“Foi descoberta uma pesquisa sobre malária no norte do Brasil que usa cobaias humanas. A pesquisa é financiada por uma Universidade Americana que aproveitando da pobreza da população local, PAGA para as pessoas servirem de cobaias, submetendo-se a picadas do mosquito transmissor da malária. Matéria do Jornal Hoje”. Vídeo via “Arquivo Confidencial“. Mais sobre o caso aqui.
Muitas das cobaias sequer sabiam ler. A “universidade americana” é a universidade da Flórida, e a pesquisa também envolveu pesquisadores brasileiros. Mais detalhes em artigo da revista Pesquisa Fapesp. Em uma nota mais amena, atenção para o nome do responsável da pesquisa no Amapá: Alan Kardec.

Comments

  1. o uso da logica, do raciocinio e do conhecimento, seja ele empirico ou adquirido nos bancos das escolas e ou universidades é sempre louvavel e necessário.

    porem deve-se evitar o fanatismo tanto na contestação quanto na crença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *