MENU

Os segredos das ladeiras misteriosas

Vênus, uma OVNI “lindona”

16 de junho de 2007 Comments (9) Views: 4646 Ceticismo, Ciência, Fortianismo

Plutão era o décimo planeta (ou 11o, 12o…)


Inicialmente descoberto em 2005, Eris — conhecido então como “Xena” — já havia sido notado no ano passado como fisicamente maior que o velho Plutão. Agora, novas pesquisas confirmam que Eris possui também mais massa que Plutão, jogando mais água fria nas esperanças de reabilitar o antigo nono planeta do sistema solar. Eris possui uma órbita um pouco mais distante, mas é quase um terço maior, o que significa que desde o início da história humana tivemos oito “planetas” no sistema solar, e uma grande série de outros objetos além de Netuno, sendo Plutão na melhor das hipóteses o segundo maior deles (ainda está aberta a possibilidade de encontrar objetos maiores que Plutão e mesmo Eris).
Astrólogos e charlatões como Däniken, Sitchin e companhia, que adoravam um sistema solar com nove (ou dez…) planetas, continuam a reescrever suas idéias baseados no que a ciência de verdade descobre sobre o mundo real que nos cerca.
[via BAblog]

Tags: ,

9 Responses to Plutão era o décimo planeta (ou 11o, 12o…)

  1. […] de questionar toda a série de suposições selvagens, basta notar que Debbio inclui Plutão em sua astrologia, mas não Eris. Ainda outra objeção fundamental a ser feita é que a força […]

  2. […] tipo de pessoas irrazoáveis. Entre elas está o autor Zecharia Sitchin, que vende livros sobre um décimo segundo planeta. Para Sitchin, a inscrição com o nome de Quéops seria uma fraude de Vyse. Acusação […]

  3. nicole disse:

    eu achei que os cientistas deviam tentar pesquesar sobre a ida em outros planetas eu tenho uma pergunta que não quer calar
    se ouver vida em outro planeta nós vamos nos deslocar para chegar lá?

  4. RONILSON SIQUEIRA CASTRO disse:

    Não podemos ser presunçosos a ponto de imaginar que a terra é o único planeta com vida, e assim as idéias de Sitchin são bastantes razoáveis.
    Duas evidências me deixam pensativo:
    1. Descobertas arqueológicas cientificamente inexplicáveis como aqueles descritos no livro Eram os Deuses Astronautas/
    2. O Livro de Gênesi – Antigo Testamento – que na melhor tradução Ebraica conta que “Seres que Desceram” (no latim traduzidos para Gigantes)se casaram com as filhas dos homens e procriaram na época prediluviana. Essa mesma narrativa encontra-se nos textos sumérios, mas com a explicação de que Os Extraterrestres que vieram se relacionaram com a espécie homo sapiens e procriaram.

    Entretanto, como cristão, temos que perguntar: Se os Deuses foram os astronautas, Como se explicam os MILAGRES e curas que até hoje ocorrem na vida humana?

    Sargento Ronilson

  5. nanda araujo sp disse:

    Eu acredito que a Terra não é o Unico Planeta onde tenha “Vida”,… E que a Nasa esconde por debaixo do tapete uma verdade,uma inteligencia que não vem dos seres Humanos.

  6. Rex Representações disse:

    Quero comprar O décimo Segundo Planeta de Zecharia Sitchim, onde encontra-lo.

  7. Jhessica Nascimento disse:

    Eu acredito que a Terra não é o Unico Planeta onde tenha “Vida”,… E que a Nasa esconde por debaixo do tapete uma verdade,uma inteligencia que não vem dos seres Humanos.

  8. Shaw disse:

    Poxa, o nome do blog é ceticismo aberto, mas não encontrei uma razão racional para desacreditar no que sichin ou daniken disseram, acho que para ser cético seria necessário um mínimo de aprofundamento no assunto, nada do que foi dito aqui desbanca teoria alguma, num entendi o propósito, vim para ver um outro lado da questão mas só vi ceticismo dogmático.

  9. B. R. Possi disse:

    Zecharia Sitchin apenas pra esclarecer foi convidado a MORAR nos EUA e é consultor da NASA, apenas por isso, já deve ser pelo menos escutado, e pra quem não se deu o trabalho de pesquisar, ele é considerado um dos maiores peritos do mundo em escritas antigas cuneformes, tanto que ninguem NUNCA contestou nenhuma tradução dele, apenas contestam o SEU PONTO DE VISTA, o que é muito diferente, ele se baseia em relatos de uma civilização escritas a mais de 6000 anos, e alguns artefatos provam que ele esta realmente falando algo que os sumerios realmente acreditavam, se os antigos sabiam da existencia de um outro planeta, isso não os obriga a saberem com exatidão todos os planetas de todas as galaxias que nos cercam, com toda a parafernália tecnológicas que possuimos hoje não temos como fazer, porque uma civilização de mais de 6000 anos deveria? (pelo menos com a precisão que se esta exigindo?)
    Saudavel é contestar, não ser cego, o proprio canal History usou algumas teorias dele em varios de seus programas, se fossem totalmente fraudulentos ou apenas para vender livros, o mesmo canal não o faria, além de muitas outras provas que mostram que o que ele esta falando, eles realmente acreditavam, isso não quer dizer que com a mais absoluta certeza aconteceu, mais que os sumerios acreditavam, com relação a isso é absolutamente incontestavel!
    Pesquisem antes de acusar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *