MENU
pentagonxox30.jpg

Os Ataques de 11/09: A ausência de destroços

salyut6_contato01.jpg

A Incrível História do Contato da Salyut-6 com Extraterrestres

3 de abril de 2011 Comments (108) Views: 16075 Destaques, Fortianismo, Ufologia

A Virgem do Sol

virgem_sol

Artigo de Peter Rogerson, publicado em MUFOB volume 4, número 2, junho de 1971
Tradução gentilmente autorizada, colaboração de Vitor Moura

Um exame de algumas tradições mitológicas, com relevância para a ufologia contemporânea

Desde a publicação de Passaporte para Magonia de [Jacques] Vallée tem havido uma crescente consciência de que o fenômeno OVNI pertence a um contexto mais amplo de eventos, que possui um profundo significado mitológico para a espécie humana.

Esse mito pode ser resumido como uma crença em uma fabulosa terra habitada por seres sobrenaturais, que podem e de fato intervêm nos assuntos dos homens. Eles podem “levar” homens e mulheres à sua terra, ou como consortes ou como criados ou ainda para realizar tarefas especiais. Eles podem viver entre os homens por um tempo, mas ao final são chamados de volta à sua pátria. Eles podem ter interesse nos assuntos de indivíduos, famílias ou nações, seja para ajudar ou prejudicar. Acima de tudo eles são poderosos:

“Nós poderíamos acabar com metade da raça humana, mas não … pois estamos esperando a salvação”

um membro da nobreza diz a um vidente irlandês (1). Por isso, deve-se respeitá-los; não se deve portar de forma indecorosa em sua presença ou nos lugares sagrados a eles. Uma crença que persiste até hoje:

“Sou a favor da idéia de que os vigilantes [do céu] têm de estar de alguma forma em sintonia com o que quer que controle os OVNIs antes que eles venham a aparecer … de preferência, um pequeno grupo harmonioso deve sentar-se quieto e pensar sobre OVNIs”.

escreve Janet Gregory nas revistas Pegasus em um recente debate sobre vigílias (2) pensando que o bate-papo em geral e os ruídos de rádios transistorizados são uma afronta aos habitantes de Magonia.

Há muitas vertentes intrigantes da crença relacionada ao mito geral da Terra das Fadas, como salientou John Rimmer. (3) Em muitos aspectos, um dos mais importantes desses mitos é o da virgem divina, que pode seduzir os homens e levá-los para um país desconhecido ou, como nos contos que iremos explorar neste artigo, pode transmitir-lhes mensagens de grande importância. Esta donzela é, simultaneamente, uma figura de sereia-nereida e uma deusa do sol. O sol é a origem do arquétipo da Mandala, (O brilho do sol é visto como um símbolo da plenitude espiritual) com que o OVNI é tão identificado como a lenda do Graal. (4) Desta forma, podemos traçar uma linha mitológica de profunda importância.

Em South West nas assombradas Ilhas Ocidentais, segundo a tradição, no dia de Páscoa no pico de Ben More o sol pode ser visto a dançar, para celebrar a Ressurreição, de acordo com a versão cristianizada da lenda, que na verdade é muito mais antiga e deve datar dos dias de adoração ao sol. Num dia de Páscoa, uma viúva subiu a montanha para ver por si mesma:

“Ela disse que o sol veio acima do horizonte [como] um clarão ofuscante dourado, e quando atingiu o cume das magníficas montanhas… ele começou a mudar de cor, tornou-se verde, em seguida, roxo e vermelho, um profundo vermelho de sangue e branco, um branco claro e intenso, e, finalmente, branco-ouro, como a Glória do próprio Deus. E ele ficou dançando, dançando para cima e para baixo, indo de pico a pico, de cume de morro a a cume de morro”.

O preço dessa visão mística, tal como aquele extraído de quem vê os segredos encantados da Terra das Fadas, é a cegueira.

fatima_children

Daqui somos impelidos à história de Fátima (4, 6, 7, 8, 9, 10, 11). Aqui três crianças camponesas [acima] encontraram na Cova da Iria uma mulher celestial. Foi em 13 de maio de 1917 quando, cuidando de ovelhas, viram um flash de luz brilhante. Em seguida, perto de uma árvore de carvalho, uma mulher materializada em um globo de fogo. De acordo com as crianças:

“A senhora maravilhosa parecia jovem, seu vestido branco como a neve e, amarrada em seu pescoço havia uma faixa dourada que cobria totalmente o corpo dela. Um manto branco com uma borda de ouro cobria a cabeça. Perto de suas mãos havia um rosário de grãos perolados. O rosto era circundado por um halo dourado.” (8)

A senhora entregou uma mensagem, e então foi embora no globo luminoso. Novamente, nos dias 13 de junho, 13 de julho e 13 de setembro a senhora reapareceu para as crianças. Até o dia 13 de setembro um bom público se reuniu, mas apenas as crianças viram a senhora, alguns (mas não todos) viram um “avião de luz” chegar e retornar para o sol no leste, e estranhos flocos que se dissolviam quando tocados, caídos do céu. No mês seguinte, no ápice desta visão fantástica, veio a famosa dança do sol. Ao meio-dia o sol apareceu através das nuvens, incandescente com um brilho claro. De repente, pareceu girar descontroladamente, e ao fazê-lo mudou de cor, amarelo, verde, azul, e em seguida, um profundo vermelho-sangue, caindo em direção à terra, a temperatura aumentando. Então, subitamente o encanto foi quebrado, o sol estava de volta em um céu sem nuvens. Enquanto o espetáculo acontecia a senhora voltou a aparecer para as crianças, dando-lhes mensagens que elas tinham que entregar aos grandes do mundo.

Apenas as crianças viram a senhora e nem todos da multidão viram a dança do sol, (10) algo que aqueles que atribuem o fenômeno a naves espaciais eletromagnéticas não conseguem explicar. Sobre este evento Michell escreve:

“Há uma espécie de atmosfera de conto de fadas sobre a história toda. A senhora parece ter sido uma das figuras sobrenaturais como a servente do Santo Graal, que pode aparecer para uma pessoa e ser invisível para a outra. Revelou-se do alto ou por uma árvore, como os anjos que visitaram Joana d’Arc, ou como as deusas lendárias locais da Portugal pré-cristã”. (4)

É bom ter essas visões em mente, porque tais visões ocorrem fora do ambiente religioso tradicional. Dois séculos antes de Fátima um estranho rumor circulou na França de Luís XIV. Tratava-se de uma aparição maravilhosa percebida por um tal de Marechal Ferraut (12, 13). Voltando para casa à noite a cavalo por uma floresta escura em Provence, ele passou por um carvalho seco. Lá, ele viu uma luz estranha.

“Entre esta árvore e uma mais nova, o espaço intermediário constituído por cerca de uma dezena de metros, estava uma figura alta e absolutamente imóvel e, aparentemente inanimada. Parecia a princípio ser feita de nuvens transparentes… No entanto, rapidamente se tornando mais e mais consistente, ela logo se transformou em uma mulher muito bonita. Ela estava vestida de branco, as jóias mais esplêndidas brilhavam em seus braços e seios e algo como uma tiara sobre o seu lindo cabelo dourado…” (12)

Uma estranha paralisia , como aquela que acomete os percipientes de OVNIs, apoderou-se dele. A estranha figura anunciou que era o espírito da falecida esposa do rei. Ela ordenou que levasse uma mensagem ao rei, que consistia em parte de uma mensagem sobre a aparição que o próprio rei tinha visto na mesma floresta 30 anos antes. Ele prometeu entregar a mensagem, sob as mais terríveis ameaças. No entanto Ferrault tinha ainda mais medo do rei, e encontraria a aparição mais duas vezes antes de realizar a missão. O rei, conta-se, pagou-lhe muito para manter silêncio sobre a natureza integral da mensagem.

O leitor já terá visto o paralelismo com Fátima e outras visões de Maria – a árvore, a mulher de uma beleza impressionante e o segredo para os líderes. As diferenças também – a visão das crianças é de uma beleza tranqüila, já a do velho guerreiro é atemorizante, e dotada de um poder terrível.

No espaço de tempo entre essas duas histórias, uma visão estranha ocorreu em uma vila costeira de Maine próxima de Machiasport que parece criar um elo entre as lendas como a de Fátima e da investigação psíquica moderna, (14,15). No final de agosto de 1799 uma estranha voz se fez ouvir na casa de um capitão do mar, Paul Blaisdell, seguida alguns meses mais tarde (em janeiro de 1800) por uma aparição de uma linda mulher vestida com roupas brancas brilhantes, que flutuava “um pouco acima do chão”, alegando ser uma Sra. George Butler (falecida) e invocando seu ‘marido’ e ‘pai’ para prová-lo. O objetivo das visitas era forçar George Butler a se casar com a filha do capitão, Lydia, um propósito que foi finalmente realizado.

As descrições do que aconteceu durante o período são incríveis. A aparição reuniu grande número de pessoas na adega de Blaisdell (em certa ocasião, havia mais de duas centenas de presentes) e proferiu sermões, intercalou com as profecias, as quais acabaram por passar. Há a descrição de uma dessas palestras. A escritora, uma jovem hóspede, foi acordada por batidas na porta e foi para o porão, onde vinte pessoas já estavam reunidas:

“Então ouvi uma voz… era estridente, mas suave e agradável”. Então apareceu uma massa disforme de luz, crescendo na figura de uma mulher, que então passou entre as fileiras dos espectadores, falando o tempo todo. Na última tornou-se disforme, “expandido em todos os lugares” e, em seguida, desapareceu em um instante. O reverendo Abraham Cummings, que publicou o caso, (14) teve uma experiência ainda mais curiosa. Informado sobre a aparição, ele era cético e foi ver por si mesmo:

“Cerca de 60 metros à sua frente havia um pequeno montículo ou elevação no chão, e ele pôde ver um grupo de pedras brancas na encosta, fracamente visíveis contra a relva escura … dois ou três minutos depois, ele olhou para cima … Uma dessas rochas brancas subiu do chão, e agora tinha tomado a forma de um globo de luz com um tom rosado. Enquanto ele ia em direção ao globo, manteve os olhos nele, temendo que pudesse desaparecer, mas ele não tinha ido mais de cinco passos, quando a massa incandescente brilhou bem para onde ele estava (e) ganhou o aspecto de uma mulher vestida, mas pequena, do tamanho de uma criança de sete anos. Ele pensou: “Você não é alta o suficiente para ser a mulher que tem aparecido entre nós.” Imediatamente a figura ampliou para o tamanho normal… e agora ela aparecia gloriosa, com raios de luz brilhando de sua cabeça em todas as direções, e chegando ao chão”. (15)

Mudo de alegria misturada com terror, Cummings ficou em silêncio, e a figura, em seguida, desapareceu. O mundo parecia banal, sem brilho, em comparação à sua glória, ele registrou mais tarde.

Os habitantes de Magonia podem mudar a sua forma à vontade: “Eles podem se transformar, ficar pequenos ou grandes, pois eles podem assumir a forma que eles quiserem.” (16) Há paralelos com essas histórias. Os Waterdales, Northfleet, Kent, por exemplo, onde, em um quarto, a figura fantasmagórica de uma pequena menina que cresce até o tamanho de uma mulher foi vista. (17) Novamente, há Warminster, um turbilhão de fecundas mitologias, onde um membro da equipe de investigação de Shuttlewood foi ‘tomado’ por seres minúsculos que cresceram ao seu tamanho normal e em seguida eles o reduziram, junto com eles mesmos. (18) (Os Sidhe levam o corpo e a alma das pessoas, transformando-as em um dos seus). Eles o devolveram, mas ele nunca mais foi o mesmo, e começou a definhar. Nos outros dias dizia-se que ele era um “Changeling” [“Transmorfo”], pois os Sidhe nunca desistem daqueles que já levaram.

Aqueles que foram apanhados vão para a própria Magonia, o mundo encantado, localizado de acordo com várias culturas sob a terra, ou no mar, no céu, ou em outros mundos estranhos. É sempre a Shangri-La, logo depois do horizonte, tão perto e ainda assim tão longe. Poucos vão voluntariamente a esse paraíso, pois uma vez que se entra não há retorno. Então “eles” levarão os homens pela força, especialmente aqueles que atentaram contra o seu código ou que têm perturbado o seu lugar secreto. Um destes contos de tentativa de seqüestro é contado por Elliot O’Donnell, o conhecido caçador de fantasmas. (19) Um parente de O’Donnell (B.) estava dirigindo sua carruagem conjugada numa noite ao longo de uma estrada do Hospital para Ballynanty em Limerick, uma rota conhecida por ser assombrada pelos Sidhe. Ele havia caído no sono quando de repente foi despertado por seu condutor agarrando-se a ele:

“O cavalo tinha chegado a um ponto morto, e estava parado, tremendo, enquanto que a estrada estava cheia de uma série de pequenas figuras sombrias que iam surgindo ao redor da carruagem tentando arrastar os infelizes condutores que estavam bastante agitados e aterrorizados, dos seus assentos. O Sr. B, no entanto, concluindo que o que ele via só podiam ser fadas, de cuja existência tinha sido até agora muito cético, tomou as rédeas e instou o cavalo para a frente. Enquanto isso, seu criado parecia estar ainda paralisado de medo, e não foi até que eles estivessem bem fora de vista que o homem encontrou-se mais uma vez na posse de sua língua e faculdades normais… Então ele descreveu o que lhe tinha acontecido… Ele estava conduzindo tranquilamente, até que o cavalo parou de repente, e quando ele olhou para baixo para ver qual era a causa disso, ele percebeu uma multidão de fadas, que correram em sua direção, e tentaram arrastá-lo para fora do carro. Ele disse que o toque daquelas criaturas era tão frio que o entorpeceram, mas que rezando fortemente ele aguentou. A causa do ataque foi aparentemente…

“Foi tudo porque fomos para cima deles, senhor, quando eles estavam dançando. Eles não podem ser perturbados quando estão em suas festas se divertindo. Caso tivessem-me derrubado na estrada, talvez eu houvesse perdido a minha visão ou a minha audição ou o uso de meus membros, e, em qualquer caso, a minha alma.” (19)

Tivesse tal história sido narrada hoje, não há dúvida de que seria interpretada como uma tentativa de seqüestro por extraterrestres. É igualmente verdade, claro, que em épocas anteriores a aventura de Gustafsson e Rydberg, por exemplo (20) teria sido vista como uma tentativa por parte dos trolls ou dos homens das águas de levar seres humanos a seus lares subterrâneos.

É claro que o supostamente simples fenômeno OVNI é na verdade incalculavelmente complexo. Qualquer bela teoria que possamos sonhar nunca cobre todo o espectro de eventos. Algumas peças do quebra-cabeça sim se encaixam; é evidente, por exemplo, que a lenda moderna de OVNIs é parte integrante de uma tradição mitológica imensamente antiga, das quais algumas facetas apresentamos aqui. Podemos de fato ver os OVNIs como um símbolo arquetípico derivado do sol em um nível de “realidade”.

No entanto, este certamente não é todo o significado por trás do mito ou da realidade. Podemos interpretar o fenômeno como sendo subjetivo? Se assim for, pode o subconsciente humano criar uma alucinação tão complexa, ou ela teria que ser implantada por alguma inteligência extraterrena, e que tipo de mente pode conseguir isso, e com que finalidade? Se o fenômeno é objetivo ainda mais perguntas parecem ser levantadas, a mais simples sendo: como poderia um fenômeno objetivo ser visível apenas a um número limitado de pessoas contíguas umas às outras? Certamente, se o fenômeno é resultado das atividades de uma inteligência extraterrestre, ela está operando em um nível muito mais complexo e sutil do que a maioria dos expoentes da hipótese extraterrestre está preparada para admitir.

– – –

Referências

1. Evans-Wentz, W.Y. The Fairy Faith in Celtic Countries, quoted in Jacques Vallée, Passport to Magonia, 1969.

2. Gregory, Janet. Letter to the Editor, Pegasus, vol.2, no.8.

3. Rimmer, John. ‘On the conceptual connection between fairies and UFO entities’, MUFOB, vol. 2, no.1.

4. Michell, John. Flying Saucer Vision, 1967, especialmente os capítulos 4, 5 e 6. As citações são do capítulo 5.

5. Swire, Otto F. The Outer Hebrides and Their Legends, 1966. Citação extraída do capítulo 7.

6. Vallée, Jacques. Anatomy of a Phenomenon, 1966.

7. Thomas, Paul (i.e. Paul Misraki) Flying Saucers Through the Ages, 1965.

8. Ribera, Antonio. ‘What happened at Fatima?’, Flying Saucer Review, vol.10, no.2.

9. Inglefield, Gilbert. ‘Fatima: the three alternatives’, Flying Saucer Review, vol.10, no.3.

10. Paris, S. A. ‘Fatima again’, Flying Saucer Review, vol.12, no.1, letter to the editor,

11. Stearn, Jesse. The Door to the Future, 1964

12. O’Donnell, Elliot. Family Ghosts, 1965

13. O’Donnell, Elliot, Ghosts With a Purpose, 1963.

14. Cummins, Abraham, Immortality proved by Testimony of Sense, 1859. Citado em:

15. Stevens, William, Oliver, Unbidden Guests, 1949

16. Gregory, Lady Augusta, Visions and Beliefs in the West of Ireland, 1920; citado em ‘The UFO is alive and well and living in fairyland’, MUFOB, vol.3, no.6.

17. Sims, Victor, and George Owen. ‘the case of the haunted council house’, Sunday Mirror, November 20, 1961.

18. Shuttlewood, Arthur. Warnings from Flying Friends, 1968

19. O’Donnell, Elliot. Ghostland, 1925

20. Steiger, Brad. Strangers from the Skies, 1966

[Imagem inicial: Snowfall de Nossirom]

Tags: , , , , ,

108 Responses to A Virgem do Sol

  1. Mori disse:

    Vale notar que este excelente texto de Peter Rogerson foi escrito e publicado em 1971, há quatro décadas atrás.

    As considerações finais sobre a natureza subjetiva ou objetiva do fenômeno são razoáveis, mas desde então diversos avanços favorecem a interpretação de que, sim, “o subconsciente humano criar uma alucinação tão complexa”.

    Ou mesmo que experiências e relatos (mesmo confabulações) de enorme poder emocional e riqueza de detalhes podem sim surgir, com escassa base em fenômenos objetivos.

  2. Nihil disse:

    “Em South West nas assombradas Ilhas Ocidentais, segundo a tradição, no dia de Páscoa no pico de Ben More o sol pode ser visto a dançar, para celebrar a Ressurreição, de acordo com a versão cristianizada da lenda, que na verdade é muito mais antiga e deve datar dos dias de adoração ao sol. Num dia de Páscoa, uma viúva subiu a montanha para ver por si mesma”

    O SOL dançar? Caraca! O negócio é do bom mesmo! Os que acreditam nesse tipo de história têm idéia do que aconteceria com o nosso Sistema Solar se isso acontecesse?

    O artigo de fato é bem interessante.

    • Mila disse:

      Gente ignorante só fala bobagens.

      Lógico que o Sol não dança. Isso foi um ufo igual milhares que aparecem ao longo das eras aqui pela Terra. Enviam mensagens para manipular e fazer andar agendas.

      Ser cético ao que parece é ser sinônimo de ser ignorante.

      Leiam a História do Espiritismo, de Arthur Conan Doyle antes de escrever asneira sobre o que não sabem. Pesquisem sobre o “o milagre de Fátima” à fundo, antes de acharem que milhares de pessoas tiveram a mesma alucinação ao mesmo tempo.

      Alucinados aqui estão vcs…afff.

  3. Rodrigo Aguiar disse:

    Acho que deveria existir um ramo da ciência específico para investigar tais aparições, milagres, etc, etc.

    Isto porque, tais eventos (milagres, aparições, etc) são observados durante toda a história da humanidade, conforme dispostos nas obras literárias de todos os gêneros.

    Compete a ciência investigar, pois ignorar e chacotear em cima do desconhecido não me parece o melhor caminho.

  4. Nihil disse:

    Rodrigo, não compete à ciência investigar milagres. E sim, os que os arquivam, registram e praticam. A ciência tem coisas mais importante para investigar e pesquisar.

  5. Rodrigo Aguiar disse:

    Nihil.

    Open your mind.

  6. Felipe disse:

    Como se o vaticano fosse liberar para o estudo né?

    Tipo aquele pano com o rosto de jesus que está sobe a guarda da igreja catolica, e muitos outros….

    Rodrigo

    Open yout mind, world is reality no mystic…

  7. Joel K. disse:

    Opinião minha: Caramba, quanta besteira num só texto!! Se não podem explicar, como podem deturpar e menosprezar Fátima?? Sei lá, cada um com sua opinião!

  8. Rodrigo Aguiar disse:

    Senhores, não estamos falando de religião, mas de fatos.

    Vocês se recordam disto:

    “Uma nova forma de vida na Terra foi descoberta por pesquisadores da Agência Espacial Norte-Americana (NASA). A nova bactéria, batizada de GFAJ-1, substitui o fósforo, elemento essencial essencial para a geração de energia, pelo arsênico, um elemento extremamente tóxico aos organismos vivos.”

    Isto prova que vida é dinâmica, acontece mesmo em ambientes inóspitos, e pode ocorrer em condições climáticas adversas àquelas encontradas na terra.

    Se a vida simplesmente “evolui”, porque não evoluiu em outros planetas de forma diferente ao que aconteceu na Terra ?

    Existe algo errado, que não bate.

    Cadê os registros fósseis? nem que seja de uma única espécie que demonstre sua evolução primitiva até o seu estado atual?

    Antes que algum “ateu ou cético fanático religioso” me ataque, deixo claro que não estou defendendo o “criacionismo”, mas existem lacunas que devem ser preenchidas.

  9. Prof. Alex disse:

    Só está falando besteira e das grandes¬¬

    Existem diversos registros fósseis que mostram a transformação das espécies ao longo dos tempos. O cavalo é a espécie que possui a mais longa história evolutiva já descoberta. O fato de não termos (ainda) toda a história evolutiva que ligue nossa espécie aos Trilobitas não refuta o evolucionismo.

  10. alessandro disse:

    eu me pergunto se entre os materiais apresentados existem pinturas e ou bordos tecidos para estampar as aparições descritas por tantas testemunhas entre elas emissários oficiais ?

  11. Franciscodog disse:

    Caro Rodrigo Aguiar permita-me algumas observações

    “Uma nova forma de vida na Terra foi descoberta por pesquisadores da Agência Espacial Norte-Americana (NASA). A nova bactéria, batizada de GFAJ-1, substitui o fósforo, elemento essencial essencial para a geração de energia, pelo arsênico, um elemento extremamente tóxico aos organismos vivos.”
    Apesar dessa divulgação a comunidade científica não é concorde sobre a substituição do fófsforo pelo arsênico devido (1) problemas metodológicos do estudo apresentado e (2) instabilidade da ligação em meio hídrico. Ressalto que já se havia descrito bastérias que se “alimentam” de arsênico.

    “Isto prova que vida é dinâmica, acontece mesmo em ambientes inóspitos, e pode ocorrer em condições climáticas adversas àquelas encontradas na terra.”
    Pode-se especular outros tipos de estruturas vivas em ambientes diferentes da terra, apesar de bem plausível ainda é apenas especulação.

    “Se a vida simplesmente “evolui”, porque não evoluiu em outros planetas de forma diferente ao que aconteceu na Terra ?”
    Novamnete do ponto de vista especulativo é um exercício interessante, mas os dados ainda são insuficientes para qualquer conclusão definitiva a respeito.

    “Existe algo errado, que não bate.”
    Não entendi?

    “Cadê os registros fósseis? nem que seja de uma única espécie que demonstre sua evolução primitiva até o seu estado atual?”
    Você quer saber se existem fósseis ligando o primeiro ser vivo a algum atual, passo a passo, sem pular nenhum forma intermediária?
    Caso sim infelizmente dificilmente vais encontrar, apesar de bastante desejável é muito difícil devido as peculiaridades da fossilização de seres vivos (principalmente da conservação de partes moles).
    Só um adendo, o tal fato não falseia a Teoria Sintética da Evolução.

    “Antes que algum “ateu ou cético fanático religioso” me ataque, deixo claro que não estou defendendo o “criacionismo”, mas existem lacunas que devem ser preenchidas.”
    Diria que existem lacunas que gostaríamos que estivessem preenchidas, apesar de sabermos que isso é quase impossível de aocntecer, sempre ao descobrirmos um intermediário surgirão duas novas “lacunas” – se é que fui claro.
    Como a Ciencia moderna não lida com a Verdade mas sim com o falseável, essas “lacunas” não servem para invalidar a TE.

  12. Rodrigo Aguiar disse:

    Prof. Alex.

    Não estou dizendo que refuta, mas enfraquece.

    Mas esquecemos o fósseis por hora, e passemos analisar a evolução como uma Lei Natural ou Universal.

    Neste sentido, a evolução como uma espécie de “desencadear natural das coisas ou dos organismos vivos” deveria ser notada nos outros planetas, todavia não é.

    Me incomoda ver que teorias são adotadas como verdade absolutas.

  13. Rodrigo Aguiar disse:

    Caro Franciscodog,

    Obrigado pelas informações, preciso dizer que sou um ignorante nesta área.

    Aliás preciso ressaltar que não quero invalidar a TE, é que a vida é tão abundante na Terra, e tão escaça no universo (pelo menos no conhecido), que tenho um leve intuito de que algo estranho aconteceu por aqui.

  14. Nihil disse:

    Rodrigo Aguiar

    1. Abrir a mente significa acreditar em qualquer baboseira que nos disser.

    2. “Cadê os registros fósseis? nem que seja de uma única espécie que demonstre sua evolução primitiva até o seu estado atual?”

    “Antes que algum “ateu ou cético fanático religioso” me ataque, deixo claro que não estou defendendo o “criacionismo”, mas existem lacunas que devem ser preenchidas.”

    Elas não podem ser preenchidas com fantasias e sim com teses que seguem o método científico. Quanto aos registros fósseis:

    Servem esses?

  15. regina disse:

    Tem até um padre português que denuncia a fraude de Fátima: http://resistir.info/portugal/visita_papa.html
    Lourdes deve ter origens parecidas com essa.
    Esses mitos se parecem muito com as lendas urbanas: sempre tem quem jure que alguém já viu crocodilos nos esgotos de Nova Iorque, a loira fantasma de Curitiba, etc.
    Tá difícil que isso tenha importância suficiente para que a ciência se interesse…

  16. Prof. Alex disse:

    O único interesse que a ciência teria (especificamente sociologia, psicologia e afins) nesses fenômenos seria enquanto manifestação cultural, fenômeno psicológico, estudos acerca do imaginário e etc… e não na aparição da entidade em si, que só seria passível de análise caso deixasse evidências sólidas de sua aparição.

  17. Rodrigo Aguiar disse:

    Prof. Alex.

    Exatamente, acho que se algo ganha relevância, isto deve ser investigado.

    A Lei dos Grandes Números (da probabilidade), em suma, revela que “se um evento de probabilidade p é observado repetidamente em ocasiões independentes, a proporção da freqüência observada deste evento em relação ao total numero de repetições converge em direção a p à medida que o número de repetições se torna arbitrariamente grande.”

    Ora, onde é observado o evento “evolução dos seres vivos (ou dos organismos)” no universo?

    Ao meu ver isto só é observado na Terra, então a regra ou Lei da Evolução é quase um milagre.

    De outro lado, se o evento “apararições” é observado em várias ocasiões, este fato é o bastante para que isto seja observado e investigado.

  18. Nihil disse:

    Rodrigo Aguiar,

    “Ora, onde é observado o evento “evolução dos seres vivos (ou dos organismos)” no universo?

    Ao meu ver isto só é observado na Terra, então a regra ou Lei da Evolução é quase um milagre.”

    Meu caro, quanto é 1×10^-50% de infinito? (sei que é provável que o Universo não seja infinito, mas é beeemmmm grande).

  19. Rodrigo Aguiar disse:

    Nihil.

    Não tenho inglês suflente, mas segundo minha tradução livre: tratam-se de evidencias.

    “…but in the fossil record we find evidence of some changes that are particularly striking. …”

    E ainda: “The images are only artist’s conceptions”

    As imagens são concepções artisticas.

    Todavia, eu não dúvido da “TE”, mas continuo achando que existem lacunas que devem ser respondidas.

  20. Rodrigo Aguiar disse:

    Obs.: Inglês fluente

  21. Prof. Alex disse:

    Quais?

  22. Prof. Alex disse:

    Lacunas as teorias científicas sempre terão, uma vez que a ciência está sempre se desenvolvendo e teorias melhores substituem as antigas.

    “Ao meu ver isto só é observado na Terra, então a regra ou Lei da Evolução é quase um milagre.”

    Mas é claro, se apenas agora surgiram métodos para descobrir exoplanetas, que dirá para encontrar vida fora do sistema solar.
    Não há milagre na vida na Terra, apenas um processo natural que colocou nosso planeta na faixa propícia ao surgimenteo da vida. Recomendo o documentário O Universo do History Channel, um dos episódios fala das condições que possibilitar a vida surgir na terra.

    Em tempo, você não está confundindo teoria com hipótese?

  23. Nihil disse:

    Rodrigo Aguiar,

    Dê uma olhadinha nisso. Se encontrar uma lacuna me avise.

    http://www.nature.com/nature/journal/v462/n7276/fig_tab/nature08656_F1.html

    PS: aí só tem bactérias. Para outros seres pedida fazer outra árvore ligando essa…

  24. Prof. Alex disse:

    “De outro lado, se o evento “apararições” é observado em várias ocasiões, este fato é o bastante para que isto seja observado e investigado.”

    Até o momento todos esses eventos foram desmentidos como fraudes ou então não se encontrou qualquer evidência de que não fosse mais do que alucinação ou mera lenda; o que qualificaria como um fenômeno simplesmente cultural ou psicológico tornando-o objeto de estudo das ciências humanas.

  25. Nihil disse:

    “Para outros seres é preciso fazer outra árvore ligando essa…”

    É o japonês. :P

  26. Franciscodog disse:

    Caro Rodrigo, me permita me “intrometer” novamente na conversa pois me parece que você está fazendo algumas confusões conceituais.
    Vou colocar sob forma de tópicos para facilitar o debate, se quiser discutir sobre algum deles fique a vontade.

    1- A Teoria Sintética da Evolução versa apenas sobre a diferenciação dos seres vivos, não se presta para esclarecer a origem da vida

    2- A Abiogênese ou origem química da vida é a proposição científica para explicar como surgiu a vida na terra. Existem hipóteses de que a vida teria surgido fora da terra e ter sido “importada” para cá, chamada pan-espermia.

    3- Nosso escopo de observação do Universo é muito pequeno ainda, sendo assim nossa amostragem é muito baixa. Mesmo programas como o SETI procuram evidencias de vida inteligentes, civilizações menos avançadas ou outras formas de vida não são contempladas nesse tipo de estudo. Existe muita coisa nesse campo, mas a maior parte ainda são hipóteses e conjecturas.

    4- Quanto maior o desenvolvimento científico maior o número de “lacunas” que achamos, sei que parece contraditório mas é assim que funciona. Alguns conceitos científicos são diferentes do senso comum, ou contra-intuitivos. A própria Epistemiologia da ciência versa sobre isso.

    5- A Ciência não se presta a Verdade. Uma Teoria Científica é o máximo da aproximação da Verdade que se dispões no momento atual, sempre poderá ser mudada ou adaptada de acordo com descobertas mais novas.

    6- A TE é uma das Teorias mais robustas, todas as descobertas novas do avanço científico vem corrobora-la (como as “marcas” virais no DNA). Isso não significa que ela é imutável, desde de Darwin muita coisa mudou e a TE foi sendo burilada (apesar de o cerne da Teoria ser o mesmo)

    7- Ainda não foi possível falsia-la, ou seja nenhum achado até hoje provou-a “falsa”. As lacunas que vocÊ se refere sempre existiram devido a pobreza do registro fóssil e “não reprodutibilidade” do passado.

    Abraços

    PS- Perdoem-me os amigos se fui impreciso em algumas explanações, mas tentei ser mais “divulgador” na minha explanação, que acabou ficando muito simplista

  27. Rodrigo Aguiar disse:

    Prof. Alex

    Vc tem toda a razão, “até o momento todos esses eventos foram desmentidos como fraudes”.

    Todavia, difundir uma idéia de que tais “aparições”, ligadas à outros fenômenos não podem acontecer, ao meu ver, é o mesmo que difundir uma espécie de “egocentrismo”, na qual “uma coisa não pode acontecer”, se ela não é cientificamente explicável.

    Sei que existe o charlatanismo, porém não podemos chegar ao cúmulo de desacreditar de tudo, ao ponto de julgar que o nosso entendimento científico tudo pode explicar.

  28. Rodrigo Aguiar disse:

    Nihil,

    A única lacuna que eu encontrei naquela imagem foi a da minha própria ignorância.

  29. Rodrigo Aguiar disse:

    Franciscodog,

    Falta-me conhecimento científico para dialogar, mas com base em leituras esporádicas, gostaria de por em pauta algumas indagações.

    Tendo em vista que as bactérias denominadas “extremófilos”, que são capazes “viver” em condições extremamente quentes ou violentamente frias, com base na “abiogênese”, não seria fácil encontrar a vida (talvez nesta forma) em outros planetas?

    Agora com base em mera suposição (mesmo sabendo que a ciência não trabalha com suposições), se encontrarmos vida em outros planetas, na forma de extremófilos, sem que haja evolução, poderíamos afirmar que a teoria da evolução é falha?

    Obs.: Como vc abriu uma oportunidade para discussão, como leigo algumas dúvidas ocupam a minha mente.

  30. LEx disse:

    O artigo também é subjetivo. Conforme a cabeça de quem lê, pode-se entender que são lendas ou fatos reais…

    Isso é o mesmo que acontece em um acidente de trânsito… Cada um conta uma história, cada um viu um detalhe e se cada um for relatar o que houve, vai parecer que são acidentes diferentes.

  31. Nihil disse:

    Rodrigo, confesso que demorei para perceber o quanto aquela imagem é impressionante.

    Espero que tenha gostado. ;)

  32. Paulo disse:

    Pela forma como alguns cientistas aqui se pronunciam na defesa da Ciência, mais parece com aqueles que acreditaram durante séculos na teoria geocêntrica. E ai daqueles que ousam discordar, afinal, a Ciência explica tudo e ponto final.

  33. Franciscodog disse:

    Rodrigo

    “Falta-me conhecimento científico para dialogar, mas com base em leituras esporádicas, gostaria de por em pauta algumas indagações.”
    Sempre que estiver ao meu alcance teria prazer em lhe ajudar

    “Tendo em vista que as bactérias denominadas “extremófilos”, que são capazes “viver” em condições extremamente quentes ou violentamente frias, com base na “abiogênese”, não seria fácil encontrar a vida (talvez nesta forma) em outros planetas?”
    A probabilidade de se encontrar vida fora da Terra é difícil de se mensurar, justamente pela escasses de dados. Teoricamente é possível, com formas de vida parecidas ou não com as conhecidas.

    “Agora com base em mera suposição (mesmo sabendo que a ciência não trabalha com suposições),”
    As suposições são chamadas de hipóteses, qualquer um pode fazê-la. Muitos conhecimentos atuais “nasceram” dessas elocubrações. A diferença é na epistemiologia.
    Na Ciência as hipóteses vão sendo testadas utilizando-se o método científico, as mais robustas vencem esses testes e acabam virando Teorias (simplifiquei bastante aqui)

    “se encontrarmos vida em outros planetas, na forma de extremófilos, sem que haja evolução, poderíamos afirmar que a teoria da evolução é falha?”
    Raciocínio interessante o seu, boa pergunta.
    Veja bem, encontrar vida fora da terra não invalida a TE, independente da forma encontrada.
    Se você encontrar vida biológica complexa que não tenha evoluido de vida biológica menos complexa, aí sim você terá falseado a TE.
    Obviamente isso ainda não foi constatado na terra, nada impede (bem teoricamente) que o mesmo se aplique em todas as regiões do universo.

    “Obs.: Como vc abriu uma oportunidade para discussão, como leigo algumas dúvidas ocupam a minha mente.”
    Sempre que puder ajudar

  34. Marcelo disse:

    Sobre esse assunto eu não sei, mas sobre a FARSA DA IDA DO HOMEM A LUA tem um vídeo muito bom.

    Assistam a partir dos 45 minutos e 22 segundos e vejam o tipo de farsa perpetrada pela NASA para iludir a população mundial sobre tal fato.

    Ainda nesse vídeo, mas em momento anterior, mostra-se quantos astronautas foram mortos por ameaçar o projeto mentiroso.

    Logo serei censurado nesse site, como já fizeram antes. A verdade incomoda a elite global e seus asseclas.

    http://www.youtube.com/watch?v=qoocW2G8Q8I

  35. Prof. Alex disse:

    Caro Rodrigo

    Faço minhas as palavras do Franciscodog^^

  36. Marcelo disse:

    Quanto a ridícula teoria da evolução não passa de teoria. E mesmo que essa teoria se mostre uma realidade isso indicará apenas que DEUS é seu autor e controla a evolução biológica através de leis que ele criou para sua criação.

    Nada mais nada menos que isso.

    ri ri ri

  37. Nihil disse:

    Mori, por gentileza, dê um jeito nesse Marcelo.

    Pelo martelo de Thor, esse cara é um troll de marca maior! Está me dando saudades do Álvaro Rex!

  38. Nihil disse:

    PS: recuso vídeos do Youtube como fonte!

  39. Nihil disse:

    Marcelo,

    1. Você não sabe o que é teoria científica.
    2. Você nunca visitou museus de história natural, nunca leu livros de ciência e sequer olhou uma bactéria num microscópio.
    3. Me aponte onde a Teoria da Evolução nega a deus.
    4. Acho que você nunca leu livro nenhum…

  40. Nihil disse:

    Não entendi o link. Não sei ler coreano.

  41. Nihil disse:

    Franciscodog e Prof. Alex

    Parabéns pelos comentários. Se eu tivesse metade do conhecimento de vocês estaria feliz. Digo, sou feliz mas estaria mais feliz ainda. :D

  42. Nihil disse:

    “Logo serei censurado nesse site, como já fizeram antes. A verdade incomoda a elite global e seus asseclas.”

    A verdade não incomoda, o que incomoda é a trollagem mesmo. Principalmente quando há desvio de assunto.

  43. Marcelo disse:

    Vejam, quem quiser não obrigo ninguém a nada,o simbolismo desses maçons-illuminatis. Olhem essas pinturas, as esculturas. Tudo isso na cara de todos num aeroporto colocado num lugar estranho com muita coisa estranha.É como um manifesto do que planejam fazer.

    http://www.sobrenatural.org/mensagem_subliminar/detalhar/13995/aeroporto_internacional_de_denver/

  44. Prof. Alex disse:

    De Troll ele passou a flooder¬¬

  45. Marcelo disse:

    Troll e flooder as alcunhas para quem incomoda o “grupinho” e os tira de sua zona de conforto.

    Não obrigo ninguém a ler ou ver os vídeos que posto então parem de chorar moças.

    ri ri ri

  46. Nihil disse:

    Depois somos nós os alienados. Ele não deve sair do Youtube…

    Prof. Alex, conhece algum blog interessante para ler já que o Marcelo está infestando a página de comentários com futilidades que todo mundo já viu? (vira e mexe tropeço nesse tipo de páginas…)

  47. Franciscodog disse:

    Nihil, um bom lugar e o forum do clube do cetico
    É muito ativo por lá

  48. Nihil disse:

    Agradeço a sugestão, Franciscodog. Mas navego pelo celular e fica complicado. Estou tentando ignorar os comentários de Marcelo, mas está complicado…

  49. Alexandre disse:

    Nihil, Argumentum ad ignorantiam!

    Nihil, Sr. Desocupado Passa a madrugada toda na internet tentando dominar o mundo …

    ALERTA !!! Nihil + Mori SÃO O MESMO POKEMON.

  50. Nihil disse:

    Hahaha! Hilário! Você sabe o que é argumentum ad ignorantiaum, seu ignorante?

    Vá estudar filosofia, seu animal! E agora é tarde no Japão.

  51. LEx disse:

    Marcelo,

    Tu gosta de brinca com Lego?

    A ciência é isso brother… São peças dispersas que se juntadas da maneira correta formam uma imagem reconhecível. Agora, se juntadas de maneira disforme, causam distorções que aos olhos de quem não sabe como junta-las ou não entende os encaixes acabam por chamar-las de dogmas, milagres ou qualquer outro tipo de “magia”.

    Marcelo, pessoas como você são importantes para que nós tenhamos a necessidade de provar no que acreditamos, pois pessoas como tu, agem ao contrário, acreditam na verdade absoluta (dá-se o nome de fé) e só. O único problema, é que tu está usando-se de argumentos frágeis, e isso irrita, pois a maioria do pessoal aqui já passou dessa fase.

    Comece a ler um livro…. Nem que seja a Bíblia.

  52. Nihil disse:

    Melhor algo do tipo O Pequeno Príncipe ou os do Monteiro Lobato. A Bíblia – que já li duas vezes – é muito grossa e complicada para a cabecinha dele.

  53. LEx disse:

    Nihil,

    Brother, para de assustar o piá.
    Eu falei da Biblia, por que é um livro “bem louco”, tem terror, quimica, ação, fisica, aventura, fantasia e até toque de verdade….

  54. Rafael Shimoda disse:

    Minha opinião??

    Nada do que foi escrito faz sentido algum…

    A proposta de relacionar antigas lendas e aparições ao fenômeno OVNI é ótima, porém não é nenhuma novidade e foi muito mal trabalhada pelo autor, que não amarrou os pontos q deixou tudo flutuando. Parece um aluno com preguiça de fazer o trabalho, vai na internet, pega alguns fragmentos soltos de quanquer coisa e joga no trabalho como se os fragmentos, por si só, pudessem formar um texto…

    Lamentável…

  55. LEx disse:

    Rafael Shimoda,

    Se eu não te fizer uma pergunta, você vai responder?
    ( ) SIM
    ( ) NÃO

  56. Nihil disse:

    LEx,

    e até toque de verdade…

    Hahahahaha! Quer um livro bem “louco”? Leia O IluminatiIluminado de Stephen King :D Acho que o Marcelo se traumatizaria pelo resto da vida de lesse.

  57. LEx disse:

    Nihil,

    Stephen King RULES!

    Eu não achei esse livro na época, e acabei por assistir o filme (disseram que não há muita diferença entre o filme e o livro). Brother, nem com overdose de chá-de-cogumelo tu chega a um grau de loucura daquele…

    “Acho que o Marcelo se traumatizaria pelo resto da vida de lesse.” – Agora eu tive que dar risada…. kkkkkkkkkkkkkkkk

  58. Nihil disse:

    O livro é infinitamente melhor que o filme. Li o livro primeiro e depois vi o filme e acabei achando o filme um lixo. Para o espanto de todos na família…

    Stephen King = Deus
    Stephenie Meier = Merda

  59. Rodrigo Aguiar disse:

    Senhores, acredito que as explanações deste fórum ajudaram-me enxergar as coisas sob um ponto de vista “científico”.

    Aliás, ontem assisti um documentário no The History acerca de ovinis, chamado “triângulos voadores”, neste documentário havia relatos de alguns pilotos (inclusive com experiência militar) acerca do avistamento de objetos estranhos do céu.

    Havia também gravações originais da NASA onde astronautas relatam o mesmo, sendo que um astronauta chega à classificar o objeto como “nave alienígena”.

    É no mínimo intrigante.

  60. Thiago disse:

    Se Marcelo é um crente alienado, os que o criticam são céticos acomodados.
    Até agora só vejo criticando o como pessoa, mas que tal refutar o conteúdo que Marcelo tem linkado?
    Também gostaria de respostas.

  61. Nihil disse:

    Thiago,

    O conteúdo postado por Marcelo está fora do tema e pelo menos eu não me disponho a assistir os trocentos vídeos que ele postou. Tenho mais o que fazer e esperar o meu celular carregar é um saco.

    Bem, se você se dispor agradecemos a sua gentileza se colocar as suas análises aqui. Bem, já vou me retirar.

    Abraços.

    PS: senti um tremor fraco, mas vi que não foi impressão minha. Aconteceu de novo. Será a HAARP?

    http://www.jma.go.jp/en/quake/

  62. Prof. Alex disse:

    Não somos céticos acomodados (Isso non ecziste!). Este termo é uma contradição, pois ceticismo (o advogado aqui, ao menos) implica em busca por respostas.
    Os temas abordados pelo Marcelo já foram abordados no site, basta procurar.

  63. LEx disse:

    Thiago,
    “Cético acomodado”? Falar isso é o mesmo que nos chamar literalmente de Idiotas. Pois é isso que um Idiota (sentido literal) faz, critica sem saber o porque. Mas tudo bem, eu te perdôo.

    Rodrigo Aguiar,
    Brother, depois da Glasnost, o avistamento de UFOs, USOs e outras balelas, tiveram um declínio vertiginoso. Porque será? Os tais objetos triangulares mais tarde se revelaram em Stealths, BlackBirds, Predators, entre outros.
    – “Ah! Mais a NASA disse que os Espaçonautas também viram UFOs”
    Ok! Mas vale lembrar que as empresas que desenvolvem os armamentos americanos são empresas PARTICULARES, muitas delas nós nunca ouviremos falar, sendo assim, NÃO HÁ LIGAÇÃO ALGUMA dessas empresas com a NASA, portanto, o que os pilotos de outras aeronaves/espaçonaves viram e ainda vêem, pode ser qualquer coisa. Por isso que existe a denominação UFO, mas isso não quer dizer que ele realmente seja não IDENTIFICADO, mas sim, não IDENTIFICAVEL.

  64. Nihil disse:

    Em outras palavras: UFO e ovni não são necessariamente espaço-naves pilotados por ETs.

    Acho que é isso que o povo quer que seja…

  65. Otto Pessanha disse:

    Li algo bem semelhante a esse texto em “O mundo assombrado pelos demônios” do Carl Sagan. (muito bom livro)

    Mas passei nos comentários pra dizer que finalmente vejo gente coerente defendendo um pensamento critico aqui nos comentário, é sempre uma infestação de defensores de teorias de conspiração e etceteras que dói as idéias.

    Falando em teorias conspiratórias e OVNIs, eu ofereço uma hipótese conspiratória no entanto mais plausível sobre os Discos Voadores.”Casos OVNIs” que os governos se recusam a divulgar fatos podem muito bem ser aviões espiões, bombardeios supersônicos e outras aeronaves que os governos (estrangeiros em quase sua totalidade) preferem classificar como OVNIs e não revelar mais informações porque simplesmente é mais seguro para a “segurança nacional” que esses passem por discos voadores que existirem informações que confirmem a sua existência.

    Nenhum embasamento pra dizer isso, como eu disse: pura teoria conspiratória.

  66. Rodrigo Aguiar disse:

    Por outro lado, alegar que os avistamentos de UFO’S, são atividades secretas do governo é mera teoria não conspiratória, e neste sentido, também não pode ser admitida como verdade.

  67. Rodrigo Aguiar disse:

    Obs.: Não pode ser admitida como verdade, pois não sabemos se é realmente isto (atividade secreta do governo.
    Pensando nisto, nestes fatos que não são divulgados, cresce cada vez mais minha convicção de que somos (população), de certa forma manipulados, exatamente como gados, o que invalida tudo aquele papo de democracia e que o poder emana do povo, e consolida a existência de teorias conspiratórias.

  68. LEx disse:

    O próprio termo “Teoria da Conspiração” já nos dá a impressão que alguém está tentando esconder fatos reais, mistificando e desacreditando pessoas céticas.
    Mas vejam bem…

    O Mouse, essa pecinha aí que faz você mover o cursor na tela, foi inventado em 1969, época que não exisitia sistema operacionais de disco, o intuito era conseguir mover objetos a distância sem tocá-los. Como não conseguiram, confeccionaram o mouse e começaram a ganhar dinheiro com o invento. Meu primeiro mouse eu comprei em 92 e paguei meros US$ 113,00.

    A Internet, já existe desde 1975, começou com a transmissão de pequenos packs.

    O Celular não se sabe ao certo, carros americanos já tinham esse “acessório” desde 1979 e custavam algo em torno de US$ 15.000,00.

    A fibra ótica então, faz milhares de anos que existe, começou com os egípcios que desviavam a luz usando espelhos de bronze.

    Injeção eletrônica para carros, já existe desde 1978.

    Tudo que conhecemos e tudo que existe hoje é produto de alguma experiência/estudo que já vem acontecendo a anos, ou alguém acredita que o CD-LASER surgiu dentro de um ovo de páscoa, ou os carros hibridos foram presentes de Thor. Portanto, alegar teoria da conspiração para objetos no céu é no mínimo ridículo. Empresas investem bilhões de dólares em proteção anti-espionagem e ainda tem gente que acretita que bolinhas no céu são SuperNaves de uma civilização SuperInteligente. Pode até ser, mas essa civilização chama-se HUMANA.

  69. Rodrigo Aguiar disse:

    Se os objetos não identificados não forem frutos de inteligência extraterrena, é pior ainda, é quase que uma confirmação de que as grandes indústrias (ou Estados) não revelam seus segredos com o intuito de auferirem milhões de lucros, e manterem-se no Poder, ao custo a ignorância das nações (povos e populações) menos desenvolvidas! Se isto não é conspiração, me digam: o que será?

  70. Nihil disse:

    Rodrigo Aguiar,

    Falando em tecnologia de “antigamente”. Ninguém aqui nunca ouviu falar no X-15? Inventado em 1959 e “dá um pau” em qualquer avião moderno. Portanto não se surpreendam com ovnis que se deslocam em alta velocidade.

  71. LEx disse:

    Rodrigo Aguiar em 8 de abril 2011 às 17h05 ,

    WOW! Até que em fim entendeu…
    É isso mesmo… Agora, ignorante é quem não quer ver isso…

    Nihil,
    Mas esse aparelho cai no grupo das lendas, não é? Pelo que já li a respeito dele (que são poucos artigos confiáveis), ele não chegou a desempenhar função alguma. Era mais para testes mesmo. Seja com for, velocidades acima de M6 em 1960 devia ser “coisa de outro mundo” mesmo.

  72. Nihil disse:

    Esse avião existe e foi o mais rápido já construído. A “lenda” é o Aurora, natural as pessoas os confundirem. Veja que o X-15 tem registros fotográficos ao contrário do Aurora que só tem desenhos.

  73. Carlos M. disse:

    O x-15 já foi há muito superado. O recorde de velocidade atual é do HyCause, avião australiano que em 2007 atingiu a impressionante marca de 11000 km/h (Mach 10). Aliás esse recorde foi amplamente divulgado na mídia especializada e é fácil encontrar matérias a respeito na web, antes que alguém diga que há uma conspiração para esconder essa informação e blá, blá, blá…

  74. Nihil disse:

    HyCause não é tripulado.

  75. LEx disse:

    “HyCause não é tripulado.” [2]

    Fora isso, ainda tem que ser “jogado” de quase fora do mundo para conseguir gerar “vácuo” suficiente para atingir o desenpenho máximo da engine.

  76. Nihil disse:

    Para mim o HyCause está mais para um míssil do que um avião.

    http://en.wikipedia.org/wiki/File:HyCAUSE_3.jpeg

    Agora compare com o X-15 no link do meu comentário mais acima.

  77. D. R. disse:

    APARIÇÕES DE NOSSA SENHORA RECONHECIDAS PELA IGREJA

    · 1347 Siena, Itália, Santa Catarina

    · 1531 Guadalupe, Juan Diego (*)

    · 1600 Agreda, Espanha Santa Maria de Agreda

    · 1830 Rue du Bac, França, Catherine Laboure

    · 1836 Ol of Victories, Paris Padre Genettes

    · 1840 Blangy, França, Irmã Justine Bisqueyburu

    · 1846 La Salette, França, Melanie Calvat e Maximin Giraud

    · 1858 Lourdes, França, Bernadette Soubirous

    · 1876 Pellevoisin, França, Estelle Faguette

    · 1879 Knock, Irlanda, 15 pessoas

    · 1917 Fátima, Portugal, Lucia, Francisco e Jacinta

    · 1932 Beauraing, Bélgica, Voisin e Degeimbre

    · 1933 Banneaux, Bélgica, Mariette Beco

    · 1937 Polônia, Abençoada Faustina

    · 1968 Zeitun, Egito, Milhares de pessoas (aprovada pelo Patriarca da Igreja Ortodoxa)

    · 1973 Akita, Japão, Irmã Agnes Sasagawa

    · 1980 Cuapa, Nicaraguá, Edward Bernardo Martinez

    Aliás, gostaria que o CETICISMO ABERTO investigasse uma suposta aparição de Nossa Senhora em cima de uma Igreja Coopta em ZEITOUN no EGITO na década de 60 (e parece que também agora em 2009!). Eu li sobre isso há alguns anos atrás e, segundo vi no site, havia sido testemunhado por uma multidão de pessoas, com fotos incríveis e a própria televisão local havia filmado! A única coisa que eu fiz na época (eu também sou meio cético), foi conferir se a matéria do jornal The New York Times de 24 de abril de 1966, mostrada no site, realmente existia no site oficial do New York Times; e realmente foi noticiado.

    Encontrei este site abaixo relatando a aparição com notícias e fotos da época e, até mesmo, vídeos atuais da aparição de 2009; que, pelo menos a primeira vista, parecem ser autênticos:

    http://www.aveluz.com/zeitoun/nossa_senhora_aparece_no_egito.htm

    Obrigado!

  78. LEx disse:

    D. R. em 11 de abril 2011 às 12h57,

    Cara, sou natural de uma cidadezinha do interior de SP chamada Bernardino de Campos, alguns anos atrás foi divulgado nacionalmente, inclusive pelo Jornal Nacional que “estavam vendo” Nossa Senhora em um confessionário, mas o padre não queria deixar ninguém filmar, mas estava lá para quem quizesse ver. Pois bem, eu foi até lá e fui ver a tal Nossa Senhora….

    Quando se fala: “EU VI A NOSSA SENHO NO CONFESSIONÁRIO!”
    O que tu entende?
    Eu achava que chegando lá, eu fosse ver uma “mulher” vestida de branco dentro do confessionário… Mas não era nada disso, era um defeito na madeira causado por humidade e que via-se ridiculamente uma forma que lembrava o desenho de um busto. Pois é… Passou a época da chuvas e a imagem sumiu de lá… E mesmo assim… Até hoje o pessoal vai lá para rezar no pé do confessionário… Mesmo sabendo que a Tal APRARIÇÃO era na verdade uma mancha de MOFO. Isse eu falo porque eu VI.
    Passar uma lista com um monte de datas com um monte de RELATOS não prova nada. O lance do EGITO realmente é complicado de explicar, eu não ainda não tenho conhecimento das causas.

    Só mais um detalhe, dar o preço da grama dentro do nosso terreno é fácil, o fato das “aparições” serem reconhecidas pela IGREJA só vale aos cristãos, a minha “IGREJA” não reconhece tais fatos como tal, e aí?

  79. Adriano disse:

    D.R.
    onde está o vídeo de 2009?

  80. Nihil disse:

    Eu vi os vídeos e as fotos. O que não entendo é o porque jiatamente em 2009 não temos imagens melhores. E quando apagam as luzes achei mais suspeito ainda.

    Vamos ver se eles obtém uma imagem em alta definição.

  81. Adriano disse:

    Se uma aparição é recorrente (seja de santos/santas seja de espíritos ou ETs/naves espaciais), vários dias seguidos, por horas, era de se supor imagens de todos os ângulos, em HD, mas isso nunca ocorre….

  82. D. R. disse:

    LEX! Concordo com você, milagres autênticos e aparições verídicas são muito raros; basta ver a lista acima de aparições aprovadas pela Igreja em comparação com o número de supostas aparições que se divulgam por aí!

    Adriano! O vídeo de 2009 está no próprio site que indiquei (são vídeos do Youtube). Eu também achei que esses vídeos deixaram a desejar (parecem imagens de celular).

    Mas, da primeira vez que fiquei sabendo dessa aparição, por precaução, acessei o site do New York Times para ver se realmente haviam publicado a matéria de 24 de abril de 1966 mostrada no site e constatei que realmente foi publicada a matéria.

    O quê esse povo todo (que aparece nas fotos dos jornais) estava olhando boquiabertos no alto da torre da igreja?

    Igreja essa que, segundo o site e a tradição cristã, foi construída sobre o santuário do suposto local onde Jesus, Maria e José se refugiaram da perseguição de Herodes!

    Por isso que eu gostaria que o CETICISMO ABERTO investigasse mais a fundo esse curioso caso de ZEITOUN no EGITO; por exemplo, com a análise das fotografias da época que, ao contrário dos vídeos de 2009, são bem nítidas; já que o único recurso de que disponho é a pesquisa pela internet!

  83. Nihil disse:

    D.R e nem adianta ver a imagem da Virgem de Zeitoun com outro recurso. A filmagem é amadora e a única disponível. Convenhamos, a filmagem de 2009 é tosca e as fotografias antigas suspeitas. E é mais suspeita ainda a ausência de fotos digitais de 2009 e de fotógrafos profissionais.

  84. Adriano disse:

    D.R.

    Está no site que apareceu por diversos dias e uma vez até por 8 horas! Como não temos imagens boas? Como não temos fotos boas? Isso por si só já deixa o caso muitooo suspeito!

  85. D. R. disse:

    Não sei se não existem fotos e vídeos profissionais em outros sites e outras línguas!? Não podemos tirar conclusões definitivas baseados apenas nas imagens divulgadas em um único site de língua portuguesa! Acredito que o pessoal do CETICISMO ABERTO tenha maiores recursos. A única coisa que sei é que a matéria realmente foi publicada no New York Times da época; e também li que a TV local da época havia divulgado a aparição.

    Mas, mesmo esse vídeos de 2009, já são melhores do que qualquer suposta aparição de OVNIS que eu já vi divulgado por aí!

  86. Nihil disse:

    As vezes vejo um desses na janela do trem. Mas a noite ou no túnel nunca vi.

  87. cchepticcismm disse:

    basicamente de tudo o que não temos prova material devemos ainda assim duvidar; por exemplo a ida à lua_ eu sei lá se esteva alguém lá. Só acredito que de facto existe lua se for lá algum dia, se lá puser os pés, ninguém me assegura que aquilo não é uma imagem. mais quando lá foram pela primeira vez,também fizeram uma imagenszitas que com aquela tecnologia toda podiam ter feito muito melhor.LOL

    Quanto a outras realidades, por exemplo espirituais, queremos provas físicas mensuráveis porque embora possam haver outras realidades não mensuráveis só acreditamos nelas se forem realidades mensuráveis ou…físicas.
    E porque é que havemos de querer que as realidades espirituais sejam materiaIS, CONCRETAS, PALPÁVEIS E MENSURÁVEIS? porque esta é a única realidade que conhecemos e qualquer outra que exista ou é igual a esta ou não existe. LOL

    Na hipótese de existirem outras realidades para além da meramente material, terão regras diferentes, apreensão diferente daquela a que nos habituámos quando interpretamos as coisas meramente materiais. É mais correcto interpretá-las não como acontecimentos materiais mas aborda-los de forma espiritual. A interpretação espiritual dá-se para as pessoas que têm dimensão espiritual. Aquelas que a têm entender o significado para além da ‘coisa’. As que não têm, olham para a ‘coisa’ mas não procuram significado.

  88. cchepticcismm disse:

    Olho para a realidade de Zeiton como realidade espiritual!

  89. D. R. disse:

    Eu até acredito que o homem foi na Lua, eu só não entendo como eles conseguiram sair de lá e voltaram para a Terra (he he he); mesmo a gravidade de lá sendo bem menor, para sair daqui precisou-se de um foguete enorme… Alguém saberia explicar?

    Mas, nessa aparição de Zeitoun, li que a suposta Virgem Maria até desceu flutuando da torre da Igreja e dava hóstias para as pessoas presentes. Os vídeos de 2009 (pelo menos esses do site) são ruins mesmo, mas as fotos antigas são realmente muito nítidas; teria que se analisar para ver se não é algum tipo de montagem fraudulenta.

  90. D. R. disse:

    Já sobre a aparição de Fátima, o porque acredito que é autêntica:

    O 2º SEGREDO: “A guerra vai acabar, mas, se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI começará outra pior. Quando virdes uma noite iluminada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir, virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz; se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz.”

    CONFIRMAÇÃO: De fato, em 25 de janeiro de 1938, apareceu nos céus da Europa umas luzes estranhas que os cientistas na época alegaram ser um tipo extraordinário de aurora boreal; porém, a Irmã Lucia afirma que esse era o sinal do castigo! Veio a Segunda Guerra bem pior do que a primeira, a Rússia espalhou seus erros pelo mundo através do comunismo, milhares de clérigos foram mortos, mais de 100 milhões de pessoas morreram…

    INTERESSANTE: Conforme predito por Nossa Senhora, dentre os três videntes, Jacinta e Francisco morreram doentes algum tempo depois da aparição; e Lúcia, a mais velha, se tornou freira e morreu em 2005 aos 97 anos de idade. Em 2000, Jacinto e Francisca (cujo corpo estava incorrupto na exumação de 1935) foram beatificados pelo Papa João Paulo II em Fátima, juntametne com a revelação do Terceiro Segredo.

    FONTES:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Apari%C3%A7%C3%B5es_de_F%C3%A1tima

    http://www.montfort.org.br/old/index.php?secao=cadernos&subsecao=religiao&artigo=fatima3&lang=bra

  91. Francisco disse:

    Nihill filosofia e a unica ciencia inutil ,é procurar chifre na cabeça de cavalo, se quer algo para fazer vá brincar de integrar e diferenciar funçoes, filosofia nunca vai mudar o mundo, filosofia leva a lugar nenhum. Larga de ser atoa e va estudar matematica ler uns livros tecnicos etc.
    Estou me graduando em engenharia mecanica pela UNESP, larga esse seu pseudo-curso e esse seu pseudo-latim tirado de letra da banda dead fish
    Flws galera

  92. Adriano disse:

    Putz, que cabeça pra um formando…triste…

  93. LEx disse:

    Francisco em 25 de abril 2011 às 18h04,

    Quantas vezes você faz sexo por dia? Sexo solitário não vale…

    A filosofia é a base de tudo ao extremo.
    Eu posso provar, duvida?

  94. Nihil disse:

    Como alguém graduando em engenharia escreve com um português daquele? Só no Brasil mesmo. E quem disse que curso filosofia? Eu estudo geofísica e sismologia com pura autodidaxia. Só.

  95. Nihil disse:

    Sobre os segredos de Fátima eu os encaixo no mesmo patamar das “profecias” de Nostradamus. Linguagens genéricas e metafóricas que pode-se encaixar com qualquer outra coisa.

  96. D. R. disse:

    A filosofia nunca vai mudar o mundo? Já mudou, basta ver o desastre causado por um mero ‘livrindo’ de um tal Karl Marx… Há até historiadores que alegam que o Nazismo foi fruto das idéias evolucionistas de Charles Darwin.

    Comparar as profecias de Fátima com as de Nostradamus é apelação! Se isso aqui for linguagem genérica?:

    1º SEGREDO: “Nossa Senhora mostrou-nos um grande mar de fogo que parecia estar debaixo da terra. Mergulhados em esse fogo os demônios e as almas, como se fossem brasas transparentes e negras, ou bronzeadas com forma humana, que flutuavam no incêndio levadas pelas chamas que delas mesmas saíam, juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, semelhante ao cair das fagulhas nos grandes incêndios, sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dor e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor. Os demônios distinguiam-se por formas horríveis e asquerosas de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes e negros. Esta vista foi um momento, e graças à nossa boa Mãe lá do céu, que antes nos tinha prevenido com a promessa de nos levar para o céu (na primeira aparição). Se assim não fosse, creio que teríamos morrido de susto e pavor. Em seguida, levantamos os olhos para Nossa Senhora, que nos disse com bondade e tristeza: ‘Vistes o inferno, para onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração. Se fizerem o que eu disser, salvar-se-ão muitas almas e terão paz.'”

    CONFIRMAÇÃO: A Igreja, embora tardiamente, introduziu a devoção ao Imaculado Coração de Maria. Sobre o inferno, a gente só vai ter certeza depois que morrer!

    O 3º SEGREDO: Depois das duas partes que já expus, vimos ao lado esquerdo de Nossa Senhora um pouco mais alto um anjo com uma espada de fogo em a mão esquerda; ao cintilar, despedia chamas que parecia iam incendiar o mundo; mas apagavam-se com o contato do brilho que da mão direita expedia Nossa Senhora ao seu encontro. O anjo, apontando com a mão direita para terra, com voz forte disse: ‘Penitência, Penitência, Penitência!’ E vimos numa luz imensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas num espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Vários outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande cruz de troncos toscos como se fora de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meio em ruínas, e meio trêmulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegando ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande cruz, foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam vários tiros de armas de fogo e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás aos outros os bispos, sacerdotes, religiosos e religiosas, e várias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de várias classes e posições. Sob os dois braços da cruz estavam dois anjos, cada um segurando um regador de cristal em a mão, neles recolhiam o sangue dos mártires e com ele regavam as almas que se aproximavam de Deus.

    CONFIRMAÇÃO: Alguns estudiosos associam esse segredo ao atentado contra o Papa João Paulo II em 13 de maio (dia de N. Sra. Fátima) de 1981. Outros, porém, acreditam que essas profecias ainda não aconteceram. Outros, ainda, que o 3º Segredo não foi revelado por completo e o associam ao famosos sonhos de São Dom Bosco.

  97. Nihil disse:

    A filosofia nunca vai mudar o mundo? Já mudou, basta ver o desastre causado por um mero ‘livrindo’ de um tal Karl Marx… Há até historiadores que alegam que o Nazismo foi fruto das idéias evolucionistas de Charles Darwin.

    Só se forem historiadores mequetrefes e filósofos desocupados. Bem… Nunca gostei do marxismo.

    Comparar as profecias de Fátima com as de Nostradamus é apelação!

    Na verdade acho Nostradamus mais poético. Já leu as obras dele?

    CONFIRMAÇÃO: A Igreja, embora tardiamente, introduziu a devoção ao Imaculado Coração de Maria. Sobre o inferno, a gente só vai ter certeza depois que morrer!

    Isso não confirma nada. Prefiro o Inferno descrito nos quadrinhos do Spawn. Quem garante que o Inferno descrito por Dante não é real?

    CONFIRMAÇÃO: Alguns estudiosos associam esse segredo ao atentado contra o Papa João Paulo II em 13 de maio (dia de N. Sra. Fátima) de 1981. Outros, porém, acreditam que essas profecias ainda não aconteceram. Outros, ainda, que o 3º Segredo não foi revelado por completo e o associam ao famosos sonhos de São Dom Bosco.

    Está mais para o assassinato de Lincoln. Mesmo assim não prova nada. Os três segredos de Fátim não me convenceram nem quando era católico quanto mais agora que sou ateu. E olha que era adolescente quando ouvi essa história.

  98. D.R. disse:

    Nihil, não estou querendo denegrir a filosofia; pelo contrário, estou mostrando o poder das palavras e das idéias. Talvez, se Marx soubesse das conseqüências de suas idéias, jamais teria escrito um livro. Jesus foi capaz de mudar o mundo apenas com suas palavras e obras (sem uso de força ou violência). Grandes ditadores (como Hitler e Hugo Chavez) geralmente são capazes de discursar por horas a fio, a fim de conquistarem o povo.

    As profecias de Fátima em comparação com as de Nostradamus são simplórias e são poucas palavras bem objetivas; mas, elas estão se cumprindo palavra por palavra. Desde a morte prematura dos dois videntes, a II Gerra Mundial, o comunismo e a perseguição à Igreja, etc. Sobre o milagre do sol, há até fotos de jornais da época descrevendo o fato; e, se não me engano, o fenômeno foi visto até a 45 km de distância. Se elas foram aprovadas pela Igreja não é à toa!

    Vejam que interessante: Se as profecias de Fátima forem realmente autênticas, então, a Segunda Guerra Mundial não foi apenas uma conseqüência política; mas sim, um castigo de Deus pela falta de conversão da Humanidade! Ou seja, nada poderia ter impedido a ascensão de Hitler ao poder a não ser se os homens parassem de ofender a Deus. E é estranho mesmo como um simples homem, antipático até, pôde hipnotizar toda uma nação a fim de cometer tantas loucuras e atrocidades!

    Portanto, segundo as profecias de Fátima, não vão ser acordos políticos, projetos sociais, educacionais e econômicos e nem desenvolvimento tecnológico que poderão trazer paz ao mundo e sim a conversão dos homens a Deus.

    Acreditemos em Deus ou não, gostemos dele ou não, a verdade é que Deus (mesmo que ele não exista) ainda é a nossa única esperança de salvação eterna! Do contrário, de que adianta ficar estudando geologia, matemática, filosofia, ou tentando aprender alguma coisa de útil na vida se daqui umas poucas décadas vamos todos morrer? E para que deixar algo para a nossa descendência se daqui uns milhões ou bilhões de anos o sol deixará de existir, ou seremos abatidos por uma grande chuva de meteóros, ou então engolidos por um buraco negro, ou exterminados pelos andróides com computadores quânticos; e, mesmo se fugirmos para outro planeta, segundo as teorias mais modernas, o Universo se expandirá cada vez mais até se esfriar por completo? Ou seja, sem Deus e a vida eterna, a vida perde o sentido! Ele é a nossa única esperança e ainda temos de torcer para que Ele seja realmente tão bom quanto Jesus o revelou ao mundo!

  99. Nihil disse:

    D.R

    Nihil, não estou querendo denegrir a filosofia; pelo contrário, estou mostrando o poder das palavras e das idéias.

    Pois é, qualquer idéia é perigosa.

    Talvez, se Marx soubesse das conseqüências de suas idéias, jamais teria escrito um livro.

    Adam Smith e Proudhon, idem. Assim como quem inventou a faca de cozinha.

    Jesus foi capaz de mudar o mundo apenas com suas palavras e obras (sem uso de força ou violência).

    Mas os inquisidores e cruzados… Fora a Bible Belt, Jim Jones e KKK.

    Grandes ditadores (como Hitler e Hugo Chavez) geralmente são capazes de discursar por horas a fio, a fim de conquistarem o povo.

    Sacerdotes também.

    As profecias de Fátima em comparação com as de Nostradamus são simplórias e são poucas palavras bem objetivas; mas, elas estão se cumprindo palavra por palavra. Desde a morte prematura dos dois videntes, a II Gerra Mundial, o comunismo e a perseguição à Igreja, etc.

    Profecias que encaixam com qualquer coisa em qualquer época. Ou não.

    Sobre o milagre do sol, há até fotos de jornais da época descrevendo o fato; e, se não me engano, o fenômeno foi visto até a 45 km de distância. Se elas foram aprovadas pela Igreja não é à toa!

    Engraçado como nenhum astrônomo, que sempre estão de olho no céu, tem registro desse evento. Seria conspiração Illuminati?

    Vejam que interessante: Se as profecias de Fátima forem realmente autênticas, então, a Segunda Guerra Mundial não foi apenas uma conseqüência política; mas sim, um castigo de Deus pela falta de conversão da Humanidade! Ou seja, nada poderia ter impedido a ascensão de Hitler ao poder a não ser se os homens parassem de ofender a Deus. E é estranho mesmo como um simples homem, antipático até, pôde hipnotizar toda uma nação a fim de cometer tantas loucuras e atrocidades!

    Ditadura, imperialismo, monarquia… Nada disso foi novidade no mundo. Assim como guerras sangrentas.

    Portanto, segundo as profecias de Fátima, não vão ser acordos políticos, projetos sociais, educacionais e econômicos e nem desenvolvimento tecnológico que poderão trazer paz ao mundo e sim a conversão dos homens a Deus.

    Claro. Veja que países como Japão, Noruega e Holanda são imperialista e vivem guerreando e como países cristãos Estados Unidos são pacíficos. Qual era a religião de Mussolini e Hitler mesmo? 

    Acreditemos em Deus ou não, gostemos dele ou não, a verdade é que Deus (mesmo que ele não exista) ainda é a nossa única esperança de salvação eterna!

    Não preciso disso.

    Do contrário, de que adianta ficar estudando geologia, matemática, filosofia, ou tentando aprender alguma coisa de útil na vida se daqui umas poucas décadas vamos todos morrer?

    Sem esses estudos sua casa nem estaria de pé, meu filho.

    Ou seja, sem Deus e a vida eterna, a vida perde o sentido! Ele é a nossa única esperança e ainda temos de torcer para que Ele seja realmente tão bom quanto Jesus o revelou ao mundo!

    Jesus (que para mim não existiu) pregou um deus ciumento, genocida, machista, egoísta, racista e sádico. Não quero esse deus e nem deus nenhum. Sou feliz assim, sem deus e não fico pensando em me matar e nem matar ninguém. Como já disse o Albert Einstein:

    “Se somos bom por temer um castigo ou almejar uma recompensa é porque somos realmente desprezíveis.”

    Ele está errado?

  100. D.R. disse:

    Primeiro: se um bandido invade sua casa para violentar suas filhas, não só é direito seu matá-lo (se não houver outro meio) como dever seu defender um inocente (isso a Igreja que diz). Cospir no prato que comeu é fácil! Só por um milagre é que os mulçumanos não invadiram toda a Europa na época das Cruzadas (vide a Batalha de Lepanto). Se não fossem os Cruzados, talvez, você hoje estaria sendo obrigado a seguir o Alcorão à força; e se não aceitasse a religião deles ou pregasse seu ceticismo, provavelmente, já teria sido apedrejado ou enforcado ou decapitado! Mas, com certeza, nem eu, nem você e nenhum de nós aqui existiríamos; pois a história do mundo seria totalmente diferente e, com certeza, muito mais tenebrosa. Aí, sim você ia ver o que é Idade das Trevas!

    Segundo: Isso se encaixa em qualquer época?: 2º SEGREDO: “A guerra vai acabar, mas, se não deixarem de ofender a Deus, no REINADO DE PIO XI começará outra pior. Quando virdes uma noite iluminada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir, virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz; se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sofrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á à Rússia, que se converterá, e será concedido ao mundo algum tempo de paz.”

    (veja sobre a aurora boreal nos céus da Europa em 1938 na Wikipedia ; em 1917, o Papa Pio XI ainda não era papa e foi justamente nesse ano que os bolcheviques chegaram ao poder na Rússia).

    Terceiro: É lógico que não foi o sol que se moveu em Fátima, foi apenas uma visão dada por Deus ao povo local que havia pedido um sinal, justamente, por estarem céticos da aparição. Há na internet até cópia de jornal da época relatando o fenômeno. Se fosse literalmente o sol que tivesse se movido, grande parte do mundo teria visto o fenômeno! Você zomba daqueles que acreditam na conspiração Illuminati, mas parece acreditar na conspiração Católica que fica forjando bíblia, aparições, milagres, profecias, sudários, corpos incorruptos de santos, relíquias, etc., para ludibriar os incautos; isso, para mim, também é fanatismo e ceticismo irracional!

    Quarto: Não precisa disso? Eu também achava que não precisava de salvação eterna! Li uma vez no livro “O Diálogo” (de Santa Catarina de Sena) em que Deus fala a ela sobre o que acontece após a morte (São Dom Bosco também teve sonhos proféticos sobre isso); no livro diz que a maior ofensa que podemos fazer a Deus (que é infinitamente bom), na hora do juízo particular, é não aceitar o seu perdão; que, então, não é Deus que condena a alma ao inferno, mas a própria pessoa que se julga indigna do perdão de Deus e cheia de orgulho, desespero e ódio prefere ir para o Inferno; e que lá não se consegue ser bom e nem se arrepender, apenas ter remorso e ódio, porque tudo que temos de bom em nós (os bons sentimentos, as virtudes, as boas obras, etc.) vem de Deus; e lá no Inferno não chega a luz de Deus!

    A Igreja é um caminho seguro instituído por Deus para a salvação eterna, desde que procuremos seguí-la honestamente; mas, com certeza, não só os que estão nela se salvarão, mas todos aqueles que praticam o bem. Não sei qual o teu comportamento moral; mas, mesmo que você seja ateu, procure pelo menos ser uma pessoa boa e honesta e procure a verdade (seja ela qual for) com sinceridade de coração!
    Li também uma vez que o famoso matemático e teólogo Blaise Pascal calculou que a probabilidade de Deus existir era cerca de 50 % e que, portanto, seria mais vantajoso praticar o bem; porque, se ele existir, não iremos para o Inferno; e, se ele não existir, não perderemos nada !

    E Santo Agostinho dizia que Deus não permitiria o mal se dele não pudesse tirar um bem maior ainda! Por exemplo: se o homem não tivesse caído em pecado, Deus não teria enviado seu filho ao mundo.

    Quinto: Se você acha que esse é o Deus que Jesus pregou, então, é melhor nem acreditar nele mesmo! Provavelmente, você daria a tua vida por teus filhos, tua mãe, tua esposa, por um amigo. Mas quem de nós daria a sua vida por um Bin Laden, por um Hittler, por um político corrupto, por um estuprador ou por um assassino? E Jesus deu a sua vida, não só por esses, mas por todos nós pecadores!

    A existência história de Jesus (a despeito de pseudo-documentários como Zeitgeist) já foi comprovada (http://g1.globo.com/Noticias/0,,MUL730858-9982,00-EXISTENCIA+HISTORICA+DE+JESUS+CRISTO+E+INQUESTIONAVEL+AFIRMAM+ESPECIALISTAS.html).

    O que os historiadores céticos não crêem é que ele fez milagres! Ora, se Jesus não fez milagres na sua época e não ressuscitou, também não faz agora; por isso, para saber se Deus existe ou não, basta analizar a fundo os maiores milagres da Igreja Católica (a única religião do mundo em que ocorre tais fenômenos) e ver se são autênticos ou não: como o de Lanciano, Sangue de São Genaro, o Manto de Guadalupe, os Corpos Incorruptos de Santos, o Santo Sudário e tantos outros (http://oepnet.sites.uol.com.br/geral.htm)!

    Sexto: Jesus já dizia que prefere a misericórdia ao sacrifício; ou seja, que não devemos procurar ser bons por medo de castigo, mas por amor. Mas a bíblia diz que o princípio da sabedoria é o temor a Deus!

  101. Nihil disse:

    se um bandido invade sua casa para violentar suas filhas, não só é direito seu matá-lo (se não houver outro meio) como dever seu defender um inocente (isso a Igreja que diz).

    De acordo.

    Cospir no prato que comeu é fácil! Só por um milagre é que os mulçumanos não invadiram toda a Europa na época das Cruzadas (vide a Batalha de Lepanto). Se não fossem os Cruzados, talvez, você hoje estaria sendo obrigado a seguir o Alcorão à força; e se não aceitasse a religião deles ou pregasse seu ceticismo, provavelmente, já teria sido apedrejado ou enforcado ou decapitado!

    Naninanão. O Islã naquela época (onde mulheres não só tinham títulos como também lecionavam) não é o lixo que vemos nos países mais extremistas. Afeganistão ou Somália, por exemplo. Saiba que países como a Turquia, por exemplo. É bem livre. O problema são a Lei da Sharia e o Taleban. Isso sim deve ser combatido. A única coisa que mudaria seria apenas o Islã no lugar do Cristianismo como a religião mais praticada. Talvez teríamos menos sangue.

    Mas, com certeza, nem eu, nem você e nenhum de nós aqui existiríamos; pois a história do mundo seria totalmente diferente e, com certeza, muito mais tenebrosa. Aí, sim você ia ver o que é Idade das Trevas!

    Discordo. A resposta lá em cima.

    (veja sobre a aurora boreal nos céus da Europa em 1938 na Wikipedia ; em 1917, o Papa Pio XI ainda não era papa e foi justamente nesse ano que os bolcheviques chegaram ao poder na Rússia).

    Segredo revelado em 1941. Agora eu sei com quem o Juscelino aprendeu.

    Você zomba daqueles que acreditam na conspiração Illuminati, mas parece acreditar na conspiração Católica que fica forjando bíblia, aparições, milagres, profecias, sudários, corpos incorruptos de santos, relíquias, etc., para ludibriar os incautos; isso, para mim, também é fanatismo e ceticismo irracional!

    Você tem idéia de quantas relíquias forjadas existem só na Europa?

    Não precisa disso? Eu também achava que não precisava de salvação eterna! Li uma vez no livro “O Diálogo” (de Santa Catarina de Sena) em que Deus fala a ela sobre o que acontece após a morte (São Dom Bosco também teve sonhos proféticos sobre isso); no livro diz que a maior ofensa que podemos fazer a Deus (que é infinitamente bom), na hora do juízo particular, é não aceitar o seu perdão; que, então, não é Deus que condena a alma ao inferno, mas a própria pessoa que se julga indigna do perdão de Deus e cheia de orgulho, desespero e ódio prefere ir para o Inferno; e que lá não se consegue ser bom e nem se arrepender, apenas ter remorso e ódio, porque tudo que temos de bom em nós (os bons sentimentos, as virtudes, as boas obras, etc.) vem de Deus; e lá no Inferno não chega a luz de Deus!

    Quem teria criado o Inferno mesmo?

    mesmo que você seja ateu, procure pelo menos ser uma pessoa boa e honesta e procure a verdade (seja ela qual for) com sinceridade de coração!

    Você duvida do meu caráter?

    Li também uma vez que o famoso matemático e teólogo Blaise Pascal calculou que a probabilidade de Deus existir era cerca de 50 % e que, portanto, seria mais vantajoso praticar o bem; porque, se ele existir, não iremos para o Inferno; e, se ele não existir, não perderemos nada !

    Assista o video “Aposta de Pascal detonada” e veja como é furado o argumento.

    E Santo Agostinho dizia que Deus não permitiria o mal se dele não pudesse tirar um bem maior ainda! Por exemplo: se o homem não tivesse caído em pecado, Deus não teria enviado seu filho ao mundo.

    A Pollyana também pensa assim.

    Se você acha que esse é o Deus que Jesus pregou, então, é melhor nem acreditar nele mesmo! Provavelmente, você daria a tua vida por teus filhos, tua mãe, tua esposa, por um amigo. Mas quem de nós daria a sua vida por um Bin Laden, por um Hittler, por um político corrupto, por um estuprador ou por um assassino? E Jesus deu a sua vida, não só por esses, mas por todos nós pecadores!

    Não acredito em nenhum deus, meu filho. E se Jesus fez isso problema dele.

    A existência história de Jesus (a despeito de pseudo-documentários como Zeitgeist) já foi comprovada

    A existência de Maomé, Zoroastro, Mitra e Gautama também são inquestionáveis. Mas historiadores como Barth Erman parecem questionar. Ah! Zeitgeist é uma merda produzida por conspiracionistas.

    O que os historiadores céticos não crêem é que ele fez milagres! Ora, se Jesus não fez milagres na sua época e não ressuscitou, também não faz agora; por isso, para saber se Deus existe ou não, basta analizar a fundo os maiores milagres da Igreja Católica (a única religião do mundo em que ocorre tais fenômenos) e ver se são autênticos ou não: como o de Lanciano, Sangue de São Genaro, o Manto de Guadalupe, os Corpos Incorruptos de Santos, o Santo Sudário e tantos outros

    Meu filho, isso não prova nada! Qualquer milagre desses podemos fazer em casa. Isso já foi estudado e provavelmente não voltará. Para saber se esse deus existe ou não só há dois meios: morrer ou ele aparecer e se identificar para todo mundo.

    Jesus já dizia que prefere a misericórdia ao sacrifício; ou seja, que não devemos procurar ser bons por medo de castigo, mas por amor. Mas a bíblia diz que o princípio da sabedoria é o temor a Deus!

    Hahahahahaha! O que Jesus quis dizer com:

    “A quem te ferir numa face, oferece a outra; a quem te arrebatar o manto, não recuses a túnica.”
    – Lucas 6, 29

    “Aquele que se exaltar será humilhado, e aquele que se humilhar será exaltado.”
    – Lucas 14, 11

    “Ai do mundo por causa de todas as suas maldades! A tentação de fazer mal nunca desaparece, mas ai daquele que provocar a tentação! Portanto, se a tua mão ou o teu pé te fizerem pecar, corta-os e deita-os fora. Mais vale entrar aleijado no céu do que estar no inferno com ambas as mãos e ambos os pés. E se o teu olho te fizer pecar, arranca-o e deita-o fora. Mais vale entrar com um só olho no céu do que estar no inferno com os dois.”
    – Mateus 18,7-9

    “Não pensem que eu vim trazer paz ao mundo. Não vim trazer a paz, mas a espada. Eu vim para pôr os filhos contra os pais, as filhas contra as mães e as noras contra as sogras. E assim os piores inimigos de uma pessoa serão os seus próprios parentes.”
    – Mateus 10,34-36

    Entre outras besteiras? Não me estenderei mais. Mas lamento mesmo os que fizeram com os muçulmanos. Talvez com um mundo sem o Cristianismo o homem seria mais “iluminado”, afinal a Biblioteca de Alexandria ainda existiria.

  102. Paulo Eduardo disse:

    Sobre a “Aposta de Pascal” discordo do vídeo em pauta. O apresentador se contradiz, pois fala que “… o cristão teria gasto seu tempo e dinheiro adorando Deus…” para evitar o Inferno e ira para o Céu; contudo, poderia ir para o Inferno de “outro deus”… Ora, de qualquer maneira ele afirma: existe um deus. Se eu não for punido pelo Deus cristão, poderia ser punido “por outro”… Se não existir nenhum Deus, o famoso axioma continua válido.

    Penso que a tal “aposta”, na verdade, uma atitude jocosa de Pascal para evidenciar o absurdo, a meu ver, do ateísmo, é muito singular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *