MENU
mapaovni.jpg

Mapa de relatos OVNI em tempo real

“Capture a Verdade” (com uma câmera caríssima)

7 de março de 2009 Comments (9) Views: 1707 Ufologia

Bilionário investe na pesquisa de OVNIs

bigelow

MUFON deve receber grande patrocínio de bilionário
O investidor bilionário Roberto Bigelow de Las Vegas, Nevada, está agora apostando seu dinheiro na MUFON [Mutual UFO Network] para descobrir novos conhecimentos valiosos sobre sistemas de propulsão alienígenas.
Bigelow, que é conhecido por já ter investido milhões de dólares patrocinando pesquisas OVNI sérias, acaba de concretizar um acordo com a MUFON onde deve fornecer à organização tudo de que precise para sair por aí e coletar a evidência sólida, não apenas para documentar a realidade dos OVNIs interagindo conosco mas, mais importante, acumular o tipo de informação que verdadeiramente permita avançar na compreensão científica deste fenômeno”.
The Examiner: MUFON to receive major funding from billionaire backer

O acordo significa remuneração aos investigadores da MUFON, promovendo o treinamento e qualificação de uma “esquipe especial de resposta rápida de investigadores de campo” que poderia estar na cena de um grande evento OVNI em menos de 24 horas. Bigelow também teria contratado 50 cientistas para oferecer consultoria à MUFON e trabalhar na análise laboratorial dos materiais coletados. A iniciativa começou neste 1 de março, e é intitulada SIP – Star Impact Project, ou “Projeto Impacto Estelar”.

Se você aprecia a ufologia e anseia por provas, essas notícias devem soar muito bem. Sem querer jogar água fria em tais expectativas, devemos contudo complementar a notícia com algumas informações não tão animadoras.

Bigelow, que fez sua fortuna no ramo imobiliário e acredita firmemente que OVNIs sejam espaçonaves alienígenas, realmente é conhecido por já ter investido recursos na investigação de casos paranormais. Casos OVNI principalmente.

Foram muitos milhões de dólares direcionados a iniciativas como o NIDS, há quase vinte anos, que falharam em produzir quaisquer provas extraordinárias. Pior do que isso é como vários dos projetos de pesquisa patrocinados por Bigelow tiveram a evidência coletada reservada. Não foram divulgados ou partilhados.

Garraextraterrestre Um caso bem ilustrativo é comentado por Luis Ruiz Noguez, em espanhol, em “Extraterrestres Babosos”. Uma família supostamente assediada por extraterrestres na Califórnia, com todo o pacote indo de luzes voadoras, ruídos, interferências elétricas e ferimentos corporais era o alvo da pesquisa. Detalhe: os extraterrestres, criaturas, ou o que fossem, aparentemente entravam e saíam da casa pelo closet no quarto dos pais da família. Os investigadores tomaram isto tudo muito a sério. E quando algo estranho parecido com uma garra surgiu por lá, a empolgação deve ter sido grande. Você a confere ao lado.

Análises laboratoriais de diversos tipos, sem medir custos, foram conduzidas. Apenas elas consumiram dezenas de milhares de dólares, e levaram mesmo a aperfeiçoamentos em algumas técnicas de análise genética. Soem os tambores, porque depois de um ano de esforços e investimento, com tais novas técnicas de análise chegaram a um resultado.

E a garra alienígena era uma lesma seca, de uma espécie comum da Califórnia.

lesmabigelow

Noguez sugere que tudo leva a crer que a “evidência extraterrestre” foi plantada pelos donos da casa. De fato, se já é pouco provável que uma lesma consiga adentrar dentro do closet de uma casa, é ainda menos provável que ela ressecasse significativamente sem que tivesse sido notada antes. “Apesar de tudo, os membros do NIDS continuam investigando os fenômenos anômalos relatados pela família californiana”, comenta Noguez. O relatório do próprio NIDS, em inglês, é uma leitura interessante: A Cautionary Tale – DNA Analysis of Alleged Extraterrestrial Biological Material: Anatomy of a Molecular Forensic Investigation (PDF).

Bigelow investe seu dinheiro no que melhor lhe convier. Além do paranormal, o bilionário também aposta na exploração espacial, e em particular, na idéia promissora de hotéis espaciais infláveis. Enquanto alguns bilionários investem em extravagâncias fúteis como super-iates ou mansões excêntricas, as extravagâncias de Bob Bigelow são mesmo louváveis. Em particular, sua confiança e investimento obstinado em métodos e especialistas científicos na busca de provas objetivas para suas crenças pessoais é sem dúvida merecedora de aplausos. Ainda que misture alguns não tão científicos.

E ainda que todo o investimento tenha falhado em produzir os resultados extraordinários que o próprio bilionário vem buscando há décadas, ele sim chegou a resultados relevantes. Porque, cientificamente, mesmo resultados negativos são resultados relevantes.

E é assim que, pensamos, este anúncio de um renovado investimento de Bob Bigelow na ufologia através da MUFON pode ser colocado em perspectiva. Talvez não traga as provas que tantos desejam, talvez não seja o mais eficaz investimento no avanço do conhecimento científico em tais temas – alguns diriam que simples análise crítica sensata teria evitado investir tantos recursos em uma lesma –, mas é bem provável que como os investimentos anteriores, produza alguns resultados interessantes e… bem, é possível que Bigelow concretize seu sonho dourado e saúde a humanidade com a prova definitiva do contato com extraterrestres.

Seja como for, é seu próprio dinheiro.

Tags: , , , , ,

9 Responses to Bilionário investe na pesquisa de OVNIs

  1. Guga disse:

    Eu gosto muito daquela refutação popular, quando sua crença no paranormal é posta na berlinda:

    Talvez seja mesmo uma fraude, 99% dos relatos podem ser fraudes. Isto só prova que 1% são verdadeiros.

    Sem base estatística, alias, sem qualquer conhecimento matemático ou lógico, a pessoa assume que: o que [ainda] não foi comprovadamente confirmado como fraude, é definitivamente verdadeiro.

    Eu gostei dessa notícia. Muitos vão me apontar o dedo e dizer que ele deveria ter doado esse dinheiro para acabar com a fome na áfrica ou algo do gênero. Mas o dinheiro é dele, ele faz o que quiser.

    Acho útil dar instrução científica à essa gente crente, que compra jaleco na loja, veste, compra equipamentos em lojas, e se acha cientista só porque está fantasiado como um. Se esconder atrás de uma pseudo-logia não torna cientista, nem seus estudos válidos.

    Quer fazer, faça direito!

  2. Guga: tenho a leve impressão de que você não faz nem idéia do que seja a MUFON…

    A MUFON estuda a ufologia de forma científica, ou seja, cada caso que eles recebem eles tentam identificar do que se trata: de um engano, de uma fraude, ou de algo que não pode ser identificado.

    Além disso a MUFON é a maior instituição ufológica do mundo e a que mais recebe relatos em todo mundo. Ainda assim, apenas 15% do que eles recebem eles não conseguem identificar.

    O interessante desse investimento é que eles poderão investigar de forma mais aprofundada esses 15%, além de tomar atitudes mais pró-ativas, indo a campo para fazer experiências, etc.

    Contudo, acredito que só saberemos realmente do que se trata determinadas aparições quando abatermos um desses objetos. Talvez sejam máquinas construídas por humanos (alguma espécie de sonda), talvez não. Não há como se afirmar de uma forma ou de outra.

  3. Fabio disse:

    “…para descobrir novos conhecimentos valiosos sobre sistemas de propulsão alienígenas.”

    Esta afirmação derruba a teoria de que corporações ou governos já fazem uso de tecnologia alíenígena.De fato, o motor a combustão interna já devia ter sido substituído por algo melhor, mais suave, silencioso e limpo.

    Em verdade, algumas áreas da ciência parecem ter estacionado. Há quantos anos não vemos a cura de uma doença? Os aviões ainda utilizam a aerodinâmica para voar, na velha combinação asa/charuto. Entretanto, reconheço que a informática teve um desenvolvimento astronômico.

    Há algo errado em nossa filosofia.

  4. Patola disse:

    …e pensar que ele podia estar usando seu dinheiro de supermagnata produzindo por engenharia genética uma Lula gigante com cara de vagina e cérebro de telepata para teleportar para o centro de Nova Ioque… Afinal, todo mundo sabe que isso traria paz mundial.

  5. leonardo disse:

    quen tem dinheiro é outra coisa!

  6. Claudio disse:

    Parabéns pela iniciativa desse homem que vai disponibilizar parte de seu dinheiro para investir em investigação ufológica. Investigação séria, diga-se de passagem… A MUFON é uma das organizações ufológicas mais respeitadas do mundo! O seu trabalho é exemplo de investigação séria e comprometida com a busca da verdade, seja ela qual for. A crença particular de Bigelow de que muitos casos são de origem extraterrena não compromete a investigação séria e legítima dos eventos ocorridos. Afinal, se ele achasse que aquela lesma solidificada fosse material extraterrestre e nem se preocupasse em realizar uma análise detalhada aí sim teríamos que desconfiar de seu trabalho.. Mas ele fez a análise! E essa lesma apenas aumentou a credibilidade de sua iniciativa! Parabéns a Bigelow e também à pesquisa ufológica séria!

  7. abreu disse:

    ola é sou para dizer que tirei uma foto na mauritania e vi uma coisa estranha no céu que na hora da foto nao vim mas depois me percebi de uma coisa estranha na foto ,gostava de falar conversar com alguem sobre esta foto estranha que tenho aqui

  8. Yamath disse:

    Eu faria u msm/ eu acredito piamente / pena q ‘eu ainda num tive sorte de ver 1

  9. overmatik disse:

    Ele é muito esperto, pois caso venha a descobrir algo vai registrar e lucrar mais ainda.

    Quanto a novas tecnologia de vôo, bem, a resposta passa pelo descobrimento de como aplicar a teoria do eletromagnetismo e do campo unificado de Einstein na prática, daí o problema…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *