MENU

STR (e CeticismoAberto) de volta ao ar

B=BB? Blackout = Baby Boom

22 de agosto de 2003 Comments (0) Views: 663 Ceticismo, Geral

A Estranhíssima História de Peter Lynds

A Estranhíssima História de Peter Lynds

Você já deve ter lido a respeito: um neo zelandês de 27 anos que não terminou a faculdade escreveu um trabalho com uma “revolucionária teoria sobre o tempo” que estaria sendo saudada por alguns cientistas como comparável ao trabalho de Einstein. Você pode conferir o furor da mídia em torno do tema aqui, e pode conferir o trabalho (em inglês) aqui. Bem, nem tudo é festa: muitos físicos sóbrios olharam de forma muito mais crítica ao trabalho, que não seria nem revolucionário nem muito útil. Surgiram até rumores de que seria tudo um hoax, um trote, e que o suposto gênio autodidata Peter Lynds não existiria. O The Guardian expôs um artigo balanceado, jogando água fria na história, mas assegurando que Peter Lynds existe. Confira aqui (em inglês). Mas a história pode não acabar aí. Lynds existe, e seu trabalho não é revolucionário, mas tudo ainda pode ser um hoax, ou mais apropriadamente uma fraude de Lynds. Alex Boese, do Museumofhoaxes, descobriu que a nota de imprensa que parece ter originado boa parte do furor em torno do trabalho foi escrita por uma certa jornalista chamada Brooke Jones (em espanhol). E investigando, descobriu que o endereço de contato de Jones é a casa dos pais de Lynds. O único trabalho de Jones até hoje parece ter sido escrever a nota sobre Lynds. Ou Jones é uma péssima repórter, ou é uma amiga íntima de Lynds, ou “Jones” simplesmente é Lynds. Em qualquer caso, seria apenas mais um dos meios estranhos pelos quais ele conseguiu manipular não só a mídia, como o processo científico, até chegar à notoriedade “comparável a Einstein” — que ao que parece é uma comparação inicialmente feita por ele mesmo na internet sobre seu trabalho. Bem, o que parece certo nisso tudo é que Lynds já ameaçou processar Boese por difamação. Há mais sobre a polêmica em The Quantum Machine (em inglês).

Tags: , , , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *