Há um mês publicamos dois vídeos do que pareciam “extraterrestres-palito”, um dos quais tomado em Santa Rosa de Quives, no Peru. Explicamos o chamado “Homem de Quives” como “apenas um arbusto”, isto é, “uma planta perto da câmera e paralaxe dando a aparência de movimento próprio”.

Bem, estávamos certos.

Agora, depois de todas as alegações infundadas que proferiu sobre o suposto alienígena, o ufólogo peruano finalmente divulgou uma “investigação” onde chega exatamente à mesma conclusão que nós. Ele visitou o local duas vezes no último mês, o que é bom, e oferece mais argumentos duvidosos acompanhados de fotos turísticas, o que seria desnecessário. Mais importante, no entanto, é que ele finalmente exibe uma versão em melhor qualidade do vídeo que ele tem em mãos desde o início. Vale enfatizar que o ufólogo peruano tem esse vídeo em mãos há vários meses.

Pule a primeira metade do vídeo acima (quatro minutos) e vá direto para os trechos em melhor qualidade da filmagem. Ou confira as capturas de tela abaixo. Como defendíamos, fica claro que a planta está à frente do homem de branco. E é apenas uma planta.

quivesbush02

Um gráfico do vídeo:

quivesbush01

E nosso gráfico original, publicado no mês passado:

3dquives

O amigo Luis Ruiz Noguez, que identificou o “extraterrestre” como um arbusto desde o começo, opina ser muito “curioso” como o vídeo foi divulgado e explorado pelo ufólogo peruano. A versão divulgada agora, por exemplo, é não só muito mais nítida, como permite ver que a versão divulgada inicialmente foi enquadrada de forma a não exibir os arbustos à direita, “como se estivessem tentando esconder a verdadeira essência do “˜extraterrestre”™”, escreve Noguez.

O ufólogo peruano por sua vez diz que:

“As conclusões a que podemos chegar são de que o vídeo do Homem de Quives não é uma fraude, não foi algo planejado de má fé, mas sim e simplesmente uma grande confusão, eu diria precisamente um efeito ótico”.

Luis Noguez discorda. “Acredito que o “˜Homem de Quives”™ foi uma fraude, uma fraude deliberada promovida a partir de um efeito ótico de paralaxe“. De fato, mesmo que se conceda ao ufólogo um gigantesco benefício da dúvida ““ talvez, apesar de seu vídeo claro, ele não tivesse notado que era um arbusto, e apenas por acaso a versão divulgada era severamente degradada e enquadrada ““ é injustificável que tenha demorado tanto para divulgar a versão que tinha em mãos depois que a filmagem foi denunciada publicamente como um simples ramo de folhas.

Como enfatizamos, este é o mesmo ufólogo peruano que alega que seu país é invadido por frotas de OVNIs, as chamadas “flotillas” que são em verdade simples balões, e que chegou a ponto de afirmar que elas teriam anunciado o trágico terremoto recente. Ele costuma representar a ufologia em seu país em documentários internacionais, bem como é correspondente de uma revista sobre ufologia brasileira.

Comments

  1. Mori, lendo o site ultimamente e vendo esses DEBUNKS, ando tendo uma sensação de desânimo tão grande em relação a esses assuntos que chego a perder a fé na humanidade.

    Haha, mas sério, sem drama. Você que lê mais sobre isso deve ter tido essa mesma sensação, de que é tudo uma grande farsa. Nada de sobrenatural existe. Tudo falha humana, deliberada ou não. Tive isso também lendo The God Delusion. Imagino que pessoas como Dawkins, Randi, e porque não você, vejam tudo isso com tanta clareza que perde a graça. Chega a ser triste.

    Enfim. Você chegou a encontrar um laboratório de fotografia bom para aquelas fotos que queria digitalizar há um tempo? Ou isso já passou e nem vi?

    1. Anon, desiludir-se é o primeiro passo… persista e talvez enxergue como essas fraudes, enganos e tudo mais são fascinantes em si mesmas. Claro que isso não é necessariamente bom, ou mais complicado. Já que estamos falando de sentimentos, inspiração, motivação, é algo muito subjetivo. No meu caso, por exemplo, é ver isso ainda assim como fascinante que me motiva. Se estivesse desanimado já teria deixado todos esses assuntos de lado.

      Mas sim acredito que as chances de descobrir ETs, espíritos ou algo que o valha são ínfimas, e muito menores do que se os buscasse de outras formas. Nesse sentido estou desanimado. O que me anima é descobrir novas formas de fraude, ilusão e engano. É como descobrir como funciona o truque de um mágico.

      Não encontrei um bom laboratório para digitalizar as imagens — isto é, um com preço bem em conta. Mas o caso relacionado a tal teve grandes novidades, até o fim do ano espero publicar algo a respeito. E assim vamos indo…

  2. Ainda bem que comprovaram ser UM GALHO DO ARBUSTO A FRENTE DO CINEGRAFISTA, porque na última vez que postei essa explicação me enxeram o saco.

  3. Depois de todas as explicações demonstrando que os extreterrestre palito não estiveram em Quives, só me resta palitar os dentes e tirar uma agradável siesta!
    Deus do céu, nunca será demais alertar: NÃO DIVULGUEM vídeos e imagens em qualquer meio de comunicação informando serem de naves e ETS sem antes fazerem uma pesquisa séria e completa! Não dá prá digerir tanta asneira postada no youtube como coisa séria e verídica! Nossa, vou tomar um anti-ácido!

  4. Isso só prova o quanto podemos confiar em nossa acuidade visual. Somos praticamente cegos diante da visão de outros seres vivos. O aconselhável é sempre analisar exaustivamente todas as possibilidades, para o bem da verdade. Seja ela qual for.

  5. Só não entendi uma coisa…se é realmente uma rama de uma planta, porque quando “essa” se aproxima de outro arbusto, ou árvore, “movimenta um braço” como se quizesse pegar em algo ???

    Prestem atenção no video, no momento em que a “rama”esdo lado direito da filmagem, a ose aproximar de um outro arbusto, ou árvore, essa “rama” levanta um pedaço dela, parecido como um braço para pegar em algo.

  6. Francamente, eu tiro minhas próprias conclusões e lhes digo com a mais absoluta certeza de que aquilo pode se tratar de qualquer coisa menos de um arbusto se movendo.
    Qualquer míope consegue perceber a perspectiva das imagens e ver que o suposto arbusto se move em um plano posterior, por trás de outros arbustos, da pra notar nitidamente a perspectiva.

    Em primeiro esta a câmera, segundo o ilustre desconhecido com a cara desfocada, em terceiro plano nota-se uma pequena depressão, como uma vala, em quarto plano encontra-se alguns ramos que pendem de um barranco, quinto plano esta o barranco, o suposto homem de Quives se move da depressão passando pelos ramos e se abrigando por de trás dos mesmo isso é estupidamente obvio.

    Não estou dizendo que aquilo se trata de algo alienígena, estou apenas desmentindo a afirmação de que a imagem seja um ramo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *