MENU

Halo solar no Rio Grande do Sul

Boa notícia: Semciência de novo

23 de janeiro de 2007 Comments (8) Views: 1442 Ceticismo, Ciência, Fortianismo, Ufologia

Vídeo de uma “sonda ufológica”?


A revista UFO divulga o relato e evidências que teria recebido do que seria o “caso de uma sonda ufológica filmada de perto e de explosão do objeto”. Segundo o editor, Ademar Gevaerd, “o relato é surpreendente e indica a ação de sondas ufológicas no interior do Ceará”. Infelizmente, Gevaerd também avisa que “a pessoa que nos remeteu [a evidência] não quer de forma alguma que seu nome seja publicado, e então não será. Trata-se de um engenheiro de telecomunicações com várias especializações, pai de família e ocupando uma posição estável numa empresa”. Que a testemunha deseje o anonimato é compreensível, contudo, combinado com uma série de outras indicações, podemos ter aqui mais uma fraude.
O relato da testemunha, divulgado por Gevaerd, conta:

Essas são imagens .jpg [veja o segundo e terceiro quadro acima] feitas a partir de um vídeo de 12 segundos feito pelo celular, numa fazenda no município de Paraipaba no Ceará. Durante todo o fim de semana que ficamos lá, vimos essas esferas de luz fazendo manobras inacreditáveis como curvas de 90 graus. O brilho dos objetos não parecia em nada com o que há aqui na Terra. Era como se a própria luz tivesse textura. Contudo, o melhor ficou para o domingo à noite, dia 05/11, quando vimos uma dessas esferas explodir sem motivo aparente, provocando uma chuva de metal luminescente, como se fosse chuva de serpentina. Coletamos alguns fragmentos, que tinham a forma de ladrilhos. Eles eram frios e foram perdendo o brilho aos poucos até ficarem parecidos com alumínio que foi se sublimando até não sobrar nada. Foi muito estranho.As imagens foram feitas com o meu celular e estão boas na medida do possível.Se tiverem interesse no vídeo [vejam o primeiro quadro acima] entrem em contato comigo. São 4,5 segundos de imagens mostrando o objeto fazendo manobras e 7,5 segundos de imagens que fizemos dos fragmentos.

O arquivo de vídeo de 4,5 segundo oferecido pela testemunha também foi disponibilizado pela revista UFO aqui. Em resumo, tudo que temos por ora são o relato de uma testemunha anônima, duas imagens e um pequeno clipe de vídeo. Como destaquei em negrito no relato acima, a testemunha anônima alega que os fragmentos que registrou “foram sublimando até não sobrar nada“, assim não podemos esperar muito mais do que o que já temos. Vamos então dar uma segunda olhada na evidência disponível.
Como vários ufólogos e entusiastas já notaram, uma olhada no clipe revela de pronto um elemento curioso: a câmera ficou completamente estática enquanto filmava o objeto (que Gevaerd, não a testemunha, chama de “sonda”). Teria a testemunha providenciado um tripé? Mas este não é o único elemento curioso. Ajustes em quadros do vídeo indicam que o centro da imagem está mais claro, e as bordas mais escuras. Isso pode ser resultado de uma câmera de celular de baixa qualidade, mas também pode ser resultado de filmar uma cena plana, chapada. Isto é, a paisagem exibida no clipe não seria real. Somando isso à aparência do suposto objeto, podemos sugerir então uma forma como o vídeo poderia ter sido criado.

Sempre lembrando que esta é uma sugestão de como o vídeo poderia ter sido criado. Este vídeo humorístico demonstra o efeito. Ainda sobre o arquivo de vídeo, disponibilizado por Gevaerd, um rápido exame revela que foi criado com o programa “Windows Movie Maker”, já que há dados neste sentido embutidos no arquivo, como “Windows Movie Maker 2.1.4026.0”. A testemunha poderia simplesmente ter manipulado o vídeo de seu celular com o programa que acompanha o Windows, não fosse por um detalhe: O “Windows Movie Maker” não trabalha com o formato de vídeo utilizado pela maioria das câmeras de celulares, o formato 3gp. Uma consulta ao manual do programa indica que ele pode importar apenas arquivos de vídeo nos formatos:
“.asf, .avi, .m1v, .mp2, mp2v, .mpe, .mpeg, .mpg, .mpv2, .wm e .wmv”
Nenhum dos quais costuma ser criado por telefones celulares. Isto significa que, caso o vídeo tenha sido de fato tomado com um celular, foi primeiro convertido a um dos formatos mencionados anteriormente, e então manipulado com o programa Movie Maker. O próprio Gevaerd poderia ter sido o responsável pelo uso do programa de vídeo, inadvertidamente, mas a partir do relato da testemunha, que fornece quadros capturados de seu vídeo — um recurso do Windows Movie Maker — podemos sugerir que é a própria testemunha que, por algum motivo, incluindo talvez realizar as capturas de quadros, utilizou o Movie Maker. Ainda assim, a necessidade de uso de tal programa, envolvendo a conversão do arquivo original, é intrigante.
Na hipótese sugerida acima para a criação fraudulenta do clipe de vídeo, o perpetrador poderia simplesmente ter usado uma webcam. O Windows Movie Maker pode capturar vídeos diretamente de webcams.
Finalmente, chegamos às imagens dos fragmentos, aparentemente quadros capturados dos 7,5 segundos restantes do clipe de 12 segundos a que a testemunha se refere. Uma olhada no vídeo ajudaria imensamente, mas mesmo a partir dos dois quadros fornecidos, também podemos encontrar elementos intrigantes. E eles também sugerem a possibilidade de fraude. Como poderiam ter sido criados? Nick Balaskas comenta: “Eu pude replicá-las simplesmente com um pedaço de papel branco e uma lanterna forte com um facho de luz estreito em uma sala escura”.
Em um dos dois quadros fornecidos, há evidência que apóia a sugestão de Balaskas envolvendo o uso de uma lanterna.

Antes de mais nada, a seta amarela destaca a sombra do dedo médio indica uma fonte de luz no canto superior direito, e não um “brilho ufológico” do que seria um fragmento luminescente. Então, a seta preta questiona por que não podemos ver um brilho no que assumimos que deva ser um dedo indicador segurando o fragmento, quando há um tal brilho no dedo polegar. Assumiríamos que o fragmento estaria reluzindo em seus dois lados. Isto poderia ser explicado se o polegar estivesse sendo iluminado pelo facho de luz da lanterna. Por fim, destacamos em vermelho o que aparenta ser uma janela ao fundo, que é curiosamente muito uniforme. A imagem teria sido tomada em um recinto fechado? Mas os fragmentos não teriam sido capturados ao ar livre, e foram “sublimando até não sobrar nada”?
Muitas dúvidas restam a respeito do caso, e apenas o editor da revista UFO pode respondê-las em seu continuado contato com a suposta testemunha.

Tags: , , , , , , , ,

8 Responses to Vídeo de uma “sonda ufológica”?

  1. sartori disse:

    Nossa!! grande trabalho de investigação!! se os ufologos se dessem ao mesmo trabalho, ao inves de inventarem cada vez mais evidencias……

  2. rafael disse:

    Parecem-me atos de desespero, estas tentativas de “evidenciar” relatos, destes “Ufólogos” (assim mesmo, entre aspas) de plantão. Lembro-me que, antes dos celulares equipados com câmera, e das câmeras digitais de alta resolução, eles tinham mais cuidado em “obter” estas evidências… Atualmente, chega a ser risível…triste.

  3. Palark disse:

    sempre soube disso moro em quixadá onde aconteceu o fato..

    muitos pescadores proximo ao açude orós ve constantemente a noite fatos de extraterrestres por lá proximo a montanha da galinha choca..
    cartao portal na cidade..
    e em breve daki alguns anos construiram um tipo de aeroporto para etcs em quixada interioi do ceara…

  4. Marcos disse:

    Nao estamos afirmando que nao existem ovnis , naves , extraterrestres , sondas , etc,mas o que devemos buscar sempre é a verdade, e nisso reside o trabalho de um pesquisador serio seja ele cientieta ou interessado.
    Parabens pela pesquisa , isso mostra o que é seriedade e coragem de enfrentar os fatos.

  5. fernando verni disse:

    Voces são muito tendenciosos, pois apenas analisam fotos e videos que podem dizer que são fraudes. Porque não analisam por exemplo o video daquela sonda em capão redondo, ou aquele famoso video de 1996 que uma equipe de televisão filmou em são paulo. Ou os impressionantes videos em tinley park (usa)de 2004? Ou ainda as fotografias de Rex Heflin (usa-1965)?. Devo imaginar que é por que são autenticos, ou seja, não terão como dizer que é falso.

  6. […] Pouco depois da divulgação, comentamos o episódio em nosso blog de notícias. Notamos como da fantástica história sobre o repetido contato com um fenômeno extraordinário, a […]

  7. Tony Galletti disse:

    Sonda de Capão redondo hauahuahaha vcs são uma piada!!!!! To esperando até hoje! – depois da desculpa esfarrapada paras as luzes de Phoenix!! Piada!!!!!!

  8. Anselmo disse:

    só gostaria que explicassem os casos em que são registrados nos radares de aeroportos e ao memso tempo visto por passageiros em aviões, e pessoas em terra, os casos famosos das informações cruzadas, mas com certeza esses vcs não conseguem… não sei o que é isso, ou quem faz isso, mas acho que daria um trabalho tremendo fazer uma brincadeira envolvendo controle aéreo e passageiros de aviões e mais pessoas em terra, queria saber qual o truque por tras desses casos, por favor me expliquem e vamos acusar esses enganadores de fraude, não sei porque em sites como este nunca explicam esses casos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *