Destaques fbikgbssalien02.jpg

Published on abril 22nd, 2012 | by Kentaro Mori

135

O Extraterrestre do FBI/KGB/SS: Encontrado

fbikgbssalien02 ufologia fotos de alienigenas destaques

“Acima, uma das mais impressionantes fotos de suposta criatura extraterrestre resgatada de UFOs acidentados. Durante muitos anos pensou-se que a foto fosse originada de um acidente nos EUA, mas recentemente descobriu-se que foi feita na Alemanha, pouco antes da 2ª Grande Guerra. Os oficiais que seguram o ser são altas-patentes da SS”. ["As fotos ainda não esclarecidas de acidentes de UFOs em todo o mundo", Revista UFO, n.18, p.18, Dez 1991]

001 thumb ufologia fotos de alienigenas destaques A fotografia tem sido há muito uma favorita deste autor, e desde que escrevemos sobre ela em 2009, descobrimos através de Isaac Koi, que já em 1982 Loren Gross havia publicado em sua série “UFOs: A History” a origem correta da montagem: a edição de 1 de Abril de 1950 da foto-revista alemã “Neue Illustrierte”. Em 2003 Achim Martin partilhou com Gross cópias do artigo original, infelizmente as publicações de Gross têm circulação muito limitada e suas reprodução são xerográficas.

Decidi assim obter a edição original de “Neue Illustrierte”, publicada em Colônia, Alemanha, e datada de 29 de março de 1950. Era uma revista semanal, e como anunciado em uma chamada vermelha logo na capa, cobria a data de 1 de abril.

Os Marcianos!

Ao abrir a revista, já na página 3 de Neue Illustrierte, o leitor descobre a fonte desta imagem icônica:

ScanImage003a thumb ufologia fotos de alienigenas destaques

As legendas contam sobre como o disco voador foi capturado em uma fotografia do sargento americano “D. Ussel”, sendo abatido logo depois. Seres estranhos emergiram e “se moviam perdidos, planando estranhamente sem impedimento, como mergulhadores sob a água”. O agente McKerenich comenta como estava “Ciente da grandiosidade do momento, pela primeira vez na história da Humanidade um terráqueo via um visitante do espaço!”. O homem prateado estaria coberto por camadas de metal, que o observatório de Phoenix especulava ser uma proteção contra radiação.

Uma estranha escrita “marciana” é apresentada, e descrevendo a imagem mais famosa, descobrimos “a grande surpresa: o marciano tem… apenas 70 centímetros de altura!”. Estas seriam “as únicas imagens verdadeiras, e o leitor deve tomar cuidado com fraudes toscas circulando na imprensa mundial”.

Sargento Otário

003 thumb ufologia fotos de alienigenas destaques Como é típico de brincadeiras de Primeiro de Abril, há várias pistas sobre a piada, incluindo como foi criada. O sinal mais evidente já havia sido notado por Koi: o sargento da divisão anti-aérea D. Ussel é uma brincadeira com a palavra “Dussel”, que significa otário em alemão.

O comentário sobre como as “figuras pareciam se mover perdidas, planando estranhamente sem impedimento, como mergulhadores sob a água” é uma referência às imagens correspondentes, que são em verdade de um grupo de patinadores britânico, “The Lidstones”. Note como as poses são características de apresentações artísticas desta natureza.

O aviso final sobre “fraudes toscas” circulando na imprensa também é um ótimo toque.

Todos estes sinais foram confirmados na próxima edição de Neue Illustrierte, publicada em 5 de abril de 1950. Na página 43, encontramos o aviso:

004 thumb ufologia fotos de alienigenas destaques

Neue Illustrierte, Colônia, Alemanha; 5 de abril de 1950; p. 43
Abril! Abril!
A
“Neue Illustrierte”, em sua edição de abril publicada em 29 de março, pregou algumas peças em seus leitores: o pouco de marcianos na página 3 é uma fantasia. O sargento D. Ussel (Otário) não existe. O Marciano era um artista do grupo de patinadores “The Lidstones”.

Uma busca por patinadores chamados “The Lidstones” revela uma foto de Susan Miller de Joan e James Lidstone publicada em 1962. O homem se assemelha ao marciano, embora não possamos estar seguros da identificação devido à baixa qualidade de ambas fontes:

jameslidstone martian ufologia fotos de alienigenas destaques

Um ponto interessante é que as botas do marciano parecem botas de patins. Embora na mais famosa das montagens o marciano esteja seminu, nas outras duas as figuras humanóides parecem usar trajes colantes prateados, incluindo toucas, e é possível que estes trajes tenham sido usados pelos patinadores em alguma apresentação, poupando trabalho aos autores da montagem.

Já com relação ao disco voador, Martin Kottmeyer já havia identificado o objeto como “uma imagem retocada do modelo de disco do Dr. E.W. Kay que apareceu na imprensa em 11 de janeiro de 1950”:

neue kays ufologia fotos de alienigenas destaques

Do Primeiro de Abril para a História

Devido à baixa qualidade das reproduções da imagem mais famosa, também é notável que confusões surgiram a respeito da composição da cena. Abaixo, destaquei em cores diferentes as cinco pessoas (incluindo o marciano) que aparecem na montagem:

marsmenschen april1 ufologia fotos de alienigenas destaques

A interpretação mais comum, refletida no pequeno brinquedo japonês no início deste texto, representa a mulher encarando a câmera (em amarelo) com as pernas afastadas. Em verdade, na fotomontagem original pode-se ver sua perna esquerda e perceber que a mulher está em verdade de lado, e as pernas no lado direito da imagem pertencem à segunda mulher (em vermelho).

Ainda assim, esta é uma montagem com vários problemas: a mulher em amarelo aparece na frente daquela em vermelho – sua mão direita a obstrui – e, todavia, as pernas da mulher em vermelho estão claramente à frente, uma delas em linha com o pequeno marciano. As duas mulheres provavelmente não pertenciam, ao menos nessa geometria, à mesma cena, e foram recortadas e coladas sem uma consideração apropriada ao seu arranjo espacial. O autor da fotomontagem pode ter deixado tais incoerência evidentes propositalmente, como parte da brincadeira.

Várias outras confusões surgiram relacionadas à imagem, a mais comum associando-a à fraude de 1953 nos EUA envolvendo um macaco sem pêlos. O corpo do marciano alemão não é o de um macaco sem pêlos, a menos que se considere um ser humano dessa forma.

Como mesmo Donald Keyhoe notou à época, o mote de pequenos extraterrestres de um disco acidentado derivou da Fraude de Aztec – Roswell só retornaria à Ufologia no fim da década de 1970. A fraude de Aztec também inspirou, exatamente na mesma época, e também na Alemanha, a criação de outra famosa fotografia de um extraterrestre capturado.

Através de Koi, tomei conhecimento do livro de Jenny Randles e Peter HoughLooking for the Aliens” (1991). Ele cita o trabalho de Claus Westh-Henrichsen que indicava que “as posições das mãos dos ‘homens de segurança’ sugere que estavam segurando um objeto rígido. Depois de conduzir testes, ele propõe que eles estavam empurrando um carrinho de bebê!”. Validando esta sugestão, criei mesmo uma montagem para ilustrar a hipótese, mas ao verificar a imagem original em melhor qualidade e observar com melhor clareza as posições das mãos dos homens, é preciso notar que a menos que estes segurassem uma parte curva, suas mãos não estão alinhadas.

Da mesma fonte também havia considerado a informação de “Han-Werner Peiniger de um grupo OVNI da Alemanha Ocidental de que esta foi outra brincadeira de 1 de abril e que os autores eram G Falscht e R Logen, o que em português é similar a Ds Mascarador e U Mafraude (de fato, traduções literais de ‘forjado’ e ‘faz-de-conta’). Entretanto, ao obter tanto a edição original da brincadeira quanto a seguinte com a clarificação, não pude encontrar qualquer referência a “G Falscht e R Logen” como autores da história.

Escrita Marciana

Ao ler as pistas sobre uma “enigmática escrita marciana” publicada pela revista, suspeitei que era uma mensagem em alemão, apenas invertida e espelhada:

ScanImage003b ufologia fotos de alienigenas destaques

E, realmente, o amigo Manuel Borraz a decifrou (com algum esforço você também conseguirá lê-la):

“Die Erde gefällt uns nicht.
Wir möchten wieder nach Hause.”

Que significa:

“Não gostamos da Terra.
Queremos voltar para Casa.”

Esta foi uma excelente brincadeira de 1 de Abril, com todos os sinais possíveis de ser uma fantasia, e que foi esclarecida como tal na edição seguinte a qualquer leitor que ainda ficasse em dúvida. Todos pesquisadores OVNI sérios ao longo dos anos descartaram a imagem como uma fraude, embora os detalhes precisos tenham eludido a maior parte deles por décadas, com confusões estendendo-se até hoje.

Ao localizar e partilhar a publicação original, espero que o caso seja solucionado.

- – -

Ajude a cobrir as despesas desta pesquisa, que somaram um total superior a R$350, fazendo sua doação via Paypal:

pixel ufologia fotos de alienigenas destaques

Posso enviar scans em melhor qualidade dos artigos a todos que o solicitarem em privado, embora deva notar que os originais são fotomontagens pesadamente adulteradas, e o scanner que possuo não seja profissional (com resolução nativa máxima de 600 dpi), de forma que a qualidade não será muito melhor que as versões que podem ser acessadas clicando nas imagens.

É desnecessário notar que este trabalho foi baseado na pesquisa de muitos outros indicados aqui e nas versões anteriores publicadas, em especial nas pesquisas de Luis Ruiz Noguez e Isaac Koi.

Tags: , , ,


About the Author

+



135 Responses to O Extraterrestre do FBI/KGB/SS: Encontrado

  1. Adriano says:

    Fora o “eludidos” o artigo foi perfeito.

  2. Fabricio Luiz Fleck says:

    Artigo muito exclarecedor sobre essa famosa foto.
    Gostaria de conhecer a posição da revista UFO à respeito..:-)
    Parabéns

  3. Rodrigo Aguiar says:

    Parabéns, pois instigar aos interessados a prévia análise de informações acerca de UFOS é um ato digno de plausos.

    No entanto, existem outros casos estranhos, gostaria de pedir licença e indagar se alguém possui informações acerca da autenticidade destes casos:

    1) caso Frederick Valentich;

    2) Noite de 19 de maio de 1986, no Território Brasileiro;

    3) Fenômeno UFO conhecido como Foo-Fighters;

    4) Caso JAL – Voo 1628.

  4. Erich Von Daniken says:

    Belo artigo. Às vezes a ufologia se apoia em cada boato.

  5. Cetico says:

    Como somos todos céticos sobre qualquer informação, sou cético sobre ter custado 350 essa pesquisa.

  6. Miguel Ângelo says:

    Interessante as matérias e artigos expostos no site…
    Além de informar casos que causam duvidas, e interagir com os leitores que anseiam pela verdade…
    Gostaria também que realmente se envolvesse nessas pesquisas com fatos que instiga a duvida de varias pessoas… casos esses como o documentários do Zeitgeist :
    http://www.zeitgeistmovie.com/
    Onde que por sinal contradiz algumas teorias já comentadas neste site.

    Outro artigo interessante se realmente for o caso de ser fraude, a ser analisado é o documento em pdf do WOLFGANG VON EICHDORFF, este é o seu pseudônimo como o autro do livro “REVELAÇÕES DO SÉCULO XX As Sociedades Secretas E O SEU PODER NO SÉCULO XX” LInk: http://www.nacional-socialismo.com/As%20Sociedades%20Secretas.pdf
    O Link que disponibiliza o texto ao qual eu sou contra, pois é a favor ao fanatismo nacional-socialista que também deveria ser desmascarado e sair fora do ar por ser preconceituoso e racista.

    Outro tema que deveria estar em destaque no site e espero que um dia o coloque para solucionar as duvidas pertinentes a este assunto é o “Crop Circles” cujo tem até um documentário disponível no youtube apresentado por Francine Blake nome do DVD “Crop Circles – Messages from the Cosmos – Francine Blake”.
    Aguardo respostas.

    E Parabéns pelo site.

    • Magno says:

      quanto aos crops circles, tem várias matérias como essa aqui no C.A:

      http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/3392/registrada-a-criao-do-maior-crculo-em-plantao

      É só pesquisar.

      Abs.

      • Paulo Trin Junior says:

        Pra mim nada concluso ainda. Após ler texto/matéria e comentários, as minha dúvidas sobre a autenticidade dos CROP CIRCLES só aumentaram.
        Obs.: Espero que não me julguem ”crente” por achar que CA não deu ainda a palavra final sobre este assunto.

      • Adriano says:

        Paulo Trin,

        é só pesquisar, a fraude foi realizada diversas vezes e mostrada como é feita em vários documentários. Você pode acreditar nos crop circles que não foram “desvendados”, mas é o mesmo que acreditar que o homem do Rá consiga entortar colheres com o poder da mente, quando sabemos que é um truque de mágica…

      • Paulo Trin Junior says:

        Pesquisando, encontrei isto aqui:
        (…) Lamentavelmente, surgiram também alguns imitadores de “Crop Circles”,mas ao tentar fazer aquilo que não conseguem de modo nenhum (tanto pelo tempo que demoram como pela perfeição que não obtêm). Tinham como objetivo mostrar que o fenômeno nada tem de extraordinário e até existe na Internet um site que mostra como são feitos os Pictogramas, só que estes desenhos muitos simples e mal feitos não tem qualquer semelhança com os verdadeiros (…)

      • David F says:

        Paulo, coloca um link de um vídeo de alguém fazendo um CROP CIRCLE, pesquisei e não achei nada.

      • David F says:

        Na verdade, é para o Adriano postar um link não o Paulo, desculpe pelo erro.

      • Paulo Trin Junior says:

        Continuo pesquisando e não encontrei a prova definitiva que você afirma já ter sido encontrada.
        Você poderia me indicar um link de vídeo mostrando a construção – do início ao fim – de um CROP CIRCLE destes.
        De preferência, um daqueles mais – e nem tanto – complexos. Poderia, por favor?

      • Paulo Trin Junior says:

        Continuo pesquisando e não encontrei a prova definitiva que você afirma já ter sido encontrada.
        Você poderia me indicar um link de vídeo mostrando a construção – do início ao fim – de um CROP CIRCLE destes.
        De preferência, um daqueles mais – e nem tanto – complexo. Poderia, por favor?

      • Macc says:

        Adriano,

        Fazer uma mágica “imitando” um fenômeno (em um ambiente controlado), não significa que o fenômeno é falso.
        Eta trolóló….

    • D. R. says:

      Miguel,

      Aqui tem uma refutação do Prof. Cris Forbes à primeira parte do filme ZEITGEIST (legendado em português)

      http://www.youtube.com/watch?v=3Ye4RgezQ48

      “… Doutor em história do Novo Testamento e membro do Sínodo da diocese de Sydney, o Dr. Chris Forbes, professor da Universidade Macquarie (Sydney, Austrália), criticou severamente em uma entrevista a primeira parte do filme, como carente de base no mundo académico sério. Forbes também afirma haver vários erros e trechos que não são verdadeiros.

      Dr. Chris Forbes lembra que Rá, não Hórus, é o deus egípcio do Sol, e que não há nenhuma prova nas fontes egípcias que a deusa Ísis, mãe de Horus, ser uma virgem. Igualmente, Krishna (o oitavo filho), Dioniso (cuja mãe tinha dormido com Zeus) e Átis, não teriam nascido de virgens. Assinala que o jogo de palavras inglesas “son” (filho) e “sun” (sol) não funciona nem em latim, nem na antiga língua egípcia, nem em grego (koiné), e que a data 25 de dezembro não é parte de nenhum dos mitos, incluindo o de Jesus, para o qual no dia do Natal foi instituído como feriado já com conhecimento pleno de que a data real do nascimento deste, era desconhecida.

      Também critica a forma manipulada no uso das fontes romanas para sugerir que Jesus não existiu, afirmando que a longa lista mostrada rapidamente de historiadores supostamente contemporâneos, que não mencionavam a Jesus é, na realidade composta de geógrafos, escritores sobre jardinagem, poetas e filósofos, dos quais não se espera que o mencionassem. A alegação de que a citação de Flávio Josefo sobre Jesus foi acrescentada mais tarde, é criticada como falsa. Flávio Josefo, na realidade, menciona Cristo duas vezes, e somente uma das referências é tomada pelos eruditos como acrescentada na Idade Média, para mudar uma menção dele já existente.

      Argumenta que o filme apresenta erroneamente Constantino, ao mostra-lo como aquele que tornou o cristianismo a religião obrigatória (quando apenas a legalizou) e de ser o criador do Jesus histórico, quando os antigos registos da igreja mostram que a historicidade de Jesus tem sido um elemento determinante na fé desde o princípio da crença.
      Sobre o filme diz:

      “É extraordinário quantas coisas ele afirma que simplesmente não são verdadeiras.”

      A principal base desta afirmação do Dr. Chris Forbes, é que o livro “Conspiração Cristo” de Acharya S (pseudônimo de D. M. Murdock), é um semi plágio do livro “The World’s Sixteen Crucified Saviors” (Os 16 Redentores Crucificados) do autor mesmerista Kersey Graves.
      Por sua vez, o livro “The World’s Sixteen Crucified Saviors” é um semi-plágio do livro “Anacalypsis” do autor maçom Godfrey Higgins, que o próprio Kersey Graves afirmou a “cópia quase total” na explanação inicial de seu livro.
      E por sua vez, “Anacalypsis” é o livro base da teoria do Pandeísmo, considerado heresia grotesca pelos cristãos por ser a fusão entre Panteísmo e Deísmo. Helena Blavatsky, também citada no livro “A Conspiração Cristo”, ela também teria plagiado “Anacalypsis” para escrever os livros Ísis sem Véu, e A Doutrina Secreta, obrigando a Sociedade Teosófica se posicionar oficialmente sobre o assunto, admitindo a cópia, mas não o plágio. …”

      FONTE: http://pt.wikipedia.org/wiki/Zeitgeist,_o_Filme

      Obs.: O artigo da Wikipedia também informa sobre a refutação dos argumentos do Prof. Forbes; mas, pelo texto acima, dá para ver que ZEITGEIST é um documentário de teoria da conspiração sensacionalista e pseudo-histórico, no estilo de Código Da Vinci.

      • Macc says:

        Miguel,
        exercite o contraditório senão sua pesuisa fica incompelta e sua conclusão tendenciosa. Pesquise (além do wikipedia) e poste as refutações ao que afirma o Prof. Cris Forbes, já que vc mesmo afirmou que elas existem. Já cansamos de ver ditas autoridades serem doutores em desinformação.

        Vou pesquisar tb, tenho alguns livros que confirmam as informações do Zeitgeist quanto a história astrológica de cristo e a comparação deste com outros mitos de salvadores. No doc “the god who wasnt there” (já viste) aparece uma entrevista com um dr. em mitologia que confirma várias dessas alegações e que escreve um livro sobre isso.

        E mesmo que “PARTE” dessas informações não sejam precisas, outra coisa é que não podemos julgar todo o doc a partir de um dos assuntos abordados como sendo totalmente fictício e de “teoria da conspiração”, o Zeitgeist fala de tanta coisa…

        até.

      • Macc says:

        Porque é isso que selê no Wikipedia:

        “Acharya S, autora do livro utilizado no filme Zeitgeist, e ridicularizado por Chris Forbes, rebate em seu site as afirmações de Forbes explicando ponto a ponto as dúvidas levantadas e dizendo que Forbes não é egiptólogo, classicista ou mitologista, demostrando falta de conhecimento em várias áreas relevantes do filme.[18][19]

        Acharya também produziu um ebook de 105 páginas chamado “The ZEITGEIST Sourcebook” aonde explica mais detalhadamente as dúvidas geradas por Forbes. A autora também salienta que os seus livros e escritos fornecem milhares de páginas cuidadosamente citados com fontes primárias de obras de autoridades credenciados a partir de uma variedade de campos, fornecendo as provas que Forbes garante não existirem.[20][21]”

        18 http://truthbeknown.com/chrisforbeszeitgeist.html
        19 http://stellarhousepublishing.com/skeptic-zeitgeist.html
        20 http://truthbeknown.com/chrisforbeszeitgeist.html
        21http://stellarhousepublishing.com/skeptic-zeitgeist.html

        Se o Zeitgeist não criticasse o controle e a manipulação da informação oficial pelos governos para fins conrole mundial e benefícios politicos (incluindo a ciencia e suas alegações humanistas), os céticos de plantão estariam aplaudindo o fato do mito cristão ser só uma apropriação da astrologia pagã e estariam postando duzias de referencias sobre a seriedade do documentário… kakakakaka

      • Magno says:

        Mac.

        Endosso o seu comentário. Não podemos descartar verdades por causa de algumas mentiras, assim também, como não podemos afirmar mentiras por causa de algumas verdades. Temos que saber separá-las.

        Abs.

      • D. R. says:

        Macc, Magno e Miguel, eu dei uma lida na refutação ao Dr. Chris Forbes; alguns argumentos parecem convincentes e outros não; mas deu para ver que é assunto muito complicado e que exige um longo tempo de pesquisa para saber a verdade. Por exemplo, nos artigos da Wikipedia sobre Ísis, Horus, Osíris e outros deuses, dá para ver que são personagens totalmente fantasiosos (a maioria derivado do sol, da lua e das constelações) que mudam totalmente de acordo com o tempo e o lugar onde são cultuados; e até da interpretação de cada historiador. Por isso, tais mitos após Cristo podem ter sido muito influenciados pelo cristianismo e não o contrário.

        Mas, pelo menos naquilo que já tenho mais conhecimento, deu para ver que ele estava certo; por exemplo, sobre Constantino ter tornado o cristianismo obrigatório, enquanto ele apenas liberou o culto cristão (com o Edito de Milão); e desse ter criado o Jesus histórico, o que é absurdo. Sobre Flávio Josefo, Dr. Forbes também está certo. E também sobre a longa lista de historiadores contemporâneos de Jesus ( composta de geógrafos, escritores sobre jardinagem, poetas e filósofos ) é outro absurdo e desonestidade do filme.

        Só aí dá para ver o quanto o filme é especulativo, tendencioso e calunioso!

        Mas, realmente, quando a gente vê um filme desse (ou um livro pseudo-histórico como Código Da Vinci que mistura fatos reais com ficção) e não tem muito conhecimento de história, acaba acreditando ou ficando confuso mesmo. Por isso é bom a gente procurar estudar um pouco mais de história para nos tornarmos mais críticos.

        A verdade é que o cristianismo, por ter sido derivado do judaísmo, era totalmente avesso aos deuses pagãos; e se ele copiou alguns cultos e rituais, foi do próprio judaísmo. E a existência do Jesus histórico é praticamente inquestionável entre os historiadores sérios.

        Outra evidência são as profecias sobre Cristo. Por exemplo, o artigo da Wikipedia sobre ‘Cristo’ mostra dezenas de passagens do Antigo Testamento (escritas séculos antes do nascimento de Cristo) que se cumpriram na pessoa de Cristo, inclusive: que ele nasceria de uma virgem, falaria em parábolas, faria milagres, seria rejeitado e traído por trinta moedas de prata, seria acusado injustamente, seria rejeitado e ferido por nossas iniquidades, seria cuspido e esbofeteado, teria os pés e mãos transpassados, oraria pelos inimigos,lançariam sorte para repartir suas vestes, o fariam beber vinagre, não teria os ossos quebrados, um rico o sepultaria, ressuscitaria no terceiro dia, etc., etc., etc.

        Sei que o culto filósofo cristão Justino de Roma (ou São Justino Mártir), por volta do ano 155 d.C., escreveu uma comovente carta apologética ao imperador Tito Élio e ao Senado Romano, onde tenta convencer o imperador da veracidade histórica da fé cristã sobre os mitos pagãos. Nesta carta, ele fala de algumas coincidências dos deuses gregos, filhos de Zeus, com a história de Cristo; porém, ele também demonstra que os poetas gregos que escreveram tais mitos é que provavelmente parodiaram (segundo ele, talvez influenciados por forças malignas) as profecias judaicas sobre o Messias, provando que elas eram muito mais antigas.

        E também, nesta mesma carta, ele cita o documento oficial romano “ATOS DE PILATOS” para que o imperador confirmasse a existência e a história da crucificação de Cristo.

        Vale a pena ler toda a maravilhosa carta, já que ele cita várias passagens do Velho Testamento e do Novo Testamento (aliás, BEM PARECIDAS com as narrativas de hoje) para provar ao imperador que JESUS CRISTO, ao contrário dos mitos pagãos, realmente EXISTIU, que ele era o logos e que nele foram CUMPRIDAS todas as PROFECIAS judaicas sobre o Messias escritas muitos séculos antes do nascimento de Jesus Cristo.

        Ali também mostra como a doutrina cristã da época era PARECIDA com a doutrina da Igreja Católica; como, por exemplo, sobre a eucaristia. Uma curiosidade é que, na época, os cristãos eram acusados de ATEÍSMO por não acreditarem nos deuses pagãos!

        Outro documento histórico é o Talmude, o livro sagrado dos judeus, que afirma que “Maria concebeu Jesus em adultério, que ele praticava magia e incitava o povo em Israel”. Ora, essa é uma das MAIORES PROVAS históricas da existência histórica de Jesus Cristo e de que ele não foi um mito! E, justamente, escrito por seus inimigos. O próprio texto mostra que Jesus era filho de Maria mas não de José, a ponto dos fariseus a acusarem de adultério; e que Jesus realmente fazia milagres, a ponto dos fariseus o acusarem de fazer magia (já que eles acreditavam que Jesus fazia milagres pela força de Belzebu ou Satanás).

        Além de outros poucos documentos históricos que confirmam o Cristo histórico; mas vale lembrar que o judaísmo e o cristianismo eram considerados uma religião marginal do Império Romano, sem muita relevância para os historiadores da época.

        Ou seja, afirmar que Jesus Cristo é apenas um mito derivado de outros deuses, não só é um absurdo como é uma grande calúnia!

      • Rogerio says:

        UFOTV: Secret CIA Psychic Lab Experiments with Uri Gheler
        http://youtu.be/lERbTkN82go
        Os poderes de Uri Gheler foram comprovados pela Stanford Research Institute (SRI) assista ao video. Eu odeio estragar a festa dos céticos, mas tem hora que precisa.

  7. Fabio says:

    É, os mistificadores perdem suas “evidências” a cada dia que passa…

    • Macc says:

      Para cada evidencia possui multiplas interpretações.
      - Uns acham que é uma brincadeira de 1º de abril, outros pensam ser essa uma saida adotada para descreditar a história que vazou.
      -Para uns é um “patinador prateado”, para outros é meio suapeita a anatomia.
      - Se vc sabe ler em alemão ótimo, senão tem que confiar no CA, mas mesmo que saiba, aqui não vai ler pois está tudo fora de foco em baiza resolução.
      - Uns acham que há indícios de montagem na foto, outros discordam, alguém viu a foto original? Há, será que tem?

      É por isso que não se pode negar o valor de uma tese apenas apontando interpretações da tese contraria. (chama-se incomensurabilidade). Quem fala isso? A ciencia.

  8. Nuvvem Branka do Laddo says:

    Me desculpem alguns senhores… mas essa história de ETs – cinzas, baixos, gordos, verdes, magros, humanóides, reptilianos e o escambau de raças – tudo bem, mas partindo da hipótese de que são todos inteligentes e até extremamente inteligentes é difícil de engolir que eles andem por aí… passeando e fazendo piqueniques por planetas, sempre com roupas colantes e até mesmo quase pelados.
    Para mim, já parto do princípio que fica quase impossível de se dar crédito a fotos de ETs que andam pela galáxia nus e semi nus.
    A não ser que eles todos estejam a caminho da participação no desfile de alguma Escola de Samba extraterrestre, aí tudo bem!!!! rsrsrsrs
    -
    -
    PS: Uma arma importante dos inimigos do progresso da humanidade é transformar todos em pessoas sem fé. Caracas, existirão os que duvidarão até da existência de si mesmos. Falem o que quiserem – venham com simbologias e analogias mil, que não serei abalado em minha fé ——– Eu creio em Jesus!!!!! Pelo simples fato (FATO) do que a humanidade era antes e passou a ser depois de sua vida entre nós.
    Porém aceitar e crer em Jesus não é só uma questão de raciocínio mas de sentimentos também. Mas claro que há os que desconhecem ou duvidam da tal inteligência emocional.

  9. Fabio says:

    Acho que meu comentário singelo foi objeto de censura…

    Os crentes estão ficando sem “evidências sólidas” em que se apoiar…

  10. Macc says:

    Esse caso já era conhecido dos ufólogos como uma bobagem há decadas, o mais Interessante é uma coisa que ninguem notou: que emvista dessa falta de novidade o Mori “reconhece”:
    ” Todos pesquisadores OVNI sérios ao longo dos anos descartaram a imagem como uma fraude,…”
    Ahhh.. Quer dizer que “ecxiste” Ufologia Séria… Hummmm e se eles são serios e mesmo assim acreditam em ets nos visitando… Então “ecxistem” casos sérios… Hummmm
    Porque esses casos não sao discutidos aqui, ao inves de ficarem mostrando ets patinadores prateados? Fiquei confuso.

    Fiquei nada, todo mundo sabe porque…. Kakakaka

    • Marcelo says:

      Este comentário foi ótimo! Acabei de ler a matéria e estava pensando em comentar algo bem parecido com o seu, como você já o fez…Valeu!

    • Mori says:

      Se você ler os textos publicados aqui, incluindo as entrevistas que concedi, descobrirá que obviamente reconheço sem problema algum a existência da ufologia séria, de ufólogos sérios e de casos não solucionados e intrigantes.

      Infelizmente, nem todos ufólogos são sérios. Muitos defendiam que a fotografia era real ou “misteriosa”. Apenas os sérios alertavam o óbvio, que era falsa.

      Por favor, não abuse do espaço que lhe é oferecido para expor suas opiniões. Inserir “kakaka” como provocação não ajuda. Obrigado.

      • Adriano says:

        Mori,
        quais seriam os casos não solucionados e intrigantes que você tem publicado no CA?

      • Mori says:

        Há o caso do Lago de Cote e o de Vancouver, por exemplo. Em vários casos também faço a ressalva de que a explicação defendida não é uma “certeza”. Devo criar uma tag de “não-resolvido” para facilitar o encontro de tal conteúdo.

      • Paulo Trin Junior says:

        Criar uma tag de “não-resolvido”? …ótima ideia!

      • Fabio says:

        Inclua na tag “não-resolvidos” o “filme da Mikson” e a “noite oficial dos ovnis”.

  11. NEWTON says:

    Se era um extra-terrestre ou não eu não sei. No entanto, o artigo aqui publicado que visa desmistificar o que é visto na foto chega as raias do absurdo. Mentiras desavergonhadas são colocadas no texto como sendo uma verdade absoluta. A foto original, dentre outras coisas, revela um ser com a face-borrada-brilhante, braços muitos longos, sendo que a parte em que os dois homens seguram é perto dos pulsos, ficando as mãos praticamente suspensas. As duas mulheres, na foto original estão TOTALMENTE SINCRONIZADAS com o que ocorre na cena fotografada e nenhuma está observando outra coisa que não seja o “ser” conduzido pelos dois homens com capas-longas. O resto é papo-furado de pessoas que se julgam “mais inteligentes” que as demais. Lamentável.

  12. Adriano says:

    Newton, vc leu tudo mesmo? É triste um comentário como o seu.

  13. Fabio says:

    Houve quem imaginou ser esse ET apenas um macaco desprovido de pêlos.

  14. Macc says:

    Desculpe se meus (kakaka´s) te incomodaram de alguma maneira Mori, não é de modo algum uma insinuação de desrespeito não, é uma forma de expressar minha indignação.

    Quanto a “expor suas opiniões” acho que é só o que TODOS fazemos aqui não?

    Voltando ao assunto, tem muito caso sério na ufologia, gostaria mesmo desse tag para acessarmos os casos sérios já publicados aqui. agradeço.

    Quanto ao “ET patinador” do artigo, o Newton apesar de não ter oferecido nada para contrapor a “história oficial” publicada posteriormente pela da própria revista no numero seguinte (1º de abril e tal, que supomos seja verdadeira e não uma forma de acobertamento tardio de uma matéria já publicada), fez uma observação pertinente:
    O tal ET (homem) tem uma proporção corpórea meio incomum, pode ser o efeito da posição e da montagem, mas o que me chama a atenção é a “magreza” do mesmo, principalmente no peito, na região do tórax. Se é um patinador da década de 30, está em um estado físico bem estranho…

    • Adriano says:

      macc conspiracionista escreveu : “(1º de abril e tal, que supomos seja verdadeira e não uma forma de acobertamento tardio de uma matéria já publicada)”

      é, deve ser isso mesmo, tiveram que negar tudo e por sorte tinham publicado em 1o de abril e puderam inventar essa desculpa, muito bem pensado flipper!

      • Macc says:

        É Adriano, é possivel não?…(exemplos de acobertamento não falta em casos de OVNIS….nem precisava dizer isso). Mas sejamos céticos, a única maneira de descobrir seria investigando se a revista (em outros números) já tinha uma tradição (prática) de pregar “peças de 1º de abriu”… ou podemos acreditar que conspirações não existem, acho que tem um artigo recente sobre isso aqui no CA…fica a dica… kakakaka

      • Adriano says:

        possível mas muito improvável. É um erro muito grande se agarrar em eventos muito improváveis e viver se preocupando com isso. Esse caso está muito claro, mas muito mesmo…nomes piosos, 1o de abril, semana seguinte…achar que ainda existe possibilidade e querer pensar nisso, é muita perda de tempo. Tipo, todos os dias caem vários meteoritos na terra….você sabia que pode cair um na sua cabeça? você se preocupa com isso?

      • Macc says:

        Adriano,

        Cair um disco voador na Terra já um evento muito raro.
        Se caiu, o acobertamente não é um alternativa de baixa probabilidade, muito pelo contrario, afinal ele está OFICIALMENTE colocado como regra nas forças armadas (veja docs oficiais de protocolo para tratar da divulgação da descoberta de vida alienígena).

  15. Fabio says:

    Soube que a ufologia perdeu o renerável Claudeir Covo. Sem a fiscalização deste, espero ver a multiplicação de mistificações e fraudes em torno do tema UFO.

  16. Vecna says:

    Parabens pelo blog Mori. Ja o acompanho a um bom tempo e torço para que vc tenha tempo de colocar novas postagens . Sobre ufologia séria ,concordo que seja todo pesquisador que investiga o fenomeno de forma realista -não se sabe a procedencia dos objetos nem o que eles são . Fico espantado com as afirmações que encontro por aí de conspiraçao e até nomes de ets ,um absurdo da parte de quem se diz ufologista e só estraga os estudos serios.

  17. Macc says:

    Adriano,

    Só é pouco improvável este cenário que propus se vc considerar apenas as informações fornecidas aqui no artigo.

    Aí te pergunto: qual é o seu referencial para considera-las suficientes?

    Eu te dei um referencial que afirma o contrário – “exemplos de acobertamento não falta em casos de OVNIS….nem precisava dizer isso”.

    Devemos investigar mais a fundo o caso para sabermos se “essas informações que lemos aqui são todas as que existem”, te indiquei até o primeiro passo: verificar “se a revista (em outros números) já tinha uma tradição (prática) de pregar “peças de 1º de abriu”…”ou por que o ET tem uma configuração corpórea estranha?… etc.

    Até lá não podemos proferrir julgamentos de certeza sobre nada.

    Se preocupar é algo natural quando falamos de eventos importantes como este. Um meteorito cair na minha cabeça não é provável no meu tempo de vida, mas é MUITO provável (pela época do fato, pelos casos já conhecidos e pela história do acobertamento de OVNIs) que a revista tenha sido pressionada a publicar um desmentido e aproveitou a data de 1º de Abril.

    E tem outra coisa, tudo isso, partindo do pressuposto inclusive, que estamos acreditando no Mori… já que não da para ler nada do que está escrito nas imagens da revista que ele postou. E ele ainda diz:

    “Posso enviar scans em melhor qualidade dos artigos a todos que o solicitarem em privado, embora deva notar que os originais são fotomontagens pesadamente adulteradas, e o scanner que possuo não seja profissional (com resolução nativa máxima de 600 dpi), de forma que a qualidade não será muito melhor que as versões que podem ser acessadas clicando nas imagens.”

    Só estou sendo cético, achei que era sobre isso esse site.

    • João Ferrari says:

      Macc,

      vamos supor, por apenas um minuto, que a história tenha sido verídica. Não é estranho que NENHUMA outra revista tenha noticiado o fato? Afinal, pelas imagens se vê que o tal ‘objeto’ era imenso… ninguém mais viu e fotografou? Ninguém noticiou?
      Essa é a mesma pergunta que faço a cada um que me diz ‘vi uma nave espacial’ ou ‘existem casos acobertados’. Nossa! Conseguem acobertar as fotos de toda uma cidade! Incrivel! Ou esses ‘ets’ resolvem aparecer só para ‘mentes abertas’ e só esses conseguem fotografá-los (e mais incrível ainda: sempre com máquinas precárias e resultados borrados).
      Nesse momento, quantos fanáticos não estão com máquinas de excelente qualidade escrafunchando os céus em busca de alguma prova? SE, repito SE por ventura fotografarem algo, achas mesmo possível que TODOS sejam manipulados? Não é meio forçar a barra?

      Me lembra a estória de uma ilha aqui do RS, onde meu pai pescava e contavam os pescadores que num certo lugar havia a aparição de ‘seres estranhos’ TODAS as noites. Acampamos lá por quase 20 dias (e noites) e nada… sabe o que ouvíamos? “Vocês não estão preparados espiritualmente”. E o boato ainda corre solto na Ilha do Pavão… e ainda tem quem acredite!

      • Macc says:

        Pois é meu caro Ferrari, é por isso mesmo, por não sabermos se algém mais viu, que no meu comentário eu escrevo:
        …”Devemos investigar mais a fundo o caso para sabermos se “essas informações que lemos aqui são todas as que existem”…
        Só levantei dúvidas muito pertinetes.

        Sabemos que muitos artigos “céticos” por ai selecionam somente a informação que querem, e omitem muita coisa. quando eu tiver um tempo vou investugar melhor este caso.

        Outra coisa, vc está supondo muitas coisas a priori, que ninguem mais viu, que nenhuma revista falou a respeito etc…etc… quer um conselho: não saia acreditando na primeira fonte que ler, nem na segunda, nem na terceira.

        E de onde vc tiriu a ideia de que todas as fotos de ufo são borradas??? que cidades inteiras não são testemunhas de UFOS???, que os fanáticos por ufos não conseguem fotos de primeira qualidade???

        Ce esta muito mal informado amigo, tem até astronauta filmando UFOS, existem milhares de fotos bem nitidas, inclusive governamentais, os testemunhos coletivos configuram vários casos famosissimos da ufologia mundial.

        Se vc vai julgar tudo só porque não viu nenhum monstro de histíria de pescador na ilha do Pavão… tenha dó…
        …de repente me ocorre que vc pode não estar preparado mesmo para esses assuntos.

      • João Ferrari says:

        Clarissimo, Macc…
        Alias…
        Vc é capaz de indicar UMA UNICA FOTO NITIDA DE OVNI? Não borrão ou algo do tipo ‘varias interpretações’, algo que mostre realmente uma espaçonave sem sombra de dúvidas, com mais de uma foto, em mais de um ângulo?
        Mostre-me uma e passo a acreditar em ETs…

      • Macc says:

        Da ultima vez que me pediram isso eu postei um comentário dizendo em linhas gerais que:

        Olha, tem tanta foto séria e nítida que uma das primeiras séries de fotos ufologicas é super nítida e nunca foi explicada – Caso TRENT.

        Como ninguém conseguiu refutar nem essa (que é um caso ufológico da época dos dinossauros), eu me dei por satisfeito. (vieram com ad hominem e “sombras de caminhão refletidas no céu… só :)

        Existem milhares de fotos claras e inexplicáveis é só se informar nos centros de ufologia (atribuir isso a VE´s é com vc -recomendo o artigo que o Stanton Friedman escreveu sobre isso), entre num site de ufologia “sério”, internacional (MUFON por exemplo) e veja as evidencias fotográficas (e estude os casos antes de julgar).
        Aqui no Brasil um dos grandes “analistas” de fotos ufológicas (ufólogo sério) era o Claudeir Covo, que acabou de falecer por sinal, entre em contato com o INFA (o instituto que ajudou a fundar) e peça para eles te indicarem arquivos sérios…

      • João Ferrari says:

        Macc,
        Se para você o caso Trent é um exemplo de nitidez e clareza…
        Ai tu diz: “Existem milhares de fotos claras e inexplicáveis é só se informar nos centros de ufologia”
        Acho que pertenço a outro mundo, ou, como dizem “a tua internet é diferente da minha” pois o que encontro nos sites ufologicos são uma verdadeira PIADA. Os casos mais contundentes são simplesmente… RELATOS! Cadê as benditas fotos? Dez pessoas juram que viram tal coisa…. e ninguém pegou o celular e fotografou? Ah, tremeu a mão e borrou a foto… parece o caso das três crianças que viram a tal de fátima…
        No MUFON só há relatos… e cadê as fotos acima de dúvidas??

        Como disse antes, EU QUERO ACREDITAR, mas para isso preciso de provas concretas, não de ‘fé’.

      • Macc says:

        Ferrari, acho que vc não esta sendo muito honesto. Qualquer iniciante sabe que existem milhares de fotos ufologicas na internet, negando isso vc só queima o seu filme. Mas nossa discussão não era sobre isso não é mesmo? O problema não é obter fotos, mas FOTOS ANALISADAS seriamente. Te indiquei dois centros de pesquisa como referencia, para vc ir atras da evidencia (não na net é claro)
        Se vc quer ver fotos e analiza-las ou ver as análises, pela internet que vc não vai consegui isso amigo… achei que tu tinha entendido isso. Tem que ir nos centros de pesquisa, ver o material, se não, não é pesquisa séria, vá no INFA, lá vc vai encontrar fotos até o teto.
        Até porque vc não está sendo muito coerente na sua “noção de provas” já que qualquer foto de internet pode ter sido adulterada.

        Agora, já te dei uma que é iconica e sua resposta foi: “Se para você o caso Trent é um exemplo de nitidez e clareza…”, (ótimo argumento heim…) bom, assim deixo para o publico julgar novamente tua honestifdade aqui…

        Abraços

  18. Macc says:

    desculpe:
    primeira linha ” Só é pouco PROVÁVEL…”

  19. João Ferrari says:

    Macc,

    Em primeiro lugar não ofendi, então mantenha o nível. Vamos falar de honestidade? Releia SUA frase:
    “…entre num site de ufologia “sério”, internacional (MUFON por exemplo) e veja as evidencias fotográficas (e estude os casos antes de julgar).”
    Entrar num site não quer dizer internet? Ah, desculpa, juro que não tinha entendido…
    Só repito o que digo: cita uma dessas evidências? Se elas são reais, mais algum leitor do CA reconhecerá tal foto…
    Tente não fugir do assunto ou desviar o foco, apenas me cite uma das tais fotos acima de qualquer suspeita – e nítida!
    Agradeço a compreensão e a resposta educada.

    • Paulo Trin Junior says:

      Essa foto de 1950 está fora de moda?
      Só sevem fotos de ufos fashions?
      Esta foto do caso Trent é falsa?

      • João Ferrari says:

        Paulo,
        ONDE eu afirmei algo desse tipo?
        Mas me diga, nessas fotos dos Trent, você REALMENTE vê uma espaçonave alienigena?
        Custa muito me indicar uma foto NÍTIDA? Sei, mais um que vai responder “pesquisa”. Ai eu já respondo: Pq não indica logo?

  20. Sue says:

    “Existem milhares de fotos”. Nunca vi. Só esses borrões mesmo.
    Linka alguma coisa aí que a gente quer ver.

    • Macc says:

      Sue, vá a um centro de pesquisa ufológico brasileiro que vc vai ser mais feliz.

      Como eu já disse não adianta postar links de fotos da net pois olha onde vai dar:

      1- Os ceticos vão acessar.
      2- ai vão criticar o site (que não é filial da NASA)
      3- depois vão fazer ad hominem no dono do site e em quem escreveu a matéria
      4- depois vão dizer quea foto é falsa porque outro cetico disse isso (normalmente num artigo sem referencias)
      5- depois vão atacar quem tirou a foto dizendo que é “fraudador” pois ele não “declarou o imposto de renda” ou “levou uma multa de carro em 1978″ ou algo similar
      6- Depois vão querer “ver” analises da foto (e não adianta postar link senão caimos no item 1)
      7- ai vão começar a dizer “cade a prova” “a prova científica definitiva” como se isso fosse possível de se mostrar num blog.
      8- depois vão dar alguma explicação a lá James Randi tipo: “foi a luz da lua refletida no gás do pantano”. Ou como no caso Trent “é o reflexo de um caminhão” Ui…..
      9- Ai vão dizer que algum mágico imitou a foto (como isso falseasse a original), e por coicidencia ele é de um grupo cetico que ganha com isso.
      10- depois se tudo falhar, vao dizer: “eu não acho a foto nítida não” ou “não vejo uma nave ET ai não” como o Fernandes… kakakakaka
      11-ETC…

      Ou seja, CERVEJA, vou perder meu tempo argumentando sobre esse monte de babaquice.
      Por favor, visite um centro de pesquisa, vá ao INFA ou ao CBPDV, ao NPDU, enfim se vc continuar a ver borrões, vá ao oculista…

      • Magno says:

        E se um oculista não der jeito, vá na igreja universal.

      • Magno says:

        Macc.

        Eu entendo quando a maioria aqui pede provas consistente para poder acreditar em algo. O que não entendo é eles dizerem que é mentira porque não foi comprovado.

        Veja por exemplo, a questão da exigência em fotos claras de OVNIs, eles reclamam que só existe borrões, mas quando se apresenta fotos claras. aí dizem que, “sendo tão clara, devemos aplicar o que chamamos de Lei de Meier: quanto mais clara uma fotografia extraordinária, maior é a probabilidade de que seja falsa.”

        http://www.ceticismoaberto.com/ufologia/5935/discos-voadores-e-a-lei-de-meier

        Não é uma questão de foto clara ou borrada, a questão é descartá-la à priori. Portanto não importa a qualidade da foto.

        Abs.

      • Mori says:

        A Lei de Meier fala da *probabilidade* de que seja falsa, não de que a foto deva ser descartada a priori. Ela deriva do simples fato de que *todas* as fotos claras de discos voadores em meio século de ufologia evidenciaram serem fraudes (ou no mínimo terem sido capturadas por fraudadores, vide Adamski, Meier, etc).

        Isso não significa que toda foto clara seja falsa, mas após meio século seria tolice deixar de notar o padrão e considerar a priori com maior ceticismo, considerando a hipótese de fraude, qualquer fotografia clara.

        Mesmo porque, em fotografias “claras” as hipóteses de engano são menores — a escolha comumente é entre uma nave espacial ou uma fraude. A Lei de Meier também pode ser derivada desse segundo fato.

        Há ainda um terceiro elemento: nenhuma fotografia bastará, por si só, para evidenciar uma nave extraterrestre. Nenhuma evidência isolada será suficiente, é apenas um conjunto de evidências múltiplas e independentes que poderá atender à exigência razoável de aceitação de tão importante descoberta. A fixação por fotografias, e apenas por fotografias, ou em testemunhos, e apenas em testemunhos, é pouco sensata. Evidências devem ser múltiplas e independentes, corroborando umas às outras — a evolução é corroborada por evidências múltiplas e independentes, por exemplo.

      • João Ferrari says:

        Legal!
        Quer dizer que os centros ufologicos teem provas mas escondem, só mostram a quem vai lá??

        1 – E pq um cético não pode ver?
        2 – Ah, temos que elogiar sempre? Não é isso que vejo VOCÊ fazendo aqui no CA…
        3 – Pq não arrisca e posta? Tem medo de críticas?
        4 – Ué, fogem de discussão? Estranho, ainda mais quando se negam a mostrar uma “prova irrefutável”
        5 – Ah, sei… Quer dizer que um fraudador do nada se regenera? Mais ou menos como no desenho animado da Anastácia?
        6 – Se a foto é irrefutável, já não seria a prova? Só vojo vc esperneando e se negando a mostrar… essa de “visita um centro ufológico” é meio forçada…
        7 – 8, 9 Voltamos ao item 4.
        10 – Você REALMENTE vê uma nave alienigena nas fotos dos Trent? Responda sério…

      • Macc says:

        Meu caro,
        isso sao só suas declaraçoes, e vc está errado em todas por sinal, naiuda esta escondido ou proibido ou alguem foge de nada, só te aconselhei (a la charles fort) a sair um pouco da poltrona e da propaganda cetica da net e ver o mundo real pra variar, vc vai se surpreender!

    • Paulo Trin Junior says:

      Pra mim, que sou da época na qual num incêndio um desconhecido hotel em Chicago (EUA) era reportado e mostrado com exclusividade via radiofoto da UPI (United Press International), a foto de 1950 do UFO de Trent, está ótima!

      • Mori says:

        A foto dos Trent combina, em todas suas características, com a foto de um espelho retrovisor de caminhonete Ford — vide o trabalho de Joel Carpenter. Como nota Bob Shaeffer, os cabos acima do “disco voador” também apresentam pequena deformação para baixo, sugerindo que a linha que segurava o espelho se apoiava nos cabos.

        Nada disso permite concluir que a evidência foi forjada, é bem verdade, no entanto está muito, muito longe de ser evidência forte para a existência de objetos físicos voando no céu. Há problemas no testemunho, e as imagens têm elementos que podem ser explicados como fraude.

      • Magno says:

        Mori.

        Gosto da sua maneira de analisar os fatos. Gostei quando diz: “Nada disso permite concluir que a evidência foi forjada, é bem verdade, no entanto está muito, muito longe de ser evidência forte para a existência de objetos físicos voando no céu”. É + ou – o que eu acho quando não posso confirmar ou negar uma evidência.

        Abs.

    • Paulo Trin Junior says:

      Pra mim, que sou da época na qual um incêndio num desconhecido hotel em Chicago (EUA) era reportado e mostrado com exclusividade via radiofoto da UPI (United Press International), a foto de 1950 do UFO de Trent, está ótima!

  21. Paulo Trin Junior says:

    E estas análises feitas em computador – no link aqui abaixo – sobre o ufo de Trent, que parecem comprovar a veracidade de suas fotos, seriam falsas, falhas e/ou forjadas?
    http://www.infa.com.br/o_casal_trent01.html

  22. Fabio says:

    A ufologia experimenta uma estagnação sem precedentes. Parece que os aliens foram explorar outros mundos ou os ufólogos, sabiamente mais cautelosos, deixaram de revelar, de pronto, toda e qualquer estorieta de supostos contatados. Os grandes casos ufológicos são coisa do passado.

    Desconsidero como indício de presença alienígena na Terra os registros foto-cinematográficos altamente duvidosos que abundam na web, como as chapas do casal Trent, hoje devidamente debunkadas.

    • Macc says:

      Pena Fábio que tudo que vc tem são palavras e ilusões…

      Basta entrar na mesma net para ver que a ufologia nunca foi tão forte, filmes fotos analises, testemunhos, abertura de arquivos governamentais etc.

      Os ufólogos e afins nunca venderam tantos livros e nunca ispiraram tantos filmes e series de TV paga, em TUDO que é mídia só se ouve falar em estraterrestres no presente no passado e no futuro.

      Os escritores e pesquisadores “pseudo” como vcs céticos chamam (que piada!) publicam artigos academicos e o melhor…. vendem best sellers aos milhões de cópias e nenhum cientista cetico chega aos pés desse alcance.

      É caro amigo, a ciencia positivista e reducionista já morreu faz tempo, o movimento neohumanista de vcs, do “ceticismo dogmático” ou “racionalismo irracional” tá morrendo e com a morte vem os ultimos engasgos e suspiros…

      Continue dizendo sem parar esse trololó que a “ufologia estagnou” e que as fotos dos Trent foram debunkadas, quem sabe tu não funda uma nova religião entre seus colegas desiludidos.

      • João Ferrari says:

        Macc,

        Me tira uma dúvida: Você REALMENTE consegue ver uma nave alienígena nas fotos dos Trent?

      • Macc says:

        A questão não é ver uma evidencia em separado, mas um conjunto de fenomenos e evidencias, é assim que se faz ciencia (a não ser que vc tenha um manual de como se parece uma nave alien e está escondendo de todo mundo!). kakakaka
        Se vc quiser saber por que os ufólogos cosideram os ufos (como o dos Trent) veículos extraterrestres (hipótese HET), recomendo a leirura dos artigos do Stanton Friedman:
        “The UFO “WHY?” Questions”; e “UFOs: Challenge to SETI Specialists” , por exemplo.

        Em: http://www.stantonfriedman.com/index.php?ptp=articles

      • João Ferrari says:

        Macc,

        Isso sim foi uma resposta coerente. Em partes concordo com o site indicado, uma vez que não nego a possibilidade de existirem outras formas de vida no espaço. Só discordo da “that it is the only conclusion merited by the enormous amount of evidence”. Concluir que são visitantes por exclusão de outras possibilidades me dá o mesmo direito de discordar delas.
        Os argumentos para as ‘visitas’ também são bem coerentes. Acredite, pela primeira vez leio algo sensato. Talvez eu tenha procurado sempre em locais errados. É uma pena a total falta de provas. Imagino quantos ufologos não estão neste momento espreitando os céus. Será, mesmo, que os ‘governos’ conseguiriam reter todas as provas caso eles encontrassem a tão sonhada prova?
        Teria mais alguns links a sugerir? Algum com análises, tipo o CA, mas coroborando a tese sem forçar a barra (tipo os sites nacionais – uma piada!)?

    • Paulo Trin Junior says:

      Que elementos (aspectos tais como forma, tamanho, altura, largura, comprimento, conteúdo, estilo, cor, …) uma foto – ou o próprio objeto (UFO) – deva ter para que possamos, de modo definitivo e inquestionável, atribuí-la como sendo de origem alienígena ou não?
      Afinal, o que seria, deveras, uma foto genuína de um artefato alienígena?

  23. Macc says:

    MORI, quando vc fala:
    “A Lei de Meier fala da *probabilidade* de que seja falsa, não de que a foto deva ser descartada a priori.” pois “Ela deriva do simples fato de que *todas* as fotos claras de discos voadores em meio século de ufologia evidenciaram serem fraudes (ou no mínimo terem sido capturadas por fraudadores, vide Adamski, Meier, etc).”

    Gostei dessa lógica….pois bem, se considerarmos a História da Ciencia, maioria das teorias científicas foram refutadas ou substituídas ao longo do tempo. Muitos dos cientistas que as apoiavam sustentaram essas ideias atraves ao longo da história de fraudes e tendenciosidades.
    Agora, os estudos da sociologia da ciencia, eles mostram que a CIENCIA é uma atividade ideologica com fins políticos e não uma busca pela “verdade do mundo”.
    Depois temos a matemática (do caos), que desbancou a noção Laplaceana do mundo previsível e acabou com a noção positivista da ciencia de controle e previsibilidade de sistemas. A física contemporânea acabou com com a lógica da causalidade.

    Assim pela “probabilidade”, aplicando a “Lei de Meier” a toda a CIENCIA, acho melhor fecharmos os livros sagrados e irmos tomar uma cerva, que achas?

    Mas sério, e se aplicarmos a da “Lei de Meier” ao movimento do ceticismo, a “probabilidade” é clara: Que todo artigo é:
    1- tendencioso e manipula a informação (debunker),
    2- cientificamente ultrapassado (positivismo),
    3- metodologicamente infundado (“Navalha de Occam”, “Melhor Explicação” “Lei de Meier” “Prova Definitiva” e outras aberrações),
    4- direcionado somente ao publico leigo (onde estão os artigos científicos?)
    5 – históricamente acritico (não produz uma autocritica histórica)

    O seja, pela “Lei Meier” a probabilidade é que o ceticismo seja uma diversão de internet… só isso… kakakakaka

  24. Paulo Trin Junior says:

    Então, para o CETICISMO DOGMÁTICO, um ET tem de evidenciar e provar cientificamente, para nós, homo sapiens, que ele e sua respectiva nave interestelar não são terrestres?

    • marceloDF says:

      Ouvi dizer que certos governos estão usando engenharia genética para modificar chimpanzés para que apresentem um fenótipo “gray”. Esses mesmos governos desenvolveram “ovnis” e vão juntar esses símios geneticamente modificados e essas naves, criar um “desastre áereo alienigena” e ver a reação do público lançando seus produtos ( aliens fake + mais a nave ) numa cidade do meio-oeste americano. Primeiro irão deixar as testemunhas do “acidente ovni” postar vídeos no youtube, criar sites e depois vão mandar “homens de preto” confiscar tais imagens, vão censurar a internet, etc. Tudo é claro para dá aquela sensação de “acobertamento” governamental tão cara a ficção científica.

      Vai ser emocionante ver cenas de aliens mortos ( chimpanzés geneticamente modificados) em meio a destroços de uma nave fake. Cenas que vão captar a chegada do exército para “recolher os destroços”, depois virão os relatos das testemunhas, os livros, a opinião de “especialistas”, a pergrinação em massa dos ufolatras e os mil e um desdobramentos que podem acontecer depois de um evento desses.

      Mas todo esse teatro seria prova mais que suficiente para você e todos os ufólatras.

      • Paulo Trin Junior says:

        Você se manifesta com respostas prontas, acomodadas e estereotipadas, mais como um abnegado e ferrenho devoto de alguma seita (dogmatismo).
        Você me rotulou como ufólatra sem me conhecer pessoalmente, apenas baseando-se em um canhestro e superficial olhar clínico sobre meus excertos acima.
        O ônus da legítima e definitiva prova, na visão do ceticismo dogmático, recairia sobre o objeto a ser estudado, no caso, supostos ETS e seus supostos veículos de locomoção?
        Em miúdas palavras: na visão do ceticismo dogmático, caberia, unilateralmente a um eventual ET ou a uma de suas supostas máquinas voadoras provar que eles são eles mesmos?
        Por exemplo, fotos e vídeos de objetos, corpos luminosos, e outras coisas deste tipo, captados por equipamentos (câmeras) sobretudo pela própria NASA, cujos padrões de forma, locomoção e brilho aparentemente singulares e que parecem diferir do que conhecemos até agora, seriam FRAUDES, FARSAS OU TEATROLOGIA UFOLÓGICA COMPULSIVA?

      • Macc says:

        É claro que se o governo quiser ENGANAR as pessoas é muito facil, afinal ele tem financiamento, as instituiçõese a midia no bolso. Afinal o governo não faz isso todo dia com a ciencia (?), ou vc vai me dizer que confere tudo que é dito pela ciencia (ou melhor “pela instituição governamental de fabricação de mitos modernos).
        Ainda assim, tem gente que luta para tentar verificar e descobre cada coisa! E ainda são chamados de “conspiracionistas” como se o ser humano nascesse com uma fé inata no governo ou tivesse a obrigação de acreditar no Carl Sagan. Tai uma modificaçao genetica que o governo deve ter feito em alguns de nós humanos, ou chimps, vai saber né.
        Além do que, fazer mágica para imitar um fenomeno só quer dizer que ele não existe na cabeça das organizações céticas (efeito Randi).

  25. marceloDF says:

    KKKKK Coitados desses materialistas alienados pela propaganda gramisciana, os cérebros foram tão doutrinados dentro relativismo moral que não conseguem nem mesmo saber o que é real ou irreal.

    Francamente viver nesse limbo relativista é terreno fácil para qualquer um que queira dominá-los e induzi-los a aceitar qualquer asneira.

    Isso foi sobre a ridícula discussão sobre as provas apresentadas no artigo, mas vale para qualquer tolice relativista.

    Quanto a OVNIS – Como veiculos tripulados e/ou controlados por seres de outros planetas ou mesmo intraterrenos – não passam da mais pura piada.

    Como a educação gramsciana induziu o ser humano ao relativismo bocó e ateu as pessoas se apegaram a mentira de seres “do espaço”. Essa mentira é boa porque “resolve” várias questões conflituosas do ser humano afastado de Deus.

    Primeiro afasta o vácuo de fé que muitos sentem e depois, ao gosto do cliente seja ele um ufolatra new age que quer aliens curadores de doenças e vegetarianos, seja o ufolatra cientifico que quer ser ensinado por aliens tecnologicamente superiores ou mesmo o ufolatra 007 que quer descobrir e desvendar que “a verdade está lá fora”.

    Segundo serve (serviria se não fosse apenas loucura) de tentativa de corroborar o materialismo a qual foi doutrinado a aceitar sem criticar.

    Vaidade tudo é vaidade diz a Bíblia, a única verdade indestrutível.

    • Macc says:

      Marcelo DF,

      Concordo com vc que o materialismo dialético é só mais uma ideologia, uma expressão do pensamento da modernidade, que está em crise a muito tempo, e que a super-estrutura no marxismo clássico deu origem a vários embates entre vida “social e conhecimento científico”.

      Foi por isso mesmo que Gramsci falou do “intelectual organico”, aquele que partilhe das paixões das massas de trabalhadores. E que os maiores intelectuais são os literatos, os filósofos, os artistas e por isso, diz Gramsci, “os jornalistas, que acreditam ser literatos, filósofos e artistas, também acreditam ser os verdadeiros intelectuais”, enquanto que modernamente é a formação técnica a que serve como base do novo tipo de intelectual, um “construtor, organizador, persuasor”, que deve partir “da técnica-trabalho para a técnica-ciência e a concepção humano-histórica, sem a qual permanece especialista e não se torna dirigente.
      Por isso mesmo, o sistema educacional influenciado por Gramsci está dentro do âmbito da pedagogia crítica e a educação popular, ótimos avanços contra a dominação das clásses políticas (teorizadas e praticadas mais contemporaneamente, por exemplo, por Paulo Freire em sua pedagogia da libertação).

      Porém, fora dessa critica ao lugar e usos do conhecimento na política, onde vc vê relativismo em Gramsci? “Relativismo Moral”? É uma piada né?
      Quando vc diz que existe um “limbo relativista”, acho que vc não entende sequer o que é relativismo. O relativismo é a percepção e o reconhecimento de uma pluralidade de entendimentos de mundo, da complexidade da cultura e do fenomeno humano, é o oposto de um “limbo”!
      Relativismo filosófico ou epistemico nada tem a ver com um “niilismo materialista” se foi isso que vc quis dizer. O que o relativismo trouxe para a sociedade não foi a extinção da moral, e a falta de fé no conto de fadas cristão não é falta crença, mas libertação dos dogmas hegemonicos de uma religião.
      Entenda que vc fala contra o ateísmo, seus argumentos partem da premissa de que existe um Deus (igual ao seu), outros não acham isso, ou acreditam nisso já que é só crença mesmo. Existem muitas formas de se formar conhecimento e de entender o mundo, a religião não admite isso, ela é que quer dominar.
      Assim na minha opinião, quando vc fala de ETs erra feio, pois, acha que quem não acredita no SEU Deus possui um “Vácuo de Fé”, e que isso causa problemas “o ser humano afastado de Deus”, eu nem sequer acredito em Deus, como posso ter um “vácuo ou estar afastado”, pensar que quem não é igual a gente está doente ou louco é argumento nazista amigo (ou cristão, queimem ele!). Assim, por que essas suas premissas tão fracas e repudiaveis iriam me convencer alguem?

      Depois vc vomita baboseiras ultrajantes:
      “ufolatra new age” (pelo menos eles se preocupam em provar suas loucuras e dogmatismos) ;
      - “aliens curadores de doenças” (que eu saiba, foi jesus quem inventou este marketing de enganar os ignorantes fazendo “milagres”);
      – “aliens vegetarianos” (Se vc acredita que o castigo violento, tortura eterna, é a punição pelos atos durante a vida, bem, o que a sociedade moderna faz com os “animais de produção” é tão monstruoso que qualquer cristão que come carne deveria pagar uma eternidade no inferno);
      - “ser ensinado por aliens tecnologicamente superiores” não seria mal mesmo, mas para desanimo dos “céticos humanistas tecnocratas” o que os ufólogos sabem sobre eles até agora, é que os aliens não são afixionados por high-tech e são muito minimalistas sobre o usos da tecnologia (dão mais valor a uma esfera espiritual);
      - quanto ao “ufolatra 007 que quer descobrir e desvendar que “a verdade está lá fora”, bem, vc acredita que a verdade está “lá em cima”, não vejo diferença nenhuma. Se tivesse estudado direito o que é Relativismo, veria que o problema é exatamente esse “não existe verdade” (a não ser que alguem resolva querer dominar os outros);

      E não entendi: Por que vc estaria preocupado em “corroborações”, vc não tem fé não? Ao final, misturar a logica do materialismo com a da religião é tudo o que vc conseguiu.
      Filosoficamente, a frase “A verdade vos libertará” é uma frase das mais pobres que existem! É modernidade pura! É pura vaidade achar que conhece a verdade que os outros não sabem.
      Relativismo e Dogmatismo são coisas opostas, vc é dogmático pois acredita em Deus e na sua religião. Se vc busca Liberdade e Felicidade, não pode desejar Verdade e Controle.
      Por fim Marcelo, cada um constroi o conhecimento que melhor lhe agrada, lute pelo que faz bem a vc, mas não queira impor nada a ninguem. Se vc for cristão e quiser falar em liberdade, te aconselho a sair da religião dogmática – o que não significa parar com tua fé, guarde o que te faz bem e jogue fora a vaidade.

  26. Leandro says:

    Que isso! O suposto ET nada mais é que o Robô do filme “A inveção de Hugo Cabret”. Podem conferir!

  27. Paulo Trin Junior says:

    Vocês estão pirando.
    Talvez já estejam precisando de algum acompanhamento psicológico.
    Isso aqui parece estar mesmo se transformando numa espécie de seita dogmática e como tal acaba por atrair cada vez mais público específico.
    ———————————————
    Marcelo DF & cia … não estou interessado em suas metáforas didáticas, filosóficas e acadêmicas…
    Mostre-as para o seu pai, ele ficará orgulhoso de você e verá que o seu investimento financeiro não parece ter sido em vão.
    Não sou especialista em nada e tampouco faço parte de nenhuma facção político-ideológica-conspiracionista-ufológica-religiosa radical.
    Sou apenas um cidadão comum chegando a terceira idade que assistiu ao vivo, numa TV semp movida a válvulas, a suposta, ou não, 1ª pisada daqueles dois norte-americanos na Lua.
    Apenas gostaria de saber se aquelas fotos e imagens de artefatos, alguns luminosos e outros com aspecto relativamente aerodinâmico e metálico, tiradas pelas da Estação Espacial Internacional (ISS) e pelo ônibus espacial Endeavour – NASA são reais ou fraudes, e se alguém aqui poderia me esclarecer do que realmente se tratam.
    Caso não, alguém poderia me indicar um site com missivistas que discutam isto de modo menos desequilibrado?

    • Macc says:

      Paulo,
      tem varios documetários americanos (com legenda) na Net sobre a questão da fraude das viajens à Lua, acho interessante tais docs pois podemos ver o depoimento de varias testemunhas e a confrontação com o pessoal da NASA (porta vozes) e técnicos que ficam sem resposta ou fogem de uma resposta.

      Recomendo para começar o doc “Did we land on the moon?” da rede Fox (tv aberta), para vc ver como tais ideias são difundidas nos EUAs.
      Tambem tem o doc “What happened on the Moon?” e muitos outros.

      Para não ser imparcial, procure nos sites de ceticismo que tem vários artigos tentandoresponder as denuncias. Na minha opinião eles são bem pobres e desviam muito do assunto, respondem só o que querem – algumas respostas são boas, outras bem forçadas. Enfim, tem que contrapor as alegações para tirar conclusões melhores.

  28. Adriano says:

    Seu inconsciente te trai….pra nao ser imparcial….é macc….vc é o rei das teorias da conspiração!

    • Magno says:

      Adriano.

      Não vejo o Macc como um “conspiracionista”. Vejo-o como um pesquisador excepcional (e por incrível que pareça, um verdadeiro cético), que busca informação nas mais variadas fontes, para tirar as suas próprias conclusões independente de “autoridades”.

      Talvês voce ache estranha a idéia da ida a lua ser uma farsa, mas a única evidência que me faz acreditar que essa proeza tenha sido real, é não ter visto os Russos se manifestarem contra. Pois se isso fosse uma farsa, eles, naquela época, não perderiam por nada a oportunidade de avacalhar com os americanos. No mais, tudo poderia ser real ou farsa.

      Abs

      • Adriano says:

        O espelho na superficie eh boa evidencia tbm

      • Magno says:

        É como eu disse: Todo o resto pode ser real ou farsa. Até mesmo os espelhos que supostamente tenha sido deixados na lua, eu, “um pobre mortal” não tenho como comprovar. É uma questão de acreditar ou não.

        Abs.

      • Macc says:

        Magno, quanto a sua colocação:

        ” … mas a única evidência que me faz acreditar que essa proeza tenha sido real, é não ter visto os Russos se manifestarem contra. Pois se isso fosse uma farsa, eles, naquela época, não perderiam por nada a oportunidade de avacalhar com os americanos. ”

        Eu pensava assim tb, porem mudei de ideia quando percebi que as coisas são bem mais complicadas que isso, por diversos fatores históricos:

        - Primeiro tem a questão do simbolismo histórico envolvido – A antiga URSS teria muito mais a perder do que a ganhar denunciando isso pois nenhum governo quer que a população pare para pensar que é uma “má ideia confiar no que diz o Estado”. Pense nisso, ainda mais a URSS que tinha um governo socialista totalmente voltado numa relação de confiança política entre o governo e o proletariado. Denunciar uma fraude tal como a da ida a Lua seria afirmar mundialmente que não podemos acreditar em uma virgula do que nos dizem os governantes.

        - Tambem não podemos ser inocentes quanto a importancia dessa “conquista da Lua” tambem para o projeto espacial Russo, não importa se foram os americanos a chegar primeiro lá, o que lhes importava era que com a chegada (fraude), ambos os projetos espaciais (Russos e Americanos) só ganhariam apoio e recursos. Por outro lado, uma denuncia traria a deconfiança publica e o fim do suporte politico desses projetos.

        - Outra coisa é a questão da guerra fria em si. Tem muito historiador que acha que a chamada “Guerra Fria” foi a maior armação e que os paises envolvidos estavam em conluio para (comum acordo) visando aterrorizar seus respectivos cidadãos para extrair, manipular recursos monetários utilizados para outros fins. Imagine quantos trilhões de dolares e rúbros foram investidos nos militares durante a guerra fria! Depois que a URSS acabou, descobriram por exemplo que grande parte dos misseis intercontinentais eram do bloco oriental eram apenas a fuselagem externa (falsos). Em que projetos secretos o dinheiro foi investido é a grande questão.

        Por ai vão dizer que é mais uma teoria da conspiração, mais para mim é muito lógico que a guerra fria fosse apenas de fachada para enganar e mater sob controle mundial (que eles queriam) o povão, alem de disponibilizar recursos infinitos sabe-se lá para que … Ou isso, ou se acredita na historinha tradicional de que as elites politicas americana e sovietica se odiavam a ponto de mandar o mundo pelos ares numa guerra nuclear tresloucada… sei…fala serio.

        Assim, acho que os russos não denunciaram a fraude na lua pois eles provavelmente fizeram parte de todo o esquema, estamos sob um governo mundial a muito tempo.

      • Magno says:

        Macc.

        É uma possibilidade bem plausível esse seu ponto de vista, mas é apenas uma possibilidade, não há como comprovar (pelo menos por enquanto).

        Abs

      • Adriano says:

        Teoria do Macc: Possibilidade ínifma. pare para analisar como são organizados os governos e as decisões tomadas. Sempre tem alguém por perto, mulheres, filhos, amigos de bar. Não existe uma redoma para segurar tantos segredos no mundo todo….

      • Ulisses da Motta Costa says:

        E se uma extensa lista de teorias conspiratórias sobre a chegada do homem à lua fossem resolvidas com… Fotos dos locais de pouso?

        http://lroc.sese.asu.edu/news/index.php?/archives/620-Question-Answered!.html

        Por favor, essa de que o “homem não foi à lua” é a maior demonstração de pseudociência que pode haver…

      • Ulisses da Motta Costa says:

        O link ficou quebrado. Acessem este: http://migre.me/a6Zjr

      • Macc says:

        Ulisses,

        Desculpe mas vou dar uma de “cético”: E quem me garante que estas fotos são verdadeiras? E quem me garante que o que aparece nas fotos (borrões) são a bandeira e o módulo lunar? E quem me garante que essas fotos são da Lua?
        Já sei, quem grante é a propria NASA… ou alguem do governo… haha
        E pior, se fosse foto de OVNI era uma piada, e qualquer explicação trolológica cetica serviria para explicar os borrões.
        Pense comigo: Os satélites em órbita da Terra já fazem fotos com centímetros de resoluçao, aí eles mandam “sondas espaciais” (LROC) para a órbita da Lua e o que conseguem (?), fotos borradas deseja lá o que for??? É preciso ter muita confiança da falta de pensamento critico da massa.

      • Ulisses da Motta Costa says:

        Bem, se fotos da Nasa não valem nada, nem as fotos do Hubble e de qualquer satélite da Nasa valeriam alguma coisa. Então… Não faz sentido comparar as fotos entre si, correto? Se a comparação não é válida, o argumento de compará-las igualmente também não é.

        Gostaria muito de ver as fotos da Terra tiradas do espaço com CENTÍMETROS de resolução. As fotos do Google Earth não tem esta precisão, e se tem são fotos tiradas de aviões.

        O engraçado é que “borrões” na Lua não são nada, mas em Marte são Pirâmides, Cidades, Faces, etc, etc, etc.

        Por sinal: se não são da Lua… São daonde?

      • Macc says:

        Ulisses,
        Só estou dizendo que eu não tenho (historicamente embasado), nenhuma confiança cega no que diz o governo e suas instituições de poder. Muito pelo contrário, existem razões muito mais do que corroboradas para desconfiar (ainda mais o do EUA , um pais que se construiu na fraude institucional, na dominação ideológica e na propaganda mundial). O racionalismo também serve para questionar se somos manipulados pela informação, não só para olhar em tubos de ensaio, já que estamos na era da propaganda, não?

        No seu post vc passa a impressão de que “acredita piamente que os borrões são o que a NASA diz que são”, e mais, sugere que isso é evidencia definitiva de que as missões a lua aconteceram (assunto muito mais complexo), e aponta os “conspiracionistas” como “pseudociencientistas” um termo que nunca colou na ciência (veja as obs). Ou seja, uma soma de exageros, falta de consideração histórica e fé cega, não é isso que este site abomina?

        Afinal, o que vc sugeriu é que aceitemos que o ônus da prova seja fornecido pela parte acusada de fraude sem que nós tenhamos como confirmá-la? Se for assim, vamos acreditar no ET bilú do Urandir, pois ele postou vídeos da tal entidade… acho que não… kakakaka

        Além do mais, já há muito tempo que se debate que esta questão da Lua só será resolvida por uma fonte independente e com argumentos lógicos científicos contextualizados historicamente (o que a NASA nunca se dispôs a fazer publicamente, até onde eu sei).

        Para ser sincero e imparcial, acho que há bons argumentos em ambas as frentes, mas historicamente e pela evidencia disponível, ainda sou partidário da tese de fraude.
        abs.

        Obs:
        - Bem lembrado, se em Marte aparecem fotos de “estruturas” e a Nasa afirma que são apenas formações “naturais” (paredoilia), pq não posso usar tal argumento para estas fotos de borrões que vc postou não?Há anos que se afirma existirem estruturas artificiais na Lua, se vc procurar por “mistérios” na geologia da lua, vai encontrar centenas de fotos de “coisas estranhas” que parecem artificiais, muito similares aos borrões que vc mostrou, a NASA sempre negou, agora é o LEM e a bandeira…hmm (procurei um link, não sei se é bom: http://www.thetruthbehindthescenes.org/2012/03/15/nasa-accidentally-confirms-moon-structures-exist/.

        -Continuo não entendendo o pq das fotos de uma sonda de ultima geração serem de tão baixa qualidade se já temos tec para tal. O Google Earth é de baixa pois é limitado de propósito, mas até o Brasil tem tec de satélite para 1m de resolução que vc pode pagar (veja em : http://www.engesat.com.br/index.php?system=news&news_id=759&action=read) imagine os militares dos EUA… Enfim.

        - Ate hoje os problemas sobre demarcação da ciência são um assunto episteme e filosófico complexo (ninguém sabe definir o que é ciência sem exageros irreais), O termo “pseudociência” é uma expressão caricata que foi proposta depois que Popper ter sugerido a falseabilidade (depois fomentada por Merton, Tegard, e Bunge , porém esta questão não sobreviveram a critica posterior (episteme: Kuhn (1962), Lakatos, Gauch (2003) e Feyerabend (1975) e sociológica: Foucaut, Derrida, Baldrillard, Habermass, Bauman, R. Kurz, etc… ), ou seja uma constelação de talentos.
        Hoje, o termo só é usado politicamente, para desautorizar um conhecimento que não interessa aos poderes institucionais, como no seu caso sobre a missão à Lua:

        “If we would stand up and be counted on the side of reason, we ought to drop terms like ‘pseudo-science’ and ‘unscientific’ from our vocabulary; they are just hollow phrases which do only emotive work for us”. (Laudan L, 1996 ).
        “The term ‘pseudoscience’ has become little more than an inflammatory buzzword for quickly dismissing one’s opponents in media sound-bites” and “When therapeutic entrepreneurs make claims on behalf of their interventions, we should not waste our time trying to determine whether their interventions qualify as pseudoscientific. Rather, we should ask them: How do you know that your intervention works? What is your evidence?” (McNally RJ, 2003).

  29. Magno says:

    Macc.

    Nesse seu comentário “Macc 14 de junho de 2012 às 9:28″ direcionado ao MarceloDF, a única coisa que não concordo contigo é quando você diz que essa frase “A verdade vos libertará”, é muito pobre, pois na minha opinião, é a frase de maior coerência escrita na bíblia. Resta apenas descobrirmos o que é “A VERDADE”.

    Abs.

    • Macc says:

      Magno., não acho que existe uma verdade unica, mas afinal isso é uma questão filosófica… vi essa frase outro dia que é ótima, encaixa perfeitamente no “movimento pseudocético”:

      ” O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de duvidas e as pessoas idiotas estão cheias de certezas”

      Charles Bukowski

      • Magno says:

        Macc.

        O problema em procurarmos a verdade, é que corremos o risco de encontrá-la e ela não ser o que esperávamos.

        Abs.

  30. Zacarias Sitchin Cariol says:

    Reclamo atualização desta seção. Temo que o C/A tenha dismitificado tudo o que já se especulou sobre UFOs neste planeta.

    Abraço.

    • Magno says:

      Nossa! Que pretensão a sua.

    • Macc says:

      Tudo e Mito meu amigo… cada um quer defender seu espaco…. agora, SE vc “cre” piamente que as “informacoes” passadas aqui no CA sao o santo graal da verdade, funde uma seita e pare de se preocupar com especulacoes.
      Mas, se for estudar profundamente os assuntos, percebera que tudo e um jogo panfletrio de esconder informacoes para fortalecer argumentos ideologicos, sejam ufologicos ou ceticos, sao apenas mitos ceticos e mitos ufologicos, os misterios mesmo, sempre permanecem, por isso eles estarao sempre na pauta, daqui ha 100 anos ainda vao estar falando do caso “extarterrestre da KGB”, com argumentos dos dois lados… salve a especulacao!!!

  31. Samuel says:

    Mori, e essa do Urandir, o que você acha? Saca só:

    http://www.youtube.com/watch?v=-6SKmRAyIgw

    • Macc says:

      caraco!!!!!!,!….

      Desculpem mas se eu fosse do movimento cetico eu nem ia perder tempo com isso, fala serio. Pelo menos é engraçado a beça.

  32. Macc says:

    Me lembrei do caso Roswell, oficialmente a aeronautica americana disse ser um disco voador, depois mandaram publicar uma historia dizendo que era um “balao metereologico” e depois mudou a historia novamente para projeto Mogul.
    Pois é, depois me dizem que essa história oficiosa de “1 de Abril” nao tem chance de ter sido uma desculpa posterior para o acobertamento de toda essa historia. Tirando isso o que temos? O patinador nao parece nada o tal extraterrestre da foto…
    Fato é, quando a “midia” afirma que é extraterrestre, a midia é incompetente ou age de má fé, mas quando ela diz que é uma farça qualquer, os “ceticos” acreditam piamente nela e elogiam os jornalistas.

  33. Macc says:

    Achei um otimo texto sobre o que é “Cetivismo”, o resto conclui-se pelo que já sabemos:
    http://problemasfilosoficos.blogspot.com.br/2010/06/ceticismo.html

  34. Macc says:

    Desculpe “Ceticismo”.

  35. Fabio says:

    Os grandes “causos” ufológicos são coisa do passado. O mito dos discos-voadores e “contatados” não resistiu à modernidade…

    • Macc says:

      Fabio,
      A ufologia é um fenomeno da chamada “modernidade”,nao algo fora dela, aconselhoque se vc quiser falar de história tem que saber o minimo para nao passar vergonha.
      Quanto ao “seu” pressuposto de que a ufologia nao “resistiu”, é uma opiniao para la de fantasiosa, a ufologia esta mais forte do que nunca, se nao fosse verdade os ceticos nao precisariamestar preocupados em postar nada aqui, mas “achismos” como o seu todo mundo pode ter, eles também fazem parte do Mito cético moderno.

  36. Carl Seagram says:

    Contamos às crianças histórias sobre o Papai Noel, coelhinho da Páscoa e a fada do dente por razões que achamos emocionalmente sadias, mas depois, antes de crescerem, nós os desiludimos sobre esses mitos. Por que nos desdizemos? Porque o seu bem-estar como adultos depende de eles conhecerem o mundo tal como é. Nós nos preocupamos, e com razão, com os adultos que ainda acreditam em papai noel.

    • Macc says:

      Nos as desdizemos porque fomos nós que MENTIMOS PARA ELAS EM PRIMEIRO LUGAR, sabemos que inventamos as histórias. Premissa que não se aplica aos fenomennos inexplicáveis (até agora) debatidos neste site.
      Em segundo lugar, o homem é um ser que necessita de uma cosmologia para o funcionamento do mundo, somos seres sociais e simbólicos (deveria se chamar Homo miticus e não Homo sapiens). As crianças precisam dessas histórias desenvolver suas faculdades de relacionamento criativo, partilhando os valores com outras. (é claro que sobre o papai noel e sobre o coelho da pascoa, são claramente propaganda para vender produtos).
      Porem, quando crescemos, somos jogados em um mundo com um contexto que foi construído pela economia do sec XIX e XX, onde nos é imposta uma cosmologia materialista e onde as pessoas são vistas pelo valor iluminista do indivíduo e sua luta pela sobrevivencia dentro de um sistema capitalista. Para funcionar e ter sucesso neste mundo, os valores simbólicos comunitarios são banidos desse sistema e a pessoa tem de se isolar dos demais e se aproximar de valores de mercado.
      Por isso muitas pessoas acham que ensinar valores mitologicos para as pessoas irá prejudicá-la no futuro, mas tire por vc, nem todo mundo acha isso ou prativa isso, ainda bem, melhor para a humanidade.

  37. Paulo says:

    Já fazia vinte anos que eu esperava uma resposta racional e simples para esta foto. É incrível como as revistas ufológicas, livros e mídias televisivas se utilizam de malícia e má fé no uso das informações. Ninguém quer gastar dinheiro para “provar” que algo não existe. Afinal de contas os mitos dão mais lucros a que sabe se aproveitar. E, infelizmente, este lucro vem de pessoas ingênuas com pouco senso crítico. Gostaria de registrar mais uma agradecimento especial por esta informação que, para mim, foi um verdadeiro presente. Muito obrigado e Parabéns.

    • Fabio says:

      Tens toda a razão. O caso Ilha da Trindade levou décadas para ser debunkado.

      • Macc says:

        Ilha da trindade, debunkado onde?

        Só porque um sobrinho “disse” que o tio lha “disse” que fraudou?
        Ou pq a prima “disse” antes que foi feito com uma colher (coisa ridícula que nem os ceticos aceitam)?

        E advinhe… ninguem conseguiu descobrir como foi feito…

        E os testemunhos militares que “viram” na hora não valem mais pois eles devem ter visto “outra coisa” que “pensaram ser um OVNI?

        hahammm… foi mesmo debunkado pelo pensamento positivo… kakakkaaka

      • Macc says:

        O que o sobrinho afirmou sobre a “nao”  confissao da fraude:

        “É. Eu dizia pra ele: “Poxa, Baraúna, conta logo, conta isso aí, você vai morrer de rir”. E ele me dizia: “Não cara, eu vou ficar meio desmoralizado, os caras vão ficar bravos comigo”. 

        Sei…. 

        E depois diz pq a historia da colher é besteira…

        “, ela não sabia. A verdade, não. Pra cada parente ou cada um que perguntava, ele contava uma história diferente. Ao mesmo tempo, ele também fazia uma grande brincadeira com todo mundo. Ninguém sabia qual era a história verdadeira. Cada hora, ele contava uma história pra um. Então, ficava cada um com uma história. Pra aquela lá [Emília], ele falou que era a tal da colher, e assim ”

        É mas para ele contou a verdade né… Hummm..? Bingo! 

        Parece que ele preferia afirmar que era fraude para “entreter os amigos e a família” anos depois, e se fazer de esperto, mas como foi feita nunca revelou.

        Pq nao revelou? Pelo mesmo motivo que nunca ninguem descobriu, ou pelo mesmo motivo que ele nunca confessou ser fraude, e pelo mesmo motivo de existirem testemunhas militares e pelo mesmo motivo de haverem docs secretos da marnha sobre “os casos de avistamentos na ilha da trindade”….. O OVNi era real…. 

  38. Rafael says:

    As fontes tão no WIKIPEDIA. Bastante fácil de visualizar:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Caso_da_Ilha_da_Trindade

    • Macc says:

      Rafael, a informação do WIKIPEDIA é parcial e se vc notar foi escrita por alguém que é “contra” a tese do Disco Voador. Todas as conclusões são apenas opiniões que refletem uma análise especulativa que privilegiou os testemunhos indiretos do caso.

      Questões que permanecem:

      - As fotos existem e nunca foi provado que são fraudes, nem sequer “mostraram” com provas como teria sido feita (ninguem sabe só o Barauna, gebio ele né).

      - O autor das fotos nunca as negou como verdadeiras, nem as testemunhas diretas do caso (militares), se eram amigos dele que participaram da fraude é conjectura.

      - Se os parentes que ninguem nunca tinham ouvido falar afirmam hoje, decadas depois que era fraude com talheres ou truques misteriosos, isso não prova nada, pois como eu já postei, eles mesmos afirmam que o Barauna contava uma história para cada parente.

      - Se existem contradições, elas são fatos ocorridos por depoimentos de terceiros depois de mais de decada, e sobre detalhes ridículos (quem viu e que estava enjoado) fica no disse-me-disse.., fala serio.

      Acreditar nas declarações de porta vozes da marinha e dos jornais depois de anos (que querem abafar o caso) é absurdo, quando se sabe que foram liberados documentos secretos sobre o caso e sobre outros avistamentos na mesma ilha na mesma época dos arquivos militares.

      Como a Wiki é livre, vou recolher material e links postar os detalhes que favorecem o caso lá, para não ficar só a torcida contrária.

  39. Tiago Braga says:

    Mori, ja comentei no teu outro site, em ingles, a respeito da montagem da foto.
    Creio que apenas o “marciano” tenha sido inserido na foto. As mulheres e os “agentes” pertencem a foto. Nao ha problema algum quanto a disposicao dos pes das mulheres.
    A mulher da direita (destacada em vermelho) tem seu pe direito na mesma linha que os pes da mulher da esquerda.
    A impressao que fica e que a mulher destacada em amarelo a puxa para tras (o talvez de ter o pe esquerdo mais a frente que o da direita – o que sugere uma falta de equilibrio por parte da mulher a direita apoiando a impressao de que foi puxada), como se a foto tivesse sido encenada ja pensando na insercao posterior do falso alienigena. No mais, as sombras tambem aparentam ser projetadas pela mesma fonte de luz.

    http://www.gamobranco.wordpress.com

  40. leandro dias moraes says:

    A interpretação das duas mulheres na montagem está errada. Elas estão juntas mesmo. O fato da mão de uma (amarelo) estar sobre a outra (em vermelho) demonstra uma posição de medo. Como que se ela se apoiasse na outra impedindo a mulher em vermelho de se aproximar do “extra-terrestre”. É uma clássica posição de medo. Não que a foto seja real, mas as duas mulheres não foram “coladas” separadamente. Acho até que apenas o “extra-terrestre” é o único a ser colado aí.

  41. mario muller says:

    Boa tarde. C tivesse poder tiraria esse site do CA do ar, faria desaparecer, não só porque não gosto dele bem como não gosto de gente que acha quem tem resposta pra tudo. Mas tmbem porque gosto de mistérios e ele tira o encanto deles, mostra que vivemos num mundo sem magia, sem ets, sem deus ou deuses, vivemos num mundo cético onde fé em qualquer coisa não tem valor. o que importa é fatos e fotos, fotos claro c provarem que é uma fraude. Mas tudo bem o mundo precisa de pessoas assim céticas. Mas eu ao contrario vou continuar me empolgado com cada mistério novo que aparecer ou eu ler a respeito, pois eles me dão arrepio na coluna, me fazem sentir vivo e feliz pois aceitar um mistério é bem melhor que passar dias tenetando provar o quanto ele é falso e mesmo assim não conseguir convenser a todos. Não me confundam com um tolo que acredita em cada bobagem que postam por ai, mas acho que existem coisas por ai que fazem todos nós de tolos Com certeza sou mais feliz com meus mistérios, mas gosto de ler o que publicam sobre cada novo caso . Por isso desejo que todos aqui fiquem bem, acreditando ou não em que quiserem. Abraço a todos

    • Macc says:

      Tirar do ar!!! Não, vai acabar a diversão… kakakaka..
      Olha, agora sério, todos tem o direito de expressar e “acreditar” em algo. Esse site o CA é um dos unicos sites (senão o unico) que permite uma democracia de opiniões, temos que valorizar isso.
      Entenda que os céticos do movimento cético brasileiro, são pessoas engajadas em uma ideologia e uma politica (humanista secular), Talves alguns deles queiram obrigar as pessoas a pensar como eles, mas a outros menos extremistas. Por mais que não gostemos dessa ideologia, não podemos cair no jogo deles e supervalorizar seu poder.
      Eles apenas creem numa cosmologia ultrapassada e que está dando seus ultimos suspiros (modernidade), creem em coisas como Verdade/Objetividade e Razão (e a propria ciencia já se desfez disso), mesmo assim, eles ainda acreditam que a ciencia é uma atividade sagrada: neutra, com um unico método infalível e que a racionalidade positivista é a lógica perfeita que explica tudo (é totalmente ingenuo, eu sei), um pensamento a la sec. XIX, mas que infelizmente se popularizou na educação tradicional e na mentalidade do cidadão médio, mas aos poucos está sendo trasformada. Obviamente a ciencia não é nada disso.
      Assim, se vc me permite, fiquei triste ao ler seu depoimento, primeiro porque vc acaba adotando o dogmatismo”deles” e quer proibir formas de conhecimento que não o seu com a desculpa de “proteger a humanidade” (não caia em autoritarismos), em segundo lugar porque vc caiu na armadilha de acreditar que o ceticismo científico “tem mesmo” o poder de explicar o mundo, de ditar o que é connhecimento “falso” e o que é “verdadeiro”, nada mais falso, como te disse os proprios cientistas já saíram dessa ilusão há quase 50 anos.
      E não se preocupe não Muller, uma das belezas de sermos humanos é necessitarmos de mitos e cosmologias mágicas para viver muito mais do que de razões materialistas inventadas, deveríamos nos chamar Homo mythicus e não Homo sapiens.
      Relaxe, pois o CA não consegue tirar o mistério de nada, em minha opinião, tal “ceticismo” politico está apenas servindo para afastar cada vez mais as pessoas das explicações racionais, ponto para a “realidades” maravilhosas deste mundo sempre em mutação.

  42. Delei! says:

    Ok… a galera quer ver um DISCO VOADOR ou quer ver um “Objeto Voador Não Identificado” com nitidez? Porque se for qualquer coisa não explicada (ou explicável) que aparece voando no céu, acho que fotos, hoje em dia, não são a melhor fonte. No youtube vc vê muitos vídeos que realmente não tem explicação.
    Não estou falando daqueles mais obvios. Não sou pesquisador do assunto, apenas interessado. Porém trabalho com ciência, sou Físico e Biólogo, tenho 2 mestrados e estou fazendo doutorado. Portanto, “pesquisar” é algo comum pra mim e algo até bastante divertido. Apesar de crer na vida fora da Terra, já que me parece bastante provável essa possibilidade, não sou o tipo do cara que acredita em qualquer coisa. Existem casos inexplicados. Muitos. E esses são os melhores. Mas pra mim, a crença em vida ‘inteligente’ fora de nossa casa só aconteceu de outra forma, quando estava com minha amiga Diane Rogers no interior do estado da Carolina do Sul nos EUA. E infelizmente não tinhamos câmeras, filmadoras ou roupas… só um céu absolutamente lindo… e incomum.

  43. Delei! says:

    Quero achar um vídeo de um OVNI em formação em V, que sei que não tem explicação ainda, mas foi filmando por várias pessoas nos EUA. Já foi tema de documentário da infame (com razão) history channel (jamais confie nos documentários da history, pelo menos no que diz respeito a OVNIs) mas não me lembro onde foi… e outro ocorrido aqui aí no Brasil, em São Paulo. Tenho esses vídeos nos favoritos de meu pc em casa… se não encontrar e postar aqui, depois passo os links para que os caras que queriam ver algo nítido chorem lágrimas de sangue.

  44. WILLIAM MORAES CORRÊA says:

    Pela segunda vez, concordo com o Ceticismo. Tudo isso é farsa. Ninguém jamais capturou uma espaçonave ou seus tripulantes. Acham que quem domina campos gravitacionais seria facilmenet capturado por mentes tão limitadas? E naquela época?

    Viram como as farsas caem facilmente? Já um OVNI não cai assim.

    • Macc says:

      Isso se eles se importarem em não ser fotografados, ou seja usando a sua logica, imagine que contraditorio os aliens avançadíssimos “quem domina campos gravitacionais…” se preocupando com os ufólogos paparazi, acho que nao…

      Agora concluir que tudo é uma farça só porque alguem fez uma farça é exatamente o engodo (falacia argumentativa) que os ceticos querem disseminar.

  45. Bruno says:

    O que eu REALMENTE acho engraçado é que, justamente hoje, quando temos câmeras espalhadas pelos quatro cantos do globo em celulares e outros artefatos, não surja sequer UMA evidência incontestável de presença alienígena na Terra. UMA imagem incontestável valeria muito, mas muito mais que todo esse blábláblá conspiratório travestido de embasamento filosófico.

  46. julyfrct says:

    Que coisa mais tosca, tanta gente trata esta foto como prova de E.Ts.
    Claro que a revista UFO sabe disso, sabe da existência da revista Neue Illustrierte, a UFO só quer ganhar dinheiro, afinal oque os alienígenas conseguiram foi garantir lucros com tudo oque se refere a OVNIs, e deixar as pessoas mais preocupadas com fim do mundo e luzes no céu, aí que loucura!

  47. JudahHaLevi says:

    muito bom mesmo esta materia parabens!!!

  48. Carlos Lomba says:

    Aos céticos, qto à existência de vida fora deste planetinha chamado Terra, um só comentário: não sejam idiotamente arrogantes a ponto de imaginarem vida inteligente só aqui. Demonstram arrogância maior do que a do porteiro, filho de mãe cearense e de pai argentino, que se acha o dono do prédio.

  49. roberto caldeira says:

    a vida fora do planeta terra já e comprovada pela bíblia o pro pio JESUS não pertence o planeta terra ,então e de um egoismo profundo não acreditarmos que tais fatos não seja pelo menos analizados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑