MENU

OVNIs Mexicanos: caso encerrado (de novo)

Falece John Mack, terapeuta de abdução

26 de setembro de 2004 Comments (0) Views: 931 Geral

Não perca! Fim do mundo esta quarta-feira!

Não perca! Fim do mundo esta quarta-feira!



Programem-se: o mundo vai acabar esta quarta-feira, com a colisão do asteróide Toutatis. Supostamente em 1978, e citando conhecimento dos “Plejaranos”, Billy Meier previu que em setembro de 2004:

“Uma ameaça definida estará presente que deve ser levada a sério porque, como os Plejaranos afirmam, as chances de um curso de colisão [com um “cometa”] existe. Contudo, isto não deve causar um declínio geral da moral global já que muitas mudanças podem ocorrer antes do ano de 2004, isto é, o cometa pode ser empurrado para fora de sua órbita se, por exemplo, terráqueos responsáveis focalizarem seus esforços em tal. A detonação de um cometa através de bombas nucleares, etc, seria possível, mas talvez o cometa seja lançado a outro lugar, por exemplo, através da influência gravitacional de outros sistema planetários maiores, e assim por diante”.

Como sabemos, não construímos nada como as naves do filme Armageddon, não há nenhum Bruce Willis indo para o espaço (ou Liv Tyler na NASA!). Assim, podemos estar razoavelmente certos, segundo Meier, de que o mundo vai acabar. Devemos levar a profecia de Meier a sério porque ele até mesmo deu o nome correto de tal asteróide, dez anos antes que ele fosse descoberto! Vejam um trecho de sua profecia:

“No final dos anos 80 e início dos 90, ele deverá ser descoberto, depois do que receberá o nome de ‘Toutatis‘ pelos terráqueos, muito provavelmente, como os Plejaranos afirmam”.

Toutatis foi descoberto em 1989! Toutatis realmente terá sua maior aproximação em um século. E isso será nesta quarta-feira, dia 29! Saiba mais sobre Toutatis, um asteróide com a forma aproximada de uma noz. Mas uma noz com quase 5 km de tamanho.

Mas, com os pés no chão, o que há de sério nisso tudo? Na verdade, os astrônomos não estão preocupados com Toutatis, que passará perto, mas em termos astronômicos. O que a nós é astronomicamente longe: quatro vezes a distância da Terra à Lua. Veja o artigo da Space.com (em inglês).

E onde entra nosso contatado suíço na história? Como ele pôde prever tudo isso mais de dez anos antes da descoberta de Toutatis? Na verdade, ele não previu. Embora o livro com tais previsões seja dado como “publicado em 1978”, não teve uma “grande circulação” nessa época. O livro só foi realmente publicado em 1993. Provavelmente, Meier escreveu sua “profecia” sobre Toutatis no início de 1989, pouco depois do asteróide ser descoberto e anunciado (o nome Toutatis, aliás, veio por inspiração dos quadrinhos de Asterix). Prever algo que já aconteceu é muito comum entre videntes, aliás. Mas esta é apenas uma das descobertas de uma análise de 13 profecias de Meier — nenhuma das quais pôde ser verificada. Veja em inglês, o PDF aqui, das páginas do IIG-West sobre Meier-Horn.

E que o céu caia sobre minha cabeça se estiver mentindo.

Tags: , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *