Destaques banner-25historica.jpg

Published on outubro 1st, 2011 | by Kentaro Mori

8

Podcast “Visão Histórica” aborda Discos Voadores, Extraterrestres e Ufologia

banner 25historica ufologia destaques

Comandada pelos historiadores Gabriel Perboni e Pedro Ferrari, a mais nova edição do podcast com “a missão de despertar o interesse por personagens, eventos e períodos históricos e fomentar sua pesquisa em qualquer nível” adentra o mundo dos discos voadores!

Viaje pela abordagem histórica indo da ficção sobre extraterrestres aos supostos contatos reais com estes seres coincidentemente humanóides, com a participação deste que escreve aqui e também do amigo e historiador Rodolpho Gauthier, que desenvolveu sua tese sobre os primórdios dos discos voadores na mídia brasileira:

Visão Histórica 25: Já chegou o disco voador?

Tags: ,


About the Author

+



8 Responses to Podcast “Visão Histórica” aborda Discos Voadores, Extraterrestres e Ufologia

  1. Magno says:

    Mori, ecessei o link indicado no final dessa matéria e vi que voce esqueceu de citar esse:

    http://www.youtube.com/watch?v=D8hjr9lNDGo&feature=related

  2. alessandro campos says:

    mori ,comente sobre esses casos documentados e atestados por autoridades militares ,seria muito bom ver voçe rebatendo a noite oficial dos ovinis ou a operação prato

  3. joão says:

    também gostaria de ouvir um comentário a respeito desses casos que ainda não foram descartados e ainda são um “mistério”!

  4. Fabio says:

    O C/A ainda não se manifestou sobre o vídeo da Miksom. Falta debunkar o tal filmete feito durante a fantástica onda brasileira de 1986.

  5. Olá,

    Escutei o podcast do Histórica e gostei bastante. Vou torcer para rolar outro.

    Abraço,

    Rodrigo Machado

  6. alessandro says:

    mori ,os casos serios ,os casos documentados,ok esses videozinhos da net a gente sabe que e fake

  7. joao lucas says:

    Caso Varginha e Roswell, o resto é história :)

  8. Rafael New says:

    RIDÍCULO esse podcast de vocês. Eu esperava mais… Detonar Roswell é fácil: o caso foi sendo montado mais de 30 anos após os fatos, a partir de testemunhos desencontrados que foram se arrumando e ficando mais interessantes conforme os livros iam sendo publicados.

    Agora, Varginha?!?… O caso não recebeu a devida atenção de vocês, que se limitaram a “reaproveitar” as críticas a Roswell, como se fosse algo do mesma espécie – e NÃO É! Os acontecimentos foram colhidos no seu frescor, por um ufólogo que morava na cidade e levantou todos os depoimentos, diretos e indiretos, num curto espaço de tempo (a visão da nave por um casal de sítio, a captura de uma criatura na mata, a visão de outra criatura por 3 meninas, a movimentação dos militares na cidade, a morte misteriosa do soldado que alegou ter tocado o ET, a autópsia de um ET na Unicamp etc).

    Criticar fotos e vídeos da web, bem como relatos isolados de abdução, qualquer um faz. Mas refutar casos documentados, envolvendo as Forças Armadas, é só pra gente grande!

    Durante um congresso ufológico, conversei com um amigo que só acredita na prova científica. Expliquei-lhe que, em julgamentos jurídicos, admitem-se testemunhos como provas, além de indícios harmônicos que apontem na mesma direção. Questionei-lhe se ele absolveria o goleiro Bruno pelo simples fato de não ter sido encontrado o corpo de Eliza Samúdio. Ela deixou uma gravação dizendo que poderia ser morta pelo goleiro, e há uma testemunha que a viu sendo morta a mando de Bruno. Se um cientista precisa ver o corpo para acreditar em um falecimento, um juiz pode recorrer a provas indiretas.

    Ufologia não é ciência (por falta de provas materiais), também não deixa de ser um estudo racional de evidências, semelhante à investigação forense (baseada em provas testemunhais e indiciárias que nos induzam à ideia de que houve esse ou aquele fato). No caso Roswell, os melhores testemunhos não apontam NADA necessariamente extraterrestre; é perfeitamente possível entender que o artefato apreendido pelos militares fosse terrestre (norte-americano ou não).

    Se alguém quer provas para crer em extraterrestres, deve analisar a Operação Prato (1977), a Noite Oficial dos UFO’s (1986) e o Caso Varginha (1996); são os eventos ufológicos mais sólidos que conheço, e todos (coincidentemente) do Brasil! Eles apresentam tudo o que se alega ter ocorrido no caso Roswell, mas apoiados em diversos elementos que deixam os céticos calados.

    Apresentei esses 3 casos a meu amigo, que ficou sem ter como refutar; ele continuou agnóstico sobre a ufologia, mas certamente saiu com uma pulga atrás de cada orelha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑