CeticismoAberto é um empreendimento educacional que tem entre seus objetivos:

  1. Educar o público sobre os princípios e a necessidade do ceticismo e do pensamento crítico em nossa sociedade.
  2. Investigar alegações pseudocientíficas e do paranormal em geral, com uma ênfase naquelas localizadas em território nacional.
  3. Promover a educação, especialmente nas áreas de ciência e habilidades de avaliação crítica.
  4. Reunir e disseminar informação de interesse a céticos.
  5. Fornecer um fórum para que céticos publiquem suas idéias e contribuam para o diálogo em tópicos relacionados ao pensamento crítico.

Enfatizamos que o ceticismo se traduz na dúvida inquiridora, motivando análises e investigações rigorosas em busca de um maior e melhor esclarecimento. A investigação cética, assim, não ameaça a verdade real. Se uma alegação é válida, mesmo o mais ardoroso dos questionamentos produzirá no máximo uma confirmação adicional de sua validade. Se ela está errada, ganhamos uma oportunidade de descobrir a resposta correta.

O nome “CeticismoAberto” pretende deixar claro que o ceticismo defende a dúvida inquiridora, não a certeza dogmática, estando aberto a novas idéias e possibilidades, mas exigindo sempre provas rigorosas para a aceitação de qualquer alegação.

História

Criado em 2001 por Kentaro Mori, a maior parte do conteúdo deste website foi produzido até 2013, chegando a quase 2.000 textos e mais de 30.000 comentários, com picos de mais de 1 milhão de visitas ao mês.

Fora do ar desde 2016, a versão que retorna à rede em fevereiro de 2021 está sendo restaurada a partir de uma cópia de arquivo de fins de 2013 — os comentários e o conteúdo de 2013 a 2016 foram infelizmente perdidos, embora boa parte ainda possa ser vista no Internet Archive.

Colaboraram para manter este sítio online: Alexandre Taschetto de Castro, Fabricio Fleck, Fátima Regina Machado, Francisco Stefano Wechsler, Organização de Pesquisas Ufológicas (OPUs), Sergio Navega, Wellington Zangari e Widson Porto Reis, entre muitos outros, que auxiliaram seja financeiramente ou com o trabalho necessário em CeticismoAberto. A eles somam-se as dezenas de autores dos artigos publicados.

Contato

Você pode entrar em contato através do endereço de email [email protected]