Topless alien

Senhoras e, principalmente, senhores, com vocês a ET “Monna Lisa”, “humanóide, fêmea, com 1,65 m de altura, com genitália, cabelo, seis dedos. Função: piloto, dispositivo de pilotagem fixado a dedos e olhos, sem roupas“. Isso mesmo, PlayAlien com requintes de necrofilia, um oferecimento de William Rutledge, o bravo astronauta da missão secreta Apollo 20. Ele continua:

“Tivemos que cortar dois cabos ligados ao nariz. Não havia narinas. Leonov soltou o dispositivo dos olhos. Concreções de sangue ou biolíquido estourou e congelou a boca, nariz, olhos e algumas partes do corpo. Algumas partes do corpo estavam em boas condições e não muito comum, (cabelo) e a pele estavam protegidos por uma capa fina transparente. Com dissemos para o controle de missão, as condições do corpo pareciam não vivas e não mortas. Não tínhamos nada de equipamentos médicos, muito menos experiência, mas eu e Leonov fizemos um teste, fixamos nosso bio equipamento no EBE, e telemetricamente as ajudas recebidas pelo cirurgião (médicos da missão de controle) foram positivas”.

Ignore por um segundo o fato de que o vídeo mostra claramente um nariz mas o texto fala não haver narinas. Antes de mais nada, os seios extraterrestres que todos querem (?) ver. Estes estão abaixo, a aproximadamente 1:46.

O MundoGump já teceu diversos comentários a respeito, como o fato de que a missão Apollo 20 nunca existiu (o Saturn V foi usado para lançar o Skylab) e quem está por trás de tudo isso é o artista francês Thierry Speth. Ele foi identificado por suas compras no ebay atrás de parafernália Apollo e fotos de Carey Lowell pelada. Em seu sítio, vemos obras curiosas como esta:

Peitos maiores. Mesmos lábios. Tudo de argila.

Mas este caso possui, para variar, uma evidência conclusiva de fraude. Como “bishop1971” comentou no Youtube, no segundo vídeo desta nota, a aproximadamente 1:15, podemos ver algo ainda mais incrível que uma alien de topless. É o fantástico tórax voador. Sim, porque o suposto astronauta Leonov aparece no canto inferior direito como simplesmente sem pernas, e pode-se observar o plano de fundo movimentando-se atrás dele. É uma falha na composição do vídeo. Confira o quadro abaixo, e preste atenção no canto inferior direito. Veja por si mesmo de forma mais clara no vídeo.

Thierry Speth criou este vídeo combinando em seu computador pelo menos três vídeos diferentes. O primeiro é o da alienígena, uma escultura de argila; o segundo é o plano de fundo do suposto módulo lunar, criado por computador; e o terceiro é a imagem do astronauta. Este último continha apenas o sujeito da cintura para cima, e em um erro crasso sua imagem foi sobreposta ao fundo permitindo ver tal limitação. Não há dúvida de que esse vídeo é uma fraude composta digitalmente.

Speth é um artista talentoso, embora aparentemente um tanto perdido no mundo. Tem investido enorme esforço na criação de vários vídeos e histórias relacionadas ao tema da “missão secreta Apollo 20”. Vários de seus vídeos são interessantes, como o de uma suposta nave alienígena enterrada na Lua, e demonstram capacidades tanto no terreno virtual de computação gráfica quanto, como visto aqui, em esculturas físicas. Há uma grande atenção a detalhes, mas o francês comete diversos erros, alguns deles gritantes, sendo que certas criações são como um todo ridículas. Confira suas cidades na Lua aqui.

Visto como entretenimento e ficção, é um trabalho divertido. Como comentou Philipe Kling, “este é o primeiro video de alien com seios da história“. Nós continuamos fãs da alien Mathilda May em “Força Sinistra”, mas estes peitinhos de argila promovidos como autênticos aqui têm o seu charme.

São certamente mais simpáticos que um outro infame extraterrestre de argila, o bebê interdimensionalmente feio de Caponi.

10 comentários sobre “Topless alien

  1. Sobre o logotipo da missão Apollo 20 o que representa a terceira nave ou objeto estranho? ali representado? tal logotipo oficial é inquestionável mas o que representa está aberto a conceitos o que representa? verdadeiramente?

  2. Bielight, a insígnia na missão “Apollo 20” também é falsa. O objeto estranho ali é a nave que Speth (ou “Rutledge”) diz que foi encontrada na Lua. Ela representa a recuperação dessa nave.

  3. Ei mori, esses argumentos ceticos ainda estão muito fracos, eu li o site do reporter italiano Luca Scantamburlo.

    As evidencias de que seja algo real são mais fortes que esses seus “devaneios” cinícos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *