opinião de forma fundamentada em seus estudos, estava com vários livros ou referências ao seu lado. O Mori levou um livrinho de 1983 tentando desqualificar o livro, o autor, dizendo que requentaram o livro para 2012, e que se não acabou o mundo em 1983 não ia acabar em 2012, ou seja, conversa de botiquim, conversa própria do programa que ele aceitou fazer parte.

      É preciso não ficar querendo deixá-lo na condição de vítima pois ele não o é. Ele vai nestes programas porque é do interesse dele se promover, ser o substituto do padre quevedo, assumir o posto de negador (função sempre cômoda, fácil) de tudo. O Mori está com o peito inchado porque foi no fantástico, agora na rede TV, está tendo seus 15 minutos de fama, assim como a mãe diná teve, assim como uma turma de advinhos têm todo o final de ano, assim como o mister M teve, enfim, todos buscando seu quinhão na mídia.

      Ora, que absurdo criticar esta mesma mídia porque não fez o que o Mori ou os céticos queriam que fizesse! Se tinha que ter ido geólogo ou alguma pessoa mais séria então provavelmente o Mori não deveria ter sido convidado. O que ele fez de relevante para a sociedade? Nada, só quer se promover. O que diferencia ele do pai-de-santo? Nada, cada um com seu discurso baseado em crenças, em fé cega, não em ciência.

      Cético que não têm o que dizer realmente não pode exigir que lhe dêem bola. Ela está ali cumprindo o seu papel, um dos atores do circo para dar ibope, chamar a atenção vulgarmente do público menos aprofundado, menos sério. Vai ver se existiria audiência num programa científico?

      Agora, dizer também que o forte do Mori é UFO, puxa vida. O forte do Mori é a promoção de sua própria personalidade e agora com fantástico da globo e este da rede tv, promover sua imagem também, seu site. O negócio dele é ganhar dinheiro fazendo o quê? Negando, apresentando provas inconclusívas, falsas, tão falsas quanto os falsários que se fazem passar por mágicos, por misteriosos, por sábios, por advinhos. Estão todos no mesmo barco, vivem disto.

      Por favor Mori, me tira do teus banco de dados. Não quero mais me manifestar e não resisto se chega um email deste.
      Faz o melhor para a tua carreira de cético, me deleta.

  42. Roberto disse:

    Prezado Mori, o grande “guru” do marketing e da mentira travestida de “ciência”!

    Peço novamente que dê um “select” no meu nome, dentro do teu banco de dados, e depois me DELETA, por favor.

    Continuo recebendo estes emails do teu blog/site mesmo depois de tu ter dito que ia apagar tu mesmo meu endereço.

    Repito, NÃO QUERO SABER DAS TUAS OPINIÕES SOBRE QUALQUER ASSUNTO por razões que tu já conhece, e tenho o direito de não ser perturbado com estas mensagens geradas pelos comentários de tantas pessoas que transitam por aqui dando opiniões, discutindo, te dando IBOPE sem perceber que o objetivo tão romântico quanto mentiroso de desvendar as ditas “falsidades” dos outros, presente em vários locais em teu site/blog, não passam de falácia, de maquiagem para ocultar teus reais interesses que são FAMA e DINHEIRO, mesmo que conquistados à custa de MENTIRA e ILUSÃO DE MUITOS.

    Repito malandro, terás que responder por todos os prejuízos que tu causar, a cada uma das pessoas que acreditarem em tuas abordagens tendenciosas, fajutas e falsas que tu tentas abordar com um manto de ciência, de verdade, de desmascaramento.

    O maior mascarado de todos soi jo Sr. Kentaro Quevedo Mori Finge Que É Honesto.

    Me DELETA!

    Grato,

    Roberto

  43. Rodrigo disse:

    Oi Mori.

    Eu admiro sua coragem e agradeço por tomar esta luta tentando se infiltrar em meios de comunicação onde imperam a ignorância e o sensacionalismo (como a programação vespertina e matutina e o próprio Fantástico). Mas ao mesmo tenho pena de vc nessas horas, como ao ser interpela-do por aquele apresentador de terceira.
    Acho que a sua estratégia de mostrar o livro sobre o suposto fim em1983 não foi muito boa, pois o cara endeusava os Maias e ficou ofendido com a comparação com o Astrólogo. Hehehe!! Ele nem pensou que os tipos de argumentos do livro pudessem ser os mesmos dos livros modernos. Vc deveria ter ido direto para a parte de afirmar que os Maias jamais falaram em fim do mundo ou catástrofe global em associação ao final de ciclo e dado as informações astronômicas e geofísicas que desmintam as associações com estes supostos ciclos.
    O que mais me surpreendeu foi ele, o apresentador, não ter te deixado concluir o seu raciocínio (mesmo que analogia tenha ficado pouco clara) e tê-lo acusado de ser superficial, simplesmente por que vc não teria visitado as ruínas Maias. Isso faz algum sentido? Nessa hora presença de espírito conta. Sei que após o fato é fácil falar, mas vc precisa ter umas frases de efeito e estratégias de retomada de turno na discussão bem planejadas. Por exemplo, quando ele perguntou se vc tinha ido in loco, vc poderia ter dito “Melhor do que isso. Eu li relatórios, livros e artigos de especialistas que trabalharam por lá durante décadas. Linguistas, historiadores, Arqueólogos e Antropólogos que afirmam que tal coisa é uma tremenda besteira”. Aí completaria como algo do tipo: “Depois mostro os artigos e dou as referências, mas aqui estão alguns fatos …” Vc poderia até levar um notebook com pdfs dos artigos e livros sobre o assunto e jogar no colo dele com os arquivos abertos. Hehehe!!! Isso calaria a boca dele.

    O legal seria antes de vc ir em um programa desse tentar se corresponder com um dos autores especialistas pois é retoricamente útil, quando não se é um especialista, ter esse tipo de respaldo e poder dizer, “inclusive eu me correspondi com alguns desses autores …”. Essas estratégias são só pra ganhar a atenção e cortar comentários e interrupções baseadas na suposta falta de informação ou aprofundamento. Como vc não é um especialista e se apresenta só como cético, é claro que um crédulo, como ele, não iria te deixar falar a menos que vc o coloque no lugar dele.

    Vc é calmo (o que eu não sou, por exemplo) e isso é bom, mas precisa saber retrucar e mostrar que vc sabe do que fala. Maior assertividade é algo que nós céticos precisamos demonstrar, mas ao mesmo tempo sem cair nos lugares comuns de dizer “tal coisa é provada” ou “isso é comprovado” que acabam sendo termos enganosos na maioria das circunstâncias que não envolvam lógica/matemática ou áreas em que o controle experimental e o histórico de replicação sejam muito grandes. Acho que vc pode até usar uns eu “acho” as vezes, por exemplo, ao dizer algo como “acha que tudo aquilo é uma grande baboseira”, como forma de atenuar a frase sem perder a assertividade. Agora, mais importante seria sempre completar (ou começar as suas asserções e comentários) dizendo algo como “… tranqüilizar as pessoas é o principal e dissuadi-las de que o fim está próximo é o que importa, mesmo por que temos problemas sociais e ambientais de verdade muito mais importantes e urgentes que exigem cabeça fria, senso crítico e que para serem resolvidos precisamos deixar as baboseiras de lado e nos concentrar neles.” Mostra que vc não está lá só pra ser do contra. É sempre importante deixar claro que o ceticismo é uma postura de relevância social que advoga que ilusões, erros e superstições não examinadas podem ser nocivas a sociedade e informar as pessoas é nosso dever. Esta agenda positiva, que pra nós é óbvia, é algo que vc precisa sempre deixar claro. Eu sei que falar é fácil, agora fazer…

    Agora, como argumentar é uma outra questão. O velhinho da ‘federação galática’ não parava de falar, e o fato dele dizer que os Maias eram alienígenas parece que não ressoou e chocou como deveria. Pra qualquer um de nós isso faria nós pararmos e perguntar, “Pera,í cê tá dizendo que os Maias não eram terráqueos? Eram alienígenas? De onde vc tirou esta idéia?”, mas lá não. O simples fato dele não ter parado de falar, ter sido assertivo e confiante, foi o suficiente para angariar a simpatia por parte do apresentador que o considerou “bem embasado” e um “pesquisador”, mesmo ele não dando uma referência clara, muito menos baseada em artigos da literatura arqueológica e historiográfica sobre os Maias. Essa é a diferença pra eles a articulação é sinônimo de embasamento, principalmente quando a pessoa diz o que eles esperam ouvir. O ônus do cético, no entanto, nessas circunstâncias é muito maior, pois envolve dizer coisas que eles não querem ouvir, de forma sucinta e firme e justificá-las, além de dar fontes, quando na verdade para qualquer pessoa “cientificamente letrada” saberia que o ônus de mostrar evidências robustas com fontes para a verificação é de quem faz a alegação fantástica.

    Kentaro, continue seu trabalho. Estude bem os seus antagonistas antes de futuros debates e não esmoreça. Vc vai ter que aproveitar sua calma e simpatia e jogar um pouco mais de assertividade e malandragem pra poder ser melhor ouvido.

    Abraços,

    Rodrigo

  44. Raphael Anthony disse:

    Olá, Mori… Acompanho seu site há anos e agora também pude prestigiar o famigerado debate. O apresentador foi passional, na minha opinião. Ele não estava lá para contra-argumentar, pra isso a produção havia escalado “especialistas”, mas não se pode esperar muito da mídia sensacionalista. Se fosse de fato um debate justo e sensato, todos teriam seus tempos definidos para argumentos e réplicas. Assim, temos lados muito explorados e outros banalizados.

    Para um cético, vc é deveras sereno, o que não é ruim, a não ser que vc queira frequentar mídias sensacionalistas onde é importante buscar seu “lugar ao sol”.

  45. Y. Sakaguti disse:

    Prezado Mori,

    Realmente o que o sr. Roberto está fazendo é idiotice. É claro que o que você faz é ciência, afinal, para ela, algo não existe até que se prove o contrário. É uma grande falácia o que é dito sobre 2012, como o caso do “dragão da garagem”, que não se pode ver, sentir ou detectar.

    O Roberto diz que você quer só chamar a atenção, mas quem quer realmente estar sobre os holofotes são estes malucos conspirados, que arrecadam dinheiro dos crentes ignorantes. Por que alguém que prega a razão deve ser culpado? A sociedade pune as pessoas que buscam verdade?

  46. Y. Sakaguti disse:

    Ahã, os babilônios inventaram o relógio mecânico 3113 aC, não?… Muito lógico daquele outro especialista…

  47. Fábio Mendonça disse:

    Cara, legal seu comentário sobre os temas que envolve a ufologia, sobrenatural e/ou teoria da conspiração. Acho seu ponto de vista é meio cético mesmo, assim como seu site. Seria muito mais interessante você ir no caminho inverso, e tentar questionar a verdade das coisas e não a mentira fantasiada por poucos. A verdade ainda é oculta da humanidade, mas pouco a pouco tudo está vindo a tona. Você poderia estar do nosso lado. Seria útil.

  48. chacal2011 disse:

    Eu tentei assistir mas muito ruim esse programa só babaca falando cara que vai joga concha etc…
    mas parabéns pelo site.

  49. Arthur disse:

    uhahuauhahuahuhua
    uma verdadeira piada essa entrevista…e no final mostra o que o “famosos” fariam se o mundo acabasse..

  50. lucas disse:

    o apresentador diz que é leigo no assunto mas se da ao trabalho de se por a discutir em que que as informações se fundamentavam
    acho que tais assuntos não foram feitos para serem discutidos nesses programas…

  51. João disse:

    Parabéns Kentaro por apresentar uma visão crítica e racional para os espectadores… Infelizmente tal visão não recebeu o devido valor. Preferem sempre apresentar algo misterioso e sensacionalista do que uma explicação simples e embasada em fatos lógicos.
    – Não resta mais dúvida, o apresentador é um ser galático que veio semear sua sabedoria. –

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *