Purnam Rama Sastri esteve estudando meditação por anos e disse ter dominado a técnica Jala Stambanam, que se acredita ser uma antiga prática yogi onde se pode exceder as limitações físicas. Seu plano era realizar milagres públicos para começar seu próprio movimento religioso. O primeiro milagre envolveu desafiar a gravidade, embora seu salto de um prédio de dois andares tenha resultado em um calcanhar quebrado e uma concussão leve. Isto foi considerado um grande sucesso, assim ele foi para o segundo estádio. Este envolveu ser baixado a um poço onde ele passaria a noite submerso em água, mantido vivo por seus poderes miraculosos. No dia seguinte, mergulhadores da polícia tiveram que ser chamados para recuperar seu corpo, e recomendaram que “ninguém beba água não fervida do poço por sete dias”.

A notícia é corroborada pelo jornal “The Hindu”, e é antiga na verdade, de novembro de 2007. Pode ser moribidamente hilária, mas estes extremos de irracionalidade não são de forma alguma raros. Confira Os Xamãs do Subúrbio. [via WK]

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *