MENU
ovnimacaia

Insetovni

ovniobdisooriginal

Passarovni em Óbidos?

22 de agosto de 2009 Comments (4) Views: 1613 Fotos de OVNIs

Disco Voador no Rio de Janeiro?

Local: Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, Brasil
Data: Janeiro de 2006

O fotógrafo Caio M. nos conta:
Trabalho com paisagismo há algum tempo e, nunca vi algo igual! Ao fotografar a fachada de um estabelecimento comercial na Rodovia Presidente Dutra – Nova Iguaçu – Rio de Janeiro, para elaborar um projeto de paisagismo, não percebi na hora do que se tratava, pois estava focando somente a entrada do local. Ao transferir a imagem para meu PC, percebi a presença de um objeto estranho no canto superior direito.
Estou enviando a foto para saber realmente do que se trata.
“.

Comentário: O OVNI aqui parece perfeito demais. Há nuvens à sua volta, mas nenhuma atrás do OVNI — o que teria dificultado o trabalho de inseri-lo digitalmente.

Sua aparência desfocada também é estranha. Não é um borrão por movimento, já que a imagem teria sido tomada em 1/636 segundos, de acordo com as informações EXIF no arquivo original. A falta de nitidez também não aparenta ser devida à grande distância.

Make – Canon
Model – Canon PowerShot A410
Orientation – Top left
XResolution – 180
YResolution – 180
ResolutionUnit – Inch
Software – Adobe Photoshop 7.0
DateTime – 2006:01:17 15:26:35
YCbCrPositioning – Centered
ExifOffset – 220
ExposureTime – 1/640 seconds
FNumber – 4.50
ExifVersion – 0220
DateTimeOriginal – 2006:01:17 12:44:14
DateTimeDigitized – 2006:01:17 12:44:14
ComponentsConfiguration – YCbCr
CompressedBitsPerPixel – 3 (bits/pixel)
ShutterSpeedValue – 1/636 seconds
ApertureValue – F 4.51
ExposureBiasValue – 0.00
MaxApertureValue – F 2.80
MeteringMode – Multi-segment
Flash –
FocalLength – 5.40 mm
UserComment –
FlashPixVersion – 0100
ColorSpace – sRGB
ExifImageWidth – 1024
ExifImageHeight – 768
FocalPlaneXResolution – 5720.67
FocalPlaneYResolution – 5688.89
FocalPlaneResolutionUnit – Inch
SensingMethod – One-chip color area sensor
FileSource – DSC – Digital still camera
CustomRendered – Normal process
ExposureMode – Auto
WhiteBalance – Auto
DigitalZoomRatio – 1.00 x
SceneCaptureType – Standard

Como se vê, a imagem também passou pelo Photoshop, embora seja comum simplesmente capturar a imagem de uma câmera com o famigerado programa gráfico.

Assumindo que fosse um objeto discóide, o OVNI também parece iluminado frontalmente, ao contrário da cena, iluminada pelo Sol ao zênite.

Apesar de todas essas suspeitas, um aumento de contraste da região em torno do OVNI não revela sinais de manipulação. Não há nenhum sinal óbvio de fraude, digital ou não. Parece pouco provável que fosse um objeto próximo da lente, capturado por acaso ou não; ou uma gotícula de líquido na lente.

Assim, não sabemos do que se trata. E o simples fato da imagem poder ser reproduzida digitalmente não prova que tenha sido produzida desta forma. Permanece um grande problema para sua aceitação, que só deve se tornar maior a qualquer imagem OVNI com o avanço da computação gráfica.

Tags: ,

4 Responses to Disco Voador no Rio de Janeiro?

  1. leonardo pires disse:

    a materia com o sugestivo ovni no rio de janeiro, pois bem, exatamente neste mesmo dia por volta quase que exato das 14:00 hs, estava eu dentro do meu carro a mais ou menos uns tres quilometros antes passando pela rod. pres. dutra de onde foi tirada a tal foto, eu sempre com a mania de sempre ficar olhando para o ceu imaginando sempre ter a minha chance de poder avistar aquilo que tantos ja dissessem ter visto e que eu mesmo acreditava existir,tinha acabado de passar em frente a uma lanchonete chamada a casa do alemao,quando pude avistar o tal objeto parado acima da minha cabeça como se estivesse estudando o local,o objeto dava para se ter certeza que tratava de um ovni dar cor de bronze e redondo e parado, mas que logo se deslocou numa velocidade extraordinaria,e lhe confesso que fiquei completamente surpreso e intrigado,pois existe uma distancia enorme entre achar e ter certeza,fiquei sem dormir pelo menos uma semana e muito confuso com o acontecido e a pior parte e nao poder falar pra ninguem pra nao ser motivo de chacota,e para minha surpresa encontrei uma pessoa que me revelou o tal acontecimento sem saber que eu tinha passado pelo mesma situaçao inusitada,ai posso lhe garantir que explodi de felicidade,pois se estava maluco, com certeza nao estava sozinho.acessei o site depois da entrevista de kentaro mori no jo,desde entao acesso todos dias,um forte abraço para todos

  2. marcia silva disse:

    eu moro em nova iguaçu,a uns oito anos atrás fui seguida de comendador soares até austin,por um disco grande prata,às dez da manhã,num dia de ceu azul.quando cheguei no posto gatão na via dutra,altura de austin´,parei o carro para saber se era a mim que eles seguiam,e eles também pararam,do outro lado da pista,ao lado de uma torre de telefonia a uns 10 metros do posto.a aparencia do disco era de 2 pratos de aluminio um em cima do outro,derrepente ele acendeu como uma lampada,mas mantendo o mesmo formato,asimm ele disparou em direção a serra do vulcão,em nova iguaçu.ao olhar em volta haviam varias pessoas paradas vendo,mas eu estava em choque e levei alguns dias para me recompor.
    nesta sexta-feira 13/08/2010 estava lendo me lembrei do disco e me perguntei o que eles queriam me mostrar naquela serra,indo para o trabalho olhei para a mesma serra,e lá estavam eles em forma de uma imensa bola de luz,que não me permitia saber o formato,ainda era dia e eu estava com mais 3 pessoas q viram,ao cruzar uma arvore o objeto sumiu.
    é parace que esta serra esconde algum segredo.

  3. Nunca ouvi falar dessas estórias em nova iguaçu e apesar de ter morado no Rio por anos e ainda ir lá várias vezes ao ano, nunca ouvi falar desses fenômenos. Porém voltando a foto inicial. Como fotógrafo posso dizer que pode sim ser uma manipulação. O desfoque pode ser feito selecionando minuciosa e cuidadosamente o objeto. Aliás… É comum no Rio se ver dirigíveis, inclusive utilizados para publicidade. Eles são mais vistos em bairros praianos, mas sempre saem de um aeroporto. Perto da dutra dependendo da altura temos aeroporto, no suburbio existe o aeroporto da aeronáutica em campos dos afonsos esses dirigíveis podem ser vistos manobrando em diversos pontos da cidade. Talvez se não houve manipulação pode ser que este estava sem a lona publicitária que cobre o corpo do balão…

  4. Geradlo Mess disse:

    A insuficiência imagêtica não contradiz o fato em si, gerando um dissabor analítico, que embora ressalte uma anomalia extra-datável não intimida a razão do estar ou ser real.
    É ponto de comum acordo que a maioria dessas fotos não possuem relevância, apesar do tratamento simbólico às referidas tendência em mitificar o místico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *