Pesquisadores austríacos descreveram um efeito incomum e inesperado da água sujeita a altas voltagens: uma ponte suspensa de água. Análises do grupo da Universidade de Tecnologia de Graz sugerem que a explicação pode estar na natureza da estrutura da água.
Inicialmente, a ponte se forma por causa das cargas eletrostáticas na superfície da água. O campo elétrico então se concentraria dentro da água, organizando as moléculas para formar uma microestrutura altamente ordenada. Esta microestrutura permanece estável, mantendo a ponte intacta. Com um diâmetro de até três e uma distância de até 25 milímetros, a ponte ainda transporta líquido de um béquer a outro. Depois de alguns minutos, a estrutura se divide em várias, e depois que a temperatura se eleva de 20 para 60 graus — o que aconteceu depois de 45 minutos — a ponte finalmente se desfez.
Como se comentou, lembra o filme O Segredo do Abismo, com seus extraterrestres subaquáticos.

O efeito é descrito em Fuchs, Elmar C., Woisetschläger, Jakob, Gatterer, Karl, Maier, Eugen, Pecnik, René, Holler, Gert, and Eisenkölbl, Helmut. “The floating water bridge.” J. Phys. D: Appl. Phys. 40 (2007) 6112-6114.
[via Physorg]

Comments

  1. Acabei de ensaiar este experimento.
    Funcionou muito bem. E realmente fantástico a formação da ponte.
    O comportamento da ponte formada, muda dependo do tipo de aguá que você esteja utilizando durante os ensaios.
    Eu utilizei um fonte de alta tensão de construção própria, com ajuste de voltagem variando de 0 á 30Kv.
    Vagner – IF-USP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *