MENU
circulopombas32hjk.jpg

E a safra de círculos continua…

reflexolentesalvador2431hkl.jpg

Reflexo em lente é vendido como OVNI

1 de setembro de 2008 Comments (109) Views: 6794 Ceticismo, Destaques, Ufologia

Depois de Jesus em Disco Voador, revista UFO anuncia o “Instituto Carl Sagan”

institutocarlsaganultraje4321hjk

Quase exatamente dois anos depois de anunciar como uma “bomba” a profecia de que Jesus retornaria à Terra a bordo de discos voadores até abril de 2007 – o que sabemos, não aconteceu – a revista UFO conseguiu se superar.

Na edição deste mês o editor Ademar Gevaerd anuncia uma “uma nova forma de fazer Ufologia no Brasil”, com a criação do “Instituto Carl Sagan (ICS), em homenagem a um dos homens mais brilhantes do nosso tempo”. Não pára aí.

Além de se apropriar do nome de Sagan, a revista alega que o astrônomo e um dos principais ativistas céticos do século 20 era:

“um cientista que, até sua morte, em 1996, dedicou-se incansavelmente à busca por outras formas de vida no universo, certo de que elas existem aos milhares e desconfiado de que algumas delas já nos visitam nestes veículos que chamamos de discos voadores.

Muitos pensam que Sagan faleceu sem conhecer o resultado de sua busca …. No entanto, a verdade é bem diferente. Sagan tinha estreita relação com entidades governamentais norte-americanas dedicadas à investigação do Fenômeno UFO, e o próprio Joseph Allen Hynek, considerado o pai da Ufologia Moderna, garantiu que ele tinha profundo conhecimento da presença alienígena na Terra”.

 

CONTRADIÇÕES

Será mesmo? Convenientemente, Hynek é outra figura que já faleceu. Porém felizmente Sagan, sendo Sagan, escreveu copiosamente sobre os mais diversos assuntos, e teve isso a dizer sobre os OVNIs em seu último livro publicado em vida, no capítulo 5 de “O Mundo Assombrado pelos Demônios”:

Não existe nenhum caso – apesar das bem mais de 1 milhão de notificações de UFOS desde 1947 – em que o relato de algo muito estranho, só passível de explicação extraterrestre, tenha sido tão confiável que as hipóteses de compreensão errônea, brincadeira ou alucinação pudessem ser confiavelmente excluídas. Ainda há uma parte minha que diz: "Que pena!".

Somos bombardeados regularmente com relatos extravagantes de UFOS divulgados por publicações sensacionalistas, mas é raro ouvirmos algo sobre a sua merecida reprovação. Isso não é difícil de compreender: o que vende mais jornais e livros, o que acumula ibopes mais elevados, o que é mais divertido de acreditar, o que repercute mais os tormentos de nosso tempo – naves alienígenas acidentadas ou trapaceiros experientes pilhando os crédulos?

E o que Carl teve a dizer sobre sua participação na investigação do fenômeno OVNI? Já há tempos o editor da revista UFO faz grande alarde do suposto “segredo" confidenciado a ele por Hynek de que Sagan teria investigado OVNIs para a Força Aérea Americana. Todavia, se Gevaerd simplesmente lesse o livro de Sagan descobriria que lá o cético deixa claro que:

"Eu participei da comissão do Conselho Consultivo Científico da Força Aérea dos Estados Unidos que investigou o estudo da Força Aérea sobre UFOS – o chamado Projeto Bluebook … Mas o que havia nos arquivos não valia grande coisa".

Longe de afirmar ou mesmo subentender que teria "profundo conhecimento da presença alienígena na Terra", Carl Sagan deixa mais do que claro que não há um único caso que permita afirmar conclusivamente que ETs nos visitem, e que sua participação na investigação governamental de OVNIs não lhe revelou quase nada.

Claro, sempre resta a explicação de que "um dos homens mais brilhantes do nosso tempo" estivesse simplesmente… mentindo! E é justamente o que o mesmo Ademar Gevaerd sugeria em mensagem publicada em um fórum de discussão em janeiro de 2001 (transcrição integral sem edição, ênfases adicionadas):

"Eu REALMENTE creio e defendo que o Projeto SETI é um vergonhoso desperdício de dinheiro. E por várias razões, a principal sendo o fato de que os cientistas envolvidos na estruturação e manutenção do projeto (tanto agora, quanto em sua fase original, há duas décadas) sabem perfeitamente que os UFOs são uma realidade e que vêm de outros planetas. Ou seja: sabem, como é de se esperar de um cientistas bem informado, que estamos sendo visitados por seres não terrestres. Assim, com mais de 5 milhões de registros de UFOs em 180 países, constantes dos arquivos oficiais das forças armadas destas nações, nos últimos 40 anos, como se pode negar tamanha realidade? Muitos cientistas de destaque que afirmam que os UFOs não existem sabem que a realidade é exatamente o contrário, e fazem isso por razões obscuras. Dou dois exemplos, um do Brasil e um clássico dos EUA. Aqui, Ronaldo Mourão, do Observatório Nacional, afirma alegremente que os UFOs não existem quando se sabe que foi consultor da FAB em seus projetos de pesquisa de UFOs que incluiam análises de dados concretos.
E nos EUA, Carl Sagan, que viveu e morreu afirmando que os UFOs não existiam, foi parceiro de J. Allen Hynek durante longa temporada na Univeridade Cornell, NY, e ambos foram consultores da USAF. Mas só Hynek admitiu isso depois. Qualquer cientista de verdade não desconsidera a realidade das visitas extraterrestres".

Oras, então a "incansável busca" de Sagan, que se materializa mais do que tudo no projeto SETI, é em verdade "um vergonhoso desperdício de dinheiro" e Sagan é um cientista de mentira que desconsidera publicamente a realidade das visitas ETs "por razões obscuras"?

Por que tais ufólogos ainda o desejam "homenagear"? Nós só podemos imaginar "razões obscuras" para tal.

 

sagansemautorizacao1hjk
Imagem utilizada sem autorização

ILEGALIDADE

A contradição, o absurdo e o surreal desta situação são óbvios. Além do óbvio, no entanto, está o fato de que este ultraje ao nome e legado de Carl Sagan é simplesmente ilegal.

"Nós possuímos autoridade legal com relação ao uso do nome e imagem de Carl", diz Ann Druyan, viúva de Sagan e co-autora de praticamente todos os trabalhos de Sagan a partir da icônica série televisiva Cosmos.

Druyan é presidente da Fundação Carl Sagan, legitimamente registrada nos EUA com sede na cidade de Ithaca, Nova Iorque, onde o astrônomo viveu, e entre seus projetos está o "Centro de Descoberta Carl Sagan" no Hospital Infantil de Montefiore, Nova Iorque.

Em vida, Carl Sagan também fundou a Planetary Society, dedicada à exploração do espaço e busca por vida extraterrestre, presidida hoje pela mesma Ann Druyan e que entre seus projetos recentes tem o desenvolvimento de velas solares, uma nova forma de propulsão espacial com protótipos nomeados… Cosmos 1 e 2.

Estes são apenas alguns dos legítimos e brilhantes legados com o nome de Sagan.

Já o absurdo "Instituto Carl Sagan" de tais ufólogos, emblematicamente, usa de forma ilegal uma famosa fotografia de Carl Sagan já na página de entrada de seu website. "O uso que eles fizeram daquela fotografia de Carl não pode ter sido autorizado. Nós possuímos tais direitos", confirma Druyan.

Além de ilegal, o suposto instituto, até onde pudemos averiguar, ainda não existe. Apesar de anunciar que a nova entidade surgiu em 26 de maio em Curitiba, até o início do mês de julho uma busca nos cartórios da cidade não revelou nenhum instituto, associação, entidade, grupo ou afim tendo o nome Carl Sagan em sua denominação.

Talvez a entidade tenha sido registrada formalmente sem o nome de Sagan, o que não seria surpresa dada a surrealidade de toda a situação. Ou com o anúncio público em sua revista, talvez seja questão de tempo até a entidade ser finalmente formalizada com tal nome – se é que já não o foi no entretempo.

Seja como for, lutaremos e tomaremos todas as atitudes cabíveis para impedir que o legado de Carl Sagan seja usurpado desta forma.

Se você quiser se juntar a esta luta em defesa deste que foi de fato um dos homens que mais iluminou o nosso tempo, manifeste-se nos comentários ou envie-nos um email. Precisamos principalmente de mais colaboradores capazes de oferecer assessoria jurídica e voluntários que possam agir em Curitiba e outras cidades como Campo Grande (MS).

O embuste deste "Instituto Carl Sagan" que vai contra tudo que Sagan fez e defendeu não pode ir adiante. E não irá.

Tags: , , , , , , , , ,

109 Responses to Depois de Jesus em Disco Voador, revista UFO anuncia o “Instituto Carl Sagan”

  1. Cláudia disse:

    Esse pessoal da revista UFO nunca leu um livro do Sagan até o final…rs… Se tivessem lido, não tinham pensado nessa bobagem.

  2. Carlos Magno disse:

    Taí, Mori, eu já acho que o Instituto Carl Sagan vai fazer um excelente trabalho junto aos ufólogos.

    Não conte comigo.

  3. Mori disse:

    Bem, Carlos, se você acha um “excelente trabalho” inventar que Sagan simplesmente mentiu em seus livros, ensaios e palestras, por “razões obscuras”…

    Se você acha um “excelente trabalho” que se use o nome de Sagan sem consultar as instituições legítimas criadas por ele e sua companheira e herdeiros…

    Então, realmente, não podemos contar com você.

  4. Patola disse:

    Justo agora que acabou de sair o “Variedades da Experiência Científica” em que Sagan deixa beeeeeem, mas beeeeeeeeeeeeeeeeem claro seu posicionamento sobre essas coisas? Mais claro até que no “Mundo Assombrado pelos Demônios”. O timing dessa fraude desavergonhada não poderia ser pior.

  5. Mori disse:

    É verdade. Em “The Varieties of Scientific Experience”, publicado postumamente, a partir de uma série de palestras dada em 1985, Sagan falou mais longamente sobre o tema, descreve casos, e repete claramente que (p.133):

    “É notável que em todos esses milhões de casos não há um exemplo de evidência física que resista mesmo ao escrutínio mais casual. Nenhum pedaço de espanave lascado com um canivete, colocado em um saco e levado para um laboratório para exame de ligas exóticas. Nenhuma foto do interior da espaçonave ou dos extraterrestres, ou uma página do diário de bordo do capitão. De alguma forma, em todos estes casos, NÃO HÁ UM ÚNICO EXEMPLO DE EVIDÊNCIA FÍSICA CONCRETA. E isso novamente sugere, eu sustento, que estamos lidando com uma combinação de psicopatologia e fraude consciente e a má-interpretação de fenômenos naturais, mas não é o que se alega por aqueles que vêem OVNIs”.

    Vale notar que já em 1985 Sagan também deixava claro que participou como consultor do Bluebook. Em verdade, nos anos 1960 ele também o declarou em frente a um comitê do congresso.

    Mas esses “ufólogos” pelo visto leram muito pouco, se é que leram, algo de Carl Sagan.

  6. newton silva disse:

    Olá Mori,você não deveria se preocupar com esses empreendimentos, já que os mesmos não irão muito longe, da mesma forma como a “ufologia” também não foi muito longe nesses mais de 60 anos, desde o alegado avistamento de Kenneth Arnold, em 1947. Até agora, estamos sós no universo.

  7. Carlos Magno disse:

    Continuo achando excelente idéia o Instituto Carl Sagan levado adiante por esses empreendedores.

    A discussão fica mais interessante, bilateral ou mais, ao invés de um samba de uma nota só, dos céticos.

    Mas o Mori em parte tem razão e como sugestão acho que ele deveria liderar um movimento para a criação do “Instituto Cético Carl Sagan”. Melhor assim, para que discutir, cético é cético mesmo. Resolvido.

  8. Uma coisa é acreditar (até aí tudo bem), mas outra coisa (bem diferente) é contar mentiras como essa que a Revista UFO sobre o Carl Sagan.

    O Gevaerd se superou. Agora ele não apenas promove uma pseudociencia, mas também um pseudo-Carl Sagan!!

  9. “A discussão fica mais interessante, bilateral ou mais, ao invés de um samba de uma nota só, dos céticos.”

    Rs…Na verdade, a posição cética é exatamente para ofercer ao público uma opinião diferente daquele bombardeio de “verdades” sobrenaturais-extraterrestes.

    Além disso, basta você ler o post do Mori para entender que a queixa dele (e dos demais céticos) não é sobre os ufologos fundarem um instituto de pesquisa (isso é bom), MAS DE DETURPAR A BIOGRAFIA DE UMA PESSOA JÁ MORTA E QUE DEIXOU BEM CLARO SUA POSIÇÃO EM SEUS LIVROS, TEXTOS E REVISTAS. ISSO SE CHAMA MENTIR, CARLOS

  10. Claudio disse:

    Por que vocês não avisam a Ann Druyan e deixam que os advogados dela se encarreguem disso? É um caso claro de violação de copirráite.

  11. Mori, na época do “desafio ufologico” o Gevaerd enviou algumas mensagens para o grupo de discusão do CA. E se não me falha a memória, em uma dessas mensagens ele comenta um viagem que ele fez aos EUA e como ele e outros ufológos de lá achavam o Carl Sagan uma porcaria, um pseudo-cientista etc. Acho que foi uma daquelas mensagens que ele brigou com o Homero. Tá lembrado?

  12. Carlos Magno disse:

    Fabrício:

    Concordo com você que é feio mentir como é também feio o Mori manipular com a opinião, principalmente de jovens, ao mostrar a maioria esmagadora de vídeos fajutos e adulterados.

    Quando ele critica e apresenta o Chico Xavier como mentiroso, plagiador ou farsante, ele quase goza de satisfação, mas não apresenta estudos nem argumentos convincentes. Escora-se e divulga um trabalho censurável de um caçador de aventuras de outro blog, declarado ateu, cético e anti-espírita. Qual o critério? Um só: bater, bater e bater! Não importa se é pesquisa falsa ou mentirosa, o Mori bate com vontade em nome de um ceticismo francamente discutível!

    Aqui, ele fica furibundo porque fazem com o Carl Sagan algo julgado ofensivo até a última geração, logo com seu herói! O que para o Chico vale, para o Carl não vale. Ou seja, para o Carl é ofensivo, mas para o Chico não é!

    E olhe que o Chico também é finado e o Mori não tem o mínimo respeito por sua memória. Agora vem invocar respeito à memória do Sagan. Lindo, não?

    Acho mesmo que os feridos deveriam estimular a discussão, requerer provas do que o Instituto Carl Sagan afirma, e comprovar que está mentindo, se de fato está.

    Isso é coerência, o resto são egos feridos. Se os argumentos dos céticos forem baseados na verdade que os mostrem e os provem; espernear feito adolescente contrariado pelo papai e pela mamãe é que não dá!

  13. Mori disse:

    Carlos, eu sim divulgo análises que indicam que Xavier cometeu diversos erros ao “psicografar” mensagens. Xavier, até onde sei, era um espírita, e esse escrutínio crítico é parte do que o espiritismo defende, ao menos em tese. Já discutimos isto.

    Da mesma forma, não vejo nenhum problema no questionamento ao trabalho de Sagan. Ele errou sim, e talvez tenha errado em pontos ainda não expostos. Era humano.

    Agora, a questão aqui é COMPLETAMENTE diferente. Para a comparação fazer sentido, seria necessário que eu criasse o “Instituto Chico Xavier de Ceticismo”, defendendo que embora Xavier afirmasse publicamente psicografar mensagens, isso seria em verdade um teatro porque intimamente ele sabia que são todas fraudes.

    E o fizesse sem nenhuma prova, contrariando toda a evidência que o próprio Xavier deixou por escrito de suas convicções.

    Isso sim seria um ultraje, e eu jamais o faria. Criar um “Instituto Chico Xavier” depois de indicar que o próprio não se comunicava com os mortos?

    É esta a questão aqui.

    Quanto a demonstrar a mentira, peço que leia a própria nota. Está demonstrado claramente que o que os ufólogos atribuem a Sagan contraria completamente o que o próprio escreveu.

    Não há ninguém esperneando, exceto, devo dizer, você ao defender esse embuste, Carlos. Sei que escreve de boa fé, mas seu preconceito com relação a este que lhe escreve — que questiona seus ídolos, assim como Sagan é para mim — o está cegando para algo evidente.

    Acredite: eu e você temos mais em comum do que com tais ufólogos. Eu jamais usurparia o trabalho de um falecido de forma inapropriada.

  14. Rs…

    Não sou defensor do Mori. Mesmo porque elenem precisa.

    Mas vamos lá:

    Ele não “bate, bate, bate” no Chico Xavier. Ele postou textos que apresentam considerações que põem em dúvidas a idéia dos fenômenos serem realmente de origem sobrenatural.

    o autor do textos é Vitor Mouro, e ao contrário do que você diz, ele é UM ESPÍRITA!!! Autor não só do Blog Obras Psicografadas como também do site Espiritos Existem (http://br.geocities.com/existem_espiritos/)

    Carlos Magno: “Quando ele critica e apresenta o Chico Xavier como mentiroso, plagiador ou farsante, ele quase goza de satisfação, mas não apresenta estudos nem argumentos convincentes.”

    E o oposto, Carlos? Onde estão os estudos científicos de que Chico Xavier tinha poderes sobrenaturais. Em quais revistas cientificas sairam eses estudos?

    Sim, os estudos do Vitor Moura não definivos e nem academicos, mas mesmo assim eles estão a anos-luz de qualidade e honestidade intelectual de todos aqueles textos e livros espiritas que afirmam um série de fenomenos sobrenaturais SEM EMBASAMENTO CIENTIFICO.

    A diferença da crítica sobre Sagan e Xavier é enorme:

    1.
    os ceticos põem em dúvida AS ALEGAÇÕES DE PODERES
    SOBRENATURAIS e expõem suas considerações. Sem ad hominem.

    Já a revista UFO, deturpou toda a opinião que o Sagan tinha sobre a ufologia e vida extra-terrestre e o acusou de fazer parte de uma conspiração governamental.(sem provas)

    Você só poderia comparar o que fizeram com o Chico Xavier com o que fizeram com o Sagam se, por exemplo, alguém criase um “Instituto Chico Xavier – para defesa do ateísmo e pensamento cético”.

    Isso seria justo? Claro que não. E porque? Porque DURANTE TODA A SUA VIDA CHICO XAVIE NUNCA DEFENDEU O ATEISMO.

    DA MESMA MANEIRA CARL SAGAM NUNCA DEFENDO QUE OS UFOS ERAM ETS E NEM QUE EXTRATERRESTRES JÁ ESTIVERAM NA TERRA.

  15. Caramba, Mori! Tivemos a mesma idéia!!

    Telepatia?

  16. Mori disse:

    Você escreveu melhor que eu, Fabricio. O “Instituto Chico Xavier de Ateísmo” realmente seria a melhor analogia no absurdo do caso.

  17. […] a Portuguese version of this note, and Spanish writer Luis Alfonso Gámez also exposed this] Related PostsTwo-light years and […]

  18. José Luís Santana disse:

    Olha…sinceramente, leio estas discussões já à algum tempo e pra mim qualquer reportagem, teoria, ou iniciativa que foram publicados ou tiveram origem pela Revista UFO ou envolvendo o nome Ademar Gevaer não tem credibilidade alguma.

    A Revista UFO pra mim é uma publicação sensacionalista que publica a maior parte dos artigos de maneira fantasiosa, sem nenhum critério de estudo científico…ou seja ficção mais que barata.

    E para os que a lêem…continuem comprando!

  19. renato disse:

    concordo com o jose luis, qualquer edição da mônica é mais realista que a revista UFO…e bem mais seria com certeza!

  20. Jhou disse:

    “NÃO HÁ UM ÚNICO EXEMPLO DE EVIDÊNCIA FÍSICA CONCRETA.”

    Pelo jeito Carl Sagan nunca ouviu falar do caso Falcon Lake, onde a testemunha sofreu queimaduras por radiação e existem exames médicos que provam isso além de radiação e marcas de aterrissagem deixadas pelo disco voador…..

    http://www.youtube.com/watch?v=xlbyLxctJcE&feature=related

    http://www.youtube.com/watch?v=6hizYrzd-WA&feature=related

  21. Rafael disse:

    Fleck, acho que você no seu penúltimo comentário foi perfeito sobre a idéia toda. Praticamente “psicografou” o Mori, em vida! rsrs E o melhor, alguns já se “excluiram” do Instituto, apesar de continuar na discussão… Não tem preço…
    Mori, parabéns pelo Post, como sempre brilhante e sem rodeios, indo direto ao ponto. Concordo totalmente com você sobre o que fizeram com a Biografia de Sagen, e CONTE comigo!
    Abraços,
    Rafael

  22. Carlos Magno disse:

    Fleck e Mori:

    Não creio que achemos um denominador comum entre nossas diferenças ideológicas e conceituais. Mas acho sim, que críticas ao Chico são infundadas da maneira acachapante como são feitas e aqui repassadas com claríssima ironia e detonação.

    Já o Carl Sagan escreveu com a nítida intenção de polemizar e discutir. Se ele apresentou evidências segundo seus conceitos, o fez para que a discussão acontecesse. Logo, seu material está aí para a continuada polêmica. E se inventam mentiras, a questão é simples: que os céticos e seguidores das idéias do Carl, incomodados, provem o contrário! Os céticos têm todos os necessários e suficientes instrumentos para debater e provar. Se conseguirem, parabéns. Ponto Final.

    Ciência concreta é diferente da religião espírita ou ciência espiritual.

    Espiritismo, mediunismo, magia, esoterismo etc, são assuntos que vulgarmente não se provam pelos cinco sentidos. As provas materiais que existem, e muitas, não convencem aos céticos, porque os céticos não desejam ser convencidos. Logo, quem fala mal do Chico, dos espíritas e esotéricos, ou os colocam no mesmo balaio dos farsantes, não sabem nada por que se baseiam em distorções de pessoas imorais, em teorias difamatórias, ou em repetições preconceituosos e materialistas. Maldade pura, perseguições! Para se entender de espiritualismo é necessário vivência, saber de seus objetivos, e aceitá-los. Nem tudo se explica objetivamente, nem a arrogante ciência dos homens chega a tanto. Grande parte dos conceitos das ciências materialista é pura teoria! Há muita falácia! O homem não conhece sequer um por cento do que o rodeia!

    Os comunicadores do Chico não vieram trazer dissensões, nem tentar impor uma ciência, nem trouxeram um novo credo religioso, nem uma nova e ostensiva filosofia e não tentaram desafiar cientistas ou ciências. Vieram com mensagens de outro teor: são conciliadores; religiosos para alguns, seguidores dos ensinamentos de Cristo, ou filósofos para outros, arautos de uma mensagem mais clara da origem e razão da existência.

    E por que isso incomoda tanto os céticos, principalmente blogueiros? Por que os céticos anseiam tanto encontrar erros, falsificações, fraudes e mentiras, esquadrinham com lupas e perdem incontáveis horas nesse trabalho? Por que os céticos não cuidam tão somente das ciências materialistas e deixam os espíritas e esotéricos em paz? Seria por que falar mal das religiões e dos livres pensadores sempre rende muito, pois é um prato e tanto? Nem todos realmente se interessam por ciências, na verdade a maioria as acha aborrecidíssimas. Mas religiões, assuntos extra-sensoriais, espíritos, Deus, criação, astros, mitologias etc., magnetizam, polarizam, formaram sempre principais assuntos através dos tempos.

    Quanto ao Vitor Moura, conheço-o muito bem. Não é de forma alguma espírita, é ateu e cético confesso; busca a fama por desmascarar, segundo ele, desde Kardec até o Chico, passando por outros famosos e respeitados. Diz representar uma ciência que, no entanto, não existe e nem tem nome. Não acredita também na existência de Jesus, nem de Platão, Sócrates e de outros filósofos ou historiadores da antiguidade. É obsessivo em provar que Emmanuel nunca existiu, que Publio Lêntulo é uma mentira. E agora deseja provar que as comunicações de Ashtar Sheran e Emannuel são falsas porque têm pontos coincidentes. Sabe-se que foi blogueiro do Religião é Veneno e lá prometeu detonar a todos os espíritas famosos ou não, ou Sai Baba, enfim qualquer um, vivo ou morto, que lhe possa dar elementos para a fama!

    Pode haver equilíbrio nos argumentos de uma pessoa assim? E o Mori simplesmente lhe dá guarida e repassa seus textos contra o espiritismo. Realmente não há como conciliarmos nossos pontos de vista.

  23. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Voce jura Carlos ? Que realmente não há conciliação ?
    Estupendo ! Enfim conseguiu chegar ao resultado da equação …
    Ciência + Fé = Ciência para um lado e Fé para o outro lado.

  24. Fabricio Fleck disse:

    Carlos Magno “Realmente não há como conciliarmos nossos pontos de vista”

    Exato!!

    Nós admitimos que podemos estar errados e por isso estudamos as evidências(idem ao método científico). Você JÁ SABE que estar certo e que espíritos são reais e nós SÓ PODEMOS estar errados (idem ao “método” religioso).

    Você quer acreditar através de uma fé cega, nós queremos construir conhecimento através (e só através) de evidências.

    Nós defendemos que o ônus da prova é de quem afirma. Você inverte desonestamente esse ônus (mesmo sabendo que isso é impossível).

    Nós não nos importamos com quem quer acreditar. Só debatemos as supostas evidências apresentadas pelos teístas. Você vê nessa atitude uma caça as bruxas e só consegue produzir ad hominem acusando todo crítico da sua fé de ser um “obsessivo”, “mentiroso” que só busca a “fama”.

    Enfim são pontos de vista beeeem diferente e eu fico feliz de pensar diferente de você. (por favor, não leve para o lado pessoal)

  25. Fabricio Fleck disse:

    Jhou: “Pelo jeito Carl Sagan nunca ouviu falar do caso Falcon Lake, onde a testemunha sofreu queimaduras por radiação e existem exames médicos que provam isso além de radiação e marcas de aterrissagem deixadas pelo disco voador…..”

    Você sabe o que é evidência física de extraterrestres? rs…

    No caso alcon Lake só há a ALEGAÇÃO de que a queimadura é de origem extraterrestre nada mais.

    O exame médico (se for verdadeiro) só (e somente só) demostra que houve uma queimadura por radiação. Não diz mais nada, muito menos que a radiação é de origem extraterrestre!!

    E quanto a esses “exames” que provam que determinada marca no chão foi (e somente foi) causada por um disco voador eu sinceramente gostaria de conhecer. Que “exames” são esses? Qual o método utilizado? Houve Per Review? Em quais revistas científicas esses “exames foram publicado?

    Enfim, como Carl Sagan disse NÃO HÁ EVIDÊNCIA OBJETIVA (FÍSICA) de presença extraterrestre no planeta Terra. Até ufólogos honestos admitem isso, veja: http://www.ufologia.org/qs002.htm

  26. Carlos Magno disse:

    Já não diz o mesmo o ufólogo Sergio O. Russo:

    http://www.dominiosfantasticos.xpg.com.br/id343.htm

  27. - disse:

    Hahaha… Domínios Fantásticos…

    Eu visitava isso há uns 4 anos atrás, quando li Daniken e pesquisei sobre.
    Realmente, um site confiável e de ótimas fontes.

    Lembro quando vi uma páginas deles que tinha fotos de um filme e ele dizia que foram tiradas numa base americana.

    Eu estava acompanhando seu raciocínio, Magno. Mas suas últimas 2 respostas decepcionaram.

    Nah. Todas elas.

  28. Carlos Magno disse:

    Fleck:

    Seu raciocínio está completamente errado. Você está fazendo uma confusão imensa sobre meus argumentos. Talvez não deseje lê-los a todos e nem refletir sobre eles.

    Os céticos admitem erros sim, mas pequenos, e desde que não comprometam os tais métodos científicos que alegam ser o único fundamento de provas.

    Primeiro de tudo não sou religioso, sou investigador e praticante. O religioso não argumenta como eu. Você nem notou isso. Segundo, não há como levar a laboratórios materiais, ao sabor de céticos, aquilo com que trabalham e manipulam os esotéricos e, às vezes, os médiuns espíritas e obter resultados amplos e verdadeiros. Não segundo a metodologia vigente.

    Como ilustração diria que, apesar do rotundo fracasso, o experimento da Filadélfia, por exemplo, conseguiu provar que as noções de tempo e espaço podem ser configuradas dentro de determinados padrões físicos, o que os antigos e milenares iogues já muito mais realizavam sem a tecnologia hodierna, utilizando-se unicamente dos poderes mentais. Mas os céticos não aceitam porque não podem ver. E quando vêem não acreditam, dizem que é truque, farsa, etc. porque essas coisas não batem com seus conhecimentos e ortodoxia.

    No entanto, energia, força, eletricidade, luz, calor, apesar de largamente utilizados continuam sendo mistérios para a ciência, e a essas mesmas fontes, esotéricos e homens das ciências espirituais pesquisam, se utilizam e realizam seus eventos. Eis o grande abismo que os materialistas criaram ao não admitir e nem entender o que sejam as potencialidades da mente e do espírito fora dos experimentos metodológicos.

    O grande Tesla, dizia textualmente que sua inesgotável sabedoria de criação tecnológica e científica lhe era transmitida por extraterrestres. Mas sobre isso os céticos se calam e os cientistas fingem nunca terem ouvido. No entanto, se beneficiam do genial legado deixado por Tesla.

    O que eu não aceito, na realidade, é a má vontade e o deboche de muitos céticos que nada conhecem, que leram somente almanaques escolares e vêm cantar de galo contra as práticas espirituais que eles procuram de todas as formas desqualificar. Acho que no fundo têm é medo! Negar é fácil, qualquer um nega, difícil mesmo é provar porque nega! Como também é fácil falar em nome da ciência sem comprometimentos.

    Não digo que você esteja enquadrado nesses exemplos, porque não conheço o suficiente seu pensamento, mas reafirmo que suas respostas estão erradas e confusas em relação ao que eu já expus.

  29. Fabricio Fleck disse:

    Carlos, pelo amor de Zeus….NÃO EXISTIU O EXPERIEMNTO FILADÉFIA….ELE É UM MITO MODERNO!!!

    http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/expfiladelfia.htm

  30. Gustavo Gomes Narciso disse:

    pelo amor de Zeus …gostei… essa eu vou guardar para mim …. ahahaha
    deêm uma olhadinha neste diálogo entre Eu x Carlos Magno ( é sério, é bacana … )
    Kentaro não é ataque a ele não … digamos, que seja uma trégua …. ( ? )
    http://obraspsicografadas.haaan.com/2008/emmanuel-e-ashtar-sheran-semelhanas-entre-um-esprito-e-um-aliengena/

  31. […] que não seja público). A coisa começa a pegar quando resolvem dar a esse instituto o nome de Instituto Carl Sagan, com foto e […]

  32. Marcel disse:

    Não se pode “profanar” as palavras dos profetas do ceticismo.

    Heresia.

    Queimem os hereges.

    auhauahauahau zuei

  33. Marcel disse:

    E o projeto SETI , sei que não querem falar sobre isso , é uma furada .
    Já se provou que as ondas de rádio ou quais sejam as ondas com informação se transformam em ruído depois de atravessarem um décimo ano luz.

    Jogaram dinheiro fora coitados.

  34. Carlos Magno disse:

    Narciso:

    Pode trocar em miúdos esse recado que você enviou ao Mori? Como é isso de trégua?

    Fleck:

    Daqui a pouco você dirão que O Tesla é também um mito moderno, o que ele declarou é a mais deslavada mentira, o Einstein não foi colaboracionista da bomba atômica, e os mestres indús não existem. Cetismo é somente negação?

  35. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Só coloquei a nossa conversa aqui pra todos verem que você também pode demonstrar ser outro tipo de pessoa … embora o outro blog seja “amigo deste” e leitores deste conhecem o outro.
    Trégua no sentido de um abrandamento de rixas, que outro sentido teria ?… só isso, relaxe.

  36. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Realmente, trégua não é a palavra mais adequada … não é nada disso mas achei positiva ( para ambos ) a nossa conversa então quis expor neste comment esse momento. Just it.

  37. APODman disse:

    “Já não diz o mesmo o ufólogo Sergio O. Russo:
    http://www.dominiosfantasticos.xpg.com.br/id343.htm

    Um site infame dedicado a saciar a credulidade exasperada.

    [ ]´s

  38. Carlos Magno disse:

    – Espelho, espelho meu, haverá alguém mais cético do que eu?
    – S’avexe não, meu príncipe, nem o ceticismo em si mesmo é mais cético do que um cético! Nem Deus ou o diabo em pessoa, jamais convencerão um cético.
    – Que fazer então com esses crédulos, estúpidos e médiuns?
    – Inquisição rápida e sumária, somente assim acabaremos com eles.
    – Mas são bilhões, espelho-mestre querido, alter ego de meu ser, dizem os mensageiros idiotas que eles perfazem 1/3 da população mundial!
    – Peçamos ao Carl Sagan lá noutra dimensão quântica para nos mandar juntos Hitler, Genghis Khann e Torquemada. A Terra vai virar monumental fogueira humana que iluminará até a Lua, eh, eh, eh!
    – Ah, bem, assim então dá!

  39. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Sabe qual o barato do ceticismo ?
    É uma ótica que tenta ser isenta de subjetividade humana, assim, focando o fenômeno ao invés do relato.
    E daí ? Daí que não se confia em relato. Relato de algo é criado pelo homem, e o homem é … digamos em meios práticos:
    Mentiroso sabendo que o é assim;
    Mentiroso não sabendo disso;
    Mentiroso para ele mesmo, sabendo ou não sabendo;
    Enfim, um ser, que não na sua totalidade, mas parte dele já mentiu em grandes e pequenas proporções, alguma vez na vida. Assim, se acreditarmos em tudo que se escreve, que se relata, por um ou por um país inteiro … Não é confiável, para os céticos.
    Os céticos com seu beneficio da dúvida, um deleite maravilhoso; nos faz pensar toda vez; não gera respostas automáticas; vemos cada que coisa presente neste planeta e universo tem sua singularidade e propósito de estar aqui ou não mais em sua mesma forma. ( Vide que as materias se transformam ). O cético é feliz porque na sua trilha da dúvida ( e não da negação como primeira instância ) “torce” para que um dia respostas apareçam e esclareçam suas dúvidas, fenomenos acontecendo sem o intermédio da análise subjetiva de ninguém, como o sol que aparece todos os dias quando mais uma volta a terra dá por nosso país.
    Me empolguei… se falei besteira, pode jogar os tomates.

  40. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Carlos .. não resistí em te perguntar.
    Vai ter picanha nesse churrascão ?

  41. José Luís Santana disse:

    Gustavo Gomes, esse foi o post mais querente e sensato que já li sobre aqueles que se julgam céticos e o sobre o conceito de ser cético.
    Pensamento livre é um dom que temos e mesmo a mais antiga das escrituras deve ser questionada se não satisfaz o longo ciclo dos “porquês” da humanidade.

    Essa foi realmente inspiradora cara!

  42. Ulisses Adirt disse:

    Mto bom… A divulgação de embustes assim é mto importante. Parabéns.

  43. Gustavo Gomes Narciso disse:

    ERRATA. na empolgação falei uma asneira imensa, a terra dá volta em torno dela mesma, e não por nosso país.
    … obrigado José, fiquei até vermelho ehehe mas o Kentaro ou o Fleck poderia com certeza dar definições melhores do que eu, novato no ceticismo.

  44. APODman disse:

    [b]-Que fazer então com esses crédulos, estúpidos e médiuns?
    – Inquisição rápida e sumária, somente assim acabaremos com eles.[/b]

    Muito drástica sua solução.

    Seria mais fácil apenas pedir que pensem sem o filtro de sua fé, que consigam manter uma postura crítica sobre suas crenças mesmo que elas sejam diretamente atingidas.

    Isto é difícil ?

    [ ]´s

  45. APODman disse:

    [b]Carlos .. não resistí em te perguntar.
    Vai ter picanha nesse churrascão ?[/b]

    Churrasco de Espírtas ? Não, espíritas no máximo dariam para algo como uma salada de alface sem tempero, sem gosto, sem sal.

    [ ]´s

  46. Carlos Magno disse:

    “Seria mais fácil apenas pedir que pensem sem o filtro de sua fé, que consigam manter uma postura crítica sobre suas crenças mesmo que elas sejam diretamente atingidas.

    Isto é difícil ?”

    Não, meu caro, não é de forma alguma difícil. É quase a mesma coisa que pedir aos céticos que se ajoelhem e peçam perdão a Deus, jurando que de hoje em diante serão tolerantes, lerão as escrituras com devoção e praticarão a espiritualidade.

  47. - disse:

    Muito conveniente que experiências “místicas” não possam ser testadas pela metodologia científica. Conveniente demais, até.
    Os espíritos tem medo de serem provados verdadeiros?

    É como eu dizer que tenho poderes mágicos que só se manifestam quando estou sozinho em casa.

    E Carlos, você tem alguma dificuldade absurda de compreender o que é ceticismo. É incrível.

  48. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Então você concorda que Ciência e Fé não são coisas que “se casam” certo ? Porque segundo o seu de acordo com a afirmativa do APODman, que não é possível a sua crença sem fé, assim como é impossível a ciência com fé, segundo a sua afirmativa acima comentada.
    Só estamos discutindo a sua idéia de que a sua crença é ciência. Só isso Carlos … mas quer saber ?
    VOCE NUNCA VAI CONCORDAR. E acho que tudo isso é “encenação”, voce sabe que essa relação ( ciência x fé ) é absurda. É tudo joguinho, fazendo de conta e pior … rindo da discussão totalmente infundada que você criou.

  49. APODman disse:

    “Não, meu caro, não é de forma alguma difícil. É quase a mesma coisa que pedir aos céticos que se ajoelhem e peçam perdão a Deus, jurando que de hoje em diante serão tolerantes, lerão as escrituras com devoção e praticarão a espiritualidade.”

    Acho que o Gustavo já respondeu bem seu comentário, não são necessários maiores adendos.

    [ ]´s

  50. Carlos Magno disse:

    Realmente, meu caro, não há mais o que conversar.

    Sua clareza de raciocínio é espantosa, suas fórmulas de conversão da fé nem Einstein poderia transmutá-las para a física. Pena que nenhum Marx, ou Engels, nenhum Darwin ou outro esquerdista ateu pudesse ter pensado nisso antes.
    Sua ironia, então, ah, sua ironia. É finíssima, de espantar o Homo Neandentarlensis!

    Aliás, aceite a humilde sugestão: você até que poderia criar o Instituro Carl Sagan, nada ficaria a dever a esse grande cético.

    Esquece, bobagem minha, qualquer um pode lá se sentar, é tudo a mesma coisa!

  51. APODman disse:

    Os americanos não aprovaram a idéia deste instituto, apesar de que acho que infelizmente sua generalizações sobre os brasiliros foram ostensivas demais:

    http://scienceblogs.com/pharyngula/2008/09/on_the_high_velocity_rotation.php

    [ ]´s

  52. Carlos Magno disse:

    Uma pena!

  53. Carlos L C moreira disse:

    Mori

    Conte comigo. Eu vivi nos EUA e já tive o privilégio de estar distante apenas alguns metros do Carl Sagan, assistindo uma palestra sua. Já li tudo o que ele escreveu e não posso compactuar com uma infâmia dessas.

    Um abraço

    Carlos Moreira

  54. Carlos Magno disse:

    “E Carlos, você tem alguma dificuldade absurda de compreender o que é ceticismo. É incrível.”

    Não, isso não é de nenhuma maneira incrível, entendo sim o que seja o ceticismo.

    Uma das centenas de definições caricatas que posso dar uma é: Apóstata do espírito, se baseia no nada para justificar um ateísmo, reúne elementos para julgar que por métodos criados pelo homem pode definir e compreender todas as leis da matéria, prescindindo de um Criador. E para o cético, o homem é uma coisa surgida de outra coisa, num big bang que nasceu do NADA, e essa coisa chamada homem, – filho do NADA, – após bilhões de anos criou cérebro, que cismou de criar um Deus e agora não sabe como resolver esse problema.

    Grande número de céticos na internet lembra o papagaio: falam de ciências, se fingem conhecedores de ciências, e a maioria desses pseudo jamais entrou num laboratório experimental. Vivem de ilusão e de teorias alheias. Mas embaralham tudo, misturam alhos com bugalhos e acham que sabem tudo!

    São tão arrogantes, certos céticos, que chegam até a achar que o ceticismo é algo de tal forma extraordinário que os homens de fé não conseguem entender. Ser cético para esses tolos é pertencer a uma casta super elitista, e a religião é da plebe ignara!

    Ora, se o cético tem imensa dificuldade de entender a fé, como deseja que a fé entenda o ceticismo?
    Estupidez pura!

  55. Carlos Magno disse:

    Correção: Das dentenas….uma é:

  56. Carlos Magno disse:

    Centenas.

  57. […] ou contatos intergalticos travados em viagens astrais. Alm disso, ao que tudo indica, o Instituto no conseguiu aprovao da Fundao Carl Sagan para usar a imagem ou o nome do astrnomo em sua […]

  58. APODman disse:

    “São tão arrogantes, certos céticos, que chegam até a achar que o ceticismo é algo de tal forma extraordinário que os homens de fé não conseguem entender.”

    Lendo sua postagem quase chego a pensar isto afinal seu texto foi uma demonstração tácita de que pelo menos ALGUNS homens de fé realmente não conseguem entende-lo.

    “Ser cético para esses tolos é pertencer a uma casta super elitista, e a religião é da plebe ignara!”

    Troque céticos por “Espíritas” ( notadamente Kardec ) e sua afirmativa estará correta. ;)

    [ ]´s

  59. APODman disse:

    “Ora, se o cético tem imensa dificuldade de entender a fé, como deseja que a fé entenda o ceticismo?”

    Citando Sagan:
    “Skeptical scrutiny is the means, in both science and religion, by which deep thoughts can be winnowed from deep nonsense.”

    ;)

    [ ]´s

  60. Gustavo Gomes Narciso disse:

    NADA VIRGULA !
    Só não sabemos …
    ENTENDE O QUE É CETICISMO UMA PINÓIA !
    SE entendesse diria .. quando não conseguimos explicar … simplemente continuamos a dizer que não sabemos …
    DÚVIDA Carlos … DÚVIDA ! é o não saber, talvez desconfiar ( téses e hipoteses ! Simples e concreto !
    Agora … enquanto nós estamos na dúvida, voce diz saber de tudo … você é o SABICHÃO ! É essa atitude que me deixa irritado. De saber que sabe … e não sabe NADA ( agora sim essa palavra é bem colocada ) E o pior diz que quem te explicou foram os além-vida. Isso que é triste de escutar … ( ou ler , como quiser ).

  61. Raul Vicente disse:

    Esse caras tem permissão de usar o nome de Sagan?
    creio que não…a mulher dele não permitiria um absurdo desses…
    bando de cretinos…

  62. Rodrigo disse:

    É realmente uma falta de respeito utilizar o nome de um dos maiores divulgadores da ciência séria para estes fins tendenciosos.

    Qualquer um que realmente leia e conheça o trabalho do Sagan ficará revoltado com essa infâmia.

  63. Marcel disse:

    Quando se insulta a fé alheia aí não tem problema não é?

    RI RI RI

  64. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Marcel … Ceticismo não é Fé …

  65. Gustavo Gomes Narciso disse:

    E nem Sagan é lider de uma seita ou “fé” …
    Marcel … leia antes.

  66. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Desculpe Marcel … eu que não entendi o “tom” do seu comment.

  67. Paulo disse:

    Depois de gastar um certo tempo lendo todos os comentários e acompanhando a “discussão” cheguei a uma simples conclusão: o post não foi pra isso!
    O post é sobre usar o nome do Sagan em algo que ele não acreditava.
    Que inconveniência das pessoas distorcerem as coisas e acabar virando essa bola de neve de discussões.
    A discussão entre ceticismo e fé é válida, mas creio que não era essa a intenção quando o post foi realizado.
    E Chico Xavier não tem nada a ver com a história. Não sei porque o cara ali tomou as dores, vai ver foi por contrariar sua fé inabalável em coisas sobrenaturais. Eu concordo com os que disserem que ele não entende o que é ser cético.
    Sem mais.

  68. APODman disse:

    E por falar em mediunidade e alienígnas, uma médium norte americana alega ter recebido uma mensagem de seres alienígenas ( pertencetes a “Federação da Luz” ) que afirmam que no dia 14 de outubro deste ano naves extraterrestres farão uma revoada sobre as principais cidades do mundo para finalmente se apresentarem a Humanidade.

    Talvez esta seja chance de Gevaerd para tentar justificar a fundação do instituto retirando a Ufologia do campo das elucubrações e hipóteses ( conforme afirmou Carlos Reis ) :D

    A mensagem pode ser lida aqui:
    http://www.blossomgoodchild.com/index.html?page=BGoct14.html

    [ ]´s

  69. renato disse:

    nossa..esse pessoal continua acreditando em quimeras…

  70. - disse:

    “E para o cético, o homem é uma coisa surgida de outra coisa, num big bang que nasceu do NADA, e essa coisa chamada homem, – filho do NADA, – após bilhões de anos criou cérebro, que cismou de criar um Deus e agora não sabe como resolver esse problema.”

    Sim, porque Deus nasceu de alguma coisa, né?
    Pior: ele nasceu de si mesmo.
    Ou pior ainda, ele SEMPRE existiu.
    Não percebe que dá na mesma?
    O universo ter surgido do nada é a mesma coisa que Deus ter surgido do nada, a diferença é que você acredita que houve uma fase anterior (Deus), que criou o universo e então o Homem.
    Resumidamente é isso: os ateus “acreditam” em zero, e os fiéis acreditam em -1.

  71. marcel disse:

    E o fenômeno ovni que surgiu com uma brincadeira hoje em dia tornou-se uma arma na mão dos governos mundiais. Basta um pouco de tecnologia em criar um disquinho voador , alguns robozinhos controlados por um computador ou controle remoto e voilá todos os trouxas se curvarão ao “ets” e toda a “sabedoria” que eles têm a nos ensinar além de é claro revelar que eles não vêem do espaço e sim do fundo dos oceanos.

    É por isso que a fraqueza do “ver para crer” é tão patente.

  72. Biólogo disse:

    É lamentável ler comentários como o de Carlos, notadamente um religioso (lato sensu). É ainda mais triste quando ligo a televisão (moro no Brasil) e assisto à um bombardeio de religião. Lanço mão do controle, mas são vários canais despejando religiosidade. O que esperar de uma sociedade influenciada esmagadoramente de forma unilateral? Resposta: Carlos e mais Carlos. Busco um canal científico e o mais próximo q encontro é o Canal Escola (Me limito aqui aos canais abertos, acessíveis à população pobre, da qual faço parte). A religião é um “elefante branco” que incomoda muuuuuuuuuuuuuuuuito. Já foi pior, concordo, mas há muito a que melhorar. É preciso conceder à população os dois lados da moeda o mais equilibradamente possível. Mas o que vejo (e falo por experiência, uma vez que cresci no interior de um país subdesenvolvido e que já fui religioso)é um contrapeso forte a favor da religião (incluindo pseudociência, ufologia, curandeirismo, espiritismo, horóscopo, etc…). Mas tenho esperança e procuro fazer a minha parte para mudar este quadro.

  73. Fabricio Fleck disse:

    Atenção Atenção !! Eu descobri: O Carlos Magno sofre da sindrome da Superologia.

    http://www.duvido.com/2008/08/30/teologia-nao-superologia/#more-272

  74. Gustavo Gomes Narciso disse:

    Donin é foda … Excelente leitura.

  75. Carlos Magno disse:

    Biólogo:

    Por favor, leia melhor meus comentários. Não sou religioso como você coloca. Aliás, a religião é uma grande coisa quando a entendemos como meio e não como fim. Religião é o apoio e o amparo de quem necessita subir degraus em busca de descobrir-se a si mesmo.

    Dizer-se tão somente cético, é não ter compromissos; para a maioria é criticar para ser notado. Quando não se tem conteúdo e subjetivismo, diz-se sou cético: pronto, apoio total.

    O verdadeiro cético é alguém preparado por conhecer tanto quanto possível as faces do subjetivo e do objetivo, e pode ele ser religioso ou pragmático, esotérico ou espírita, não importa, mas precisa antes de tudo ser inteligente, ter personalidade e cultura. Isso é essencial.

    Não é o que eu vejo por aqui, senão um bando de papagaios repetidores que pensam no ceticismo como status. Só leram o Carl Sagan e dois ou três críticos, se tanto, e acham que fizeram todas as lições.

    Não o Mori. Mori é inteligente e esperto, e sabe levar onde deseja esses jovens inexperientes e tolos, e os tolos mais velhos. Mori tem conteúdo.

    Espero que você não venha fazer parte dessa lamentável romaria.

  76. Gustavo Gomes Narciso disse:

    “aiaiai… que inveja !”. Só falta você escrever isso, Carlos.

  77. Gustavo Gomes Narciso disse:

    E você Carlos … leu quantas vezes, Sagan ? 11 vezes ?

  78. Gustavo Gomes Narciso disse:

    ah encheu o saco este post … falow

  79. O nome apropriado seria Instituto Daniken de Ufologia. O inefável intrujão europeu tem mais afinidades comerciais e comercialóides do que Sagan. Uma verginha, um ridículo sem par tentar de forma insôssa atrelar o bom nome de Sagan a uma esparrela como esta.

  80. Rui Bola disse:

    Mori,o que o Claudeir Covo e o Suenaga pensam sobre isso?Eles são integrantes da Revista Ufo e nunca entendi como eles aceitam o que é feito lá….

  81. A. O. disse:

    A UFO passou por uma fase boa, mas isso há muitos anos atras, quando muitos pesquisadores não conheciam o chamado “mercado editorial”, que faziam Ufologia de verdade, não me importo mais com o que esta revista faz, confesso que já fui leitor assiduo desta, mas nós ganhamos experiencia e selecionamos depois o que melhor pra gente, hje sou pesquisador em Ufologia e busco novos meios de estudo, pois a UFO a cada dia se supera tragicamente, discordo em partes quando afirmaram aqui que a UFO só publica porcaria, pois ela apenas vende, ja sairam coisas interessantes por lá há bastante tempo, mas que fique claro, nao é feita pela UFO, ela apenas publica os textos.

    O que tenho a dizer é que hje a UFologia no Brasil e no mundo está em crise, decadente e destimulante, poucos grupos sérios atuam no país recentemente e o que mais entristece é a perca de tempo com pilantras que “bolam” planos para arrecadar fundos para manter suas mentiras e crimes, acredito na possibilidade de uma boa Ufologia, mas o problema hje está em figuras que lançam “troféu maionese” ou coisas desse porte lamentavel.
    O problema não é na Ufologia, e sim nessa corja que está consolidada no cenário.

  82. Vanderlei Oliveira disse:

    Nossa, quanta gente apaixonada pelas suas idéias! Isso é bom, mas acho que sem exageros… Quando jovem eu (nascido em berço católico) li Daniken e depois vi na TV aquela série “Cosmos”, do Sagan. Independente de religião ou não que cada um possa crer (ou não, é imperioso que busquemos o conhecimento. Sem querer simplesmente provar que estamos certos, mas sim, buscar o novo, o ainda inexplicado. Cura de doenças, facilidades para um mundo melhor, evitar que o planeta se acabe e coisas assim. Quem sabe um dia evoluímos (como pregam os espíritas, dos quais mais simpatizo em alguns poucos pontos)e dessa evolução possamos ter dias mais úteis, onde, ao invés de querermos ter e ser mais que o próximo, possamos buscar conhecimento e criar coisas melhores para compartilhar com esses mesmos próximos…

  83. […] depois de denunciados, ufólogos brasileiros que pretendiam formalizar um “Instituto Carl Sagan” de ufologia resolveram alterar o nome da entidade para “Instituto Galileu Galilei de Pesquisas sobre Vida […]

  84. Fábio disse:

    Um verdadeiro cientista averigua todas as situações de mente aberta, não estabelece ‘verdades’ com ‘pré-conceitos’. Hipóteses somente viram absurdos após investigação isenta, e não com opiniões determinadas anteriormente.

    Além disso, fiquei assustado como as informações acima estão fora do contexto descrito pelos editores da revista UFO. A idéia que eles querem passar é bem diferente. Por que essa perseguição com o pessoal da revista UFO? Não valeria mais a pena investigar de forma isenta o fenômeno UFO e deixar as perguntas em aberto, como a verdadeira ciência faz? Ou vocês têm medo disso? Mais impressionante que um UFO perseguir um automóvel em uma estrada é o fato já ‘explicado’ por alguns céticos de que é o Planeta Vênus que faz a tal ‘perseguição’. Isso sim é um fato impressionante!

    Dentro do assunto ‘Ufologia’, assim como no meio dos céticos, há gente séria e gente picareta. A questão de ‘Jesus vir numa nave espacial’ era um delírio de um ‘ufólogo’ que a revista UFO publicou dentro de uma política de liberdade de expressão que, até onde sei, cada vez mais os meios de comunicação de nosso país adotam. Em nenhum momento a opinião dos editores da revista foi a mesma do ‘ufólogo’ que a proclamou, e isso eles deixaram bem claro. Só não entendo como vocês, pessoas muito inteligentes, não perceberam esse detalhe e publicaram a notícia em outro sentido.

    Estou fazendo estes comentários no intuito de estimular a reflexão. Ninguém é dono da verdade.

  85. J.LADEIA disse:

    ATÉ HOJE NÃO EXISTE UMA UNICA PROVA DE QUE DISCO VOADORES OU EXTRATERRESTRE EXISTA , QUEM JA LEU CARL SAGAN , SABE QUE ELE NUNCA FIRMOU TAL BESTEIRA .

  86. Fábio disse:

    Firmou ou afirmou? Ele não registrou em firma, é isso? Porque firmar é justamente isso.

    Isso eu concordo, jamais ele afirmou isso, embora tenha escrito ‘Contato’, que é uma bela obra de ficção.

  87. ESCRITOR disse:

    Olá,

    Quero dizer que oculto meu nome, por razões de privacidade, mas desejo compartir algo sobre a revista UFO.

    Durante muitos anos pesquisei o fenómeno UFO, muitos mesmo. Conheci os mais “importantes” pesquisadores do mundo, ministrei centenas de conferências, estive com cientistas de diversos países, veja, eu disse cientista de ponta, de astronautas que pisaram na lua, a cosmonautas russos que ficaram centenas de dias no espaço.

    Porém, não desejo expressar minha opinião final sobre o fenómeno, mas tenho algo mais importante a declarar que isso.

    Conheci todos estes pesquisadores de UFOs do Brasil, vonvivi anos próximo a eles, mas com o tempo, tudo para estas pessoas passou a se transformar em UUOs. Bastava voar, que logo era um disco voador. A coisa piorou a tal ponto, que de aparições da virgem Maria em Fátima, a visões angelicais dos profetas biblicos, tudo era UFO. Bastava alguém ter dito ver algo no ceu, que era capa da revista UFO – conferencista confirmado em congressos. Só de reportagens abordando quedas de OVNIS, a revista UFO deve ter feito umas cem ao longo de sua história. Mesmo que existam OVNIS, como podem cair tantos? Cairam mais OVNIS nos ultimos anos descritos na revista UFO, que nossos ultrapassados aviões em todos os países do mundo. É so conferir. Mas eu compreendo, a revista precisava vender…

    Então, me afastei destes eventos o mais que pude, por não concordar com tudo que era dito. A gota final ocorreu quando o senhor Gevaerd solicitou um artigo meu, cujo assunto omito para não ser identificado, e cujo qual entreguei em acordo.

    Mas, tive a grande surpresa, nas palavras que se seguem do próprio Gevaerd: ” Veja, …., seu artigo é muito bom, mas faltam histórias de UFOs nele. Você precisa acrescentar mais histórias de ets ai”.

    Então, reescrevi o artigo com algumas perguntas, mas não necessariamente afirmando serem coisas de UFos e ets. Qual foi minha surpresa, quando o próprio Gevaerd me deovolveu o artigo com uma série de alterações, tendo acrescentado a palavra disco voador e UFOs e quase todo o meu texto. E o pior, a pergunta tema do artigo era uma afirmação de que tudo na matéria era definititivamente provas de que existiam extraterrestres, quando eu que conhecia muito bem o tema, achava que não. A matéria foi a chamada principal da capa da revista naquele mês.

    Nunca mais escrevi nada para a UFO e nem participei de eventos. Com o tempo, conversando com diversos outros pesquisadores mais antigos, descobri que eles relatavam situações muito parecidas com as que eu descrevi, ou seja, seus artigos eram muitas vezes alterados.

    Hoje, quem assiste uma palestra de Gevaerd, ou outros pesquisadores como Claudeir Covo, Marco Petit, etc, nos enfadonhos congressos promovidos pelo Rafael Cury, percebe que as mesmas coisas ditas hoje, eram ditas a vinte anos. Ou seja, nada evolui na mente perturbada destas pessoas.

    Sinto vergonha de ter permitido que meu artigo saisse daquela forma, e ainda hoje possa ser visto no site da revista. Não quis criar uma briga, pois já estava de saco cheio desta gente.

    Também sinto pelas pessoas que estão sendo enganadas o tempo todo com esta campanha de reconhecimento governamental do fenómeno UFO. O interesse do Gevaerd é ter milhões de e-mails de pessoas que assinam este manifesto, para depois vender produtos e assim ganhar dinheiro.

    Não tenho dúvidas da existência de civilizações mais inteligentes no universo e que tenham visitado a terra. Mas se fosse como esta gente pensa, existiriam mais extraterrestres aqui, que propriamente seres humanos terrâqueos.

    Desculpe pelo enorme texto, mas sei que posso estar lançando luz a muitas pessoas, que acreditam cegamente nestes ditos pesquisadores, que nada tem de importante a dizer em prol da melhoria de nossa humanidade.

    Para aqueles que acreditam, bem, o tempo é a mais dura prova que confirma ou invalida qualquer idéia.

    Que juntos possamos atingir a compreensão final das coisas, de forma lúcida e sadia para toda a humanidade.

  88. Fábio disse:

    Escritor,

    Muito interessante! Não sabia desse ‘lado’ das coisas.

    Acredito que os extremos nunca contribuem, em qualquer assunto. Discos voadores existem? A enorme quantidade de relatos nos indica que sim. Mas é claro que temos que discernir e estudar sem preconceitos o que pode ser verdade do que pode ser mentira.

    Penso que a UFO venderia muito mais se tivesse essa postura, não acha? A quantidade de pessoas nos extremos é sempre muito menor do que as que ficam no ‘centro’ (a teoria política clássica que o diga).

    Abraços

  89. ESCRITOR disse:

    Fábio,

    Tenha a certeza de que não foi somente com a minha reportagem que isso aconteceu. Existem muito poucos pesquisadores comprometidos apenas com a verdade nos dias atuais no Brasil, e isso dificulta sabermos a verdade sobre o fenómeno UFO. Nos anos sessenta e setenta, auge da pesquisa séria sobre o fenómeno UFO, haviam pesquisadores renomados que dedicaram anos de estudos para investigar estas investigações. Cito o NICAP, sério grupo que reunia militares de altas patentes e cientistas que dedicaram muito tempo de suas vidas a estas pesquisas, o próprio projeto Blue Book – que se não confirma a realidade extraterrestre do fenómeno, ao menos comprova que ele é real e vai muito além da fantasia. Cito o pesquisador brasileiro Flavio Pereira, autor do célebre livro “O Livro Vermelho dos Discos Voadores”, e pouca gente sabe que el atuou a serviço do governo brasileiro ingestigando o fenómeno UFO. Cito o próprio general brasileiro Uchoa que com muito afinco dedicou parte de sua vida a estas pesquisa´s. Mas todos eles não eram ufólogos de profissão, viviam de seus trabalhos e tinnham na pesuqisa ufológica, apenas a busca da verdade. Não eram como ufólogos que organizam congressos a cada tr~es meses, reunindo pessoas que nada tem a dizer, apenas com objetivos financeiros, independente da verdade. Não eram como o Gevaerd, que se deixar de fazer a revista, não sabe o que fazer da vida depois de 30 anos vivendo de ufologia.

    Gostaria que estas minhas declarações fossem apenas mais algumas asneiras que se escreve na imprensa o tempo todo, porém, é uma triste realidade. Não existe compromisso com a verdade, veja o exemplo do suposto canalizador e mediun jean Val Elan e suas absurdas revelações de que Jesus voltaria a terra em um disco voador ano passado. o gevaerd publico dezenas de artigos dele trazendo cada detalhe da suposta aparição. Ora, com 30 anos de pesquisas o Gevaerd n ao sabia que aquilo era um absurdo total? Que pesquiador sério no mundo daria espaço a algo como isso? Mas ajudava a vender muita revista, por isso foi capa de diversas edições e se você entrar no site da revista, vai ver todos os livros do jean Val Elan a venda por lá. Mas cade o compromisso com a verdade, é tudo apenas dinheiro?
    Além de desrespeito total a figura que Jesus representa para as religiões, a mistura parece coisa de ceita de final dos tempos. Enfim, não quero parecer aqui estar denegrindo aimagem do Gevaerd, até porque, ele sozinho consegue fazer isso melhor do que ninguém.

    É isso Fábio.

  90. =) disse:

    Vocês tão falando isso, é porquê não leram a cartinha safada que o Gevaerd mandou pra mim.

  91. ESCRITOR disse:

    E VOCE PODERIA COMENTAR O TEOR DESTA CARTA SAFADA DO GEVAERD, HAJA VISTA IMPORTANCIA DO TEMA?
    GRATO
    ESCRITOR

  92. Fábio disse:

    Abre aí o conteúdo! Ficamos curiosos!

  93. Meu comentario é uma pergunta a todos os sabios, cientistas,seticos,ateus, gnoticos e religiosos de plantão.:Se DEUS não existe , se não existe vida la fora,então me responda:/Quem foi o burro que criou esse mundo la fora? E se so existe vida inteligente aqui na terra,por que o criador da terra fez tambem esse tão grande uniserso la fora se não tinha nada para colocar la? se so tem vida aqui por que tantos outros planetas soltos no universo? Iguais ao nosso e tambem diferentes do nosso? Ja que voces são sabios responda essa.

  94. Acaso alguem ai tem medo da verdade ou … ??? Quando voces lereem todos os livros sagrado existentes em nossa terra então poderão entender o que eu acabo de lhes afirma. “”Quando voce aponta o dedo para uma estrela esta mudando o universo!””

  95. OBRIGADO POR ME DAREM UM POUCO DE ATENÇÃO. Eugenio Ambrosio de Melo. Ate breve.

  96. Evandro disse:

    Carl Sagan além de um grande cientista um grande ser humano,e acredito eu que qdo ele estava entre nós acho que era a pessoa que mais queria acreditar na ufologia,mas como estudioso sempre se sentiu na obrigação com a humanidade em apurar e ver através de evidencias fatos que são relevantes ou não.
    A ufologia hoje em dia é mais um religião e que move uma boa fatia de grana sendo em todos os meios de comunicação,para mim hoje ufologia é tido como uma ciência(se é que se possa coloca-la em nesse nivel) lixo.
    Carl sagan trilhava em caminhos palpavéis nunca caindo no ridiculo,sim como ele mesmo dizia não há nada melhor na mente de o cientista como a fantasia dos fatos , mas também não há nada melhor como também o subconciente deles tentanto provar esses fatos.

  97. Jairo disse:

    EUGÊNIO, QUEM DEFINE SE UM UM LIVRO É SAGRADO OU NÃO? QUEM ESCREVEU OU QUEM LÊ?

  98. Fábio disse:

    Evandro, se você quer colocar todos os grãos da farinha em um mesmo saco, aí é uma questão que diz respeito a você. Mas não fale que ufologia é religião. Isso é só para os malucos. Gente séria sabe que ufologia é um tipo de conhecimento que não pode ser classificado de ciência, mas que as utiliza para tentar entender questões que não podem ser explicadas. Ufologia séria não tem nada a ver com religião.

  99. ESCRITOR disse:

    Gostaria de dizer que com meus anos de estudos, copmpreendi que quando falamos de livros sagrados, estamos falando de um conhecimento que Deus, uma hierarquia de seres que criou as coisas por aqui, nos legou para que pudêssemos constituir uma humanidade civilizada, evoluída. Muitos não crêm nisto, mas vejam, se memso com todos estes ensinamentos, ainda asism, fizemos o que fizemos ao longo da história, imagine se todos estivessem a sua própria sorte.

    Por exmeplo, quajndo Moisés recebeu os 10 mandamentos, houve uma mudança incrível com o tempo no próprio povo hebreu. Hoje, toda ética e espiritualidade de nossa saociedade se baseia nestes princípios. Não que Moisés tenha sido o único a transmitir, outros povos também o fizeram através de outros sewres, mas mesmo asism, demonstra uma preocupação de esta hierarquia de seres para conosco.

    Agora, isto não são extraterretres, discos voadores e ets para mim são outra coisa, seres como nós que atingiram uma tecnologia e viajam pelo univedrso. Mas Deus, ora, Deus é o que É. Se vamos misturar, portanto, tudo isto, complica.

  100. Fabio disse:

    Os picaretas da UFO continuam em cena com suas mentiras e delírios, embora reconheça que o chacoalhão os tenha feito exagerar menos… hehhe

  101. Fábio disse:

    Xará,

    Como disse anteriormente em outro espaço de comentários aqui deste site, acho que eles são democráticos. O problema está, no meu entender, em quem escreve, e não em quem divulga. Existe um número bastante significativo de pessoas que acreditam em qualquer coisa que se escreva sobre o assunto, o que é uma pena.

    Se você escrever algo interessante e que faça as pessoas pensarem, mesmo que crítico ao fenômeno UFO (além do ‘não existe’, ‘eu acredito que é invenção’), não tenho dúvidas de que o editor publicará. O que não pode é ficar na crítica pessoal ou no lugar comum e não acrescentar nada, seja a favor ou seja contra o assunto.

    Abraços.

    Escritor,

    Essas civilizações não seriam extraterrestres também? (rs). Mas de forma geral penso que faz bastante sentido o que diz.

    Abraços também.

  102. Danilo disse:

    Ola Boa Tarde! Me chamo Danilo moro no bairro da liberdade no centro de SP e sou muito interessado em ufologia apesar de pouco saber mas o pouco que sei sei mais que muita gente que ignora esta fato.E por falar em fatos,por estar desempregado há 3 meses,venho observando da janela de meu apartamento fatos incriveis com relaçao a OVN’S. Faz aproximadamente 45 dias que venho presenciando (SEM IMAGEM POIS NÃO TENHO FILMADORA) aprsença destes e nese axato momento que transmito essa mensagem acabei de observar mais um cruzando o céu.Não sei como posso ajudar só sei te dizer que vi e NÃO ESTOU MENTINDO!
    Fico no aguardo de teu contato.

    Grato!

    Danilo Branco

    • Hewerton disse:

      Instituto Carl Sagan = EPIC FAIL
      O negócio faliu…Gevaerd entregou o cargo de Presidente.
      Gevard e seus comparças levaram um nabo feio. kkkkkkkkkkk
      Até eu que não sou cético, sei que usar o nome de Sagan para nomear um instituto ufológico foi uma tremenda burrice e/ou falta de senso. É sabido de todos que Sagan foi um dos maiores atacantes (cético) do Fenômeno Ufo de que se tem noticia. Ainda bem que a viuva não liberou o uso do nome, pois isso seria ultrajante para a ufologia no sentido máximo da palavra.

  103. […] depois de denunciarmos este absurdo, Gevaerd e seus associados recuaram. Mas este boato que Gevaerd teria ouvido de Hynek deve soar […]

  104. Erwin disse:

    Me interessei por estudo de ufologia, de ponto de vista científico, bem como de como de Astronomia, Arqueologia,etc.
    digo que mesmo pesquisadores muito cultos e inteligentes tinham argumentos fracos muitas vezes. Mesmo Allen Hyneck tinha argumentos de fragilidade científica ao dizer que testemunhas eram idôneas, etc (desconhecia o aspecto psicológico e sociológico e outros, ou seja, nao tinha embasamento cientifico de outras áreas).
    Flavio Pereira prefaciou Eram deuses astronautas, do picareta Daniken, que contem muitos erros cientificos, desconhecendo aspectos da Antropologia e Arqueologia e mesmo erros de calculos e cronometria dos dados. General Uchoa é um dos responsaveis por propagar misticismo na ufologia e participou de simposios e congressos ao lado de figuras nada sérias , apenas misticos malucos. Eu mesmo assisti palestras dele ao lado desses elementos.
    Então, pra mim, nao tem nada que possa ser taxado de pesquisa 100% seria nesse tema e largeuei mão de tudo isso.

  105. Ed disse:

    A questão  é existir ou não os supostos  discos voadores ou naves alienígenas. Todo estudioso sabe que o universo é infinito e de infinitas possiblidades pela sua própria natureza. O problema é o mistério e a mentira que se cria sobre a questão OVNI. Muitos aproveitam da ingenuidade dos crédulos e fazem da chamada Ufologia uma verdadeira crença. Aqui mesmo no Brasil, quem pesquisa sabe, um certo cidadão cujo nome não devo mencionar, criou uma verdadeira seita com mais de 50 mil seguidores. Desculpem, paranóia deveria ter limites.

  106. Ney Reis disse:

    sou Jornalista e apaixonado pelo assunto, acabei em uma das minhas ida à SP entrevistei Paulo Ippolito Geordano. E gostaria de compartilhar com vcs os conhecimentos dele e abrindo desde ja que se tiver algum material pra ser compartilhado. Obrigado
    http://www.youtube.com/watch?v=41QiRB-EcQw

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *