MENU

Avistamento

Bolas de luz

8 de março de 2006 Comments (0) Views: 706 Ciência, Fortianismo, Ufologia

Projétil de Energia em Pulso (PEP)

DefenseTech informa:

O Projétil de Energia em Pulso (PEP) dispara um pulso de energia laser. Isto vaporiza a camada exterior do alvo, criando uma bola de plasma em rápida expansão. Em níveis de força diferentes, estes plasmas em expansão podem produzir um alerta inofensivo, atordoar o alvo, ou desabilitá-lo — tudo com a precisão de um laser a mais de um quilômetro de distância.

Relatórios iniciais dos efeitos de PEPs mencionaram paralisia temporária, que se pensava então estar relacionada com ondas de choque ultra-sônicas. Tornou-se aparente depois que o pulso eletromagnético causado pelo plasma em expansão estava ativando células nervosas.

Detalhes disto emergiram em um documento em grande parte censurado liberado por Ed Hammond do Sunshine Project com o Freedom of Information Act. Chamado “Sensory consequence of electromagnetic pulsed emitted by laser induced plasmas”, ele descreve pesquisa sobre a ativação de células nervosas responsáveus por estímulos desgradáveis: calor, ferimentos, pressão, frio. Ao estimular um nociceptor particular seletivamente, um PEP finamente ajustado poderia causar sensações de, digamos, ser queimado, congelado ou jogado em ácido — tudo sem causar o menor dano real.

A pele é o alvo mais fácil para tal estimulação. Mas, em princípio, quaisquer nervos sensórios podem ser ativados. O documento Controlled Effects sugere que “talvez seja possível criar imagens sintéticas… para confundir o sentido visual de um indivíduo ou, de forma similar, confundir seus sentidos de som, paladar, tato ou olfato”.

Em outras palavras, pode ser possível usar meios eletromagnéticos para criar um “som”, “luz” ou “cheiro” intolerável que existiria apenas no cérebro da pessoa que os percebesse.

Interessantíssimo, principalmente a paranóicos. Contudo, dei uma rápida olhada no documento em questão, e não parece falar dos detalhes mais interessantes, isto é, criar sensações controladas através de lasers a distância. Defensetech deve ter se baseado em outra fonte, que pode ser apenas especulativa. Ou não. É o mundo da pesquisa militar científica classificada.

[via Technovelgy]

Tags: ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *