MENU
profeciajesus23hj.jpg

Primeiro Simão, depois Jesus? Culpa de Judas

floridaocllision321hj.jpg

Mais uma aeronave em colisão inexplicada

9 de julho de 2008 Comments (14) Views: 2715 Ceticismo, Ciência, Fortianismo, Ufologia

Ouvindo meteoros: a conspiração

paranoiachapeu231ghuik

Em mais uma pitoresca notícia, ficamos sabendo que uma companhia americana anuncia uma nova arma não-letal, “MEDUSA”, que seria capaz de projetar “sons” diretamente ao sistema nervoso através de microondas.

Os militares americanos já vêm usando há algum tempo armas sônicas dirigidas, assim como já testaram (mas ainda não usaram em campo), armas de radiação eletromagnética dirigida. “MEDUSA” culminaria toda uma longa relação bizarra entre a loucura paranóica, o insólito e o muito, muito real.

Uma das primeiras descrições detalhadas da loucura foi o caso de James Tilly Matthews, no início do século XIX. O pobre sujeito, muito inteligente mas igualmente atormentado, acreditava que havia um bando sinistro controlando sua mente com um “tear aéreo”, emanando odores e essências nas doses certas. Por aquela época a idéia de miasmas e afins ainda era bem popular.

Leia o texto de Mike Jay (ou o livro), é um caso adorável porque além das peculiaridades da loucura de Matthews, no final das contas ele pode ter sido mesmo vítima de conspirações. Estavam mesmo atrás dele.

Paranóia é um tipo de insanidade extremamente prevalente no campo do “insólito”, particularmente na ufologia, que foi motivada em grande parte pelo Mistério Shaver. O que não significa que todo entusiasta de discos voadores seja louco, ou mesmo paranóico, mas a verdade está lá fora, não confie em ninguém.

Da paranóia nos desviamos um pouco para o fortianismo, e o título deste  post. Porque, de forma completamente bizarra para qualquer um que conheça algo sobre a velocidade do som e meteoros, bem, seria possível ouvir um meteoro ao mesmo tempo em que você o vê. E não apenas quando ele estiver atingindo a sua cabeça.

Ecoando o âmago das idéias da foca de Nova Iorque, por um bom tempo observadores perceberam que em algumas raras vezes seria possível ouvir meteoros, em sons descritos como tênues cliques e similares. Embora o fenômeno pareça absurda a princípio, ele acabou sendo gravado, e passou-se a especular que ele seja resultado de emissões eletromagnéticas da cauda de meteoros na atmosfera, que seriam convertidas em sons audíveis por transdutores rudimentares como pequenos objetos metálicos.

Ainda soa insólito? Bem, há uma página da NASA tratando do assunto. Salve Fort.

Voltando ao insólito. Toda a idéia de armas não-letais, dos famigerados Tasers (Don’t Tase me Bro!) às bugigangas bizarras dos militares, teve a participação, o grande incentivo, a motivação espiritual de um certo coronel John Alexander.

De quem você provavelmente nunca deve ter ouvido falar, mas se você se interessa por ufologia, deveria. Alexander é uma conhecida figura do mundo OVNI, tendo sido chefe de investigação do NIDS, financiado por um milionário que hoje investe em hotéis infláveis no espaço, e que gastou milhares de dólares para descobrir com avançadas técnicas de análise genética que o pedaço de um alien era em verdade uma lesma.

Ah sim, Alexander também é amigo pessoal de Al Gore, e a famosa história da Bomba Gay foi parte dos programas de armas não-letais impulsionados por ele. Mais sobre todas estas loucuras pode ser visto no livro de Jon Ronson, The Men Who Stare at Goats, ou no imperdível documentário do mesmo Ronson, Crazy Rulers of the World.

Militares americanos continuam tentando matar bodes com a força do pensamento.

Moral da história: não há moral da história. Aliás, há sim o fato de que essas “besteiras” da ufologia e paranormal se entrelaçam com eventos e personalidades mais relevantes, provavelmente influenciando de formas inusitadas seu comportamento e decisões*. Mas tudo isso é comumente varrido para debaixo do tapete.

É a conspiração.

* Há inúmeras histórias, fios de meada similares entre o inocuamente divertido do paranormal e o historicamente importante do mundo real, e o site 100nexos foi criado originalmente com a intenção de abrigar uma série de vídeos e textos expondo tais nexos. Mas forças maiores não permitiram a concretização deste projeto até o momento. É o capitalismo.

Tags: , , , , ,

14 Responses to Ouvindo meteoros: a conspiração

  1. renato disse:

    A uns bons anos atraz durante a queda de um bólido especialmente grande chegamos a ouvir o ruido aerodinamico, na mesma ocasião estavam presentes alguns amigos adeptos das explicações mirabolantes ufológicas que se recusaram a acreditar que não havia sido apenas um meteoro, pra minha surpresa um deles chegou a jurar que o objeto que todos vimos cair e se desintegrar havia feito uma curva abrupta…

  2. Carlos Magno disse:

    Eh,eh,eh! Reconheça-se, Mori é incansável na busca pelo insólito.

    Exceto que experiências de controle mental já foram coroadas de sucessos, inclusive já há implantes de “biochips” no corpo de centenas de voluntários nos USA. E deu certo!

    Há uma arma sônica, já testada por russos e americanos que uma vez acionada provoca distúrbios neurológicos e psíquicos em populações de vilas ou cidades. É proibido o seu uso. Mas quem garante que de vez em quando aqueles loucos não a utilizem nas guerras em que estão interessados?

    A questão dos “biochips” é somente o início do controle da humanidade pela Besta, pois como diz a Bíblia, a marca da Besta estará na testa e na mão de cada homem.

    Os céticos acharão normal esse uso; lógico é a tecnologia de ponta. Mas os religiosos e esotéricos já estão alertas e não aceitarão ser “biochipados” para fins de “segurança” em transações de dinheiro, de busca de pessoas, animais ou objetos perdidos, etc. — o fim da liberdade do indivíduo e seu controle por mentes diabólicas.

    Nesse engodo, nós os crentes em Deus, não cairemos!

    A Besta que se dane e o número dela é 666!

  3. Thiago Vieira disse:

    Mas é realmente comum a mistura de estórias que ninguém sabe o começo. É o famoso telefone-sem-fio: uma pessoa ouviu que o almoço ia ser arroz com feijão, a segunda ouviu da primeira que ia ser alho com manjericão(!) e a terceira que ia ser um churrascão. Discrepâncias à parte, é muito difícil desmascarar uma pseudo-conspiração(quem dirá uma conspiração de verdade!). Afinal, Mori, você tem que convir que contra paranóias absurdas não há verdade que resista.

  4. renato disse:

    peço encarecidamente que algum dos milhares de individuos “chipados” postem uma foto sequer do tal chip no google…..se bem que o perigo mesmo são as canetas bic..ah!!as canetas bic! pobre humanidade!!!!!

  5. Carlos Magno disse:

    Ah! Ah! Ah!

    Essa foi ótima, estou me dobrando de tanto rir. Que piada inteligente, e ainda por cima científica!

    Voto nessa para o caso de um oscar das melhores!

    P.S. Renato você tem que pedir essas fotos em inglês, pois foi lá nos USA que os cientistas estão fazendo as experiências.

    Go ahead big boy!

  6. renato disse:

    hummm….ah meu amigo..o simples fato de negar não evidencia que as canetas bic de outro planeta não existem!! vc esta sendo cético!!!!

  7. Fabiano disse:

    Pelo contrário, Renato. Ele NÃO está sendo cético. Se estivesse, ele iria querer provas, como você.

  8. este é o meu nome disse:

    Essa das canetas BIC é do melhor
    Claro..sondas enviadas por seres tecnologicamente mais evoluídos que nós, não o diria melhor se algo tão simples é uma sonda eu digo com toda a certeza que o meu computador é um acelerador de partículas
    É saudável possuir uma mente aberta mas assim tanto não…

    Cumps

  9. Arilson disse:

    Não sei quais experiências estão fazendo mas que o tal chip existe, existe, para os céticos de plantão que só acreditam vendo:

    http://www.verichipcorp.com/

    a princípio o FDA só autorizou o uso para fins médicos…

  10. Arilson disse:

    Vejam isso, sobre implantes de microchips, matéria da record, agora vão lá e entrevistem as pessoas para ver se é verdade, já que duvidam…

    http://www.youtube.com/watch?v=AI1j4dR4k5g

  11. Jairo disse:

    Carlos Magno, os crentes já caíram no maior engodo de todos…DEUS!

    São os maiores otários do universo.

  12. Jairo disse:

    Os chips de segurança sao uma realidade e em breve todas as empresas de segurança pessoal os estarão oferecendo com rastreamento por satélite, GPS e celular. Quando todos estiverem chipado a grande maioria dos crimes vai desaparecer e os crentes não querem, pois o monopólio da segurança divina não aceita concorrência..a proteção de deus é suficiente…para manter o crime com certeza o é.

  13. Affff disse:

    Eu li o tópico e os “comentários”!!!

    Eiii eu quero saber onde encontrar esse tais chips. Planejo por um na cabeça do meu namorado e controlar através do meu celular rsrsrsrsrs

  14. Peter Kohn disse:

    Arrrf mas esse tópico visa desmerecer teorias da conspiração e acaba criticando tecnologias que esão sendo testadas de verdade. Os tais chips existem mesmo, quem estuda neurologia sabe q com impulsos elétricos axônios danificados podem restabelecer as ramificações. Tbm ñ é impossível usar chip no coro, visto q isso já é feito com animais para loclização via gps. Outra: microondas podem tanto não causar efeito nenhum no corpo quanto queimar, perturbar etc. É que no Brasil o povo só tem acesso a uma tecnologia muito lmitada, questionam a viajem à Lua etc. Daqui a pouco vai aparecer um brasileiro “pioneiro” na afirmação de q o homem nunca inventou a roda, e tudo ficção. Enquanto isso, físicos renomados como MArcelo Gleiser saem do país, tsc tsc!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *