MENU

Tecnologia da idade da pedra

Dancem, macacos, dancem!

18 de julho de 2006 Comments (0) Views: 754 Geral

Símios de Bondo: chimpanzés

O macaco visto há dois anos na República Democrática do Congo não é nem um chimpanzé gigante, nem um híbrido entre gorila e chimpanzé, como alguns acreditavam, e muito menos uma espécie desconhecida, mas um chimpanzé comum, só que robusto, afirmam pesquisadores holandeses na edição de sábado da revista científica New Scientist.
Os primeiros boatos sobre a existência deste primata remontam aos anos 1990. Em 2004, a primatologista americana Shelly Williams disse ter visto “a besta”, “enorme e silenciosa”, na selva próxima à localidade congolesa de Bili.
Estes macacos são enormes, chegam a pesar mais de 100 kg, seus pés deixam marcas com mais de 34 centímetros de comprimento e apresentam características similares às do gorila.
Após passar um ano atrás das marcas destes titãs e 20 anos observando-os, Cleve Hicks e seus colegas da universidade de Amsterdã chegaram à conclusão de que, apesar de seu tamanho, são simples chimpanzés da África Oriental, da subespécie Pan troglodytes schweinfurthii.
“Não vejo que sejam gorilas”, garantiu Clive Hicks, durante o congresso anual da Sociedade Internacional de Primatologia, celebrado esta semana em Uganda.
As fêmeas apresentam uma protuberância rosácea ao redor dos genitais, uma característica do chimpanzé ausente no gorila, e pulam de galho em galho como eles, entre outras coisas.
Antes de dar sua última palavra, os cientistas prevêem fazer uma análise de seu DNA.
De Misterioso macaco gigante do Congo é um robusto chimpanzé

Os testes foram feitos, e confirmaram que os “símios de Bondo” são uma subespécie conhecida de chimpanzé: DNA tests solve mystery of giant ‘lion-killing’ apes

Temos uma referência em CeticismoAberto sobre os Símios de Bondo, que logo será atualizada com as informações.

Tags: , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *