MENU
projectgrey-io9123.jpg

“Project Grey”: Comunhão de Fogo no Céu

alienbushencontro321hjk.jpg

A banalização dos OVNIs

12 de junho de 2008 Comments (3) Views: 1381 Ufologia

Última testemunha do caso Trindade é assassinada

amilarvieirahaskj

O advogado aposentado do Banco do Brasil e tricampeão sul-americano de caça submarina Amilar Vieira Filho, de 83 anos, morreu hoje depois de ser atingido por um tiro no peito durante uma tentativa de assalto no acesso à Avenida Perimetral, no centro do Rio.

Segundo a polícia, ele seguia em direção à Niterói, onde morava. Vieira Filho foi um dos fundadores do Clube da Caça Submarina de Icaraí, em Niterói, e era sócio benemérito e laureado do Iate Clube de Icaraí. O advogado também ficou conhecido por ter sido uma das testemunhas da suposta presença de um Objeto Voador Não-Identificado (OVNI) no Brasil, em 1958, no caso que ficou mundialmente conhecido como o Caso da Ilha da Trindade.
Tricampeão de caça submarina é morto no RJ

Em fevereiro último conduzi uma entrevista com Amilar Vieira Filho, que me atendeu e respondeu gentilmente a todas as perguntas sobre o caso Trindade. Vieira Filho estava muito lúcido, e devia ter longos anos pela frente. Acima, uma fotografia de quando era presidente do Clube de Caça Submarina de Icaraí.

Vieira Filho chegou a comentar na entrevista como era o único que restava do grupo, e de fato era a última testemunha conhecida do caso Trindade ainda viva. O caso ocorreu há mais de 50 anos.

Que venha a falecer desta forma trágica é um triste reflexo do país em que vivemos. Absurdamente, uma testemunha-chave de um caso OVNI é assassinada e não precisamos recorrer a conspirações governamentais para entender o ocorrido. Nenhuma das outras testemunhas foi assassinada. Mas mesmo uma já é muito além do aceitável.

Tags: ,

3 Responses to Última testemunha do caso Trindade é assassinada

  1. Marcelo disse:

    Hallo, Mori!

    Tu já publicaste essa entrevista, Kentaro?

    []’s

    Marcelo

  2. Mori disse:

    Ainda não, Marcelo. Não há nenhuma GRANDE novidade nela.

    Vieira confirmou que viu algo. Contestou uma série de outros detalhes conhecidos do caso, mas confirmou que viu algo naquele dia.

    Por outro lado, também deu a entender que o número de testemunhas não é de forma alguma próximo de 48 (ou mesmo 150) mencionados pelo próprio Baraúna. Apenas o seu grupo de caça submarina, e talvez alguns outros oficiais teriam visto o objeto.

    Ele era a última testemunha conhecida ainda viva. Todos outros já faleceram.

  3. felipe disse:

    incrivel cara do que o cara foi assasinado cara eu acho que tem gente escondendo coisas tipo assim ele poderia de sido assasinado pra midia nâo descobrir que o caso trindade ê realmente verdadeiro que eles virâo ovini e ele teria a prova de tudo por isso que matarâo o coitado ê minha opiniao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *