MENU

Dendera: lâmpadas elétricas faraônicas?

A Epidemia de Manchas no Pára-brisa de Seattle: Uma...

10 de agosto de 2009 Comments (24) Views: 10755 Ceticismo, Fortianismo

Deus parou o Sol?

por Bert THompson, PhD
Traduzido por César Medeiros

No décimo capítulo do Velho Testamento do Livro de Josué, está relatado que o Sol "parou". Circula, com freqüência, a história de que cientistas da NASA, usando computadores para calcular as órbitas da Terra e do Sol, encontraram o que seria um "dia perdido". Depois de muitos exames, esses cientistas usaram seus computadores para descobrir o dia que faltava, provando que o registro bíblico é correto. Essa história é verdadeira?

De tempos em tempos, histórias como essa que foi descrita acima aparecem – em boletins e publicações religiosas ou mesmo na Internet – como se fossem factuais e verdadeiras. Não há dúvidas de que aqueles que a propagaram a conhecem intimamente e a têm como seu último baluarte de defesa da Bíblia contra as fundas e flechas dos infiéis. Contudo, ela não é verdadeira. As investigações revelam os detalhes que se seguem.

Histórias similares têm circulado por mais de meio século. No seu livro de 1936 – "A Harmonia da Ciência e Escritura", Harry Rimmer dedicou o último capítulo inteiro à "Moderna Ciência e o Longo Dia de Josué". Nessa discussão, Rimmer reconta a história bíblica de como Deus fez o Sol parar (Josué 10), e então faz as seguintes declarações concernentes ao milagre: "O testemunho final da ciência é que tal dia está faltando no registro do tempo. Por mais que o tempo se prolongue, o registro deste dia deve permanecer. O fato é atestado por eminentes homens de ciência, dois dos quais eu cito aqui". (1936, p. 280)

Dr. Rimmer então menciona dois cientistas – Sir Edwin Ball, um astrônomo britânico, e Charles A. I. Totten, um professor de Yale. Ele informa ter sido Ball o primeiro a noticiar que "quarenta e quatro horas foram perdidas no tempo solar". Rimmer então faz a pergunta: "Para onde eles foram, o que foi que causou esse estranho lapso, e como ele aconteceu? (p. 280). Rimmer então oferece o que ele chamou de sumário do livro de Totten onde, ele diz, a informação poderia ser encontrada para provar exatamente como o dia perdido foi descoberto. Rimmer dá até o dia e o mês exatos no qual a batalha de Josué foi travada – Quarta-feira, 22 de Julho (p.226).

Antes de responder a questão de que os cientista da NASA alegadamente descobriram o "dia perdido" de Josué, deixe-me fazer várias observações sobre esta antiga versão (da qual a mais nova obviamente foi adaptada – com considerável embelezamento).

Primeiro, Rimmer especificamente declara que está fazendo uma citação de Ball e Totten, apesar de nenhuma das declarações que fez terem sido colocadas entre aspas. Segundo, o livro de 1890 que Totten escreveu ("O Longo Dia de Josué e o Relógio do Sol de Ahaz") nunca foi citado por Rimmer, o que parece um pouco estranho, considerando que Rimmer devotou um capítulo inteiro sobre o assunto no seu próprio livro.

Terceiro, não há referências bibliográficas de Rimmer sobre os trabalhos de Ball e Totten – novamente pouco usual, uma vez que Rimmer baseia toda sua argumentação na validade dos declarações daqueles autores.

Quarto, inúmeros outros escritores têm feito sérios esforços para determinar a validade da afirmação de Rimmer, tanto quanto aquelas de Ball e Totten, mas sem sucesso. Por exemplo, Bernard Ramm, no livro "A Visão Cristã da Ciência e das Escrituras", discute o ponto-de-vista de Dr. Rimmer e sua referência a Totten. Ramm incluiu suas conclusões pessoais considerando a documentação oferecida por Rimmer, Totten e Ball nomenclatura bem escolhida. Ele observou: "Isso eu não fui capaz de verificar para minha própria satisfação… Dr. Kulp tentou checar essa teoria em Yale [empregador de Totten] e na Inglaterra [residência de Sir Edwin Ball], e não encontrou nada que verificasse isso". (1959, página 109 a 117).

Não há dúvidas que o próprio Rimmer acreditou na veracidade da história. Mas a documentação que deveria ter servido como prova estava, seriamente e obviamente, faltando.

Como tal história se originou é muito mais difícil de saber do que como ela circula. Quando uma história é "corroborada" com o nomes de pessoas de credibilidade e fatos relevantes, o povo não se preocupa em investigá-la. Uma vez aceita, ela então é usada no que o crédulo na Bíblia vê como um justa defesa da palavra de Deus.

Com todas as evidências agora disponíveis, a história de Ball, Totten e Rimmer simplesmente não são verdadeiras, e não podem mais ser usadas nem em defesa da Bíblia nem na defesa da palavra de Deus. O mesmo pode ser dito acerca da versão moderna da história. Novamente, alguns fatos anteriores são necessários. Quando o relato, da maneira como fez o Dr, Rimmer, foi publicado pela primeira vez, causou aparentemente grande excitação, e foi aceita sem contestação por aqueles que estavam ansiosos em mostrar como a ciência "comprova" uma verdade bíblica. Depois que essa excitação inicial diminuiu, a história foi esquecida, ou deixada de lado, e eventualmente relegada na pilha de relíquias da história. Sua permanência lá, contudo, foi breve. Alguém (até agora ninguém sabe quem) redescobriu a história, tirou fora a poeira, deu a ela algum embelezamento (sem dúvida para fazê-la mais de acordo com os conhecimentos científicas modernos), colocou nomes (de indivíduos, empresas e cidades), e então, intencionalmente, embutiu nela referência a uma agência governamental bastante popular, que foi/é bastante conhecida pelo público (a NASA – Agência Nacional de Aeronáutica e Espaço). Com a reedição da história agora completa, colocou nela uma credibilidade que poucos pensaram em duvidar ou questionar.

A versão moderna da história sugere que cientista da NASA, no Goddard Space Flight Center, em Greenbelt, Maryland, estavam usando computadores sofisticados para plotar posições do Sol, da Lua e outros planetas, 100, 1000 anos no futuro, para calcular as trajetórias de naves espaciais. Subitamente os computadores pararam completamente. Porque desligaram, eles tinham descoberto o "dia perdido" no tempo. Os técnicos não sabiam como corrigir o problema. Mas um dos cientistas presentes, havia freqüentado a escola dominical quando era criança, e lembrava-se da história na qual Deus fez o Sol parar por aproximadamente um dia. Quando ele sugeriu isso como uma possível solução, os outros cientistas o ridicularizaram. Contudo esses mesmos cientistas abriram a Bíblia em Josué 10 e leram a história.

Os técnicos então alimentaram os computadores com os novos dados (cuidadosamente fabricados no "dia perdido" de Josué), e as máquinas uma vez mais passaram a funcionar perfeitamente — ou quase. Os computadores subitamente pararam, mais uma vez, porque eles não haviam descoberto um dia completo; alguma coisa estava faltando. Aparentemente (assim diz a história) os computadores encontraram somente 23 horas e 20 minutos. Em outras palavras, 40 minutos ainda estavam faltando. Mas o cientista da escola dominical sugeriu a resposta a esse enigma. Ele lembrou-se que na Bíblia, em 2 Reis 20, havia uma narrativa em que o Rei Ezekias, tendo sido prometida a suspensão da sua morte, teria pedido um sinal do céu. Deus então fez o Sol se mover dez graus para trás – ou exatamente 40 minutos! Essa informação foi colocada nos computadores, e a partir de então eles passaram a funcionar normalmente.

Essa mentira foi amplamente divulgada na década de 60 e início de 70 como resultado dos esforços de Harold Hill, então presidente da Curtis Engine Company em Halenthorpe (Baltimore), Maryland. No seu livro de 1974, "Como viver como filho de um rei", Hill devotou um capítulo inteiro à estória (págin
as 65-77), e explicou como ela foi difundida. Ele declarou que na ocasião falou para estudantes secundaristas e universitários sobre assuntos relacionados à Bíblia e à ciência, e que a estória do "dia que faltou" da NASA foi uma das que ele falou com mais freqüência (páginas 65-66). De alguma maneira (mesmo Hill nunca soube como), Mary Kathryn Bryan, uma colunista do Evening World, de Spencer, Indiana, recebeu um relato por escrito da estória de Hill e o publicou em sua coluna.

Mais tarde, Hill observou, "vários noticiários pegaram a estória e ela apareceu em centenas de lugares" (página 69, no original). Ao relato, sem dúvida, foi proporcionado uma certa quantidade de credibilidade embutida, quando Hill sugeriu, relativamente ao programa espacial em Goddard: "Eu estava envolvido desde o início, através de arranjos contratuais com minha empresa" (1974, página 65). [Quando isso foi verificado, viu-se que a conexão de Hill com a NASA era, na melhor das hipóteses, tênua; sua empresa nunca teve nenhum contrato para prestar serviços em geradores elétricos em nenhuma agência governamental. Ele nunca foi contactado de nenhuma maneira para missões de operação ou planejamento].

Todos os esforços para confirmar a origem da estória falharam. Depois que um artigo sobre o assunto apareceu, em Abril de 1970, no "Bible-Science Newsletter", vários leitores da revista escreveram a Hill. Num artigo subseqüente, a revista fez menção ao fato de que, depois que o artigo foi publicado em 1970, alguns leitores finalmente receberam uma carta de Hill na qual ele declarava não ter sido o criador da estória. No seu livro publicado em 1974, ele confessa não haver testemunhado o incidente da NASA pessoalmente, e afirmou ainda que não podia se lembrar quando nem onde foi a primeira vez que a ouviu, mas insistiu que "minha incapacidade de fornecer documentação do incidente do ‘dia que faltou’, de maneira nenhuma diminui sua autenticidade" (página 71).

O artigo publicado na edição de Julho de 1989 na revista "Bible-Science Newsletter" reportou que

Dr. Bolton Davidheiser escreveu para o escritório da NASA em Greenbelt, Maryland, onde o fato supostamente ocorreu. Eles responderam que não sabiam nada sobre o senhor Harold Hill e não podiam corroborar as referências sobre o "dia perdido"… No concludente parágrafo da carta da NASA lê-se: ‘Apesar de fazermos uso de posições planetárias como fator necessário para a determinação das órbitas das naves espaciais em nossos computadores, não descobrimos que nenhum astronauta ou cientista espacial em Greenbelt estivesse envolvido na estória do "dia perdido" atribuída ao Sr. Hill’ (Bartz, 1989, página 12).

A origem da estória é dúbia na melhor das hipóteses (e espúria na pior). Os fatos, onde verificáveis, estão incorretos. E aqueles alegadamente envolvidos no encontro do "dia perdido" de Josué admitem não saberem nada sobre tais eventos. Outrossim, qualquer pessoa que afirme que os comutadores, de alguma maneira, podem "encontrar" um dia "perdido" erra por não entender como os computadores funcionam. Como comentou Paul Bartz:

"Computadores não são máquinas mágicas que podem adivinhar coisas que estão escondidas das pessoas. Maravilhosas como elas são, estão limitadas aos conhecimentos que damos a elas. Computadores dependem de nós para adquirirem conhecimento. Enquanto um computador pode ser usado para gerar um calendário, desde hoje até uma data distante no passado, o que não é uma prática incomum, um computador não pode nos dizer se algum tempo está faltando ou não. Na verdade, o computador teria que ser programado com todo tipo de ajustes, considerando várias mudanças no calendário ocidental, sobre os últimos dois mil anos. Simplificando, a estória é tecnicamente impossível, não interessando quão sofisticado seja seu computador" (1989, página 12).

A única conclusão que se pode chegar, respeitando os fatos disponíveis, é que essa estória é falsa e não deve ser divulgada. Nós prestamos um desserviço à palavra de Deus quando tentamos "defendê-la" com estórias como essa que, com um pouco de senso comum e uma pequena quantidade de pesquisa, pode ser mostrada não ter nenhum fundamento factual, qualquer que seja ele.

***

REFERÊNCIAS:

Bartz, Paul (1989), "Questions and Answers," Bible-Science Newsletter, 27[7]:12, July.

Hill, Harold (1974), How to Live Like a King’s Kid (South Plainfield, NJ: Bridge Publishing).

Ramm, Bernard (1954), The Christian View of Science and Scripture (Grand Rapids, MI: Eerdmans).

Rimmer, Harry (1936), The Harmony of Science and Scripture (Grand Rapids, MI: Eerdmans).

Totten, Charles A.L. (1890), Joshua’s Long Day and the Dial of Ahaz (New Haven, CT: Our Race Publishing Co.).

Tags: , , , , , , , , ,

24 Responses to Deus parou o Sol?

  1. Leandro disse:

    A agência da NASA “envolvida” no caso, em sua infinita paciência, respondeu a questão segue o link: http://imagine.gsfc.nasa.gov/docs/ask_astro/answers/970325g.html

  2. Ealaine disse:

    Muito bom!As pessoas tem que ter o cuidado de verificarem as histórias que ouvem, sobretudo quando está relacionada a Deus com o intuito de defender sua existência.Constantemente vejo pessoas “tentando defender as escrituras”,como se Deus fosse um pobre coitado e precisasse mesmo disso,eu espero com paciência no Senhor a hora em que ele se manifestará ao mundo, creio veemente nisso,mas não dependo de “fatos” para crer em Deus,nem me baseio em relatos desesperados em convencer os outros sobre aquilo que creio,tenho a decência de admitir que creio,por causa das minhas experiências com Deus,e a fé na bíblia é uma conseqüência disso.Sou evangélica assumida,consciente e preocupada com as fontes e veracidade das notícias notícias. Mas a verdade é a verdade!E Deus deixou claro que usa as coisas loucas do mundo…

  3. carlos henrique (santa cruz) rj. disse:

    meus queridos amados ,o sol não parou pois ele jã estar parado, a terra é que anda(circula em rotação) em torno do sol e lua,mas DEUS entendeu o que josué queria fazer; ele queria que a noite fosse longa para vencer os inimigos, pois o nosso querido amado josué nao tinha o conhecimento que temos,saber que o sol já estar parado,mas se o sol não estivessem parado e andassem o nosso DEUS pararia ele.

  4. Manoel disse:

    Ainda não consigo entender como pode existir pessoas que ainda acreditam nessas coisas, como por exemplo, como a estoria da arca de Noé que se lermos o texto biblico veremos quen ele mesmo denuncia a fantasia explicita, e as contradições dos evangelhos que muitos pastores e padres mascaram para menter na demencia milhões de pessoas.

    E se alguem acha que estou inventando alguma coisa é so pesquisar ( na internet ou não ) e verá de onde surgiu a “história” de jesus.

  5. Inacio Reis Quirino Franca SP disse:

    Qualquer pessoa que vive a palavra de Deus consegue entender o que para os incredulos paresse loucura.

  6. Paulo Henrique disse:

    Eu não preciso de nada mais pra acreditar que
    deus existe,se um dia faltou na história comprovadamente por cientistas da NASA nesse mesmo dia citado por josué isso já mostra que foi um milagre verdadeiro,Na bíblia a fé só vem pelo ouvir a palavra de deus quem nunca a leu e nem foi nos locais citados,nem recebeu um milagre de deus jamais vai entender,um milagre só vai acontecer na terra quandos todos crêrem e obedecer a palavra de deus como israel obedecia no tempo de moíses se não ninguem vai se salvar no dia do juízo final!

  7. Paulo Henrique disse:

    Os locais e os momumentos e costumes citados na bíblia são todos verdadeiros e alguns existem até hoje,só que as pessoas que não acreditam em deus não tem fé e nem receberam um milagre e nem o poder dele ou nunca foram lá pra saber testemunham contra
    DEUS,essas pessoas geralmente são castigadas com doenças,confusão e outros problemas que eles mesmos não sabem de onde vem por não obedecerem á DEUS, tudo isso pra defender o livre arbítrio deles de pecar e acreditar na distorsão dos fatos e no próprio ser,e não em DEUS e o seu filho JESUS que perdoa os pecados de todos não importa quem seja,por isso eu creio em JESUS e sou evangélico, já presenciei vários milagres em minha vida.

  8. Kamila disse:

    Que O Senhor Jesus Cristo tenha Misericórdia de suas almas.Incrédulos!voces sao o cumprimento da palavra,pois disse o apostólo Paulo em 2timoteo 3 acerca de vós.Toda a tua ciencia e conhecimento é loucura para Deus.Eu assim como voces sou universitária, estudei filosofia e podia ter me corrompido pela sujeira da sabedoria louca do homem.Porém foi Cristo que me libertou.
    Acham que conhecem o planeta?acham que podem governar com teus conhecimentos?eu te digo que tudo que podem ver, Deus move com suas maos, e Ele pode mudar os séculos e confundir o vosso saber.Ele é o único que tem o poder sobre cada um de nós.PODEM ESCOLHER EM QUE CRER E COMO VIVER, MAS NAO OS SEUS DESTINOS FINAIS.EU GARANTO MEU AMADO IRMAO, ELE VAI VOLTAR.É, MAS NAO MAS PARA SOFRER NA MAO DE HOMENS COMO VOCES, MAS VEM COMO JUIZ, E AI, EU DIGO AI DAQUELES QUE DELE ESCARNECEM.
    GRAVEM ISSO, PORQUE DIA APÓS DIA, NO TEU LEVANTAR E DEITAR , E EM CADA PENSAMENTO ELE TE VE…

  9. Lucas Biriba disse:

    Tenho lido alguns textos deste site, e vejo constantemente uma visão parcializada dos fatos, quase um desespero em provar que tudo o que é crível tem necessariamente de ser falso.. e isso não é ceticismo!

  10. paulo disse:

    Já que vocês levantaram a questão (de maneira bem pertinente, diga-se de passagem), porque não entrevistam o Sr.Hill, que supostamente mentiu, para que ele possa pelo menos se defender? Eu, francamente acreditava piamente nesta história.
    É preciso que se diga, ainda, que esse fato (acêrca de o sol ter parado no céu), é descrito por outras culturas. (Tribos Norte-Americanas).
    Achei, no entanto, bastante pertinente vossa colocação. È muito chato você crêr em um fato não verdadeiro.
    Vou ver se acho o Sr. Hill na internet.
    Obrigado pela atenção.

  11. Netao_Show disse:

    Queridos o Senhor ao longo da história através dos profetas e da natureza tem mostrado o caminho que o ser humano deve seguir, o homem sem Deus está perdido e consequentemente morto, a bíblia é a palavra de Deus e não um livro de receitas, ela é parecido como um manual de como o homem deve servir a Deus e como procurar servir seu semelhante, o erro das pessoas é achar que a bíblia precisa responder sobre os dinossauros e ou sobre divisão da terra no dilúvio, pessoal acordem, a bíblia tem uma só mensagem sobre a miséria do homem e seus pecados e como reconciliar-se com Deus Criador através do seu Cristo vencedor da morte na cruz, escândalo para judeus loucura para os gentios, Jesus a ele sim todo louvor, pois julgará o mundo com justiça, e verá aqueles que um dia duvidaram do seu grande poder. entenda meu querido irmão, a palavra de Deus nunca volta vazia, se um dia ouviu a mensagem da cruz e não se decidiu por ela, indesculpável serás no dia em que Cristo voltar com seus anjos. gde abraço São Paulo capital M.Kemel

  12. a mesma história de sempre disse:

    Aquele Deus parou o tempo para que aquele povo escolhido vencesse a batalha e matasse todo o outro povo de segunda classe (lixo) (donos daquela terra) que era obstáculo indesejado. E sem esquecer das vontades do ocupante que possuía um Deus de qualidade aos quais deveriam se submeter sob regime de escravidão ou extermínio. Esta é a lógica de justiça da Bíblia?

  13. Adriana disse:

    Para mim é irrelevante o fato da NASA descobrir ou não esta passagem bíblica, porque se está na Bíblia eu acredito e ponto.
    E não me compete questionar a DEUS sobre seus propósitos e o por quê das coisas…
    O que realmente importa é amar e respeitar a Deus sobre todas as coisas e amar e respeitar também todas as criaturas que Ele fez.

  14. Salomão Mendonça disse:

    Por favor,deixem o PAI em paz.Ele não precisa provar nada a ninguem.Por acaso estão esquecendo que estão falando de DEUS?.A final,quem é nasa ou qualquer cientistazinho fuleiro perto do PAI,será que preciso responder?.O nosso DEUS é o DEUS do impossível.Tanto é verdade o que digo que mesmo sabendo a merda que seria vocês (nasa e todos os cientistas),ainda assim criou vocês bando de invejosos inúteis.Sempre tiveram inveja do PAI,pois enquanto inventam ele CRIA aí a diferença,um relez inventor que são vocês,para o grande criador que é meu PAIZÃO.Um dia vocês ainda vão ter o que merecem,como diz a nobre irmã aí em cima,JESUS vai voltar,mas não é mais como cordeiro pra sofrer e sim como juiz pra dar o que vocês merecem o inferno.

  15. Salomão Mendonça disse:

    Só pra lembrar,vocês se acham tão inteligentes e não conseguem se quer inventar a cura pra aids,e antes que falem o por que do PAI tambem.É bom lembrar que nesse caso vocês juntos com aquela corja chamada iluminates que inventaram tal virús pra industria farmaceutica ganhar rios de dinheiro.Agora que a coisa saiu do controle vocês não conseguem se quer corrigir a merda que fizeram.E ainda auto se julgam inteligentes.Merda é que vocês são!

  16. Ernando disse:

    Não sei se essa matéria é verdadeira ou falsa. Sei o seguinte, Deus realmente interferiu nas leis físicas e o dia parou para que Josué continuasse na batalha. Isso não é nada extraordinário para o Criador do Universo! Agora a bíblia não apresenta Josué pedindo para que a Terra parasse, por que ele não tinha conhecimento do processo de Rotação da Terra. Pras pessoas daquela época quem se movia era o Sol. Sei que alguns falam que esta errado esse ponto de vista, mas nem param pra pensar que Josué pediu a Deus para parar o Sol por que era assim que os homens tinha a compreensão e que mesmo hoje em dia as pessoas ainda dizem, o Sol se pôs ou o Sol nasceu, referindo-se aquilo que parece aos olhos, que o Sol é quem se move e sabemos que é a Terra quem faz isso. As criticas são infundadas e esse matéria diz que algo só pode ser aceito quando tem outras fontes além da bíblia e sabemos que nem assim alguns acreditam. Vejam só: Jesus era um personagem mitológico e fictício a alguns anos atrás. Ele era invenção dos discípulos para criar uma nova seita. Por que? Apenas a bíblia falava dele! Mas foram encontrados os livros de historiadores dos dias de Jesus, como Flávio Josefo e Tacito e deveria ter sido provado que ele é um personagem real, pois já tem muitas provas, bem mais do que muitos outros personagens da historia que ninguém duvida da existência, mas com Jesus é diferente. As pessoas não creem por que traz obrigações pra elas. Exemplo: Como eu vou aceitar que Jesus existiu, que ele é filho de Deus se terei que dar ouvidos ao que ele falou e não quero mudar minha vida por nada nem por ninguém! Essa é a razão pela qual muitos preferem se enganar e fechar os olhos para a Verdade.

  17. luis gustavo disse:

    esses cristaos e suas apelacoes, sempre saindo pela tangente, o engracado nisso tudo e que quando a ciencia descobre alguma coisa sobre a biblia ( um lugar, uma moeda, e outras coisinhas), ai sim eles utilizam ela ( a ciencia ) para provar, mas quando ocorre o contrario, eles voltam com suas historias sobre o deus do impossivel e mimimi, pra mim tanto faz se eles querem acreditar num ser imaginario ou saci perere, mas nao tentem querer enfiar goela a baixo e sem provas essas suas sandices.

    • Clayton de Souza Pessoa disse:

      Você está enganado! Os cristãos apenas usam os cientistas para descobrir a verdade: “DEUS EXISTE”. A ciência sempre tenta provar que o SENHOR não existe e cada vez mais acaba tropeçando em suas teorias e provando o contrário….

  18. José Medeiros Prudencio disse:

    Se alguém ler atentamente o capítulo 10 do livro de Josué, nos versículos de 12 a 15 há de se verificar que Deus atendeu ao pedido de Josué que falou nestes têrmos : Vers. 12-“Sol, detém-se sobre Gideãom e tu, lua sobre o vale de Aijalom. Vrs.13- E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Não está isto escrito no livro de Jasar? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro. Vrs.14- E não houve dia semelhante a esse, nem antes nem depois dele, atendendo o Senhor assim à voz dum homem; pois o Senhor pelejava por Israel.” — Desta narração, podemos verificar que o pedido foi que o sol não se puzesse e nem a lua se movesse enquanto os israelitas não se vingassem e vencessem a luta contra os seus inimigos, deduzo, e com forte convicção que Deus, não necessariamente parou o sol e a lua, mas, sim, a terra. porque os astros nada tinham com os acontecimentos da terra, mas, a pedido de um homem “Josué” o Senhor o atendeu, e diante deste fato não há muito o que mais se dizer, pois, é bem compreensível quando nós damos atenção, e muita atenção aos fatos de maneira detalhada. Que a Paz de Deus e Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos…

  19. Marcelo disse:

    Muito Bom! Concordo que nao precisamos ajudar a Deus, forçando declarações de cientistas e agencia espacial, nao é necessario advogar em Sua causa, primeiro que Ele não nos pede isto, segundo que Ele é que é o nosso advogado. É interessante a confusao que se faz sobre Deus e ciencia, ou conhecimento, como se Deus nao quisesse que o homem tenha acesso ao conhecimento, e na verdade, se estudamos um pouco da biblia, vemos o quanto Deus incentiva o homem a buscar conhecimento. Vejo que na verdade o ser humano se orgulha da tecnologia que tem, a qual Deus lhe permitiu o acesso, mas todo este conhecimento nao pode ser comparado a tecnologia de Deus, como exemplo, nao vou nem falar dos milagres de
    jesus, que contraria a fisica, citando somente as coisas visiveis, o corpo fisico do ser humano, por exemplo, que tecnologia é essa que esta anos luz de tudo que sabemos atualmente, e os micro organismos, e o sistema solar, os sistemas planetarios, enfim esta tecnologia, esta muito á frente de tudo que temos conhecimento, admiro a fe dos ateus, que tentam creditar tudo isso ao nada, nao tenho tanta fé, mas o pouco que tenho, so me faz creditar tudo isso a Deus.

  20. danilo disse:

    Vocês não questionam nem um pouco a teoria da ameba mãe que evoluiu e deu origem à vida (se ofendeu ne) e querem questionar a bíblia, e dizer que devíamos ser mais céticos com relação a ela. É isso que vocês insinuam. O Ceticismo de vocês não é aberto. Ou melhor, é aberto apenas para o que lhes convém. Façam sua parte primeiro, depois voltem aqui para falar de ser cético. Vocês atacam pessoas e dão voltas, fazem rodeios para derrubar argumentos, mas não possuem nenhuma evidência sólida que lhes qualifique para derrubar o testemunho de Harry Rimmer.

  21. lopes disse:

    engraçado mas um ceptico que foi aprofundar a ressureição de cristo e a vida de cristo no final de toda a sua procura ficou um cristao.como é que alguem explica que com a morte de jesus os apostolos se esconderam cheios de medo e passado 40 dias andavam a pregar pelas ruas e a ser mortos e nunca retiraram uma palavra.expliquem isto?vocês estao a mando de satanás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *