Comments

  1. Estranho esse pessoal tem dificuldade para descobrir se em marte há ou não gelo e ficam com papo de criar mapas de galáxias.

    Isso é o mesmo que tentar desenhar o mapa do brasil subindo no telhado de casa.

    Sou bem cético quanto a esses mapas .

  2. Marcel.

    Concordo com sua visão. Esses “inventores” de tempos em tempos apresentam novas teorias e querem que aceitemos tudo porque é ciência.

    Antes do Hubble, afirmaram e reafirmaram enormes besteiróis. Depois, não tiveram nem coragem de desmentir. Passaram por cima e de novo teorizaram.

    Mesmo com o grande alcance do Hubble, ainda que tímido e limitadíssimo para a Via Láctea, teorizam e afirmam que a ciência não possui dogmas, que isso é somente coisa de religião.

    A Astronáutica realmente mudou a visão da astronomia, e é necessário que a astronomia continue a avançar, mas a imaginação desse céticos absolutistas voa muito mais do que os ovnis que eles não acreditam existir. Ou melhor, que fingem não existir porque não sabem explicar.

  3. sei lá bixo…

    na minha opinião, esses mapas é só pra quem tem interesse ter algo pra ver…
    são desenhos feitos a partir de suposições.

    e quanto aos erros das ciências, é claro que ela erra!!!
    e erra muito mais que avança!
    como diria sei lá quem, se você acertar a porta que procura logo na primeira tentativa, nunca vai saber o que tem nas demais.
    Ou seja, a ciência avança porque erra!!! e erra muito!!!
    acho que esta é a única diferença entre a religião e a ciência: e religião dificilmente aceita que comete erros, visto q supõe ter sido criada por um ser supremo!

    tanto ciência como religião são baseadas na fé!!! ou será que conservação de energia não é fé???
    energia é algo tão abstrato, que até hoje não possui definição, e não venha dizer que a energia é a capacidade de realizar trabalho, porque trabalho simplesmente é energia!!!

    enfim, acho que religião é uma invensão do homem!!!
    o mundo ta aí, e porque o ser humano se fecha achando que existe uma verdade absoluta, muito sofirmento há de causar!!!
    haja visto a bosta da inquisição!

    penso que no lugar de preder tempo numa igreja ou pedindo perdão e blablabla, faça alguma merda, porra!!! o tempo que gasta pedindo perdão, poderia gastar pensando em como melhorar, e o tempo pedindo para que algo aconteça, poderia gastar fazendo acontecer…

    geralmente quem ganha uma luta é quem bate mais, e não quem ajoelha

    acho que começei a viajar

    to pluto

    de plutão mesmo!

  4. A religião não é uma invensão do homem, é uma lembrança inconsciente do mundo espiritual.porque hora estamos na matéria e hora fora dela.
    É sabido que antigas civilizações tinham filosofias bem avançadas para a época.
    Todos somos médiuns, uns mais outros menos,mas todos nós temos percepções espirituais. Lembre-se também que os dez mandamentos recebidos por Moiseis do velho testamento, vieram através da mediunidade.
    A religião é imcompleta confusa, mas os erros são nossos e não do divino.

  5. Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta da perdição e espaçoso o caminho que ela conduz,e muitos são os que por ela entran._ Quão pequena é a porta da vida!quão apertado o caminho que a ela conduz! e quão poucos a encontran! JESUS
    Larga é a porta da perdição, porque são numerosas as paixões más e porque o maior número envereda pelo caminho material. É estreita a da salvação,porque a grandes esforços sobre si mesmo é obrigado o homem que a queira transpor, para vencer suas más tendências, coisas a que poucos se resignam. É o complemento da máxima: ” Muitos são os chamados e poucos os escolhidos.”
    Tal é o estado da humanidade Terrena,que é um mundo de expiação.
    Quando se achar transformada , a estrada do bem será a mais frequentada. Aquelas palavrasdevem, pois,entender-se em sentido relativo e não em sentido absoluto. Se houvesse de ser esse o estado normal da humanidade, teria Deus condenado à perdição a imensa maioria das suas criaturas,suposição inadimissível.
    Mas,de que delitos esta humanidade se houvera feito culpada para merecer tão triste sorte, no presente e no futuro,se toda ela se achasse degredada na terra e se a alma não tivesse tido outras existencias? Por que tantos entraves postos diante de seus passos? Por que essa porta tão estreita que só a poucos é dado transpor, se a sorte da alma é determinada para sempre, logo após a morte? Assim é que, com a unicidade da existência,o homem está sempre em contradição consigo mesmo e com a justiça de Deus. Com a anterioridade da alma o horizonte se alarga; faz-se luz sobre os pontos mais obscuros da fé; o presente e o futuro tornam-se solidários com o passado, e só então se pode compreender toda a profundeza, toda a verdade e toda a sabedoria das máximas do CRISTO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *