moa0124

Todos conhecem criaturas lendárias tornadas populares no século passado como o Monstro do Lago Ness ou o Pé-Grande, tão em voga por estes dias. Curiosamente, no entanto, criaturas exóticas muito reais não recebem tanta atenção, e um dos maiores exemplos deve ser o Moa.

Imagine algo como um avestruz gigante (embora seu parente mais próximo sejam emus), realmente grande, com mais de 200Kg, 3,6 metros de altura e sem asas. Ou melhor, assista a este comercial dos anos 1990:

O comercial exagera o tamanho da criatura, mas muitos podem se surpreender ao saber que os Moa realmente existiram. Viveram na Nova Zelândia até que foram extintos por volta do século 15 através da caça predatória ““ imagine o tamanho de uma coxa de Moa assada ““ e as mudanças em seu habitat provocadas pela colonização humana.

A foto que ilustra este post é de uma reconstrução do início do século passado, não existem fotografias de Moas vivos, embora haja alguns rumores e relatos não corroborados de que ainda haveria alguns espécimes escondidos em algum canto das ilhas. Infelizmente, isso é muito pouco provável, e os Moas sobrevivem apenas como memória.

Apesar de certo sucesso popular em países como o Japão, a obscuridade dos Moa em relação com estrelas das espécies extintas como os pássaros Dodôs talvez possa ser explicada porque os Moas foram extintos pelos nativos Maori, ao contrário dos mais desengonçados e menos impressionantes Dodôs que sumiram mais tarde ao longo da colonização ocidental das ilhas Maurício.

Comments

  1. Talvez os “criptozoologistas” de plantão consigam uma fantasia de Moa na mesma Loja onde é possível comprar fantasias do Sasquatch, quem sabe… ;) Interessante o artigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *