MENU
timetravel_cellphone_1.jpg

Viajante do tempo flagrada em filme de Charlie Chaplin?

currentCAlogo.png

Crie o novo logotipo CeticismoAberto e ganhe +R$350!

2 de novembro de 2010 Comments (34) Views: 2829 Destaques, Ufologia

Nova instrução da Aeronáutica lida com documentos sigilosos

The_X-Files_Office

Duas semanas após a publicação da portaria 551/GC3 no início de agosto de 2010, regulamentando o registro e trâmite de assuntos relacionados a OVNIs, o comandante da Força Aérea, Tenente-Brigadeiro-do-Ar Juniti Saito, publicou uma nova portaria estabelecendo instruções para a avaliação de documentos sigilosos.

Neste artigo, você confere na íntegra as novas instruções e entenderá como elas podem se relacionar com a “portaria dos OVNIs” e todo o processo de divulgação de arquivos.

Um longo processo

Não se pode mais dizer que a Força Aérea Brasileira faça agora algum segredo sobre a forma como manterá segredo, ao menos formalmente. A nova portaria 579/GC3 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), e a instrução para a “Avaliação de Documentos Sigilosos no Comando da Aeronáutica” ICA 200-9/2010 é muito clara em mais de 30 páginas formalizando os procedimentos.

Você pode baixar os documentos na íntegra neste link: ICA200-9-2010.pdf (8,5Mb)

Já no prefácio a instrução estabelece o contexto onde se insere a nova edição aprovada. É um longo processo de regulamentação, que se inicia na lei 8.159 de 1991, ainda no breve governo de Fernando Collor de Mello. A lei estabelece como “dever do Poder Público a gestão documental e a de proteção especial a documentos de arquivos, como instrumento de apoio à administração, à cultura, ao desenvolvimento científico e como elementos de prova e informação”.

Em seu artigo 23, ela indica que um decreto estabelecerá as categorias de sigilo, definindo o prazo máximo de salvaguarda de 30 anos para documentos “sigilosos referentes à segurança da sociedade e do Estado”, prazo prorrogável uma única vez por igual período. Ao todo, até 60 anos, e se o prazo parece longo, documentos sigilosos “referentes à honra e à imagem das pessoas” teriam um período máximo de salvaguarda de 100 anos.

Tão ou mais relevante na prática que estes prazos é o fato de que o decreto 2134 foi finalmente assinado no governo de Fernando Henrique Cardoso, seis anos depois, sendo então substituído pelo novo decreto 4553 assinado no fim do governo FHC, em 2002, em vigor até hoje. Note que o decreto em questão foi instituído mais de dez anos após a lei original! E foi este que criou a Comissão Permanente de Avaliação de Documentos Sigilosos (CPAD), encarregada do que seu nome especifica. E é a nova instrução normativa de agosto de 2010 que estabelece finalmente a ativação desta CPAD e de suas subcomissões (SPADS).

Ao final, são quase vinte anos desde a lei 8.159 em 1991 até a regulamentação das competências e instruções para avaliação que vigoram com a ICA 200-9/2010 para que tudo seja finalmente colocado em prática.

Conspiração? A resposta mais provável deve ser a mistura de política e burocracia, uma vez que esta regulamentação depende e envolve inúmeras esferas de poder, civil e militar. Duas décadas podem parecer muito, mas outras forças armadas de nosso país pelo visto estão ainda mais atrasadas. Quem precisa de uma grande conspiração cósmica quando se tem a burocracia?

Novidades?

Em verdade, esta instrução normativa é uma readequação burocrática das instruções anteriores”, comenta o pesquisador da NARCAP Rogério Chola. Não há grandes surpresas ou novidades entre o que é definido pela instrução ICA200-9 e o que era delineado em termos gerais mesmo pelo decreto anterior de 1997, e como não poderia deixar de ser, a instrução apenas detalha como o decreto 4553 em vigor desde 2002 será aplicado. Ressaltamos mais uma vez, ela o faz oito anos depois, e mais de uma década após a lei.

cpads_spads

Como está e passa a valer, a Comissão de Avaliação de Documentos Sigilosos (CPAD) terá seus integrantes divulgados no Boletim do Comando da Aeronáutica, sem segredo, e analisará semestralmente – em abril e outubro – os documentos classificados como ultrassecretos do Comando da Aeronáutica, recebendo, avaliando, concedendo ou negando os requerimentos de acesso, bem como reclassificando-os. Em caso de negativa de acesso, a CPAD emitirá um documento oficial contendo a devida justificativa. O processo é similar ao adotado em países do exterior que já instituíram leis de liberdade de informação, como o Ato de Liberdade de Informação (FOIA) nos Estados Unidos.

Auxiliando a CPAD haverá subcomissões (SPADS), lidando com outros graus de sigilo mais baixo, como secreto, confidencial e reservado, avaliando, concedendo ou negando, com justificativa, os requerimentos de acesso. Em conjunto, essas comissões avaliarão e reclassificarão documentos com prazos para liberação (de até 30 anos) em vencimento. Aqueles que forem finalmente desclassificados, e forem de guarda permanente, serão enviados ao Centro de Documentação (CENDOC).

É neste ponto que retornamos à “portaria dos OVNIs”. Documentos desclassificados, ou mesmo que nunca foram sigilosos, têm pela portaria 551/GC3 o mesmo destino do CENDOC, que os encaminhará ao Arquivo Nacional. A ICA 200-9 estabelece o processo pelo qual documentos sigilosos que tenham o prazo de salvaguarda vencido seriam avaliados, pela CPAD ou SPADS, e então liberados.

OVNIs não são assunto de segurança nacional

Em conjunto, as duas portarias e a instrução deixam algo implícito, mas de forma nada obscura: a Aeronáutica não reconhece o assunto “objetos voadores não identificados” como algo referente à segurança nacional. Do contrário a portaria dos OVNIs entraria em conflito com a portaria e instruções para lidar com documentos sigilosos, que precisam ser salvaguardados por lei. A princípio, OVNIs são um assunto corriqueiro que é simplesmente registrado e encaminhado ao Arquivo Nacional, sem que a Aeronáutica se encarregue de investigá-los. Esta é em essência a “portaria dos OVNIs”.

Isso não significa que todo assunto relativo a “discos voadores” e afins seja automaticamente público: aqueles registros que, por algum motivo, forem classificados como sigilosos, incluindo mesmo a possibilidade de que sejam definidos como ultrassecretos, poderão ser salvaguardados por até 60 anos. E, se lidarem com a privacidade e a imagem de alguma figura, por até 100 anos!

No entanto, como é importante ressaltar aos entusiastas da ufologia, a regulamentação depois de quase vinte anos da lei que estabelece o dever de acesso público a documentos do governo pela Aeronáutica deixa implícito que OVNIs não são por si só um assunto de grande sensibilidade. Não serão eles mesmos o motivo para o sigilo, ao menos de acordo com a legislação.

Ao todo, a demora e a forma incompleta como documentos relativos a OVNI vêm sendo encaminhados por esferas militares para acesso público, longe de evidenciar uma grande conspiração, só sustenta esta visão do tema como algo fragmentado e de interesse esporádico e mesmo pessoal por algumas figuras militares. Como divulgamos em agosto, mesmo a nota de 1978 em que o então Ministro da Aeronáutica recomendava a criação de um “registro sobre OVNI de natureza sigilosa”, que foi colocado em operação, contém uma fraude européia brincando com um fictício “Projeto Uranus”.

Já o acesso público em si mesmo a estes arquivos faz parte de um longo processo institucional definido inicialmente em 1991, regulamentado por decreto em 1997 e então em 2002, até que apenas em agosto de 2010 a instrução detalhada é publicada pela Aeronáutica. Não que mesmo esta abertura institucional também não tenha contado ainda com iniciativas individuais.

Mesmo antes desta instrução normativa, na prática milhares de documentos no que a FAB afirma serem todos aqueles relativos a OVNIs em seus arquivos já foram divulgadas, no que pode ser entendido na história do brigadeiro José Carlos Pereira divulgada pela revista IstoÉ em matéria de capa em 2009. “Foi ele quem ordenou o recolhimento de todo material sigiloso produzido sobre o tema espalhado em bases aéreas e aeroportos do Brasil. A papelada foi levada para o Comando de Defesa Aeroespacial (Comdabra), em Brasília, onde ele exercia a função de comandante- geral, no início da década. Mas somente no ano passado [2008] os documentos começaram a chegar ao arquivo nacional”, informava a reportagem.

31_MHG_pais_infraero_134

Novamente, o interesse e a ação pessoal de uma autoridade influiria na forma como o tema é tratado, quando a regulamentação de fato ainda caminhava muito lentamente. Se estes seriam os bastidores da abertura, o que teria motivado o brigadeiro Pereira a tomar esta iniciativa? Em entrevista recente ao programa Conexão Repórter, do SBT, o militar reformado foi lúcido ao opinar que:

“Eu considero uma coisa profundamente arriscada um governo, seja ele qual for, afirmar peremptoriamente que o seu País está sendo visitado por extraterrestres. Eu acho muito mais prudente, muito mais sensato, muito mais sólido, e muito mais inteligente, que ele diga que o seu país está sendo sobrevoado por objetos que ele não tem competência para identificar. E apelar à ciência do mundo, rezar para que a ciência do mundo pesquise e vá a fundo nisso, e descubra a origem dessas coisas”.

Curiosamente, ao brigadeiro o perigo à segurança nacional estaria em “afirmar peremptoriamente” que estamos sendo visitados por extraterrestres. Divulgar arquivos OVNI militares, para investigação aberta da sociedade civil, incluindo a comunidade acadêmica, seria ao contrário o caminho e mesmo seu apelo, ao qual só podemos nos unir em coro. Tais documentos podem jogar luz a um tema que quanto mais sigiloso, mais alimenta a especulação e fantasia. Sua liberação ajuda a evidenciar que muitas das histórias conspiratórias não possuem fundamento.

Aos crédulos, isso só seria ao contrário maior evidência da conspiração – que quanto menos evidente, mais é comprovada –, exigindo como já parecem exigir, que os “verdadeiros” documentos secretos sejam divulgados. Mas mesmo alguns destes entusiastas falharam em requerer e divulgar documentos como o inquérito e a sindicância militar sobre o “Caso Varginha”, disponíveis há anos.

Se os maiores entusiastas no acesso a tais informações são capazes de falhas tão elementares, o que dizer de autoridades que deixam claro que não consideram o tema relevante? Aos militares, como aos ufólogos, durante décadas a ufologia tem sido em grande parte resultado de uma paixão pessoal pelo tema. Esta paixão, todos que leram este texto até este ponto devem entender.

Infelizmente, ela não é correspondida de forma muito organizada pelas instituições, sejam elas civis ou militares. Depois de abrir seus arquivos, a Força Aérea Brasileira finalmente institucionaliza os procedimentos para acesso a todos seus arquivos reservados de acordo com a lei.

– – –

Tags: , , , ,

34 Responses to Nova instrução da Aeronáutica lida com documentos sigilosos

  1. Carlinha disse:

    A paranoia aplicada a outro tema. Se o Brasil fosse alvo de ataques militares, manter sigilo sobre nossas defesas e nossos aliados seria crucial. Mas como Brasil é pacífico e o máximo de guerras que temos são traficantes de drogas, a paranoia popular é direcionada ao mundo imaginário.

    • Edison disse:

      Bom pra muita gente, ufologia se não significa tabu é considerado pura invenção ou então loucura. Venho aqui lhes perguntar se já ouviram falar então, de Nikola Tesla ou então alguns de seus, supostos projetos, confiscados pelo governo Norte-Americano durante a 2ªGuerra Mundial?
      Porque se os ditos OVNIS ou então seus tripulantes se tratando dos Extraterrestres considero mais plausivel então, que tudo isso se trata de testes de veículos secretos tanto dos USA quanto também da Russia e os seus supostos tripulantes podem muito bem vir a ser, a continuação ou outros projetos ligados a melhoria de nossa espécie, pois desde o nazismo o governo Alemão mais também dos EUA e Russia sempre estiveram envolvidos em pesquisas relacionadas, á genética e demais melhorias do ser humano quem pode alegar que tudo isso, não se trata da melhoria destes mesmos projetos hein?…
      Como também existem vários, boatos que já no próprio governo nazista seus, pesquisadores tentavam desenvolver aeronaves anti-gravidade não duvidaria, nada se isso for verdade, até porque foi a Alemanha que inventou a turbina como também os aviões ajato. Se houver pessoas que não acreditam na hipótese ufologica podem estarem de acordo com meu raciocínio devido ser de certa forma possível.

      • Bruno L. Rocha disse:

        Essa é a teoria do “super soltados”. Humanos modificados geneticamente, nascendo com “super poderes”, coisas de X-Men, mas na vida real. Eu teria medo.

  2. Alvaro Rexs disse:

    Os documentos que a aeronáutica vai liberar são tão seguros quanto os arquivos da ditadura.

    Inclusive devem seguir a mesma transparência daqueles que foram achados queimados, salvo engano, na Bahia.

    O atentado do Rio-Centro foi outro fato muito bem esclarecido pelos militares, não é Kentaro Mori!

    Vc tem uma fé nas instituições e nos milicos que me comove!

    Daqui a pouco vai lançar um post alegando que mensalão é coisa de fanático!

  3. Alvaro Rexs disse:

    Todos os céticos querem uma evidência a respeito de OVNIs, ok?

    Depois questionam pq os avsitamentos são sempre feitos por “caipiras”, as fotografias são no escuro, as filmagens são borradas… etc etc etc

    Aqui tem um vídeo interessante, nítido, filmado por 2 pessoas difentes, em locais difentes e de dia:

    http://www.youtube.com/watch?v=aISsh5EvrvI

    Não sei ainda se alguém questionou a veracidade, pelo menos nas minhas buscas ainda não encontrei.

    Eu gostaria sincetamente que essas aparições é que fossem estudadas.

    Vejam o filme!

  4. Samurai disse:

    E lá vem os ufólatras, com suas “inquestionáveis evidencias” tiradas do youtube e conclusões tiradas do nada…

    Evidencia que é bom mesmo, nada… mais do mesmo…

  5. Thiago disse:

    E la vem os céticos, com suas conclusôes precipitadas tendando ridicularizar a ufologia, incapazes de enxergar um palmo alem do nariz, típico de pessoas que crê que são única forma de vida inteligente em todo universo sendo que a ciência reconheci a ENORME possibilidade de existir vida extraterrena.

  6. Milton disse:

    As teorias da conspiração alimentam-se delas mesmas, pois sempre se sustentarão em algo que permanece escondido. No entanto é possível criar uma teoria de conspiração sobre a teoria da conspiração:
    “A ufologia é uma conspiração dos governos para fazer as pessoas acreditarem em extraterrestres e desviar a atenção de outras situções”.
    Agora é só escolher qual teoria o inidivíduo quer apoiar.

  7. Claudio disse:

    E quem disse que os procedimentos/instruções e documentos liberados serão verdadeiros? Rsrsrsrsrs. Quanta ingenuidade.

  8. Thiago disse:

    @ Milton
    a ufologia se sustenta em base a milhares de relatos de pessoas que tiveram contato ufo pelos nos 4 cantos do mundo. o perfil do crente em ufo é bem diversificado , academicos , ignorantes , famosos até algumas tribos indigenas… enfim, a ufologia tem uma base consistente para acreditar os governos acobertam e desinforma casos ufo. E a sua teoria se sustenta em que?

  9. sergio disse:

    Quêm acredita nisso??Toda “verdade´´ pode ser construída,é desconstruída,a maioria dos países do mundo que forma a sociedade global,dominada por diferentes formas de poder dominante,seja político,religioso,etc,sabe que este assunto pode alterar profundamente as crenças humanas,o que pode comprometer seriamente a estabilidade no mundo todo dos donos do poder,conforme já disse:RELIOSOS,POLITICOS É TODA ELITE MUNDIAL,logo vemos que eles temen sofrer perdas de suas posições de dominação mundial,logicamente já fizeram previsóes das possiveis consequencias da revelação da verdade sobre o fenômeno ufo,para seus paises e para sociedade mundial como um todo,por isso já escolheram a forma mais prudente de desconstruir tudo o que e relativo ao fenômeno ufo!
    É bem compreensivel essa postura mundial,a verdade é que vai chegar um tempo que não terá mais condição de esconder a VERDADE!

  10. Eita! disse:

    Mas é exatamente isso que o governo americano conseguiu fazer, que qualquer pessoa que tenha visto e resolva falar, seja ridicularizado.
    Hoje em dia as pessoas acreditam no que passam nos jornais, na NASA, nos governos.
    Eu me pergunto como as pessoas não conseguem perceber o que está acontecendo a nossa volta, no YouTube mesmo tem várias provas.
    Mas tem gente que infelizmente é facilmente manipulada.Ex- militares que trabalharam na NASA já começar a falar o que ouve lá, até os viajantes da apolo 14.
    O choque vai ser grande para os ingenuos logo-logo.

  11. Anna Terra disse:

    Aproveitando esse ultimo comentário, gostaria que o Sr Kentaro Mori, postasse alguma materia em seu site a respeito do Disclosure Project. Sera´que todas aquelas pessoas estao loucas ?

    • Alvaro Rexs disse:

      Anna,

      “É tudo gente doida, sem credibilidade, alienados, alunos da escolinha de Harry Potter, crédulos de David Blane, “só falam idiotices de rodo” etc etc etc…

      Quem daria credibilidade a esse povinho? Quem? Quem? Quem?

      São ufólatras e conspiradores!”

      PS: Acho que por aqui a resposta que você terá será mais ou menos essa!

  12. Filosofo Investigador disse:

    Os membros do Disclosure Project, alguns dou credibilidade mais , outros são apenas pessoas infiltradas neste movimento com más intenções querendo aparecer no cenário internacional. Imaginem se um lider mundial viesse e declarasse para todos que os Ets realmente existem,e que os supostos OVNIs são seus veículos oriundos sabe-se lá de onde, pois nossos cientistas, não conseguiram descobrir de onde estes seres identificados como EBEs (entidades biológicas extraterrestres) são provenientes até hoje como também não temos tecnologia suficiente para dete-los sendo assim, não temos oque fazer contra estes mesmos seres que aqui nos visitam, invadem os nossos espaços aéreos capturam pessoas, com intenções de pesquisa-las como nós já fazemos, com os animais da Terra que desconhecemos! Isso causaria o maior pandemônio da galáxia levando nós reles mortais a querermos mesmo não tendo como, declarar guerra a estes invasores até ao suicídio coletivo!

  13. paulo6jr disse:

    Idiota(?) Não sei, não o conheço.
    Racismo?
    Devo ser analfabeto funcional.
    Reli várias vezes o excerto de Álvaro Rex e não identifiquei nenhuma manifestação racista.
    Há tempos não visitava este site e me deparo com isto.
    Estou cada vez mais convicto que aqui está repleto de crianças da geração Y tirando onda de cientistas oficiais.
    “Desmascaram” algumas abobrinhas pseudo-científicas a passam a serem porta-vozes da verdade da científica e dos órgão de segurança e de controle de informação – NASA, da CIA, da NSA e da ABIN – aqui no Brasil.
    Se alguém aqui atreve-se lançar mão do ceticismo em benefício da dúvida ao invés da negação, é taxado de “crente, lunático, idiota, racista, alienado, incompetente, profissionalmente desqualificado…”
    A bizarra idolatria a Carl Sagan parece-me um sintoma de algum tipo de patologia Y.
    Será que as minhocas realmente devoraram seu corpo após sua morte?
    Isto está me cheirando a mais uma nova seita.
    Que tal “SEITACISMO ABERTO”?

  14. Anna Terra disse:

    Bem mas de QQ forma gostaria de uma resposta do Sr. Kentaro

  15. paulo6jr disse:

    Idiota(?) Não sei, não o conheço.
    Racismo?
    Devo ser analfabeto funcional.
    Reli várias vezes o excerto de Álvaro Rex e não identifiquei alguma manifestação racista.
    Há tempos não visitava este site e me deparo com isto.
    Estou cada vez mais convicto que aqui está repleto de crianças da geração Y tirando onda de cientistas oficiais.
    “Desmascaram” algumas abobrinhas pseudo-científicas e passam a serem porta-vozes da ‘verdade’ científica e dos órgãos de segurança e de controle de informação – NASA, da CIA, da NSA e da ABIN – aqui no Brasil.
    Se alguém aqui atreve-se lançar mão do ceticismo em benefício da dúvida ao invés da negação, é taxado de “crente, lunático, idiota, racista, alienado, incompetente, profissionalmente desqualificado…”
    A bizarra idolatria a Carl Sagan parece-me um sintoma de algum tipo de patologia Y.
    Será que as minhocas realmente devoraram seu corpo após sua morte?
    Isto está me cheirando a mais uma nova seita.
    Que tal “SEITACISMO ABERTO”?

  16. Nano disse:

    Bom, tirando-se toda a causuística de quem acredita ou não em vida fora da terra ou multi-dimensional. Nos 2 casos, procure imagens feitas pelo telescópio Hubble e tentem imaginar o seus tamanhos.

  17. Magno disse:

    Pra quem acredita em explicações oficiais e reportagens da Globo, aí vai um vídeo de uma reportagem do Fantástico no dia 25/05/1986 explicada pelos militares de alta patente da FAB, pra voces tirarem suas conclusões:
    http://www.youtube.com/watch?v=jWwRW9BCU2A
    E aí, o que voces concluiram? Eram ETs? Espíritos? Naves militares secretas? Vagalumes? Estrelas errantes? Asteróides? Fogos Fátuos?
    Se souberem, por favor me expliquem.

  18. Magno disse:

    Anna Terra, obrigado pela indicação, eu nem desconfiava que existia esse DISCLOSURE PROJECT, mas com sua indicação fui pesquisar e assisti a todos os 12 videos legendados no youtube. Estou deixando aqui o link do primeiro video pra quem quiser pesquisar.
    http://www.youtube.com/watch?v=7DiTciq-cDw&feature=related
    Tirem as suas conclusões.

  19. Magno disse:

    Alvaro rexs, gostei quando voce fala que o pessoal do Disclosure Project são tudo gente doida e alienada e sem credibilidade, como tambem o pessoal da FAB na reportagem do Fantastico do dia 25/05/1986 ao qual deixei o link no meu comentário acima.
    Agora eu pergunto; E caso Varginha, será que a cidade inteira está mentindo?

  20. Alvaro Rexs disse:

    Magno, foi uma ironia.

  21. Magno disse:

    Eu entendi Alvaro, por isso que eu disse que gostei do que voce citou.

  22. Alvaro Rexs disse:

    Bem, respondendo a sua pergunta então:

    É Varginha é um cidade em histeria coletiva, de A à Z.

  23. Luis Medeiros disse:

    Só gostaria de levantar algumas questões:

    1º- Se Existe vida inteligente no nosso planeta, por que não existe em outro?

    2º- Se o homem com toda sua ignorância já enviou o homem à lua, e pretende em breve levar em Marte, por que uma civilização milhares de anos mais avançada não conseguiria nos fazer uma visitinha?

    3º- Por que os Céticos são tão mais cabeça dura que os fanáticos a ponto de que, qualquer prova contra os fatos, mesmo sendo ridiculas, são usadas pra tentar derrubar os crentes?

    Pra inicio de conversa, a ciência em sí está colapsada pois ela só bate de frente com teorias, isto é, uma teoria só é considerada verdadeira quando ela é “mais aceitável” que outra. Isto faz a ciência ser tão DOGMATICA quanto a mais fervorosa das religiões.

  24. […] no assunto “OVNIs e a Aeronáutica: O que não querem que você saiba” e contamos como “Nova Instrução da Aeronáutica lida com documentos sigilosos”. Supostos ufólogos podem ter pouca hesitação em omitir fatos para vender suas histórias, […]

  25. evandro disse:

    meu pai e minha mãe já viram discos voadores inclusive minha mae era cética nao acreditava em nada mas depois que viu com os proprios olhos rsss mudou de opinião e meus vizinhos também viram aliás na minha cidade muitas pessoas já relataram casos de aparições inclusive de ets meus pais não sao loucos, charlataes nem deslumbrados com ufologia são pessoas sérias, com idade, respeito e nao precisam ficar inventando nada (nunca foram à Globo dar entrevista rssss).
    Entao alguns babacas que se dizem céticos e detentores da verdade (embora usem o artifificio da falácia para se dizerem isentos – alias termo muito apropriado para a ciência que, contraditoriamente, é um dogma, e até dos piores pois em nome da “verdade” já fez tanto mal ao nosso mundo – das aberrações das experiências sacrificando animais – tudo muito científico,isento de emoções claro, até apoiar governos em suas ambições militares destruindo vidas em nome de um progresso material – mas espiritual nada – acho que estamos tão atrasados mentalmente quanto os homens de 10.000 anos atrás – e pode ser que eles eram mais avançados nesse ponto sem aciência do que nós. Essa ciência vem dizer que algo não existe porque nao pode colocar em cima da mesa e olhar no microscópio. Coisa mais idiota. A evolução também é mais imaginação do que coisa concreta, falta provas mas é tida como dogma, inquestionável rsss. Ridículo. E toda essa destruição do nosso mundo foi feita por quem? Pela ciência e a tecnologia produzida por ela e pelo racionalismo que se acha dono d verdade. Não evoluimos nada com essa ciência, embora ela tenha projetos mirabolantes – vamos para as estrelas, a terra vai ser um lugar de abundância e felicidade com o progresso rrrs qual progessso – dos cientistas a serviço de governos corruptos e dispostoso a usar o conhecimento em nome da dominação e do poder???? Duvido que a ciência é isenta. So ingenuos como o senhor Mori pensam que não existe ideologia e poder por tras de todo o conhecimento científico. SEi que o que meus pais viram era real. Não venham com abobrinhas dizendo que todo mundo é lunático, idólatra de ETS, ufólogo desclassificado, pseudocientista. E vcs são oque céticos? Dogmáticos defendendo a todo custo suas crenças rssss. Como li num comentário, têm medo de reconhecer que a pobre razão do homem não explica muitas coisas. Ficam no mundinho fechado e usam os casos fáceis de se mostrar que são fraudes ou que podem sere derrubados, e deixam de lado o que não tem explicação. Babacas. RSSSS Fico com meus pais e vizinhos que não são cientistas mas viram a realidade e não precisam buscar crenças na religião ou na ciência.

  26. auletta disse:

    para mim não passa de treinamento da força aerea ou teste com algum modelo de aeronave que tirando proveito destas para dizerem que foi algum tipo de ovni pelo que bem sei eles estavam fazendo treinamentos secretos e manobras com esperimentos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *