MENU
banner_dispersando.jpg

Podcasts de Ciência em Português!

st_juandiego.jpg

O Efeito CSI e o Milagre Católico de Guadalupe

19 de setembro de 2010 Comments (89) Views: 11624 Destaques, Fortianismo

“Especialistas” em círculos ingleses destroem sua evidência

andrewsvstalbott 

Uma bomba foi lançada no meio dos entusiastas dos círculos ingleses. Dois dos mais famosos “cereologistas”, “circólogos” ou como quer que se chamem os supostos especialistas em círculos nas plantações, entraram em conflito direto quando Colin Andrews (esquerda) revelou publicamente como forneceu amostras “falsas” à equipe de Nancy Talbott (direita).

Como Andrews suspeitava, recebeu um relatório declarando as amostras “falsas” como “uma área que recebeu energia transiente de um grau ainda maior que o pequeno círculo próximo”. Que também havia sido criado pela equipe de coletores de amostra para testar a qualidade da pesquisa da equipe formada por Talbott, John Burke e William Levengood, a equipe BLT.

Em resumo, Andrews provou como plantas amassadas por seres muito humanos enganaram os autores das principais pesquisas usadas como “prova” de círculos ingleses “autênticos”. E o teste foi feito há mais de uma década, sendo conhecido por Andrews e mesmo Talbott pouco após sua realização. A história completa, a seguir.

 

“BLT errou, deve admiti-lo e seguir em frente”

Em 3 de agosto de 1995, Colin Andrews e um grupo de coletores de amostras que colaborava com a própria equipe BLT decidiu realizar seu teste. “Ao longo dos anos, eu e a equipe de coletores de amostras BLT começamos a suspeitar dos resultados de Levengood porque amostras tomadas de círculos que sabíamos serem falsos retornavam como um fenômeno genuíno”, conta Andrews.

Abaixo, James Withers, da equipe de coletores BLT carrega a tábua de madeira que usará para criar um pequeno círculo de pouco mais de um metro de diâmetro.

withers_crop

Amassadas as plantas, amostras são coletadas por Shelly Keel e Yvonne Withers para serem enviadas a Nancy Talbott, da equipe BLT, a fim de serem analisadas por William Levengood.

crop_sample

Como um teste adicional, além do círculo amassado com a tábua e cordas, também foram coletadas amostras de plantas tombadas naturalmente pelo vento (“lodging”). Uma vista aérea da área e das plantas tombadas, com tábuas (esquerda) e naturalmente (direita) também é oferecida por Andrews.

1995-LevengoodBlindTest4-360x259  

Meses depois, a equipe BLT deu seu veredito. Com relação ao pequeno círculo amassado com tábuas, Levengood escreve que apresentaria nódulos alongados de forma estatisticamente significante, ao contrário das amostras de controle. “Isto demonstra que as energias estavam confinadas dentro da formação”, considera. E vai bem além, alegando que “seu traçado geométrico segue matematicamente o modelo não-linear de colisões de onda de choque iônico-acústicas em um plasma íon-elétron”. Não entendeu o que isso significa? Levengood mesmo explica: “isto significa que, de formulações teóricas, somos não apenas capazes de definir o traçado geométrico da formação, como podemos também responder pela energética organizada em seu interior”.

BLT-Report75-CPR-Andrews-663x458

Levengood se estende ainda mais, mas se você ainda não entendeu o que isso significa, não se preocupe. É pura pseudociência, misturando termos supostamente técnicos, em uso desnecessário ou mesmo inapropriado. Até a teoria do caos é invocada para explicar o que, como Andrews demonstra em vídeo, é em verdade um pequeno círculo amassado com tábua e cordas.

Já as plantas tombadas naturalmente pelo vento apresentariam não apenas nódulos alongados, como “em todos os casos os nódulos apicais dentro da área supostamente com ‘dano pelo vento’ estão significativamente expandidas. Isto demonstra claramente que este não é simples dano pelo vento, mas sim uma área que recebeu energia transiente de um grau ainda maior que o pequeno círculo próximo”.

Isto é, plantas tombadas pelo vento seriam ainda mais “anômalas” que aquelas amassadas com uma tábua. Há algo muito errado aqui.

 

BLT e o lençol queimado

Revelações bombásticas desta natureza questionam todas as pesquisas e a metodologia conduzidas pela equipe BLT. Já se sabia que várias dessas pesquisas contavam com um pregador de peças holandês como testemunha – e um que continua sendo apoiado em evidência muito duvidosa por Talbott. Também se questionava há muito a fundamentação metodológica de pesquisas que buscavam comprovar a existência de círculos “autênticos” sem jamais estabelecer critérios claros e objetivos sobre o que seriam círculos “autênticos”.

Mas descobrir que desde 1995 se sabe que Levengood descreveu exatamente as mesmas anomalias tão propaladas – nodos alongados e expandidos – em plantas comprovadamente tombadas por tábuas e vento é um golpe direto e talvez fatal a qualquer credibilidade que pudesse ser atribuída a tais pesquisas.

Como a equipe BLT reagiu? Talbott inicialmente divulgou uma nota afirmando que ninguém poderia questionar suas pesquisas sem replicá-las ou entendê-las, mas após Andrews divulgar toda a história do teste, Talbott removeu a declaração. Ela agora afirma que não fará declarações públicas a respeito do episódio e que os interessados devem dirigir-lhe questionamentos em privado. Uma estranha reação a acusações gravíssimas.

O silêncio lembra o comportamento do mesmo Levengood após atestar supostas anomalias em um lençol queimado promovido por um brasileiro. Urandir Oliveira apresentou um lençol chamuscado como evidência de que teria sido levado por extraterrestres, alegação duvidosa na qual foi devidamente apoiado em um suposto relatório científico produzido pelo mesmo doutor William Levengood.

burntbed 

O americano Royce Myers demonstrou como as mesmas características descritas por Levengood como anômalas podiam ser reproduzidas simplesmente com qualquer fonte de calor intenso como um maçarico portátil. Ao menos no caso do lençol queimado Levengood parece não ter invocado a teoria do caos, mas a qualidade de sua metodologia e conclusão parece tão ou mais questionável.

 

Apontando o dedo em círculos

É evidente que Colin Andrews busca questionar diretamente a equipe BLT. Por que demorou tanto tempo para expor a público o teste que conduziu? Andrews também revelou que desde 1999 enviou o vídeo com todo o teste à própria Talbott. Por que a equipe BLT não admitiu publicamente seu erro já então? São perguntas ainda sem resposta, e dada a declaração de silêncio de Talbott, talvez ainda permaneçam mais alguns anos assim.

Fato é no entanto que Andrews está longe de ser um pesquisador cético. Muito pelo contrário, é um dos mais famosos promotores da tese de que haveria círculos misteriosos, “autênticos”. Ainda que o próprio Andrews já tenha declarado autênticos círculos comprovadamente criados por seres muito humanos.

Enquanto muitos entusiastas falam ainda hoje da necessidade de monitorar constantemente as áreas onde surgem círculos nas plantações para resolver de vez o suposto mistério, o que talvez ignorem é que isso já foi feito inúmeras vezes. No verão de 1990, o próprio Colin Andrews comandou a “Operação Pássaro Negro”, contando com muitos recursos fornecidos por uma equipe de televisão japonesa interessada em explorar o tema, e o apoio da sisuda BBC, também interessada em documentar a pesquisa.

A ambiciosa Operação de monitoramento da formação de círculos ingleses já era em verdade a segunda empreendida por Andrews – no ano anterior, havia sido a “Operação Corvo Branco” – e contou mesmo com a colaboração do exército britânico, uma vez que a área monitorada estava próxima de uma área de tiro.

Inúmeras câmeras de alta sensibilidade foram apontadas para a vasta área de plantas intactas, um convite para que círculos se formassem. Mesmo sofisticadas câmeras infravermelhas foram utilizadas. Além da mídia registrando a Operação, estavam muitos curiosos e entusiastas, que garantiriam que nenhum pregador de peças interferisse no experimento e o mistério fosse devidamente capturado. Em uma manhã de quarta-feira, o que todos esperavam foi descoberto: dois grandes círculos cercados por quatro menores surgiram “em frente de todo o equipamento de vigilância. … Tivemos uma situação aproximadamente às 3h30 da manhã. No monitor várias luzes laranjas tomaram a forma de um triângulo”, declarou Andrews em uma coletiva que convocou no momento.

Ele logo se arrependeria amargamente. Perguntado se ele os círculos poderiam ter sido criados por brincalhões, Andrews foi veemente:

“Não, de forma alguma. Temos equipamento de alta qualidade aqui e de fato registramos em equipamento de alta qualidade um grande evento… temos algo muito importante… Sim, temos tudo gravado e temos, como disse, um objeto formado sobre o campo… Não faremos nada mais agora até que tenhamos helicópteros sobrevoando a área, para filmar o que temos, antes que qualquer um entre no campo”.

Ele se arrependeria amargamente desse estranho protocolo de anunciar grandes descobertas antes mesmo de analisá-las, porque quando foi finalmente visitar os círculos sobre os quais estava tão empolgado, acompanhado das câmeras de TV registrando tudo, descobriu que no centro dos círculos estavam estacas cruzadas e certos elementos azuis. Os elementos mostraram ser jogos de tabuleiro circulares, muito humanos, deixados pelos criadores dos círculos, obviamente humanos, como prova de quem havia criado os círculos.

bbc_crop_hoax

Em uma espécie de reality show, com as câmeras registrando tudo em tempo real, Andrews não podia fazer nada além de admitir que havia sido enganado. Incrivelmente, não foi o que fez.

Horas depois de descobrir a verdade sobre os círculos que assegurou que não podiam ter sido fraudados, a história passou a ser a de que:

“Assim que vi as bordas do primeiro círculo, podia dizer que era uma fraude óbvia… Uma inspeção do solo mostrou dano muito severo – perturbações consistentes com pés humanos”.

E em uma tentativa talvez desesperada de reverter o fracasso em triunfo, anunciou:

“Este caso aumentou nossa credibilidade, já que fomos capazes de detectar uma fraude em segundos… nosso equipamento pode dizer em segundos se um círculo é uma fraude ou não… ele até detectou o calor dos corpos dos perpetradores!”.

Mas poucos encararam os resultados da Operação e o vexame de Andrews desta forma. As luzes que detectaram eram os pregadores de peças humanos amassando as plantas. A BBC noticiou o vexame à época:

Posteriormente, ele diria que havia sido desmoralizado em uma rocambolesca operação militar e que seria mesmo perseguido por misteriosos agentes de preto. No vídeo acima, a frustração do associado de Andrews, Pat Delgado, é evidente. Ninguém os obrigou a declarar os círculos autênticos antes mesmo de visitá-los. O descrédito público foi fruto de sua própria precipitação. Talvez esse caso o tenha inspirado a testar, cinco anos depois, os resultados da equipe BLT. Que também falhou, e como Andrews, mas com quinze anos de atraso, agora deve lidar com seu vexame.

Não será surpresa contudo que venham com desculpas esfarrapadas para explicar o fracasso expondo visceralmente a ciência falaciosa que promovem para vender um mistério que não existe. Desenhos em plantações são obras que provocam fascinação, mas não há nenhuma evidência concreta que sejam algo além de obra de humanos, para humanos.

Ainda que os sonhos e especulações que provoquem sejam decididamente de outros mundos.

– – –

andrewsvstalbott

Tags: , , , ,

89 Responses to “Especialistas” em círculos ingleses destroem sua evidência

  1. Julio Amaral disse:

    Eu acho que ceticismo é uma doença.
    Prazer em destruir o que as outras pessoas gostam de acreditar… sendo falso ou não.
    Tenho certeza que o Sr. sente um forte prazer (quase sexual) quando completa uma matéria dessas.

    • Elton disse:

      Enganar as pessoas com esse tipo de coisa deve sim ser uma doença, não revelar a elas toda a verdade. Assim ficamos séculos nas trevas, como na idade média.

    • J.. disse:

      A ignorancia é uma benção , o colega acima prefere que as pessoas continuem na iginorancia enganando e send oenganados

    • Alexandre Nardelli disse:

      Parece ser mais fácil viver de sonho que de realidade. Mas felizmente, enganar os outros não é uma opção, é safadeza, falta de caráter. A verdade deve ser dita, doa a quem doar.

    • Ernesto Gomez disse:

      Meu caro,se uma situação se constituir de fraude ela tem que ser SIM,desmascarada e exposta,doença mesmo é o fanatismo,ver oque você quer que exista,enganar pessoas fazendo com que elas acreditem em suas mentiras,ser cetico não é uma doença,e sim um ponto de vista.

    • Alfred disse:

      Ah, tá.. Então o ceticismo é uma “doença” e o fraudador é uma pessoa saudável e íntegra. E os que acreditam devem continuar sendo enganados. Que interessante esse tipo de visão.

  2. eduardo disse:

    kkkkkkkkkkkkkk……. tô rindo do comentário do Júlio Amaral….. kkkkkkkkkkk…. e ae Kentaro, foi bom pra vc fazer essa matéria?… kkkkkkk….

    É incrível como tem gente q gosta de ser enganado mesmo qnd a verdade é revelada…

    Amigão, se vc ker continuar acreditando em suas fábulas, pq comparece a esse site?
    Aqui vc só ficará decepcionado por descobrir que a “fada-do-dente” é só uma fantasia e q o pé-grande só um babaca de roupa de macaco q ele comprou na 25 de Março-SP…. kkkkkkkkkk

    • alexandre disse:

      Mais um agente da nova ordem mundial e pelo jeito muito bem pago!
      Sr. 100% esclarecido não adianta fazer o máximo para se desdobrar diante dos fatos comprovados tentando sempre para tudo dar uma resposta plausivel sobre assuntos delicados somente para ocultar certas verdades! Pois hoje em dia só não enxerga que não quer então para cima de mim e outras pessoas que cada vez mais hoje estão acordando para realidade desse mundo desculpas cientificas esfarrapadas não colam mais quem sabe você ainda consiga enganar alguns alienados pela midia que ainda achão que a terra é o centro do universo hehee … Lamentável como ainda tem pessoas como você que são manipuladas por alguns centavos!

    • Cristiano disse:

      Eu não sabia que agora era feio esclarecer a verdade e bonito deixar as pessoas se enganarem. Sádico, eu acho, são pessoas como as conspiracionistas, que apesar dos fortes argumentos que evidenciam ao contrário, ainda acreditam e divulgam sobre discos voadores, círculos feitos por alienígenas, etc. Na minha opinião, acho que essas pessoas fazem isto para se promoverem e ganharem dinheiro com vendas de livros sobre o assunto.

  3. Anna Terra disse:

    Acho que a maior doenca de todas e o “capitalismo” … qq que seja o asunto sempre havera pessoas que fazem de tudo para transformar o acontecido em dinheiro … e quando se vive de acontecimentos digamos “misteriosos” e esses nao ocvoorem com tanta frequencia as pessoas comecam a fabricalos para que a fonte de renda nao se esgote, independente de serem ceticos ou crentes . Um exemplo disso e o movimento exoterico (nova era) … cara esses caras acreditam em tudo de bruxaria celta a E.T. de varginha desde que de para escrever e vendrer alguma coisa a respeito .

  4. sartori disse:

    mesmo com todas estas falsidades reveladas o ser humano ainda prefere a fantasia a realidade….

  5. alexandre disse:

    Pessoal não sei como vocês ainda perdem tempo com esse site é só desinformação e somente mais um agente da nova ordem mundial como tantos outros que são pagos par trazer desinformação para as massas!

  6. Tallick - Cético disse:

    Carta ao Sr. Julio Amaral

    Para os menos esclarecidos como o Sr. Julio Amaral, que acredita (sem nenhuma base lógica e sustentável para isso)que o ceticismo é uma doença, me vem algumas questões á mente; o que para vc significa a palavra ceticismo? O que é um cético? Para que serve o ceticismo? Como se define uma pessoa cética ou o ceticismo? Os medicamentos e drogas da medicina atual, as técnias estudadas e inventadas até hoje pela nossa medicina atual, para nos curar de enfermidades e facilitar a nossa vida diária, veio de onde, de experimentos e testes científicos céticos ou caiu do céu como uma benção divina?
    Tendo tais questões, e sabendo como seria uma resposta plausível e lógica para cada uma delas, vc ainda diz que o ceticismo é uma doença? Onde vc viu ou leu esse artigo científico? Em qual site de psiquiatria? Qual médico psiquiatra ou nao lhe disse isso? Afinal de contas, como vc descobriu isso? Ficarei esperando por uma resposta sua, caso vc o tenha, mas que seja uma resposta embasada, plausível, objetiva e consistente.

    Obs.: Cético, é a pessoa que usa métodos técnicos e científicos em busca de alguma evidencia sobre algo, ou em testes para se avaliar a veracidade de uma coisa ou substancia. Ou para vc, se alguem lhe disesse que o mal que está causando a sua dor de barriga é um “duende colorido”, vc ja aceitaria essa hipótese logo de cara? Se nao, vc tambem usa preceitos e técnicas céticas.
    Isso é tudo!

  7. Luciano Trentin Galelli disse:

    Obrigado, ceticismoaberto.com, pelos esclarecimentos.
    Como Matemático, gostaria de dar um pitaco com relação à uns comentários.
    A ciência não desaprova a fé, só visa esclarecer fatos. Nós não dizemos, falo como Matemático, destituir o ser humano na fé, mas que alguns fatos fraudulentos não sejam dignos de atenção, e por conseguinte, motivam à fé.
    Caro, não ache que por desmascarar os círculos atentamos a sua fé. Mas atente para outras questões que dispertem a fé. Imagina, por exempo, a organização perfeita do sistema solar, sem a quakl tu não viveria. Não é algo incrível!! A terra um pouco mais perto do sol, seria de um calor muito intenso e nós não estariamos discutindo. Do contrário, a terra mais distante do sol, haveria uma eterna era glacial na terra. Isso é algo digno de inspirar fé. Não os círculos.
    Abraço.

  8. Tallick - Cético disse:

    Carta ao Sr. Luciano Trenti Galelli

    O fato de estarmos numa posição, á uma certa distancia digamos “privilegiada” do Sol, nao me é estranho que para muitos ainda, com resquícios e pequenos fragmentos do cristianismo, venham a expor suas falácias e argumentos ja bastante ultrapaçados, baseando-se exclusivamente no criacionismo cristão. Uma vez que, o fate de haver vida aqui na terra, é meramente ocasional, uma vez que, a terra sempre esteve numa distancia e posição favorável (em todos os sentidos físicos, químicos, e biológicos) ao surgimento da vida. E se os demais planetas que conhecemos, aqui mesmo no nosso sistema solar, nao possui vida alguma, é sinal de que nenhum deles se encontra na mesma posição em que a terra está no momento, ou que nao possui as características fundamentais para o inicio do processo físico e químico, uma vez que, todos os gases existentes em abundancia aqui no nosso planeta, existe tambem em todo o cosmos ao redor do nosso planeta e ao redor do nosso sistema solar. Para entender as coisas que nos rodeiram, é apenas uma questão de imterpretação das coisas, como elas sempre foram e são. Por que é tão dificil ver isso, essa realidade nua e crua?

  9. Julio Amaral disse:

    Nossa, não pensei que vocês fossem levar para o lado pessoal, parece até que eu agredi a religião de alguem!
    Fanatismo faz mal até onde eu me lembre.
    Não importa quantas vezes vc consiga provar.. se a pessoa eh cética ela n vai acreditar, NUNCA.

    Se um fenômeno sobrenatural for explicado, vocês imediatamente vão falar: “AH… isso não eh sobrenatural… a ciência pode explicar”.
    Mas então… oque eh sobrenatural? Apesar de algo TOTALEMENTE incomum acontecer e a ciência FINALMENTE conseguir provar que aquilo realmente esta acontecendo vocês vão bater o pé no chão e dizer, isso não é sobrenatural pois a ciência já explicou.
    Para vocês nunca irá ter algo sobrenatural… e para o Senhor do dicionario, me diga oque é sobrenatural?
    Este site é como um site de um time de futebol, nele contem fanatismo, necessidade de se vangloriar (desvendamos mais uma, amigos ceticos!) e coisas do tipo, agora…. mostrar que algo extraordinário foi descoberto, algo fantástico foi provado que realmente existe… isso sim vocês não querem ver aqui.

    Cuidado com o fanatismo.
    Abraços.

  10. Felipe disse:

    Posso dizer que vou sentir um imenso prazer quando esses que acreditar no obama alien, ou nova ordem mundial ou obama anti cristo(só porque ele é negro e filho de muçulmano)… quando chegar 2012 vou botar no nick do orkut /fail 2012 no ano de 200 o mundo não ia acaba? e não acabo porque em conspiradores paranoicos.

  11. Será que esse Alexandre é o mesmo Alexandre Borges que andou comentando no meu site? :D

    É, pois é… Lá ele desistiu… kkkkkkkk

    Sobre o texto… MUITO BOM! Já estava MAIS DO QUE NA HORA de desmascarar essa pseudo-ciência dos círculos ingleses, que era mascarada de ciência.

    • alexandre disse:

      Burro da zero para ele …
      Acorda para realidade amigão o mundo não é bem como nos contaram não!
      Pesquiza a fundo de verdade sobre algumas questões pesquiza o lado plausivel e o lado cético e tira suas próprias conclusões sobre os fatos comprovados!
      Desliga sua tv deixa de ser alienado e manipulado !!!

      • Lado plausível? Tá ficando louco? BEBEU? FUMOU? CHEIROU?

        Não há NADA de “plausível” no que você disse, MUITO PELO CONTRÁRIO. Tem é de maluquice, pura e concentrada.

        Conspiracionismo, sobre o assunto que for, só será “plausível” quando apresentar evidências. Até lá, será só coisa de esquizofrênico. Só.

  12. Tallick - Cético disse:

    Carta ao Sr. Julio Amaral

    Nunca vi um ateu ou cético, lançar bombas contra multidões de pessoas inocentes, ou jogar aviões boing’s 747 contra torres e lugares habitados – Adolf Hitle era católico, tanto que ele foi batizado e nunca negou isso e acreditava receber ordens divinas -, apenas por que afirmam ouvirem uma voz dizendo para fazerem isso, afinal isso sim é fanatismo extremista, e é exatamente o que ocorre na mente sanguinária e doentia de alguns religiosos perturbados do juízo, devido á uma extrema lavagem cerebral desde a infância. Isso são coisas de alguns ateus ou céticos? Nunca foi.
    Nao é que se uma pessoa é cética, ela nunca irá concordar com algo, desde de que, quem fale tenha a prova ou evidencia. Vc por exemplo, até á uma certa altura da sua infância, acreditava em Papai Noel, entao por que deixou de acreditar nele? Isso nao são indícios de ceticismo? Se uma pessoa lhe disser que viu um unicórnio cor de roza, pastando no bosque X, vc irá acreditar de antemão, e tomará essa história, como uma verdade, ou irá investigar e procurar por provas? Se vc for acreditar de imediato, entao vc nunca saiu do seu estado infantil de inocência, uma vez que vc deva estar bem grandinho pra isso.
    Fenômeno sobrenatural, é para a ciencia algo que vai além do que é natural de acordo com senso comum é claro, e o que são coisas que vão além do que é natural? Anjos, querubins, demônios, fadas, bule voador, inferno, satanás, santos, paraíso, deuses, milagres (coisas que nao foram explicadas ou mal explicadas), tais coisas tem o seu lugar em alguma parte do universo ou do cosmos, ou podemos vê-los pelo microcóspio? Nao. Por que? Por que simplesmente existem apenas na mente das pessoas desde a pré-história, foram inventados e passados de geração á geração como uma verdade, sem um mínimo sequer de evidencia, nenhuma mesmo. A mesma coisa acontece nas culturas distintas do cristianismo, como no Hinduísmo, Budismo, Islamismo, Taoísmo, Candomblé, e outras mais. Para a ciencia, o sobrenatural nao passa disso. Fantasia!
    Pessoas como vc, igualmente muitos religiosos, sentem a necessidade da existencia do sobrenatural, mesmo que isso seja tão ilusório quanto Apólo, Zeus, Mitra e outros deuses mais. Psicologicamente vc necessita acreditar em tais coisas, mesmo que vc nao possua provas cabíveis nenhuma á seu favor e da existencia de tais coisas. Tudo ja foi explicado pela ciencia, agora o problema crucial vigente na atualidade, é os leigos por pura falta de conhecimento, e contendo alguns fragmentos religiosos passados pelos pais, verem as evidencias como tal que são, pois se há evidencia, é por que algo realmente aconteceu ou está lá, mas se nao há evidencias, em nenhum lugar, nenhuma base, nenhum fragmento visível, é por que tal coisa veio da mente humana, afinal o homem é o único ser pensante na face da terra, por isso é o único ser dotado mentalmente da capacidade de criar e inventar coisas materiais e imateriais. Afinal, por que os animais nao tem supertiçoes, crendices, e religiões? Eu sei.

    Leia O Mundo Assombrado Pelos Demônios – Carl Sagam.

    • Julio Amaral disse:

      Uhn …..
      Eu até poderia escrever algo… mas eu não achei necessidade pq meu último texto pode ser colocado novamente aqui como resposta.
      Não importa a quantidade de argumentos que eu usar, nada vai mudar sua idéia.
      —-
      Única coisa que eu realmente acho um absurdo foi essa parte do teu texto:

      “Nunca vi um ateu ou cético, lançar bombas contra multidões de pessoas inocentes, ou jogar aviões boing’s 747 contra torres e lugares habitados – Adolf Hitle era católico, tanto que ele foi batizado e nunca negou isso e acreditava receber ordens divinas -, apenas por que afirmam ouvirem uma voz dizendo para fazerem isso, afinal isso sim é fanatismo extremista, e é exatamente o que ocorre na mente sanguinária e doentia de alguns religiosos perturbados do juízo, devido á uma extrema lavagem cerebral desde a infância. Isso são coisas de alguns ateus ou céticos? Nunca foi.”

      Então, pelo que você disse, todos os céticos e ateus são bons e não fazem mal.
      Meio falha essa teoria, não? Jogar a culpa na religião é facil, o problema é que as pessoas usam a religião para fazer o que querem, é como achar brechas na lei para salvar um político “gente boa”.

      Não estou dizendo que eu acredito em tudo que aparece na televisão ou no que contam por aí, mas estou dizendo que os
      céticos tem, por natureza, falta de fé e imaginação, sempre que alguém contar algo beirando o extraordinário vocês nunca irão acreditar.
      Outra coisa, se um ciêntista tenta fazer experiências para provar que existe ou não um fenômeno ele é ridicularizado pelos colegas, não me diga que isso é mentira. . .

      Não vou transformar isso em um debate. Minha opnião não mudará assim como a sua.
      Esse tipo de debate é milenar.
      Não espere resposta minha após sua réplica.

      Abraço.

    • alexandre disse:

      Cético= Manipulado!

    • Alvaro Rexs disse:

      Tallick,

      Eu já vi sim, inclusive fazendo muito pior:

      Comunistas = Ateus e Céticos

      Replique isso por favor, ok?

      • JEAN BLUM disse:

        Alvaro Rexs:

        O que você entende sobre comunismo para classificá-lo como ruim?
        És um estudioso de modelos econômicos?

        Você é fruto da manipulação da mídia americana, que fez todo o ocidente crer que o Capitalismo seria o único modelo capaz de trazer conforto à humanidade… A verdade é que o Capitalismo só está servindo para o beneficiamento de uma pequena parcela da população, enquanto bilhões estão na miséria.

        O fato é que nenhum modelo jamais dará certo, pois somos egoístas, cruéis e gananciosos. O problema do ser humano é o próprio ser humano.

        Alexandre: Ser cético é igual a manipulado? Nossa, que inversão de valores, pois quem manipula as pessoas são as religiões e os governos…

      • Alfred disse:

        A grande maoria dos ateus não é comuna. Comuna é uma pessoa crente que acredita no conto de fadas da ideologia.

        Qualquer ideologia, seja religiosa ou política, é uma farsa. Ateus que são comunas estão se enganando com um conto de fadas assim como os religiosos se enganam com o sobrenatural.

        Mas como disse acima, a grande maioria dos ateus tem um cérebro imune a qualquer ideologia.

    • peter disse:

      A ta, se eu nunca encontro o corpo de um pessoa que eu tenho certeza que foi morta então a morte dela é fruto da minha imaginação né….KKKKKKKKKKK, o pior é que assim como o religioso cre nas coisas que seus antepassados escreveram,o cetico cre nas coisas que cientistas a decadas atras escrevem e depois são desmentidos por eles mesmo, só que vamo abafar né se não fica sujo pra nossa clase.

  13. Alessandro carvalho cordeiro disse:

    é curiosa essa crença nos circulos ingleses;fico pasmo de as pessoas não acharem esquicito a hipotese de que aliens viajarião vários anos-luz de distancia ate a terra e não teriam nada mais interresssante a fazer do que desenhar círculos em plantaçoes e com curiosa preferencia por certas áreas e épocas. além do que ondas de apariçoes destes circulos ingleses geralmente ocorrem logo após o primeiro caso ser divulgado pela imprensa. obs: kentaro gostei muito,mais concordo com a colega acima que você tem de por o link das suas fontes,se não voce também fica sem credibilidade.

  14. emanuel disse:

    o fato de alguns circulos terem sido desmascarados como fraude NÃO indica que todos sejam fraudes, mas tambem o fato de NÃO se saber como foram feitos tão pouco indica que sejam extra-terrestres. afirmar uma coisa ou a outra como certeza absoluta é anti-cientifico.

  15. Olavo disse:

    Com certeza, já foi provado que alguns círculos eram falsos, porém outros ainda continuam misteriosos. É possível sim amassar plantações com alguns instrumentos da noite para o dia, no entanto com a simetria que alguns possuem fica quase impossível, outro dia passou no history channel um programa só falando das falsificações e dos mistérios que alguns ainda possuem.
    Se procurar no youtube da para encontrar esse documentário que é bem recente.

    • José disse:

      Essa simetria não é tão precisa assim. Olhando do alto parecem simetricos pois são enormes. Durante e execução não precisa tanto capricho.

  16. Julio Amaral disse:

    Disse que não ia mais postar, mas eu preciso colocarisso aqui:

    Reparem no texto “ceticismo patológico”

    ———————————-

    “Pseudo-ceticismo

    O termo pseudo-ceticismo ou ceticismo patológico é usado para denotar as formas de ceticismo que se desviam da objetividade. A análise mais conhecida do termo foi conduzida por Marcello Truzzi que, em 1987, elaborou a seguinte conceituação:

    Uma vez que o ceticismo adequadamente se refere à dúvida ao invés da negação – descrédito ao invés de crença – críticos que assumem uma posição negativa ao invés de uma posição agnóstica ou neutra, mas ainda assim se auto-intitulam “céticos” são, na verdade, “pseudo-céticos”.[15]

    .

    Em sua análise,[15] Marcello Truzzi argumentou que os pseudo-céticos apresentam a seguinte conduta:

    * A tendência de negar, ao invés de duvidar.
    * Utilização de padrões de rigor acima do razoável na avaliação do objeto de sua crítica.
    * A realização de julgamentos sem uma investigação completa e conclusiva.
    * Tendência ao descrédito, ao invés da investigação.
    * Uso do ridículo ou de ataques pessoais.
    * A apresentação de evidências insuficientes.
    * A tentativa de desqualificar proponentes de novas idéias taxando-os pejorativamente de ‘pseudo-cientistas’, ‘promotores’ ou ‘praticantes de ciência patológica’.
    * Partir do pressuposto de que suas críticas não tem o ônus da prova, e que suas argumentações não precisam estar suportadas por evidências.
    * A apresentação de contra-provas não fundamentadas ou baseadas apenas em plausibilidade, ao invés de se basearem em evidências empíricas.
    * A sugestão de que evidências inconvincentes são suficientes para se assumir que uma teoria é falsa.
    * A tendência de desqualificar ‘toda e qualquer’ evidência.

    O termo pseudo-ceticismo parece ter suas origens na filosofia, na segunda metade do século 19.[16]”

  17. Claudio Cunha disse:

    Círculos, chupa-cabras, seres de outro planeta, homens de preto perseguindo cidadãos, imagens em mantos, ieti etc. Poderia citar várias “criações”. O grande problema é que geralmente quem trás à tona estas informações são falsários. Até hoje não se pode ter certeza de nada sobre estes assuntos, seja pela ciência, seja pelas evidências empíricas. Deve-se deixar claro que a ciência tem seu problema no método utilizado. Isto porque observações de um fato feitas repetidamente e que têm o mesmo resultado se tornam verdade. Posso citar: Cerração que baixa sol que racha. Pelo método científico estrito se torna verdade, pois esta hipótese pode ser testada e ocorrer em algumas regiões seguidamente. Só que não é ciência, é senso comum. Por outro lado, o automóvel é fruto desta ciência. Com isto quero dizer que não devemos tomar a ciência como verdade absoluta e única. Como exemplo, física clássica e mecânica quântica não se entendem. Quase que uma anula a outra. E as duas têm suas verdades. E isto faz o ser humano se mover pelo mundo, a busca de novos conhecimentos, através de verdades que desmistificam as anteriores. Voltando ao parágrafo inicial, o grande problema é que nenhuma destas ocorrências tem amparo na ciência clássica ou na mecânica quântica. São frutos da fé de poucos (bem ou mal intencionados) em um planeta habitado por sete bilhões de pessoas em que apenas algumas centenas testemunharam estes fatos extraordinários, e muitos com inúmeros desmentidos de pessoas íntegras. Parece-me mais vontade de que haja algo extraordinário. A motivação? Vazio existencial, vazio financeiro ou a simples vontade de estar na mídia.

  18. Julio Amaral disse:

    Uhn…. Deletaram meu post sobre os pseudos-céticos… mas que divertido!

    Anyway….. de certo modo existe sim patologia ligada ao ceticismo extremo….

    Quem quiser procura na internet e acha. :)

  19. Denis disse:

    Ahahahahhahahahaahahaha
    Eu ri com a seguinte afirmação feita por um usuário:

    “SEU AGENTE DA NOVA ORDEM MUNDIAL”

    E pensar que estamos no século 21.

  20. Tallick - Cético disse:

    Carta ao Sr. Julio Amaral

    Bem senhor Julio Amaral, devido á um breve esquecimento ou falha de minha parte na minha argumentação, quando eu falei a respeito dos céticos, ateus e religiosos, suponho que isso o levou a fazer uma imagem ou compreensão deturpada daquilo que de fato eu quis dizer, uma vez que, nao acredito que todos os ateus e céticos sejam melhores que todos as pessoas religiosas. Uma vez que, nao foi nada disso que eu quis dizer (nisso você está totalmente e redondamente enganado), pois acredito e vejo isso no lugar em que vivo, de que há pessoas céticas e atéias ruins e boas, assim como há pessoas religiosas (independentemente do credo) também ruins e boas. Mas se fossemos analisar a coisa desse ponto de vista, há de se convir que, de acordo com dados históricos, arqueológicos e antropológicos, a religião ou credo, seja ela qual for, causou e vem causando sofrimentos diversos á várias pessoas, em diferentes épocas, em diferentes grupos tribais ou nao, e em diferentes lugares do mundo, muito mais do que os céticos, ateus ou a própria ciencia. Isso é fato, e sei que você tambem sabe disso, afinal nao estou escrevendo esse texto direcionado á nenhuma criança inocente que estuda o maternal.
    Nenhum cético ou ateu “tem por natureza” a falta de fé ou descrença numa dinvidade, afinal ninguem nasce cético, ateu, cristão, budista, Islamico, Hinduísta ou maometista. As pessoas nascem apenas bebês, crescem e depois decidem com o tempo, o que querem de fato ser ou seguir, e isso acontece com as pessoas que decidem ser céticas, atéias e religiosas. E se uma pessoa decide ser cética ou atéia, é por que obviamente esta pessoa nao viu crédito ou motivo algum lógico para acreditar em divindades, sejam elas quais forem, incredulidade essa que surgiu a partir de estudos e pesquisas sérias, e nao de um livro sagrado repleto de erros e alegorias pré-históricas.
    Mas você afirmou algo que eu tambem aceito, á de que quando um cientista é ridicularizado por outros de igual o semelhante renome, por causa de um experimento ou teste qualquer, sim e isso é fato realmente, mas você nao explicou o motivo, que é pelo fato de que quando esse tal experimento é absurdamente idiota, trivial e sem necessidade algum nem para nenhum campo da ciencia e nem para o bem da sociedade, aí sim, há de supor que esse tal cientista seja sim ridicularizado, nao apenas por uns, mas por vários e inúmeros cientistas, que por sinal levam a ciencia bem mais a sério.
    E quanto ao textos e informações que você mencionou do autor Marcello Truzzi, me pareceram bem interessantes, porém em alguns aspectos ele parece afirmar que alguns céticos tem uma certa patologia á uma doença, digamos neural? Bem, ainda nao vi nenhum psicólogo ou psiquiatra afirmar isso, mesmo por que se fosse assim, os próprios psicólogos e psiquiatras ja o seriam. Mas digamos que isso seja verdade, então seriamos tentados a supor que todos os médicos, cientistas, advogados, engenheiros e outros profissionais são céticos ou ateus “alucinados”. Só tenho uma pergunta, quais são as bases científicas que o autor utilizou, nao por que eu nao acredite, e sim por que esse assunto me chamou atenção e me causou curiosidade (isso sim é ser cético). E pra terminar, ser cético ou ateu, nao se caracteriza em nada, em negar as coisas ao invés de duvidar. E sim, ser cético ou ateu é aquele que busca nao por provas, mas sim por evidencias concretas e plausíveis, para depois chegar-se a uma conclusão objetiva, que é a de se existe provas ou nao (você pelo que vejo precisa ler os livros do Richard Dawkins – biólogo britânico).
    Os religiosos sim, aliás, boa parte destes negam a todo e qualquer custo, sem se valerem de nenhum argumento plausível às toneladas de evidencias, como por exemplo da evolução das espécies. Afinal, eles sim é que deviam serem chamados de pessoas que negam, ao invés de duvidar e ir em busca do conhecimento necessário. Ou seja, esse seu Marcello Truzzi caracterizou pessimamente os céticos. Afinal ele sabe realmente o que é ser cético? Pelo que vi na forma que ele caracterizou creio que nao.
    E esse tipo de debate é milenar, simplesmente por que há religiosos entusiasmados e prontos para acreditarem na próxima mentira ou fantasia inventada, e tambem por que há pessoas que nao são religiosas mais tem uma certa flexão direcionada á religião ou estão propensos a acreditar da mesma forma.

    Pode ficar ciente que nao esperarei sua resposta, mas caso mude de idéia, estarei pronto para ver as suas idéias, bem como os seus argumentos. Disponha!
    Abraços!

  21. Paulo disse:

    Descobertas científicas várias foram, enfim, comprovadas anos depois quando se dispunham de meios para tal. Que diremos, então, desses cientistas que ousaram formular teorias que, em sua época, não tinham como provar? crentes, loucos, visionários? ainda hoje, várias teorias científicas existem apenas na teoria, não dispomos de condições técnicas para prová-las, e, mais ainda, há mais de uma explicação “teórica” para o mesmo fenômeno. Então, meus caros, nem tudo a Deus nem tudo ao Diabo. Não temos respostas para tudo; observem a “causalidade” dos nossos neurônios, como eles se comunicam entres si de forma organizada, entre bilhões deles, permitindo que estejamos agora nos comunicando; ouçam a voz do pensamento – porque somente nós próprios ouvimos e não conseguimos, por mais que tentemos, que outros a ouçam – experimente pensar alto, grite!! – que maravilhosa máquina, feita “ao acaso”, este nosso cérebro!
    Quiçá, tenhamos um dia explicação e provas para tudo!
    Abraços a todos!

    • Paulo Santos disse:

      Ah Xará, não viaja não.
      Não sei se verá esse comentário, mas espero que algum dia veja.
      Não é que não temos condições de provar essas coisas, é que realmente elas não existem da forma que esses loucos acham. São meramente alguns idiotas, enganando outros idiotas. Esse vídeo ficou bem claro que não passou de uma armação, como todos os outros desenhos que foram encontrados.
      E mais uma vez, esses tolos (Ufólogos), foram enganados pela própria cegueira que os conduz a acreditarem nessas bobagens.

      Abraço a todos.

  22. Tallick - Cético disse:

    Se uma suposição, ou ídéia surge sobre algo, e isso é provado, validando assim a idéia, e consequentemente transformando-a em uma teoria, é por que tal teoria deixou de ser meramente uma idéia, suposição, hipótese ou tese. Teoria é aquilo que ja foi provado por um ou vários métodos cientificos e sérios. Afinal, cientistas nao trabalham com um livro sagrado debaixo do braço. E se nao dispomos de uma técnica para provar de forma mais plausível uma teoria (no caso como de fato agem e reagem, como se dão os átomos nas suas diversas formas a ações, porém sabemos que eles existem), é por que infelizmente a ciencia ainda nao evoluiu o bastante para isso, mas ela está sempre em evolução.
    Se a Teoria da Evolução das Espécies nao tivesse sido provada, a partir das toneladas de evidencias existentes no planeta, jamais a ciencia a teria dado o grau ou posto de teoria.

  23. Elton disse:

    É… como diria um professor meu (ateu, diga-se de passagem): ” a ciência pode não ser perfeita, não resolver tudo, mas ainda é a melhor coisa que nós temos”. Usamos automóveis, temos remédios, sabemos sobre algo que está a anos-luz de nós e nanômetros menores. Tudo pesquisado, comprovado, pesquisado de novo, comprovado de novo, pesquisado novamente, comprovado novamente. Enquanto tem gente discordando de tudo que foi feito até hoje, por condição social, medo ou até preguiça mesmo, usa esse apetrecho tecnológico produzido por centenas de anos de pestana queimada desde os tempos do ábaco até hoje, para responder nesse blog. Coisa que certamente os livros sagrados não dão nem a dica de como “inventar”.

  24. Junior Miranda disse:

    Mais uma falácia desmascarada. Apensas os tolos, os trouxas, os trôpegos, os abjetos, os mentecaptos e os tacanhos de intelecto ainda creem na famigerada esparrela dos círculos ingleses.

    Pura baboseira.

  25. NS disse:

    Ahuahauhaua…Me lembro de qdo aos 17 anos, um estudante ateu de Filosofia me provou q astrologia ñ existe. Eu curto astrologia até hoje. É tipo São Longuinho, PNL, remédio placebo! Funciona, mas não na vida real, só na sua cabeça!

    Devemos convir q os desenhos são belíssimos. Continuem estampando os campos, “Vanguarda Artística Marciana”!

  26. Paulo disse:

    Dizer que todas as teorias foram provadas é desconhecer a própria história da ciência.A teoria de que tudo girava ao redor da terra, por exemplo, vigorou por séculos e era defendida não apenas por fanáticos religiosos mas, também, por renomados cientistas que se opunham a uma teoria tão “esdrúxula” que negava que o sol era o centro do nosso sistema solar. Ademais, que diremos de Plutão que até pouco tempo atrás era um planeta e perdeu esta condição recentemente, alguns meses atrás, mesmo com toda a nossa evolução tecnológica.
    Que a ciência é importante, claro que é!No entanto, não tem respostas para tudo.
    E para aqueles que menosprezam os livros ditos “sagrados”, leiam, por favor, “O Tao da Física” e comparem os que os místicos religiosos disseram séculos atrás com o que os físicos quânticos teorizaram séculos depois. Abraços a todos!

  27. weslem disse:

    Há 600 anos atrás, até menos, a terra era quadrada e plana para a ciência. Hoje já se questiona até a gravidade(veja: http://twixar.com/so9 ) como a conhecemos, e era inquestionável até alguns anos atrás. Agora gostaria que os céticos me explicassem isso: http://twixar.com/wrXW4 e aqui também: http://twixar.com/E2r
    Por agora é só, mas poderia expor muita coisa pra detonar argumentos céticos…

  28. Tallick - Cético disse:

    Carta ao Sr. Paulo

    Há certas coisas que os antigos, mesmo sem eles perceberem, ajudaram sim em muitas coisas, como no caso a astronomia, que antigamente servia-se na forma de astrologia, e outros coisas. As estrelas e constelações por exemplo, em várias épocas, em diferentes lugares do planeta e em diferentes povos e sociedades, tiveram significados e representações diferentes, isso era dependia de que ás olhasse. É apenas isso o que ocorreu. Mas nada que venha a validade de forma alguma, as predições e citações de alguns antigos do passado como verdadeiras.

    • Paulo disse:

      Caro Sr. Tallick
      Compreendo o seu ceticismo,mas nem eu, nem vc, nem toda a Ciência do mundo tem respostas para tudo, afinal,”não é apenas isso o que ocorreu”.Não é tão simples assim.Quanto aos “antigos do passado”, a que se refere,tinham alguns deles idéias tão avançadas que pareciam ter sido geradas por cientistas modernos, e não me refiro a predições ou superstições mas sim a conceitos universais hoje confirmados pela física moderna.Para saber mais, leia “O Tao da Física”. Lá poderá ter acesso às citações e fontes dos “antigos do passado” que de “antigo” tinha somente a época em que existiram. Abraços!

  29. Tallick - Cético disse:

    Por exemplo, seria viável aceitar-mos a idéia dos Winkigs, quando eles olharam para o céu, numa constelação qualquer á noite, terem visto o deus Thór? Acredito que nao. Várias religiões no passado, surgiram a partir dessa feito e premissa.

  30. Fernando Islands disse:

    Parabéns pelo texto! É impressionante como ainda tem gente que quer acreditar que coelho bota ovo. Mas ainda bem que existe gente que procura a verdade através da ciência e pesquisa séria. Senão fosse isso, provavelmente voltariamos ao obscurantismo da idade média e ao invés de acreditar em demônios e dragões ameaçadores acreditariamos em seres evoluidos amassando pobres plantações para fazer circulos “energizados”. E ainda tem gente que se dá o trabalho para escrever sobre teorias conspiratórias birutas.

  31. Thiago disse:

    hahaha, O primeiro caso de crop circles registrado foi na Inglaterra, entre 1647 e 1678 ,naquela época já existia brincalhoes desenhando campos enormes durante a noite a troco de nada ?!
    a midia sempre abafou surgimentos de crop circles com excessão do maior deles q viro noticia no mundo todo, parece conveniente pra midia “desmascara” toda essa brincadeira. O fisico Nassim Haramein tem teorias interessantes sobre os crop circles , quem se interessa em analizar uma visão ciêntifica sobre assunto procure no youtube.

  32. Carlos disse:

    Primeiro vamos voltar mais ou menos 2010 anos atras, relembrando quais os fatos evidenciados na época. Ah, sim o surgimento de uma nova religião, designada de Católica ao qual se baseia na existencia de um Deus criador de tudo, que enviou seu filho a Terra para divulgar suas ordens de como seus filhos devem se comportar para não ir ao inferno(castigo), mas caso sigam os ensinamentos “divino” merece padecer no paraiso por toda a eternidade (premiação).
    Ora parece o comportamento de um pai, com punição e recompensa para seu filho a depender do seu comportamento. Mas lógico que seguiria essa premissa, afinal quem escreveu a biblia? e não o que a escreveu. Analisando desde ponto, imagine que vc tem a ideia de unir seu povo fazendo acreditar em um ser responsavel por gerar tudo aquilo que vc conhece (oras pq eu vou ter dúvida se o meu Deus é a resposta para tudo), e ainda esse Deus esta acima de todos os outros.
    Opa parece que esse negocio vai dar certo, bem se eu basear minha religião nos demais Deuses de outras crenças, ora será mais facil converter adeptos de outros Deus a minha concepção e meu ponto de vista (afinal meu Deus é o cara), caso não aceitem a força irá prevalecer (oh, bons tempos aqueles da cruzada) e caso as leis do meu Deus seja questionada será punido com o inferno ou queimado em uma fogueira (Era Medieval).
    Isso não acontece somente na religião Católica, que seja bem claro, mas utilizou como exemplo pois é a dominante em nosso país.
    Bem religião sempre existiu e vai existir na civilização enquanto boa parte dos humanos não evoluirem.
    pensando nesse ponto como deveria ter sido um caos para os nossos ancestrais, imagine o homo sapiens deve esta até hoje no inferno queimado pq ele não sabia que existia um Deus. Mas espere um pouco! Adão foi o primeiro homem, como pode? Acho que Deus não falou a Adão que era adotado, cada coisa.

  33. snuns disse:

    Sempre vai existir a possibilidade do imponderável, do fato sem explicação científica em sua época. E sempre desde que o homem é animal social, existe o interesse econômico, que vai replicar o fato em religião e filosofia. Está em nossa carga genética a utilização das aptidões individuais para obter a superioridade sobre o semelhante. Assim os mais capazes viveram e reproduziram-se á custa dos inaptos, e ainda o fazem. Mas poucos gostariam de admitir suas ilusões.
    Parabéns pelo site.

  34. Bruno disse:

    Com certeza existe vida inteligente fora da Terra, não podemos negar algo que é comprovado e óbvio, achar que um Universo que nem sabemos a dimensão não ter mais de um planeta como a Terra é burrice, acharam um a 20 anos luz daqui, imagina a milhão de anos luz daqui quantos podem existir? E estamos falando no nosso biológico de vida, não de outros milhares que devem existir nesse “Universão”.

  35. Bruno disse:

    Quando me mostrarem como fizeram o de Milk Hill (600 mil metros quadrados) e aquele do Et e o Disco (de 80 por 120 metros) em 5 horas e sem fazer barulho eu deixo de acreditar em Ets.

  36. Tiago Silveira disse:

    A busca pela verdade é uma meta ingênua.

  37. Rudolf A. Hondiare disse:

    Esse ambiente aqui é realmente bizarro e inusitado…
    ‘Hitler era católico porque foi batizado’!!!…
    Então Stalin deve ter sido protestante porque negou o seu batismo??!!…
    É isso aí e pronto!!
    Tá dito e acabou!!…
    É cada comentário pra jumento rir até tossir…

  38. Tallick - Cético disse:

    Carta ao Sr. Paulo

    Certo, gostei da sua argumentação, e do seu ponto de vista, até posso fazer até um certo ponto, as suas palavras ás minhas, isso sem dúvida alguma. Mas quanto ao que se refere – aqui também faço analogia á algumas idéias do biólogo britânico Richard Dawkins e ao astrofísico Carl Sagan – aos conceitos, medições, idéias e citações de povos da antiguidade em comparações com as citações da ciência moderna e contemporânea, é verdade supor-mos que os antigos já detinham sim um certo conhecimento de algumas coisas que eles já tinham visto, tinham ciencia da existência, como por exemplo, o céu, a lua, o universo (mas apenas a parte visível á noite, afinal eles nao tinham telescópios), alguns fragmentos de asteróides e corpos celestes (que eles chamavam de estrelas, não sei como pois naquele tempo provavelmente eles não sabia nem o que era uma estrela, pelo menos é isso que diz um livro que tenho Entre a Fé e o Niilismo; está até na bíblia como sinal do nascimento de Cristo) que riscavam os céus a noite, e outros acontecimentos naturais, como por exemplo o conhecimento sobre a astrologia, que impulsionou a ciência daquele tempo, á construírem sistemas de pedra, com orifícios calculadamente direcionados e postos cada um, no seu devido lugar. Para que? Para poderem saber com total precisão a hora exata e no local exato do horizonte onde o sol iria nascer e se pôr novamente, e também para saberem em que época viria o tempo da chuva, da seca, dos frutos, da boa colheita, tudo isso, todas essas informações preliminares á cerca do tempo, do espaço, e do clima, eles já detinham sim, sem dúvida alguma – claro que às vezes, eles faziam analogia de algum acontecimento climático, á um deus ou divindades em específico, como os incas – um certo conhecimento sobre aquilo que eles estavam habituados a trabalhar e fazer predições climáticas, mas jamais eles detiveram conhecimento e capacidade cientifica e instrumental de conhecer as coisas, a natureza, e o universo tal como conhecemos hoje. Tais conhecimentos dos antigos já eram em si o prelúdio e o nascimento da astrologia, tal como a conhecemos hoje em programas de televisão, em jornais e revistas. E a astrologia, foi o que impulsionou e fomentou o nascimento da astronomia, essa sim verdadeira ciência a respeito dos cosmos e que explica á tudo e á todos. Uma vez que, temos os conhecimentos que possuímos hoje, graças aos avanços científicos e tecnológicos que possuímos atualmente, avanços estes que os antigos não possuíram jamais. A não ser que no seu livro “O Tão da Física” tenha algum trecho, que mencione o contrário, que mostre algum telescópio ou microscópio dos tempos da pré-história ou da Idade do Bronze. Eu não estou duvidando em nada, que nós aqui em pleno século XXI, não tivemos em nada ajuda dos antigos povos e orientais em séculos passados. Eu não estou falando isso nas minhas argumentações, afinal isso seria um erro grotesco e gritante da minha parte. Estou apenas dizendo que, a nossa ciência atual teve sim, ajuda dos antigos cientistas e povos de séculos passados, em várias partes do mundo, em diversos tempos, e em vários segmentos, e que a nossa ciência atual seria a peça chave para aguçar, avançar infinitas vezes mais naquilo em que eles apenas tinham dado o ponta-pé inicial. Isso sim, á meu ver, foi o que ocorreu, e ainda está ocorrendo. Pois provavelmente, muitas das dúvidas cientificas que não possuímos até então as respostas que gostaríamos de ter, é devido aos limites que a nossa ciência e tecnologia atual possui. E que tais limites a gerações futuras não terão mais, pois provavelmente por serem as futuras, se encubarão, estarão trabalhando mais ainda, no aperfeiçoamento da tecnologia, e assim extinguirão as dúvidas que hora pairam nas nossas mentes, aqui no século XXI. A mesma evolução que se sucedeu á vida na terra, também se sucedeu á ciência desde os tempos remotos, posteriormente ao acontecimento da vida, só que por outros meios e caminhos.

  39. Tallick - Cético disse:

    E quanto ao Sr. Rudolf A. Hondiare. Eis a minha carta ao mesmo!

    Bem senhor Rudolf, eu não me referi á Stalin propriamente dito (por que eu simplesmente não pretendo me alongar em discussões e citações de nomes de ditadores ou algo parecido), e sim eu me referia á Hitler. Uma vez que há fortes evidencias – para seu entendimento – de que ele Hitler era católico e bem efervescente, por sinal, se não acreditas em mim, ao ponto de achar isso um comentário bizarro e inusitado, antes de qualquer coisa, antes mesmo até de você ver bizarrice nesse meu comentário – talvez por você ser católico, mas se não for me desculpe -, eu lhe sugiro, ou melhor, lhe peço por favor, que você veja á esse vídeo que está rolando na internet no mundo todohttp://bulevoador.haaan.com/2010/09/20/richard-dawkins-discursa-em-marcha-contra-o-papa/#comments , depois da visita do Papa Bento XVI á Inglaterra, e veja se esse vídeo, bem como os comentários nele falados são também bizarrice aos seus olhos e ouvidos. Passe bem!

  40. Marcílio disse:

    Quando o anti-cristo crescer e puder governar a Terra, vai ser tanta gente que vai ser enganada. Aí será tarde, pois muitos morrerão com esse chip orgânico implantado no corpo (talvez por rejeição do corpo).
    Como dizem, muitas pessoas que não sabem “usar” a Internet, ficam aluadas/maravilhadas com tanta informação falsa que os “jornalistas” colocam. Estes são os primeiros a se arrepiar com estas coisas.

  41. Márcio disse:

    Fico impressionado com a incapacidade de vários aqui em avaliar as hipóteses elencadas para explicar os fenômenos observados. Escolhem justamente a mais fantástica, a que exige mais viagem na maionese como sendo a mais plausível. Nessa, a Navalha de Ockham passa longe. Falta de treino cietífico dá nisso: esses adeptos de “teorias”* conspiracionistas não conseguiriam passar por uma banca de defesa de tese acadêmica nem aqui nem na China (que, por sinal, investe mais em educação e Ciência do que o Brasil).
    Assim, fica difícil manter uma discussão em um nível construtivo. Leiam antes O mundo assombrado pelos demônios de Carl Sagan, por obséquio.

    (*)Nem o significado de Teoria (com “t” maiúsculo) esses apedeutas conhecem.

  42. Tallick - Cético disse:

    Carta ao Sr. Marcelo

    Certo, você nao está menos certo quanto á Hitler, era realmente e de fato um louco, pervertido, um alucinado da vida, que imaginava uma série de baboseiras acerca de uma suposta superioridade de uma raça chamada “ariana”, que só existia na mente dele. Você está certo quanto á isso.
    Bem, antes de qualquer coisa, a asneira que eu falei, para o seu governo, e para o seu entendimento, eu ja havia sim pesquisado e á fundo, e ele era de fato católico, isso é inegável para a história de Hitler. Mesmo por que, nao acho impossível que pelo fato de ele ter sido um louco e insano, ele nao poderia ter sido católico. Afinal, o que tem demais em ele ter sido católico?
    Bem, a sua sugestão que você me deu, de eu pesquisar, eu devolvo isso á você, pois acredito você estar precisando muito mais do que eu.
    Você também está correto quanto aos ateus que cometeram atrocidades e barbaridades contra religiosos, isso é verídico. Mas se formos quantificar para cada lado, tanto para os religiosos quanto para os ateus, qual desses dois lados cometeu toneladas á mais de barbaridades do que o outro? Eu sei perfeitamente a resposta. Os ateus? Se a sua resposta for SIM, você tem certeza disso?
    Obrigado Sr. ri ri ri

  43. J.Anderson disse:

    Ta certo, façam um Milk Hill ao vivo pra eu ver ;)

  44. Marcos disse:

    To lendo discussões interminaveis entre ceticos e não céticos.
    A verdade no meu ponto de vista é muito simples: Se os não céticos querem convencer a todos que existem fenomenos paranormais, extra sensoriais, intergaláticos, interdimensionais, transcedentais, etc…
    Por Favor PROVEM AO MUNDO QUE EXISTE, pois em milhares de anos de história da humanidade não temos uma prova concreta e definitiva.
    Respeito a fè de cada ser humano, (eu mesmo tenho as minhas, pois não sou totalmente cético), mas admito que não posso provar nada da minhas crenças.
    Portanto acho injusto ficar acusando os céticos de serem fanáticos e etc.
    Acho que os céticos são coerentes, pedem apenas provas em ambiente controlado.

  45. Peter disse:

    O Ceticismo e o Ateismo é tão ridiculo como o religioso,na verdade o Ateismo é uma religião da mesma forma que as outras. O outro veio falar de Richard Dawkins sendo que ele mesmo já entrou em contradição varias e varias vezes.Sobre os circulos, existem muitos falsos sim e existem os inexplicaveis sim,o circulo do desenho do logo firefox tem 67 metros de diametro, 2 semanas de planejamento e 2 dias de execução por 12 estudantes,o outro com 160 circulos e 314×152 metros foi feito em aproximadamente 7 minutos com testemunha,o outro quando foram investigar,os radios,telefones paravam de funcionar,o outro foi feito no terreno da NASA( me explica essa) sendo que entrou la toma tiro, qual o fazendeiro caipira iria aprender e escrever em codigo binario pra ser visto do alto,não me venha com xldesigns que os cara não provam nada e fazem varios cortes,não dizendo que foi ET que fez essas coisas mas só queria uma explicação, as materias estão muito vagas,mostrando só um lado da situação e direcionando de forma errada a pesquisa, se é essa a nova proposta do site então estou descepcionado.

  46. Henry disse:

    Que existe fraudes ninguem duvida ,mas vamos separar o joio do trigo,uma coisa é você ludibriar um grupo de pessoas,mas existem muitos circulos que são complexos anagramas e que aparecem da noite para o dia nas plantações, seria impossível faze-los sem deixar rastros . Portanto pessoal do ceticismo não pensem que estão lidando com idiotas.Vocês lembram da explicação de vocês do et de varginha que o suposto ente extraterrestre éra um morador de rua esfomeado.Assim nos tornaremos céticos das argumentações de vocês.

  47. William disse:

    Jogos de tabuleiro abandonados? Por que não demonstram que os círculos são fraudes? Por que não fazem durante o dia com a mesma qualidade dos que estão aparecendo recentemente?

  48. Adriano disse:

    Sem desviar do assunto principal, o problema é que sempre vamos ter que confiar em alguma pessoa!!

    Ceticos se apegam em explicações cientificas. Crentes em suas crenças!!

    E se as fontes estiverem mentindo??!!

    O que esperam as pessoas que “desenham” esses circulos?!! Dinheiro??!!
    E quase como um ladrão!! Faz algo “grandioso” mas não pode se revelar!!

    Realmente não consigo entender! Pra que tanto trabalho??!

  49. Desconfiado disse:

    Tanto céticos quanto crédulos têm horror ao desconhecido. Por isso, tanto um grupo quanto outro parecem ter explicações fáceis para tudo. O crédulo vê um fantasma no espantalho; para o cético se há algo esquisito, que não se encaixa, então é fraude.

    O problema não são as ilações; a mancada é que, quando alguém tem alguma conjectura, geralmente é dogmático e apresenta suas especulações como se fossem verdades absolutas. Os céticos já sentenciaram: todos os círculos são fraudes. Então tá.

    Na real, é óbvio que alguns artistas (e engraçadinhos) fizeram alguns círculos em plantações. Nada mais natural.

    Por outro lado já foram descobertos incontáveis geóglifos circulares em todo o mundo, e eles são mais frequentes em regiões em que há círculos nas plantações e megálitos (inclusive no Acre e no Peru, sendo diversos geóglifos aparentemente pré-históricos). São tantos que hoje há vários arqueólogos sérios procurando (e encontrando) círculos por meio do Google Earth e outros sistemas de mapeamento por satélite.

    Falando em pre-historicidade, não podemos nos esquecer de que a arte rupestre por vezes se expressava como círculos concêntricos, ou por outros padrões circulares mais complexos encerrados em um círculo maior.

    Excluindo o horror ao desconhecido, por que é tão difícil admitir que haja uma ocorrência maior de tais círculos na terra de Stonehenge?

  50. Magno disse:

    Tallick, lendo os seus comentários, vejo o quão superficialmente e simplista voce voce analisa os fatos em relação ao conhecimento dos povos da antiguidade.
    Veja esse trecho do seu comentário de 14/10/2010 “jamais eles detiveram conhecimento e capacidade cientifica e instrumental”. Gostaria de ver engenheiros, arquitetos e cientistas atuais com todo o seu recurso tecnológico, reconstruirem Puma Punku.
    A teoria da evolução de Darwin já foi rebatida por muitos cientistas exatamente por não explicar como foram feitas as construções megalíticas e alguns artefatos impossíveis de serem feitos hoje.
    As Pirâmides de Yonaguni estão submersas a mais de 12.000 anos, segundo o teste do carbono 14 feito num coral incrustado nela. Pense bem! 12.000 anos que estão submersas. Será que elas foram construidas dentro d’agua? se não foram, imagine então a quanto tempo foram construidas.
    A nossa arqueologia diz que a Suméria é a primeira CIVILIZAÇÃO de que se tem notícia e existiu a 6.000 anos atras. Agora me diga: Que civilização contruiu as Pirâmides de Yonaguni?

  51. Magno disse:

    Tallick, desculpe a minha distração. Se voce não tem conhecimento sobre Yonaguni, aí vai um link pra voce pensar:
    http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/2179217
    Tem muito mais, é só pesquisar.

  52. buda1 disse:

    Observaram uma coisa? Tem muita gente tentando fazer com que pensemos que ETs nao existem, homeopatia nao funciona, e outras mentiras mais… querem é confundir mais e mais a nossa cuca.E dai se me chamarem de doido?Eu acredito em todas estas baboseiras de ETs e etc.Adoro florais e homeopatia, se for placebo entao vou me afogar neles.Maravilhosos sao estes remedios, todo mundo só morre na hora determinada por Deus e bem que a maioria deles, dos médicos nem acredita em Deus, acreditam mais no dinheiro e que o remedio e as consultas deles é que cura mais que Deus.Tudo na vida é condicionamento, o que quer dizer?Repeticao, para aprender a crianca repete, repete e repete, para aprendermos um idioma novo,para sermos DOUTORES em DOUTORADO anos numa faculdade, lendo, escrevendo ,discutindo, falando trocando ideias com colegas e profissionais.Sempre em torno da mesma coisa, repetindo palavras rebuscadas e dificeis,condicionando a mente,repetindo sempre, como na medicina 7, 8 ou 9 anos estudando coisas na area do corpo humano e isso nao é repeticao?E o estudo de direito, quantos anos?E isso nao é repeticao?Se homeopatia é placebo e placebo é repeticao, e mantra também é repeticao entao quero é mais repetir minhas gotinhas de florais todos os dias e toda hora até ficar doidao e me curo assim, se nao cura os outros para mim vale muito mais que encher o bolso dos farmaceuticos envenenadores de criancinhas e idosos apoiados por medicos capitalistas , egoistas e materialistas,assasinos, injetadores de mercurio no sangue de quem tomou a vacina da H1N1.Tô me lixando para eles.Viva a homeopatia que vai varrer esses médicos do planeta.

  53. Ronix disse:

    Os círculos do vídeo são simplórios e tortos visto de cima, uma imitação grosseira. Vejo na internet outros círculos muito mais complexos, grandes, bonitos e com precisão quase cirurgica. Inclusive fotos antigas, antes do photoshop existir.

  54. olho disse:

    o pior de tudo é que se tu procurares pelos círculos que foram feitos pelo circlemakers.org, vais encontrar varios sites dando significados místicos para o trabalho genial daqueles caras.
    o ceticismo deveria ser obrigação de cada um.
    não aceitar prontamente alguma coisa porque parece misteriosa, ou bacana, ou apele ao desejo de se encontrar com alguma divindade.
    porque depois, é o que se vê, mesmo com a evidencia à mostra, é muito difícil renegar a crença.

  55. […] Ver: http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/3718/especialistas-em-crculos-ingleses-destroem-sua-evidn… – neste texto também é revelado como supostos investigadores de crop circles perderam a sua […]

  56. Roberto disse:

    Ej sou geômetra nato e nunca tive dificuldade com a Geometria, mas dada a complexidade dos desenhos que são feitos, eu com todos instrumentos manuais disponíveis para desenho, não conseguiria nunca em apenas um dia fazer desenhos de tão grande complexidade.
    Uma simples execução de curvas de nível em apenas 1 ha no meu sítio levou quase uma hora para serem feitas. Foram feitas 3 curvas com uma distância de 30 m entre elas e estacas colocadas a cada 10 ou 15 m ! Como executar esses desenhos em apenas uma noite?
    Se têm certeza que foram feitos por tecnologia humana, porque não mostram que tecnologia é essa? Porque não repetem o feito ao vivo?

  57. lee disse:

    humano ou não, o cara é foda!!!

  58. Sandro disse:

    Oi,venho fazer uma colocação sobre esses círculos ingleses e essas suas contradições,dando minha cara a tapa publicamente.
    Coloquei contradições,pois existem mais disso do que qualquer outra prova a favor,e porque digo isso?Simples e como o próprio texto esclarece que os círculos ingleses(e olha que eles tem o adjetivo pátrio made in England) tratam-se de simples brincadeiras e ‘grafite’ agrográfico,isso mesmo ‘grafite’ como os desenhos que decoram as paredes de muitas cidades por aí.É interessante ver que poucas são as provas convincentes que esses círculos são mesmo locais de pouso de naves extraterrestres que nos visitam a exemplo das linhas de Nazca que foram comprovadamente produzidas pela civilização que lá existia,os nazcas,pessoas bem humanas.Isso considerando se existe alguma prova de fato sobre elas,pois como o próprio texto divulga uma amostra falsa e produzida com a intenção de ‘despistar’ a equipe de especialistas de Talbott revelou depois de ‘análise’ que era verdadeira e energizada.Onde então uma pesquisa de credibilidade empreendida por esses ufólogos pode ser aceita?

    As contradições não param por ai,pois se analisarmos bem as marcas deixadas nos campos de cultivo no interior da Inglaterra(onde justamente onde mais aparecem) tanto quanto em qualquer outro lugar em que aparecem vemos que elas não são similares e diferem uma das outras em forma e tamanho algumas chegando a ter dezenas de metros de extensão e com desenhos bem terráqueos como borboletas(como então uma nave alien que percorreu muitos milhares talvez milhões de anos-luz até nós aqui teria uma forma de borboleta que até onde sabemos só existe na terra?).As naves seriam diferentes representando uma para cada círculo(pois todos eles são diferentes entre si,pelo menos a maioria).Outro ponto importante é quanto ao objetivo delas andarem muitos anos-luz para pousarem num campo de trigo deixando as marcas de seus jatos de propulsão e depois simplesmente irem embora deixando só isso como vestígio de sua passagem?Apenas pousam aos montes e vão embora?

    Hoje inclusive são muitos os artistas que declaram já terem feito voluntariamente os círculos ingleses nas plantações não apenas na Inglaterra mas em diversas outras partes do mundo.O próprio Carl Sagan em ‘O Mundo Assombrado pelos Demônios’ acompanha a jornada de 2 homens aposentados que produzem tais círculos como uma forma de diversão mostrando até mesmo como fazem-nos.Diga-se de passagem que os crop circles remontam ao Demônio Ceifador na mesma Inglaterra do século XVII que tratava-se de uma metáfora contra a ambição e ganância que foi levada a sério como se o próprio Demo em pessoa tivesse feito as marcas no campo,isso levando em conta o contexto de superstição que existia na época,ai então eles ganham força total nos anos 60-70 com o movimento hippie e o esoterismo da Era de Aquário juntamente com Stonehenge vizinho de muitos crop circles e hippies esotéricos.

    As provas a favor dos crop circles onde estão?Mas as contradições são muitas.Abraços!

  59. Márcio disse:

    AH, sim!… Claro! Atrocidades estas em nome do ateísmo! Parabéns, muito boa a sua análise! [/sarcasmo]

    Volte a ensino médio para estudar História de verdade, sim?!

  60. Márcio disse:

    Hitler não era um cristão verdadeiro, não é mesmo?! Diga-nos, arauto da Pesquisa Científica e profundo conhecedor da História!

  61. olho disse:

    márcio,
    e houve algum cristão verdadeiro?

  62. Alfred disse:

    Hitler se achava filho de um deus, todo-poderoso. Na sua loucura, procurava o “Santo Graal” para ter poder. Um debiloide.

  63. luis disse:

    sim olho, jesus cristo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *