MENU

Zumbis na Brincadeira do Copo

Estigmas: como fazer

31 de outubro de 2007 Comments (1) Views: 822 Ceticismo, Ufologia

Pânico! É a Guerra dos Mundos!

Clique no botão acima para escutar à transmissão original de Orson Welles que há 69 anos garantiu uma noite de dias das Bruxas muito animada aos americanos. Era a dramatização de “Guerra dos Mundos”, transferida da Inglaterra para Nova Jérsei, completa com terríveis marcianos vaporizando milhões de gringos com seus raios de calor. Não é preciso nem mesmo entender inglês para capturar algo da magia que tornou este um dos mais famosos programas da história.

Logo após a introdução de Welles, o programa espertamente se disfarça de uma transmissão de música de salão, interrompida periodicamente por boletins de notícias sobre explosões em Marte. Logo algo cai em Nova Jérsei, e a terrível verdade é revelada ao vivo: é uma invasão marciana. A seqüência de eventos com efeitos sonoros excelentes se desenrola ao longo do resto da hora, sempre ao vivo no que bem poderia ser o maior dos reality shows. Mas tudo terminou pontualmente com o show Mercury Theater, nas palavras do prodígio que criaria Rosebud:

“… Nós não podíamos ensaboar suas janelas e roubar os portões de seus jardins até o amanhecer … então fizemos o melhor que podíamos. Aniquilamos o mundo frente a seus ouvidos …”.

Confira o roteiro integral em inglês ou espanhol.

Curiosamente, o lendário pânico gerado pela transmissão teria sido exagerado. O sociólogo Robert Bartholomew reavaliou o impacto da transmissão de Welles, revelando que o gênio não foi apenas dramatizar o evento realisticamente, como também aproveitar a sorte de como a mídia redimensionou sua travessura de Dia das Bruxas.

Mas se o pânico nos EUA foi inflado, o mesmo não ocorreu no Equador, quando a travessura foi repetida em 1949. Nesse episódio, não só houve alarde generalizado, como ele se converteu em revolta quando se descobriu a brincadeira. O resultado foi um ataque à rádio que deixou quinze mortos. Terráqueos.
[via magonia]

Tags: , , , , ,

One Response to Pânico! É a Guerra dos Mundos!

  1. […] E então, mesmo o pânico provocado pela brincadeira de Welles é, ironicamente, exagerado. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *