Ceticismo

Published on agosto 28th, 2009 | by Kentaro Mori

62

Osho®, nove e dez

Mauricio-José Schwarz, tradução gentilmente autorizada
de El retorno de los charlatanes

osho1 destaques ceticismo O cavalheiro que olha fixamente para a câmera da polícia nesta foto de 1985 é Chandra Mohan Jain, conhecido ao nascer como Acharya Rajneesh, mais conhecido há vinte anos como Bhagwan Shree Rajneesh ou "o guru dos Rolls Royce", e brevemente (quando afirmou ser a reencarnação da Buda) como Rajneesh Gautaman the Buddha. Se estes nomes não lhe disseram nada, possivelmente sim ouviu o último dos muitos nomes deste febril charlatão: Osho®. Além de ser seu último nome, Osho® é hoje uma marca registrada do "círculo interior" de sua seita, os 21 herdeiros selecionados pessoalmente por ele, dirigidos pelo Swami Prem Jayesh (originalmente Michael William O’Byrne, do Canadá, quem ao menos até recentemente tinha a entrada proibida na Índia), que mantêm um frutífero negócio com os livros e idéias cambiantes de Rajneesh, centros de férias "de meditação", oito sabores de meditação para você e diversos produtos e serviços adicionais, incluído um alucinante "tarô zen Osho®" e uma "multiversidade" em Pune, Índia, para aprender a meditar e conhecer as "ciências esotéricas" entre outras coisas.

O "Osho®" que agora se promove na televisão espanhola como "místico contemporâneo" ou algo assim não foi senão mais um dos muitos gurus ou professores indianos que aterrissaram sobre a ingenuidade hippie do ocidente nos anos 70-80, na garupa de Maharishi Mahesh Yogui. A Rajneesh já acudiam ocidentais em busca de "iluminação" desde meados dos anos 70, como um produto diferenciado de sua competência. O que o fez singular é que, diferente de outros de sua mesma profissão, a Rajneesh custava muitíssimo trabalho fingir esse ascetismo superior, esse desprendimento do mundano que tão bem simulavam o Maharishi ou Sua Divina Graça Swami Bhaktivedanta Prabhupada, fundador dos Hare Krishnas. Não, Rajneesh gostava das mulheres bonitas, do dinheiro abundante e dos automóveis luxuosos, em particular os da marca Rolls Royce. Sua pequena mania por estes automóveis o levou a ser proprietário de 93 deles. Sua outra afeição o fez criar uma versão própria e aumentada do tantrismo hinduísta que permitia todo tipo de atos sexuais ao gosto do mestre. Em resumo, converteu seus terrestres e vastos gostos em uma "filosofia" do "materialismo é bom" prefigurando um pouco a Michael Douglas de "a avareza é boa" no filme Wall Street, mas com túnicas e incenso.

É obvio, não é de forma alguma criticável que alguém desfrute do sexo enquanto não viole a lei, e tampouco que compre Rolls Royces se o fizer com dinheiro próprio e que não viole a lei (e melhor se não explore ninguém para conseguir o dinheiro). Mas obter tudo isso com o imbróglio místico e apresentando-se alternadamente como um super-homem, um deus, um Buda e um mestre espiritual, já não parece tão honesto. E menos quando você viola a lei seguidamente e acaba como o cavalheiro da foto. Menos honesto é também que suas "idéias" fossem todas recicladas de outros autores, e que seus livros, segundo confissão de seus seguidores, fossem com freqüência escritos por mulheres de seu entorno mais próximo, seu harém, pois. Tampouco tem alta pontuação de honestidade não pagar impostos ou defender o sexo incestuoso e o sexo com menores de idade, coisas que segundo seus seguidores achava natural e recomendável. E tampouco é exatamente honesto ter uns seguidores espirituais aos quais explora vilmente para obter uma fortuna econômica mantendo-os em condições de vida pouco recomendáveis.

Nascido em 1931, Rajneesh dedicou virtualmente toda sua vida a ser guru ou "mestre", conseguindo uma grande quantidade de seguidores na Índia e alguns nos Estados Unidos. Dito de outro modo, não trabalhou um só dia de sua vida, o qual o converte na inveja de mais de quatro. Seu manejo do assunto de ser guru e viver dos seguidores sempre foi pragmático, e sempre procurou o apoio de um marketing adequado para chegar a mais seguidores, com os quais seus ensinos eram bastante "flexíveis", ou de tira e põe: o que ensinava ontem podia negá-lo hoje se convinha. Igual afirmava que acabariam as guerras e que, quando uma empresa de relações públicas lhe disse que as profecias apocalípticas tinham muito ibope entre os seguidores profissionais, predisse guerras e atrocidades. E quando o apanhavam cometendo alguma barbaridade, deitando-se com uma ou mais adeptas, consumindo valium e óxido nitroso "para encher um dirigível", diz um ex-adepto (vários ex-seguidores asseguram que era viciado em ambos) ou tomando por assalto um povo, o fazia amparando-se no "tantra" ou em algum ente espiritual inventado ad hoc pela manhã.

Mas Rajneesh era muito, muito simpático e convincente, e parecia honesto, pelo que nunca lhe faltaram seguidores. Sua "sabedoria" se pode calcular com suas afirmações como que a "Índia não necessita de alta tecnologia", "no ano 2000 acabarão todas as guerras" ou suas profetizadas guerras que tampouco ocorreram. Seja como for, sua simpatia, sua defesa do prazer sexual e do materialismo e uma veia cínica e pícara lhe ajudaram a percorrer o caminho ao estrelato midiático e a uma fortuna cujos alcances ainda não são de todo conhecidos.

Até que se afogou em seu próprio pântano de contos.

Em 1981, os seguidores americanos de Rajneesh-Osho® compraram um rancho de 26 mil hectares nos condados de Wasco e Jefferson, estado de Oregon, nos Estados Unidos, afirmando que queriam fazer uma comuna agrícola muito pastoril e mona. O lugar passou a chamar-se "Rancho Rajneesh", começou-se a construir nele uma cidade em que chegaram a viver 3.000 dos seguidores de Rajneesh (os chamados "sannyasins") e a ele chegou em meados de ano o gurú em pessoa, que já levava um tempo nos Estados Unidos. Ao parecer, o revôo formado na tranqüila zona e no próximo povoado de Antelope fez que quando Rajneesh solicitou uma extensão de seu visto, as autoridades decidissem investigá-lo. Dois problemas se fizeram evidentes, conforme contam os registros do xerife de Wasco: uma série de matrimônios suspeitos entre seguidores americanos e seguidores de outros países que pareciam destinados apenas a conseguir a estadia legal dos sannyasins estrangeiros (simples casamentos de conveniência) e o fato de que a mudança do senhor Rajneesh da Índia ao país do dólar parecia estar relacionada com o fato de que o cavalheiro devia ao governo da Índia uns seis milhões de dólares em impostos, quantidade que, inexplicavelmente, não parecia disposto a pagar.

Em 1982, os seguidores do Rancho Rajneesh eram já suficientes para tomar por assalto a cidade de Antelope. Em uma eleição que convocaram em abril, ganhou a proposta de lhe trocar de nomeie a cidade pelo de Rajneesh, incorporando como povoado ao rancho, agora chamado Rajneeshpuram, e começaram a exigir informação e apoio em dinheiro público para suas atividades ante a fúria dos residentes originais. Em 1983, os visitantes externos à comuna do Rajneesh, como o sociólogo Lewis F. Carter, que escreveu um estudo científico sobre a comunidade na revista Contemporary Sociology em 1991, detectaram na comuna o autoritarismo e a busca do "controle total" próprias das seitas, o qual também era evidente no interesse fundamental para que a comuna produzisse dinheiro para satisfazer os caprichos do "deus vivo&quot
;.

O capítulo mais "mundo cão" desta história ainda estava por escrever-se. As tensões entre os residentes "de sempre" e os forasteiros adeptos de Rajneesh levaram a que estes últimos acumulassem um importante arsenal enquanto Osho® predizia que a AIDS mataria a todas as pessoas do mundo exceto aos de sua comuna. Houve uma tentativa de assassinato do médico de Rajneesh e do fiscal de distrito do condado de Jefferson, o saque e incêndio do escritório de planejamento do condado de Wasco e escutas telefônicas e com microfones dentro da comuna. No cúmulo do bizarro, os seguidores do guru cultivaram bactéria salmonella e a pulverizaram em bares de saladas de 10 restaurantes do The Dalles, em Wasco, afetando a mais de 700 pessoas, com o que esperavam poder influir nas eleições da comissão do condado inabilitando aos eleitores locais, no que hoje se considera, simplesmente, o primeiro ataque bioterrorista moderno, e um aviso de ataques de outras seitas, como a de Shoko Asahara e seu ataque ao metrô de Tóquio com gás sarin. Rajneesh culpou tudo a sua secretária e procurou uma saída para o que se convertia em um inferno jurídico e midiático, entre outras coisas devolvendo o nome original ao povoado de Antelope. Mas não teve êxito, de modo que tomou a alguns de seus seguidores, subiu em seu jato privado e tratou de fugir, mas o escritório de imigração e naturalização o deteve e o devolveu a Oregon, onde tomaram a foto instantânea que abre esta entrada e o levou a julgamento, entrando em acordo com ele de não sentenciá-lo a uma pena da prisão se abandonasse o país e se declarasse culpado de violar as leis de imigração. Fiel a sua auto-imagem, Rajneesh, na prisão, exigiu uma atenção adequada a seu status superior: comida especial e um trono.

Rajneesh voltou para a Índia, deixando atrás seus seguidores, vários dos quais, em particular mulheres dirigentes, foram a julgamento e resultaram condenadas pelas tentativas de assassinato mencionadas, o ataque com salmonella e a fraude migratória. Enquanto eles passavam a ocupar uma cela em Oregon (sua secretária, Sheela, que estava acostumada a passear armada, foi condenada a 20 anos em 1986), Rajneesh percorria 21 países em seu jato privado: expulsaram-no da Grécia, passou pela Espanha, andou no Uruguai (onde trocou seu nome para Osho®), visitou a Jamaica e voltou para Poona, Índia, onde finalmente morreu em 1990.

Mas seus ensinos vivem… Não os do misticismo fácil de esperar de "iluminação interna", mas os de como armar uma comuna com estrangeiros. Em abril deste ano se informou que as autoridades australianas estão investigando a empresa de Osho® Melaleuca Properties porque, além de conflitos com Byron Shire, onde estão se localizados, há acusações de casamentos arranjados para levar para a Austrália numerosos sannyasins de outros países, repetindo hoje os acontecimentos de mais de 20 anos em Oregon.

Por certo, existe em Antelope, Oregon, uma placa comemorativa da resistência do povo contra "a invasão e ocupação de Rajneesh de 1981-1985". Sem dúvida o guru deixou seu rastro no povo, hoje de 60 habitantes.

Esse é, pois, o "místico contemporâneo" que agora nos estão vendendo, provavelmente o místico menos místico da era de Aquário. Mas como já havíamos dito, a lábia não se cria nem se destrói, só se guarda uns anos até que as pessoas se esqueçam dos escândalos e ridículos do passado, e se passe de novo o chapéu entre os entusiastas sempre dispostos a redescobrir o oriente por uns quantos a dose.

- – -

Tags: , , ,


About the Author

+



62 Responses to Osho®, nove e dez

  1. Espectro Vivo says:

    que mal em se promover? Este site não se promove também, por acaso? Não ganha dinheiro também?É proibido ganhar dinheiro? Os céticos não ganham dinheiro também? Quer dizer que um místico ou iluminado não pode ganhar dinheiro com seus livros e palestras?Esqueceram de dizer que esta foto foi tirada pela Cia. E tambem esqueceram de dizer que o mistico em questao morreu em condiçoes muito estranhas, envenenado.Voces deste site tem que para de achar que um místico não pode ganhar dinheiro. Todo mundo ganha dinheiro, inclusive voces com este site. Estou chegando a conclusão de que este site só tem é lábia, e não entende bulhufas. É um site sem valor algum, só quem acessa isso aqui, em sua grande maioria, é um bando de adolescentezinhos curiosos e entediados.O site Ceticismo Aberto não entende nada, só querem aparecer como os sabichões e bambambans do ceticismo. A maioria das matérias deste site é baseada em sites estrangeiros. Cópias muito mal feitas, na verdade.

    • Cristina Chambre says:

      Perguntinha:
      -Quanto este site te cobrou para que você pudesse defender um estelionatário ?

      • Edson says:

        Alguns anos depois de terem acusado osho de barabaridades desse tipo que vcs falam aqui, a Igreja católica do estado do Oregon (Estado onde Osho estava antes de ser expulso dos EUA) faliu por indenizações feitas na justiça pelos seus padres pedófilos. E Osho não perdeu nenhuma das ações levantadas contra ele.

  2. Pingback: Você acredita em tudo que vê? «

  3. JC says:

    De fato… as informações acima validam as opiniões pessoais dos céticos, de que o mundo é uma grande batedeira mecânica, formada de outras pequenas batedeiras que mecanicamente continuam a bater…
    Certamente Osho foi uma das figuras mais polêmicas, o que nos causa uma revolta e uma grande INVEJA… porque muitos de nós gostaríamos de viver perigosamente, sem o controle da ditadura do Estado e do capitalismo… o máximo que fizemos foram algumas orgias, pequenos delitos ou entrar em coma por bebedeiras… perto da rebeldia natural de Osho não é nada… rsrsrs
    Este é o grande ensinamento dele… há somente uma verdade, a do coração…
    Céticos, ouçam seu coração… o coração é muito científico também.
    E faço minhas as palavras do comentário do Espectro Vivo…
    O único defeito de Osho é não ter escondido a verdade sobre a natureza humana… daí vem todo esse bombardeio contra ele.

  4. Desi says:

    Osho foi um homem de grande coragem…disse o que pensava na lata do mundo inteiro…viveu e pensou com a propria cabeca. As pessoas que o julgam, seriam entre aqueles que crucificariam Cristo se hoje Cristo descesse de novo nessa terra. Julgam o que nao conhecem…sao como papagaios, sabem sò repetir o que ouvem sem saber do que estao falando.
    Osho deixou esse mundo ha quase 20 anos e nòs estamos aqui ainda hoje lembrà-lo. E quem copiou a matèria aì de cima quem é? E’ sò un invejoso, que vai passar por este mundo sem deixar nada que valha a pena de ser lembrado.

  5. Maria Tereza says:

    Quanta besteira!!!
    Se informe melhor sobre OSHO ou saiba ler no livro da vida.

  6. Eduardo says:

    Hehehe… o que seriam dos espertos se não existissem os otários?!

  7. Edson says:

    Vivemos numa sociedade onde somos constantemente avaliados e valorados pela nossa capacidade de repetir o que nos foi “ensinado”.
    Repetir aquilo que os outros falam, sem experimentar por si próprio ou fazer qualquer reflexão é considerado valoroso.
    Durante muitos anos tb falei mal do Osho e sugiro para aqueles que também só o conhecem atraves da opinião dos outros o mesmo desafio que me fiseram: ler 3 livros dele.
    Se você continuar sendo um desafeto do Osho pelo menos vai poder dizer coisas mais pertinentes sobre ele e não esse abobral escrito acima.

  8. Pedro says:

    Por mais podre, charlatão, safado e sem vergonha qu eele fosse (O que eu duvido), o que vale realmente é a menssagem e não OSHO. A menssagem e as verdades que ele dizia é que valem a pena ler, enriquece a alma…o Autor das ideias não importa, a vida que ele teve não importa, quem ele foi não importa, o que realmente importa são as ideias, as palavras e o pensamento dele. Nada mais, dai você tira suas conclusões.

    • Sinceramente... says:

      Os que dizem faça o que eu digo não faça o que eu faço são os líderes religiosos e políticos que povoam o mundo que vivemos.
      Osho só era mais um deles.
      Me surpreende ver a inocência daqueles que até hoje se dizem seguidores do homem dos 84 Rolce Royce…

  9. Marcos says:

    Ainda está para nascer um homem mais culto e corajoso do que Osho.

    • IDontBelieve says:

      O mais incrível é ver que no Brasil ninguém leva nada a sério. Tem cara que entra em um site chamado ceticismo aberto para defender um “guru”. Um cara nada… vários. Por que vocês não se juntam e formam um site chamado Possibilidades Fechadas e sejam felizes defendo toda a sorte de charlatães que vocês curtem.

    • Sartor says:

      Edir Macedo já nasceu cara pálida

  10. Lisangelo says:

    Impressionante. O cara usava e abusava dos seus seguidores, e estes ainda assim o defendem. Impressionante. Mas, como diz o ditado: “A cada novo dia, nasce um otário.”

  11. Fernando says:

    The revenge of the trolls !!!

  12. Rose says:

    O fato de o sujeito ser um charlatão não quer dizer que não se pode aproveitar algo de suas idéias. Geralmente “esses caras” são inteligentes, sedutores e cativantes. Sabem o que dizem e de repente, até acreditam naquilo que estão pregando. São amorais e não vem mal nenhum em pregar a paz e arrecadar alguns dólares no minuto seguinte.

    • Cristina Chambre says:

      Isso se chama liderança carismática e quando usada para tirar proveito dos outros, merece até quem os defenda. E sim eles acreditam no que fazem, caso contrário não continuariam fazendo. Por acaso isso tira a culpa de alguém e devolve dinheiro e as outras coisas que se perderam no caminho ?

  13. F. Hágabo says:

    Vou ler mesmo os livros do cara pra ver se aprendo a ganhar dinheiro em cima de otarios e ainda ser defendido por isso!!!

    • Edson says:

      Não estou defendendo Osho, estou defendendo vc, porque acredito que vc pode ter uma opinião própria sobre o mundo, que vc pode amadurecer e se tornar um ser humano e nãoum robÔ.

      POis bem, vC já leu algum livro do Osho ou continua papagaiando o que ouviu por ai?

      • Jailbob says:

        Caraca, mané, até me senti defendido. Não li e nem vou ler as abobragens astrais do cadêasmoedas e dacáoteu, mas já me sinto um elemento altamente iluminado pela desrobotização-fundamentalista de leia e se informe, intupa-se do que eu digo e repita o que falo, se não dá tela azul da morte. Valeu, papagaio-louro, nunca mais falaremos do Buddha do Rolls Royce sem lermos detalhadamente (É de graça, ou tenho que comprar os “ensinamentos” do KOsho?) todo o compendium do Mestre Kaharigandhra e Andahandhra do terceiro milênio. Ah, só pra constar: Se é pra ler sobre bandido, leia P.T. Barnum, pelo menos ele era mais honesto.

  14. joselito says:

    Nao discordo de que Osho seja um pseudo-guru, mas gostaria que alguem estudasse melhor o assunto e republicasse o topico. Acho estranho esse negocio de dizer que mulheres seriam responsaveis por seus livros, uma vez que Osho nunca se deu ao trabalho de escrever nada, seus livros sao transcricoes de discursos orais. E, apesar de tudo, nao devemos esquecer que Osho abriu muitas portas para o pensamento oriental no Ocidente, me arrisco a dizer que o interesse no Budismo, Yoga e outras correntes, nao teriam metade da forca que possuem hoje nao fosse por esse maluco do Osho. Muitos, como eu, tiveram um primiero contato com a senda espiritual com o tal do Rajneesh, mesmo que desiludidos mais tarde.

  15. di macedonia says:

    A melhor forma de manipulação e tocar na fé de uma pessoa ou povo, o osho nada é além de mais uma pilantra que usa a sua SOCIOPATIA para cativar e lucrar, uma das pessoas acima julga quem vê o osho como mais um safado da historia de manipulações de massa como as pessoas que apedrejarão jesus…rsrsrsr…jesus provavelmente nunca esistiu, toda a bíblia não passa de um livro astrologico personificado da forma benéfica a Roma e seu inpério Bizantino, o mundo sempre vai ter um sociopata cativante para enganar a massa, sempre! ja li livros de osho e nunca consegui ter apatia por ele, parece que as pessoas gostão de ser enganadas.
    [email protected]

  16. Torres Filipe says:

    Todo esse texto parece muito elucidativo, mas como sou um pouco “céptico” ;) ainda estou um pouco relutante em aceitar veracidade de todos esse factos.
    Não que o texto não seja imparcial o^), mas podem apresentar alguma prova de que tudo se passou exactamente como aqui escreveram?
    É que há outras biografias que diferem um pouco nos factos:
    http://www.viacapella.com.br/portal/osho.htm

  17. Isabel Jones says:

    Incrível como a liderança carismática tem poder sobre mentes fracas. Ele foi acusado, julgado, desmentido, expulso, deportado e ainda tem uma panelada de babacas defendendo suas obcenidades. Vou comprar esses livros, eu preciso tentar entender que tipo de rede ele usou pra pescar todas essas sardinhas.

  18. Quem não enfeita o mundo com poesia e coisas belas apenas faz critica…

    Osho nos mostrou como resgatar a nossa criança interior, é pouco provável que alguém o entenda, ele não tinha seguidores tinha amigos…

    Ele defendia o caminho do coração, este que muito de vocês esqueceram e só conseguem ofender e criticar.

  19. Adriana says:

    Sobre este Sr., tudo o que me marcou sobre ele é o seguinte: há uns 15 anos atrás uma amiga minha comprou o tarô dele, e nas fotos da contracapa das cartas o que se podia ver, quam quisesse, era a foto dele com as mãos levantadas e seu Rolex no pulso….
    todos tem que viver, comer, etc, e para isso dinheiro é necessário neste planeta, mas um guru necessita de um Rolex???

  20. Zeno Livre says:

    Ceticismo não é difamação. Quase sempre este site se ocupa não em desenvolver o pensamento cético, que não afirma nem nega, mas em difamar, desqualificar, atacar,desonrar, etc., através de artigos que manipulam o senso comum e preconceitos populares. Não há nada mais vulgar que a idéia de “charlatão” – Quem não é “charlatão” em alguma medida? – O Doutor em física de Harvard que constrói armas atômicas dizendo trazer progresso? – O geneticista que, com todo rigor científico, racionalista, etc. envevena a terra com transgênicos? Os presidentes de Repúblicas, os Juízes, os apresentadores de televisão, os médicos, etc., etc., etc. Este site dará um salto de qualidade quando abandonar o sensacionalismo vulgar, o niilismo adolescente que visa desqualificar crenças e grupos, numa política de terra arrasada, e, no mínimo, praticar o ceticismo de fato.

  21. jonas says:

    ¨” Ensinamentos Universais , Não Julgar !!
    LEIA , ANTES QUE VOCê MORRA !!!
    Se dois por cento dos que aqui postam entenderem , estarei muito Feliz , mas se 98 % por cento entenderem ficarei muito triste , pois estarei no mesmo nível evlolutivo de Vocês !!!

  22. Swami Grou says:

    Olá.

    Me impressionou saber essas coisas do Osho. Eu já suspeitava de leve: o modo dele se vestir, sempre sentado numa espécie de trono, barba longa etc.

    Bom, meu contato como Osho foia através de textos seus postados na internet. São textos que reproduzem a grande sabedoria de Buda, Krishna e da filosofia vedanta.

    Verdade ou não, o que se postou aqui sobre Osho, não deixa de ser lamentável que, ele pregando tais filosofias indianas – que consiste no desapego de tudo – morreu como um homem apegado aos prazeres do mundo quais sejam, sexo, dinheiro, vaidades, objetos e tudo o mais.

    Mas, como disseram aí acima, se a filosofia de Osho é de grande valia para o nossa auto-compreensão psicológica, então de nada serve saber se ele foi um homem apegado ao mundo.

    Aliás, isso é um problema dele somente, pq pense num guru ensinando coisas boas às pessoas e ele mesmo não praticando??

    Oras, logo que você começa a estudar o Espiritualismo indiano, instantaneamente você sente as mudanças PRÁTICAS na sua vida, pq o Espiritualismo é uma prática, não é uma teoria.

    Finalizando, Para nós: Osho foi um grande divulgador da filosofia indiana de desapego ao mundo.

    Para ele mesmo: um grande idiota, que ensinou uma coisa, e fez outra (Patético se não fosse triste).

    Aliás, ontem comprei um livro do Osho que vêm com um cd para meditação.

    Isso é engodo: meditação consiste em fazer parar os pensamentos. Não é necessário música.

    Mas, estão de parabéns pelo artigo, embora ele tenha como intento difamar o Osho. Seria mais meritório se ele fosse mais “isento”, mas tudo bem, assim como há os “charlatães”, há também os caluniadores, difamadores e INVEJOSOS, ai ui rsrsrs

    ;)

    • Jailbob says:

      Difamar o KOsho? Mas ele mesmo não fez isso quando tentou tomar de assalto a tal cidadezinha, envenenar sua população, trazer extrangeiros ilegais e não ver problema nenhum em pedofilia e incesto? Lembrar o que ele fez é mais do memorável (Redundante?), é louvável, afinal se está propagando o verdadeiro ensino de Osho, que é o da libertação de Seus bens materiais para acúmulo dos Meus. Paz, incenso e Acetona pra todos nós.

  23. Ana Paula says:

    na minha adolecencia, eu conhecia como Bhagwan Shree Rajneesh, nunca poderia imaginar q era o mesmo Osho! ahhhhhh ja conheço essa historia de velhos tempos, falcatrua TOTAL!!!..guru não usa Rolex rssss não promove prostituição e não prega o amor livre como forma de fazer sexo diversificado sem culpa! papo furado pra quem quer viver a vida “livre” e tem que se escorar na filosofia de um Guru..fácil ,convincente e conveniente né?!

  24. Jeferson says:

    Esse caso é o tipico caso em que o caso não é tipico. Cada um vê a vida com seus proprios olhos. Quem tem os fatos é só a pessoa que vive em sua propria pele. Se as obras compensão os erros, otimo. Se as obras não compensão sua vida, ele viverá de novo. Se diz que ele atingiu a iluminação aos 21, e que ele disse que a vida não tem objetivos, a não ser desfruta-la, quem sabe ele não levou uma mensagem para cada um? Tanto para o religioso, quanto para o cético e o devasso. Ele fez as viagens dele por onde quiz, e quem quiz foi com ele. Mas quem quiser saber o que ele deixou, que viva por si mesmo à vida.

  25. Miguel says:

    Quanto ao sexo livre e riquezas… de fato o autor (osho) pregava a filosofia de Zorba o Buda. “Zorba” = todos os prazeres materiais + “Buda” = todos os prazeres espirituais. Ou seja ele era a FAVOR tanto da matéria quanto do espiritual. Agora, eu que estudei osho por tanto anos encontro um problema e, neste caso este site pode estar certo: ela iluminação existe mesmo? Hoje me parece mais do que nunca uma ilusão, assim como a vida eterna e o paraíso.

  26. Linton Bersgson(Adeh Grandharv) says:

    Osho falou muito a verdade, quem escreveu esse artigo deveria ler o Osho bem, nao ser ignorante quanto ao que se esta falando e criticando, para nao olhar apenas sobre o prisma da oposição que queria derrubar Osho pelo seu poder de dizer a verdade.

  27. MARCIA says:

    Na década de 80 tive a oportunidade de poder conhecer sua mensagem mas ao invés disso me contentei com o Osho que a mídia apresentava ao mundo que é exatamente esse monte de ódio descrito nesse texto.
    Três décadas se passaram e eis que ele ressurge em meu caminho o que considero um ato de misericórdia Divina para comigo.
    Que textos desse tipo sirvam não para uma aceitação cega como me aconteceu em 80 mas para despertar uma saudável curiosidade nas pessoas.
    Movidos por essa curiosidade, ajam, leiam apenas um texto desse homem e passarão a desenvolver suas próprias idéias sobre quem foi ele.
    Sugiro o site oshobrasil onde tem textos maravilhosos.
    Namastê!
    Amém!

  28. Adriano says:

    As idéias escritas nos livros são todas muito boas, porém é mais um caso de “faça o que eu escrevo, não que eu faço”.
    Envenenamento, casamentos falsos,sexo com menores, mudança de nome da cidade, coleção de carros,etc, são todos fatos muito graves ou vergonhosos que nunca se esperaria de quem escreve coisas tão boas. Quem já leu sabe, são boas mensagens pra vida, mesmo que não tenha sido autor de todas, entretanto ele foi sim um charlatão ao usar dessas boas idéias no campo espiritual para se aproveitar e dar bem no campo material. Seguidores dele que não enxergam isso, ou são ou querem ser cegos…

  29. Rusty says:

    Me diga qual a fonte para vc afirmar que ele abusava de seus seguidores? Aonde se encontra tal matéria?

    Agradeço

    • Jailbob says:

      Concordo contigo, Rusty. KOsho não abusava de ninguém. Nasce um otário há cada minuto (Não é frase do Barnum), e dá quem quer aquilo o que é seu e cabeludo. O fato dele usar a grana que lhe doavam, fazer sexo com crianças, envenenar uma cidade e arranjar casamentos por conveniência nos EUA, por vistos de “seguidores”, além de fugir da Índia devendo impostos, não constitui abuso em si, só crime. Besteira de quem o acusou. Posar de plaquinha numerada era só uma modinha de época…

  30. Walter Porto says:

    Osho era um sujeito iluminado e, claro, como todo ser iluminado, traz consigo uma sombra. Todo mundo tem uma sombra, inclusive o autor do texto. Ao autor do texto, faça uma reflexão pessoal, ou se não for capaz, peça a um amigo para fazê-lo. V está feliz? Também já fui um cético, crítico e hoje me rendo ao esotérico.

  31. Walter Porto says:

    Osho nunca pregou o voto de pobreza, nem cometeu nenhum pecado em ter vários Rolls-Royce ou um Rolex. Também nunca defendeu o politicamente correto e sempre criticou a moral estabelecida, assim como fez Jesus a sua época.

    • Jailbob says:

      Não me lembro de Jesus com 742 comcubinas ou passeando com seus 17 camelos, seguranças pra tudo o que é lado, indo pra Jizuizlândia, província da Judéia em que Ele teve oportunidade de instalar uma pequena comuna orgasmopragmáticaautossuficiente…

  32. Jonatas_zanardo says:

    Essa foi uma das coisas mais ridículas que ja lí, totalmente tendencioso. É falar mal de algo que nao conhece, sou capaz de afirmar que o autor desse testo se quer teve coragem de abrir um livro do Osho para saber do que ele fala. Está tao preocupado em desvendar os os mistérios e quem está sendo manipulado, que mal percebe que o mais manipulado esta sendo voce. Já li tantos livros do osho, assisti a videos, ouvi encontros, e nunca vi comentarios sobre pedofilia ou materialismo… mas como ele mesmo dizia ” …o que voce pensa a meu respeito ( no caso ele) , é problema seu, não meu, vou continuar vivendo a minha vida… “. Quem le essas coisas até pensa que ele foi o Osama Bin Laden da década de 80, ou pelo menos foi o seu mentor. Voce esqueceu de falar que ele morreu pouco tempo depois de sair da prisão nos estados unidos, provavelmente envenenado, ou mesmo que os estados unidos pressionaram vários paises expecialmente o uruguai para nao acolhe-lo. Mas os estados unidos são sempre os hérois, assim como no iraque. Estamos salvos

  33. Ramon says:

    Esse é, de longe, o pior texto do site. Sou cético, mas qualquer imbecil que digite Osho no google vai verificar que 90% das informações aqui não procedem.

  34. Israel says:

    Se Demonios existessem, mesmo em uma pregaçao do pior dos demonios poderia se extrair alguma sabedoria, nao interessa querm ensina e sim o ensinamento.

  35. Helena Araujo says:

    Osho nunca disse que éra Deus, Buda ou seja la o que fôr.Ele é apenas um caminhante com total liberdade de expressão e nos mostra o caminho!O caminho da liberdade plena da qual todos nós temos o direito,pois não nascemos presos,nos aprisionaram com seus dogmas e preconceitos.Descobri através de seus ensinamentos,uma imensidão de espaço,antes preenchido por trevas e teias,que foi aos poucos sendo inundado de amor,presença e luzes,de forma consciente e amorosa.Um despertar para uma vida mais suave e praseroza,com a liberdade da real escolha do meu caminho. Osho,nos ensina á fazer uma viagem profunda ao “eu mesmo”descobrindo novos lados de nosso ser tão complexo,eliminando lixos emocionais e trazendo a tona nossas caracteristicas enibidas ou reprimidas.
    Mas,é uma pena que nem todos enxergam esse caminho que ele nos mostra!
    Ele nunca nasceu e nunca morreu…apenas visitou esse plâneta!!!

  36. Sérgio says:

    Já li bastante a respeito, seja pró ou contra, não tenho uma posição completamente definida sobre o indivíduo nem sobre os ensinamentos, mas uma dúvida ainda pesa em minha cabeça.
    Osho hoje em dia é acusado de terrorismo, cafetinagem, libertinagem, sexo com menores de idade, tráfico, contrabando etc….
    se ele era td isto e se existem provas de todas alegações, pq ele foi expulso dos EUA somente por ter dado declaração falsa na alfândega? Pq não o encarceraram pelos diversos crimes a ele atribuidos?
    na verdade eu nunca vi qualquer prova de qualquer acusação, alguém indicaria uma fonte mais adequada para pesquisa?

  37. Leandro Silveira says:

    Reportagem que sugere que Osho foi manipulado em seus ultimos anos de vida: http://revistatrip.uol.com.br/150/osho/home.htm

  38. Paulão Sidhartha says:

    hohoooow Olhe só a qntos corações ele falou… qntos vieram defendê-lo…
    Eu reconheço ao Osho como um ser maravilhoso q trouxe mta luz ao mundo…
    No entanto não o endeuso, nem o invejo, nem o quero sujar com palavras vis tentando evidenciá-lo como um satã como os senhores aqui do site pretenderam fazer… a mágoa dos senhores por qualquer tipo de busca espiritual os cega e os senhores deveriam buscar verificar em vossos interiores onde esta a luz à estas questões…. Por que as pessoas buscam? E qndo buscam, pq elas encontram sempre algo que as faz bem^? Ql o mal de buscar e crer q a vida é mais q isso?
    Não osho não explorou vidas… ele regou amor e liberdade nos seres e ele era tão bom nisso q obteve reconhecimentos, poderes materiais, guiou multidões… qndo forem capazes de superá-lo em suas existências digam algo de valor e nós q amamos a sabedoria e a verdade os ouviremos…
    Mas continuem tentando desmentir tudo… precisamos disso tb…
    Namastê! Que brote luz em suas consciencias… ;]

  39. Inefável… Sensacional… A verdade insiste, resistes, persiste, e penetra…

  40. S. ADEH says:

    não considero nehum dos adjetivos outorgados a osho significativos.
    só se pode adjetivar aquilo que se compreende.
    para se compreeder é preciso conhecer.
    em seguida o que fazemos com o conhecimento nos capacita ao livre arbitrio e a opinião
    tentem ler osho em sintonia não com prevenção POIS ASSIM senão desastrosas virão em avalanches.e sem o mínimo de consistência..
    este ser nunca escreveu nada a não ser algumas cartas para alguns amigos.
    seus livros são palestras gravadas e dirigidas espontaneamente para pessoas de todas as partes do mundo e de todas as formações imaginarias
    a prostituta , o padre o pedreiro o filosofo o engenheiro o médico e por aí vai…
    todos beberam do seu ser e bebem até hoje . todos que o compreenderam tiveram suas vidas transformadas.para planos de vibrações sutis e mágicos.
    OSHO É E SERÁ SEMPRE UMA LUZ PARA SER SEGUIDA UM AMIGO A LHE TIRAR DA ESCURIDÃO PARA EM SEGUIDA LHE DIZER COM SERENIDADE E AMOR “VAI, AGORA É COM VOCÊ.
    O CÉU ESTÁ LIMPO ABRA SUAS ASAS E VOA EM DIREÇÃO AO INFINITO.
    OBRIGADO OSHO

  41. Alsibar says:

    Tem um texto fundamental para se compreender este assunto. É de um ex-discipulo chamado Christopher Calder… ele revela detalhes da vida do Osho como nunca antes foi feito. Tenho o texto traduzido em meu blog:
    http://alsibar.blogspot.com.br/2012/05/quem-foi-osho-bhagwan-shree-rajneesh.

    É uma leitura indipensável tanto para discípulos, pesquisadores, não discípulos e interessados em geral. Muito Obrigado!
    Alsibar

  42. Sathiagraha says:

    Você pode seguir a qualquer a um que satisfaça a sua necessidade de crença. Muitos, por exemplo, frequentam a Igreja Universal e vão lá dar o seu dízimo, sabendo ou não, que essa grana vai parar no bolso do autintitulado Bispo Edir Macedo que por sua vez vai gastá-la em Miami com orgias e tudo que a vida mundana tem de melhor. Siga, acredite, mas saiba quem realmente você está seguindo e no que você está acreditando. Faça isto, mas faça de olhos abertos!
    No dossiê “The Enigmatic “Bhagwan,” Osho Rajneesh” vocês saberão quem foi
    realmente o auto-intitulado Bhagwan Sri Rajneesh (Rajneesh Mohan Chandra Jain,era seu nome de batismo) que depois de aprontar muito e cair em descrédito, resolveu trocar novamente seu nome para OSHO.
    (caso não saiba inglês use o google tradutor) acesse o o dossiê no seguinte
    link:

    http://www.enlightened-spirituality.org/rajneesh.html

  43. Aqui nos comentários é possível ver o poder da conformidade. O poder que uma seita pode exercer sobre as pessoas. Charles Manson que o diga. Absolutamente deplorável a situação mental dos seguidores desse Osho…

  44. Hélder says:

    Eu, só queria que entendessem que Osho, nunca quis seguidores, foi sempre a favor da informática, e sempre pediu para as pessoas viverem apenas as suas vidas, eu tenho o osho como um Amigo, que me deu o melhor conselho do mundo. ” nao dei-te as culpas a ninguém, seja responsável por si mesmo” um abraço… E façam o que ele queria para a humanidade, “sejam felizes” … Ups, nao façam pode ser pecado…

  45. Hélder says:

    E acreditam que o concelho foi de graça??? Ele cometeu uma loucura…

  46. Renato Gava says:

    Esse texto mostra que quem o escreveu, não sabe nada sobre a figura de Osho, não sabe nada sobre a sua história, e principalmente… não sabe nada sobre os seus ensinamentos… é uma pena…

  47. renato says:

    OSHO, um grande camarada!!!
    Coisas ainda piores estao por vir contra Osho,
    logo a sua menssagem real podera ser estirpada
    do planeta. entao aproveitem e leia ao menos um
    livro de Osho e sinta o seu SER o Seu amor,
    e isso por si respondera quem foi esse homem
    que se instalaou por corragem no mais poderoso
    pais, EUA, e falou abertamente contra politicos e
    sacerdotes, mesmo sabendo que isso lhe custaria a vida
    e custou, rodando nas prissoes americanas, por 10 dias
    tendo um veneno sendo colocado em sua comida
    chanado TALIO, que e excretado pelo arina e fezes
    sem deixas vestigios, morreu anos mais tarde, por enfraquecimento
    celular, proveniente de tal veneno, Custou lhe a vida.
    Agradeco por grande coragem e so apos sua morte seu livro se tornou acessivel.

  48. victor américo cavalcanti says:

    que lixo este texto, meu caro amigo! com informações equivocadas e desrespeitosas!!

  49. Manish says:

    Nao vou criticar essa matéria pois do que valeria a verdade se nao existisse a mentira?

    Mas uma coisa é fato…O que você publicou nao chega nem a 1% da verdade sobre osho e seus sannyas.

    como o prórpio “mistico charlatao sexual” dizia: o ceticismo nao é nada mais,nada menos que a crença cega, porem na direçao oposta. Ambos nao sabem a verdade, porem sentam-se em seus sofás e dizem:

    Eu acredito isso, eu nao acredito naquilo, sou cético a isso e etc… nenhum deles levanta a bunda do sofá e vai procurar a verdade.

    nao sou crente,nao acredito, eu busco a experiencia, pois como dizia o jesus,(nao sou cristao) “Quem tem ouvidos que ouçam”.

    nem todos estao prontos para ouvir a verdade,seja de jesus,ala,krishna,buda,osho,lao-tse,lao-tzu,confuncio,,j.krishnamurti, J.gourdjeff,babaji,e varios outros sabios que atingiram o amor cosmico.

    se voce ainda é um desses que crucificaram o pobre do jesus,sinto muito,talvez mais algumas vidas aqui na terra sofrendo,te farao crescer ao ponto de estar aberto á verdade.

    será que voce ja chorou de amor ao olhar para uma simples árvore? ou um cao, ou um rescem nascido? ou teve algum sentimento de amor profundo sem fronteiras com qualquer coisa?

    aposto que nao…
    entao de fato voce nao esta pronto para entender osho!

    abraços sinceros e com respeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑