MENU

O Paradoxo de Fermi

De Volta ao Gênesis

8 de agosto de 2009 Comments (4) Views: 1183 Destaques, Fortianismo, Ufologia

Alienígenas Malthusianos

por Kentaro Mori, editor CA

Em 12 de outubro de 1999 a população mundial alcançou 6 bilhões de pessoas. Demorou até 1800 para que a população mundial alcançasse seu primeiro bilhão, e levou mais um século para que ela chegasse ao seu segundo bilhão. Mas nos últimos 50 anos mais seres humanos surgiram na face do planeta do que nos últimos 4 milhões de anos! Se a humanidade continuar a aumentar nesta mesma proporção, em apenas 6.000 anos sua massa total será equivalente à de todo o Universo!

Os primeiros pensamentos que surgem são certamente Malthusianos: o crescimento populacional precisa ser contido de forma voluntária e planejada, ou de outra forma ele será contido de forma involuntária e catastrófica. Muito, muito antes que a humanidade iguale a massa do Universo deve certamente esgotar os limitados recursos terrestres. Pensar em Thomas Malthus é pensar sobre a humanidade e sua constante luta pela sobrevivência com recursos limitados, e era justamente esta a idéia de Malthus, segundo a qual as coisas foram arranjadas assim por Deus para evitar que o homem sucumba à preguiça. Darwin e Wallace subtrairiam Deus da equação e criariam a teoria da evolução, reconhecendo as idéias de Malthus como inspiração.

Entretanto, para aqueles que olham para o céu e logo pensam em alienígenas há um sentido inesperado nesses pensamentos. Se os alienígenas se reproduzem, também devem estar sujeitos aos mesmos problemas Malthusianos. Eles também devem ter a tendência de aumentar sua população geométrica e indefinidamente – se dispuserem de recursos para tal. A diferença é que os alienígenas podem muito bem ter encarado esses problemas milhões de anos antes que o homem surgisse sobre a face da Terra.

O que nos leva ao paradoxo de Fermi. Há uma ligação entre as idéias de Malthus e o paradoxo de Fermi e talvez a melhor e mais simples forma de entender o paradoxo seja encará-lo como uma versão mais abrangente das idéias de Malthus. Quando se pensa sobre Malthus, imagina-se a humanidade multiplicando-se geometricamente, lotando o planeta e esgotando seus recursos. Podemos dar o passo além que Malthus jamais ousaria tomar em sua época e imaginar que a humanidade, ao invés de entrar em colapso, passará a colonizar outros planetas. E que isso ocorrerá até que inevitavelmente a humanidade preencha a galáxia e quem sabe, o Universo.

Esse ponto de vista Malthusiano não é nada desvairado: como visto no começo deste texto, se a taxa de crescimento que assistimos no século XX for mantida, em apenas 6.000 anos a humanidade igualará a massa de todo o Universo – e tal crescimento não pareceu em nada anormal, pelo contrário, a muitos pareceu muito natural! A humanidade pode não chegar a tal ponto mesmo em 250.000 anos, mas a colonização da galáxia vista de um ponto de vista Malthusiano parece inevitável. Mesmo que o crescimento populacional fosse reduzido a um milionésimo do atual, o que seria sob muitos pontos de vista um crescimento zero, a humanidade ainda igualaria a massa do Universo em 7 bilhões de anos – e o Universo tem 12 bilhões de anos!

Nós podemos dar finalmente o passo final que Malthus jamais daria e imaginar que tais pensamentos devam ser aplicados também a civilizações extraterrestres. Se a colonização da galáxia parece o destino inevitável da humanidade Malthusiana, por que não foi o de uma outra civilização alienígena? Qualquer outra?

Essa é uma pergunta até o momento sem resposta. É porém uma das melhores perguntas já feitas pelo homem, e é tão boa que é um famoso paradoxo denominado ‘paradoxo de Fermi’ devido ao físico que a formulou nos anos 50. Muitos explicam o paradoxo de Fermi em algumas linhas, geralmente aniquilando sua profundidade, ao passo que de outra forma é preciso um caminho muito longo. Talvez Malthus ajude as pessoas a entender rapidamente porque nós olhamos para o vazio do espaço e não entendemos nada: alienígenas Malthusianos deveriam estar lotando tudo.

População Mundial :

 

***

Tags: , , , , , ,

4 Responses to Alienígenas Malthusianos

  1. Caio Monte Chelli disse:

    Gostaria de informar que gostei muito do texto publicado. Mais uma pergunta para nossa gama de irrespondíveis.
    Um abraço.

  2. PeDrO Vidal disse:

    gostei bastante deste texto li todo atentamente ,infelismente o conhecimento sobre a tecnologia esta em poukas mãos nas mãos dos rikos e poderosos e acho muito dificil eles compartilhar isso com a humanidade de grassa o ser humano sempre tenta levar vantagem sobre a situação ganhando dinheiro n a amor sobre a nossa especie milhares de guerras para apenas ganhar um pedaso de teritorio para o bem do pais o ser humano e muito pequeno n deve pensar apenas em seu pais mais sim em seu mundo. meu email e [email protected] msn me add ae se gosto do meu comentario vlw.

  3. Alex disse:

    Na pratica todo o raciocinio elaborado de forma meramente matemático tende ao fracasso uma vez que existe milhares de variáveis que nao sao levadas em conta como: mortes por acidente, mortes por querras, mortes por epidemias… etc… mas valeu a tentativa… eu sou um pouco pragmático, isto é, tais raciocinios nao me valem de nada se na pratica nao vao se concretizar

  4. ph disse:

    Alex… As variaveis ja estao impostas… Uma vez que a propria humanidade é usada como referencia para o calculo… O numero de humanos cresceu vertiginosamente mesmo impostos a essas variaveis que questionou

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *