MENU

Plágio

Luzes no Mar do Japão

27 de maio de 2004 Comments (2) Views: 400 Ceticismo, Geral

HOMEOPATIA: Protestantes na Bélgica apelam a suicídio em massa

HOMEOPATIA: Protestantes na Bélgica apelam a suicídio em massa

Uma Matéria Especial na edição atual do Skeptical Inquirer dá uma olhada no mais radical protesto já feito por um grupo de céticos. Eles contestaram uma decisão pelas principais companhias de seguro se saúde da Bélgica de começar a cobrir os custos de tratamentos de homeopatia em resposta à demanda popular. Deprimidos pela disposição das companhias de seguro em encorajar o charlatanismo, os 23 céticos se resignaram a um suicídio em massa bebendo um coquetel de venenos letais incluindo arsênico, veneno de cobra e a mortal beladona. Para o horror dos homeopatas, eles ainda aumentaram a potência dos venenos na mais verdadeira moda homeopática preparando uma solução 30C do coquetel. Isso significa que o coquetel foi diluído uma parte por cem e chacoalhado, o que foi então repetido consecutivamente 30 vezes. Todos os jornais e estações de TV foram convidados a assistir a agonia de morte dos 23 suicidas, que incluíram vários cidadãos proeminentes e professores de medicina, “e algumas pessoas normais armadas apenas com bom senso.” A cobertura da mídia foi excelente, mas a tentativa de suicídio resultou em um fracasso.

[Fonte: APS, via Skeptical News]

Tags: , , , , , ,

2 Responses to HOMEOPATIA: Protestantes na Bélgica apelam a suicídio em massa

  1. […] Mesmo que tentemos praticar o suicídio com uma fórmula homeopática do veneno mais potente e não tivermos sucesso, não conseguiremos derrubar a possibilidade de que a homeopatia funciona, mas não para matar. Esse teste, aliás, foi feito na Bélgica. […]

  2. […] Mesmo que tentemos praticar o suicídio com uma fórmula homeopática do veneno mais potente e não tivermos sucesso, não conseguiremos derrubar a possibilidade de que a homeopatia funciona, mas não para matar. Esse teste, aliás, foi feito na Bélgica. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>