MENU

Carl Sagan sobre visitas extraterrestres

NASA cria “disco voador”

13 de novembro de 2007 Comments (7) Views: 1448 Ceticismo, Ufologia

Sinalizadores e as Luzes de Phoenix

Em 07.10.1993, a equipe cinematográfica de Júlio Trazzi Martins, depois de passar o dia gravando, estava retornando para a cidade de São Thomé das Letras, no Sul de Minas Gerais, no Brasil. Após passar pela cidade de Cruzília, por volta das 19:30 horas, perceberam algumas luzes no céu. Pararam o veículo e iniciaram a filmagem. Em seu depoimento, Trazzi confirmou que ouviu o som de explosões bem distantes e abafados. Após diversas análises, foi confirmado que as luzes filmadas eram sinalizadores militares, que foram disparados por canhões pela ESA (Escola de Sargentos das Armas, do Exército Brasileiro), que estava na Base de Treinamento no Pico do Gavião, a 45 km de distância do local da filmagem. Na época, pensava-se que eram UFOs.

Em 13.03.1997, em Phoenix, no Arizona, nos Estados Unidos, algumas testemunhas viram algo estranho no céu, que até hoje não se sabe o que foi. Naquela mesma noite, depois desse avistamento, apareceram diversas luzes no céu, as quais foram testemunhadas por centenas, talvez milhares de pessoas. Diversas pessoas filmaram. O Físico Dr. Bruce Maccabee analisou três vídeos do mesmo evento, realizados de lugares distintos. Por triangulação, o Dr. Maccabee chegou à conclusão que tais luzes estavam aproximadamente na distância de 120 km, em uma região militar de treinamentos, e concluiu que tais luzes eram sinalizadores das Forças Armadas, que foram lançadas por um avião militar. A TV INFA não esteve no local examinando os fatos. Apenas incluiu uma filmagem das luzes de Phoenix por terem um comportamento semelhante aos sinalizadores militares, apesar de ter uma duração bem superior às luzes de São Thomé das Letras, o que sugere ser um outro modelo com uma intensidade luminosa bem maior e também com um tempo de queima mais longo. Cabe aos estudiosos concluir se o Dr. Maccabee concluiu corretamente ou não. [da TV INFA]

Confira também o artigo em nosso sítio sobre As Luzes de Phoenix.

Tags: , , ,

7 Responses to Sinalizadores e as Luzes de Phoenix

  1. sartori disse:

    eles ficam bastante tempo flutuando porque o ar quente da queima sustenta o paraquedas deles por mais tempo.

  2. Felipe Machado disse:

    Uma vez assisti um documentário do Sci Fi sobre as Luzes de Phoenix, na verdade era sobre Ufologia em geral mas falava muito sobre essas luzes, os principais especialistas, inclusive céticos foram consultados.

    Achei muito interessante o relato de quem viu de fato as luzes, bom, nem tanto luzes pra ser bem honesto. Várias pessoas viram uma forma escura, bem definida, com formato de V, com 3 luzes dispostas em sua base. O objeto era sólido, negro, enorme e conforme passava lentamente “apagava” as estrelas ao fundo. Foram inúmeras testemunhas, desde crianças, caminhoneiros, donas de casa, até uma vereadora que entrou com um requerimento por informação depois, mas foi ignorada, um pena.

    O caminhoneiro que viu o objeto relatou que logo em seguida viu 2 aviões sairem da base com os “after-burners” ligados, possivelmente para interceptar o objeto voador.

    Aparentemente, até o momento ninguém nega que esse objeto tenha de fato existido.

    Então, se tentarmos uma visão talvez mais aprofundada do caso, talvez os sinalizadores não tivessem sido uma forma de ilumar os céus daquela noite (ou da noite seguinte) para melhor vizualização ? Já que, se era mesmo um UFO, provavelmente o radar não via ?

    E, se for esse o caso, os sinalizadores não seriam um fator a mais que comprovariam a intervenção externa (ufo) em Phoenix ?

    Obrigado :-)

  3. WILLIAM MORAES CORRÊA (OS FOLIÕES) disse:

    Espero que vocês não tenham feito nem o segundo grau, ou será um escândalo por completo. Um vexame!
    Quem é que vai confundir a luz de um sinalizador com um OVNI? Só o pessoal do Ceticinismo Escancarado.
    Uma espaçonave ser confundida com um simples sinalizador… Só o pessoal de São Paulo mesmo… Essa nem os japoneses acreditam.
    Os patrocinadores de vocês gastam mesmo dinheiro com esse “site”?

  4. GodziN disse:

    Euri,
    dos SSeticos kkk²

  5. david disse:

    hauhauhauhahuhahuaa

    esse site é de comedia.

    sera que os ceticos nao tinham nenhuma explicacao menos absurda nao///

    ta faltando criatividade para esses ceticos,

    sinalizador, uauauhahahhauhauhauhuah

  6. Martinho Carlos Rost disse:

    Sinalizadores das Forças Armadas? Há aproximadamente dez mil testemunhas que viram o ÓVNI passar sobre suas cabeças! Por que os céticos são assim tão apegados às explicações oficiais? Esse fenômeno é real e demanda estudo, não explicações ridículas que invariavelmente apelam a gases dos pântanos, Vênus, balões meteorológicos e sinalizadores militares. Convenhamos! Informem-se sobre ufologia antes de publicar textos sobre o tema.

  7. WILLIAM MORAES CORRÊA, O GOSTOSO disse:

    Um sinalizador cai. Pode pairar algum tempo no ar, mas a combustão termina e ele apaga. Uma aeronave, espaçonave ou coisa parecida é obra da tecnologia, seja daqui, de outro planeta ou dimensão.

    Para os céticos que nada entendem de ciência e falam muita abobrinha do “achismo”, um “dã” bem grande.

    DÃÂÂÂÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *