MENU
capaporcofdas

Porco nasce com forma “humana” no Rio Grande do...

Vídeo de Gollum: o making-of

28 de junho de 2007 Comments (2) Views: 956 Ciência, Fortianismo, Ufologia

Vídeo revela surpresas sobre os Sprites: “está cheio de estrelas!”


Sprites são rápidas descargas elétricas sobre nuvens de tempestades em grandes altitudes — foram previstos teoricamente em 1925, e por anos pilotos de avião comerciais os relataram, mas por durarem apenas frações de segundo não foram considerados. Apenas em 1989 Bernard Vonnegut percebeu que o incerto fenômeno teórico e anedótico talvez pudesse ser capturado nos vídeos da alta atmosfera sendo então realizados em missões do ônibus espacial. E seu palpite estava certo: em 21 de outubro de 1989, a bordo do ônibus espacial foram capturadas as primeiras imagens que confirmavam a existência daqueles que se conheceriam como Sprites, um novo e curioso fenômeno atmosférico a ser explicado surgia.
Novos vídeos dos sprites capturados em altíssima velocidade revelam agora que, ao contrário do que se acreditava, o fenômeno não é composto de finos filamentos elétricos em forma de cogumelo estendendo-se para cima aos limites da atmosfera: em verdade, e como Bowman em 2001, os sprites “estão cheio de estrelas!”. O vídeo a 10.000 quadros por segundo permitiu capturar a belíssima formação de uma miríade de bolas descendo, e então subindo, a um décimo da velocidade da luz. Tudo ocorre tão rápido que os vídeos anteriores capturavam apenas um borrão em filamento que era em verdade a trajetória percorrida pelas esferas.
Confira o vídeo estupendo clicando aqui — digno de uma Odisséia no Espaço — e leia mais sobre o fenômeno, em espanhol: “Duendes, chorros y elfos: Espectáculo multimedia en la ionósfera”.

Tags: ,

2 Responses to Vídeo revela surpresas sobre os Sprites: “está cheio de estrelas!”

  1. Estao cegos basta olhar para a luz, assim quebrara a neblina que existe em suas visoes.

  2. […] inglês, o termo remete a criaturas míticas da mesma classe que gnomos e fadas, mas aqui definem um fenômeno bem concreto – aceito como tal há menos de duas décadas. Parcamente visíveis a olho nu, sprites são lampejos de luzes avermelhadas a dezenas de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *