Ceticismo chupachups32hyjk.jpg

Published on novembro 17th, 2008 | by Kentaro Mori

9

A Volta do “Chupa-Chupa”?

chupachups32hyjk ufologia fortianismo ceticismo

“BELÉM (PA) – Um foco de luzes coloridas deferidas por um objeto voador não identificado (OVNI) foi observado por moradores de diversos bairros da periferia de Santarém, na noite da última segunda-feira (27), o que deixou muitas pessoas assustadas. (…) Outras aparições de OVNIs foram registradas recentemente por moradores da cidade de Belterra, que fica a 45 quilômetros de Santarém, onde duas adolescentes de 13 e 15 anos, afirmam que foram vítimas do "chupa-chupa", no final do mês passado. Elas relatam que caminhavam nas proximidades da praia do Maguari quando viram que estavam em meio a luzes coloridas e fortes e, em um determinado momento, foram atingidas por um disparo de algo que, segundo as adolescentes, nunca tinham visto. As duas meninas foram levadas para o Hospital de Belterra para serem submetidas a procedimentos médicos, pois estavam com queimaduras graves”.
Do Diário do Pará: OVNI é visto por santarenos

A notícia também foi comentada em um website local, também no final de outubro. Seria o retorno do pânico em torno do “Chupa-Chupa”, que em fins da década de 1970 motivou mesmo uma operação militar de investigação, a chamada “Operação Prato”?

Acompanhamos o caso com atenção, porque vítimas confirmadas do “Chupa-Chupa” seriam algo muito relevante. Mal sabíamos que José Medeiros, comandante de aviação civil aposentado e entusiasta, já estava correndo atrás de mais informações, e com um amigo, fez o elementar: contatou as autoridades locais. Isso incluiu a secretária de saúda da cidade de Belterra, Ana Cláudia Tavares.

“Ela soube do caso das meninas a que o jornal Diário do Pará se referiu.
Mas informou tratar-se de mero boato. Na ocasião esteve no tal hospital e falou com a plantonista que confirmou tratar-se de boato e que não sabiam nada a respeito das meninas”. Bem, não apenas um boato.

Mais um pouco de insistência e Medeiros descobriu que as meninas teriam sido sim atacadas por criaturas sugadoras… conhecidas como morcegos. Tais ataques teriam se tornado mais comuns recentemente na região, com o avanço do desmatamento promovido por maior turismo e urbanização crescente.

Seguindo uma sugestão do próprio José Medeiros, também falei por telefone com uma moradora de Maguari, que confirmou que não havia nada como um pânico sobre o Chupa-Chupa. Na verdade, a residente contou que não havia nada acontecendo por lá.

Tudo sugere que a história dos ataques alienígenas aqui teria sido inventada, ou no mínimo exagerada, por um jornalista que a enviou a jornais locais. Eles a publicaram sem efetuar nenhuma verificação das informações.

Bem, se um caso confirmado e recente de “ataque de Chupa-Chupa” com efeitos fisiológicos seria relevante e apoiaria uma olhada muito mais séria ao pânico original de 1977-78, o que um caso confirmado de fraude, de um falso pânico divulgado pela mídia local apóia?

Penso que uma olhada ainda mais crítica à onda original. Já é bem sabido que a mídia explorou a histeria com manchetes sensacionalistas – tal é frisado mesmo nos relatórios dos militares da Operação Prato. Temos confirmação adicional de que isso ainda continua ocorrendo, trinta anos depois.

[Com agradecimentos a José Medeiros]

Tags: , , , , ,


About the Author

+



9 Responses to A Volta do “Chupa-Chupa”?

  1. Claudio says:

    É importante frisar que a tão comentada histeria coletiva foi motivada não por motivos subjetivos e sim por fatos reais e bem documentados pelos militares que participaram da operação prato. Portanto afirmar que os jornais foram responsáveis por histeria e pânico naquela região é bastante discutível, principalmente quando se quer argumentar que os mesmos jornais não tiveram embasamento nos fatos para divulgar a realidade que estava ocorrendo naquela época. Concordo sim que o que se está divulgando sobre uma suposta volta do chupa à região pode ser fruto de exageros ou tomar casos isolados como sintoma de uma incidência contínua como havia naquela época.

    • Objeto voador identificado says:

      Amigos,

      Ouvi varias historias de pessoas que viram o “Chupa-chupa”.
      Devemos avaliar com mais cuidado…e investigar mais esta historia na região amazonica..principalmente na triplice fronteira.

      Pelos relatos nao se tratam de ovni…e sim de ações ilicitas em nossa terra…

      “Brasil, terra de muitos…onde de tudo pode um pouco.”

  2. Claudio says:

    De fato é profundamente necessário que as pessoas interessadas em UFOLOGIA se conscientizem que é primordial uma pesquisa detalhada de todas as nuances de um suposto caso ufológico ANTES de sua divulgação para que não acabem caindo até no ridículo como parece ter sido o caso divulgado acima. Confundir um suposto ‘ ataque ‘ de uma luz misteriosa com morcegos é temerário para a já tão complicada busca pela seriedade na pesquisa ufológica. Lamentável.

  3. WILLIAM MORAES CORRÊA says:

    Discos voadores cruzam o Brasil, principalmente a Amazônia e o litoral diariamente. Sobre esse negócio de morcego, quem afirmou foi o dono do Ceticisnismo Escancarado. Pesquisa? mais do que se pesquisa e não se chega a lugar algum?! A não ser vender camiseta e DVD de gray cabeçudo do olhão… Vou ler um livro.

  4. Claudio says:

    Sabe, as vezes eu sinto que certos comentários deveriam ser melhor refletidos, para não entrarem em contradição. O William parece ser um caso desses. Se existem atualmente documentos militares liberados comprovando uma estranha e insólita atividade na Amazônia, se existem dezenas de testemunhas, civis e militares, se existem fotos divulgadas dos fenômenos e filmes também, como tudo isso veio a tona? Claro: a PESQUISA! Por isso existe a pesquisa… senão ninguém daria atenção a luzinhas nos céus de qualquer lugar do país, nem ao menos um site cético se preocuparia em determinar causas mais terrenas para esses fenômenos. Outro aspecto é venda de DVDs ufológicos, que parece incomodar o comentarista. Mais uma vez não se pode levar a sério essa parte do comentário como se fosse algo apenas comercial a venda desses produtos… a intenção, é claro, tb é vender, mas com as vendas, as pessoas interessadas, naturalmente conseguem obter certas informações sobre UFOLOGIA e o mundo gira, a Terra é redonda, as UFOs aparecem, as pesquisas são necessárias, o comércio é natural em qualquer área do conhecimento, os céticos são pessoas bem intencionadas que também tentam desvendar os fenômenos, etc etc…

  5. lucas says:

    Sou morador de santarém, e meu pai tem fazenda em belterra. Já vi 3 apariçoes de ovni aqui em santarém, uma em outubro outra em novembro e uma hoje mesmo, 15 jan 09, as 7 e 45 da manhã. O caso das adolescentes de belterra não é mero boato. Eu nunca aqui na região de santarém e belterra ouvi falar de “morcegos carnívoros mutantes chupadores de gente”. …”avanço do desmatamento promovido por maior turismo e urbanização crescente.” isso não existe, o turismo aqui ta super fraco, e eu nao vejo crescente urbanização em nenhum lugar daqui. As aparições são reais não tem como duvidar. É lamentável que muitas pessoas não levem a sério.

  6. diogo says:

    A Operação Prato que esteve relacionada com os tais chupa-chupa, existiu sim, o exercito até divulgou algumas fotos um tanto quanto inconclusivas, mas possui se nao me emgano 16 horas de filmagens dessas luzes que ainda nao divulgou e nem tem interesse nisso. É o que eu sei sobre o assunto, se alguem souber mais, por favor me elucide.

  7. ADA ALINE says:

    eu acho uma injustiça ñ publicarem todos os detalhes da operaçao preto…a populaçao deveria saber o que acontece no pais!a operaçao prato teve varias filmagens de supostos ovinis que ñ foram publicadas…pra mim elas querem esconder o que ta acontecendo querem abafar as coisas dizendo que e imaginaçao das pessoas…“quando eu tinha uns seis anos eu estava sentada com a minha mae observando o ceu e a minha mae viu uma coisa redonda como se fosse uma bola de fogo que vinha em alta velocidade e derrepente a bola de fogo se abriu e sumiu no ar…depois disso minha mae nunca mais quis olhar pro ceu a noite´´

  8. Lemeron andskovisk says:

    A verdade é que estamos diante de um problema grave que poucos conseguem ver. A medida em que se apossam de nosso planeta aprendem mais sobre a gente do que nós proprios sabemos, “A melhor forma de aniquilar um inimigo é estudando suas forças.” E o pior é que nossa gestão mundial sabe de tudo e já nós vendeu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑