MENU

Garoto abate porco gigante

Brinquedo confunde ufólogos

6 de junho de 2007 Comments (0) Views: 1194 Ceticismo, Fortianismo

A febre da febre das tulipas holandesas

“O termo mania das tulipas ou tulipamania originou-se na crise gerada pelo surto especulativo ocorrido na história da Holanda do século XVII, quando um bulbo de tulipa passou a ser vendido pelo preço equivalente a 24 toneladas de trigo, supervalorizando-se de maneira insustentável. O ápice da bolha ocorreu entre os anos de 1636 e 37, quando esta fatalmente estourou. Este fato ocorrido na Holanda foi relembrado em parte devido a sua ampla discussão no livro Memorando de extraordinários engodos populares e a loucura das multidões, escrito pelo popular jornalista inglês Charles Mackay”.
Ocorre que há poucas referências confiáveis que apóiem a versão da história contada por Mackay, e visões alternativas sugerem que a bolha teve dimensões e conseqüências muito menores do que a catástrofe que todos conhecem. A autora Anne Goldgar, por exemplo, não pôde encontrar nenhum registro de falência causada pela febre das tulipas, como esta resenha de seu livro (em inglês) comenta. É especialmente curioso que um livro tão seminal sobre mitos, lendas e histerias como o de Mackay seja uma das principais fontes de um mito moderno. Claro que seria apenas um lapso em uma obra volumosa que permanece tão relevante como há dois séculos, mas não deixa de ser curioso.
[via Museumofhoaxes]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *