Nas ruas, nos bares, nas casas, não há tema tão constante nas conversas dos 33 mil moradores de São Pedro, a 198 km de SP, quanto a presença no município de Suzane von Richthofen, 22, que aguarda, em liberdade, seu julgamento pela morte dos pais. Nos últimos três meses, os relatos de habitantes que dizem já ter visto, reconhecido e até conversado com a jovem são diversos –embora a defesa dela não confirme e a acusação duvide e cite a hipótese inclusive de poder haver algum tipo de fantasia coletiva. O promotor Roberto Tardelli diz não acreditar que Suzane tenha ficado em São Pedro. “Ela pode até ter passado algum dia. Mas me parece mais uma história como a do ET de Varginha“, afirma.
[FSP, Fora da cadeia, Suzane é atração no interior]

No mesmo dia a FSP publica:

Denivaldo Barni, amigo e colega de trabalho de Manfred von Richthofen, pai de Suzane … afirmou que Suzane está com ele a pedido da avó dela. Segundo o amigo de Manfred, ela tem vivido em vários lugares do interior, mas não foi mais específico.
[FSP, Com amigo do pai, Suzane Richthofen passa férias em Ubatuba]

Vale lembrar que Manfred von Richthofen seria sobrinho-neto do Barão Vermelho, de mesmo nome. E é assim que a mórbida história acaba ligando o Barão Vermelho ao ET de Varginha — que, futilidades por futilidades, teria olhos vermelhos. É o bizarro mundo do insólito.

Comments

  1. Para mim o ET de Varginha é pura fantasia,os casos ufológicos realmente significativos no Brasil são a Noite dos Ovnis e a Operação Prato.

  2. “ET DE VARGINHA” verdade ou não; o fato é que a cidade se tornou ainda mais conhecida. Agora comparar o ET com a
    Suzane!!! coitado do “rapazinho”

  3. Nave dos ets. Eu vi uma coisa no ceu,não vi direito o que era mas eu acho que éra uma nave que vei visitar o nosso planeta,ela era cheia de lu-ses ia muito ligeiro mais rapido que um foguete so eu sei o que eu vi!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *