“Em uma estrada perto de Jerusalém, a caminho de Emaus, um suposto anjo de fogo apareceu em frente a um ônibus da caravana do Ap. Renê Terra Nova. [Fonte: Folha Cristã]”

Direto ao ponto: o “anjo de fogo” é apenas um reflexo do Sol no sistema de lentes da câmera de vídeo do ônibus. O fenômeno também é conhecido como flare, e como tal, há pouco foi vendido como um OVNI em Salvador ou um fantasma na Colômbia. “Anjo de fogo” é apenas mais uma interpretação errônea do fenômeno físico simples.

No mesmo Youtube, já há um vídeo explicando o caso:

Ele acerta ao notar que o “anjo” desaparece quando o ônibus passa por penumbras, evidenciando ser um reflexo do Sol, mas comete o deslize que afirmar que fosse um reflexo direto na tela do monitor. Em outros vídeos pode-se ver o reflexo do fundo do ônibus na tela, e não há aberturas pelas quais o Sol pudesse ser refletido diretamente. O flare deveria aparecer mesmo como uma imagem na tela.

Mais impressionante que o flare aqui são os gritos dos fiéis frente ao que pode ser facilmente explicado. Como José Ildefonso nota, lembra um pouco da Síndrome de Jerusalém.

[via Oliver et al na lista CeticismoAberto]

Comments

  1. Fico impressionado com a “velocidade” desse site em tratar esses assuntos. Há mais de um ano esse vídeo rola no youtube e só agora vocês postaram aqui ? Estavam esperando alguém fazer o serviço pesado para vocês?

  2. Marcel, se você não aprecia o site, basta não visitá-lo mais. Há toda liberdade para reclamar, mas criticar a demora em abordar um vídeo é um tanto mesquinho. Em nenhum momento afirmamos que oferecemos um “serviço” de “pronta-refutação”.

    Não havia nenhuma urgência em falar sobre o vídeo, e mesmo um ano depois continua sendo relevante explicá-lo, até porque os vídeos que dizem desvendá-lo no Youtube cometem o erro de afirmar que era um reflexo direto do Sol na tela do monitor.

  3. Mori, já assistiu o filme The Man From Earth?

    É uma espécie de sci-fi americano de baixo orçamento do ano passado.

    O filme é basicamente uma conversa entre amigos, em que um deles está se despedindo dos outros após 10 anos de amizade e resolve revelar que ele, na verdade, é um homem das cavernas e está vivo há 14 mil anos, nunca tendo envelhecido mais do que os 35 anos que aparenta, e por isso está sempre mudando de casa, para que não descubram seu segredo.
    Os amigos dele, que são paleontólogos, arqueólogos, historiadores etc., questionam várias coisas tentando provar que ele está mentindo, mas descobrem que é tão possível ele ser como não ser.

    Parece que contei o filme todo, mas é bem interessante, embora não seja devidamente explorado por causa do orçamento. Vale a pena uma assistida, ainda que pareça um pouco Zeitgeist ou What the Bleep, porém não tem nada de cheesy ou auto-ajuda mimimi.

    Pode encontrá-lo na internet, o autor até incentiva, já que foi o único meio que o filme conseguiu ser amplamente divulgado.

  4. Pingback: Anjo de Fogo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *