Destaques nickpope.jpg

Published on agosto 5th, 2010 | by Kentaro Mori

18

Ufólogo Nick Pope participa de Encobrimento Governamental

nickpope ufologia destaques

SNN3027AA280 768536j ufologia destaques Um dos maiores especialistas no mundo em OVNIs, o inexplicado e teorias da conspiração”, anuncia em seu sítio pessoal o ufólogo Nick Pope, que teria “comandado o Projeto OVNI do governo britânico”. Pope de fato serviu no Ministério de Defesa (MoD), e a história que conta e é repetida por revistas e jornais é de que “a princípio cético”, teria se transformado em crente ao investigar casos OVNI.

Se Pope era cético, a virada de opinião realmente foi notável. No livro publicado em 1996 após sua saída da Secretaria de Staff Aéreo, Pope diz ter se tornado “firmemente crente na realidade dos OVNIs … alertando que espaçonaves extraterrestres estão visitando a Terra e algo deve ser feito urgentemente”.

É com tais títulos e história que Pope se diz o maior especialista OVNI, no que os tablóides ingleses o levaram a sério. Suas opiniões e avaliações, no entanto, resultam comumente em grandes vexames, como quando se revelou “muito excitado” com aviões em uma parada militar indicados como OVNIs no ano passado.

Em 2007, o pesquisador David Clarke, principal responsável pela abertura de arquivos OVNI no Reino Unido, quis passar esta história a limpo: como o Ministério da Defesa britânico via um de seus funcionários alegando comandar um projeto OVNI, dando declarações abertamente contrárias às recomendações oficiais sobre espaçonaves extraterrestres?

Três anos e duas apelações depois, o MoD recusou-se a liberar sete documentos contendo comunicados internos sobre as declarações públicas de Pope, em uma decisão de sigilo validada pelo Comissário de Informação, Christopher Graham. “Este é um caso delicadamente equilibrado e [o doutor Clarke] forneceu argumentos bem sensatos para apoiar seu pedido” para a liberação de informações de interesse público, comunicou em sua decisão.

Mas o equilíbrio delicado parece ter sido quebrado pelo próprio Nick Pope que, o comunicado revela, interveio pessoalmente para bloquear a liberação destes documentos”, alerta Clarke. Isto é, o ufólogo que diz ter comandado o “Projeto OVNI” britânico, que diz ter descoberto casos que o convenceram da realidade extraterrestre e se pronunciou a favor de que os governos “coloquem tudo sobre a questão em domínio público”, pediu que os documentos que se relacionavam com seu verdadeiro papel no Ministério da Defesa e a opinião de oficiais ativos sobre suas declarações fossem… encobertos.

Submarino 1940007 ufologia destaques

O MoD Já deixou claro que não existe e nunca existiu um “Projeto OVNI”. Entusiastas de teorias de conspiração – das quais Pope se diz um especialista – podem encarar a negativa como elementar, e irrelevante, mas relevante sim é que segundo o Comissário, Pope “nunca foi um servidor público sênior” e que seu cargo administrativo menor no MoD já seria de conhecimento público. O caso lembra o vexame ainda maior da Exopolítica, que há pouco teve uma de suas fontes e maiores histórias – uma reunião secreta na ONU sobre ETs – revelada como produto de um contador de histórias.

E quanto ao conteúdo dos documentos secretos? Teoristas de conspiração podem pensar que eles poderiam conter informações relevantes sobre extraterrestres, mas se este fosse o caso, por que Nick Pope solicitaria diretamente que eles não fossem liberados, se exige justamente a “verdade” sobre ETs?

A verdade é que não é preciso especular muito sobre seu conteúdo, porque os documentos estão sendo mantidos em sigilo declaradamente porque conteriam opiniões de oficiais do Ministérios, “relacionadas a aspectos de como [Nick Pope] estava desempenhando seu papel público”. Em outras palavras, os documentos “encobertos” pelo governo, de acordo com o pedido do ufólogo, provavelmente o embaraçariam e possivelmente colocariam em cheque diversas das alegações que Pope vem explorando em benefício próprio há anos.

Como um exemplo do que tais documentos podem conter, Clarke cita um documento que “passou pelo censor oficial” em 2007, redigido por um oficial da Força Aérea Real para o Staff de Inteligência da Defesa.

Escrito em 1996, o oficial nota como Nick “parece ter aceitado feliz” o título de “oficial sênior do MoD” atribuído a ele pela mídia – o que, como vimos, não é verdade. E opina sobre o livro: “não quero banir um livro que não li, [mas] acredito que será baseado em suposição e ignorância técnica. A verdade raramente vende livros!”.

O próprio Nick Pope comentou recentemente sobre o caso, alegando que “dois ou três ufólogos no Reino Unido desenvolveram uma obsessão doentia comigo. Não estou confortável com tais indivíduos se intrometendo em minha vida privada ao perguntar sobre meu trabalho fora do MoD”, escreveu em uma lista de discussão.

Clarke, claramente o alvo de tal resposta, respondeu deixando claro que seu pedido de liberação de documentos ao Ministério se referia muito claramente às “declarações muito públicas” feitas por Pope. “Sob qualquer ponto de vista, o conteúdo destes documentos, criados por servidores públicos e pagos pelo bolso público, são um tema de interesse público. Eles continuarão sendo, não importa o quanto você tente fugir”, completou.

DISmemo ufologia destaques

A situação irônica de um ufólogo exigindo o sigilo de documentos governamentais que podem embaraçá-lo, e em resposta, alegar que estaria sendo alvo de uma “obsessão doentia” encontra ecos no Brasil. Ademar Gevaerd, editor da revista brasileira “UFO”, disse ter recebido cópias das fotos da Ilha de Trindade diretamente do fotógrafo, em um caso clássico, que guardaria como a um tesouro. Mas quando perguntei se suas cópias poderiam ser analisadas, este informou que elas estariam em algum lugar de seu arquivo, em meio a muitas caixas, que algum dia as encontraria. As cópias que circulou e circula são ao invés originárias do ufólogo Claudeir Covo, que de fato as guarda com cuidado e vem colaborando em sua análise. Ainda continuo aguardando que as cópias supostamente de primeira geração que Gevaerd alega possuir sejam disponibilizadas para análise. Talvez ainda estejam perdidas em seu arquivo.

Há outros exemplos em que Gevaerd recusou-se a colaborar com investigações críticas promovidas por este autor, o que pode ser compreensível ainda que pouco justificado. O tom comum a todas elas é que quando por fim publicamos nossas conclusões, que podem incluir desde alertar sobre ufólogos que vendem falsos remédios para AIDS até profetas sobre o retorno de Jesus em uma frota de discos voadores, também somos acusados de “obsessão doentia” por sua figura pessoal. Ainda que jamais tenhamos publicado algum artigo sobre a vida privada do editor.

A ironia se eleva ao quadrado porque a revista UFO em sua versão eletrônica acaba de publicar nota em que noticia o bloqueio de informações sobre Nick Pope como um “segredo ufológico”, sem informar aos leitores que o próprio Pope está por trás deste acobertamento.

Não confie em ninguém”, dizia a máxima do seriado Arquivo-X. Não confie em ninguém, incluindo ufólogos, incluindo céticos.

Não confie em ninguém. Nem em mim”.

Tags: , , , ,


About the Author

+



18 Responses to Ufólogo Nick Pope participa de Encobrimento Governamental

  1. Claudio Cunha says:

    Como disse o oficial da RAF, a verdade raramente vende livros.

  2. Lisangelo says:

    Quando foi que a sigla OVNI passou a ser considerada uma palavra e ganhou acento agudo no ‘O’?

  3. renato sartori says:

    Fantastica essa inversão de papéis! a ufologia navega ao sabor do vento que mais a favoreçe, mas a realidade a arrasta pra praia e lá ela morre seca pelo sol da verdade.

  4. Fabio says:

    Olha, “by the way”, as fotos do UFO da ilhota de Trindade são ridículas, uma piada. Somente um perfeito imbecil pode considerá-las verdadeiras.

  5. Que ufófilos e (alguns) ufólogos sejam verdadeiros acobertadores, não há dúvidas. Haja visto a reação que alguns tiveram a sua entrevista no Jô e a sua matéria quanto à Exopolítica (citada por você).

    Mas… Não entendi uma coisa: David Clarke pediu a abertura desses documentos e isto foi negado. Até aí sem problemas. Mas e a dita intervenção do Nick Pope entra onde?

    Ele entrou com algum recurso no processo? Declarou algo abertamente sobre o caso? Sim, porque caso contrário, tudo isso não passará de especulação (coisa do que já estou meio cansado na ufologia)…

    • Mori says:

      No comunicado expondo sua avaliação da negativa, o Comissário de Informação menciona que Pope interveio no processo. Na UfoUpdates já mencionaram que é possível que Pope tenha mesmo ameaçado entrar com ação legal caso os documentos fossem liberados.

      Nesta história cheia de ironias, o engraçado é que com isso, Pope só deu um tiro no próprio pé. As pessoas imaginando o que há nesses documentos que ele não quer que sejam conhecido pelo público talvez seja pior do que qualquer coisa que eles contenham de fato. A menos, é claro, que contenham alguma informação extremamente embaraçosa, mas então, se já se sabe que Pope mente ao dizer ter comandado um projeto que não existe, o que de pior de existir?

  6. Claudio Beltrame says:

    Olá caro Fábio! Acabei de ler o seu comentário a respeito das fotos da Ilha de Trindade. Desculpe, mas aconselho que busque maiores informações antes de emitir qualquer juízo sobre as mesmas. Sua avaliação é destituída de valor porque não está embasada em dados mais concretos que possam realmente mudar alguma coisa sobre esses documentos tão importantes para a UFOLOGIA nacional e internacional. Porém é sempre interessante haver comentários sobre esse caso tão conhecido seja criticando ou endossando a realidade dos fatos. Afinal, nos mostra que muitos além dos nossos preconceitos e crenças, deve existir um estudo sério e científico sobre o tema que possa nos revelar aquilo que nossas simples opiniões não podem demonstrar.

  7. Junior says:

    Aí Mori, o pessoal da UFO tirou do site a matéria que você linkou.

  8. david renó says:

    olá mori! só passando para jogar um link, estou no trabalho e não pude buscar mais informações sobre.
    http://www.youtube.com/watch?v=aISsh5EvrvI

  9. Magno says:

    Mori, não entendo porque voce usa dois pesos e duas medidas, quando alguem cita a existência de OVNIS, é imprescindível a apresentação de provas materiais como documentos e etc, mas quando se trata de desacreditar esse assunto, uma simples declaração de alguem ou um simples (como voce menciona em resposta a pergunta do Mário Cesar) “já mencionaram que é possível” é simplemente levado a sério.
    Sou céptico, não cego. Cepticismo é a atitude segunda a qual o homem não acredita em qualquer conhecimento que seja questionável.
    Portanto meu amigo, sou céptico até nas sua declarações, já que elas também são questionáveis.
    O nome CETICISMO ABERTO em seu site, deixa muito a desejar, já que voce apresenta as provas mostradas para desmoralizar certos assuntos como provas cabais, como por exemplo as provas mostradas das criações dos circulos ingleses feitas por humanos serem ampliadas a todos eles, e mostra os estudos feitos por especialistas da área como questionáveis ou simplesmente uma fraude.
    Leio perguntas interessante que ficam sem respostas de sua parte, mas outras simples que vão de acordo com o paradigma desse site, são respondidas. Por que isso? Será que voce não lê todos os posters, ou faz vista grossa para perguntas críticas que saem do padrão?
    Eu no papel de céptico, ainda não posso afirmar ou negar nenhuma evidência em relação a vida inteligente extraterrestre, a única coisa que tenho certeza é que fatos inexplicáveis aconteceram, como voce também relata na sua entrevista no progama do Jô.
    Gosto de analizar os assuntos em questão aqui no CETICISMO ABERTO, porque é mostrada outra visão em relação a eles e também por causa das opiniões dos participantes (algumas são bem interessantes, mas outras são baboseiras puras), mas acho que está na hora de modificar
    a maneira de investigação desse site.

    Um abraço, e desculpe a minha sinceridade.

  10. Décio says:

    É realmente incongruente se assumir cético, dizendo que somente acredita em provas, para depois usar subjeções para conduzir o raciocínio de suas argumentações, levando para suas próprias conclusões. Isso apenas provaria que não dá prá ser cético em relação a tudo.

  11. Bella says:

    Olá pessoal

    Não sei onde neste site posso postar link de video q gostaria q fossem analisados por vcs.

    O que vcs acham disso? É fraude? É real? Tenho algo a dizer sobre isso, mas só vou me manifestar se vcs analisarem o video ok?

    ***The Amazing Light***”UFO” 11-18-09
    http://www.youtube.com/watch?v=-WTK9Zk45g0

  12. Joaquim Pires says:

    De acordo Magno,
    O ceticismo e uma atitude saudavel de
    todo o pensador mas e preciso uma boa dose de cautela e reflexao, por que o empirismo de hoje e a base da evidencia de amanha.
    Tambem e fato de que qualquer forma de
    pensamento pode ser utilizada para propositos claros ou para fraudes tais como o quackwatch do “duble” de medico
    Stephen Barrett,( Esta ultima declaracao e uma opiniao pessoal )

  13. araujo says:

    somente os mais ignorantes irá pensar que só neste planetinha terra existe vida. de onde viemos realmente? vejam sobre o sol central e o grão de pó que se torna aterra em relação aos outros planetas. outros sois maiores que o nosso outros sistemas solares. os governos escondem do povo as religioes cegam abramm a cabeçaaaaaa não temos tempo!!!!!!!!!!!

  14. Almeida says:

    Se deseja realmente aprender, dialogar com bom senso e acima de tudo conhecer fatos e pessoas que trabalham com afinco, sinceridade e inclusive já tiveram e têm contato com seres que nos visitam de fora da Terra e, inclusive, vários deles estão em nosso meio, deixe de lado este blá blá blá do(s) dirigente(s) deste site, porque não lhe vai levar a nada. Aqui só se visa $$$$$$$ money ‘a custa de contrariar a tudo e a todos. Não há neste site interesse real pela pesquisa científica.

  15. Nuvvem Branka do Laddo says:

    Querida Bella,

    O video feito ao lado de uma casa, detalhe do telhado e da rede elétrica damesma aparecem, se trata da filmagem de satélites em órbita, talvez seja de um que se chama Iridium, que durante alguns segundos reflete intensamente 9mais que os outros)a luz solar.

    A cada ano que passa a quantidade de satélites está cada vez maior.

    E em termos militares há um novo conceito para as guerra do 3ºmilênio: Domínio Espacial, tal qual no século passado era imprensindível o Domínio Aéreo para vantagem estratégica militar.

    Para quem já observou inúmeros satélites passando no céu se torna fácil o seu reconhecimento, uma dica é a velocidade aparente de seu deslocamento, que é sempre a mesma.

    Quanto a mudanças de trajetória essa é uma característuca importante para determinados satélites militares, porém mais uma vez sua velocidade aparente não se altera.

    A tendência (pelo seu crescente número)é q cada vez mais esses objetos se façam presentes visualmente nos céus noturnos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Back to Top ↑