MENU

In.só.li.to

31 de janeiro de 2002 Comments (2) Views: 1740 Ceticismo, Destaques

A Fraude da Lua

photo06

“O homem nunca foi à Lua”. Dizer isso certamente chama a atenção, da mesma forma que o rumor semelhante de que nenhum avião caiu no Pentágono em 11 de setembro.

Visto que já existem outras páginas de qualidade na internet desmentindo o rumor espúrio, nesta referência vamos nos limitar a abordar apenas dois elementos relacionados à questão:

Aquele sensacional vídeo dos bastidores

Recentemente o website moontruth.com divulgou um sensacional vídeo mostrando o que seria um teste para a futura fraude realizada pela NASA. Quatro anos antes de 1969 lá estava um astronauta descendo as escadas de um módulo lunar dizendo as palavras “Um pequeno passo para um homem, um giganteco…“.

De repente, algo sai errado e o que parecia estar sendo transmitido direto da Lua revela estar sendo filmado em estúdio. É um erro de gravação, é apenas um ator vestido com roupas espaciais.

O vídeo se espalhou pela internet, principalmente pelos blogs, entusiasmando muitos que já acreditavam na ‘farsa da Apollo’. Mas bastava qualquer pessoa investigar o domínio moontruth.com para descobrir que estava registrado pela heterodoxa empresa de propaganda ‘The Viral Factory‘.

Já na página de entrada descobrimos o que a empresa se propõe:

“Comunicação viral é claramente uma enorme oportunidade para fazer sua marca crescer. Acerte em cheio e a recompensa será enorme. Seus consumidores espalharão sua mensagem por você, a velocidades impressionantes para uma quantidade fenomenal de pessoas. Erre e sua proposta cuidadosamente montada irá pouco além da caixa de entrada dos diretores de marketing.”

E eles tiveram sucesso com suas campanhas inovadoras aproveitando-se da “comunicação viral”. Uma olhada em sua galeriarevela muitos clipes que se tornaram conhecidos de milhões de usuários da internet.

Enviei um e-mail ao endereço que estava listado no registro do domínio moontruth.com, e recebi a gentil resposta de Matthew Smith:

“A história é que nós realmente filmamos isto como um viral. A idéia era ver se poderíamos alcançar certas comunidades online. Um de nossos diretores – Adam Stewart – teve a idéia e escreveu o roteiro (ele era fanático pela exploração espacial) e quis fazê-lo, assim nós conseguimos investimento e ele o dirigiu.

Nós estávamos guardando [o vídeo], com a intenção de vendê-lo como um comercial viral, mas Adam faleceu recentemente, aos 31 anos. Ele era um amigo assim como um colega, portanto decidimos liberar o vídeo.”

Ele continua

“Você é apenas a segunda pessoa a nos localizar rastreando o endereço [moontruth.com]. Nós podemos tentar conseguir alguma publicidade para nossa companhia através do vídeo, mas eu duvido. É, contudo, interessante como um estudo de caso de como ele se espalha. Muitas pessoas na NASA aparentemente o assistiram e pensam que é engraçado, o que eu acho maravilhoso.”

– – –

Para saber mais

Atualizado em 29/08/2009

Tags: , ,

2 Responses to A Fraude da Lua

  1. […] Por outro lado, existem aquelas teorias da conspiração mais sérias, com argumentos que a primeira vista parecem mais convincentes, geralmente são essas que se espalham e ganham adesão de um grande número de pessoas teimosas em achar que tem sempre algo errado e escondido no mundo, dominado por alguma entidade sórdida e perdulária que se esconde nas sombras dos Iluminatis. Entre estas temos a famosa “Fraude do Século“, que até tem um site bacana e vende um livro sobre o tema. Ali é explicado o porque do homem não ter ido à Lua, com certa riqueza de detalhes, esmiuçando pormenores que acabam pegando o leitor desprevenido com argumentos pseudo-embasados e apelando obviamente para o analfabetismo científico do público geral. Acho até que pode ser uma leitura divertida a título de curiosidade, nem que seja para rir e depois usar o livro como peso de papel ou escorador de porta. As aleivosias de a “Fraude do Século” e outras teorias de que o homem nunca esteve na Lua já foram devidamente esculachadas explicadas em artigos no Projeto Ockham, Ceticismo.Net e Ceticismo Aberto. […]

  2. J.Thomaz disse:

    E toda aquela historia com a bandeira que esta tremulando, das sombras que nao deviam ficar aquelas posições e etc, etc, etc….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *