MENU
entrononentro32hjk.jpg

Novo blog HAAAN: “Entro Non Entro”

helicoprion23d.jpg

Helicoprion: além da ficção

16 de setembro de 2008 Comments (55) Views: 8837 Ceticismo, Fortianismo

Quatro jovens mortos em “rituais satânicos”

rituais231hjk

“A polícia na cidade russa de Yaroslavl prendeu um grupo de ‘góticos’ acusado de matar e comer quatro adolescentes em um sangrento ritual Satânico. Os oito supostos Satanistas, de 17 a 19 anos, teriam atraído as vítimas a festas na floresta nos limites da cidade de Yaroslavl, antes de induzi-los a beber e então esquartejar seus corpos. Policiais encontraram os braços e pernas das vítimas em uma vala, vestidos com símbolos Satânicos, e investigadores dizem que cada vítima foi esfaqueada 666 vezes – um número considerado um sinal do demônio”.
Do Telegraph: Goths arrested on suspicion of murdering and eating teenagers in Satanic ritual

No tablóide The Sun há as fotos de dois dos acusados e da cruz invertida no local em que os corpos foram encontrados. Os Aprendizes de Satanistas ainda teriam comido partes dos corpos das vítimas.

Embora a mídia explore o “Satanismo” em tais crimes e o parlamento russo tenha considerado há algum tempo a repressão à cultura “emo (no que foi abordado com humor pela rede), é interessante notar que apenas o Telegraph mencione que um dos oito suspeitos já passou por uma instituição psiquiátrica.

No Brasil, há dois anos nove crianças em São Gabriel da Cachoeira, Manaus, teriam se suicidado por influência do culto “satânico” liderado por um professor. No ano passado, um grupo de jovens também participava de rituais com um “vampiro” de 27 anos em Presidente Prudente, São Paulo – neste caso, nenhum sofreu violência física além de terem seu sangue sugado pelo “vampiro”.

É comum agrupar tais casos de suicídios e mortes relacionados com idéias “satânicas”, mas o que você raramente verá é o agrupamento destas trágicas mortes com outras vítimas de crenças mais aceitas socialmente. E que, em números absolutos, geram muito mais vítimas.

Basta uma simples pesquisa para ver que as mortes provocadas por “exorcismos”, por exemplo, são extremamente numerosas e comuns, e no entanto, tal prática é endossada ou permitida por muitos religiosos e autoridades. No Brasil, por exemplo, quase toda madrugada rituais de exorcismo estilizados são exibidos pela TV.

Não consta que o parlamento russo proíba o exorcismo. De fato, ele ainda é praticado pela Igreja Ortodoxa.

Ainda mais ironicamente, a própria repressão ao “Satanismo" mata mais que o Satanismo em si mesmo. O combate muito pró-ativo a tais "forças do mal" mata centenas de pessoas anualmente, principalmente em regiões pobres e supersticiosas da África, Ásia e Oriente Médio. Ainda se queimam "bruxas".

Não, não estamos defendendo o Satanismo. Pelo contrário, este é evidentemente um agrupamento de idéias idióticas, que crianças vulneráveis podem abraçar sem defesa.

No entanto, mais importante e efetivo que coibir o "Satanismo", é educar e prevenir a todos, jovens e adultos, contra qualquer "-ismo" prejudicial. Isto porém não interessa a vários "-ismos" absurdos predominantes em nossa sociedade, que em nome de "Deus" podem matar muito mais que os tolos adoradores de "Satã".

Conhece o Exorcismo de Emily Rose? Esqueça o filme. Na vida real, a garota foi morta por omissão de socorro adequado e pelas práticas absurdas do exorcismo. Os padres não comeram seu corpo para completar os rituais de exorcismo, mas uma jovem foi vítima da mesma forma. Perversamente, “em nome de Deus”.

E o caso vira um filme em que tudo isso é invertido. Enquanto houver a crença estúpida em deus, haverá a crença estúpida no diabo, e as muitas vítimas de tudo isso.

O problema não é o diabo, ou mesmo deus. É a crença estúpida.

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

55 Responses to Quatro jovens mortos em “rituais satânicos”

  1. Fabiano disse:

    Muitos desses adolescentes e pós-adolescentes(20~30 anos) se tornam satanistas* por causa da opressão que receberam dos familiares na infância.
    Eles se revoltam com toda a asneira religiosa que ensinam, e como são moleques e tem mentalidade estreita, acham que ser do contra é se libertar.
    Terminam adotando OUTRA religião estúpida, acreditando em outras doutrinas estupidas, seguindo outros mandamentos estúpidos, e praticando outros rituais estúpidos.
    Tudo igual mas ao contrario.
    E ainda argumentam que a bosta que eles acreditam agora é bem fundamentada e mais coerente do que as que eles se opõe.

    Mas tão certo, tem mais é que se matar mesmo! Espero que se esterilizem antes para não deixar mais herdeiros idiotas retardando a nossa evolução.

    *ou góticos, paganismo anglo-saxão, neo-nazismo viking.

    • Leo disse:

      São Gabriel da Cachoeira é um município amazonense e não se localiza em Manaus. Ele fica quase na divisa do amazonas com a Colômbia.

    • Fabiano disse:

      Fabiano, quem sabe você comece a respeitar a vida dos outros, se libertar não e ser do contra, e viver a sua vida e não a dos outros. Se você me entende, então cuide da sua vida, e influencia é só uma desculpa, cada um faz o que quer.

  2. Fabiano disse:

    Ah, esqueci de dizer que tem caras mais velhos que além de acreditar nessas asneiras, vêem vantagem em influenciar e controlar a criançada que está se iniciando.
    São os sacerdotes místicos da seja lá qual culto eles sigam. Estes são manipuladores e corruptos igual os pastores evangélicos.
    Os moleques que caem nas garras destes “mestres” fazem isso pela mesma crença e obediência nas autoridades. Falácia da autoridade.

    O “bom” pastor e seus cordeirinhos. Enganados com toda falsidade que um líder de culto religioso tem para manipular as mentes fracas e fazer elas acreditarem que estão no controle.
    Mas ainda pagam obediência…

    Igualzinho os crápulas das religiões que eles abominam.
    A história se repete.

  3. Carlos Magno disse:

    É isso Mori. As práticas de satanismo têm origem na ignorância e fanatismo, mas principalmente advém de poderosas forças do mal que dominam sobre homens e nações. Ninguém estará isento dessas horrendas formas obsessivas se não levar uma vida de sólidos valores.

    Há religiões e filosofias que combatem duramente dentro de seus círculos de existência tais práticas, que infelizmente ressurgem sempre.

    Mas veja, também, o que sucedeu agora no Afeganistão onde o satanismo buscou nos homens de tecnologia o brutal e covarde ataque à população civil, sacrificando mais de noventa pessoas, dentre crianças, adolescentes e jovens. Um ritual tenebroso dos bruxos modernos que não respeitam a vida humana e usam a tecnologia para satisfazer seus insaciáveis desejos de extermínio.

    September 8, 2008
    As the doctor walks between rows of bodies, people lift funeral shrouds to reveal the faces of children and babies, some with severe head injuries.
    Women are heard wailing in the background. “Oh God, this is just a child,” shouts one villager. Another cries: “My mother, my mother.”
    The grainy video eight-minute footage, seen exclusively by The Times, is the most compelling evidence to emerge of what may be the biggest loss of civilian life during the Afghanistan war.
    These are the images that have forced the Pentagon into a rare U-turn. Until yesterday the US military had insisted that only seven civilians were killed in Nawabad on the night of August 21.

    Last night the Pentagon announced that it was reopening the investigation in the light of “emerging evidence” and was sending an officer to Nawabad to review its previous inquiry. Villagers and the UN insist that 92 were killed, including as many as 60 children. Locals say that the US and Afghan troops who came into the village looking for a Taleban commander, with US air support, used excessive force.

  4. José Luís Santana disse:

    Vou tentar ser direto e reto…

    Com o devido respeito…FORÇAS DO MAL UMA OVA!
    O ser humano ja nasce com instinto para fazer coisas boas e ruins, não tem nada a haver com Deus ou diabo..

    qualquer idiota que tenha uma leve inclinação para matar e se deixe levar por crenças imbecis vai cometer atos de atrocidades em nome de “Deus” ou de Satã…a desculpa todavia será sempre a mesma…uma crença idiota.

    Católicos mataram pela fé na Inquisição
    Muçulmanos matam pela fé ainda nos dias de hoje
    Agora estes adolescentes góticos idiotas que se deixam levar por simbologias e crenças de que existe um “Deus do mal” também estão querendo aparecer da maneira deles…

    O fundo de tudo isso é uma coisa só a “maldade” em sí está dentro do ser humano, não tem absolutamente nada haver com “forças do mal” diabo, demônios ou satã…

    Assim como o Carlos alegou que “As práticas de satanismo têm origem na ignorância e fanatismo” as práticas religiosas extremas estão incluídas no mesmo contexto.

    Fanáticos em qualquer religião ou crença são tão propensos a cometerem atos de extrema crueldade quanto esses jovens canibais da Russia…

    O fundo é o mesmo, a maldade está dentro do ser humano.

  5. José Luís Santana disse:

    Em tempo…Boa Fabiano sobre o seu “Tudo igual mas ao contrario” !!! Concordo plenamente.

    Os idiotas se multiplicam, por isso tantos cultos e crenças.

  6. Carlos Magno disse:

    Gostaria de perguntar, dentre coisas que concordo e discordo dos comentaristas:

    Se o ser humano ja nasce com o instinto do bem e do mal,não seria o resultado do fator DNA?
    Em sendo fator DNA, como é lógico e científico concluir, por que todos nas famílias não são bons ou todos não são maus? Há muitas e até diametrais diferenças entre membros consangüineos sem que haja anomalias cerebrais.
    Instinto é uma seqüência de impulsos naturais, normalmente elétricos-cerebrais que no ser humano é revestida por valores culturais e emocionais, característicos dos membros componentes de uma família, grupamento, etnia ou povo. Logo, se o instinto está em todos, por que todos não são satanistas?

    Claro que o diabo é uma alegoria, mas tudo no universo é energia e força, que o diga as ciências. O próprio homem é um ser bio-elétrico, por que então não haver uma energia condensada e negativa milenar que atua em pessoas e que as faz responder às suas necessidades? Isso de forma alguma é ficção.

    Já que a eletricidade é positivo e negativo, então há nela intrinsícamente os dois fatores, que no relativismo podem ser bem ou mal. A opção humana ao bem ou mal é da própria individualidade, mas disso os reencarnacionistas tratam, em muitos desses casos, como ligações pretéritas trazidas à vida presente, e não um fator aleátorio, de simples escolha ou meramente instintivo e mecânico. Há considerações menos lineares e muito mais profundas a se fazer nos atos humanos.

  7. renato disse:

    Como bom(e tipico) ser humano que sou, matar é questão de situação e motivação. portanto uma coisa bem animal e humana.

  8. José Luís Santana disse:

    Me lembrei de já ter ouvido muito sobre canibalismo na Russia pós Stalin, então resolví fazer uma rápida pesquisa e encontrei esse artigo interessante.

    Não chequei as fontes, mas me lembro de ter lido algumas das ocorrências no passado,

    (em inglês)
    http://www.utexas.edu/conferences/africa/ads/804.html

    Parece que o tema é bastante recorrente por lá.

    Alguém quer ir comer um churrasquinho em Moscow?

  9. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Oi Carlos, Tudo Bom ?

    Protocolos já feitos, vamos ao embate.

    Nunca lí tanto ABSURDO JUNTO no seu comment.

    “Se o ser humano ja nasce com o instinto do bem e do mal,não seria o resultado do fator DNA?
    Em sendo fator DNA, como é lógico e científico concluir, por que todos nas famílias não são bons ou todos não são maus?”

    Lógico e ciêntifico ? Aonde ? Você já mapeou o DNA humano inteirinho ? Isso é uma hipótese, tenho que concordar, mas somente em ser uma hipótese.
    “Instinto é uma seqüência de impulsos naturais, normalmente elétricos-cerebrais que no ser humano é revestida por valores culturais e emocionais, característicos dos membros componentes de uma família, grupamento, etnia ou povo.”
    Até aí tudo bem, é uma das idéias de instinto x ser humano, existentes.
    “Logo, se o instinto está em todos, por que todos não são satanistas?”
    Logo, vê-se que não há o menor sentido nessa pergunta. Na verdade, logo, percebemos que, lógica, não há nesse seu pensamento.
    “por que então não haver uma energia condensada e negativa milenar que atua em pessoas e que as faz responder às suas necessidades? Isso de forma alguma é ficção.”
    Não, não é ficção, é ficção científica. Se ficarmos pensando em “porque não haveria” eu também vou pensar que porque não haveria de ter um criador do criador do criador que criou o criador, já que nós geramos nossa prole e eles gerarão a deles. Perceba que na minha tese NÃO HÁ LIGAÇÃO
    entre criador e seres humanos
    “Já que a eletricidade é positivo e negativo, então há nela intrinsícamente os dois fatores, que no relativismo podem ser bem ou mal.”

    QUI QUI É QUE VOCÊ DISSE ? Perae … deixa eu parar de rir …
    Pronto. Você disse que a carga negativa é “do mal” e carga positiva “é do bem” ? É isso ? Você sabe instalar um chuveiro ? Melhor … você sabe instalar um pluguinho macho na saída da fonte de qualquer aparelho elétrico que você tenha ? Então … cuidado para não encostar no fio negativo … ele “é do mal”.

  10. Nilson disse:

    Se a eletricidade é negativa ou positiva então a corrente alternada deve ser esquizofrênica.

  11. Wanderley Francisco disse:

    Concordo com José Luís Santana sobre o perigo fanatismo.

    Não importa se for fanatismo religioso, político, científico, etc…, todo e qualquer FANATISMO é uma idiotice; e mata do mesmo jeito, seja pro “bem” ou pro “mal”. Não há razão no fanatismo!!!

    Mas vale lembrar que os GÓTICOS NÃO são necessariamente SATANISTAS. Os góticos têm liberdade individual para escolherem suas crenças – ou não crê em nenhuma. No geral são laicos, não têm uma “crença religiosa própria” e nem fazem questão de integrarem uma religião.

    Talvez esses jovens russos sejam mesmo góticos, mas além disso, devem ter adotado a “crença satanista” como orientação. Muitos vezes jovens entram nessa sem a menor noção do que realmente é; eles acham legal ou são encorajados pelos lideres do grupo: os jovens buscam uma identidade, e se inspiram nas imagens e ações de um grupo e de seus lideres. Conseqüentemente, obedecem a esses lideres.

    anjoveloz8

  12. lawton disse:

    Na minha opinião,o fanatismo de qualquér sórte é nefasto para uma nação,principalmente quando ele é difundido em veiculos de comunicação de massas,como acontece em nosso pais e as autoridades,não sei se conivente ou não,aceitam,não prevendo o mal ou até o caos que isto causara em um futuro breve.Penso que o governo deveria tratar do caso,igual trata o crime organizado antes que seja tarde.

  13. Transeunte disse:

    Carlos Magno, até hoje eu o via com um religioso fervoroso. Mas agora, após seus comentários neste tópico, eu entendi! Você é um Andy Kaufman brasileiro! Agora você não me engana mais!

  14. Carlos Magno disse:

    Transeunte:

    Para os tolos um diamante e um carvão têm valores idênticos.

    Cunprimento-o por sua finíssima ironia, afinadíssimo senso de observação e fulgurante inteligência!

  15. Transeunte disse:

    Olha você ai de novo!!
    Vocês viram? Bem ai em cima! Viram o estilo Andy Kaufman de ser?
    Carlos, você é fera!

  16. anonimo disse:

    pois é…carlos magno é uma das identidades secretas do mori!

  17. Carlos Magno disse:

    Você ainda não entendeu?
    Caramba, vida dura né companheiro?

  18. Gustavo Gomes Narciso disse:

    hahahaha … esse Carlos não existe mesmo …

  19. Raphael Anthony disse:

    Olá pessoal!
    Bom, Quanto ao instinto, é algo ainda mal compreendido dentre a maioria das pessoas, assim como o próprio Darwinismo por exemplo onde as pessoas insistem em mencionar que a deriva humana é do macaco… Mas deixando isso de lado, desde antes do “homem se entender como homem”, ainda na fase do Australopitecus (o nosso ancestral mais antigo conhecido hoje) eles matavam por matar, o motivo era territorial, isso é sobrevivência, mas eles matavam animais não ameaçadores em abundância muitas vezes e sem o objetivo de consumí-los. Já como Homo spp. Nós eliminamos da lista global zoológica os mamutes, os tigres-dentes-de-sabre, a preguiça gigante, as Moas, os Dodôs, os tigres-da-tazmânia e em breve onças, tigres, ursos polares e a nós mesmos. É de fato a natureza destrutiva humana, ora pois, a extinsão é natural! Mas como o homem é uma praga que não pára, ou não pararia de se propagar, “ganhou” essa propriedade aniquiladora para estabelecer um controle da própria espécie e talvez, agilizar o avanço das mutações do nosso planeta. O instinto entra aí. Não tem nada a ver com irracionalidade, todos nós, inclusive os outros animais, somos sim seres pensantes. A diferença é que os animais não tem uma linhagem cognitiva tão apurada quanto a nossa, se é que eu posso estar considerando isso vendo tais casos como os supracomentados. Nós herdamos esses instintos das necessidades de nossos ancestrais em aniquilar para povoar. Mas toda espécie precisa se ter um início e um fim biologicamente, então, o que levou o homem a se tornar “bem sucedido” Evolucionistamente falando, também é o que extinguirá a espécie, isso é fato e podemos ver isso em algumas espécies que se aniquilaram no passado. Então não é de se estranhar que o homem venha buscar sentidos para tantas aniquilações, são elas o dinheiro, a ciência, a religião e até o prazer! O legal do Homo sapiens é que eles procuram motivos pra tornar essas atrocidades viáveis de qualquer maneira!

    Bom, eu sou Evolucionísta e cético, ou pelo menos me considero, mas quanto ao lado criacionista citado por alguns comentaristas, acho que não devem ser desprezados, pois há corelacionamentos entre ambas as teorias sim. e tbm acho que ambos os lados, com seus extremismos e certos conflitos acabam se desvirtuando de suas metas comuns: esclarecer fatos.

    A ciência tem limites, pois a lógica é limitada, a crença tem limites tbm, pq o mistério é ilimitado quando não se encontra a lógica.

    Tenhamos o Big Bang como exemplo, as pessoas pensam que foi uma explosão, mas na verdade foi uma “ultra veloz” espansão do universo, ou seja, o universo passou a existir em uma determinada data, porém, a ciência tem o limite de não poder estudar o que veio antes dessa data, pois, se não existia o universo, não existia espaço e se não existia espaço não existia tempo e aí pára a ciência e entra o criacionismo e a criação do universo que até a ciência precisa aceitar isso o que é a única explicação existente, que, como comentaram, realmente deve sempre existir o criador do criador, e aí mora o mistério da fé e de Deus e aí tbm se limita a explicação criacionista.

    Fugi demais do tema, pessoal, me perdoem! Mas o assunto dos comentários levou ao meu comentário final!

    Abraços!

  20. Carlos Magno disse:

    Exclente, Anthony:

    Mas por favor volte com novas explicações, pois você é um cético equilibrado e inteligente.

    O maior problema por aqui é o número assustador de Australopitecus e até que cheguem ao Neandertalensis, vai levar milhões de anos. Quanto mais a pôr a teoria de Darwin por terra, visto tanto o Neandertalensis como o Cro-Magnon, não terem sido as origens do homem moderno.

    As descobertas do Homem da Galiléia que o digam. E se você por acaso voltar a esse assunto, avise, por favor, aos Australopithecus desse espaço, que o Homem da Galiléia, no Darwinismo não foi Jesus!
    Abraços.

    P.S. O instinto é muito mais do que eu escrevi, mas para esse bando de Brucutus foi suficiente. Idem a eletricidade, as polaridades etc.

  21. José Luís Santana disse:

    Raphael Anthony,

    Vc escreveu tudo aquilo que acredito, e que não tenho saco pra sintetizar tão bem quanto vc fez.

    Bom saber que existem pessoas que compartilham uma visão critica que considero ser a mais adequada sobre o que é a humaninade afinal.

    Parabéns pelos comentarios cara!

  22. Gustavo Gomes Narciso disse:

    @ Raphael
    Achei interessante seu ponto de vista.
    Por isso farei algumas perguntas, se não se importar.

    Qual é a religião que faz a descrição da ligação entre o fenômeno, que é uma hipótese ainda, dito como “big bang” e o criacionismo ?

    Interessante também a argumentação de que a distinção da humanidade perante os outros animais é que será o motivo pela nossa instinção. Ou seja, a capacidade de transformar matérias existentes em nosso planeta em prol do nosso conforto, seja ele qual for. O que você diz, foi descrito, também, na Superinteressante nº 255 como hipótese, de alguns poucos pensadores, ressalto, do possível motivo que nós seres humanos, nunca vamos entrar em contato com outros seres pensantes extra-territoriais, vivos, de mesmo nível ou maior que o nosso, considerando a existencia deles, claro. Justamente pelo histórico e exemplo, de como somos capazes de denegrir o nosso planeta em poucos 130 anos de tecnologia aplicada de maneira inconsequente. Como somos o único exemplo de sapiência de nossa categoria, espelha-se em nós essa teoria. Mas considerando a rapidez que denegrimos com o advento da técnologia, vejo um grande potencial que a humanidade possui para evitar um auto-extermínio, como evento a acontecer mais provável. Embora isso não dependa de poucos. Dependa da humanidade se tornar uma unidade em favor da nossa perpetuação. Mesmo assim ainda penso que conseguiremos, ou melhor nossos netos e bisnetos o conseguirão.

    Peço que pense se a afirmativa que disse é realmente correta quanto ao fato que a humaninade irá se extinguir. Me desculpe, mas fato o nome dado a algo que já acontece ou aconteceu. E lógicamente extinção da humanidade ainda não aconteceu. Até a hipotese da humanidade extinguir, quase todos os seres e ficarmos aqui, era mais provável, mas como presenciamos um momento único da nossa espécie, a preocupação com nossa perpetuação e com uma nova ótica sobre os nossos outros irmãos “mais distantes” ( outros animais ), menos conscientes e capazes de dominar de maneira tão versátil o ambiente e o nosso próprio corpo, acho ainda menos provável que o que diga se concretize. E como já disse, sabemos, que nossas capacidades são muito maiores do que pensamos que são. Assim não vejo fato algum que indique o “fato” do nosso auto-exterminio.
    Sem comentar que nenhum animal extinto deste planeta tinha as mesmas capacidades que possuímos, ou chegaram ao nosso nível de tecnologia, Cro-Magnon, a exemplo, que por sinal como muitos pensam, não é um ancestral direto de nós.

    Assim não é uma boa teoria, onde se busca predizer o que acontecerá com a humanidade, correlacionando com espécies menos capazes a “domar” seu destino. Sem ainda discutir as grandes epidemias que não ocasionaram na nossa extinção. Se interessante acharem o assunto sobre as grandes epidemias, cliquem aqui http://www.minasinfecto.com.br/arquivos/aulas/aula2pec2006.pdf.
    E se gostariam de saber, mesmo com as guerras mundiais que praticamente ocorreram em sequencia e com menos da metade de uma geração; as baixas civis e militares somadas chegaram a 70 milhões de pessoas, uma tragédia, mas estamos ainda aqui.

    .

    .
    @ Carlos

    Não seja ridículo, Carlos, ou você realmente não entendeu a afirmativa do Raphael ?
    “A ciência tem limites, pois a lógica é limitada, a crença tem limites tbm, pq o mistério é ilimitado quando não se encontra a lógica.”
    Não significa que as hipóteses são ilimitadas ! Não significa que tudo que imaginas é factual.
    E tenho que discordar com o Raphael quanto a essa afirmativa, pois a ciência é limitada pela falta de fatos e evidências, e não pela falta de lógica. A falta de fatos e evidências impedem a lógica linear, gerando hipóteses ( palavra que os céticos, evolucionistas, cientistas e ramificações, mais usamos. A prova do fato é tão difícil de se obter que usamos esses pensamentos não “terminados” para buscar e avançar no conhecimento do todo que somos feitos e que nos rodeia ao infinito.
    E medir inteligência pela opinião é um preconceito desprezível.
    A ignorância, que não é correlativa com a inteligência, é o maior mal da humanidade hoje.
    A opinião que é carente de conhecimento ( ignorância ) nunca poderá ser considerada “burra”.
    Não seja ignorante. Inteligente sei que você é.
    Não nos chame de “burros”. Não passe a idéia que, você, é que seja.

    Desculpem-me pelo tamanho do comment.

  23. Raphael Anthony disse:

    Olá pessoal! Boa noite! Obrigado pelos elogios!

    Bom, vamos por partes…

    Carlos Magno, de fato nem o Cromagnum e nem o H. neandertalensis são nossos ancestrais, inclusive foi o H. sapiens que extinguiu o último, acredita-se que foram os H. erectus que originaram a humanidade atual, inclusive os H. neandertalensis, mas o fato é que ainda não se há uma conclusão unânime quanto a nossa verdadeira origem e que a maioria dessas espécies coexistiram.

    Gustavo Gomes Narciso, as religiões, até antes das ciências já tentavam explicar a origem do universo e a nossa mesma e eu, particularmente, gosto de respeitar os “mais velhos”, então não criticarei essas partes, nem colocarei nenhuma religião a prova, mas posso falar um pouco da ciência.
    Quanto aos seres pensantes mencionados, eu não faço a mínima idéia se existem, mas ainda quanto à teoria do Big Bang, há alguns defensores da mesma que dizem que o universo se expande até um determinado limite e depois contrai destruindo tudo para depois iniciar um novo Big Bang expandindo-o novamente. Analisando isso, é impossível não só a humanidade, mas toda e qualquer vida sobreviver e levando a mesma hipótese em consideração, existiram enésimos universos antes do nosso e tbm existirão, nesse sentindo, fica difícil não acreditar em outras vidas pensantes nesses pré e pós universo-hoje. Eu não descarto essa teoria de forma alguma, afinal, a Terra é assim, ela se reinventa e quem sabe o universo também não se reinvente?

    Sabe, eu gosto de pensar a Terra possui vida própria (Não literalmente) e que ele considera o homem uma praga a ser combatida… Só de se levar esse fundamento em conta, é impossível que o homem sobreviva a isso. Existem estimativas de que nosso planeta suporta apenas 7 bilhões de habitantes (Se não me engano) e já estamos muito próximos disso, justamente pelo homem ser tão desenvolvido e por ser o mais evoluído de todos os seres que ele se torna soberanamente bem sucedido ao ponto de povoar quase que sem limites, aí que entra o conceito da auto-extinsão humanídea.

    As pessoas muitas vezes pensam e dizem que o homem não possui predadores naturais, mas na verdade possui sim, desde sucuris que são ocasionais predadores até os seres microbiológicos de importância patológica que são nossos predadores diretos e você os citou bem mencionando as epidemias… Num ponto de vista biológico e para nosso bem estar ou pelo menos de alguns, essas epidemias de dengue com vitimas fatais, por exemplo, são males necessários para um controle biológico da nossa espécie. Então, se o homem não se auto-extinguir, a natureza o fará de algum modo, pois não importa o quanto a tecnologia ou a medicina estejam avançadas, o homem nunca estará totalmente preparado e a decadência sempre começa por uma minora. Tomemos como exemplo o vírus, não sabemos nem se é um ser vivo ou não, em outras palavras, não conhecemos esse nosso inimigo que vai se tornando cada vez menos conhecido com a descoberta dos novos.

    A humanidade quase foi extinta uma vez há mais ou menos 70 000 anos atrás, deixando a Terra a um legado de mais ou menos 10 000 habitantes dentre eles aproximadamente 5 mulheres. Imagine só o inferno que deve ter sido essa época. Calor intenso seguido de frio mortal. E não foram os homens da época que causaram isso e nem a gente está causando o aquecimento global hoje, apenas o estamos agilizando. Isso é tão natural que se for levar em conta uma vaca e um carro, ambos poluem equivalentemente liberando metando, que é 4x mais poluente do que o CO2, através dos flatos gastro-intestinais bovinos e dióxido de carbono por parte da queima de combustíveis. E ainda, os temíveis derramamentos de óleo no mar por exemplo que matam muitos seres biomarítimos, a natureza tem algo que é mais letal do que isso que é um fenômeno chamado de Maré-vermelha, que são substâncias tóxicas liberadas por protozoários chamados Dinoflagelados na época de reprodução.
    O que estou querendo dizer é que a toxicidade é natural, a poluição também e a morte em demanda também é e que isso tudo contribui para os ciclos periódicos do planeta e que o homem está dando uma “mãozinha” para o fim do nosso ciclo, o fim do Holoceno e o fim da nossa própria espécie.
    Nós temos sim mais capacidade do que pensamos que temos, afinal, usar 5% da capacidade mental é digno de gênios dentre os homens padrões de simples 3% de uso. Mas não importa o quanto a humanidade se unifique (a globalização segue tentando sem muito êxito a muitos povos) sempre teremos a resistência. Sempre teremos algum idólatra monetário que tirará proveitos dessa suposta desenvoltura boacionista e conscientista global já que o instinto assassino de predominância do topo sempre existirá.

    Sabe, eu me animei muito com seu post, ele soa otimista e rico em esperança, coisa que está bastante em falta hoje. Não que eu seja pessimista admitindo a nossa própria instinção, mas nada, absolutamente nada pode driblar a biologia. E a nossa biologia é a que sempre foi e sempre será. Não nascemos para sermos gratos com o que temos e para aceitar nossas presas diárias e nem nossos predadores do cotidiano. Nós nascemos para sermos HOMENS!

  24. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Ué deu pau no comment ?
    Se foi minha culpa, devido ao tamanho foi mal …

  25. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Mori deixa eu responder !!!!!!! pleaaaaase !

  26. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Rapha … me dá um email seu pra eu responder pq o programa do blog tá me cortando.

  27. Angela disse:

    Eu sou satânista e não pratico rituais de matança, o satanismo verdadeiro, não adora satã, ele foi fundado por cientistas e pensadores da época em que a igreja proibia o avanço cientifico, era um grupo que secretamente combatia os exessos da igreja, e adotaram o nome de satã apenas para deixar claro que eram inimigos da igreja, pois a palavra satã significa adversario.

  28. Transeunte disse:

    “Sabe, eu me animei muito com seu post, ele soa otimista e rico em esperança, coisa que está bastante em falta hoje.”
    Pois olha, tive a impressão inversa… Fico até preocupado de alguém usar os argumentos por você apresentados para tentar legitimar chacinas, guerras e etc.

  29. Transeunte disse:

    Erro meu, pensei que você estava se referindo ao seu texto Raphael Anthony. Lendo seu texto Raphael é difícil, para mim, não vê-lo como um pessimista.

  30. Gustavo Gomes Narciso disse:

    @ Transeunte
    Não entendi quem voce achou pessimista e otimista ?

  31. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Ainda te acho extremamente pessimista Raphael …
    E o cerebro é 100% usado, à saber.
    Qual o evento que aconteceu 70.000 anos e só ficaram 5 mulheres ? Onde vejo procuro mais para eu me informar melhor?
    E a biologia não pode ser “driblada”, mas o conhecimento sempre pode ser expandido ( e está acontecendo isso agora )assim não precisamos de evolução ( digo a respeito da nossa ) precisamos de espaço para armazenar nossos dados, nossas bibliotecas de informação. E a natureza não esperava um animal tão forte como nós. Ainda acho que podemos até viver mal ( sendo a pior das perspectivas ) mas vamos viver de qualquer jeito.

  32. marcel disse:

    É de um ridículo atroz usar o satanismo para criticar os exorcismos feitos pelas igrejas cristãs.
    A desonestidade intelectual é gritante aqui. Onde estão os dados de que exorcismos matam mais que rituais satânicos? Eu gostaria de vê-los senhor Mori ou será mais uma de suas mentiras ? Como também é mentira que a senhorita Anneliese Michel não morreu devido a falta de tratamento já que a mesma recusou continuar um tratamento que não serviu para nada, E DESDE quando por receber um pouco de água benta e orações ela morreria? Ou será que os padres a esfaquearam 666 vezes?
    Francamente ou você é um tolo ou apenas um bobo anticristão que mente para validar seu ponto de vista deturpado e cheio de ódio àquilo que considera inválido.
    Está na hora de começar a refinar suas falácias senhor Mori. Como você não encontrou nenhum ritual de exorcismo real onde a pessoa tenha morrido você aproveita para mentir sobre um caso antigo e atacar o cristianismo de maneira ridícula e infantil.
    Finalizando quero as provas de que exorcismos cristãos matam pessoas na mesma quantidade que esses malditos rituais para satanás, duvido que você consiga provar sua mentira.

  33. Carlos Magno disse:

    Anthony:

    O homo habilis e o home erectus, teriam sido os ancestrais mais longínquos do homo sapiens. E concordo que cada dia fica mais distante descobrir-se quem originou o homem moderno pela teoria do vovô Darwin e seus seguidores.

    Mas para eles, sem dúvidas, são bem-vindos os acreditados elementos evolucionados dos antropóides-hominídeos, destacados dos Pongídeos, pois vêm satisfazer aos seus anseios de externar ao mundo antiga e apaixonada antropolatria.

    Entretanto, o neuroanatomista Terence Deacon concluiria que o Neanderthalensis não tinha nada de idiota, pois seu cérebro era maior do que o nosso! Portanto, nada feito, e o Neandertalensis e o Cro-magnon estão fora de cogitações, mesmo porque ambos teriam vivido, no máximo, contemporâneos, e não haveria uma continuidade em linha atávica de ambas as espécies, como proposto por Darwin.

    E, principalmente, a idade de ambos recua há mais de 100.000 anos, não se sabendo onde realmente inicia, o que derruba de vez com a teoria darwinista.

    Concordo que o homem moderno usa em média somente 5% da capacidade cerebral, mas para ele os 5% representam quase 100%, não se contando os chamados gênios que algumas vezes utilizam 10%.

    Discordo sobre a quase extinção da humanidade há 70.000 anos. Talvez você se refira à uma era indefinida de glaciação, ou de um suposto meteóro arrojado sobre o planeta, mas são especulações. No meu entendimento não houve esse perigo e nem esse descompasso homem-mulher. O planeta passou por muitas transformações, mas nenhuma ameaçou a extinção da humanidade.

    Quanto à extinção da humanidade em futuro, haverá sim, se não for por fatores decorrentes de guerras tecnológicas, onde a fome e sede serão o legado dos poucos e temporários sobreviventes, será pelo final de um ciclo evolutivo natural, dentro irrestritamente do condicionamento das fases nascimento-crescimento-maturação-decrepitude-morte.

    A humanidade, numa comparação superlativa, dentro de um planejamento de existência é a representação da vida-una numa dimensão de um todo como um único SER.

  34. Raphael Anthony disse:

    Olá Transeunte! Então, não sou pessimista não… A questão é a seguinte: Eu sei que um dia vou morrer e não sou pessimista por causa disso. A mesma coisa se aplica a nossa espécie. Nada é eterno, a questão é essa. Nem a Terra, nem o sol e nem o universo assim como nossa espécie, um dia desaparecerá.

    Olá de novo, Gustavo! Agora todos pensam que sou pessimista… rsrs. O cérebro humano não é 100% utilizado não, vamos dizer que o ser humano não é tão perfeito quanto imaginamos, mas evoluiremos muito ainda.
    O tal evento catastrófico de 70 000 anos atrás foi a erupção do vulcão de Toba, que foi o maior vulcão que se tem registro, por causa dele, a humanidade quase foi extinta, mas devido a Era Glacial que se originou depois do calor intenso gerado por ele. Acho que se você for procurar no Google achará as fontes. Nisso, sobraram cerca de apenas 10 000 humanos, dentre eles apenas 5 mulheres ou uma quantidade qualquer, mas não muito distante disso, pois crianças e mulheres são (ou eram) mais frágeis e vulneráveis do que os homens e assim desapareceram numa massa muito superior ao dos homens. A partir disso também há uma teoria duvidosa, mas não menos interessante de que todos nós derivamos de uma única mulher. Essa teoria é chamada de Eva Mitocondrial.
    Bom, a natureza é sábia, nada escapa ao controle da mesma e o homem não é exceção. Como eu disse ao Transeunte, nada é eterno. O ciclo de uma espécie entende-se como o ciclo básico da vida. Ela nasce (ou se origina de), cresce (ou se desenvolve), reproduz-se e morre (ou extingui-se). Tudo bem você acreditar na durabilidade eterna do homem, mas digamos que isso não é muito cético, mas é respeitável e aceitável, por que não? Ora pois, ainda estamos aqui apesar de tudo. O fato é que discutiremos aqui em vão pois jamais, durante nossas vidas, saberemos da resposta.
    Nós não somos um animal tão forte quanto você pensa… Saiba que, se nós formos extintos, os insetos , por exemplo, continuarão a existir e a continuar sendo superiores a nós em amplos sentidos, mas claro, não em todos. Eles são a forma de vida mais espetacular existente na minha humilde opinião. Só de se imaginar que podem saltar milhares de vezes o tamanho de seu corpo e até deter o recorde de maior força do reino animal (Besouro-Rinoceronte), não é de se estranhar que um sábio venha a dizer: “Os insetos sempre vencem”.

    Carlos Magno, tudo bem? Isso mesmo, H. habilis e H. erectus são nossos ancestrais. Consideram o último o nosso ancestral direto. Mas os ancestrais de nossos ancestrais são, provavelmente o Autralopitecus até então o melhor fundamentado.
    Bom, definitivamente nada temos a ver com o H. neandertalensis a não ser nosso gênero mesmo, mas a princípio, esses mantiveram uma boa relação com os H. sapiens, inclusive, há estudos sobre possíveis híbridos entre as duas espécies, consta veridicamente tal fato, mas por expansionismos territoriais o homem acabou por aniquilá-los. Nós, até então, somos originários da África e nos expandimos para todo o globo, inclusive, para a Europa, lar dos H. neandertalensis e cá estamos nós.
    Quanto à quase extinção do homem há 70 000 anos, é fato, tem-se até a cratera do vulcão na Indonésia se não me engano. É inclusive o maior lago crateriforme que existe.
    Acha pessimismo acreditar que a espécie humana desaparecerá? Eu acho natural e parece que você concorda.

    Fortes abraços!

  35. Carlos Magno disse:

    Anthony:

    Aprecio deveras seus comentários, impregnados com o hábito dos evolucionistas, porém com dúvidas e flexibilidades para novas conjeturas.

    Mas apesar disso, discordo de que o homem tenha se originado na África. Não importa da conclusão da ciência oficial, ela está errada nesse particular e o tempo (será que ainda o teremos?) o demonstrará. A Africa sob esses contorno físico é muito recente para ter sido o berço humano – e não foi!

    E se há registros fossilizados de primatas-hominídios existentes em períodos anteriores há 16 milhões de anos, como no Cretáceo, por exemplo, jamais foram humanos, não pertenceram a nossa humanidade e seguramente deles não descendemos.

    Anthony, veja bem, se um único vulcão na Indonésia conseguiu quase extinguir toda a humanidade, que tamanho ele teria, ou qual seria a população global na oportunidade? Essa teoria peca pela desproporcionalidade e exagêro, pois a erupção de um vulcão afeta regiões e não todo o planeta.
    Abs.

  36. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Ae Carlão !
    Confesso que não procurei a respeito do tal vulcão.
    Mas … Carlão … que comentário sensato é esse que ???
    Não acredito ! Gostei da sua colocação !!!! Olha só … quem diria …

  37. Gothic doll disse:

    Fiquei chocada!Sinceramente eu acho que o que esses adolescentes fizeram nao passou de um acto estupido e certamente quando dizem que a culpa é do ambiente da casa ou da educaçao dos pais permitem-me a discordar!Pois existe pessoas que passam imensos traumas em casa e nem todas matam e decapitam eu acho que o mal ja nasceu com esse grupo eles sao quem sao nem sempre podemos culpar os pais nao acham?…eu tambem discordo quando dizem “Os goticos sao todos assim uma cambada de drogados que se matam uns aos outros” aqui esta um comentario preconceituoso,eu sou uma miuda gotica de 15 anos e ninguem me ve a matar ninguem sinceramente.
    Tenho pena daqueles quatro adolescentes que foram mortos de uma maneira sadica e cruel…tinham um grande futuro e foi completamente destruido e eu presto homenagem ao sofrimento deles.

  38. Raizien disse:

    Eu concordo com a Gothic doll. Eu tambem sou um gotico de 15 anos e nunca matei ninguem. Não se deve generalizar os grupos, em todos os tipo de grupos existem pessoas melhores e piores. Realmente o que esses filhos da mãe fizeram foi pessimo, mas não se podem culpar todos os goticos por o que alguns fazem pois nem todos são iguais.

  39. este é o meu nome disse:

    Sabem eu também tenho 15 anos e para mim seguir a moda é uma das maiores fantasias, quem se veste assim pensa que está a ser diferente mas na realidade é igual a todos os outros adolescentes ou pré-adolescentes como quiserem chamar existem outras formas de se sobressair no meio de uma comunidade se é esse o verdadeiro objectivo dos seguidores da moda, criem as vossas tendências não andem a ai a imitarem-se uns aos outros ou a “papaguear” neologismos apenas para perecer que estão dentro do que se passa.

  40. monique, marina, juliano e ricardo disse:

    sabe na nossa opiniao, essa historia de satanismo é uma grande besteira, é coisa de gente besta que nao tm o que fazer e ate medo do escuro devem ter!
    sao soh pessoas tentando ser diferente ou se aparecer mas como nao conseguem inventao essas coisas!!
    elas procuram essa metodologia para se encontrar, mas no fundo nao encontram nada e sofrem muito mais ao descobrirem que sua vida eh um vazio!!

    mas sei lah cada um tem que ser como quer, desde que isso nao mude a vida de ninguem!!

  41. freey disse:

    tudo mentira pra começar foi na REP CHECA.
    SEGUNDO; era coisa pesada da grossa porque eles
    estavam envocando papai satan.

  42. max disse:

    cada um acredita no q quer então parem de julgar os outros;a mente humana e uma arma satanica,as pessoas não tem ideia nem sabem ao certo o que e os rituais satanicos qual as forças que esses rituais nos dão para saberem terão que participa mas não e todo mundo que o demônio aceita depende do sweu srcrificio………

  43. Guilherme disse:

    Tinha que ser gente sem cabeça pra acreditar que eles eram Satanistas, eu tneho 16 anos de idade e sou satanista e te garanto que o satanismo é contra tudo isso que aconteceu aí

  44. […] CBF e na FIFA.O criminoso bate na Igreja durante o ano inteiro, mas morre de mêdo de denunciar as organizações que sacrificam crianças l.É bandido defendendo […]

  45. carolina disse:

    nao acredito pq eu gostava de um gotico e ele nao seria capas disso

  46. Vitória Sales disse:

    Emos são tranquilos e pacificos , Punks usam roupas escuras mas não são do mal .
    Góticos adoram o demonio !
    É a mais pura verdade!

    E ainda tem gente que acha que os culpados desse crime são as vitimas ? Quem escolheu ser do mal,foram eles!

    Parabéns pelo blog \o/

  47. Raphael Kamal disse:

    Vou falar uma coisa bem simples. Eu sou Satanista.

    Porém no Satanismo, não exitem praticas relacionadas a sacrifícios, ou canibalismo, e muito menos adoração ao diabo…
    Esses rituais, são feitos por Satanistas Teístas, que no caso são “Satanistas” que adoram o diabo. Mas isso não existe, isso não é uma religião, é apenas digamos “Moda”, que é seguido por pessoas que não conhecem a religião… Uma prova disso é que o Satanismo é uma religião opositora. E se você adora o diabo, você tem em consciência de que Deus existe. Então você não passa de um cristão.

    Existem religiões que adoram Lúcifer. Mas não como o Satã, e sim como o Anjo da Luz. E o objetivo dessa religião é procurar a iluminação. Que no caso também não existem rituais de sacrifício.

    Isso é só uma prova de como as pessoas são burras e sem conhecimento, tanto as que criticam e tanto as que praticam esses rituais… (Nada contra a religião de alguém)

    Só postei porque os Satanistas(Reais) ficam mal vistos como assassinos, loucos e adoradores do diabo… E sei lá, acho isso errado. É o mesmo que falar que todo muçulmano é homem-bomba… São só criticas sem fundamento… :D

  48. PJ disse:

    Uai, mas pelo que eu saiba no filme da Emily Rose não há conclusão se foi um caso de possessão ou só esquizofrenia mesmo. Claro que a Anneliese Mitchel morreu de esquizofrenia e as ilusões dela foram acatadas e incentivadas pela família, por isso ela morreu. Mas o filme ficou melhor sendo ambíguo do que se mostrasse certeza.

  49. Renata disse:

    Correcçao. Goticos nao tem nada a ver com santanicos, as vestes sao parecidas mas a filosofia e bem diferente. E goticos nao tem ( por norma) crenças religiosas, mas como tudo ha excepçes. o que quero dizer e que confundem sempre satanicos com goticos. e quanto a noticia nada justifica o que fizeram por isso nao tenho pena nenhuma se forem presos

  50. jamile souza de araujo disse:

    acrediite pois so deus pode libertar essas mentes negativas quanto ao coracao porque cristo veio para que todos tenham vida e vida em abundancia conhecereis a verdade e a verdade vos libertara conhecam a deus antes de julgalo pois sejas sabio e prudente consigo mesmo amem

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *