MENU

George Bush pai é um reptiliano: prova videográfica

OVNI de vórtice

25 de julho de 2007 Comments (14) Views: 2192 Ceticismo, Fortianismo, Ufologia

A verdadeira origem dos discos voadores


Assista ao clipe com um breve comentário de Kenneth Arnold — o próprio — seguido pelo depoimento de Raymond Palmer sobre as verdadeiras origens da ufologia moderna. “Eu sabia sobre discos voadores três anos antes do primeiro avistamento de Kenneth Arnold”, e é verdade, porque Palmer foi o homem que inventou os discos voadores. Acompanhado do depoimento bônus de Colin Cameron, não menos relevante.
Excerto do documentário “UFOs Are Here!” de Stan Deyo, produzido em 1977, há exatos trinta anos, quando a ufologia comemorava seus trinta anos. Conversão e legendas: CeticismoAberto.

Tags: , , ,

14 Responses to A verdadeira origem dos discos voadores

  1. Rodolpho Gauthier disse:

    Grande trabalho, Kentaro! Achei muito interessante.

  2. MoonChild disse:

    Mori,

    Prazer em comentar novamente! Sabia que o primeiro disco voador reportado claramente e desenhado é muito antigo e vem do Japão ?

    Recomendo que assista o documentário “O Triângulo do Dragão” do History Channel (gratuito aqui http://www.painelovni.com.br/videos_ufologicos16.html).

    Não é verdade que o “mito” começou em 1947 com Arnold! E o formato descrito no Japão antigo, com desenho e tudo ERA EXATAMENTE O DE DISCO VOADOR TÍPICO.

    Interessante né ?

    Abraços

  3. ademir disse:

    a existencia esta mais do que certa , so que escondem de nos porque:

  4. MoonChild disse:

    Olá,

    O desenho de Utsuro-Bune, A Primeira Imagem Conhecida de um Óvni

    Alguns dias atráz comentei este artigo do amigo Kentaro em relação aos “60 anos de Discos Voadores”.

    Me causou um pouco de surpresa a falta de pensamento crítico e conhecimento no artigo citado e por parte de Ufólogos mais experientes, então me lembrei do documentário “O Triângulo do Dragão – History Channel” publicado no site do amigo Reinaldo (ver link abaixo).

    No terceiro arquivo “o_triangulo_do_dragao03.wmv” em aproximadamente 00:05:00 pode-se entender e ver o desenho original da época, mas para facilitar aqui vai um link do youtube que mostra o desenho (dublado em ingles apenas):
    http://www.youtube.com/watch?v=WTUzWZwo3K8&mode=related&search=

    É impressionante. O desenho é claro, em uma época remota, sem qualquer tipo de cultura (ou sub-cultura) OVNI.

    Alguns excertos do documentário do History Channel, disponível no site do Painel Óvni:

    “Um exame do desenho revela um objeto em forma de disco similar aos vistos por inúmeras testemunhas no século 20. Esse desenho é considerado como a primeira imagem conhecida de um OVNI”

    “O mais interessante é que a forma da nave de Utsuro-bune é muito semelhante ao dos OVNIS modernos, eu fico pensando como as pessoas puderam imaginar essa forma 200 anos atráz”

    Video em:
    http://www.painelovni.com.br/videos_ufologicos16.html

    Sem dúvida o relato de Kenneth Arnold não foi o primeiro, e sem dúvida faz muito mais tempo que os discos voadores são vistos, além destes últimos 60 anos. Convido os amigos a pensarem a respeito desse assunto :-)

    Abraços a todos,

  5. MoonChild disse:

    Para Ademir:

    Caro amigo, sua dúvida é justa. Mas já pensou o seguinte, se os alienígenas realmente nos visitam, talvez sejam eles quem não queiram o contato. Isso pode ser muito real, você sabe quais são as únicas tribos indígenas nunca tocadas no mundo ? Estão na Floresta Amazonica, e seu acesso é vetado pelo Governo.

    Por que ? Para preservar seu modo de vida e evitar choque de culturas, ou seja, ética.

    Não quero misturar religião com esse assunto, mas infelizmente a explicação mais racional que ouvi à esse respeito veio de um religioso (quando deveria vir de um cientista), no caso Chico Xavier no programa Pinga Fogo da TV TUPI (Vol I e II tem em DVD pra alugar), Chico responde:

    ————
    Compensa Ler
    ————

    Se não entrarmos numa guerra de extermínio nos próximos 50 anos, então poderemos esperar realizações extraordinárias da ciência humana, partindo da Lua. Emmanuel lembra que quando Colombo saiu pedindo recursos para achar uma rota mais fácil para as Índias, muita gente considerou o programa dele caro demais e absolutamente inútil para a humanidade, até que ele conseguisse o apoio de Fernando e Isabel. Hoje, quatro séculos depois, sabemos da importância do feito dele. Portanto não podemos acusar nossos irmãos que estão se dirigindo à Lua para pesquisas que devem ser considerada da máxima importância para o nosso progresso futuro, pois as despesas serão naturalmente compensadas com, talvez, a tranqüilidade para uma sociedade mais pacífica na Terra, porque se não entrarmos num conflito de proporções imensas, é possível que o homem construa na Lua cidades de vidro – cidades estufa – onde cientistas possam estabelecer pontos de apoio para observação da nossa galáxia.

    Tais cidades não são sonhos da ciência, e com muito sacrifício da humanidade poderão ser feitas, e com elas poderão obter azoto, oxigênio, usinas de alumínio e formações de vidro e matéria plástica na própria Lua, e a água será fornecida pelo próprio solo lunar.

    Teremos, quem sabe, a possibilidade de entrar em contato com outras comunidades da nossa galáxia, então vamos definitivamente encerrar o período bélico na evolução dos povos terrestres, pois vamos compreender que fazemos parte de uma grande família universal, pois não somos o único mundo criado por Deus.

    Portanto nós precisamos prestigiar a paz nos povos, com a delegação máxima para a ciência, para que possamos auferir esses benefícios num futuro talvez mais próximo do que remoto, SE NÓS FIZERMOS POR MERECER.”

    Pois é, quem sabe não seja eles (os aliens) quem não querem aparecer ? Sempre achamos que são os militares né :-)

    Abraços,

  6. Cristiano Gomes disse:

    Será o círculo uma invenção terráquea? Será que em mais de oito bilhões de anos (descontando cinco bihlões de anos para uma civilização como a nossa se formar depois de todos os ingredientes estarem disponíveis na galáxia) em que centenas (senão milhares ou milhões ou bilhões) de civilizações como a nossa poderiam ter se formado e explorado a galáxia, nenhuma delas pensou em criar aviões ou naves em formato de círculo (lembrando que este deve ser um dos formatos mais comuns no universo, depois do ponto e da reta)? Vale lembrar que o círculo está à nossa volta, há milhares de anos, na forma de gotas d’água, pratos, na roda (outra invenção terráquea?) e na lua dos namorados, que é um satélite natural, entre tantos outros corpos celestes, observáveis em toda a galáxia, como planetas e estrelas. Esses “credófobos” (gente com medo de acreditar em alguma coisa – só pra criar mais um rótulo inútil, mas que acabam sendo muito usados por aí, pelos propagandistas de crenças e descrenças) parecem não entender que qualquer alienígena idiota teria pensado em fazer um avião com formato circular (e a que chamaríamos isso? “Círculos voadores”?). Se o fizeram e o utilizam para nos explorar e/ou a outros, isso não significa que estão imitando alguém. Dizer isso é elevar a arrogância humana ao extremo! É querer acreditar que não somos só os primeiros habitantes da galáxia, mas também os únicos a termos idéias tão simples. Se ainda aparecesse algum UFO com o formato do Mickey Mouse, ainda vá lá, mas círculo?…

    E o cilindro? Quem inventou o cilindro? Será que foi o mesmo cara? E o triângulo? E esfera? E não aparecem mil UFOs nesses formatos?

    Será que numa improvável descida de extraterrestres na casa branca a primeira coisa que deveríamos lhes dizer deveria ser:

    “Plagiadores safados!”?

    Pra isso, acho melhor patentearmos logo o círculo (e não se esqueçam do cubo, do losango, da elipse…).

    Cristiano Gomes

  7. Patrick disse:

    Considerando que não existem discos voadores,
    até que o assunto rende muito texto.

  8. carlos disse:

    disco voadores existem vidas em outro planeta tambem, antes do mundo existir eles ja,existiam porque eles naõ saõ materia fisica ,biologica , o outro tipo de materia,….que o serhumano conhece esta muito alem da quilo que nós conhecemos.

  9. joão disse:

    em tantas galáxcias porque não existir vida nelas! porque só nosso planeta tem vida eim há milhoes de galáxcias e milhres de planetas que jamais poderão ser visto pelo homem eu acredito que exista vida SIM

  10. Silva disse:

    Olá amigo, vim aqui para deixa o link onde estão todas as obras do Cientista Herbert Alexandre Galdino Pereira da área de Eletromagnetismo Aplicado e Aviónica. Ele é autor da Teoria do Triângulo das Bermudas, que visa explicar o que ocorre com os aviões ao entrarem nessa zona, Teoria dos Celulares e Eletricidade Estática, e Orientação aos Aviadores Brasileiros ao voarem a Serra do Cachimbo, em Mato Grosso, pois existe campo Magnético na área do Brasil (relaciona-se ao vôo 1907 e com o Tráfico Aéreo). Entre outras obras.
    Deixo o Link aqui em baixo para Leitura e Downloads das Obras deles.

    http://www.scribd.com/people/documents/13555060-fuma-a

    Um abraço.

  11. claudio disse:

    se o cara escuta vozes e passou anos no hospício ele é esquizofrênico

  12. Cristiano disse:

    Olá!
    Defendo de forma veemente o pensamento racional e o ceticismo, desde que seja apoiado por evidências e raciocínio adequado.
    No caso do vídeo, este serve como indício inquestionável de que “ovnis não vêm de dentro de cavernas”; o próprio assundo de avistamento de ovnis é decerto questionável. Entretanto, isto ainda não explica diversos elementos para os quais ainda não se têm provas concretas de fraude – como ruínas possíves ruínas submersas de mais de 10.000 anos (quando nossa espécie ainda não tinha conhecimento suficiente para criá-las, segundo o que se sabe) ou conexões entre simbolismos indígenas e primitivas em lugares opostos do globo.
    É certo que, com o tempo, teremos explicações comprovadas para tais fenômenos; mas assim como não é prudente concluir como autêntica uma evidência sem analisá-la, também não o é o descartar da mesma.
    Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *