Kenadie Jourdin-Bromley nasceu em 13 de fevereiro de 2003, pesando pouco mais de um quilo. Diagnosticada com uma raríssima condição denominada nanismo primordial, os médicos não esperavam que Kenadie vivesse por muito tempo, mas ela ainda está conosco. Não deve chegar a um metro de altura ou pesar mais do que quatro quilos.
Confira seu website, com belas fotos deste “menor anjo” com sua família, que também pede por doações para ajudar a custear as várias despesas de Kenadie.
Há quase duzentos anos atrás, uma menina com a mesma condição foi explorada em exibições e faleceu de exaustão. Era Caroline Crachami, a “Fada Siciliana”.
[via Neatorama]

Comments

  1. Olha que bom que ela vive bem, tenho na minha familia um caso de nanismo e só quem vive junto sabe o amor que tomamos com essas pessoas especias, pois é a pessoinha mas linda que já vi,, realmente são Anjos,Anjos de Luz em nossas vidas…

  2. estamos vivendo o primeiro caso de nanismo em minha familia não sei muito sobre,por isso estou pesquisando fico feliz em saber que á chance de vida nestes casos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *