MENU
Twelve_Monkeys__1995___ER_fanart.jpg

A profecia cumpre a si mesma

barauna_truquebau.jpg

Fotógrafo de Trindade admite truque em entrevista

15 de agosto de 2010 Comments (125) Views: 19557 Destaques, Ufologia

OVNIs e a Aeronáutica: O que não querem que você saiba

 

Publicada nesta terça-feira (10), uma nova portaria do Comando da Aeronáutica sobre o “registro e o trâmite de assuntos relacionados a ‘objetos voadores não-identificados’” [confira na íntegra ao final] vem provocando furor entre interessados pelo tema, que enxergam na medida o que seria “um grande passo para o reconhecimento aberto do fenômeno OVNI como sério e merecedor de ação imediata no Brasil”.

Em verdade, a portaria aponta exatamente na direção contrária, e deixa claro como a Força Aérea busca se afastar ao máximo do assunto. Em nota oficial a “O Dia”, a FAB ressalta como “o Comando da Aeronáutica não dispõe de uma estrutura especializada para realizar investigações científicas a respeito desses fenômenos aéreos, restringindo-se ao registro de ocorrências e ao seu trâmite para o Arquivo Nacional”.

De acordo com a nota, a meta é oferecer à sociedade acesso a documentação que for registrada na Aeronáutica. Em efeito, a própria Aeronáutica se exime de investigar tais fenômenos cientificamente.

A portaria da FAB não traz realmente nenhuma grande novidade”, avalia o jornalista e pesquisador Jeferson Martinho, responsável pela revista eletrônica Vigília, há vários anos cobrindo o tema. “Embora não houvesse documento público oficial a respeito do trâmite de documentos e relatos referentes ao assunto OVNI, já há muitos anos sabe-se que o COMDABRA era o órgão responsável pela triagem de informações e encaminhamento destas”.

Nem mesmo a nota ao "O Dia", da Aeronáutica, sobre os procedimentos são uma novidade”, destaca. “Em 2000, quando o ex-deputado João Caldas tentou aprovar um projeto na Câmara Federal visando acabar com o segredo em torno do assunto OVNI, enquanto tentava levantar mais informações sobre o tratamento oficial à questão, recebeu, publicamente, da FAB, a mesma resposta agora dada ao "O Dia"”.

A comunidade ufológica há muito tinha em mãos a diretriz da FAB que regulava a questão, a Diretriz Específica 04/89, que estabelece as providências em caso de relato. Junto com a circular RD 46/CRIP/0405/89, que o Portal/Revista Vigília divulgou em 2001, ficou claro esse tipo de informação vai para COMDABRA, que é quem efetivamente determina o que fazer a partir daí”.

 

Yes, nós temos políticas sobre OVNIs

Além de não ser nenhuma novidade, as políticas adotadas pela Força Aérea Brasileira seguem em termos gerais a mesma linha sobre a questão adotada por países como os Estados Unidos e o Reino Unido. Nos EUA, por exemplo, o primeiro país a investigar OVNIs, após mais de duas décadas toda a investigação oficial do assunto através de projetos dedicados como o conhecido Livro Azul foi encerrada em 1970.

Hoje em dia, e de forma similar à portaria brasileira, a Administração Aérea Federal (FAA), instrui pilotos e controladores de tráfego aéreo a dirigir seus relatos OVNI diretamente a entidades civis e privadas de investigação (confira a recomendação aqui, último item).

Em 2009, o Ministério de Defesa britânico (MoD) tomou posição similar, desativando o pequeno escritório que ainda mantinha para registrar relatos OVNI, com um orçamento anual de menos de R$150.000. “O MoD não irá mais responder a relatos OVNI ou investigá-los”, informava a nota. Em memorando interno, a política vai ainda mais além: relatos OVNI futuramente recebidos pelo MoD não só não serão investigados, eles não serão nem mesmo arquivados: serão destruídos. Felizmente a FAB agirá de outra forma.

David Clarke, o principal responsável pela liberação de arquivos OVNI britânicos, resumiu a questão: “Esta é a tacada final da decisão – eles simplesmente querem lavar suas mãos sobre o tema OVNI por completo”.

 

Arquivos não mais secretos

Dirigir relatos presentes e futuros diretamente para o Arquivo Nacional é uma das partes da política de distanciamento do tema por parte das autoridades. A outra, em verdade parte da mesma política, é a liberação de todos os arquivos OVNI arquivados para o mesmo destino, tarefa que a FAB vem empreendendo já há alguns anos e que acaba de completar, com o envio dos arquivos referentes à década de 1990 ao mesmo Arquivo Nacional.

Aqui também, a política adotada no Brasil vai de acordo à abordagem tomada nos EUA e Reino Unido. Embora a liberação recente de todos os arquivos OVNI do Reino Unido ocupe os noticiários e chame mais atenção, porque ainda está em andamento, o que muitos desconhecem é que mesmo os EUA, ao menos oficialmente, já liberaram todos seus arquivos de investigação OVNI desde o encerramento do Projeto Livro Azul. Os arquivos estão, como no Brasil, disponíveis para consulta pública e aberta no Arquivo Nacional americano. E aos que não possam visitar facilmente os arquivos nos EUA, uma iniciativa de grupos de pesquisa OVNI privados oferece mais de 50.000 destes documentos para acesso online gratuito no site “Project Blue Book Archive”.

No Brasil, de forma similar, grupos privados como o CIPEX e o CBPDV oferecem os documentos disponibilizados abertamente para consulta no Arquivo Nacional para download na rede em seus sites. O site “Fenomenum” do CIPEX é uma das fontes aos interessados em conferir tais arquivos eletrônicos.

Não há, assim, essencialmente nada de extraordinário na política adotada pela Força Aérea Brasileira com relação aos OVNIs, e assim como nem nos EUA, nem no Reino Unido, nem em outros países que liberaram seus arquivos e instituíram políticas similares como Espanha e França, dificilmente mudanças ou descobertas extraordinárias deverão surgir daqui para a frente.

Em efeito, que a Aeronáutica envie registros presentes e futuros ao Arquivo Nacional não é tanto uma regulamentação nova, pois o envio de registros antigos ao mesmo destino em um processo em andamento há anos já anunciava tal posicionamento. A portaria sim deixa tal política clara, mas em essência, pouco ou nada muda.

Na medida em que não houve mudança na política de segredo, eventualmente o COMDABRA pode classificar assim um documento e não há nada que a portaria possa fazer. Acredito que o trânsito de documentos para o Arquivo Nacional vai continuar seguindo as normas de limites e prazos de liberação a que estão submetidos por lei”, adverte Martinho.

 

Conspiração

Ao responder a pergunta sobre se os arquivos britânicos sobre OVNIs revelam toda a “verdade”, David Clarke comenta como “Ufólogos construíram carreiras em cima de alegações de que os governos dos EUA e do resto do mundo guardam documentos secretos que provam a existência de visitantes extraterrestres”. A liberação oficial de todos os arquivos OVNI por diversos governos não é exatamente uma boa notícia aos que defendem teorias de conspiração.

Mas então, como na piada do homem invisível (que está lá justamente porque não podemos vê-lo), a ausência de evidência pode ser evidência de presença para alguns. Como se vê, há décadas o governo americano tem disponibilizado para acesso público todos seus arquivos relacionados a OVNI, mas as teorias de conspiração não morreram. Pelo contrário, só se multiplicaram. Sobre a questão, Clarke cita a avaliação do antropólogo Charles Ziegler:

“Podem os ufólogos definir a natureza da evidência governamental que eles estariam dispostos a aceitar como prova de que não existe um encobrimento, de que não há visitas alienígenas? A resposta, acredito, é não, porque qualquer evidência vinda do governo poderá ser considerada elemento de outra conspiração. Em outras palavras… o mito viverá, em parte porque não pode ser falseado – um atributo que compartilha com os mitos centrais de muitas teologias – e em parte porque serve a várias funções para aqueles que acreditam nele”.

Tudo isto não significa que absolutamente todos os arquivos tenham sido liberados ou que militares não investiguem OVNIs, é bem verdade. Ceticismo com relação a posicionamentos oficiais também deve ser exercido, porque existam ou não discos voadores, a questão envolve temas de vigilância aérea e segurança nacional. Uma invasão alienígena pode não ser de outro planeta, e sim de outro país.

Nos EUA, memorandos liberados posteriormente ao encerramento do Projeto Livro Azul por leis de liberdade de informação revelam que “relatos de OVNIs que possam afetar a segurança nacional… não são parte do sistema Livro Azul”. Se tais relatos acabaram liberados, e que outros sistemas de registro e análise podem ter sido instituídos, não se sabe. Mesmo em países com leis de liberdade de informação sólidas, é sempre possível burlar ou agir no limite da lei.

No Brasil, como notou Jeferson Martinho, as declarações da FAB podem não contar toda a história. Podem, no entanto, estar muito mais próximos da realidade do que se desconfie. Uma análise dos documentos OVNI liberados revela que, muito diferente da organização e amplos recursos dos EUA, os poucos projetos e análises da questão conduzidos aqui contaram com condições, e por vezes com conclusões precárias.

 

Ministro cai em fraude de “Uranus”

A portaria recente 551/GC3 revoga duas notas anteriores, e ao verificar o conteúdo de tais notas, este autor teve uma surpresa. A nota número C-002/MIN/ADM de 13 de abril de 1978, assinada por ninguém menos que o então Ministro da Aeronáutica, Joelmir Campos de Araripe Macedo, revela certa credulidade com o tema. O Ministro recomenda ao Estado-Maior a criação de um “Registro sobre OVNI de natureza sigilosa, no qual sejam arquivados cronologicamente os fenômenos … paralelamente uma Comissão de Avaliação atribuirá a cada registro o respectivo grau de confiabilidade”, e documentos posteriores indicam que a recomendação foi colocada em prática.

Porém, a credulidade com o tema se revela no segundo parágrafo da recomendação do Ministro:

“Embora as especulações sobre os OVNI venham se estendendo a épocas tão remotas quanto a da própria existência da humanidade, assumindo aspectos de pura fantasia, a verdade é que já nos últimos anos da II Guerra Mundial, em 1944, o Estado-Maior Superior da Luftwaffe foi induzido a criar um controle específico para elucidar inúmeros relatórios feitos por pilotos de guerra sobre a aparição de OVNI; referido controle recebeu a denominação de ‘Sonder Buro Nr.13’, e o nome de código de ‘Operação Uranus’.”

Incrivelmente, a história da “Operação Uranus” e o “Sonderburo 13” é parte do “Mito dos UFOs Nazistas”, e como tal, é um mito. Mais especificamente, é uma fraude, como informamos no artigo de Kevin McClure, citando Andy Roberts:

“Por anos rumores haviam circulado de que os alemães estavam completamente cientes do fenômeno foo-fighter e que tinham um grupo especial de estudos formado para examinar o problema sob o nome de "Projeto Urano", apoiado por um grupo sombrio de nome Sonderburo 13. Isto foi detalhado primeiro em La Livres Noir De Soucoupes Volantes (O Livro Negro dos Discos Voadores – 1970) pelo ufologista francês Henry Durrant.  … Quando eu chequei com Durrant ele me informou que todo o caso do "Projeto Urano" era uma fraude que ele tinha inserido em seu livro precisamente para ver quem o copiaria sem checar. A fraude aparentemente havia sido revelada na França alguns anos antes, mas não tinha percorrido o caminho até ufologistas de língua inglesa”.

O mesmo David Clarke foi co-autor de Roberts no livro “Phantoms of the Sky” (1990) onde revelaram a fraude do “Sonderburo 13” em língua inglesa. Clarke não só confirmou a este autor a fraude como compartilhou a carta onde Durrant admite a “armadilha” que criou.

“Aqui na França, quando informei os ufólogos, através de um boletim ufológico, que o ‘Sonderburo Nr. 13’ era uma armadilha, foi um verdadeiro furor e fui acusado de esconder a verdade e divulgar informações falsas. … Para mim, o caso foi muito divertido e muito instrutivo, porque tive a chance de ver onde estavam os ufólogos sérios… e onde estavam os outros!”.

sonderburo

Parece evidente o que aconteceu, embora seja quase inacreditável. O Ministro da Aeronáutica, Joelmir Macedo, baseou parte de sua recomendação ao Estado-Maior unicamente no livro sobre Discos Voadores de Durrant, publicado oito anos antes. Foi assim “o maior peixe fisgado por Durrant”, como comentou Clarke quando lhe contei a história.

Haverá mesmo uma Grande Conspiração Cósmica, com a participação de militares brasileiros, quando o Ministro da Aeronáutica durante a ditadura envia em nota secreta ao Estado-Maior recomendando a criação de um registro e investigação de OVNIs, contendo uma fraude originada de um livro popular sobre ufologia? Autoridades do mais alto escalão tomaram livros populares sobre discos voadores, e não relatórios altamente secretos, como fonte?

Esta não é a única indicação da precariedade com que o tema foi tratado, mesmo secretamente.

 

“Deixou a desejar”

Durante o ano de 1977, relatos de OVNIs na Amazônia motivaram a criação da chamada “Operação Prato” pela FAB, que visitou o local e registrou os eventos. Mas ao contrário do que se poderia imaginar, ao invés de uma enorme operação lidando com segredos cósmicos as atividades em verdade enfrentaram inúmeros problemas básicos. A documentação escrita a respeito disponível já foi liberada pela FAB, e um dos trechos mais relevantes é a conclusão de um relatório de setembro de 1977:

“Nossos registros cine-fotográficos não retratam nossa certeza [de que os corpos e luzes são "inteligentemente dirigidos"], pois muito carentes de recursos técnicos, material e pessoal, deixou a desejar. Nas demais vezes perdemos a oportunidade, fotografando com material inadequado; acreditamos que com melhores recursos possamos chegar ao razoavelmente satisfatório”.

Por que tanta precariedade? De acordo com o Comando da Força Aérea, a operação teria sido em verdade resultado do interesse pessoal sobre o tema de alguns militares. O próprio coronel Uyrangê Hollanda, comandante da operação, lembrou em entrevista em 1997 que “foi uma felicidade estar no 1º COMAR, naquela época, naquela região, um oficial da Aeronáutica, um brigadeiro, que acreditava em discos voadores. Tivesse sido outro oficial, outro brigadeiro, talvez a operação não tivesse saído”.

Segundo o Centro de Comunicação Social da Força Aérea, em nota à rede Globo em 2005, “sobre a Operação Prato, o Comando da Força Aérea tem apenas os registros baseados nos dados fornecidos por um dos membros dessa atividade. Um relatório com muitos testemunhos foi produzido, aparentemente sem base científica”.

De fato, os relatórios produzidos pela Operação são apenas uma compilação de relatos. Não há praticamente nenhuma análise científica dos casos relatados.

 

Arquivo pessoal

Da liberação de documentos sobre OVNIs pela FAB, outro detalhe pouco conhecido do público em geral é que quase todos eles já eram conhecidos há anos entre ufólogos e interessados, por vazamentos anteriores. Estes vazamentos dão ainda mais sustentação ao posicionamento oficial da FAB de que não possui estrutura especializada para investigação científica do tema, indicando que as poucas iniciativas de investigação foram resultado de interesse pessoal de alguns oficiais. Como indicado pelo próprio comandante da Operação Prato.

Demonstração clara de tal é que os resultados de um destes projetos, o SIOANI empreendido em 1969 no IV COMAR em São Paulo, não foram enviados para algum arquivo ultra-secreto da Força Aérea. Acabaram sendo entregues aos cuidados pessoais de um oficial, em sua própria residência, quando da uma mudança no comando do COMAR para um “novo brigadeiro não tinha muita simpatia com o assunto”.

Posteriormente o oficial entregou estes arquivos nas mãos do ufólogo Edison Boaventura, que conta a história na página de seu grupo de ufologia. Boaventura preservou estes arquivos originais de investigação, e doou recentemente os registros ao Arquivo Nacional, onde devem ser preservados em conjunto com os outros documentos liberados.

Que tipo de Grande Conspiração Cósmica faz com que o resultado de projetos de investigação de OVNIs por militares sejam enviados para o cuidado pessoal de um oficial em sua residência, quando da mudança no comando para um brigadeiro desinteressado pelo assunto? Que Conspiração elaborada leva os arquivos originais chegarem finalmente às mãos de um ufólogo, onde cópias de inúmeros arquivos secretos vazam ao longo de décadas a muitos outros?

Uma conspiração invisível: uma que não existe.

 

“Fenômenos são sólidos”?

Um dos poucos documentos mais interessantes sobre OVNIs nos arquivos militares é um relatório de ocorrência de 2 de junho de 1986 que faz referência à nota do ministro Joelmir Macedo, indicando que a recomendação que citava a fraude da “Operação Uranus” realmente levou o Estado-Maior a registrar e avaliar casos OVNI. O relatório do Brigadeiro do Ar José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque, então Comandante Interino do COMBA/NuCOMDABRA, lida com o que se tornou conhecido como “A Noite Oficial dos OVNIs”.

Após uma descrição dos eventos, a conclusão é, no mínimo, surpreendente:

“Como conclusão dos fatos constantes observados, em quase todas as apresentações, este Comando é de parecer que os fenômenos são sólidos e refletem de certa forma inteligência, pela capacidade de acompanhar e manter distância dos observadores como também voar em formação, não forçosamente tripulados”.

Seria esta a prova definitiva de que os militares reconhecem os discos voadores?

Este documento, divulgado com alarde na época de sua liberação pela comunidade ufológica não representa a posição oficial e final da Aeronáutica”, nota o pesquisador Rogério Chola, representante da NARCAP no Brasil. “É simplesmente um ‘relatório de ocorrência’, cuja ‘conclusão’ é do próprio responsável Brigadeiro José Pessoa, que nem uma conclusão é, é sim apenas um ‘parecer’”.

Chola destaca como logo na introdução do relatório, o próprio brigadeiro José Pessoa, então comandante interino, ressalta que:

“Em virtude das limitações de tempo e de conhecimentos especializados em fatos desta natureza, este Comando houve por bem, dentro da espera operacional, se limitar a narração simples dos fatos, de forma a não dar margem a especulações que envolvam o Ministério da Aeronáutica”.

Rogério Chola ainda complementa: “Outro ponto que merece destaque é com relação aos fatos ocorridos em 1986 onde, alguns dias depois, o então Sócrates Monteiro, que na época era responsável pelo IV COMAR, aqui em São Paulo, declarou à Imprensa vários pontos interessantes sobre este caso e, tempos depois, já Ministro da Aeronáutica, quando esteve no Programa do Jô Soares, negou tudo. Parece-me que a mudança de opinião deve ter ocorrido após alguns militares, que gostam de assuntos relacionados a ufologia, terem dado depoimentos relacionados ao fenômeno”.

cartacury4_02022003185009

 

A Verdadeira Conspiração

Se há algo que poderia ser chamado de conspiração, talvez seja a omissão de informação ou a forma superficial e sensacionalista com que alguns veículos de mídia tratam o assunto, fazendo com que o público por vezes acabe tendo uma percepção exatamente oposta ao que de fato ocorre. Note-se que a Força Aérea é clara em seus posicionamentos. Pode-se questionar se tais políticas oficiais correspondem a toda a verdade, mas muitos se esforçam em enxergar neles as suas próprias fantasias e crenças, no que está longe de ser justificado.

A portaria recente e a liberação de arquivos em andamento já há alguns anos revela precariedade por parte da investigação do tema por militares do mais alto escalão no país. “Existe uma falsa idéia de que, se algo é militar, é isento de erros. Eu não penso assim. Os militares se enganam e são enganados como qualquer um de nós”, ressalta Chola. “Vide o Caso Barra da Tijuca, por exemplo, enquanto muitos Ufólogos afirmam que a Aeronáutica pesquisou este caso, na realidade, isso não aconteceu. Quem o pesquisou foram alguns militares que gostavam do assunto, tendo como elemento de frente o Coronel João Adil de Oliveira. E mesmo sendo pessoas qualificadas, conseguiram se enganar nas conclusões deste caso que, graças aos trabalhos do ufologista engenheiro Claudeir Covo, foi possível demonstrar que este caso não passou de uma fraude elaborada de dois jornalistas que naquela época trabalhavam para a revista ‘O Cruzeiro’”, lembra.

Militares, como reflexo da população, podem acreditar em discos voadores e extraterrestres. Mas suas investigações e conclusões carecem, como as do resto da população, de alguma evidência concreta que sustente tal crença.

Ao mesmo tempo, a portaria revoga duas dessas regulações de fundamentação questionável e deixa muito claro que a responsabilidade por investigar tal tema é da sociedade civil, com a Aeronáutica apenas cumprindo seu dever de facilitar a esta o acesso a informações. A definição clara de tais políticas deve ser saudada como racional, democrática e de benefício à sociedade interessada no tema. Esperemos que seja aplicada com rigor, e que logo se estenda a todos os braços militares brasileiros.

A Aeronáutica finalmente dá um passo acertado”, avalia por fim Jeferson Marinho. “No sentido de tirar o véu de segredo que essas comunicações de acesso relativamente restrito, digamos assim, imprimiam ao assunto, amplificando ares de conspiração onde ela não existia. E quanto mais documentos são revelados, mais evidente vai ficando que, embora realmente o governo e os militares, no Brasil e no mundo, tenham tido interesse no tema OVNI, ou ainda tenham, isso não bastou para levarem a cabo grandes empreitadas de investigação criteriosa ou científica. Ao contrário, acumularam, como ainda devem acumular, pilhas de relatos que não levaram — e provavelmente nunca levarão — a nenhuma resposta mirabolante, tanto quanto os relatos, papéis e eventuais registros em vídeo e fotos que os ufólogos civis coletaram ao longo dos anos. E não havia porque, sendo assim, alimentar teorias de conspiração mantendo procedimentos e relatórios em segredo”.

Com algumas décadas de atraso em relação aos EUA, mas apenas pouco mais de um ano em relação ao Reino Unido, agora estamos quase tão bem – ou tão mal – quanto cidadãos de outros países quando o assunto são OVNIs e autoridades. Pouco mudou, pouco mudará, exceto pelo que nós mesmos registrarmos, descobrirmos e comprovarmos.

– – –

[Com agradecimentos a David Clarke, Andy Roberts, Rogério Chola e Jeferson Martinho. Imagem no topo: sxc.hu/spekulator. Imagem abaixo: sxc.hu/gmarcelo]

PORTARIA No – 551/GC3, DE 9 DE AGOSTO DE 2010
Dispõe sobre o registro e o trâmite de assuntos relacionados a "objetos voadores não identificados" no âmbito do Comando da Aeronáutica.
O COMANDANTE DA AERONÁUTICA, de conformidade com o previsto no inciso XIV do art. 23 da Estrutura Regimental do Comando da Aeronáutica, aprovada pelo Decreto nº 6.834, de 30 de abril de 2009,e considerando o que constado Processo nº 67000.001974/2010-61, resolve:
Art.1º As atividades do Comando da Aeronáutica (COMAER) relativas ao assunto "objetos voadores não identificados" (OVNI) restringem-se ao registro de ocorrências e ao seu trâmite para o Arquivo Nacional.
Art. 2º O Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA), como órgão central do Sistema de Defesa Aeroespacial Brasileiro (SISDABRA), é a organização do COMAER responsável por receber e catalogar os registros referentesa OVNI relatados, em formulário próprio, por usuários dos serviços de controle de tráfego aéreo e encaminhá-los regularmente ao CENDOC.
Art. 3º O Centro de Documentação e Histórico da Aeronáutica (CENDOC) é a organização do COMAER responsável por copiar,encadernar, arquivar cópias dos registros encaminhados pelo COMDABRA e enviar, periodicamente, os originais ao Arquivo Nacional.
Art.º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.
Art. 6º Revoga-se a Nota No C-002/MIN/ADM, de 13 de abril de 1978 e o Aviso No S-001/MIN, de 28 de fevereiro de 1989.
Ten.-Brig. do Ar JUNITI SAITO

arquivos_ovni

Tags: , , ,

125 Responses to OVNIs e a Aeronáutica: O que não querem que você saiba

  1. Claudio Beltrame disse:

    Antigamente, quando nada havia sido divulgado até então sobre qualquer espécie de documento secreto produzido pela aeronáutica, muitos achavam que na verdade não existia nada. Agora, quando milhares de páginas são divulgadas ao público, parece fácil acreditar que de fato os documentos existiam, porém não a conspiração de silêncio dos militares. Com esses documentos em mãos a chamada teoria da conspiração não passou de um mito. E se esses documentos não tivessem sido revelados até hoje mesmo existindo? A teoria da conspiração do silêncio militar continuaria sendo uma maluquice? E os milhares de documentos secretos que ainda não foram divulgados por nenhuma das armas? Será que tudo foi realmente divulgado? Eu acredito que tudo isso é apenas a ponta do iceberg.
    Quanto aos fatos da Operação Prato: será que os relatórios produzidos pelos militares que foram divulgados com algumas das fotos, depoimentos de dezenas de testemunhas, etc não constituem motivo para demonstrar que de fato ocorreram fenômenos plenamente desconhecidos e que não encontram outra explicação senão a extraterrestre? O que mais está faltando? Claro: as outras centenas de fotos, páginas e outros filmes produzidos pela mesma Operação Prato e que ainda faltam serem divulgados… Sim, a teoria da conspiração tem bases em alguma realidade. Senão todos os relatórios e trabalhos produzidos pelos militares seriam divulgados para a população imediatamente e não seriam necessários os esforços de muitos ufólogos para que fossem liberados.

  2. FANTÁSTICO TEXTO! Muito bom mesmo!

    É o que sempre falei: se querem provar alguma coisa, tentem por si mesmos. Não fiquem na expectativa dos militares, porque provavelmente NADA virá deles.

    Realmente eu estava enganado. Um pouco mais que nada, mas ainda quase nada, de fato veio. :)

    P.S.: Com esse texto do Jeferson o amiguinho dele (Olavo) vai ficar triste… :( kkkkkkkkk

    • Admir disse:

      Hoje existe instituições de grande credibilidade, Mistico-Cientico; que divulgam com riqueza de detalhes como é a Vida em Marte e Vênus,etc. Depois outra alguns homens de Consciência Desperta são Mestres e visitaram outros mundos. As transformações Climáticas serão pavorosas e os materialista ceticistas, o Cientificismo etc, não terão chance.Esta Lei é Cósmica, e não será militares extrangeiros ou nacionais que abafarão.. A guerra atômica é breve e abrirá muito espaço apesar de sinistro. QUEM MENTE PECA CONTRA O PAI, QUEM ODEIA PECA CONTRA O FILHO E QUEM FORNICA PECA CONTRA O ESPTO SANTO..

  3. Claudio Beltrame disse:

    Olá, eu postei uma opinião de madrugada e não encontrei mais ela por aqui.
    Portanto, vou tentar fazer uma colocação parecida a anterior. Antigamente, antes da divulgação dessas milhares de páginas aqui no Brasil e das milhares de páginas de documentos no exterior, muitos pensavam e até exteriorizavam a opinião de que esses mesmos documentos nem deveriam existir e que os ufólogos que defendiam a sua existência eram simples conspiracionistas sem bases sólidas para suas argumentações. Agora depois que esses documentos estão a disposição de qualquer cidadão para ser examinado, os mesmos que antes negavam a sua existência, agora, pela força da realidade, precisaram rapidamente mudar sua forma de pensar. E essa forma de pensar, é justamente a de que apesar dessa ampla divulgação militar, não existe muita coisa nesse monte de papel que possa argumentar a favor da hipótese extraterrestre. E mais: os militares que estiveram cara a cara com essas naves não tinham capacidade científica para entender o que com eles tinha ocorrido e como divulgado no post acima, preferiram reconhecer essa incapacidade científica. Essa especulação que coloca em dúvida os casos e contatos ocorridos é realmente pura nuvem de poeira para tampar os olhos daqueles que querem encontrar a realidade do fenômeno. Estar cara a cara com um nave gigante e totalmente desconhecida como esteve o Coronel Uyrangê é prova suficiente para demonstrar de onde poderiam estar vindo estas naves, tirando os casos bem explicados como fenômenos naturais. Um cientista com PHD em universidades consagradas em qualquer lugar do mundo, diria o mesmo que disse Uyrangê que apesar de não ter tido doutorado era um homem sério, perspicaz, inteligente, capacitado a diferenciar uma luzinha de avião de uma nave extraterrestre. Isso é científico e a olhos vistos! Não podemos negar esses fatos apenas porque alguns não consideram científicos… Isso não quer dizer nada! Estamos diante do desconhecido e de uma tecnologia diferente da nossa, porém temos medo de admitir isso porque achamos que para provar essa realidade precisamos pegar um pedacinho dessa nave e examinar sob o microscópio eletrônico. Ridículo! Não podemos negar os fatos com sofismas céticos. Os documentos, em sua maioria, devem ser motivos de análises profundas e é claro que não encontraremos um fenômeno desconhecido em todos eles, a menos que estejamos tão cegos quanto aqueles que não acreditam em nada.
    Outro detalhes mencionado no post: o famoso projeto Livro Azul da força aérea americana. Esse projeto foi o ápice do ridículo em termos oficiais e qualquer criança que se disponha a examinar isso sabe que as intenções ali foram tudo menos examinar imparcialmente o fenômeno OVNI. O mesmo para o Projeto Condon, outro disperdício de dinheiro e tempo para se chegar a uma conclusão que já existia antes do início do mesmo! Citar esses dois projetos é sempre agradável para os céticos. Mas esquecem que são argumentos frágeis e pueris. Eu aprecio o trabalho realizado pelo Kentaro e todos os que publicam posts aqui e acredito que realmente existam casos fraudulentos e enganosos, algo que todos os ufólogos concordam. Mas no caso dos documentos militares, além de serem indicativos sérios da presença de naves desconhecidas em nossos céus, são apenas a ponta de um imenso iceberg que ainda nos trará surpresas.

    • William 1972 disse:

      Uma afirmação como essa, de que o Uyrangê esteve frente a frente com uma nave, carece de provas. Se você possui provas para sustentar tal afirmação, apresente-as. Pelo que podemos perceber em seu texto, tu encaras tal assunto como religião. Os religiosos possuem um certo desprezo pela ciência, pois ela costuma contrariar certas crenças. A postura cética é simples: apresente provas concretas e o assunto se encerra. É simples. Teorias da conspiração são divertidas, mas não passam de ficção. Toda ciência séria é baseada em provas, e não em especulações.

  4. André disse:

    Minha experiência pessoal diz que independente que esfreguemos na cara de todo mundo o quanto as coisas absurdas não passam disso: absurdo, elas irão continuar acreditando neste monte de besteiras, pois sentem uma necessidade patológica de acreditar. OVNIs? Ok, ONDE estão? QUEM viu? O filho da vizinha que lava roupa pra um soldado da aeronáutica que mora no interiorzão? As “luzes” nunca são vistas em cidades grandes. De repente, ETs preferem música sertaneja ou assistir à Folia de Reis.

    Em resumo: querem que acreditemos nestas bobagens? Ótimo. Tragam provas conclusivas e não luzinhas que aparecem no céu, facilmente explicadas por fenômenos climáticos ou por algum avião passando pelo local.

    • Arilson disse:

      Existem milhares de evidencias e so você estudar!
      Sem apoio do Governo ou sociedade nunca passarão de evidencias.
      Se estuda-se saberia que poderia haver outras explicações como por ex encobrir a propria existencia, quem disse que e do interesse deles se revelarem? Ou, não criar panico na população! Por que não?
      E não foi só o filho da visinha meu irmão! Foram militares, Policiais, Cientistas, Artistas, Politicos enfim uma imensidão de pessoas com mais variadas profissões! Digo e Repito e so você estudar faça isso, mas claro sempre matendo seu olhar critico que Deus lhe deu você vai se surprender com que vai encontrar, tenho certeza!

      • William 1972 disse:

        Durante muitos anos estudei exaustivamente casos ufológicos que, à época, eu considerava impressionantes, como o de Travis Walton, o do casal Hill e o de Antônio Villas-Boas, só para citar alguns. O que me impressiona hoje em dia é como os ufólatras carecem de senso crítico. O fenômeno UFO parece ser algo fantástico, algo que nos tira da chatice do cotidiano. Mas não passa de ficção. Uma coisa é você estudar a ufologia tomado por esse sentimento de maravilhamento diante do fantástico e outra completamente diferente é estudar tal assunto com um olhar cético e com profundo senso crítico e questionador. Garanto que quando você começar a questionar a ufologia, vai enxergá-la de outro modo, de forma cética e não religiosa, que é a impressão que passa. Só estou respondendo porque a minha visão é idêntica a do André.

    • Eduardo disse:

      e você realmente acha que a terra é o único planeta habitado no universo? ou você ainda é daqueles que acha que a terra está no centro do universo e que o sol está girando em torno dela?
      ou será que a existencia de um universo externo a terra também é invensão e na verdade o único universo existente é a própria terra?

      • William 1972 disse:

        Céticos jamais dizem que não há vida em outros planetas fora do Sistema Solar, apenas que, se ela existe, ainda não podemos provar. O pensamento cético foi um dos maiores responsáveis pela queda da visão geocêntrica. Universos paralelos são previstos pela Teoria das Supercordas, mas trata-se de um conceito extremamente complexo e praticamente não demonstrável.

        Ah, outra coisa: A Terra não é um universo, é um planeta.

      • Eduardo da Glória Barbosa disse:

        É claro que nunca estivemos sozinhos nesse emaranhado universal. Tampouco somos os mais inteligentes pois as evidências são claras de tal forma que as notícias nos chegam de todos os lados, nações, tempos remotos e achados, sem falarmos nas construções antigas que fugiam ao nosso conhecimento e entendimento. Entretanto, não é mais possível duvidar, diante de tudo que temos conhecido e presenciado. Sou testemunha junto com um filho meu (Ricardo) de avistamentos de ovnis em alguns lugares. Não somos a essência da criação, nem tampouco sei em que escala colocados, mas com certeza não estamos no topo da pirâmide. E, não podemos negar Deus.

        Eduardo

  5. oneas da silva pinheiro disse:

    DEVIDO AS DISTANCIAS ASTRONOMICAS DO UNIVERSO, SERIA IMPOSSIVEL UM EXTRATERRESTRE POUSAR NA TERRA.

    • Anna Terra disse:

      Distancias astronomicas sao vencidas mediante o uso dos “buracos de minhoca”

      • Denys disse:

        Amiga , buracos de minhoca são suposições físicas , o expêrimento ALICE (LHC) tenta entênde-los ….

      • William 1972 disse:

        Buracos de minhoca só podem ser “abertos” e consequentemente transpostos mediante o uso de cargas energéticas inimagináveis, várias vezes superior à energia produzida por estrelas semelhantes ao sol.

    • paulo6jr disse:

      Esta afirmação é VERDADEIRA levando em conta o estágio de avanço tecnológico da espécie que a afirma.

    • Arilson disse:

      oneas claro que barrera do som e bem diferente da barreira da luz em que foi construida a teoria da relatividade Geral e Restrita.
      Mas peço por um minuto que você abra sua mente, não é porque uma teoria parece funcionar que ela funcina totalmente e por isso que existem conflitos na fisica e por isso que existe fisica quantica para explicar os fenonemos que a relatividade não explica, Claro um domina o macrocosmos outro o microcosmos mas os cientista estão atraz da teoria definitiva que une as demais, atraz da teoria dos campos unificados por exemplo.
      Existem varios projetos de propulsão e mais ainda em desenvolvimento e uma porrada em teorias. Não poderia a propria relatividade apresentar um caminho? Ainda estamos evoluindo, a cada dia novas descobertas são feitas! Por exemplo ja imaginou como o mundo vai mudar quando pudermos ter supercondutores em temperatura ambiente? Fica ai uma sugestão estude Supercondução, tenho certeza que achará o assunto empolgante! Abraços!

  6. Fabio disse:

    A FAB sabe tanto quanto qualquer um de nós a respeito do fenômeno UFO: nada.

    Porém, a liberação para consulta pública do que foi compilado pelos militares é um passo importante, pois mostra que o Brasil segue a tendência mundial de liberação de arquivos X.

  7. Gere disse:

    Muito tempo atrás, quando os planetas do sistema solar ainda eram quase desconhecidos, até que fazia um pouco de sentido pessoas considerarem a possibilidade do planeta Terra ser visitado por ovnis, porque não sabiam se esses mundos eram habitados. Mas agora que se sabe que não há vida neles, a não ser, talvez, bactérias em algum satélite natural onde existe água, não sei como podem pensar que seres alienígenas vêm a nosso planeta, pois eles teriam de vir de outro sistema estelar de onde a própria luz leva muitos anos para chegar ao nosso mundo, quanto mais uma espaçonave.

  8. Magno disse:

    Como disse o André, por mais que esfreguemos na cara, um sujeito não vai ver aquilo que não quer ver e isso serve pra voce tambem André.
    Quem foi que te disse que as “1uzes” não são vista em cidades grandes e que as únicas provas são relatos? Tá na hora de pesquisar mais, meu amigo, antes de tirar suas conclusões, pegue sua câmera e vá pra um local de incedência de OVNIS, fique de virgília por algumas semanas que com certeza voce mudará de opinião. Não é porque voce não acredita, que fatalmente não existe.

    • Carla Constantina disse:

      Tá, mas cadê a EVIDÊNCIA? Relato anedótico não é evidência, é subjetivo.
      Mas como você mesmo aponta, fica de vigília que você vai ver “luzes” no céu. Agora se você abrir aqueles simuladores mostrando onde estão os satélites artificias visíveis na sua área naquela hora, ou qualquer fonte de dados informando objetos visíveis no céu, é como esfregar na sua cara o que você NÃO QUER que seja a verdade.
      Só porque você os não identifica não significa que ninguém mais saiba o que é.
      Então larga a mão de chamar cético de “crente que nega” só porque você gostaria que eles também fossem crentes, ignorantes e alienados.

      • Rodrigo disse:

        Na minha opinião ter mente aberta para novas realidades físicas ou não físicas nunca foi e nunca será alienação. Pois coitado de Einstein e outros pensadores se pensassem dessa maneira.

    • William 1972 disse:

      Luzes são luzes, não são objetos palpáveis. Por que há Locais específicos para a “incidência”?

      Não é porque você acredita que fatalmente existe.

  9. wvital disse:

    Muito bom kentaro parabens .

  10. Joao disse:

    tenho que dar o braço a torcer que provavelmente esses documentos sao furados… mas uma coisa que deve ser considerada é o tamanho do universo! rs
    é muita pretensao afirmar que nao existe nada além de nós… talvez do mesmo jeito que seja pretensao afirmar que sim! haha

  11. Aécio Melo disse:

    Kkkkkkkkkkkk

    Muito bom Mário, muito bom!

  12. Mauricio disse:

    Esse negócio de OVNI realmente já encheu o saco. Eu acredito, mas infelizmente muitos anos se passam e ninguém consegue realmente uma prova cabal e conclusiva. É melhor deixar pra lá mesmo e deixar rolar pra ver o que acontece. Quanto mais se tenta provar, mais se cai no descrédito e na ridicularidade.

  13. Chato Mor disse:

    Os governos estão liberando estes documentos para despistar e calar os dedicados ufologos desacreditando-os, fazendo-os parecer tolos. As verdadeiras provas, os corpos congelados, as naves, etc… estão guardadas a sete chaves… ou não.

    Já que todo mundo está vendo que essa viagem hippie dos OVNIs não deu em nada e se está desistindo dela, não estaria na hora do pessoal da SETI fazer o mesmo e parar de “ouvir” estática como se fosse o pessoal que escuta vozes de espírito em rádio?

    E inclusive é o que eu acho!

    • Carla Constantina disse:

      Todos discos voadores são camuflados, eles não aparecem nos radares e nem são visíveis a olho nu. Então perca a esperança de achar que estes OVNIs são discos voadores quando na verdade são balões juninos forrados com papel alumínio e celofane colorido. Tem gente rindo de vocês, caipiras.

      • Alvaro Rexs disse:

        Nossa esse seu “caipiras” denota bem o tipo de pessoa que você é…

        E sendo o tipo de pessoa que você, desprezo sua opinião, pois, a única coisa bonita que pode nascer de um pântano é a flor de lótus.

        Uma criatura que não tem respeito por quem nasce em algumas regiões do páis, uma pessoa que tá ali ao lado, como poderia deixar a mente se libertar de outros preconceitos!

        Daí ao verme o que é do verme…

      • Magno disse:

        Oi Carla, dá pra ver o seu gráu de instrução e o nível da sua educação.
        Confundir os relatos de OVNIs com balões juninos e satélites artificias, mostra o quanto voce estar “familiarizada” com o assunto em questão, e chamar de “caipira” aqueles que não concorda com a sua opinião pessoal mostra a sua educação.
        Acho “Carlinha”, que chamar a se própria de “caipira” talvés fosse uma ofensa para os valoroso “caipiras”.

      • Chico disse:

        Nossa esse seu “caipiras” denota bem o tipo de pessoa que você é…
        E sendo o tipo de pessoa que você, desprezo sua opinião, pois, a única coisa bonita que pode nascer de um pântano é a flor de lótus.
        Uma criatura que não tem respeito por quem nasce em algumas regiões do páis, uma pessoa que tá ali ao lado, como poderia deixar a mente se libertar de outros preconceitos!
        Daí ao verme o que é do verme…

    • Ricardo Pinto da Luz disse:

      Cara,
      É como vc diz, mentiras, ardis, tramas, tudo porque nenhum governo quer que o outro tenha certeza dos “negócios” que estão fazendo com alienígenas em troca de tecnologia. É que existem várias civilizações manipulando a humanidade desde sempre, já que eles dominam a viagem no tempo, senão como poderiam viajar entre galáxias. Portais? Existem e são como uma freeway espacial. Cara, moro numa cobertura na Barra, entre a Pedra da Gávea e o mar da Barra. Vi coisas inacreditáveis em 4 anos de vigília. Gostaria de compartilhar com alguém, mas temo, não ser chamado de maluco, mas ser considerado incômodo a ser eliminado. Eles sabem quem sou, onde estou e como me atingir.

  14. Rafael disse:

    Carla Constantina, sem sarcasmo: adorei você. Sinto que não estou mais sozinho no universo, mesmo sem identificar OVNI’s como ‘discos voadores’ (Bill Baquette) ou ‘homenzinhos verdes’ (Orson Wells).

  15. Fabio disse:

    Qual é o motivo da exclusão do meu comentário?

  16. Anna Terra disse:

    Bom…até então…os ceticos afirmavam que não existia nenhum documento…que tudo eram fraudes inventadas pelos ufologos … E agora os documentos apareceram … ?

    No caso da operacao Prato… o fato dos recursos serem inadequados … e a investigacao ter sido feita por intusiastas sobre OVNIs … nao nega o fato de que alguma coisa aconteceu naquela regiao,
    o que o movimento cetico acha que pode ser ? Agora estao ai os documentos oficiais liberados pela FAB, de que algo estava acontecendo e foi ser investigado embora nenhuma conclusao tenha sido obtida. Mas nao esquecam que ate onde eu sei, os ceticos sempre atribuiram a operacao prato a um delirio da cabeca do falecido Hollanda.
    E assim … tb nao existe naves caidas em 47 no novo mexico, area 51 et de varginha … ate que algum governo libere arquivos dizendo ” alguma coisa caiu do ceu … nao sabemos o que e mem formas de descobrir ” o que nao torna o fato fraude, delirio, ou alucinacao coletiva como sempre e aformado pelos ceticos

    • William 1972 disse:

      “Alguma coisa” não é a mesma coisa que “manifestações alienígenas”. O delírio não seria bem a “Operação”, mas sim a possível conclusão de que aquilo que aconteceu no Norte do país tenha algo a ver com extraterrestres.

      Você QUASE entendeu o pensamento cético. DUVIDAR não é a mesma coisa que NEGAR. Por serem fantásticas, as alegações dos envolvidos na ufologia necessitam de evidências igualmente fantásticas, caso contrário não se sustentam. Se não há evidências confiáveis, temos o direito de duvidar de tais historinhas. Se as alegações não apresentam evidências, então, não passam de CRENÇAS. E crença não é fato. Céticos se guiam por fatos e não por crenças.

  17. Claudio Beltrame disse:

    Olá, pq os meus comentários foram retirados? Abraço!

  18. Francisco disse:

    Gostaria que este site tratasse

    pormenorizadamente da “Operação Prato”.

    Lembro-me que era criança e que mesmo

    aqui, na minha cidade, Parnaiba, litoral

    do Piauí, a milhares de quilometros do

    local das ocorrências, quando saíamos de

    casa, faziamos sobressaltados. Tínhamos

    muito medo. Se eram ovnis ou não, a

    questão não é essa. Houve algo que

    incomodava e até hoje não sabemos o que

    era. E se foi esse a tratamendo dado a

    um caso que afligiu várias comunidades

    no Pará, fico desconcertado com a

    efetividade de nossas defesas aérea e

    marítima. Como pode ocorrer um fenômeno

    como esse e não ter a atenção que penso

    ser necessária para as populações

    daqueles municípios. Ovni, alucinação

    coletiva, fenômeno luminoso, físico,

    astronômico etc, Como as autoridades

    puderam ser tão inoperantes a ponto de

    até hoje estarmos discutindo esse tema

    33 anos depois. Fica a minha indignação

    como vítima que fui, de certa forma,

    daqueles eventos e como frequentador

    assíduo deste web sítio.

    Reitero que o Ceticismo Aberto trato em

    artigos próximos sobre a “Operação

    Prato”.

    Obrigado.

    Francisco.

  19. Marcel o Maravilhoso disse:

    Porque os governos liberam esses documentos? Ora caros idiotas é muito simples eles – OS ILLUMINATIS – querem fazer com que o “fenômeno” OVNI/UFO ganhe cada dia mais espaço na mídia e por consequência no “inconsciente coletivo” da população.Quando as pessoas estiverem saturadas pela propagação de vídeos, relatos, livros, documentários e reportagens,entre outros produtos culturais e APTAS a aceitar a “veracidade” da visita de seres inteligentes ao nosso planeta podem ter certeza que O ESPETÁCULO de um contato vai ocorrer (minhas fontes dizem que será em 2012).Provavelmente o que vai ocorrer é a simulação de uma queda de ovni em alguma cidade do meio-oeste americano e todo aquele teatro que vai se seguir – militares fingindo encobrir O CASO, pessoas postando vídeos dos chimpanzés geneticamente modificados com fenótipo “GRAY” no youtube para que os mesmos sejam retirados duas horas depois numa tentativa de “censura”(FALSA), pessoas morrendo devido a “radiação”,e outras palhaçadas que vai ouriçar os pêlos do cu do ufólatras. Até os ditos céticos, criaturas tolas, irão cair no embuste depois claro da chancela oficial. Eu estarei rindo de todos pois sou muito foda e cristão. ri ri ri

  20. Eduardo disse:

    Creio que isso possa ser só mais uma jogada do governo para mostrar que joga limpo com o povo e tal.
    Realmente, muitas coisas que acontecem por ai têm explicações lógicas, mas temos que concordar que aqueles documentos da famosa operação prato foram estranho, pois se realmente essas historias de OVINI são mentira, por que fazer uma operação secreta sobre o assunto.
    Se olharmos bem, vamos ver que tem coisas feitas por baixos dos panos ou pode ter uma explicação lógica pra tudo isso né…

    • Marcel o Maravilhoso disse:

      A lógica é simples eles, os illuminatis, jogam a médio e longo prazo. Essas operações “secretas”(que de tão secretas todos conhecem)simplesmente existem para respaldar historicamente o “fenômeno ovni” e claro manter o assunto sempre em evidência. Assunto antes restrito ao submundo dos ufólatras através de livros e revistas pode agora ser difundido praticamente de graça pela internet inculcando nas mentes infantis de pré-adolescentes e adolescentes que aliens existem e nos visitam a milênios ( Erich Von Daniken,Zecharia Sitchin foram patrocinados e apoiados por Illuminatis que disponibilizaram a esses e outros agentes da maçonaria quantias enormes em dinheiro e exposição maçiça na mídia ). O objetivo dessa verdadeira lavagem cerebral é uma: criar uma nova sociedade livre da presença do Sagrado Divino e substitui-lo pelo Tecnocietificismo ateu e baseado no utilitarismo que levará em consideração apenas uma visão ecológico-panteísta e pobre daquele que se curvar a essa ditadura e se opor a tal visão de mundo, será massacrado como se fosse um terrorista fanático religioso que se opõe a um mundo “fraterno e ecologicamente equilibrado”. Malditos maçons. ri ri ri

    • Marcel o Maravilhoso disse:

      A única jogada que existe é que os governos controlados pelos Illuminatis “liberam” arquivos “secretos” para manter a MENTIRA OVNI em evidência. O objetivo disso é simplesmente fazer as pessoas se habituarem a idéia da existência de seres extra ou intraterrenos que possuem uma tecnologia superior a humana.A finalidade de fazer as pessoas crerem nisso é uma só: eles – os Illuminatis – querem substituir o atual sistema de crença da humanidade que é baseado no Sagrado Divino para um onde o panteísmo ecológico aliado a tecnologia da informação e da manipulação genética calcados no utilitarismo pagão sejam a base da futura ditadura maçonica. Eles começaram isso com Napoleão, depois com o Comunismo e Nazismo e foram mal-sucedidos, infelizmente hoje o ser humanos abobalhado pela “alta tecnologia” perdeu o senso-crítico e se curva a qualquer coisa que sua visão possa alcançar e que seja repetida pela mídia.

  21. Marcel o Maravilhoso disse:

    Se não é permitido responder as postagens dos participantes então desabilite essa função.

    ri ri ri

  22. Eudes disse:

    A verdade é que os ceticos e os crentes são dominados pelo sistema, são todos marionetes controladas pela mente. A verdade é que todos nós dependemos de grandes mentiras pro sistema social atual não entrar em colapso. Sempre manipulam as mentes. Alguns que se dizem intelectuais formaram seus pensamentos atraves de outros pensamentos ja previamente postulados e manipulados pelo sistem. Os profissionais que se dizem tão inteligentes também são apenas marionetes, prova desta afirmação é que se de alguma maneira forem espulsos o saires de seus respectivos conselhos não são mais considerados profissionais. Ah e os calculos matematicos que usam para calcular as distancias do universo, quem garante que são verdadeiros. todos nós somos guiados por muitas mentiras, mentiras que os ceticos e os crentes creem.

    • heron disse:

      Pelo jeito esse “Marcel” deve ser algum crente louco e fanático, que esta aqui esbravejando raiva, contra maços, Catolicos, ufólogos,pessoas interessadas em cultura.
      Ohh meu amigoo!! vai te tratar!!!, toma um banhoo!!! isso tem cura..é muita teoria da cosnpiração!!…kakakaka

    • William 1972 disse:

      Ah, sim, todos são idiotas manipulados e só o “grande” Eudes é o deus supremo da sabedoria. Ô, Kentaro, o nível dos visitantes do site tem caído muito, hein?

      Quanto ao pobre Marcel… Só merece as minhas risadas.

  23. Joel K. disse:

    Olha, de tudo que li até agora, e dos comentários, tirei algumas conclusões:

    1- É lógico que somos visitados por seres de outros mundos. Eu seria um idiota se não acreditasse nisso. Não precisa de mais evidencias.

    2- Existem grupos se beneficiando do que trata o fenomeno UFO e do que não podemos saber, com certeza, para dirimir todas as dúvidas.

    Por fim, devemos sempre filtrar as informaçõs, principalmente da internet, pois a maior parte é mentira e enganação.

    Obrigado pelo espaço.
    Parabéns ao belo site!

    • William 1972 disse:

      Parabéns, Joel, você acertou. A Ufologia é uma “crença”, não é uma ciência. Os crentes não precisam de evidências, aceitam alegações pela fé. Mas os céticos precisam de evidências confiáveis para considerar determinado fenômeno como sendo um fato.

  24. Glauco Santos disse:

    Cada um vê aquilo que quer ver.

    Céticos acham q mundo se resume ao seu umbigo enqt os crentes dizem que vivemos em meio a uma constante processo universal de civilização.

    Povo esquece de uma coisa nisso tudo, bom senso.

    Tem gente q afirma por A mais B que tudo é invenção, blz questionar relatos anteriores à bíblia como invenção pura da mente de pessoas, q não sabiam o que era um avião, como pura ilusão ou relato falso feito pra enganar pessoas naquela época, é o mesmo que dizer que o sol gira ao redor da terra.

    foi pensando em ceticismo puro e doentio que galileu foi condenado morte pq disse que a terra girava em torno do sol. Pois a ciência da época bem como a de agora não aceitava a ideia de o sol era o centro de nosso sistema solar. Assim como a nossa atual ciência diz que é “impossível” a vida em outro planeta.

    Pessoal acordem a ciência bem como a física vivem de teorias e não de certezas.

    Analisem melhor os casos com olhos de desconfiança para o sim e para não, senão vão cair no que eu disse no começo do meu post: Cada um só vai ver aquilo que quer ver.

    Abs

    • William 1972 disse:

      Glauco, este seu comentário é eivado de preconceito e ignorância. Não estou ofendendo, é apenas uma análise do seu comentário.

      Você, com toda certeza, não sabe o que é ceticismo. A visão geocêntrica era defendida por religiosos e não por cientistas. A visão cética de Galileu foi o que quase o levou para a fogueira.

      Quanto a dizer que “a nossa atual ciência diz que é ‘impossível’ a vida em outro planeta” é pura ignorância. O próprio Carl Sagan dizia que “ausência de evidência não é evidência de ausência”.

      Você, com certza, não sabe o que significa o termo “teoria”. Não quero dar uma aula aqui, apenas peço que pesquises mais a respeito para não afirmares coisas como a que afirmaste.

  25. Carlos Schotka disse:

    Se eles existem e não os percebemos e nem podemos gerar evidencias da presença deles significa que não temos poder sobre a situação, se não temos poder sobre a situação cabe a nos admitir que eles são superiores( seja espiritualmente/tecnologicamente, vai do gosto do freguês a terminologia). O tiuzinho la ja dizia: “Se preocupe com o que vc tem poder para gerar mudança, pois se vc não tem poder para gerar mudança a preucupação é so gasto de energia”.

    Em suma, se os ET’s estão se infiltrando na sociedade para dominar o mundo seja la “por que”, eles estão fazendo um excelente trabalho. Se eles não estão na terra ainda cabe a nos adquirirmos tecnologia para acharmos outras civilizações pelo universo e nos mesmos começarmos um processo de colonização.

    Gente o universo é uma mapa de “Age of Empire” gigante!! Quem não coloniza é colonizado diretamente ou indiretamente.

  26. Marcel o Maravilhoso disse:

    Quanto a fraudulenta “Operação Prato” está mais que na cara de qualquer um que não foi mais que uma fraude orquestrada pelo governo. Foram para o meio do mato onde pessoas viviam pacificamente, pessoas que não tinham acesso a subcultura ovni e que desse modo serviriam de testemunhas não “contaminadas” para a posterior divulgação da MENTIRA OVNI. Como eu disse anteriormente os maçons-illuminatis querem criar toda uma “história” para a mentira que criaram,depois disso irão teatralizar um contato com seres “aliens” e aí os idiotas já domesticados pela lavagem cerebral feita durante décadas pela mídia irão babar de alegria com a visão de bonecos animados por controle remoto que farão o papel de extraterrestres.Falando sobre a operação prato, o cara que esteve à frente da mentira se matou por que não aguentou a vergonha de ser pivô da mentira e não suportou passar a vida sendo um mentiroso sem honra. Como não podia revelar a verdade sem colocar em risco a vida dos familiares decidiu tirar a vida como forma de protesto. Quem tem olhos enxerga a verdade facilmente, aprendam comigo seus moleques piranha. ri ri ri

  27. ricardo pinto da luz disse:

    Respondo tranquilo o que a aeronáutica não quer que saibamos – o que eles já registraram em fotos e vídeos. No começo de agosto, testemunhei a decolagem de avião a jato da aeronáutica, quase na vertical,às 5.45 hs da manhã. Com tanto céu a seu dispor, ele FOI PASSAR JUSTO ENTRE AS DUAS ULTIMAS ESFERAS que restavam após uma noite movimentada na Pedra da Gávea e arredores. Na semana seguinte eles divulgam um arquivo de 1952 sobre um ovni na Pedra da Gávea. O governo americano esconde porque sabe que quem dominar a tecnologia alienígena terá o mundo na palma da mão.

  28. sérgio Augusto disse:

    Hoje tenho trinta anos de idade,é já presenciei algo,sem explicação,eu tinha uns quinze anos e minha irma treze,junto com meu primi de treze anos tambem,quando voltavamos do colegio,era umas 19:00 horas da noite chegando em minha casa já estava escuroe mi nha irma começou a chorar e me mostrou uma bola azul,cheia de luz azul formato de bola estava na copa do pe de manga e e eu fiquei obeservando e gritei meu primo pra ver, foi quandop esta bola de luz azul saiu da copa do pe de manga e veio na nossa direçao a uns 20 metros de altura e, e subiu pro céu como um relãmpago,meu primo nao chegou a ver porque tudo isso durou algho em torno de uns 12 segundos,afirmo que tinha vontade de tornar ver isso de novo,pra ser sincero acredito sim,existe coisas que não sabemos,mas que acontecem por ai,e muito estranho,so sei que tive o privilegio de ver algo que considero muito especial,mas não sei o que é!so sei que existe !Um abraço a todos!

    • Ricardo Pinto da Luz Alves de Faria disse:

      Meu querido Sérgio Augusto,

      Esferas azuis, lilases tipo neon e brancas estão direto entre nós. Eu as vejo quase sempre e dou boas vindas. Desde 2009, quando elas começaram a me visitar, nada de ruim me aconteceu, pelo contrário, parece que me trazem paz e equilíbrio.

  29. jefferson luna disse:

    como sempre
    Parabéns Kentaro sama!

  30. Anderson disse:

    Eu acho ignorância tanto à descrença total quanto a crença total.

    Eventualmente surgem argumentos interessantes tanto de um lado quanto do outro. Mas não adianta, pois quem não quer acreditar se vir qualquer coisa explicita como uma nave, um ET ou um anjo, demônio, espírito ou qualquer coisa estranha que definitivamente não “deveria” existir vai dizer que foi drogado, que algum dia isso vai ser explicado pela ciência – mesmo que essa profecia repetida exaustivamente se comprove o fenômeno não deixou de existir. E o contraio também vale: se um crente vir uma sombra vai achar que é uma alma penada, uma nuvem com um movimento estranho e algo brilhante nela vai achar que é uma nave mesmo que seja parte da fuselagem de um avião. Quem sabe um animal de relance correndo no meio do mato pode virar um gnomo ou tantos outros exemplos.
    Quando se descobre que os “monstros” que existiam no imaginário humano hoje se transformam em pessoas com doenças raras vem um cético e diz, “viu? não passa de algo que a ciência explicou um dia”. E o crente diz: “sim, mas o fato é que não foi invenção, estava lá.”
    Eu particularmente acredito nos fenômenos, mas não nas explicações vigente.
    Acho mesmo que exista vida fora da terra, só não acho que eles venham nos visitar tendo ou não tecnologia para isso. E como diria o Calvin “a maior prova que existe vida inteligente fora da terra é que eles nunca vieram nos visitar” hehe…

    De qualquer forma o que temos que entender é que o conceito de vida foi desenvolvido por nos especialmente pra nos enquadrar nela. O antropocentrismo não se manifesta apenas na terra sendo ou não o centro do universo, mas nas idéias também. Sem falar que na maior parte do tempo temos medo de que algo diferente do que podemos compreender exista. Mas também é fato que ainda temos muito das superstições enraizadas no nosso modo de ver o mundo.

    Um dia a própria ciência pode acabar descobrindo que existe vida fora da terra, que a reencarnação existe (eu mesmo não acredito nem na existência da alma), viagem no tempo, buracos de minhoca, inteligência artificial e o ceticismo ATUAL vai virar piada, ou o contrario, claro… Digo atual, pois quando isso acontecer estaremos brigando sobre a existência ou não de outras coisas… e no fim nada muda.

    Mas por horas eu simplesmente “no creo en brujas, pero…”

    • William 1972 disse:

      Mais um analfabeto em ceticismo.

      Cético não é descrente. Cético é exigente. Não nos guiamos por crenças ou descrenças, nos guiamos por fatos. Exigimos evidências confiáveis, só isso.

      Piada mesmo é a ignorância de certas pessoas que desconhecem o pensamento cético e fazem afirmações infundadas.

  31. Arilson disse:

    Não existem Testemunhas?
    Que eu saiba o Coronel não acreditava em ovnis!
    Assitam caçadores de OVNIS do The History Channel é um excelente programa, faz bem tanto para quem acredita porque se tornará mas critico, quanto para quem não acredita pois verá que existem evidencias e vera da boca dos cientistas, inclusive respeitados cientista de que eles existem.
    Ter algo inexplicavel em suas mão não significa que você encontrou a prova definiva, mas já é um grande passo rumo a verdade!

  32. Hugo disse:

    Haja o que houver, nós a opinião publica, nunca iremos saber por vias crediveis. Eu pergunto, o porquê de repente varios paises virem a publico com X-files? Que na realidade de X nada têm! Há vários relatos de antigos Astronautas norte-americanos que em poucas linhas têm muito mais a dizer sobre a sua experiencia aeronautica. Também digo, na internet o que está a vista, é o que querem que se veja. Seja qual for a intenção!
    Porém, com a quantidade de telemovei com camara que existem à roda do globo, nao seria de esperar já a existencia de muitas e muitas fotos e videos (credivei) dos tão falados avistamentos!? Eu tenho 32 anos, tento ver sempre os dois lados, mas eu pessoalmente nunca vi nada de anormal em toda a minha vida.

    Com os melhores cumps
    Hugo

  33. Jsen disse:

    O governo encobre por que não quer o panico da população, afinal, roubo, estupro, assassinato, guerras, corrupção, não assustam nada, mas os ets sim.claro.

    o fenomeno ovni virou religião, é pura fé, nada concreto.

    infelismente, adoraria ver quanto poderiamos aprender com eles, mas chega uma certa idade que se deixa de lado os contos de fadas.

  34. Mente Aberta puro sangue disse:

    É simples, muito mais simples do que voces discutem. Eu venho aqui e vejo medo, muito medo. Todos os que tentam se convencer de que estamos sozinhos no universo, nao tem estomago, o assunto não é passivel de assimilção por mentes quietas e conformadas. Sua vidinha está boa, seu trablaho vai bem, voce gosta de sua mulher ou marido, vai viajar de ferias… pra que complicar, certo?! Essa é uma atitude típica do ser humano de massas, ele nao quer se preocupar, ele nao quer pensar ( Dai o lula e o/a dilmao pensam por eles – piadinha, nao consegui segurar kkkk). Acho hilario quando dizem, ” eu nao acredito no que não vejo”(hipocrita ao ultimo, no minimo.), ” não existem provas” (essa é a melhor).
    Leiam livros de historia, abram acabeça, pesquisem. Eu venho aqui as vezs esperançoso em ver que alguns de voces tenham desistido de correr atras do proprio rabo. Eu? Eu acredito no fenomeno, nao exatamente como dizem, as pessoas fantasiam, querem atenção. Pensem, ds pra escrver livros sobre o proque de ET nao veem na sua casa tomar uma gelada com voce.

    Da mesma maneira que hoje nossa limitada intigencia resolveu preservar a vida, da mesma maneira que um biologo ao observar a natureza opta por nao interferir nela, experimentar (de experimento, experiencia) sim, observar, sim, interferir, NÃO! Agora vamos comigo, tipo 1+1=2; se insignificantes e limitados(a maioria por opção)seres humanos pensam assim… Seres que viajam o ESPAÇO, ( mais provavelmente o espaço-tempo) não pensariam nisso ne?! ” ahh mas eu nao entendo” voce nao entende??? Voce nao entende porque faz parte de uma civilização que chega ( ja chegou, já fez!) à morada de outra estuprando às femeas, escravizando os saudaveis, devastando o lugar pra vender ou ter algo pra vender pra lucrar, pra explorar. è por isso que voce nao entende. Voce pensa como pode, voce quer tentar por uma possivel civilização mais inteligente na forma da sua! Voce quer tentar entender o que são e o que fazem com o TEU sistema de pensamento reducionista, fraco e limitado.

    Se existe vida inteligente, MAIS inteligente, porque hão de querer contato com uma civilização assim? Imagine Albert Einstein tentando explicar a teoria da relatividade à um Niadertown…. ou voce que se julga “são” vivendo num hospicio.. ora veja, essa, é uma.

    Nossa cultura TODA TODA foi construida em torno de que somos unicos no universo, os queridinhos de Deus, especiais, os seres superiores desse mundo.. Por isso poucos se atrevem a calcular as repercussoes de um contato assim, alias, muitos de voces preferem nem imaginar, porque sentem-se esmagados, “hã? quer dizer então que sou +1? É, só mais um. “Quer dizer que não somos fodas como achei que fossemos?” Pois é… SIM. Essa é outra.

    Abram os livros de historia, a primeira civilização DA TERRA ( vo dar uma colherzinha de chá, os sumérios) esculpia foguetes e “astronautas”…Como eram criativos não? Essa é + outra.

    Isotopos de elementos NÂO, deixa eu enfatizar, NÃO encontrados nesse planeta são encontrados DENTRO do corpo dos que clamam serem abduzidos, SEM NENHUMA PRESENÇA DE CICATRIZ. ” Ahhhh…. o sujeito pegou um pedaço de meteorito inplantou no dedo, nos seios nasais ou no cerebro, criou uma rede neural naturalmente inxistente na regiao ao redor do corpo estranho, usou uma maquiagem bem feita e enganou o MÉDICO que fez uma cirugia ( ele faz dezenas dessas) documentada nos minimos parametros cientificos, só pra aparecer, é isso!!” + outra…!

    Um fazendeiro americano é abduzido, no mesmo dia, filho, e funcionarioS veem ufos sobre a fazenda, o sujeito some por 3 horas, volta, nao lembra de nada, faz uma regressao por um PSIQUIATRA que atesta uma suposta experincia abdutiva, o casamento dele desaba, a mulher fica traumatizada, ele se expoe a humanidade toda, se expõe ao ridiculo ( pra alguns de voces) porque ele tem 50 anos de idade, é saudavel, muito bem de vida, e simpatiza com a causa extraterrestre!

    Puxa vida… da pra passar a noite, o dia, o ano atentando voces à simples faculdades mentais, logicas, usadas por nós mesmos como abordagem à outras situações, fatos e seres vivos, enumerando fatos reais…
    Mas alguns de voces ficariam a noite o dia, o ano, correndo atras do rabo…. tentando convencerem-se de que a agua não é molhada, de que acordar amanha e ganhar dinheiro é a realidade e o que realmente importa….

    ” Existem mais misterios entre o céu e a terra (quem dirá alem dela!) do que sonha nossa vã filosofia”
    (William Shakespeare)

    • sergio disse:

      Parabéns amigo gostei do seu comentario!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!ja tive uma experiencia estranha,um abraço

    • William 1972 disse:

      Mais um crente. Está parecendo púlpito de igreja isso aqui.

      Se tais casos fantásticos aqui relatados por você fossem reais, não haveria motivos para controvérsias.

      Eu tento não discutir com fanático, mas…

  35. Magno disse:

    Aí Mente Aberta, parabéns pelo raciocínio!
    Mas, infelizmente esse seu comentário é o mesmo que dar tiros n’agua, não vai fazer efeito nenhum naqueles que não querem raciocinar.

  36. Luiz disse:

    Quem acredita os extraterrestres das fábulas ufológicas, deveria deixar a astronmia um pouco de lado, e ler um pouco sobre biologia. Mais especificamente o fenômeno da evolução biológica.
    Depois de ler sobre o assunto, e o entendido, pergunte-se: qual a probabilidade de seres biológicos alienígenas terem evoluído através de bilhões de anos em seu planeta, e no fim, terem chegado à mesma forma humanóide dos seres inteligentes do nosso mundo?
    Se esses seres estão mesmo por ai, é muito improvável que sejam verdadeiros alienígenas.
    É mais provável que tudo seja uma grande farsa mesmo!

  37. Mente Aberta puro sangue disse:

    É isso aí sergio, cabeça aberta, garanto que muitos mais tiveram, vem tendo ou teem.

    Não tem problema Magno… Faça como eu, tente despertar o raciocínio, a luz, aifnal todos tem capacidade pra querer entender e considerar um pouco, ou muito mais.Quando pergunto a alguem se acredita ou não em vida inteligente alem da terra ou como queiram, “extraterrestres”, e a pessoa diz: “Não.” Eu respondo, simplesmente: “Pois devia, eles acreditam em você….”

    Abraços

  38. Luis disse:

    Vendo os comentários dos céticos, me parece que são somente um bando de crentes fervorosos que acreditam que somos o centro no mundo, praticamente um heliocentrismo no século XXI
    A matéria é risível, e citar o projeto Blue Book? seriamente, é pedir para perder qualquer confiabilidade, disinformation? algum cético sabe o que é isso? Ou o governo dos EUA é 100% verdadeiro, oh! deve ser! ao menos no ponto de vista de quem crê que sejamos os únicos, quem sabe né? somos tão evoluídos que levamos 2 anos para falar! SIM! a raça dominante desse planeta com a maior capacidade mental leva ao menos vários anos para aprender e decodificar códigos padronizados e agrupados em palavras e estímulos! E o próprio autor tem um background científico invejável, não? Temos PHDs relatando experiências, enquantos amiguinhos que estão fazendo cursos técnicos acham tudo isso uma besteira! Ignorância, nascemos com ela, mas há tempo para perder!
    Agora deixe-me voltar a minha ignorância de raça suprema (já que nenhum ser superior de outro espaço se apresentou a mim, né amigos céticos) e ler que estamos apenas a 100mil anos na Terra. Homo Sapiens Sapiens, 100mil anos em um espaço de ao menos, 5 bilhões de anos? SIM, somos parte do 0.00002 FINAL da existência !
    Os argumentos céticos são tão convincentes para minha pessoa quanto o Criacionismo, bom, a vantagem do criacionismo que ao menos por um espaço de tempo ele tem lógica, e não, não é a parte que o mundo surgiu a 6000anos atrás, ok amigos?

  39. cósmico disse:

    Respeito os céticos pois já fui um de vcs , mas é engraçado ver como vc podem achar que o ser humano é o único ser desenvolvido do UNIVERSO , digo o nosso pois se vcs não sabem a ciência já comprovou a existência de outros universos , como disse um colega vcs não estudam tudo somente o que interessa a vcs pois se acham muito inteligentes e se acham no poder de descartar qualquer evidência chegando a ridicularizar um pobre ignorante que passou por experiências difíceis de serem interpretadas por vcs(céticos) , por pura falta de conhecimento e é óbvio que vcs nunca verão nada pois esses seres que vcs acham que não existem entendem as suas ignorâncias e arrogâncias e não querem faze-los fazer xixi nas calças.
    quando quebrarem a cara lembrem-se de todas as infamias ditas por vcs pois tudo será cobrado , inclusive a de ridicularizar como ignorantes os que tentam mostrar a verdade e vcs (não por culpa suas)tentam desmistificar tudo que esteja fora do alcance dos seus olhos e de suas mentes.
    Mas todos temos nosso nível evolutivo e um dia vcs verão o óbvio que é que nós somos muito pouco evoluidos , por favor sejam humildes olhando e estudando o tamanho do universo

    ESTUDEM

    • William 1972 disse:

      Primeiro: cético não afirma nada por “achismo”. Não há meios de afirmar ou de negar que somos os únicos seres inteligentes do universo. Universos paralelos são uma possibilidade teórica e não um fato confirmado. Também não há como afirmar ou negar a existência dos mesmos.

      Se alguém descarta uma evidência, é sinal de que não é um cético de verdade. Mas também pode ser que o que você chama de “evidência” não passe de delírio.

      Agora, senhor dono da verdade, eu adoraria “quebrar a cara”, só para romper a monotonia da rotina, mas eu olho ao redor e não vejo nada de extraordinário acontecendo.

      ESTUDE O QUE É CETICISMO!

  40. sergio disse:

    Estou passando,pra deixar um recado aqui,eu já tive esta experiencia de ver um ovni,não só eu mas minha irma que começou a chorar,e eu fiquei ali com os olhos fixos olhando aq,meu maior aquilo,já comentei isso aqui ja em outros comentários que eu fiz,seja lá o que isso for,a verdade e que existe e eu vi mais minha irma,.
    Meu sonho e que isso um dia aparecesse por todos os cantos deste nosso planetinha,milhares destes ovnis,de uma forma tão espetacular que os poderosos se ajoelhassem,e vessem algo nunca antes visto,nossa pequenes diante do poder infinito de algo que não conhecemos,talves depois de um gigantesco choque o ser h

  41. sergio disse:

    Estou passando,pra deixar um recado aqui,eu já tive esta experiencia de ver um ovni,não só eu mas minha irma que começou a chorar,e eu fiquei ali com os olhos fixos olhando aq,meu maior aquilo,já comentei isso aqui ja em outros comentários que eu fiz,seja lá o que isso for,a verdade e que existe e eu vi mais minha irma,.
    Meu sonho e que isso um dia aparecesse por todos os cantos deste nosso planetinha,milhares destes ovnis,de uma forma tão espetacular que os poderosos se ajoelhassem,e vessem algo nunca antes visto,nossa pequenes diante do poder infinito de algo que não conhecemos,talves depois de um gigantesco choque o ser humano mudaria a sua mente para o bem!!!tudo é possível num universo onde não sabemos nada!!!!!!!!!

  42. gersongn disse:

    …Um Grande abraço a Todos !!! … Bill Clinton na campanha a presidencia, disse ser a favor de abrir os arquivos americanos sobre “Ovnis” …algum tempo depois, desconversou….o serviço secreto comentou que alguns “assuntos” nao sao tratados pela presidencia….recomendo um filme: “fogo no céu” ….é pra re-pensar sobre o tema.

  43. […] semanas após a publicação da portaria 551/GC3 no início de agosto de 2010, regulamentando o registro e trâmite de assuntos relacionados a OVNIs, o comandante da Força Aérea, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, publicou uma nova portaria […]

  44. ET De Urano disse:

    Queridos e honrados comentaristas, brasileiros yahoonianos e googleianos, a fantasia – para muitos, o fenômeno – para alguns, e o fato – para poucos… UFO… sempre existiu, neste e em todos os outros planetas e épocas.
    Porém, aqui na Terra, apenas de uns poucos anos para cá, a facilidade e popularização de gravação de imagens dinâmicas iniciou-se. Aguardem, pois muitas filmagens incríveis e desconcertantes de ovnis cada vez mais aparecerão com acesso a todos.
    O contato de terceiro grau (físico) há muito que vem ocorrendo, entretanto ele é feito sempre de nós para vcs, e nunca o contrário, e sempre de forma que nenhum ser humano perceba, ex: perfeitamente disfarçado de pessoa comum o extraterrestre cumpre sua missão na Terra, entre os próprios homens, sem que ninguém perceba. O extraterrestre pode inclusive namorar, estudar etc.
    Uma importante e fundamental pergunta que sempre surge, no meio ufológico e congênere (esotérico), é… O que os de fora deste mundo estão vindo fazer aqui? Resposta: Praticar o AMOR, pois toda a vida está interligada, e quanto mais ela evolui mais ela tem consciência do AMOR, e uma das melhores definições de AMOR é – ajudar o próximo.
    Assim como vocês, hoje, procuram e trabalham por uma melhor e mais justa sociedade humana na Terra, amanhã, vocês também o farão pela sociedade do tatata…tataraneto racional-instintivo do verme que esta rastejando, agora, em seu jardim.
    No atual grau de racionalidade e intelectualidade que vocês se encontram, não existe o mínimo interesse, de nossa parte, de intercâmbio cultural e social com a humanidade. Seria apenas um ato contraproducente e infeliz se ocorresse. Contudo, os testemunhos de nossa presença cada vez vão ficar mais marcantes. E nossa ajuda sem que saibam como ela se processa continuará.
    Não esqueçam… a vida é sagrada… ninguém tem o direito de tirar a sua vida e nem você a de nenhuma outra pessoa. O mundo Terra é lindíssimo, e vai cada vez ficar mais lindo, assim como todos os seus habitantes. E nós amamos cada um de vocês, ontem, hoje e sempre.
    Abraços a todos os homens e mulheres!

  45. ET De Urano disse:

    Caros… ainda não fui, pois supliquei aos meus superiores mais alguns tempo entre vcs, e eles aceitaram meu pedido.
    Vou falar de AMOR… a vida é um ato contínuo de amor…
    Saibam, q as milhares de bactérias e outros microorganismos que vivem desde suas bocas até seus retos se beneficiam amorosamente de suas vibrações energéticas trancedentais mais ricas q as deles. Até mesmo a incômoda gripe é um ato de amor, pois o ser “vírus”, extremamente rústico, vai se magnetisando para a vida por este convívio com as espécies vegetais e animais q ele irrita. Assim, por incrédulo que possa ser, vc muitas vezes ajuda na evolução de outro ser, ainda estando doente.
    Mesmo a pior das pessoas faz parte também, só q inconscientemente, das engrenagens universais do amor… que é ajudar o próximo. Seus atos destrutivos e agressivos, dentro da eternidade, serão todos pagos, já q ninguém pode escapar do todo de q faz parte. E, será junto dos ruíns que provaremos o grau de nossa bondade. Dessa forma a existência de bandidos, assassinos etc, também é um ato de amor… a evolução precisa de contrastes para ocorrer.
    Sem amor, nem pó teriamos no universo.
    Na próxima mensagem… é possível identificar um ET entre os homens?…de que é feita afinal, intimamente, a matéria?…o q é o universo?…há, houve Big Ban?

  46. Magno disse:

    Vejamos o que diz o William no seu comentário de 16/11/2010 às 23:11:
    “A ufologia é uma crença e não uma ciência.”
    Conceitos de Ciência:
    1º)- Conjunto metódico de conhecimentos obtidos mediante a observação e a experiência”.
    2º}- Saber e habilidade que se adquire para o bom desempenho de certas atividades.
    3º)- Informção, conhecimento. notícia.
    Agora William, me diga: O que exatamente os Ufologos fazem para não considerar-mos a ufologia uma CIÊNCIA?

  47. Magno disse:

    William meu amigo, não estou querendo pegar no seu pé, mas algumas coisas que voce diz não fazem muito sentido.
    Vejo que voce entende muito bem o que significa ceticismo, mas na prática (analizando os seus comentários), observo que voce não segue esse conceito.
    “Uma vez que o ceticismo adequadamente se refere à dúvida ao invés da negação, descrédito ao invés de crença, críticos que assumem uma posição negativa ao invés de uma posição agnóstica ou neutra, mas ainda assim se auto-intitulam “céticos” são, na verdade, “pseudo-céticos”. (Wikipédia)
    Para que voce se posicione como cético, é preciso que tenha conhcimento sobre o maximo de assuntos possíveis. Que analise, não só as provas, mas também a lógica do que esta tendo conhecimento.
    Ser cético é não acreditar em QUALQUER conhecimento que seja questionável.
    Agora vejamos:
    Será que realmente o Eudes falou bobagem? Estaria mesmo os gonvernos nos manipulando, ou isso é uma fantasia? Dá pra acreditar fielmente no que nos é ensinado? Será que a velocidade da luz está correta? A medições cósmicas estão exatas? A tradução das escritas cuneiformes sumérias pelo Sr Sitchin está correta ou é um delírio dele? E se for um delírio dele, então por que a NASA o contratou como consultor e tradutor? Será possível que as milhares de pessoas que relatam terem tidos experiencias com OVNIs (incluindo as autoridades americanas que testemunharam no DISCLOSURE PROJECT e alguns militares de alta patente Brasileira), estariam mentido ou tiveram alucinações? Se não é mentira ou alucinações, então o que foi que essas pessoas viram?
    Isso é ser cético.
    Quando voce cita que não é psiquiatra, portanto não vai comentar a postagem acima, acredito que se refere a postagem de quem se entitula ET de Urano, mas se voce tivesse lido o livro de Kraspedon, os livros de Kryon, o livro TALMUD DE JMMANUEL, o livro Adamski e etc, saberia de onde ele tirou essa idéia.
    Eu, no meu ceticismo, procuro ler ou me informar sobre vários assuntos para que possa analiza-los verificando as evidências ou a lógica, independente de dar crédito ou não, para que não fique ignorante (sem conhecimento), sobre o assunto em questão.

  48. Magno disse:

    Uma correção: Quando digo “o livro Adamski” quis dizer “O livro de George Adamski.

  49. Nilvei Joviatti disse:

    O conteúdo dos arquivos colocados à disposição da massa não é o mais importante. Nem aqui, nem no Reino Unido e nem em qualquer outro país do mundo que esteja adotando medidas nesse sentido. O que mais intriga é por que decisões semelhantes de nações distintas estejam ocorrendo quase que simultaneamente, como se houvesse uma determinação central para abrir determinadas informações. O primeiro impacto em alguém que não acompanha o assunto, ou não dá crédito, é justamente de que, ao passo que ele, leigo, dava ouvidos aos governos e órgãos oficiais nessa questão, refutando a existência do fenômeno, ou aceitando qualquer explicação que dessem, agora os mesmos governos e órgãos oficiais, ao disponibilizarem seus arquivos, evidenciam a existência do fenômeno, e que sempre deram sim atenção ao mesmo. Poderiam continuar adotando a mesma postura, de negação e encobrimento, mas subitamente mudam de postura, coincidentemente quase que ao mesmo tempo. E a ONU já designou até uma “embaixadora” interplanetária, para o caso de contato com extraterrestres. E agora a NASA marca entrevista coletiva para falar sobre possibilidade de vida extraterrestre. Provavelmente não dirão muita coisa, a princípio, pois uma abordagem direta causaria muito impacto. Mas começa a preparar o terreno, para que que a humanidade vá assimilando aos poucos. Na verdade, a preparação do terreno já foi iniciada com essa operação de divulgação de arquivos, coordenada mundialmente. Quando a humanidade estiver “pronta”, será devidamente apresentada a seus “irmãos” espaciais, os quais estarão devidamente alinhados com as lideranças mundiais. A essa altura, será fácil convencerem a humanidade de que a existência na terra divisões em estados nacionais se torna ultrapassada, e se faz necessária a adoção de um governo global, terrestre, para tratar com outras civilizações interplanetárias mais evoluídas e que por esta razão não possuem divisões internas. E nossos líderes e novos “irmãos” interplanetários provavelmente dirão (já estão dizendo) que “nem todos os seres extraterrestres são bons, como eles”, e por isso temos que adotar certas medidas, e que gentilmente nos orientarão, a fim de nos protegermos. Aí mora o perigo. Já li essa história em elgum lugar. Mas, no final, um resto de nós terá um final feliz. Muitos, não.

  50. ET De Urano disse:

    Prezados, desenvolvimento intelectual sem o correspondente moral é gerador de um círculo vicioso de dívidas repetitivas. O que ocasiona um bloqueio para a continuidade evolutiva, pois surge uma verdadeira âncora mantida pela consciência dos males feitos.
    Seres mais adiantados que os homens, contudo, ainda com atitudes de cunho maléfico (destrutivas) são também como vcs, extremamente limitados em seus horizontes de ações, por exemplo: ainda estão colados a uma ou duas dimensões.
    E assim mal conseguem dar conta de sua própria evolução, quanto mais interferir na evolução de outra espécie racional.
    E é claro que eles também são permanentemente monitorados e controlados por seres da luz pura.
    Plantar a idéia de q vcs estão sob a ameaça de extraterrestres do mal é uma grande bobagem. Se isso fosse verídico, por que então eles não aproveitaram séculos, ou décadas, atrás para dominá-los? Ao contrário desta época, ou futuramente, na qual vcs já tem uma boa tecnologia de defesa e comunicações, além de uma imensa população.
    O caso é que algumas pessoas têm a grave tendência de obtarem pelas sombras. Mesmo uma tola atitude é um tanto quanto simbólica… aja visto a preferêcia vaidosa dos óculos de Sol, com os quais, antes de ver todo o brilho da natureza e suas inúmeras cores, seus usuários preferem escurecer tudo mesmo numa viagem de lazer e turismo num lindo lugar. É justo que há os problemas de visão, mas se não é o caso, aprecie a luz pois teu destino é viver plenamente na luz. Pois quem gosta e quer a luz a quer em todas as situações.
    Complementando… o que eram os Ets de Varginha? Foram umas pífias tentativas de trazer para esta dimensão seres de outra. Porém, nem o arranjo material e muito menos o orgânico se sustentaram, dai o extremo mal cheiro, fruto de uma acelerada deterioração, que as destemunhas desgraçadamente experimentaram.
    Humanos queridos, deixem de lado idéias apocalípticas e tristes, conciderem e acreditem que só o tempo é o real guardião do grande desprendimento de vossa felicidade. Cabendo só a vcs a vivenciarem continuamente o quanto antes, pois ela desde sempre os acompanha nos seus corações.

  51. Nilvei Joviatti disse:

    O medo de dominação de humanos por seres extraterrestres mais evoluídos é infundada. Também a crença de que seres mais evoluídos vão nos conduzir pela sua luz (luz demais ofusca), se levada a extremos, não se diferencia do fanatismo religioso. O fator tecnologia mais ou menos avançada, maior ou menor número populacional, ou qualquer outro, não influi na questão, porque as regras são outras. O que realmente definirá o sucesso ou o fracasso individual será a capacidade de reconhecer o caminho verdadeiro e seguí-lo, em meio a tantos desvios de rumo. Os desvios são a regra. O caminho é a exceção. Para tudo existe um tempo. Quando o fruto está maduro, é chegado o tempo da colheita.

  52. radeg011rat888abc56gt disse:

    bom eu nao sei porque a população mundial ainda aceita ser feito de palhaço por estes milatares do usa todo mundo ja sabe que os ovnis sao nada a mais que projetos secretos do usa mas o els n sabem e que a russia ea a alemanha ja esta anos luz na frente deles e ai vem a pergunta porque esconder eles nao sabem mesmo e ganhar dinheiro imagina quanta grana uma aeronave em formato triangular ou silinddrico ou em forma de disco lhes renderiam uma grana mais faze o que insitem em ficar espionando os outros com essa aeronaves “secreta”, podem perceber que tudo que vaza vaza na net porque, e simples porque na net ninguem acredita, e agora o usa apoia o armazenamento em massa de todos os arquivos em nuvens, ate que nao sao muito nub porque se os sistemas e arquivos estiverem em nuvens e logico que poderam espionar os arquivos de todo o mundo lisos em!!! ainda a uma seria suspeita de que usam sistema linux para baratiar o desenvolvimento de controles eletronicos de suas aero naves “secretas”
    tomem cuidado com armazenamento em nuvens!!!
    este mail e xxxrat

  53. Cristiano disse:

    Os casos de ovnis, na sua grande maioria, permaneceram ovnis para sempre.

    Se não poderão ser provados, são igual a nada. Igual a lixo.

    Ovni = nada.

    Perde-se muito tempo discutindo o nada.

  54. […] liberação de documentos sigilosos sobre os mais diversos temas pelo Wikileaks ou mesmo oficialmente por órgãos governamentais, incluindo no Brasil, sim traz revelações importantíssimas. Mas nada revela sobre histórias […]

  55. extraterrestre disse:

    voce acha se as autoridades soubessem de algo muito serio iriam publicar na internet? eles ficariam com todas informações guardadas pra eles, se estão mostrando é porque é brincadeira, o serio mesmo elees escondem
    ??????????????????????????????????????????//

  56. extraterrestre disse:

    Voces são ligados mesmo nessa de extraterrestres, elees podem estar olhando voces, vigiando voces sem que voces tenham a minima ideia, quem sabe eles podem estar infiltrados entre os humanos.

    Eles podem estar guardando os humanos , como se guarda um terreiro de frangos, pra quando precisarem, e ainda não estão prescisando, est~sao apenas esperando a hora.
    34¨¨5¨&%*&((*_*((*)(*&&*%$342’121783890

  57. davi_elias disse:

    vc analisou tem alguma ai que pde ser verdadeira ( ou não ) ?

    abraço

  58. Observador disse:

    Claro que existe vida inteligente lá fora. Parecidos até com os humanos. Mais o universo é imenso demais para nossa vã filosofia. Quem tem ouvidos escutai… “Não temos olhos grandes para ver o grande e misterioso universo… mais temos ouvidos para escutar o grande ruído que o universo imite”. Conclusão: Os aliens sabem da existencia terraquea. Não pq os aliens enxerga os humanos. Os aliens escutam o nosso terrivel ruido emitido pelo planeta terra. Não o planeta terra friso. Humanos emitem esse terrivel ruido que se propaga através de ondas de rádio até os confins do universo… Quem tem ouvidos escutai… os terraqueos pagarão caro pelo barulho que fazem. Ass.: Observador Alfa Centauro.

  59. Jose Tadeu Sales disse:

    Até meados do século retrasado,se alguém dissesse que dinossauros existiam, seria ignorado ou coisa pior. Pois bem, com o avanço tecnológico de datação e prospecção, pode-se provar que os dinossauros realmente existiram e por muito tempo, envolvendo as mais variadas
    formas e especies. Hoje, ninguém mais
    duvida da existência deles. Estamos em 2011,qualquer pessoa tem como registrar
    ocorrências de OVNI a qualquer momento e em qualquer lugar. Os radares acusam a presença de ovns rotineiramente. As pinturas antigas mostram ovns em suas paisagens e temas.Filmes da NASA mostram ovns. O que mais séria necessário para por um fim nisso? A questão não é se seres extraterrestres existem ou não, a questão é saber o que eles têm feito aqui na Terra e até que ponto autoridades mundiais estão envolvidos nisso. Aposto que troca de tecnologia por algum tipo de matéria prima seja o mais provável, visto que a technologia avançou muito no último século. E é essa tecnologia alienígena que os EUA e outros paises importantes estão tentando entender e ocultar. Seja por razões políticas ou econômicas.

    E como os céticos sempre pedem provas científicas, por que não abordam a questão do DNA, pois já se sabe que
    uma pequena parte desse DNA não tem origem nos primatas, como deveria ser.
    Fica dificil imaginar um primata antigo (Lucy, por exemplo) chegar onde o homem moderno chegou em tão curto espaço de tempo! A natureza prima pelo equilíbrio, e só uma intervenção extraterrena poderia explicar tal desenvolvimento.

    Céticos de todo o mundo, abram suas mentes, pois são suficientemente inteligentes para separar o real
    da fantasia.

    JTS

  60. ronaldo disse:

    tenho visto muitos e muitas navis diferenti no ceu e e encriveu mas cei que niquen vai acreditapois não tenho como prova mas e incriveu são tão diferenti do m que vcs relatão e falão e facinate

  61. phillip disse:

    Essa “bobagem alienigena ja encheu o saco.Se eles realmente vêm à terra por que ainda não pousaram ou então fizeram algum contato válido?
    Não me responda que não é para causar medo, pois se fosse por isso, eles pousariam e explicariam sua intenção, e não ficariam só voando e enchendo a kbça de quem nao tem o que fazer.

  62. Van Helsing disse:

    Mais uma notícia de que a FAB não levará avante este projeto por falta de estrutura. É de dar dó desta nação. Sou brasileiro mas tenho pena de como caminha este país. Quem faz uma nação é seu próprio povo. Fico demasiadamente irritado de ver esta emblemática situação em que se encontra o “GOLPE MILITAR DE 64” Até quando isto levará. Nenhum dos lados se entende, o Exército precisando de investimento, e ralando nas mãos do governo que outrora sofreram por alguns integrantes desta Força. Do outro lado os Revoltodos querendo que se entregue os torturadores. Falta investimento nas 3 forças, em que entra ano sai ano, o governo faz cortes de despesas. Se estas investigações sobre OVNIS não são importantes, estamos perdendo conhecimentos relegados a arquivos que estão empilhados e empoeirados, a espera de alguém que as estude.

    • TT disse:

      É? E depois? Você acha que o Estado deve liberar verbas para buscar o que mais? Duendes? Papai Noel? kkkkkkkk. Não me faça rir!
      Francamente, com tanta coisa mais importante. Gastar dinheiro público com ficção científica, não dá, já não basta a Copa etc.
      A décadas, existem centenas de projetos privados, espalhados pelo mundo, alguns com altas verbas ivestidas, inclusive no Brasil, alguns com super-antenas e etc, e até hoje, nunca capitaram um sinal de rádio sequer. Já capitaram sinais do Big Bang, mas nada de E.T.

  63. William 1972 disse:

    Magno, não se trata do que os ufólogos “fazem”, mas sim em que se baseia toda a ufologia. Vejamos: os próprios ufólogos (como Claudeir Covo) afirmam que mais de 90% das fotografias e filmagens que surgem como sendo de possíveis naves extraterrestres são fraudes ou erros de interpretação. Apenas uma pequena parcela dessas “provas” não têm explicação. Mas o fato de não poderem ser explicadas como fraudes ou como fenômenos naturais não significa que são necessariamente naves interplanetárias. Para afirmar isso, seria necessário muito mais do que simples fotos ou filmagens. Portanto, podemos afirmar que a quase total ausência de evidências físicas confiáveis pode afastar a ufologia do conceito de ciência. Relatos pessoais também são apresentados como “provas”. Mas simples relatos também não podem ser considerados como evidências, tampouco as assim chamadas “regressões hipnóticas”, pois, mesmo nesse estado de consciência a mente humana pode fantasiar muita coisa. É tudo muito nebuloso e subjetivo, e isso também afasta a ufologia da ciência. Por outro lado, o caráter muitas vezes messiânico das “mensagens” dos supostos ETs aproxima muito a ufologia da religião, afastando-a novamente da ciência. Fé e razão são inconciliáveis, e tentativas de unir os dois conceitos se demonstraram inconsistentes ao longo da História, como podemos analisar nas críticas a Tomás de Aquino (no livro “Deus, um Delírio”, Richard Dawkins desmonta os argumentos de Aquino de forma insofismável). Por último: a ufologia não é e nunca foi levada a sério pela comunidade científica. Ou você tem algo que possa contradizer isso? Por acaso você poderia apresentar algum artigo com revisão de pares publicado em periódico indexado que trate a ufologia como ciência? Se você apresentar esse artigo, eu retiro o que eu escrevi e considero a ufologia como ciência, sem problema algum.

  64. William 1972 disse:

    Magno, veja bem, acho que quem não está entendendo muito bem as coisas por aqui é você. Em quais pontos dos meus textos estou negando a ufologia? Estou QUESTIONANDO e não NEGANDO, pois não é muito correto negar uma proposição, por mais absurda que possa parecer. Isso, quando não temos provas. Eu não tenho como provar cabalmente que os OVNIs não são naves interplanetárias, mas os ufólatras não podem provar cabalmente que os mesmos são naves vindas de outros planetas. E quando surge algum ufólatra que AFIRMA que tais objetos são realmente de origem extraterrestre, é mais do que natural de que duvidemos. Posso ter o meu direito à dúvida. Veja bem: eu DUVIDO, eu não NEGO. Apenas estou pedindo provas mais consistentes. Ou seja, minha posição é, sim, neutra. Talvez eu possa parecer negacionista quando critico a excessiva credulidade de alguns, mas isso é apenas impressão. A ufologia é ALTAMENTE QUESTIONÁVEL, portanto posso livremente ser cético com relação a ela e considerá-la como pseudociência (pelo menos enquanto os ufólogos não apresentem provas incontestáveis da veracidade do fenômeno ufológico e de que o mesmo seja de origem extraterrestre).

    Quando eu critico o Eudes por causa de sua mensagem (da mensagem dele), estou criticando a postura dogmática dele em tratar uma suposição como verdade. Veja bem, se você prestar bem atenção na postagem dele, você perceberá que ele utiliza frases AFIRMATIVAS. Olha só: “A verdade é que os ceticos e os crentes são dominados pelo sistema, são todos marionetes controladas pela mente.” Primeiro, ele fala muito em “verdade”, se colocando, aparentemente, como “dono” desse conceito. Depois, ele não escreve “talvez os céticos sejam controlados pelo sistema”. Ele AFIRMA que os céticos são controlados pelo sistema, mas não apresenta PROVAS que corroborem a sua afirmação. Portanto, eu tenho todo o direito de duvidar do que ele escreveu e de criticar essa postura dogmática de dono da verdade. Quanto aos seus questionamentos, eu também os faço. E também concordo: “isso é ser cético”. Exatamente em quais pontos do meu texto deu a entender que estou negando tudo isso? Pessoas que não tem problemas de interpretação de texto, com certeza, devem ter entendido que eu estou apenas questionando afirmações bastante duvidosas. Outra coisa: há conceitos estabelecidos em ciência, como a velocidade da luz. Para a maioria dos cientistas não há o que questionar. Mas os leigos podem, sim, adotar uma postura cética até diante de pontos estabelecidos na ciência como a velocidade constante da luz. Quando eu escrevo sobre buracos de minhoca e a “maneira” de “abri-los”, estou recorrendo a um conceito teórico para poder contrapor à certeza que alguns ufólatras possuem de que os “viajantes interplanetários” tenham controle sobre esse “objeto” que, para a maior parte da comunidade científica, por enquanto, não passa de uma possibilidade teórica e, se existir, é extremamente indetectável.

    Eu possuo uma versão em PDF do livro de Dino Kraspedon. Veja bem, já nos “agradecimentos”, ele escreve: “Ao Comandante do disco, quer ele seja terreno extra terreno ou sub-terreno – que importa! -“. Ou seja, o próprio autor não tem certeza se o “ET” é realmente um ET. Também tenho em mãos a edição nº 46 da revista UFO (outubro de 1996). Nela, há uma entrevista com Dino Kraspedon em que ele afirma coisas como “a luz é uma força que repele outros corpos”. Ele já comete um erro crasso ao afirmar que a luz é uma “força”, visto que em nosso universo só são conhecidas quatro forças básicas, e a luz não é uma delas. Ele é muito corajoso ao publicar argumentos que contradizem vários conceitos já estabelecidos pela Física. O livro de Kraspedon não tem rigor científico e não pode ser considerado como fator considerável para afirmarmos que há seres extraterrestres vivos e atuantes entre nós. As outras obras por você citadas eu ainda não as li, mas conheço o caso Adamski, um dos mais famosos dentro da ufologia. Assim como a maioria de casos desse tipo também é muito controverso. Considero um tanto inadequado comparar o “contato” de Kraspedon com a postagem do “ET de Urano”. Você pode provar que essa postagem foi feita por um “autêntico” ET? Se ele for um ET de verdade (ai, a que ponto cheguei…), por que se expor em um fórum de comentários de um blog cético e não para cientistas? Ele veio de Urano mesmo ou de algum outro planeta conhecido também pelo nome do personagem mitológico “terrestre”? Será que é tão absurda assim a minha postura de considerar sintoma de alienação mental uma postagem de alguém que se considera extraterreno? (Claro, pode ser apenas uma pessoa “normal” tentando fazer uma brincadeira…). Como é possível provar cabalmente sem margem para dúvidas que há ETs entre nós tentando se passar por humanos? Prestou atenção aos meus questionamentos, Magno? Isso também é ser cético.

  65. William 1972 disse:

    Prezado ET de Urano:

    1. Quais seriam essas “dívidas repetitivas”? Tem como ser mais específico?
    2. Como é possível estar “colado” a duas dimensões?
    3. O que são “seres da luz pura”? O que é “luz pura”? Existe “luz impura”? Como se determina a “pureza” de uma luz?
    4. Você acha o uso de óculos de sol um problema tão grave assim a ponto de não criticar outros problemas bem mais graves?
    5. Você não sabe que o uso adequado de óculos escuros é recomendado por oftalmologistas por causa dos efeitos daninhos dos raios ultravioleta? Será que os oftalmologistas estão errados?
    6. Por que seres de “outra dimensão” foram desembocar justamente em Varginha, interior de Minas, para a contemplação de meninas assustadas e não na Casa Branca ou em algum laboratório para a apreciação de cientistas?
    7. Você diz que o tempo é o “real guardião”. O que é o tempo? Por que o sentimos como um “fluir” de uma seta? O que é o passado? Podemos “viajar” pelo tempo? Como?
    8. É possível ultrapassar a velocidade da luz sem causar um cataclisma cósmico? Como?
    9. Como você se locomoveu do seu planeta para o nosso? Se foi por uma “nave”, qual é o combustível dela?
    10. E os “buracos de minhoca”? Se existem, como é possível detectá-los?
    11. O que existe “dentro” de um buraco negro?
    12. Seu planeta é o mesmo Urano do nosso sistema ou é outro? Por que se chama Urano? Por que batizá-lo com o nome de um personagem da mitologia romana?
    13. Por que você não se mostra publicamente?
    14. Por que você se comunica como se fosse um pregador religioso? Por que não se utilizar de um discurso mais adequado à ciência?

    Caro ET, tente responder usando terminologia científica adequada e objetivamente, sem pregações messiânicas diáfanas.

  66. William 1978 disse:

    Caro xará,
    Vale lembrar que nossa tecnologia evolui passo a passo.
    Lembre-se que por volta de 150 anos atrás, acreditávamos na abiogênese. Que em mais ou menos 300 anos atrás, a terra era o centro do universo. E que até o ano passado, era improvável a criação de um computador quântico.
    Para todas essas suas perguntas existe uma resposta verdadeira e científica, mas provavelmente não temos conhecimento científico o suficiente para respondê-las. Quem sabe daqui um ano, 150 anos ou 300 anos?
    Retire essas vendas dos olhos que só lhe deixam enxergar o que está a frente e, por vezes, tente olhar para os lados.
    Nossa história nos ensina que a informação é um bem que deve ser mantido para poucos, com isso, se mantém o controle da civilização.

    Imagine só como ficaria o mundo após uma revelação governamental sobre alienígenas (supondo que são pacíficos):

    1 – Grupos religiosos e até mesmo pessoas de pouca informação, cometeriam suicídio em massa. (Jim Jones conseguiu isso por muito menos)
    2 – Com fins pacíficos, haveriam trocas de tecnologia. (imagine que eles falem assim: não precisa queimar petróleo e poluir com essa energia infinita e não-poluente). A economia global entraria em colapso. África ficaria ainda pior. O Oriente Médio se afundaria de vez.
    3 – Várias religiões deixariam de existir. (Quer queira ou não, o mundo está sob controle devido à religião). O homem tende à maldade. Se ele não tem medo de morrer e ir para o inferno, purgatório, umbral, o que seja… ele não terá medo de cometer vários crimes.
    4 – Creio que metade da população mundial já viu ou vivenciou algo estranho ou inexplicável. Ninguém cria histórias, ainda mais sobre ET´s para não os julgarem como loucos e dar motivo para chacotas.
    5 – Seia muita estupidez dizer que somos únicos no universo. Assim como foi estupidez dizer que não existia microrganismos a 150 anos atrás e que a 300 anos somos únicos e o centro do universo.

  67. Et De Urano disse:

       Caro William 1972,

       Você está sequioso de muitas respostas, e sobre coisas que nem ponderei. Pedirei paciência de sua parte para que eu possa provê-las da melhor forma possível, e que, devido a quantidade de material a ser produzido,  poderá ser fora deste meio eletrônico. Por enquanto… mencionei o caso de uso clínico de óculos de Sol, leia de novo. 

        Abraço!

  68. algum "crente" a mais disse:

    “Tudo isto não significa que absolutamente todos os arquivos tenham sido liberados ou que militares não investiguem OVNIs, é bem verdade.”

  69. kbssa disse:

    SÓ FAÇO UMA PERGUNTA AOS CÉTICOS…ME EXPLIQUEM O SALTO DADO DA :
    MAQUINA DE ESCREVER PARA O COMPUTADOR?
    DA TV DE VIDRO PARA A DE PLASMA .LCD, LED?
    DO TELEFONE COMUM PARA O CELULAR?
    DO MAPA DE PAPEL PARA O GPS?
    CONTROLE REMOTO COM FIO PARA O SEM FIO?
    VOCES ACREDITAM QUE A MENTE HUMANA LIMITADA É CAPAZ DE TECNOLOGICAMENTE DÁ ESSE SALTO? PORQUE A GRIPE,O CANCER,A MALÁRIA E OUTRAS DOENÇAS AINDA ESTÃO SEM CURA…SÃO AS MESMAS DESDE O INÍCIO DA HISTÓRIA HUMANA, OK!

  70. William 1972 disse:

    Caro William 1978:

    “Vale lembrar que nossa tecnologia evolui passo a passo.”

    E daí?

    “Lembre-se que por volta de 150 anos atrás, acreditávamos na abiogênese.”

    Ainda bem que em ciência não há espaço para crenças. Se você se preocupasse em pesquisar um pouco saberia que as pesquisas em torno da abiogênese são abundantes. Há uma grande quantidade de artigos científcos que tratam desse assunto. Por exemplo, a ureia já foi sintetizada em laboratório, em experiência conduzida por Friedrich Wöhler (procure no Google), o que prova que o orgânico pode muito bem ter sido originado pelo inorgânico.

    “Que em mais ou menos 300 anos atrás, a terra era o centro do universo.”

    Acreditavam que a Terra era o centro do universo, mas não sabiam que não era, só para você saber a diferença entre crença e conhecimento. A ciência não trabalha com crenças. Qualquer hipótese precisa passar pelo crivo do método científico para ser considerada. Novamente você demonstra não só ignorância científica como também da História. O geocentrismo vigorou principalmente durante a Idade Média, época em que cientistas morriam queimados na fogueira da Inquisição. Ou seja, os cientistas não podiam, através de seus estudos, contradizer a tese de que a Terra era o centro do universo, defendida pela Igreja.

    “E que até o ano passado, era improvável a criação de um computador quântico.”

    Não, não era. Há mais de uma década já se comenta que a sucessora da Era Digital seria a Era Quântica, com todos os seus gadgets. Basta pesquisar pelo assunto na internet.

    “Para todas essas suas perguntas existe uma resposta verdadeira e científica, mas provavelmente não temos conhecimento científico o suficiente para respondê-las.”

    Nós não temos, mas quem sabe um ET teria, não é mesmo? Já que eles têm uma tecnologia tão avançada que permite que eles vençam distâncias inimagináveis com as suas naves, essas perguntas feitas por mim ao ET de Urano supostamente seriam fáceis de responder. Mas veja que o “ET” deu uma enrolada básica e não respondeu, o que me deixa com uma séria desconfiança de que não seja um ET e sim mais um desses palhaços do maravilhoso reino da internet.

    “Quem sabe daqui um ano, 150 anos ou 300 anos?”

    Quem viver, verá.

    “Retire essas vendas dos olhos que só lhe deixam enxergar o que está a frente e, por vezes, tente olhar para os lados.”

    VENDAS??? Quer dizer agora que ser exigente e querer provas de alegações aparentemente absurdas é ter os olhos fechados? Eu olho para os lados, sim, e não vejo nada de extraordinário acontecendo, apenas ufólatras e ufófilos alegando coisas que não conseguem provar.

    “Nossa história nos ensina que a informação é um bem que deve ser mantido para poucos, com isso, se mantém o controle da civilização.”

    Isso certamente poderia funcionar na Idade Média e até algum tempo depois. Talvez funcione hoje em dia. Mas não podemos ter certeza absoluta de que essa tua alegação seja 100% verdadeira. Por isso a teoria da conspiração é tonta: frases categoricamente afirmativas como “a informação está nas mãos de poucos para que se mantenha o controle da civilização” induzem à ideia de que TUDO é produto de uma mega-conspiração internacional, o que definitivamente não corresponde à realidade.

    “Imagine só como ficaria o mundo após uma revelação governamental sobre alienígenas (supondo que são pacíficos):”

    Primeiro você precisaria PROVAR que os governos escondem alienígenas, o que seria extremamente difícil. Provando, seria lógico que as autoridades se veriam obrigadas a revelar tudo. Novamente, fica fácil recair no lengalenga conspiracionista de sempre, afirmando que os governos escondem naves e corpos de ETs, mas prova que é bom, nada.

    “1 – Grupos religiosos e até mesmo pessoas de pouca informação, cometeriam suicídio em massa. (Jim Jones conseguiu isso por muito menos)”

    Isso não seria absurdo, visto que uma seita de ufólatras cometeu suicídio coletivo em 1998. Porém altas autoridades não deveriam se guiar por paranoias de suicídios coletivos de grupos de fanáticos. Deveriam, isso sim, colocar o bem do progresso científico em primeiro lugar. Depois, essas seitas ufólatras são insignificantes e casos como o de Jim Jones não são tão frequentes. Esse argumento do “medo de ondas de suicídio”, tanto do ponto de vista dos governantes quanto de pessoas mais esclarecidas parece ser irrelevante.

    “2 – Com fins pacíficos, haveriam trocas de tecnologia. (imagine que eles falem assim: não precisa queimar petróleo e poluir com essa energia infinita e não-poluente). A economia global entraria em colapso. África ficaria ainda pior. O Oriente Médio se afundaria de vez.”

    Como é possível afirmar com certeza que “haveria troca de tecnologia”, mesmo que fossem pacíficos? E será que seres tão evoluídos estariam interessados em fazer “trocas” com uma civilização de tecnologia tão defasada como a nossa? Como alguns ufólogos poderiam provar que os ETs usam uma fonte de energia “infinita e não poluente”? Além disso, crises econômicas são cíclicas e dependem de diversos e complexos fatores, tanto para eclodir quanto para serem erradicadas. Segundo argumento meramente especulativo.

    “3 – Várias religiões deixariam de existir. (Quer queira ou não, o mundo está sob controle devido à religião). O homem tende à maldade. Se ele não tem medo de morrer e ir para o inferno, purgatório, umbral, o que seja… ele não terá medo de cometer vários crimes.”

    A erradicação de religiões realmente seria um benefício. Mas penso ser isso utópico demais. Sua suposição parece afirmar a religião como um “mal necessário” para impor medo e converter pelo medo do “após-vida”. Mas é bom lembrar que tanto durante o socialismo totalitário quanto nas teocracias (e principalmente nas teocracias) as pessoas não deixaram – e provavelmente não deixarão – de cometer atrocidades. A tendência ao crime e à brutalidade parece independer do fato de ser ateu ou religioso. Esse terceiro argumento é furado.

    “4 – Creio que metade da população mundial já viu ou vivenciou algo estranho ou inexplicável. Ninguém cria histórias, ainda mais sobre ET´s para não os julgarem como loucos e dar motivo para chacotas.”

    De onde você tirou essa estatística? Tudo bem, conheço pessoas que contam histórias “misteriosas” que supostamente aconteceram com elas, mas sempre sem provas. Como dizem: as histórias contadas sempre são mais extraordinárias do que as histórias documentadas. Comigo já aconteceram fatos que, se eu tivesse a ingenuidade mística da maioria das pessoas, eu interpretaria pelo viés esotérico. Já vivenciei algo semelhante ao que os místicos chamam de “projeção astral”, mas hoje sei que a neurologia pode oferecer explicações bem plausíveis para esse fenômeno, sem precisar recorrer a explicações místicas. Quanto ao argumento do “medo das chacotas” é bem fraco, pois esse medo não terá razão de ser a partir do momento em que você apresente PROVAS que corroborem as suas alegações. Simples relatos de avistamento não provam absolutamente nada, por maior que seja a credibilidade da testemunha.

    “5 – Seia muita estupidez dizer que somos únicos no universo. Assim como foi estupidez dizer que não existia microrganismos a 150 anos atrás e que a 300 anos somos únicos e o centro do universo.”

    Da mesma forma que seria muita estupidez afirmar que não somos os únicos no universo sem apresentar provas. No passado as pessoas “afirmavam” coisas como o geocentrismo e outras bobagens porque a ciência não era tão avançada como nos dias atuais. Elas ACREDITAVAM que a Terra era o centro do universo, hoje SABEMOS que a Terra não é o centro sequer do sistema solar. Por mais que os crentes esperneiem, foi a CIÊNCIA que possiblitou um grande salto no conhecimento humano, e não as crendices místico-religiosas. O que a ciência não sabe, ela se cala. Existe vida em outros planetas? A resposta mais honesta é NÃO SEI. Aceitar a existência de ETs somente com relatos muito duvidosos como o do casal Hill, de Antônio Villas-Boas, de Adamski etc. é muita ingenuidade. Nõ estou afirmando que os referidos relatos sejam falsos, mas que são bastante duvidosos. Talvez tenha ocorrido algo de estranho com essas pessoas, mas afirmar que os casos sejam de origem extraterrestre é algo impreciso. A existência de vida em outros planetas não é IMPOSSÍVEL, mas é IMPROVÁVEL. Talvez venha a ser provável no futuro. Ou talvez não. Por enquanto, esse assunto continua sendo CRENÇA para os ufólatras e POSSIBILIDADE para os céticos.

  71. TT disse:

    Acretido que se houver mais coisa sobre a Operação Prato, o motivo de não divulgarem, é por que certamente, esta(as) comprovaria(m) a fraude dos avistamentos.
    Vi algumas fotos liberadas ao público, a impressão que eu tenho, é que estou olhando para lâmpadas de poste.
    Fora que o relato da conversa amigável do militar, com o ET, é ilógico.
    Creio se tratar de uma brincadeira, de “mau gosto”.

  72. Chagas disse:

    Vejamos, quando crianças estudamos que Pedro Alveres Cabral descobriu o Brasil e que esta informação e um senso comum,se fosse chutar colocaria que
    pelo menos 80% da população nacional que teve o minimo de escoláridade tem essa informação. Correto, Agora vamos expor um fato nenhum de nos, suponho
    como cético presenciamos esse acontecimento. Não existe testemunha ocular para relato, registro,câmeras ou quaquer gadgets que temos hoje para comprovar o fato , apenas registros históricos relatos em papel, artefatos testemunhas descendentes,documentos expostos pelos pesquisadores. Pergunta, como é que eu vou crêr, que isso tudo não foi manipulado para enganar a massa?

    Eis a resposta: Teremos que pesquisar em fontes acessiveis comuns a meros integrantes de massas que somos que na sua maioria são livros,revistas,documentários Àudio visual,professores e internet atualmente,o que é bom pois a coisa era bem mais atrasada algumas décadas atrás, meios como esses que citei que formam uma verdade e nosso conhecimento. Sem esquecer também que toda essa informação e editada e manipulada a ter chegar a nós. Dai dar para tirarmos conclusão de que toda formação do nosso
    conhecimento sempre será questionável, isso em termos individuais como pessoas comuns membro da população, não estou inferindo sobre especialistas cientistas que são integrantes diretos destas descobertas que apenas eles sabem da verdade em primeiro grau. Portanto o cétisismo e nada além de um critério para peinerarmos até chegar a uma verdade suficiente em minha opinião. Seu abuso questionável e poderoso expande sua mante, mas a duvida sem objetivo e meramente egocêntrica coloca em xeque até sua realidade como você conhece, não há como formar opnião se não existir conhecimento de alguma forma, pois é impossivel saber exatamente tudo como ocorreu ou como ocorre fora da nossa ótica . por isso que a verdade sempre terar um ar de parcial, mesmo diante de evidências e provas, sobra apenas acreditar que suas análises e teorias estão corretas. ainda mais na descoberta da origem do home universo e seres extraterrenos.

  73. Aleksander.L disse:

    Só tem peão rodado aqui e pseudo-cético que nunca teve frente a frente com fenômeno. Dai acha esse website para defecar suas diarreias mentais.
    O Seu Kentaro deve ser orgulhar de ter tantos fãs e seguidores de suas anedotas.
    Por vezes derrubado no mundo da ufologia, porque você não volta a frequentar o orkut para você levar outra esfrega por lá. ?

    Aqui fala o que quer e quando quer, porque não tem moderador para te tirar fora. E pior que tem um monte de seguidor que está no mesmo buraco da desinformação …..

    Ceticismoaberto já era. Viva a ufologia !

    • Mori disse:

      Aleksander, peço que evite termos como “diarreias mentais” e se tiver alguma crítica séria a qualquer erro ou engano promovido aqui, envie nos comentários. Obrigado.

  74. javaNunes disse:

    Olá, boa noite,
    Eu me chamo JavaNunes , sou cético, ateu e gosto de pesquisar ufologia.
    Eu acho esse site ótimo quando quero buscar informações sobre temas
    controversos, mas nesse forum eu acho que alguns pontos foram mal explicados
    por outros participantes e também pelo Willian 1972. Eu tenho que dizer que o
    melhor participante nesse debate foi o Willian 1972, porem alguns pontos
    que ele explicou me chatearam:

    1) Descriminar o sistema de crença ou fé foi um ponto que eu não gostei muito, calma! Eu
    explico o motivo: primeiro, se temos um fenômeno desconhecido, vamos concordar que
    eu não sei nada ou quase nada sobre ele, se não, não seria um fenômeno desconhecido,
    então se eu não o conheço, qualquer opinião minha a respeito desse fenômeno é
    apenas uma crença ou fé inicial. A diferença entre fé/crença religiosa e fé/crença
    científica é que a crença na ciência todos sabem que apenas é uma crença, uma fantasia
    teórica para tentar nos fazer entender algo, e que para eu elevar o seu status de crença
    a fato, eu tenho que trabalhar através de experimentos, calculos e reações esperadas.
    Já a crença religiosa apenas se contenta em ser fé e infelizmente pára
    por aí, ninguém a questiona ou tenta investigá-la usando fatos sólidos.

    2) Falar que não temos nem indícios de que OVNIS são manipulados , sou contrário
    à essa afirmação pois registros de radares, acompanhados por tripulantes
    que relatam as mesmas coisas que esses radares , em vários pontos
    diferentes constituem um indício. Ovnis podem ser aeronaves extrangeiras? Podem!
    Podem ser fenômenos mal interpretados, podem! Eu sei que OVNI pode ser qualquer coisa
    que voa e que não é identificada, até mesmo uma sacola vista de longe voando, pode
    ser um UFO, mas não vamos negar que fenômenos estranhos são captados nos radares
    e fora deles de tempos em tempos.

    Eu acho muito importante o papel do cético de não deixar todo
    mundo sair falando asneiras por aí, influenciando de maneira negativa
    outros leigos, mas é importante que o cético saiba que fenômenos
    estranhos podem acontecer e que o primeiro passo para investigá-lo
    é partir de um pré-suposto mais provável, lembrando que provável não
    é igual a garantido, portanto há uma certa fé ou crença inicial
    que aos poucos vai dando caminho para o fato comprovado. Por exemplo:
    teoria das 11 cordas e vida fora da terra são crenças(teorias) também,
    porem todos os cientístas se empenham para prová-las.
    O homem não sabe todas as leis da física ou tudo sobre todo tipo de tecnologia,
    então não podemos ter 100% de certeza que UFOs externos não nos visitem, embora
    seja muito improvável.

    Obrigado a todos.

  75. Maria disse:

    o que acho engraçado nesse site é que tudo é tão natural, transparente e normal que parece não haver segundas intenções.

    sou cética,mas não tonta. governos tem assuntos que gostam de esconder, nem que seja por prazer e por ego de seus componentes. daqui a pouco vcs dizem que os documentos da Ditadura estavam sempre acessíveis e que a gente não sabia como achá-los. Não acho que TODOS os ufologos iriam ficar feito baratas tontas dando voltas no mesmo tema. Se fossem loucos iam pegar os arquivos de uma vez,se apossar deles e divulgar um monte de livros malucos. Mas é bem o contrário que vejo. O que vejo e a sede de pesquisa e a vontade de ter todos os docs até chegar a uma conclusao (muitas vezes negando o objetivo da pesquisa).

  76. Cibele disse:

    Os seres extraterrestres sao nossos amigos espirituais. Nao ha motivo para teme-los. Sempre estiveram conosco, fazendo seu trabalho silencioso de orientaçao, cuidando de nos.

  77. William 1972 disse:

    Caro Aleksander L:

    “Só tem peão rodado aqui e pseudo-cético”

    Falácias não ajudam em nada o debate sadio, só atrapalham.

    “que nunca teve frente a frente com fenômeno.”

    Mas é justamente por isso que os céticos são céticos. Uma “nave mãe” pousando no meio do Maracanã na final da Copa de 2014 já eliminaria todo o ceticismo do mundo com relação ao fenômeno UFO. Enquanto existirem apenas relatos e fotos bastante duvidosas, o ceticismo permanece.

    “Dai acha esse website para defecar suas diarreias mentais.”

    Mais falácia. Atacar o argumentador ao invés do argumento não ajuda em nada.

    “O Seu Kentaro deve ser orgulhar de ter tantos fãs e seguidores de suas anedotas.”

    Já que são anedotas, prove. Desmoralize não só o dono do website como também os céticos comentaristas. Se apenas falar sem apresentar provas, não terá credibilidade alguma.

    “Por vezes derrubado no mundo da ufologia, porque você não volta a frequentar o orkut para você levar outra esfrega por lá. ?”

    Não posso responder pelo Mori, mas posso dizer o que penso do Orkut. As comunidades são esquemas fascistas, onde o moderador se comporta como ditador, banindo quem não concorda com suas ideias. Aqui, pelo visto, até pessoas com o seu vocabulário podem postar.

    “Aqui fala o que quer e quando quer, porque não tem moderador para te tirar fora.”

    Se você não concorda com o que é mostrado aqui, refute com argumentos lógicos e/ou evidências. Se não tiveres argumentos plausíveis para contrapor as ideias que vos desagradam, experimente ALT+F4.

    “E pior que tem um monte de seguidor que está no mesmo buraco da desinformação …..”

    Desmoralize os “seguidores” desinformados com as evidências que você possui. Indique links e referências confiáveis. Se não as tiver, novamente, tente ALT+F4.

    “Ceticismoaberto já era. Viva a ufologia !”

    ALELUIA!!!

  78. William 1972 disse:

    Caro Java Nunes:

    Fé é algo que se cultiva. E nem sempre a fé pode ser quebrada mediante evidências. A ciência já provou que as espécies evoluem e, no entanto, muitos crentes desprezam a ciência e preferem continuar cultivando as suas crenças religiosas ancestrais por uma questão de fé. A fé tem como base os dogmas. Já a opinião difere da fé, pois é algo que pode ser mudado. Quanto à questão dos “fenômenos desconhecidos”, qual seria a posição dos cientistas? Ora, colocar o método científico em ação para passar a conhecê-lo. Dificilmente você verá cientistas afirmando algo baseados em fé ou crenças pessoais (e não me refiro a criacionistas, que são pseudocientistas). Expressões como “fé/crença científica” e “fantasia teórica” mais se assemelham a espantalhos. Não refletem o que é o modus operandi scientiae. Seria interessante que você lesse alguns livros sobre metodologia científica para você perceber as barbaridades que você escreveu. Recomendo o livro Fundamentos de Metodologia Científica, de Marina de Andrade Marconi e Eva Maria Lakatos.

    Um exemplo de uma “derrapada” em sua argumentação: você faz uma mistureba entre crença, fato, hipótese e teoria. Uma teoria é um conjunto explicativo de um fato. Por exemplo, a evolução é um fato e a Teoria da Evolução explica o fato. Você diz que para “elevar uma crença à condição de fato” é preciso aplicar o método científico. Na verdade, isso é uma artimanha de pseudocientistas: eles já chegam com a conclusão e tentam manipular os fatos para que os mesmos “corroborem” a sua conclusão. Cientistas observam os fatos e, a partir da observação, formulam hipóteses. Essas hipóteses poderão ser verdadeiras ou não depois de passarem pela etapa da experiência. Diante de uma foto de OVNI, ufólatras já partem do presuposto de que é uma nave alienígena. Ufólogos sérios (céticos) saberão que o OVNI é apenas isso: um objeto voando no céu e que não se encaixa com nenhuma hipótese de explicação.

    Como já expliquei, você, conscientemente ou não, criou um espantalho com a expressão “fé científica”. A gravidade, por exemplo, não necessita de fé. Ela existe, é um conceito científico estabelecido, não importando se você tem ou não tem fé na gravidade, se você acredita ou não nela. Outro absurdo é a expressão “fantasia teórica”. Teorias se escoram em fatos, não em fantasias.

    Quanto à questão de serem os OVNIs tripulados ou não, a coisa talvez não ultrapasse a barreira das especulações. O rigor científico impede que façamos afirmações baseados apenas em pressupostos. Se o OVNI for um helicóptero, é muito provável que ele seja tripulado. Se for um aeromodelo é muito provável que não. Se os pressupostos não forem submetidos ao método científico, não passarão de especulações. E, em ciência, não há espaços para especulações. Teoria das Cordas e Exobiologia não são crenças, são possibilidades teóricas que podem ou não ser comprovadas. Por fim, concordo contigo quando dizes que não podemos ter certeza de que nunca houve visitas de ETs por aqui. O problema é que também não se pode provar que HOUVE visitas de aliens, pois historinhas toscas e apócrifas não provam NADA. Acho que o único conflito entre nós se encontra na questão semântica. Você parece não fazer distinção entre “fé” e “certeza” e entre “crença” e “conhecimento”. Para mim, um cético não deveria, em tese, cultivar fé e nem crenças, o que não significa que não deva ter opiniões. A fé leva ao dogmatismo, algo que contraria a natureza flexível do ceticismo. Quanto às opiniões, essas podem ser mudadas diante de evidências contrárias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *