MENU

Um fio branco

OVNI da Apollo 16 era holofote

22 de abril de 2004 Comments (1) Views: 815 Geral, Ufologia

Além da imaginação

Além da imaginação



Pensava que discos voadores voando ao redor das torres gêmeas em 11 de set era o mais louco (ou idiota) que podia ser imaginado? No link acima você confere sujeitos apontando que em quadros de diversos vídeos do impacto do segundo avião pode-se ver: 1) um apêndice ao 767, que seria, claro!, um míssil, e 2) frações de segundo antes do impacto, o apêndice se ilumina e é, claro!, o míssil sendo disparado, e 3) uma seqûencia mostra um objeto brilhante que explode imediatamente ao atingir a torre. Míssil, claro! Pode-se ver mesmo um filme provando o caso. Tudo do revelador website LetsRoll911.org.

Como com os pobres aficcionados por aliens, o que parece haver aqui é mais itnerpretação errônea das imagens. Ao invés de helicópteros, destroços, sujeira ou insetos confundidos com OVNIs, penso que neste caso confundem partes do próprio avião com “mísseis”. Ao lado você confere uma outra imagem do malfadado avião (e, sem esquecer, das vítimas). Note que no local onde a asa se une à fuselagem há duas protuberâncias. Se não me engano é parte do tanque de combustível e afins (corrijam-me nos comentários se estiver errado). Seja o que for, é uma dessas protuberâncias que é apontado como “missile pod” em um dos frames, simplesmente porque ficou iluminada pelo sol.

Outros quadros: em um deles, onde se indica o “momento do lançamento do míssil”, talvez seja apenas um reflexo do sol na fuselagem. Já em outros, em que se mostra algo brilhante que explode imediatemente ao se chocar com a torre, bem, parece-me ser nada menos que uma das turbinas, e não o “míssil”.

Tudo isso à parte, pense qual o sentido de colocar um míssil nos aviões, e precisar dispará-lo antes do impacto. Não há sentido. O que realmente causou maiores danos e garantiu a queda das torres, como investigações posteriores indicaram, foi a queima prolongada do combustível das aeronaves, que enfraqueceu a estrutura de metal do prédio. Como foi notado à exaustão, as próprias aeronaves se tornaram mísseis, e os terroristas deliberadamente planejaram para que os aviões estivessem cheios de combustível quando atingissem as torres.

Tags: , ,

One Response to Além da imaginação

  1. Mureb disse:

    Pra mim, tá com cara de turbina.
    nao?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *