MENU

documentário.CA – Estatuetas Dogu: Jomon Jedi?

Maio de 1986: OVNIs

13 de agosto de 2006 Comments (2) Views: 703 Ufologia

CeticismoAberto.com atualizado 14.08.06

:: FOTOS DE OVNIs

Novas fotografias exclusivas do Brasil e Portugal comentadas:

– Pirinópolis, Goiás, Brasil
http://www.ceticismoaberto.com/fotos/fotosovnis19.htm

– São Thomé das Letras, Minas Gerais, Brasil
http://www.ceticismoaberto.com/fotos/fotosovnis20.htm

– Itapeva, São Paulo, Brasil
http://www.ceticismoaberto.com/fotos/fotosovnis21.htm

– Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil
http://www.ceticismoaberto.com/fotos/fotosovnis22.htm

– Pé de Serra, Bahia, Brasil (?)
http://www.ceticismoaberto.com/fotos/fotosovnis23.htm

– Lajeosa do Dão, Viseu, Portugal
http://www.ceticismoaberto.com/fotos/fotosovnis24.htm

Tags: , , , , ,

2 Responses to CeticismoAberto.com atualizado 14.08.06

  1. HENRY RIBEIRO disse:

    É bom que se faça uma análise critica sobre o fenômeno ovni,mas os argumentos que vocês usam para desqualificar ,aconteciemtos não completamente elucidados é bastante supercial em alguns casos e cai em outra armadilha em dizer que tudo que se falou sobre objetos voadores não é verdadeiro.Portanto já que vocês negam determinados assuntos de serem verdadeiros então vocês tem por obrigação provar o que estão dizendo, (cientificamente)sem recorrer a imaginação coletiva que é muito abordada como resposta de fenômenos não explicados e deixar o bla, bla de lado.

    Henry Ribeiro.

  2. Homero disse:

    Olá Henry

    Está enganado, Henry, o ônus de provar é de quem faz a afirmação, mas sempre de forma positiva, não negativas. Não se pode provar negativas genéricas como “não existem UFOs”. Portanto, quem deve provar a existência, mesmo em um acontecimento ainda não elucidado, é quem defende a explicação extraordinária, não nós.
    E nem toda crítica aos UFOs é feita recorrendo a imaginação coletiva (na verdade, não é imaginação coletiva, mas alucinação coletiva, a imaginação é pessoal mesmo). Mas, é um argumento real de toda forma: sabemos que a imaginação, e processos cognitivos, podem enganar nossa percepção, portanto, todo fenômeno que “pode” ter origem nesse tipo de engano, tem de ser primeiro analisado por esse enfoque.
    É como o caso de fotos de OVNIs. Se sabemos que é possível, com efeitos, trucagem e computador, criar QUALQUER imagem de OVNI já apresentada, a primeira coisa a se pensar sobre uma nova foto, é se é uma trucagem ou efeito, não?
    Para finalizar, acontecimentos não completamente elucidados são apenas isso, acontecimentos não elucidados. Escolher uma explicação fantástica, só por falta de uma explicação razoável, não é, bem, razoável ou lógico..:-)
    Homero

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *