MENU

Árvore de cabras (ou: Cabras de árvore)

Pé-Grande Ninja

14 de janeiro de 2007 Comments (2) Views: 884 Ceticismo, Ufologia

OVNI espiral na Rússia?

[Comentário pessoal descartável] Há poucas centenas de anos, uma visão assim certamente seria imediatamente reconhecida com assombro como uma manifestação divina. Simplesmente porque é de fato belíssima. O misto de terror e deslumbramento seria visível na face de todos. O efeito é comparável às auroras, elas mesmas fenômenos magníficos produzidos pela interação de nosso planeta com o astro rei. Tudo poético, inspirador.
É uma pena que em nossa cultura contemporânea um cidadão urbano comum seja talvez compelido a considerar tal visão como apenas… um disco voador. Até imagino um “ufólogo” qualquer prontamente falando sobre seus anos de pesquisas e sobre “rotas” de discos voadores e tudo mais, banalizando o evento com sua falsa ciência e autoridade. Vejam que o que me desagrada não é que a associação a extraterrestres seja quase automática — ETs podem, ou devem, ser tão ou mais fascinantes que deuses, embora ambos estejam ainda na pasta “provas pendentes”, onde podem permanecer indefinidamente, principalmente caso não existam. O problema está no apenas, na forma como a pseudociência pode banalizar o extraordinário com suas inverdades e incoerências. Que esse vídeo mostre um Gray manobrando em sua nave está seguramente entre as menos empolgantes das explicações. Pensem nisso, é um filme B de Hollywood dos anos 1950.[/Comentário pessoal descartável]

Agora, ao que interessa. O vídeo provavelmente mostra o lançamento de um foguete. De início, os rastros iniciais indicam os motores do primeiro estágio. O primeiro estágio se extingue, e depois de alguns momentos, vemos o próximo. E a espiral? O segundo estágio provavelmente estava girando, e o rastro da combustão teria tal forma. Infelizmente, ou convenientemente, o vídeo não permite ver além desse ponto.
Comentários no vídeo questionam se haveria o lançamento de um foguete sobre uma cidade. Bem, foguetes são criados para subir. É um fato amplamente conhecido. E quanto mais alto, de mais longe você pode ser visto (seu horizonte será maior). Também sabemos disto. Com o foguete a vários quilômetros de altura, o cinegrafista e a cidade poderiam estar a uma enorme distância e ainda enxergá-lo. Haveria uma falsa impressão de proximidade, resultado de um evento pouco comum — efeito que pode estar relacionado com aparentes discrepâncias em relatos sobre a reentrada do Longa Marcha no Ano Novo sobre o centro-sul do Brasil. Quanto à visibilidade dos rastros de fumaça, possivelmente também se deve a essa grande altura: ela ainda era parcialmente iluminada pelo Sol, enquanto o cinegrafista já estava na penumbra. Este efeito é muito comum com trilhas de condensação de aviões comerciais que são confundidas com OVNIs ou “meteoros estáticos”.
Enfim. O vídeo também pode ser uma fraude digital, ou um Gray manobrando em sua nave, claro. Entre muitas outras possibilidades. Atualizamos este post caso haja confirmação sobre a identificação.
[via Luis Ruiz Noguez]
Atualização: Deveria ter mencionado a cidade em que o vídeo teria sido realizado, que está disponível no Google video. É Tomsk, e a partir desta informação, foi possível identificar o “OVNI” — ou melhor, encontrar informações de pessoas que já o identificaram. O evento confundiu muitos habitantes da cidade, como pode ser visto nesta notícia. Mas o caso foi logo explicado pelas autoridades. É o vídeo do lançamento de um Soyuz-U de Baikonur, carregando um satélite Kosmos-2423. O lançamento foi bem-sucedido, e mais imagens e informações sobre ele podem ser vistas aqui.

Tags: , , ,

2 Responses to OVNI espiral na Rússia?

  1. Rodrigo disse:

    Sou um tanto pé atras com aparições de ufos, apesar de já ter presenciado algumas coisas beeem estranhas no céu. E sou extremamente pé atras com explicações governamentais, me desculpe mas o que o governo disse não explica nada e vc diz que: “ao anoitecer em uma cidade com prédios altos, deve ter notado que o topo dos prédios ainda é iluminado enquanto as casas abaixo já estão na penumbra” – bem, no vídeo é muitíssimo claro que “tudo”, tudo mesmo está na penumbra, não precisa muito para se ver isso.
    Então reitero, em mim a explicação do governo não colou, posso até estar errado, mas em mim, não colou.

  2. Mário César M. de Araújo disse:

    Sem querer discutir o vídeo em si (mesmo porque não consigo tirar dados suficientes dele), mas… Deixo a seguinte pergunta, para que todos possam pensar um pouco:

    -> Desde quando governantes (leia-se: políticos) são confiáveis?!

    Que eu saiba, a única coisa com a qual eles normalmente se importa é o próprio bolso. Nada mais. E nisso acho que os ditos céticos pecam: justamente por crerem de forma irrestrita nas explicação desses seres nada humanos (se é que me entendem), por mais ABSURDAS que tais explicações sejam (como são, em alguns casos – vide Roswell, que é um caso extremamente controverso).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *